Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
/
Tag

Artigos

Herlon Miguel
Oportunismo, doença infantil do esquerdismo: sobre a greve na UFBA
Foto: Divulgação

Oportunismo, doença infantil do esquerdismo: sobre a greve na UFBA

O governo do PT proporciona um momento importante às mobilizações, organizações e à luta pela ampliação dos direitos. A história política recente do Brasil tem sido marcada por essa dinâmica, onde a sociedade civil se mobiliza em busca de avanços sociais. Nesse contexto, a greve surge como um instrumento essencial da luta política. O capitalismo, com sua estrutura de exploração, fundamenta-se em leis que sustentam os privilégios das elites. Portanto, é crucial que os trabalhadores se organizem e recorram à greve para reivindicar seus direitos e enfrentar as injustiças sociais.

Multimídia

André Fraga admite dificuldade para mobilizar politicamente a militância ambiental na Bahia

André Fraga admite dificuldade para mobilizar politicamente a militância ambiental na Bahia
Em entrevista ao Projeto Prisma, nesta segunda-feira (17), o vereador soteropolitano André Fraga (PV), comentou sobre a falta de representação da militância ambientalista no legislativo baiano. “Houve um equívoco na forma como [o partido] se comunica”. “Toda pauta ambiental é o ‘segundo time’. Todo mundo fala muito bem, mas na hora de votar esquece. Eu acho que houve um equívoco do movimento ambientalista, de forma geral, na forma como se comunica”, afirma. 

Entrevistas

Zó afirma que seu nome segue no páreo em Juazeiro e dispara: “Eu quero que Roberto Carlos me apoie”

Zó afirma que seu nome segue no páreo em Juazeiro e dispara: “Eu quero que Roberto Carlos me apoie”
Foto: Max Haack / Bahia Notícias
Nascido Crisóstomo Antônio Lima, em Xique-Xique, o deputado estadual Zó (PCdoB) está no 3º mandato na  Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

bruno reis

Bruno Reis inaugura primeira Academia Salvador ao ar livre no Dique do Tororó
Fotos: Valter Pontes / Secom PMS

Ponto de encontro para a caminhada e a corrida, o Dique do Tororó agora conta com a Academia Salvador – primeira academia ao ar livre gratuita da cidade. O equipamento, que funcionará com a orientação de educadores físicos, foi inaugurado pelo prefeito Bruno Reis (União Brasil) e pelo titular da Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), Júnior Magalhães, neste sábado (22).

 

A Academia Salvador visa incentivar e facilitar o acesso à prática de exercícios físicos, promovendo saúde e qualidade de vida à população. Equipados com aparelhos de musculação e dispondo da orientação de profissionais qualificados, inclusive nutricionista, a primeira academia ao ar livre da capital irá funcionar de segunda a sábado, em horários programados e mediante agendamento dos praticantes. 

 

O espaço será palco, ainda, para a realização de atividades variadas, a exemplo de yoga, capoeira, zumba e boxe. A capacidade é para 2 mil pessoas, e o local terá monitoramento 24h da Guarda Civil Municipal (GCM).

 

“Isso é algo inédito na cidade. Vamos ter 20 Academias Salvador, a primeira sendo instalada aqui no Dique do Tororó, com 200 m² e que já entra em funcionamento hoje, e as demais espalhadas pela cidade, levando em consideração áreas onde as pessoas costumam realizar caminhadas e corridas no entorno. É uma academia com acompanhamento profissional e ao ar livre, com equipamentos que resistem ao sol e à chuva, semelhantes aos utilizados nas academias de Los Angeles (EUA). Com certeza será um case de sucesso de Salvador”, disse Bruno Reis.

 

 

O chefe do Executivo municipal ainda completou que, no caso do Dique do Tororó, ainda foram agregadas outras atividades, formando um grande parque esportivo ao ar livre, estimulando a prática de diversas outras atividades e fazendo com que os cidadãos tenham uma vida mais saudável. “Investir no esporte e na atividade física também é investir na saúde. A musculação, por exemplo, ajuda a inibir o Alzheimer, o diabetes, as doenças do coração e também o câncer. Além disso, o esporte é ferramenta de inclusão social, mostrando às crianças e jovens a importância do foco, da disciplina, da hierarquia e ajuda a afastá-las da criminalidade e das drogas”, avaliou.

 

LOCAIS

A Prefeitura planeja entregar 20 unidades semelhantes até o final de 2024, incentivando a prática de atividade física e o combate ao sedentarismo. Dentre as localidades contempladas estão Imbuí, Amaralina, São Tomé de Paripe, Vale das Pedrinhas, Ribeira, Itapuã, Cajazeiras X (Pronaica), Periperi (Praça da Revolução), Centenário (entrada do Calabar) e o conjunto Mané Dendê, no Subúrbio.

 

"Estamos muito entusiasmados em inaugurar a primeira Academia Salvador ao ar livre, pois acreditamos que essa iniciativa não apenas promove a saúde e o bem-estar da população, mas também serve como um espaço essencial para a inclusão social. Queremos oferecer oportunidades iguais para todos os cidadãos de Salvador, independentemente de sua condição socioeconômica, para que possam desfrutar dos benefícios da prática de atividades físicas em um ambiente acolhedor e acessível. Não é só uma estação de musculação, mas também de cidadania", declarou o secretário da Sempre, Junior Magalhães.

 

COMO PARTICIPAR

Para participar das aulas da Academia Salvador, os interessados deverão realizar o agendamento através do aplicativo MUDE, disponível gratuitamente na App Store e Play Store. As aulas, com duração de 50 minutos, têm capacidade pré-estabelecida de alunos. 

 

A idade mínima para participar das aulas de musculação é de 15 anos. Os menores de 18 anos, além de se inscrever no aplicativo, também devem se inscrever presencialmente na Academia Salvador, acompanhado de um responsável – ambos devem apresentar um documento de identificação com foto. No caso dos maiores de 60 anos, é necessário apresentar atestado específico para a prática de exercícios de musculação. 

 

No turno da manhã, é possível agendar o treino de segunda a sexta-feira, de 5h30 a 8h30, e nos turnos da tarde e da noite, das 17h às 20h. Aos sábados, as aulas estão disponíveis das 6h às 9h, e aos domingos, das 6h às 8h. Cada aluno pode agendar, no máximo, duas aulas por dia, desde que sejam de modalidades diferentes, e devem apresentar documento com foto para acesso ao espaço. A medida visa possibilitar que um número amplo de pessoas possa participar.

 

 

EXPECTATIVA

O coordenador de esportes da Sempre e técnico do projeto, Rafael Seara, explicou que as atividades serão ministradas por um profissional e um assistente estagiário em Educação Física. Cada horário terá 30 pessoas para musculação e 15 pessoas para as atividades coletivas. São 18 máquinas em inox, halteres de um 1kg a 18kg, estofado naval para maior resistência ao clima e articuladas, favorecendo bastante o idoso.

 

O professor de artes marciais e campeão peso pesado Jungle Fight e Mr. Cage 2019/2020 André Miranda, 37 anos, é um dos instrutores da Academia Pública de Salvador e falou sobre a expectativa com o projeto. “Está a mil, e que venha trazer bons frutos a todos. Vamos tentar buscar melhorar a parte cognitiva, a autoestima e trazer outros benefícios para os participantes”, declarou.

 

Moradora de Itapuã, a salgadeira Tereza Santos, 55 anos, ficou bastante animada com a Acadamia Salvador. “Estou achando esse espaço incrível, a Prefeitura pensou bem mesmo, pois as pessoas estão precisando fazer exercício físico e às vezes não consegue pagar uma academia. E encontrar essa estrutura ao ar livre é maravilhoso demais. Não faço atividade física, mas agora pretendo fazer, até porque o médico já me pediu”, disse.

 

MAIS ESPORTE

A Prefeitura de Salvador também tem investido em outras ações importantes para estímulo ao esporte e atividades físicas, dentro da Lei de Incentivo ao Esporte - Esporte Salvador. Uma das iniciativas é o Bolsa Atleta, que concede auxílio mensal para que atletas possam aprimorar as condições de treinamento e desenvolvimento esportivo. Como alguns dos resultados, sete atletas vão ao Japão participar do Campeonato Mundial de Karatê e uma vai competir na Olimpíada de Paris na categoria BMX (bike).  

 

Já o Ajuda de Custo é um apoio financeiro destinado a cobrir as despesas de atletas amadores e profissionais que representam Salvador em competições esportivas nacionais e internacionais. Além disso, a cidade também um Conselho Municipal de Esporte, o Viva Esporte – na qual empresas podem destinar impostos municipais para projeto e/ou construção de equipamentos esportivos, a construção do novo ginásio poliesportivo Antônio Balbino, e a realização da Copa Interbairros, com 400 atletas de futebol, reedição da Copa Salvador de Futebol e o lançamento do Calendário de Turismo Esportivo da cidade.

Em sabatina Uol/Folha, Bruno Reis aponta bons indicadores da gestão em Salvador
Foto: Reprodução

O prefeito de Salvador e pré-candidato à reeleição, Bruno Reis (União Brasil), afirmou que a cidade alcançou avanços significativos nos últimos anos e reforçou que projeta intensificar o ritmo de trabalho, caso seja reconduzido pela população para um novo mandato. 

 

“Eu sou um homem do trabalho e é com essa bandeira, a minha bandeira, que as pessoas me conhecem, de alguém simples que veio de baixo, que chegou à condição de prefeito porque se preparou muito, estudou e se qualificou. As pessoas dizem ‘prefeito, você não é fake news, você é gente como a gente’. A gente se sente representado por você”. 

 

Nesta sexta-feira (21), Bruno Reis participou da sabatina que o portal Uol e o jornal Folha de São Paulo realizaram com os pré-candidatos a prefeito de Salvador. Durante uma hora, o gestor municipal apresentou indicadores que comprovam a eficiência administrativa e permitem a execução de projetos importantes para a cidade no presente e no futuro. 

 

“Nesses dois últimos anos nossa gestão decolou. Eu enfrentei nos dois primeiros anos talvez a maior crise da nossa geração, se não da humanidade, que foi a pandemia. De lá para cá, a gente conseguiu de forma significativa números expressivos em todas as áreas”, declarou, ao apontar que a arrecadação de Salvador aumentou em 50% (de R$ 8,6 bilhões para R$12,7 bilhões) sem haver acréscimo de tributos. 

 

A boa saúde financeira fez Salvador receber pela primeira vez a nota máxima em índice do Tesouro Nacional que avalia gestão fiscal, alcançando a categoria A+ na Capacidade de Pagamento (Capag)

 

A capital baiana também tem se destacado no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sendo a cidade que mais gera emprego no Norte e Nordeste. No acumulado de 2024, a capital baiana registra saldo positivo de 21.538 novos postos de trabalho, o triplo em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram criadas 6.446 vagas. Em Salvador, o programa Treinar Para Empregar, que oferece cursos de capacitação gratuitos, já beneficiou mais de 60 mil pessoas. 

 

“Talvez Salvador esteja vivendo agora, em 2024, o melhor momento de toda a história da cidade”, sinalizou o prefeito Bruno Reis. 

 

“A gente vai procurar manter esta relação [institucional] de respeito, de diálogo, respeitando todos, mas caminhando com as próprias pernas. Salvador não aceita ser subserviente de quem quer que seja”, completou.

Bruno Reis admite possível adiamento do show de 10h de Bell Marques em Salvador
Foto: Bia Jesus/Bahia Notícias

O prefeito Bruno Reis informou nesta quarta-feira (19) que a data do aguardado show em celebração aos 10 anos de carreira solo do cantor Bell Marques será confirmada após uma resposta da produção do artista. 

 

“Eu só estou aguardando uma posição da produção de Bell sobre a manutenção [da data]. Eles estavam tentando viabilizar a participação de outros artistas”, contou o prefeito. Ainda conforme Bruno Reis, caso a equipe do cantor consiga outros artistas, a data da apresentação será mantida. Caso contrário, a data será remanejada para outro momento. 

 

LEIA TAMBÉM

 

Ao BN, o prefeito também confirmou o local do show para a região da Nova Orla do bairro da Boca do Rio.

"Estamos identificando algumas áreas", diz Bruno Reis sobre a construção do CT do Bahia em Salvador
Foto: Bia Jesus / Bahia Notícias

À frente do projeto dos calendários esportivos na cidade de Salvador, o prefeito Bruno Reis esteve presente na inauguração, realizada no Shopping da Bahia nesta quarta-feira (19), e contou sobre a motivação que teve em organizar os eventos voltados à modalidade. Para o prefeito, "estimular a prática esportiva" é o ponto principal.

 

"Primeiro, estimular a prática do esporte em nossa cidade, que é fundamental. Explicar aos jovens sobre a importância do esporte, disciplina, foco e respeito. Os atletas de todo o Brasil e de fora costumam se programar e nós temos aqui competições regionais, nacionais e até internacionais que vão fazer parte desse calendário, por isso é tão importante ser divulgado com antecedência. Eu tenho certeza que com isso ganha também o turismo da nossa cidade a gente traz milhares de visitantes. Um atleta quando vem traz sua família a sua equipe. Isso acaba consolidando os nossos hotéis, bares e restaurantes, que consomem os nossos produtos físicos", contou o prefeito.

 

Sobre o andamento do novo CT do Bahia, que deve ser construído na capital baiana, Bruno revela que existe uma dificuldade em encontrar uma área de 200 mil metros quadrados, pedida pelo clube, mas que segue contribuindo com todos os esforços para um desfecho positivo. 

 

"Está sendo avaliada a possibilidade de implantação de um CT aqui em Salvador, serão 200 mil metros quadrados. Então não é fácil achar uma área deste tamanho em nossa cidade para receber os campos de todos os tipos de treinamento", revelou.

 

"A gente tá ajudando sim, identificando algumas áreas para avaliar a possibilidade de implantação de mais um CT aqui em Salvador ainda não está tomada uma decisão por parte do Bahia SAF. Está se avaliando essa possibilidade", encerrou Bruno Reis

Prefeitura inaugura 50º campo sintético de Salvador na Arena Pronaica, em Cajazeiras
Fotos: Betto Jr. / Secom PMS

A Prefeitura de Salvador inaugurou neste domingo (16) a requalificação da Arena Pronaica, localizada em Cajazeiras X, transformando o antigo campo de barro em um moderno campo de gramado sintético. Este é o 50º campo desse tipo entregue pela gestão municipal, que contou com um investimento de R$1,2 milhão. As melhorias incluíram reformas nos alambrados e vestiários, troca de traves, modernização da arquibancada, além de obras de drenagem e iluminação.

 

 

O evento contou com a presença do prefeito Bruno Reis e do secretário de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), Júnior Magalhães, que participaram da cerimônia de entrega ao lado da comunidade e de lideranças locais. Bruno Reis destacou a importância da Pronaica, um dos campos mais significativos de Salvador, onde ocorrem competições amadoras como a Copa Cajazeiras e a Copa Salvador.

 

“Nunca se investiu tanto no esporte como nós estamos investindo agora. Temos um conjunto de ações e, até o final deste ano, seremos a cidade com mais campos públicos de grama sintética de todo o Brasil”, afirmou o prefeito.

 

Além da requalificação do campo, a prefeitura também iniciou a implantação de uma das 20 academias públicas previstas para Salvador até o final deste ano. Esses novos espaços contarão com equipamentos modernos e profissionais instrutores para orientar os usuários, similar ao funcionamento das academias privadas.

 

Romilson Cerqueira, supervisor de segurança e morador de Cajazeiras, expressou sua satisfação com a reforma. Ele, que participa de um tradicional jogo de futebol aos domingos pela manhã na Pronaica há mais de 40 anos, celebrou a transformação do campo de barro para gramado sintético. “A gente tem um ‘babinha’ aqui há mais de 40 anos já, jogando neste campo. E hoje a gente está vendo esse gramado, então para a gente é muito gratificante”, afirmou.

 

A Arena Pronaica já havia passado por uma requalificação em 2020, quando foram construídos uma quadra poliesportiva e dois campos de gramado sintético para futebol society. No entanto, a comunidade optou por manter o campo principal de barro, que agora também recebeu o gramado sintético devido à nova solicitação dos moradores.

 

O secretário Júnior Magalhães ressaltou a importância da Pronaica para a comunidade de Cajazeiras. “Essa aqui já era, por si só, uma área que atrai toda a população nos finais de semana, mas agora tem condições ainda melhores. Nós fizemos a requalificação, demos a manutenção e, ao mesmo tempo, incluímos o campo sintético. Nenhuma cidade do Brasil tem conseguido fazer algo assim, tão estruturado no apoio e no fomento ao esporte, como Salvador”, declarou.

 

Com a requalificação da Arena Pronaica, Salvador avança em seu projeto de ampliação e modernização dos espaços públicos dedicados ao esporte, promovendo maior inclusão e melhor infraestrutura para a prática esportiva na capital baiana.

ACM Neto despista sobre 2026 e afirma que a prioridade será a reeleição de Bruno Reis no 1º turno
Foto: Anderson Ramos / Bahia Notícias

O agora vice-presidente nacional do União Brasil, ACM Neto, prefere ainda não falar sobre as eleições de 2026. Rumores apontam o ex-prefeito de Salvador como um dos possíveis nomes para compor uma chapa na posição de vice do atual governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), na disputa pela presidência do Brasil no próximo pleito para o cargo.

 

Em entrevista ao Bahia Notícias, Neto, que participa da Bahia Farm Show, em Luís Eduardo Magalhães, afirmou que ainda é cedo para falar sobre 2026 e que o foco total está nas eleições municipais deste ano. “É cedo, acho que na hora certa nós vamos abrir essa discussão. Agora o foco é 2024, são as eleições municipais, concentrar toda a energia para ajudar a eleger os nossos prefeitos na Bahia e no caso do União Brasil, também fora daqui”, afirmou. 

 

ACM Neto também detalhou os planos do União Brasil para as eleições municipais e fez questão de enfatizar prioridade total à campanha de Bruno Reis (União), atual prefeito de Salvador e seu sucessor. Segundo ele, o objetivo será a reeleição ainda no primeiro turno.  

 

“Não estou estabelecendo uma meta quantitativa. A gente elegeu na eleição passada 39 prefeitos, eu acho que é possível até ampliar esse número com um foco muito voltado para as grandes cidades do estado, que é onde o União Brasil vem nesse momento já apresentando maior musculatura. Então, a gente tem 12 candidatos, considerando as 20 maiores cidades, 12 pré-candidatos, e nós vamos fazer toda a força possível para que o resultado da eleição traduza essa presença do União Brasil nos grandes centros e, se possível, também expandindo para pequenas e médias cidades do interior. A eleição de Bruno, o pleito em Salvador, é absolutamente prioritário, com motivos óbvios e naturais, então nós vamos estar muito empenhados e trabalhando o máximo possível para dar a ele, se Deus quiser, uma vitória já no primeiro turno”, concluiu. 

 

Siga o Bahia Notícias no Google News e veja os conteúdos de maneira ainda mais rápida e ágil pelo celular ou pelo computador!

Prefeitura de Salvador antecipa pagamento integral de salário dos servidores municipais
Foto: Gabriel Lopes / Bahia Notícias

A prefeitura de Salvador vai antecipar integralmente o pagamento do salário de junho dos servidores municipais para o próximo dia 21. A informação foi revelada pelo prefeito Bruno Reis (União) na manhã desta quarta-feira (12).

 

 

De acordo com o gestor, a antecipação visa garantir a realização das festas juninas dos servidores. "Isso mesmo, 100% do salário vai estar na conta para a galera comprar o milho, o amendoim, o licor e curtir o São João em família", escreveu o prefeito em publicação.

 

Na terça-feira (11), quem também antecipou o salário dos servidores foi o governo da Bahia. A medida vai funcionar com pagamento antecipado de 50% dos vencimentos também na sexta-feira, dia 21, e o restante no dia 28 de junho, seguindo o cronograma oficial do estado.

TJ-BA terá Pontos de Inclusão Digital em três Prefeituras-Bairro de Salvador
Foto: TJ-BA

Três Prefeituras-Bairro de Salvador terão Pontos de Inclusão Digital (PIDs)do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O Termo de Cooperação (nº 08/2023) foi assinado entre a Corte e a prefeitura, nesta segunda-feira (10), ampliando a parceria que o governo municipal tinha inicialmente com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA).

 

Os Pontos de Inclusão Digital funcionarão nas Prefeituras-Bairro de Valéria, Cidade Baixa (na Ribeira) e Subúrbio/Ilhas (em Paripe). Com o PID, o cidadão tem acesso aos serviços judiciários sem precisar se deslocar para um fórum ou para a sede do tribunal, pois passa a ser possível, diretamente na Prefeitura-Bairro, realizar audiências por videoconferência ou acessar as unidades judiciárias por meio do Balcão Virtual (acesse o link aqui).   

 

O PID instalado nas Prefeituras-Bairro de Salvador é de nível 2, em uma escala de 0 a 4 estabelecida pela Resolução nº 508 do Conselho Nacional de Justiça. Isso porque agrega atendimento virtual de dois ramos do Poder Judiciário e um do município.  

 

O documento foi assinado pela presidente do TJ-BA, desembargadora Cynthia Maria Pina Resende e pelo prefeito Bruno Reis (União Brasil). O presidente do TRE-BA, desembargador Abelardo Paulo da Matta Neto, também esteve presente.  

 

No Termo de Cooperação, o Tribunal de Justiça se compromete a dar treinamento aos colaboradores da Prefeitura que atenderão à população interessada.   

 

“Um convênio muito importante para o nosso Tribunal de Justiça no sentido de levar o acesso à justiça àqueles que não têm o aparato tecnológico para poder acessar todos os serviços. O acesso à justiça passa, hoje, muito além do simples ajuizamento de uma ação. É compreendido como um acesso ilimitado, uma questão de as pessoas poderem acessar de qualquer lugar onde estejam e qualquer que seja o nível de instrução delas. O que a gente quer é disseminar o máximo possível esse acesso. Eu agradeço ao prefeito Bruno Reis a sensibilidade que está tendo em acolher essa intenção nossa, do Tribunal de Justiça, juntamente ao presidente do TRE, levando também os serviços do TRE. E aproveito para agradecer à desembargadora Maria de Lourdes Medauar, que vem nesse trabalho contínuo buscando essa cooperação entre as instituições”, disse a desembargadora Cynthia.  

 

O acordo foi costurado no âmbito do TJBA por meio da Coordenadoria de Apoio ao Primeiro Grau de Jurisdição, que tem a coordenação da desembargadora Maria de Lourdes Medauar.   

 

“Na ideia moderna de governança colaborativa, todos os poderes, todas as instituições colaboram umas com as outras em nome do interesse público e do bem comum. Esse documento representa o cumprimento da Resolução nº 508 do CNJ, que determina essa colaboração, essa parceria entre as instituições, para que os serviços públicos sejam estendidos a toda a população de forma mais simples e célere. Salvador é uma cidade grande e nós temos os serviços da justiça concentrados em quatro prédios – um complexo em Nazaré, os demais na Paralela, no CAB e mais o Fórum Criminal (em Sussuarana). Essa ocupação de espaços públicos pelo Poder Judiciário facilita o acesso do cidadão à justiça”, destacou Medauar.   

 

Bruno Reis afirmou que pretende disponibilizar o PID em cada uma das dez Prefeituras-Bairro futuramente. “A tecnologia veio para melhorar a vida do cidadão e nós, que acabamos, hoje, sendo gestores públicos, porque os Desembargadores aqui, além de julgadores,  têm que fazer gestão dos seus Tribunais, temos que aproveitar os valores da tecnologia da informação. A gente começa agora com três Prefeituras, mas tem aqui a minha palavra que nós vamos avançar para todas as Prefeituras-Bairro. Eu sei que será um verdadeiro sucesso e, como todo projeto, é importante a gente testar. E dando certo, tem o meu compromisso de ampliar para todas”, salientou.  

 

“Esse convênio possibilita que o cidadão tenha acesso aos serviços do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia como do Tribunal de Justiça. Fico muito feliz com essa parceria entre TRE, Prefeitura e Tribunal de Justiça. A desembargadora Cynthia sabe que sempre estou à procura de estreitar esse laço; e o prefeito Bruno Reis é uma pessoa sempre sensível a essas questões, sempre voltada a buscar a melhoria de nossos cidadãos”, pontuou o desembargador Abelardo da Matta, presidente do TRE-BA.  

 

Na ocasião, a prefeitura renovou outros convênios firmados com o TJ-BA. Um deles permite a gratuidade de estacionamento nas vagas de Zona Azul para oficiais de justiça durante o cumprimento de mandados. Outro trata da cessão de estagiários.

Prefeitura de Salvador tem planos para um segundo Centro de Convenções
Foto: Reprodução/Centro de Convenções de Salvador

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União) afirmou em entrevista que a prefeitura já tem acordo para um segundo Centro de Convenções na cidade. De acordo com o prefeito, a construção deve ocorrer nos próximos anos. Segundo ele, o público-alvo do local deve ser diferente, mas o novo espaço pode, também, atingir outros públicos.

 

Em entrevista ao A Tarde, Bruno Reis afirmou que a ideia da prefeitura é implantar o novo espaço cultural no subsolo da Praça Municipal, entre os Palácios Thomé de Souza e o Rio Branco. De acordo com Reis, há no local uma subestação de energia, operada pela Neoenergia Coelba, mas já há um acordo com a empresa para a utilização do espaço

 

O prefeito afirmou que, além dos projetos de habitação pensados para a região da cidade, a instalação do Centro de Convenções deve ser decisiva para a revitalização da área. Bruno Reis avaliou que a chegada de uma estrutura do gênero nas proximidades do Pelourinho atingiria, além do público tradicional, um novo público, mais voltado para o turismo cultural. Reis ainda afirmou que a subestação da Coelba no local deve ser realocada para outra parte do Centro Histórico, a Praça Castro Alves.

ACM Neto, Lula, Jerônimo, Rui ou Bolsonaro: Quem é melhor “padrinho” para prefeito de Salvador?
Foto: Montagem/ Alana Dias/ Bahia Notícias

Até aqui, ao menos quatro pessoas buscam se habilitar como candidato a prefeito de Salvador a partir de 2025: Bruno Reis (União), que tenta a reeleição, Geraldo Jr. (MDB), Kleber Rosa (PSOL) e Victor Marinho (PSTU). Cada um deles busca o apoio do eleitorado para vencer nas urnas, mas também tentam contar com a força de padrinhos políticos, que podem - ou não – transferir votos ou o empenho para que eles sejam votados no próximo dia 6 de outubro.

 

A partir dessa premissa, o Instituto Paraná Pesquisas, em parceria com Bahia Notícias, TV Aratu e Salvador FM, questionou 800 eleitores da capital baiana sobre a influência do apoio de figuras locais e nacionais, permitindo verificar quem seria o “grande eleitor” da disputa soteropolitana. Veja abaixo os cenários:

 

ACM NETO

O ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União), é quem, em tese, teria um melhor índice de transferência de votos, já que 33,9% dos eleitores com certeza votariam em um nome apoiado por ele e 39% disseram que poderiam votar. Entre os pesquisados, o correligionário de Bruno Reis é quem tem o menor índice de “jamais votaria” em alguém apoiado por ele, 24,3%. Não souberam ou não responderam 2,9%.

 

 

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA

Grande puxador de votos no Nordeste - e na Bahia, onde foi considerado crucial para a vitória do PT em 2022 -, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) também tem um bom percentual de ascendência sobre os eleitores soteropolitanos. Para 32%, o apoio de Lula com certeza se converteria em voto, enquanto 29,4% disseram que poderiam votar. O número de “jamais votaria” cresce para 35,9% e não souberam ou não responderam chega a 2,8%.

 

 

JERÔNIMO RODRIGUES

Entre os testados, o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), é quem aparece em uma espécie de “meio termo”. O número de eleitores que indica que votaria com certeza em alguém apoiado por ele chega a 17,8%, contra 30,6% de que poderia votar. Já o percentual de “jamais votaria” em alguém apoiado por ele cresce para 47,9% e não souberam ou não responderam 3,8%. Jerônimo é o principal avalista da candidatura do vice-governador Geraldo Jr. para prefeito de Salvador.

 

 

RUI COSTA

Ex-governador da Bahia e ministro da Casa Civil, Rui Costa tem percentuais similares aos de Jerônimo Rodrigues na influência sobre eleitores de Salvador sobre os candidatos a prefeito. Para 34,8% poderiam votar em alguém avalizado por ele, enquanto 18% votariam com certeza no indicado por ele. Rui, todavia, tem uma avaliação menos negativa que Jerônimo no quesito “jamais votaria”: 43,4%.

 

 

JAIR BOLSONARO

Mesmo com direitos eleitorais restritos, o ex-presidente Jair Bolsonaro é, quase sempre, considerado um nome relevante no processo político brasileiro. Não é o caso de Salvador. Bolsonaro aparece como uma espécie de “patinho feio”: 62,5% dos entrevistados indicaram que jamais votariam em alguém indicado por ele. Para 19,8%, o aval dele poderia ajudar no voto e 14,8% sugerem o indicativo que votariam com certeza. Não souberam ou não opinaram 3% dos entrevistados.

 

 

A pesquisa ouviu 800 eleitores entre os dias 29 de maio e 3 de junho e tem margem de erro de 3,5% para um intervalo de confiança de 95%. Está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob nº BA-01943/2024.

BN/ TV Aratu/ Salvador FM/ Paraná Pesquisas: 74,1% da população de Salvador aprova administração de Bruno Reis
Foto: Valter Pontes / Secom / PMS

A gestão do prefeito Bruno Reis (União) é aprovada pela maioria dos eleitores de Salvador, de acordo com levantamento do Instituto Paraná Pesquisas divulgado nesta terça-feira (4), e encomendado pelo Bahia Notícias, TV Aratu e Salvador FM.

 

A aprovação do gestor municipal apresentou um leve crescimento em relação ao último levantamento realizado em março. Agora, 74,1% dos entrevistados aprovam o governo Bruno Reis na capital baiana e 21,9% desaprova. Não sabe ou não opinou representa 4%.
 

Os soteropolitanos também avaliaram de forma positiva o trabalho feito pelo prefeito, que está em seu último ano de mandato e já confirmou sua pré-candidatura à reeleição. Segundo a pesquisa, 17,8% avaliam a administração como ótima, enquanto para 34,3% é boa e 32,6% acham regular.

 

Por outro lado, 5,8% avaliam a gestão como ruim e 8,3% classificaram como péssima. Não sabe ou não opinou soma 1,4% no cenário.

 

Foram ouvidos 800 eleitores entre os dias 29 de maio e 3 de junho de 2024 e o intervalo de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob nº BA-01943/2024.

BN/ TV Aratu/ Salvador FM/ Paraná Pesquisas: Geraldo Jr. lidera rejeição em Salvador e Bruno Reis tem menor índice
Foto: Mateus Pereira / GovBA

O vice-governador Geraldo Jr. (MDB) manteve a liderança como candidato mais rejeitado na corrida eleitoral para a prefeitura de Salvador. O emedebista não receberia votos de 38% dos entrevistados pelo levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas, em parceria com o Bahia Notícias, TV Aratu e Salvador FM. Os demais candidatos mantêm um bom distanciamento no quesito rejeição no comparativo com o vice-governador.

 

O candidato do PSTU, Victor Marinho, é quem aparece como o segundo mais rejeitado, com 27,5% de citações, empatado tecnicamente (dentro da margem de erro) com Kleber Rosa (PSOL) e 24,6% das citações.
 


O prefeito de Salvador e candidato à reeleição, Bruno Reis (União) é quem tem o menor índice de rejeição, com a marca de 19,8% entre os 800 entrevistados entre os dias 29 de maio e 3 de junho de 2024.

 

Apenas 4% dos entrevistados indicaram que poderiam votar em todos os candidatos e 14,4% não souberam ou não responderam. A pesquisa tem margem de erro de 3,5% e intervalo de confiança de 95%, com registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob nº BA-01943/2024.

BN/ Aratu/ Salvador FM/ Paraná Pesquisas: Bruno Reis amplia vantagem na corrida pela reeleição em Salvador
Foto: Max Haack / Ag. Haack

O terceiro levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas, em parceria com o Bahia Notícias, TV Aratu e Salvador FM, mostra que a diferença entre o prefeito Bruno Reis (União) e o segundo colocado, o vice-governador Geraldo Jr. (MDB), cresceu, ainda que as oscilações tenham acontecido na margem de erro de 3,5%. A pesquisa foi realizada entre os dias 29 de maio e 3 de junho, antes da oficialização da candidatura à reeleição do prefeito.

 

Bruno Reis atingiu 64% das intenções de voto, frente a 11% de Geraldo Jr. Em março, quando o último levantamento foi feito, o prefeito tinha 62,3% e o vice-governador marcava 13,8%. Kleber Rosa (PSOL) oscilou positivamente e agora aparece com 3,8%. Victor Marinho (PSTU) aparece com 3,3% - nos levantamentos anteriores, Luciana Buck (Novo) ainda era candidata e o representante do PSTU não tinha oficializado a pré-candidatura.
 


O prefeito Bruno Reis tem a melhor marca entre as mulheres (68,6%) e os jovens entre 25 e 34 anos, quando chega a 67,8% nessa estratificação. Já o vice-governador tem melhor pontuação entre os homens (15,6%) e idosos com mais de 60 anos (14,4%).

 

Compartilhe esse conteúdo pelo WhatsApp!

 

LEVANTAMENTO ESPONTÂNEO
Bruno Reis (União) também é o mais lembrado no cenário espontâneo, quando não são apresentados os candidatos. O prefeito é citado por 26,4% dos eleitores, enquanto o ex-prefeito ACM Neto (União) - que não é candidato - aparece com 6,5%.

 

Geraldo Jr. é colocado como opção para 2,6% e ainda são citados nomes como Kléber Rosa, Victor Marinho e até o ministro da Casa Civil, Rui Costa - que também não disputa o pleito. Nesse cenário, 51,9% dos eleitores ainda indicam não saber em quem votar e 11,3% sugerem o voto nulo, branco ou em nenhum candidato.
 


Foram ouvidos 800 eleitores e o intervalo de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob nº BA-01943/2024.

“Time que está ganhando não se mexe”, afirma Bruno Reis ao celebrar Ana Paula Matos na vice
Foto: Max Haack/ Ag. Haack

A confirmação do nome da vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos (PDT), como pré-candidata à reeleição na chapa liderada pelo prefeito Bruno Reis (União) foi bastante celebrada pelo chefe do Executivo municipal, na tarde desta segunda-feira (03), após o ato que marcou o anúncio da reedição da ‘dobradinha’ que tentará recondução ao Palácio Thomé de Souza no pleito de outubro. 

 

Destacando o apoio de 13 partidos, Reis citou que o cenário retratado nas pesquisas é o de uma possível vitória nas eleições que se avizinham. “Muita gente disse que você não pode perder as eleições, tem que ganhar. E aí, sem sombra de dúvidas, isso foi retratado nas pesquisas. Da definição da nossa vice, também era essa a tônica. Prefeito, o time que está ganhando não se mexe. Você precisa ter alguém do seu lado que possa lhe ajudar. É natural a preferência das mulheres, as mulheres sempre representam a gente. A gente se sente muito bem representado pela Ana, pelo jeito dela”, contou o prefeito, retratando um diálogo com aliados.  

 

Em entrevista à imprensa, Bruno Reis também revelou que a escolha pela permanência da pedetista na chapa foi uma escolha coletiva. A vaga de vice foi cobiçada pelo Republicanos e, também, pelo correligionário de Ana Paula, o deputado federal Leo Prates, presidente do PDT de Salvador. “Vocês sabem que política não era o forte dela. Nos últimos anos, ela desenvolveu essa capacidade política e conseguiu ser, praticamente, a unanimidade em nosso grupo; ao final, todos convergiram pelo nome dela. Então, em comum, acordaram com ela 13 partidos, uma escolha conjunta, uma escolha coletiva”, cravou. 

 

Citando o trabalho desenvolvido pela prefeitura durante a fase mais crítica da pandemia de Covid-19, a entrega de projetos importantes e que ainda estão em curso, como o Centro de Controle de Operações, o Teleférico e o Novo Mané Dendê, Bruno Reis afirmou ter a certeza de estar preparado, “seja do ponto de vista pessoal, do ponto de vista da minha capacidade administrativa, da minha capacidade política, do profundo conhecimento que eu tenho dessa cidade”, a continuar à frente do Executivo Municipal. 

Ana Paula Matos é confirmada como vice na chapa de Bruno Reis
Foto: Max Haack / Ag. Haack

Após muita especulação e tentativas de aliados de tentar ocupar o lugar da vice na chapa de Bruno Reis (União), a manutenção da atual titular do cargo, a secretária Municipal de Saúde, Ana Paula Matos (PDT), foi confirmada na tarde desta segunda-feira (3). 


O anúncio aconteceu durante coletiva de imprensa no Quality Hotel & Suítes São Salvador, no Stiep, onde o atual chefe do Executivo soteropolitano também confirmou sua pré-candidatura à reeleição.


“É uma honra e eu agradeço a Deus a oportunidade de poder colocar de novo o meu nome à disposição do prefeito do grupo político da cidade de Salvador para ajudá-lo a liderar o nosso povo por um único motivo, propósito. Nós somos homens e mulheres que nos uniram para dar a nossa vida, o nosso trabalho, a nossa capacidade pelo povo da nossa cidade, do nosso estado e do nosso país. Que honra poder estar nessa jornada com tantas pessoas, com tantos líderes políticos, vereadores, secretários, amigos, colegas, estar ao lado aqui desses dois grandes líderes com quem eu aprendo e aprendi e vou continuar aprendendo muito”, agradeceu Ana Paula durante seu discurso. 


Nos últimos meses, a vaga foi cobiçada por diversos partidos aliados, tendo o Republicanos como a principal voz contrária a Ana. Também teve fogo amigo vindo do deputado federal e correligionário Léo Partes, que demonstrou interesse e se movimentou nos bastidores para assumir o posto. 


Considerando o atual cenário, nas eleições de outubro, a chapa formada por Bruno Reis e Ana Paula deve enfrentar dois adversários: o vice-governador Geraldo Jr. (MDB), candidato apoiado pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT) e Kleber Rosa (PSOL).

Bruno Reis confirma pré-candidatura à reeleição para prefeitura de Salvador
Foto: Max Haack/ Ag. Haack

Bruno Reis (União) confirmou que vai disputar a reeleição pela prefeitura de Salvador. O anúncio foi feito na tarde desta segunda-feira (3) durante coletiva de imprensa no Quality Hotel & Suítes São Salvador, no Stiep. 

 

No evento, o gestor também colocou um ponto final na dúvida sobre a vice em sua chapa, garantido a permanência de Ana Paula Matos (PDT) no cargo. O ato contou com vereadores, deputados, presidentes de partido e lideranças das legendas que integram o arco de alianças do prefeito. 

 

“Disse que eu iria ouvir a cidade, iria ouvir as pessoas, as pessoas que iriam decidir qual seria o meu destino. E assim eu fiz e faço diariamente nas minhas caminhadas. Fiz pesquisas, conversei com vocês que estão aqui, lideranças políticas, pré-candidatos a vereador, os vereadores da nossa cidade, minha gratidão pelo trabalho que nós construímos até aqui, os nossos deputados estaduais, os nossos deputados federais, o nosso grupo político. E aqui hoje, gente, nós temos o apoio de 13 partidos. Partidos que nos acompanham na nossa caminhada há mais tempo e partidos que chegaram para somar. Eu quero agradecer a todos eles”, falou Bruno Reis durante discurso que confirmou seu nome na disputa de outubro.

 

Considerando o atual cenário, nas eleições de outubro, Bruno Reis deve enfrentar pelo menos três adversários: o vice-governador Geraldo Jr. (MDB), candidato apoiado pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT), Kleber Rosa (PSOL) e Victor Marinho (PSTU). (Atualizada às 16h55)

Leo Prates muda de tom, elogia Ana Paula na vice e projeta vitória de Bruno Reis no primeiro turno
Foto: Mauricio Leiro / Bahia Notícias

Depois de tentar destronar a correligionária Ana Paula Matos do posto de vice-prefeita de Salvador, o deputado federal Leo Prates (PDT) parece ter se conformado de que a preferida de Bruno Reis (União) para enfrentar, ao lado dele, a missão de derrotar, em outubro, o candidato do governo, Geraldo Jr (MDB), é a ainda titular da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). 

 

Durante o lançamento da pré-candidatura de Bruno Reis à reeleição, na tarde desta segunda-feira (3), no Quality Hotel & Suítes São Salvador, no bairro do Stiep, Prates mudou de tom, rasgou elogios à colega e projetou que a chapa deverá vencer a eleição de Salvador no primeiro turno. “Claro que essa decisão está na mão do eleitor. Mas nós vamos mostrar ao eleitor o que Bruno fez pela cidade, por que ele merece continuar e o que Bruno sonha para o futuro de Salvador. Porque eu tenho certeza que Salvador sabe que Bruno sonha em um futuro cada vez melhor, para o seu povo e para a sua gente”, disse.  

 

Sobre a manutenção de Ana Paula Matos na vice, o deputado adotou um discurso mais ameno. “Ana é um grande quadro, é um belo quadro, é uma grande amiga que nós temos. O PDT realmente, nós tivemos primeiro uma grande reunião, uma reunião, na verdade, lá em Brasília com o presidente Carlos Lupi. Eu informei a vocês no dia 5 de dezembro do ano passado. O PDT estava unido em torno de Ana, entendendo que Ana é o nome natural para continuar na vice, já que ela ocupa o cargo hoje e a gente vê a reeleição de Bruno”, afirmou Leo Prates, que é presidente municipal do PDT. 

 

Perguntado se o seu nome continua no páreo para as eleições de 2028, já que nunca escondeu o desejo de ser prefeito de Salvador, Prates desconversou citando que, na sua avaliação, “falar agora de qualquer eleição futura é um desrespeito ao momento do prefeito, a grande gestão que ele faz”. No entanto, ele reconheceu que “a vontade e a necessidade do povo de Salvador estão acima de qualquer vontade pessoal minha, de Bruno, de [ACM] Neto, até da própria Ana". "Então, o nosso grupo, vocês podem ter certeza que vai estar unido hoje, vai estar unido em 2028, vai estar unido em 2030, vai estar unido em 2032 porque acima dos nossos interesses pessoais está o interesse do povo de Salvador”, frisou, projetando um iminente um cenário de disputa. 

Bruno Reis anuncia evento e deve confirmar pré-candidatura nesta segunda; vice pode ter martelo batido
Foto: Valter Pontes / Secom / PMS

O prefeito Bruno Reis (União) confirmou a realização do evento em que deve confirmar sua pré-candidatura à reeleição a prefeito de Salvador. A cerimônia que iria acontecer na última terça-feira (28), foi adiada para esta segunda-feira (3).

 

Na reunião, que vai acontecer Quality Suíte e Hotel São Salvador, às 15h30, o prefeito também pode confirmar a permanência da secretária Municipal de Saúde, Ana Paula Matos, como vice-prefeita da Chapa.

 

Considerando o atual cenário, nas eleições de outubro, Bruno Reis deve enfrentar dois adversários: o vice-governador Geraldo Jr. (MDB), candidato apoiado pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT) e Kleber Rosa (PSOL).

“Quem decide se vai ter segundo turno ou não é o povo de Salvador”, diz Éden em resposta a Bruno Reis
Foto: Divulgação / PT-BA

O presidente do Partido dos Trabalhadores da Bahia, Éden Valadares, rebateu, nesta quarta-feira (29), a declaração feita pelo prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), de que a eleição municipal da capital baiana será decidida no primeiro turno. Para o dirigente petista, enquanto o grupo opositor celebra pesquisas e preveem definições antecipadamente, o time do PT e dos partidos aliados comemoram o resultado das urnas.

 
“Já vimos essa história e o final é feliz para o nosso time. Eles celebrando pesquisa e comemorando vitória antecipadamente, e a gente trabalhando, trabalhando e trabalhando com muita humildade e dedicação”, afirmou o presidente do PT Bahia sobre os esforços do grupo para eleger o vice-governador e pré-candidato do governador Jerônimo Rodrigues e do presidente Lula à Prefeitura de Salvador, Geraldo Júnior.

 
Éden disse ainda que o resultado da eleição não depende do desejo do prefeito e sim dos moradores da cidade. “Quem decide se vai ter segundo turno ou não é o povo de Salvador, e não pesquisa, palpite ou desejo do prefeito. Há um desgaste grande com relação ao transporte público que é caro e ineficiente, à degradação ambiental da cidade, aos impostos que de tão elevados inviabilizam quem mora e quem quer investir em Salvador, e a consequência disso é o desemprego e a falta de perspectiva. Dá para ser diferente e vamos mostrar que é possível dialogar com humildade com cada comunidade, bairro, cada canto da nossa capital”, concluiu.


A fala de Bruno foi uma resposta ao comentário do senador Jaques Wagner (PT) na última semana, em que previu uma disputa em segundo turno para a prefeitura de Salvador. O prefeito afirmou que acredita que independente do grupo político, a eleição será decidida em apenas uma etapa. 


“Quem sou eu para discordar do senador Jaques Wagner, que é um político experiente? Mas com o meu pouco conhecimento de política, eu acho que a seleção será de um turno só. Até porque no nosso campo político tem apenas um candidato. Ou candidata, quem sabe. Mas no nosso campo só tem um candidato. No outro campo político tem dois candidatos. Naturalmente, um disputa o mesmo espaço político do outro. Pode ser que o nosso campo político possa até não vencer as eleições. Mas, se tem uma convicção que eu tenho pela pouca experiência política, é que a seleção é de um turno só”, concluiu. 

Alexandre Aleluia projeta embate entre Bruno Reis e Kleber Rosa e detona Geraldo Jr.: “Paquiderme político”
Foto: Reprodução / Youtube

O vereador Alexandre Aleluia (PL) partiu pra cima do ex-colega e atual vice-governador Geraldo Jr. (MDB) durante entrevista para o programa Bahia Notícias no Ar, da rádio Salvador FM, nesta quarta-feira (29). 


O edil disse que a pré-candidatura de Geraldo à prefeitura de Salvador não representa ameaça para a reeleição de Bruno Reis (União) e que ele não deve ter o apoio maciço dos militantes de esquerda da cidade, que, em sua avaliação, devem escolher Kleber Rosa (PSOL). 


“Acho que o cenário deve afunilar entre Bruno Reis e Kleber Rosa. Geraldo hoje é um vazio político, que não representa nada em termos de valores. Eu diria que é um paquiderme político”, disparou Aleluia. 


Além disso, o vereador criticou a peça publicitária do vice-governador sobre o desmatamento na capital baiana e afirmou que a estratégia adotada pelo emedebista mostra a falta de ideias para a cidade. 


“Tentou se apropriar de algumas questões ambientais, mas eu acho que quando ele fala sobre o verde, as árvores de Salvador devem tremer um pouco. Então ele não tem muita penetração desse discurso, porque não é consolidado, é vazio, e essa mudança de valores impacta justamente sobre isso”, ironizou.


Por fim, o parlamentar ainda opinou que a influência de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não deve impactar nas eleições locais. “Não enxergo temas nacionais impactando diretamente nesta eleição. Esses grandes puxadores acabam não influenciando tanto assim e não têm um impacto muito direto nestas eleições”, pontuou.

 

Ao lado de ACM Neto, Bruno Reis vai a Santo Amaro para lançar pré-candidatura de Flaviano a prefeito
Foto: Reprodução / Instagram

Um dos principais articulares políticos de seu grupo político na Bahia, o prefeito de Salvador Bruno Reis (União) participa nesta quarta-feira (29) do lançamento da pré-candidatura a prefeito de Flaviano Bonfim (União) no município de Santo Amaro, a 80 km de Salvador.

 

A informação foi confirmada pela reportagem do Bahia Notícias com integrantes da prefeitura de Salvador em condição de anonimato. Ainda conforme a apuração, Bruno foi um dos responsáveis em costurar o apoio de César do Pão (PP) a Flaviano para o pleito de 2024.

 

O evento desta quarta será realizado a partir das 18h, na Praça da Purificação, e também terá a participação de ACM Neto, ex-prefeito da capital baiana.

 

Ex-prefeito de Santo Amaro, Flaviano Bonfim já governou a cidade entre os anos de 2017 e 2020. Em 2024, ele deve concorrer com Leozinho da Usina, pré-candidato que será apoiado pela atual prefeita, Alessandra Gomes (PSD), que decidiu não disputar a reeleição.

Bruno Reis reage à possibilidade de Duquinho Magalhães entrar para a política e não esconde desconforto
Foto: Mauricio Leiro / Bahia Notícias

A possível chegada do empresário Luís Eduardo Magalhães Filho, o ‘Duquinho’, segue movimentando os bastidores e o cenário político baiano. Com a informação de que o filho do deputado federal baiano de grande destaque nacional estaria sendo cogitado para disputar o governo da Bahia como líder da chapa da oposição em 2026, algumas lideranças políticas começaram a se pronunciar sobre o assunto

 

Após o presidente da Câmara Municipal de Salvador (CMS), Carlos Muniz se manifestar sobre a chegada de Duquinho e convidá-lo para filiação ao PSDB, agora foi a vez do prefeito da capital baiana, Bruno Reis (União Brasil), comentar rapidamente, nesta quarta-feira (29), sobre a possibilidade de um novo candidato no seu grupo político. O gestor soteropolitano, entretanto, não escondeu certo grau de desconforto com a temática.

 

“Todos os nomes são sempre bem-vindos. Quanto mais gente boa estiver na política, melhor”, disse Reis durante o evento de assinatura do tombamento de Balaustradas Antigas de Salvador e entrega monumentos restaurados.  

 

Questionado pelo o Bahia Notícias sobre Duquinho se tornar o novo líder da oposição também, já que ele foi convidado pelo o próprio Muniz e endossado por Adolfo Viana, o gestor municipal preferiu não se prolongar no assunto e voltou a falar rapidamente sobre o tema indicando que uma nova chegada deixaria o grupo “com mais força para conquistar as vitórias”. 

 

“Quanto mais puder fortalecer o time, com mais força a gente fica para conquistar as vitórias”, afirmou Bruno. 

 

Mesmo rapidamente, essa foi a primeira vez que o prefeito tratou do assunto. No entanto, o tema tem gerado um pouco de desconforto, repercussão, respostas e reações entre algumas figuras políticas. O deputado estadual Alan Sanches (União), que atualmente ocupa o posto de líder da minoria na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), utilizou as redes sociais para avaliar o tema.

 

"A oposição não está precisando de líderes. A oposição precisa de mais soldados fazendo oposição inteligente. Não se cai de paraquedas e chega liderando nada. Nada contra Duquinho, mas cada um no seu quadrado. Ele é um empresário de valor", disse o parlamentar em uma das publicações.

Bruno Reis pede calma sobre anúncio da pré-candidatura e crava que disputa será decidida em apenas um turno
Foto: Maurício Leiro / Bahia Notícias

O prefeito Bruno Reis (União), preferiu ainda manter o mistério sobre o lançamento da sua pré-candidatura à prefeitura de Salvador para as eleições deste ano. Segundo ele, em entrevista ao Bahia Notícias, nesta quarta (29), é preciso ter calma, pois existe um calendário a ser cumprido, garantindo que no momento tem intensificado as conversas com aliados, mas sem cravar data, nem o nome de quem seguirá como vice na sua chapa para o pleito de outubro. 

 

“Já há um calendário eleitoral que nos impõe descompatibilizações, convenções, existem candidaturas, filiações, e eles por si só já regulamentam o tempo, mas não tenho dúvidas, eu principalmente depois que passou o dia 6 de abril intensifiquei as conversas. Com os meus aliados, estamos conversando, estou fazendo pesquisas, recebi uma pesquisa quantitativa semana passada, recebi essa semana a pesquisa qualitativa, graças a Deus, o melhor que eu já tive em todas as últimas avaliações, tenho conversado com as lideranças, com os nossos treinadores, com os nossos pré-candidatos, e o que eu posso dizer a vocês é que está próximo da tomada dessa decisão, mantendo aí o princípio da verdade, o princípio da franqueza, de um diálogo permanente com vocês da imprensa, que naturalmente informam a cidade sobre o que está acontecendo, em especial na política, então as coisas estão se afunilando, os momentos de decisão estão chegando, e muito em breve aí a gente vai estar tomando essa decisão”, disse. 

 

Bruno também falou sobre um comentário do senador Jaques Wagner (PT) na última semana, em que previu uma disputa em segundo turno para a prefeitura de Salvador. O prefeito afirmou que acredita que independente do grupo político, a eleição será decidida em apenas uma etapa. 

 

“Quem sou eu para discordar do senador Jaques Wagner, que é um político experiente? Mas com o meu pouco conhecimento de política, eu acho que a seleção será de um turno só. Até porque no nosso campo político tem apenas um candidato. Ou candidata, quem sabe. Mas no nosso campo só tem um candidato. No outro campo político tem dois candidatos. Naturalmente, um disputa o mesmo espaço político do outro. Pode ser que o nosso campo político possa até não vencer as eleições. Mas, se tem uma convicção que eu tenho pela pouca experiência política, é que a seleção é de um turno só”, concluiu. 

Programada para terça, Bruno Reis altera data e deve confirmar pré-candidatura após feriado
Foto: Valter Pontes / Secom / PMS

Inicialmente programada para esta terça-feira (28), a confirmação da pré-candidatura à reeleição do prefeito de Salvador Bruno Reis (União) foi alterada para a próxima segunda-feira, dia 3 de junho, após o feriado de Corpus Christi.

 

A expectativa é de que o anúncio seja feito em um evento, que ainda não teve o local confirmado. Também existe a possibilidade de confirmação da secretária Municipal de Saúde, Ana Paula Matos (PDT), como vice na chapa.

 

Ao que tudo indica, nas eleições de outubro, Bruno Reis deve enfrentar dois adversários: o vice-governador Geraldo Jr. (MDB), candidato apoiado pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT) e Kleber Rosa (PSOL).

Salvador terá voo direto para o Benin; passagens custarão até R$2,5 mil
Foto: Valter Pontes/ Secom

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, e o presidente do Benin, Patrice Talon, discutiram neste sábado (25) acordos de cooperação entre a capital baiana e o país africano, durante encontro na Casa do Benin, no Centro Histórico de Salvador. Um dos pontos debatidos foi a criação de um voo direto entre Salvador e Cotonou, maior cidade beninense. 

 

O prefeito Bruno Reis destacou que a capital baiana tem estimulado o afroturismo, ao citar o programa Salvador Capital Afro, que tem projetado a cidade no Brasil e no mundo. “Nós somos a cidade mais negra fora da África, 83% da nossa população é negra. E temos muito orgulho disso. É assim que nós temos que nos apresentar para todos que vieram nos conhecer e, sem sombra de dúvidas, há aí um grande potencial”, frisou.

 

Bruno Reis frisou que a criação do voo direto vai aproximar ainda mais Salvador do Benin. A ideia debatida nas negociações, explicou o prefeito, é que a conexão tenha subsídio do governo federal do Brasil e da República do Benin, com o objetivo de tornar o valor da passagem mais acessível. 

 

“Agora a expectativa é que seja o mais breve possível. Pelos primeiros dois anos, será subsidiado tanto pelo Governo Federal do Brasil, como pela República do Benin, para que tenham passagens mais baratas, acessíveis”, acrescentou.

 

Patrice Talon ressaltou que a criação do voo direto entre Salvador e o Benin vai ampliar a conexão entre as populações. “Decidimos que, para a criação desse voo direito, financiaríamos as passagens aéreas. Nos dois primeiros anos, vamos financiar estas passagens e fazer com que ninguém pague mais do que R$ 2.500”, frisou.

 

Bruno Reis ainda informou que uma comitiva do Benin vem a Salvador em julho para seguir discutindo os acordos de cooperação e, em agosto, um grupo da capital baiana vai ao país africano para ampliar os debates. Ele disse também que pretende ir ao Benin para estreitar ainda mais as relações. 

Também neste sábado, Patrice Talon recebeu o título de cidadão soteropolitano e a Medalha Zumbi dos Palmares, do presidente da Câmara Municipal de Salvador, Carlos Muniz. 

Bruno Reis deve confirmar pré-candidatura na próxima terça
Foto: Betto Jr. / Secom PMS

O prefeito Bruno Reis (União) deve finalmente confirmar a pré-candidatura à reeleição na próxima terça-feira (28). A expectativa é de que o anúncio seja feito em um evento, que ainda não teve o local confirmado. 

 

Existe a possibilidade de confirmação da secretária Municipal de Saúde, Ana Paula Matos (PDT), como vice na chapa. 


Ao que tudo indica, nas eleições de outubro, Bruno Reis deve enfrentar dois adversários: o vice-governador Geraldo Jr. (MDB),  candidato apoiado pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT) e Kleber Rosa (PSOL).

Prefeitura de Salvador fecha acordo judicial com Sindilimp para quitar dívidas em ação trabalhista de 2011
Foto: Valter Pontes / Secom PMS

A Prefeitura de Salvador celebrou nesta sexta-feira (24) um acordo judicial com o Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Bahia (Sindilimp-BA) para quitar dívidas trabalhistas de gestões passadas do município, no valor de R$16 milhões. 

 

O termo do acordo foi assinado pelo prefeito Bruno Reis na sede do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-5), em Nazaré, e vai beneficiar até 1.135 trabalhadores terceirizados do setor na capital baiana.

 

A ação trabalhista original do caso foi ajuizada em 2011, e se refere a parcelas de contratos de terceirização do serviço que não foram pagas por décadas, com alguns dos vínculos empregatícios iniciados em 2008. O valor total considera honorários assistenciais e contribuições previdenciárias, sendo que mais de R$13 milhões serão pagos diretamente aos trabalhadores. 

 

A conciliação permitirá a quitação dos direitos em até 30 meses, com a primeira parcela em julho deste ano. Bruno Reis afirmou que o município deu prioridade ao acordo por entender a importância do dinheiro para os trabalhadores. 

 

“Se a gente for olhar as máximas da administração pública, nenhum gestor quer pagar os débitos dos anteriores. Essa é a prática em qualquer lugar do mundo, porque a gente tem os problemas do dia a dia da cidade, tem a necessidade de tirar os projetos do papel, e se ficar pagando débitos do passado não consegue governar. Só que a nossa Prefeitura hoje tem a casa arrumada, consegue andar com as próprias pernas, e pode realizar isso”, disse.

 

“Eu falei: precisamos avançar com o acordo. Porque eu tenho empatia com o trabalhador e sei a importância desse dinheiro para o pai e mãe de família, que depende desse salário para sustentar os filhos, garantir o pão de cada dia. E, também, pelo carinho que tenho por essa categoria, que presta serviços relevantíssimos à nossa cidade. Não é fácil o trabalho da pessoa que está na limpeza pública. É um trabalho extremamente árduo e a gente precisa reconhecer essas pessoas”, completou Bruno Reis.

 

Esse foi o maior acordo em 1º grau do TRT-5 em meio à Semana Nacional da Conciliação Trabalhista, campanha do Tribunal Superior do Trabalho (TST) que vai até este 24 de maio. A decisão permitirá que a quitação de todos os débitos ocorra em até 30 meses, gerando inclusive economia para o município, já que a dívida poderia aumentar com juros e multas.

 

A juíza responsável pelo caso, Mônica Aguiar Sapucaia, titular da 38ª Vara do Trabalho de Salvador, destacou que a negociação foi um exemplo para o poder público. 

 

“Os senhores sabem bem como é difícil liquidar ação coletiva. E, ao final, o precatório só poderia ser expedido em junho de 2029. Com o acordo, os trabalhadores receberão a primeira parcela em julho de 2024. Então, isto é impactante. É renda, é salário, é dignidade. Em nome dos trabalhadores, eu rendo os meus parabéns pela atitude, prefeito”, salientou.

 

Presente à reunião, o presidente do TRT-5, desembargador Jéferson Alves Silva Muricy, afirmou que a gestão municipal tem se diferenciado com a celeridade que tem dado aos processos. 

 

“Eu sempre comento que a rapidez, a diligência da Prefeitura é algo que me impressiona muito. Desde quando liguei para tratar de uma questão institucional e administrativa ligada a uma demanda que vai surgir no início do ano que vem, a resposta da Prefeitura foi sempre a melhor possível”, comentou.

 

DIÁLOGO 

O vereador Luiz Carlos Suíca (PT), ex-coordenador-geral e atualmente diretor do Sindilimp, destacou que a realidade dos terceirizados da limpeza mudou completamente desde 2013. 

 

“A gente passava problemas todos os meses para receber salário. A partir do governo de ACM Neto, a gente conseguiu resolver tudo, e desde então a gente não tem mais esses problemas de atraso. Foi um compromisso firmado com a categoria de não atrasar salário dos trabalhadores. Isso é importante e são poucos os que têm coragem de falar isso”, disse.

 

“Quando eu recebi a notícia de que nós iríamos fazer essa conciliação, ficamos, eu e o prefeito, na sala dele, até quase 22 horas conversando, e ele fez de tudo para resolver, ligou para todo mundo. E a gente conseguiu. Eu quero te agradecer, prefeito, por tudo o que você tem retribuído para essa cidade, para a nossa categoria. Antigamente, a gente não conseguia fazer um acordo, mas de lá para cá a gente tem conseguido constantemente”, completou Luiz Carlos Suíca.

 

Procurador-geral do município de Salvador, Eduardo Vaz Porto lembrou que o evento representou o final de um longo caminho de negociação conduzido pela Procuradoria-Geral do Município de Salvador (PGMS), iniciado em 2023, e que envolveu três processos trabalhistas coletivos movidos pelo Sindilimp. Após a análise jurídica sobre a legalidade e a vantajosidade do acordo para o interesse público, a Procuradoria recomendou o acordo. 

 

“O prefeito, sensível como é aos trabalhadores, prontamente pediu que nós encaminhássemos rapidamente todos os termos do acordo. E eu me sinto também feliz de fazer parte desse momento histórico”, disse.

“Não terá greve”, garante Bruno Reis sobre paralisação do transporte público em Salvador
Foto: Betto Jr. /Secom

Apesar da decisão dos rodoviários, que aprovaram estado de greve após uma reunião que aconteceu na manhã desta quarta (22), com o  Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros, o prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), afirmou em entrevista que reconhece a importância dos pleitos da categoria e garantiu que a paralisação do transporte público na capital baiana, não deve acontecer. 


“As negociações estão em curso, o estado de greve faz parte do ritual para que a Justiça do Trabalho possa mediar. Eu tenho muita fé, estou afirmando que não terá greve”, cravou Bruno. 


O prefeito ainda disse que reconhece as dificuldades no sistema de transporte público de Salvador e que teme que uma possível greve possa agravar a situação, inclusive impossibilitando o retorno de algumas empresas à operação. 


“Esperamos que os trabalhadores do transporte público tenham consciência das consequências que uma greve pode fazer e agravar ainda mais a crise do sistema. Pode ser que com a greve, algumas empresas parem e não tenham condições de voltar, diante das dificuldades operacionais que enfrentam, então com responsabilidade, entendendo que existem direitos, que esses direitos precisam ser assegurados, entendendo que todos os trabalhadores merecem o seu reajuste, estamos fazendo um apelo para que não haja greve e eu acho que no final, não irá ocorrer”, concluiu. 

Bruno Reis aparece na quinta posição como um dos prefeitos de capitais que mais dominam as redes sociais
Foto: Instagram Prefeito Bruno Reis

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), desponta como o quinto colocado no ranking dos gestores municipais de capitais com maior popularidade digital. O prefeito da capital baiana aparece com o total de 654.392 seguidores nas redes pesquisadas pela Consultoria Brites – Instagram, X, Tik Tok, Facebook e Youtube. 

 

Além de ser o quinto colocado em uma lista com 26 prefeitos de capitais, Bruno Reis ficou na sexta posição na quantidade de interações em suas redes durante o período pesquisado: 2.037.483. A pesquisa da Consultoria Brites, divulgada pelo jornal Valor Econômico, foi realizada no período entre 1/01/2024 a 15/05/2024. 

 

A rede em que o prefeito Bruno Reis possui a maior quantidade de seguidores é o Instagram. Bruno Reis tem 554 mil seguidores no Instagram, cerca de 75% do total de todas as suas redes sociais. 

 

O primeiro colocado do ranking de popularidade digital é o prefeito João Campos (PSB), de Recife (PE), com 3.110.108 seguidores. Em segundo lugar aparece o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), com 1.704.352, seguido de Ricardo Nunes (MDB), de São Paulo, com 913.866, e Topazio Neto (PSD), de Florianópolis (SC), com 686.737. 

 

Em relação à quantidade de interações nas redes, o prefeito de Recife é o primeiro colocado disparado. Campos tem 26 milhões no período pesquisado, contra 5,2 milhões do segundo colocado, o prefeito carioca Eduardo Paes. O terceiro gestor municipal com maior quantidade de interações é o prefeito de São Luís (MA), Eduardo Braide, com 3,5 milhões. 

 

No recorte da quantidade de seguidores, os dois primeiros colocados – João Campos e Eduardo Paes – concentram 42% do total apurado entre todos os 26 prefeitos de capitais brasileiras. A pesquisa da Consultoria Brites foi realizada a pedido do jornal Valor Econômico. 

Após aliança com pré-candidatura de Bruno Reis, Roma não descarta apoio do União Brasil a seu nome em 2026
Foto: Ascom PL

O presidente do PL Bahia, João Roma, disse que o apoio dele à reeleição de Bruno Reis (União Brasil) a prefeito de Salvador não é entrave à sua candidatura a governador em 2026, mas um gesto que pode resultar na possibilidade de PL e União Brasil estarem juntos também em torno de seu nome daqui a dois anos no pleito estadual. 

 

"Esse apoio demonstra uma sinalização para que tenhamos um palanque ampliado daqui a dois anos e assim, juntos, mostremos a ineficácia desse governo do PT que não tem melhorado a vida da população", disse Roma, em entrevista ao programa Frequência Política, da Rádio Interativa FM, de Itabuna, neste sábado (18).

 

Ainda ao falar sobre o apoio ao prefeito da capital baiana, Roma destacou: "conseguimos encontrar consenso com propostas muito efetivas". 

 

Roma ainda acrescentou que o PL terá neste ano 23 candidaturas próprias a prefeito em importantes cidades baianas, a exemplo de Ilhéus, Itabuna, Teixeira de Freitas e Juazeiro. Neste sábado, o político esteve em Itabuna para o lançamento da pré-candidatura a prefeito do engenheiro Chico França. 

 

Na entrevista, o ministro da Cidadania informou que agenda uma visita do presidente Jair Bolsonaro ao sul da Bahia. O problema, segundo ele, é a questão logística. “O nosso presidente Bolsonaro não está utilizando aviões particulares, então será avaliada a possibilidade de o ex-mandatário pegar um voo para Ilhéus e cumprir agenda também em Itabuna”.

Programa Morar Melhor entrega mais 101 casas reformadas em Pirajá
Fotos: Betto Jr. / Secom PMS

Pela quarta vez, o bairro de Pirajá é contemplado com o programa Morar Melhor, beneficiando pessoas em situação de vulnerabilidade da região. Na manhã deste sábado (18), foi a vez da comunidade de Nova Gersina celebrar a entrega de 101 casas reformadas, com a presença do prefeito Bruno Reis (União Brasil) e demais autoridades municipais. No total, 426 imóveis em situação precária já foram reformados pela Prefeitura de Salvador na comunidade. 

 

Uma das beneficiárias foi a feirante aposentada Elovaldina Oliveira Silva, de 85 anos, mais conhecida como dona Lô. Residente no bairro há quatro décadas, ela estava bastante emocionada ao relatar que não esperava ver as intervenções que foram feitas no lar onde reside. “Já chorei muito de alegria, não esperava receber este presente, foi uma grande surpresa. Gostei muito. Meu sentimento maior é de gratidão”, disse.

 

Bruno Reis lembrou que o depoimento de dona Elovaldina foi parecido com o de muitas famílias contempladas com o programa. “Famílias que, em um dia de chuva como esse, tinham que colocar a cama para o lado, botando um balde para conter a goteira. Muitos dizem ‘chovia até mais dentro de casa do que fora’. A casa de dona Lô praticamente não tinha banheiro. E nós colocamos banheiro, fizemos esgoto, pintura, telhado novo, porta, janela e agora ela mora com toda dignidade”.

 

O gestor lembrou que, em todas as etapas do programa, o bairro de Pirajá foi contemplado. “Talvez seja um dos poucos bairros que, nas quatro etapas do Morar Melhor, se fez presente. Porque as famílias precisam, o bairro e as casas atendem os critérios técnicos do programa. Casas que sofrem com infiltração e fata de infraestrura, e mudamos essa realidade”. 

 

Vizinha e filha de dona Lô, a diarista Telma Ferreira, de 47 anos, também teve a casa requalificada. “Eu não tenho o que falar. Só o que fez por mim e pela casa da minha mãe, e cobriu o meu telhado, está ótimo. Traz uma segurança maior em dia de chuva também”.

 

 

DEMAIS INTERVENÇÕES

O prefeito também autorizou intervenções da prefeitura no bairro. “Pretendemos instalar aqui um Multicentro de Saúde, com consultas especializadas e exames das mais diversas áreas. Também vamos reformar e colocar grama sintética no Campo do Irecê, e a praça General Labatut, já visando os festejos do 2 de Julho”, declarou Bruno Reis.

 

BALANÇO

Recentemente, a gestão municipal entregou 150 casas em Mirantes de Periperi e outras 100 no Calafate, beneficiando 250 famílias somente nestes dois locais. Desde que iniciou as atividades, em 2015, o Morar Melhor, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), já ultrapassou a marca de 50 mil unidades habitacionais reformadas em cerca de 300 localidades da capital baiana. Por meio do programa, são executados serviços como pintura e reboco, colocação de novo telhado, portas, janelas, pia e vaso sanitário, dentre outros itens.

 

Os critérios adotados para contemplar programa são a precariedade dos bairros, baseado em dados do IBGE 2010; maior predominância de domicílios com alvenaria sem revestimento; maior predominância de pessoas abaixo da linha da pobreza; maior predominância de mulheres chefe de família; maior densidade habitacional e precariedade habitacional obtida pela observação de campo. Não são contemplados imóveis em situação de risco, de aluguel ou famílias que apresentem renda superior a três salários mínimos.

Maior escola de Salvador custou R$ 19 mi e “não deixa a desejar a nenhuma particular”, diz Bruno Reis
Foto: Mauricio Leiro / Bahia Notícias

 

Aconteceu hoje (17), no bairro de São Marcos em Salvador, a entrega da Escola Municipal Clériston Andrade, considerada a maior da rede municipal da capital. O prefeito Bruno Reis (União), esteve no ato de inauguração e destacou a importância do investimento em educação, ressaltando a implantação de equipamentos que vão complementar a jornada. 

 

“É a maior escola que a prefeitura já construiu nesses 475 anos. Uma escola que vai atender até 2 mil alunos. Uma escola de alto padrão. Eu tenho dito que as nossas escolas são melhores, não deixam a desejar a nenhuma escola particular. Aqui nós temos até teatro com camarim, para vocês terem ideia. Elevador, quadra poliesportiva coberta, todas as salas climatizadas, salas e laboratórios de ciências, de informática, de matemática, salas para atender crianças com necessidades essenciais. Ao lado aqui da escola, temos dois grandes campos de futebol que estão sendo implantados as gramas sintéticos. Na verdade, aqui vai se transformar num grande complexo educacional e esportivo”, disse Bruno Reis. 

 

A Escola Municipal Clériston Andrade terá capacidade para 1.155 alunos por turno, de nível fundamental e contará com estrutura completa com 33 salas de aula. A nova unidade de ensino teve investimento de mais de R$19 milhões. Segundo o prefeito Bruno Reis, esta é a 27º de 52º unidades que ele ainda pretende entregar. 

Aniversariante do dia, Bruno Reis recebe homenagens nas redes sociais
Foto: André Carvalho / BN Hall

Bruno Reis deu início ao dia com diversas homenagens nas redes sociais. Aniversariante do desta sexta-feira (17), o prefeito de Salvador, que ocupa o cargo desde janeiro de 2021, está completando 47 anos. 

 

Em um vídeo publicado no perfil oficial do político, moradores da capital baiana felicitaram o gestor municipal. O ex-prefeito da cidade ACM Neto também compartilhou uma foto ao lado do aniversariante. “Dia de @brunoreisba, parceiro de toda uma vida. Sou muito grato por ter ao meu lado esse amigo leal, generoso e determinado, que tá sempre com um sorriso no rosto e cheio de vontade de trabalhar. Fico muito orgulhoso por saber que hoje ele é muito mais do que referência de gestor público. É o melhor prefeito do Brasil. Parabéns, meu irmão!”, declarou na publicação. 

 

O presidente da Saltur, Isaac Edington também felicitou Bruno: “Parabéns ao nosso querido prefeito pelo seu aniversário, pela sua trajetória de vida! Que Deus abençoe sempre!”, desejou.
 

Siga o @bnhall_ no Instagram e fique de olho nas principais notícias.

Salvador recebe 2ª edição do  Congresso de Direito e Sustentabilidade; confira quem esteve no primeiro dia do evento
Fotos: Marcio Reis / Bahia Notícias

Salvador recebeu nesta quinta-feira (16) a segunda edição do Congresso Brasileiro de Direito e Sustentabilidade, evento que reuniu autoridades, empresários, advogados e representantes da sociedade civil. A ocasião, que se estende até sexta-feira (17),  aconteceu no Wish Hotel da Bahia e contou com debates sobre o desenvolvimento, preservação e segurança jurídica.

 

Entre os nomes que marcaram presença no evento, destacam-se Isaac Edington, Mirela Humbert, Carlos Gantois, Fausto Franco, Daniela Borges,  Fabrício Oliveira, Luiz Viana, Bruno Reis e Paulo Cavalcanti, que em entrevista ao BN Hall afirmou que o equilíbrio é o caminho para o progresso da sustentabilidade. 

 

 


No local, o Bahia Notícias produziu uma série de conteúdos e realizou entrevistas com autoridades através de uma base montada exclusivamente para o podcast jurídico do site, intitulado JusPod.

 

 

Entre as novidades desta edição, está a sala paralela onde estão marcados o Meeting de Práticas Sustentáveis e o I Fórum Baiano de Economia do Mar. Coordenado por Georges Humbert e Isabela Suarez, o Congresso é uma realização da ACB Sustentabilidade e do Instituto Brasileiro de Direito e Sustentabilidade.

 

Veja fotos do primeiro dia:

 

2º Congresso de Direito & Sustentabilidade - 1º dia

 

Siga o @bnhall_ no Instagram e fique de olho nas principais notícias. 

Paulo Cavalcanti e Bruno Reis concordam sobre equilíbrio ser chave do progresso da sustentabilidade
Fotos: Marcio Reis / Bahia Notícias

O II Congresso Brasileiro de Direito e Sustentabilidade está movimentando o Wish Hotel da Bahia com nomes de destaque nacional nesta quinta-feira (16). Paulo Cavalcanti, presidente de Sustentabilidade da ACB (Associação Comercial da Bahia), que está à frente do evento junto com a advogada, vice-presidente de Sustentabilidade, e com o Georges Humbert, que é presidente do Instituto Brasileiro de Direito e Sustentabilidade.

 

Bruno Reis

 

Ao BN Hall, Paulo destacou que é importante se pensar no equilíbrio quando se fala de sustentabilidade. “Não existe se pensar em desenvolvimento econômico sem se estar pautado na dignidade da pessoa humana. Não existe dignidade da pessoa humana sem produção de riqueza, e não existe produção de riqueza sem segurança jurídica. Precisamos estar unidos, precisamos desenvolver nossa inteligência cidadã (...), que é esse convívio harmonioso, contributivo, esse equilíbrio entre o que é que nós vamos encontrar amanhã”, observou Paulo em entrevista ao BN Hall. “Nós estamos vivendo aí o Rio Grande do Sul, um exemplo bastante dramático, mas que desperta todo cidadão do mundo, cidadão não só brasileiro, pensar como unidos vamos nos proteger e garantir o nosso bem-estar”, completou. 

 

O Congresso, que busca alertar as empresas sobre a importância do investimento em sustentabilidade, contou ainda com a presença do prefeito de Salvador, Bruno Reis. Em coletiva, o gestor municipal destacou a urgência da discussão de temas como meio ambiente e resiliência, além do desenvolvimento econômico e social com sustentabilidade. 

 

“Nós estamos vendo cada vez mais o impacto das mudanças climáticas. Os exemplos estão aqui próximos, na Bahia, em estados vizinhos, no Rio Grande do Sul e em diversos lugares do mundo. Cada vez mais os fenômenos da natureza vêm em intensidade maior, são invernos mais intensos e o verão com calor, com altas temperaturas”, enfatizou Bruno. 

 

Em sua fala, assim como Paulo, ele também salientou a necessidade de equilíbrio.“Permitir que a cidade possa se desenvolver, mas que possa também assegurar, garantir que elas sejam sustentáveis. Espero que a partir dos debates que vão ocorrer aqui, possa-se aperfeiçoar a legislação, possam ter contribuições para o Congresso Nacional, para a atuação dos diversos profissionais, para a atuação do Poder Público, possa comprometer ainda mais o Poder Público e a sociedade, porque esse tem que ser um pacto de todos”, avaliou o prefeito da cidade. 

“Passa confiança e um futuro promissor para a população”, afirma Alan Sanches sobre nota máxima de Bruno Reis em gestão fiscal
Foto: Divulgação

Ao alcançar a nota máxima de gestão fiscal no índice do Tesouro Nacional, a Prefeitura de Salvador se consolidou de vez como referência em governança pública para todo o País. É como avalia o deputado estadual Alan Sanches (União), líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). 

 

“O prefeito Bruno Reis conseguiu elevar ainda mais o nível de qualidade administrativa que nossa cidade passou a ter a partir da transformação que ACM Neto iniciou em 2013. Hoje, Salvador consegue conciliar um grande volume de obras e investimentos com a responsabilidade fiscal e aplicação zelosa dos recursos públicos”, destaca Sanches. 

 

Divulgado nesta sexta-feira (10), o índice da Capacidade de Pagamento (Capag), promovido pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) apontou a capital baiana com o indicador ‘A+’. 

 

“Isso é uma demonstração de que a gestão da cidade está em boas mãos e passa muita confiança para a população, que vê um futuro muito promissor com o prefeito Bruno Reis”, projeta Alan Sanches. 

 

O índice do Tesouro Nacional considera os indicadores ‘Endividamento’, que afere o tamanho da dívida relativa à receita corrente líquida e a capacidade do ente federativo de cumprir suas obrigações financeiras ao longo prazo; ‘Liquidez Relativa’, responsável por aferir o nível das obrigações financeiras em relação a disponibilidade de caixa; e ‘Poupança Corrente’, que aponta à relação entre despesas e receitas correntes. 

Bruno Reis diz não ter sido consultado sobre selo de valorização da mulher do bloco As Muquiranas
Foto: Betto Jr/ SECOM

O prefeito Bruno Reis (União Brasil) comentou a polêmica envolvendo o selo Pacto pela Mulher que seria dado ao bloco As Muquiranas nesta quinta-feira (9) pela Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude.

 

Em coletiva durante o lançamento do programa Casa Odara nesta quinta, o gestor municipal disse desconhecer a ação da pasta. 

 

Bruno ainda deu a visão dele sobre o selo proposto pela vereadora Roberta Caires (PP), tem como proposta reconhecer entidades públicas e privadas que adotarem ações de equidade e valorização da mulher, com prioridade na contratação de vítimas de violência doméstica.

 

"Não tinha conhecimento disso, não fui consultado sobre isso, mas pelo que eu saiba, eu posso até depois dar uma palavra com uma precisão maior, na verdade, o que se está buscando é que, não só o bloco As Muquiranas, como outras instituições, que tenham nos seus quadros a maioria da composição de homens, que eles tenham o compromisso para evitarqualquer tipo de violência, para combater a violência contra a mulher. Esse selo é para a entidade assumir o compromisso de combater a violência contra a mulher. Mas não sabia quais as entidades, quais as instituições que estariam assumindo esse pacto", afirmou.

 

Nas redes sociais, o episódio gerou debate e questionamentos por parte dos internautas e de personalidades, que criticaram o reconhecimento do bloco, envolvido em polêmicas com as mulheres, tendo o episódio mais recente como o caso de assédio de uma foliona no Carnaval de 2023.

 

A jornalista Jéssica Senra, da TV Bahia cobrou um posicionamento do prefeito Bruno Reis (UB). “Não é possível uma coisa dessa!!! Depois de vereador pedindo minuto de silêncio em homenagem a feminicida, vem aí… Secretaria de MULHERES premiando o bloco de carnaval mais MISÓGINO da Bahia. O que é isso mesmo?”, postou no Instagram. 

 

Nesta quinta (9), um ato contra o selo foi realizado na frente da Casa da Mulher Brasileira, que receberia o evento com o bloco. Lideranças femininas levaram cartazes para a fachada do espaço em repúdio ao ato. "Chega de misoginia. Pacto pela mulher é o fim das Muquiranas", dizia uma das mensagens.

 

O evento com As Muquiranas foi adiado. Ao Bahia Notícias, a assessoria do bloco informou que uma nova data é prevista para a entrega do selo.

Prefeituras-Bairro de Salvador também vão receber doações para famílias do RS
Fotos: Valter Pontes / Secom PMS

As 10 unidades de Prefeitura-Bairro da capital baiana também receberão donativos a partir desta quinta-feira (9) da ação ‘Salvador Solidária’, que visa arrecadar água para as vítimas das chuvas e das enchentes no Rio Grande do Sul, assim como materiais de limpeza como água sanitária, detergente e sabão. A campanha começou nesta quarta-feira (8), com o posto de coleta na sede da Defesa Civil de Salvador (Codesal), na Av. Bonocô.

 

 

O prefeito Bruno Reis esteve pela manhã na sede da Codesal. Segundo ele, até o meio-dia, já haviam sido doados 3 mil litros de água. “Nossa expectativa é passar da casa de 50 mil litros. Hoje, por enquanto, estamos recebendo as doações apenas aqui, na Defesa Civil, mas amanhã (quinta) vamos receber também nas Prefeituras-Bairro. Quero convocar todos os soteropolitanos a ajudarem os nossos irmãos do Rio Grande do Sul que estão passando, infelizmente, por muitas dificuldades”, afirmou.

 

As doações serão recolhidas até a próxima quarta-feira (15), das 8h às 16h. “Já estamos fechando uma parceria com a Azul (companhia aérea) e com a Força Nacional para levar todo esse material arrecadado para o Rio Grande do Sul. Esperamos que, no máximo nesta sexta-feira, já possamos fechar e enviar o primeiro carregamento”, disse Bruno Reis.

 

As doações devem ser de água mineral, em garrafas de qualquer tamanho, ou de produtos de limpeza, como água sanitária, sabão em barra ou em pó, detergente, entre outros. Esses são os produtos que os municípios gaúchos mais precisam neste momento.

 

“Na última segunda-feira, tive contato com o prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, e ele me disse que o maior problema, tanto na sua cidade como nas demais, era a necessidade de água potável e de materiais de limpeza. Que eles já estão recebendo outros donativos, mas estão em situação de desabastecimento de água. Então, se a gente pudesse ajudar arrecadando esses donativos, seria muito importante”, explicou Bruno Reis.

 

Diretor-geral da Codesal, Sosthenes Macêdo destacou que a mobilização é urgente. “Só em Porto Alegre, são cerca de 10 mil pessoas desabrigadas, que estão em abrigos provisórios. Além da capital, as chuvas e a enchente afetaram também a Grande Porto Alegre, então a Prefeitura de lá acaba auxiliando também essas outras cidades menores da região”, disse.

 

“Em 2021 nós fizemos uma campanha parecida, quando tivemos fortes chuvas no interior da Bahia. Naquela ocasião, enviamos para municípios afetados 40 toneladas de alimentos e 50 mil litros de água. É o que a gente pretende fazer de novo agora, com essa mobilização na Defesa Civil”, completou Sosthenes Macêdo.

Prefeitura de Salvador estima em R$ 45 mi anuais para transporte com reoneração e aciona pastas sobre o tema; entenda
Foto: Betto Jr/Secom PMS

A garantia do prefeito de Salvador, Bruno Reis (União) em não reajustar o transporte público de Salvador em 2024, mesmo com o fim da desoneração da folha de pagamento, proposto pelo governo federal, ligou um alerta na gestão. Interlocutores do Executivo soteropolitano indicaram ao Bahia Notícias que setores ligados à temática estão atentos. 

 

Tanto a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) quanto a Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador (Arsal) já teriam debatido com o prefeito os impactos da medida do governo federal, onde um valor anual estimado teria sido traçado: R$ 45 milhões. Recentemente, tanto a Arsal e a Semob participaram dos estudos e interlocução para a recomposição do valor da tarifa de transporte. 

 

“Primeiro, não terá nenhum reajuste esse ano, não existe essa possibilidade. Segundo, infelizmente, o governo federal que não ajuda, que não paga o subsídio, que não concede benefícios e incentivos fiscais aos insumos do transporte público, agora vem com a reoneração da folha, que é o principal componente do transporte público, porque a mão de obra dos motoristas cobradores terão incidência do tributo. Isso impacta 25 centavos na tarifa”, disse o prefeito em coletiva de imprensa nesta quarta. 

 

A ventilação da possibilidade de aumento foi divulgada pela Associação das Concessionárias do Sistema Transporte Coletivo por Ônibus de Salvador (Integra), que revelou que a decisão vai influenciar de forma direta no custo do transporte público para os usuários e passageiros que utilizam os coletivos. A associação afirmou que o setor de transporte será um dos mais afetados pela decisão. De acordo com a Integra, por meio de nota, o aumento dos custos seria iminente e pode começar a valer ainda neste mês, caso não tenha nenhuma outra iniciativa. 

 

Além disso, o prefeito de Salvador ainda citou a crise no sistema de transporte metropolitano na Bahia, com fechamento de empresas e demissão de trabalhadores, e lamentou a falta de subsídio do governo federal para o setor, além de criticar a reoneração da folha, que poderia impactar em cerca de 25 centavos no valor da tarifa. O prefeito disse ainda esperar que o fim da desoneração possa ser revisto. 

 

A apreensão dos prefeitos com a medida não exclui o gestor da capital baiana. A desoneração da folha de pagamento para 17 setores da economia, que foi estendida pelo Congresso Nacional em 2023, segue como foco a  manutenção de uma perspectiva de investimento nessas áreas, consideradas por deputados e senadores como essenciais para que a economia brasileira permaneça ativa. 

Deputado Marcio Marinho fala sobre indicação de vice para chapa de Bruno Reis: “Republicanos está com a bola da vez”
Foto: Reprodução

Com relação à articulação política do Republicanos em Salvador, o deputado federal, Márcio Marinho (Republicanos), comentou, neste sábado (04), sobre a possibilidade de indicação de um nome para a vice-liderança da disputa, ao lado de Bruno Reis. “Republicanos está com a bola da vez”

 

A declaração foi dada ao Bahia Notícias, durante a realização do encontro nacional do Republicanos no Hotel Fiesta, em Salvador. “Ele [Bruno Reis] sabe que a gente tem uma representação muito forte e todos vocês sabem que quando chega nesse período da discussão de composição de chapa, o Republicanos que está com uma bola da vez para a fazer a indicação. Semana passada, nós já tivemos uma conversa com o prefeito e colocamos que queremos discutir essa questão da vice. Com todo respeito e carinho que tenho por Ana Paula, mas dizer que o Republicanos também quer apresentar os nomes para essa análise”, afirmou Marinho.

 

E completa: “Nada com pressão, mas também com justiça, porque não é de agora que a gente vem é ao lado dessa desse projeto que tem dado certo, mas também queremos agora está na vitrine também dessa Chapa majoritária”, afirmou. 

 

Sobre as possíveis indicações, o deputado citou os nomes de Rogéria Santos e da vereadora Ireuda Silva, além do vereador Luizinho, ex-secretário municipal de Infraestrutura.

Bruno Reis recebe comitiva do Benim para organizar visita do presidente do país a Salvador no dia 25 de maio
Foto: Betto Jr. / Secom PMS

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, recebeu no Palácio Thomé de Souza nesta quinta-feira (2) uma comitiva de representantes do Benim para organizar a visita do presidente do país do Oeste africano à cidade. Patrice Talon chegará à capital baiana no dia 25 de maio, logo após cumprir agenda oficial em Brasília entre os dias 22 e 24.

 

“Salvador fica muito feliz em receber o presidente do Benim, Patrice Talon. Nossos povos têm uma irmandade histórica, em função dos milhares de beninenses que vieram para cá escravizados no passado, pessoas que deixaram aqui um riquíssimo patrimônio cultural. Graças a essa herança, somos hoje a cidade mais negra fora da África, a Salvador Capital Afro. Vamos aproveitar para mostrar a ele todo o trabalho que estamos fazendo neste sentido”, disse Bruno Reis.

 

Patrice Talon ficará em Salvador entre os dias 25 e 27 de maio, onde visitará a Casa do Benim, museu administrado pela Fundação Gregório de Mattos (FGM), com o objetivo de preservar essa relação histórica. O presidente também visitará outros espaços culturais da cidade e receberá títulos e honrarias na Câmara Municipal de Salvador (CMS).

 

Participaram da reunião o presidente da Câmara Municipal de Salvador (CMS), Carlos Muniz, o embaixador do Benim no Brasil, Boniface Vignon, o cônsul-honorário do Benim em Salvador, Marcelo Sacramento, e outras autoridades do país africano. “O presidente Patrice Talon não poderia deixar de vir à Bahia. A intenção é, cada dia mais, estreitar as relações históricas. É essencial para o Benim que essa relação com o Brasil sempre passe pela Bahia”, disse Sacramento.

 

“Salvador é a referência mais negra fora da África para o povo africano, principalmente para o povo Jeje, que é o povo beninense. Porque, assim como aqui ficou marcada a cultura Jeje, com uma influência fortíssima, lá também existe uma influência soteropolitana, levada pelos retornados, que são chamados de ‘agudás’. Eles levaram daqui os hábitos baianos para o Benim, então lá se tem como referência Salvador, e isso precisa ser resgatado”, completou Marcelo Sacramento.

“Apoio de João Roma a Bruno Reis reedita aliança de ACM Neto com Bolsonaro”, afirma presidente do PT Bahia
Foto: Divulgação

O presidente do Partido dos Trabalhadores da Bahia, Éden Valadares, afirmou nesta terça-feira (30), que a oficialização do apoio do PL, partido do ex-presidente Jair Bolsonaro, ao prefeito Bruno Reis (União Brasil), às eleições municipais deste ano não é nenhuma novidade, já que o antecessor do atual gestor, ACM Neto, que pertence ao mesmo partido e grupo político do prefeito de Salvador, sempre foi aliado de Bolsonaro.

 

“Zero pessoas surpresas. Essa aliança é antiga, sempre uniu ACM Neto a Bolsonaro, e agora é reeditada com Bruno e Roma. Ou seja, o apoio de João Roma a Bruno Reis reedita a aliança de ACM Neto com Bolsonaro. Estiveram juntos no governo que destruiu o Brasil, estiveram juntos nas últimas eleições e seguem inseparáveis. Como muito bem disse o governador Jerônimo Rodrigues, é o mesmo risco no chão: de um lado o time deles, do outro nosso time com Lula, Jerônimo e Geraldo Júnior”, afirmou o dirigente petista.

 

Éden destacou ainda que a nacionalização da campanha não depende do desejo dos candidatos ou das campanhas, mas sim da polarização política que o país vive. “É óbvio que vamos apresentar propostas, discutir a cidade, debater seus problemas e são muitos. Mas na largada, na saída, é natural que o eleitorado busque referências sobre as candidaturas apresentadas. Esse é do time de quem? Joga aliado com quem? Lula ou Bolsonaro? Salvador não é uma ilha apartada da disputa política que se estabeleceu no Brasil nos últimos anos”.

 

Para o líder petista, a identidade do atual prefeito com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) foi construída até com certa naturalidade. “Bruno Reis já declarou que votou em Bolsonaro, é apoiado pelo partido de Bolsonaro e, não satisfeito, trabalhou para não ter um candidato do PL em Salvador. Isso é mais que namoro, é casamento antigo”, concluiu Éden.

Com apoio do PL a Bruno Reis, João Roma indica que vaidade foi deixada: "Eleições distintas"
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Divulgação

O presidente estadual do Partido Liberal (PL), João Roma, comentou nesta terça-feira (30), sobre as principais questões que influenciaram o apoio do seu partido ao prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), nas eleições de 2024. 

 

Questionado pelo Bahia Notícias sobre o que foi preponderante para o apoio, já que na última disputa eleitoral, ele não apoiou ACM Neto ao Governo do Estado, Roma disse que as eleições de 2022 e 2024 são diferentes e que o ex-presidente, Jair Bolsonaro (PL), orientou que a vaidade fosse deixada de lado neste ano. 

 

“São eleições completamente distintas. Em 2022, eu tinha uma missão que era de levar o palanque do presidente Bolsonaro aqui na Bahia e foi onde eu segui por um caminho e ACM Neto por outro. Nesse momento nós estamos tratando eleição municipal. A nossa aliança aqui foi restritamente tratada sobre isso, sobre a cidade do Salvador. A orientação do presidente Bolsonaro foi justamente que não tratasse como vaidade. Eu poderia muito bem estar dispondo de maior tempo de TV que o PL dispõe, estar colocando nossas propostas, mas a gente tem que buscar justamente a eficácia dos resultados”, afirmou. 

 

Roma comentou ainda sobre a polêmica construída quando ele apontou que foi imposto "submissão" de ACM Neto a Bruno Reis. O ex-ministro apontou ainda que não houve “influência” de Neto na articulação entre Reis e o PL. 

 

“Jogo é jogo treino é treino. Durante o calor de uma disputa muitas coisas. Então é natural, nós passamos a régua e estamos agora em um novo processo eleitoral. Nós tivemos uma discussão muito madura, muito voltada com estratégia e com a dimensão que a cidade de Salvador, primeira capital do Brasil merece. Eu tratei diretamente com o prefeito Bruno Reis naturalmente classificado. Uma vez que sempre buscam perguntar sobre relação para ACM Neto e eu não quero o mal de ACM Neto, não tenho nenhuma desavença nesse sentido não. O que ocorre é que eu enquanto presidente do partido tratei com oprefeito da cidade de Salvador que chama-se Bruno Reis. Essa tratativa é estar contente do nosso partido, que se vê nesse momento representado e chega agora para fazer toda a diferença e ser decisivo nesse processo eleitoral”, completou.

Bruno Reis diz que nacionalização em eleições municipais é uma estratégia "falida" e "fracassada"
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Divulgação

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), voltou a falar nesta terça-feira (30),  que não acredita na influência da nacionalização no resultado das eleições municipais. A declaração de Bruno aconteceu durante evento que confirmou o apoio do Partido Liberal PL à sua reeleição em 2024.  

 

Segundo Bruno, as eleições são apenas municipais, e que a estratégia de associar apoio a figuras partidárias da Bahia ou do Brasil,  é “falida e fracassada”. 

 

“Vão tentar nacionalizar a eleição, estadualizar a eleição. Mas a eleição é do povo, a escolha do cidadão é livre, que vai fazer a melhor escolha para sua cidade. Então isso está claro e já ficou claro em outras eleições, que essa estratégia é falida, fracassada, aliás, aqui em Salvador, ainda tem um componente a mais. Isso não sou eu que falo, são as pessoas que falam na rua todo mundo que a gente conversa, que o fato de você ter prefeito de um partido e governador ou presidente, que ganha com isso é o povo, que o prefeito trabalha e obriga os outros a trabalharem, pois tem a natural comparação [...]”, afirmou durante entrevista à imprensa. 

 

O gestor municipal revelou ainda que o debate das disputa eleitoral deste ano vai girar em torno do trabalho das gestões dos poderes. 

 

“Sem sombra de dúvidas, a pauta, a discussão da eleição Municipal, será debater os problemas da cidade. Quais são ainda os gargalos os problemas que a cidade tem, quais são os caminhos para resolver esses problemas e efetivamente no final do dia as pessoas vão ver quem é que tem melhores condições de solucionar esse problema”, concluiu.

Apoio do PL à Bruno Reis é oficializado em reunião com presença de João Roma
Foto: Mauricio Leiro / Bahia Notícias

O PL oficializou na manhã desta terça (30), em reunião com os membros da executiva estadual e a presença do presidente estadual da sigla, João Roma, o apoio à reeleição do prefeito Bruno Reis nas eleições deste ano em Salvador. Reis agradeceu o apoio do partido e afirmou que o time de Roma abriu mão de um projeto de poderia ter sido pessoal, para colocar à frente os interesses da cidade. 

 

“Muito obrigado, João Roma, você sabe da nossa história e eu gostaria, nessas palavras, de falar, basicamente, sobre relação, parceria, de princípios e de compromissos. Então, tenho com o João uma relação de muito tempo. Trabalhamos juntos, na mesma sala, seja aqui em Salvador, seja em Brasília, por um longo período da vida. Trabalhamos muito juntos e sempre tive orgulho de trabalho dele e do meu. Ele sabe disso, sempre foi um ajudando o outro, nunca teve mimimi, blá, blá, blá, pragmatismo, resolutividade e solução para os problemas e isso fez com que a gente sempre mantivesse uma relação muito sólida e consistente”, disse.

 

Bruno ainda ressaltou que a sua relação com João Roma abriu portas para que ele conquistasse o PL para a sua base nestas eleições, além de elogiar outros nomes que, segundo ele, contribuíram bastante para a gestão atual. “É resultado de um trabalho que eu vim a construir, a nossa deputada Roberta Roma, é minha amiga antes de conhecer João, nós já éramos amigos de infância antes de conhecer João, parabéns Roberta pelo grande trabalho que está fazendo em Brasília, não está aqui o deputado João Bacelar, mas também um grande amigo, uma pessoa que tem pelo menos 25 anos de amizade e de relação, a Kátia Bacelar representando seu irmão e também querida amiga, o deputado capitão Alden é uma relação amizade mais recente, que me colocou duas importantes sugestões para contribuir com o nosso governo, que foram acatadas e já foram executadas. Essa relação foi permitindo a gente ampliar a nossa convivência com os deputados estaduais da mesma forma, tanto com o Diego Castro, que já militou com a gente na juventude partidária, como meu colega advogado Leandro de Jesus, combativo deputado, que tem feito a oposição aguerrida e tem também nos dado uma série de sugestões”, concluiu.  

Alexandre Aleluia nega rusgas e sugere que críticas a Bruno Reis e ACM Neto foram construtivas
Foto: Mauricio Leiro / Bahia Notícias

Ainda durante a reunião com os membros da executiva estadual do PL, que oficializou o apoio à reeleição do atual prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), na manhã desta terça (30), o vereador Alexandre Aleluia, que teceu críticas ao ex-prefeito ACM Neto e ao atual mandatário da capital, disse que a relação entre ambos não está abalada e foi somente em relação às gestões políticas. 

 

“A relação está muito boa. Na época eu fiz críticas muito também em relação à gestão, nunca fiz em relação à pessoa física, Bruno Reis. Eu tenho muita admiração por ele, sempre disse em discursos que ele é muito humilde, ele para pra escutar as pessoas. Recentemente ele até me convidou: 'olha, vamos fazer um projeto pra melhorar a cidade, o visual da cidade, questão de limpeza de cartazes'. Peguei a missão, fiz, então, aprovei, ele sancionou, então mostra que tem uma interlocução muito boa isso. Eu admiro, eu acho que a cidade tá em boas mãos”, defendeu. 

Isnard comenta permanência no PL para eleição de 2024 e enaltece apoio do partido a Bruno Reis
Foto: Mauricio Leiro / Bahia Notícias

Apontado como um dos nomes que poderia trocar de legenda durante a janela partidária, o vereador Isnard Araújo permanece no PL e vai em busca da reeleição pelo partido comandado por João Roma na Bahia. Na manhã desta terça-feira (30), o edil foi econômico ao falar sobre o assunto e se resumiu a dizer que nunca saiu da sigla.

 

"Com relação a minha permanência, eu nunca saí. Eu estou no meu quinto mandato, tive uma vez fora, até porque por consequência do próprio partido, me mantive no PL, a convite também do prefeito e do nosso presidente", disse durante evento realizado pelo PL em Salvador.

 

O encontro promovido pelo partido marca a oficialização do apoio ao prefeito Bruno Reis (União), que deve ser candidato à reeleição na capital baiana em outubro. Segundo Isnard, o endosso concretizado hoje era o caminho natural a ser seguido.

 

"Primeiro parabenizar o PL aqui na pessoa do nosso querido João Roma, nosso presidente, que tomou atitude corretíssima, até porque hoje o PL não dá para ser diferente do que a atitude de caminhar com Bruno Reis. É um partido de direita, um partido não de extremismo, não de qualquer tipo de extremos, mas parabenizar e dizer que estamos tomando a atitude corretíssima de caminhar com o Bruno", afirmou.

 

No início do ano, Isnard Araújo anunciou seu desligamento das atividades como pastor da Igreja Universal.

“Não é um partido pra ficar em cima do muro”, diz Alexandre Aleluia sobre apoio do PL a Bruno Reis
Foto: Mauricio Leiro / Bahia Notícias

 

O vereador Alexandre Aleluia (PL), falou ao Bahia Notícias na manhã desta terça (30), durante a reunião com os membros da executiva estadual do partido, que oficializou o apoio à reeleição do atual prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), sobre a importância da decisão. Segundo o edil, é um passo importante na construção de um caminho onde todos terão a mesma chance, afirmando que o partido não é de ficar “em cima do muro”.

 

“Consolidamos o nosso apoio ao prefeito Bruno Reis, eu não tenho dúvida que é o melhor caminho, é o caminho, eu diria, porque o PL não é um partido pra ficar em cima do muro, é um partido para adotar o melhor caminho pra cidade e o prefeito Bruno Reis tem mostrado que esse é o melhor caminho. Em relação à nominata, a nominata tá bem montada, o partido tá bem estruturado, todo mundo com chance, isso que é importante. Eu vejo nomes com expressão eleitoral, até o próprio ex-prefeito João Henrique, Lorena Brandão ex-vereadora, o vereador Isnard, enfim, vários candidatos que podem sim fazer uma boa projeção na eleição proporcional”, concluiu. 

Chegada de nomes do PL na gestão de Bruno Reis será feita com "naturalidade", indica deputado Leandro de Jesus
Foto: Mauricio Leiro / Bahia Notícias

Com o PL prestes a bater o martelo sobre o apoio à reeleição do prefeito Bruno Reis (União) em Salvador, o deputado Leandro de Jesus avalia que a chegada de quadros do partido para compor a gestão do atual chefe do Executivo soteropolitano será feita com "naturalidade".

 

"Nossa expectativa com relação a esta aliança, esse apoio, é exatamente colocando como prioridade o protagonismo do nosso povo, da nossa população aqui de Salvador. Nós temos aqui dois cenários a serem comparados. É só a gente olhar o que ocorre hoje no estado da Bahia com a gestão do PT, em que inegavelmente, em todas as regiões de nosso estamos nós vemos destruição, descaso, abandono, a corrupção, a miséria, a fome. E nós não queremos que isso seja replicado em nossos municípios, a exemplo aqui da nossa capital baiana", disse em entrevista ao Bahia Notícias na manhã desta terça (30).

 

"Por outro lado, como um comparativo, como iniciei a minha fala, se nós pegarmos aqui a gestão do Bruno, é uma gestão que tem um índice de aprovação altíssimo, porque nós vemos uma boa gestão, uma gestão voltada de fato para o desenvolvimento aqui da nossa cidade. Um olhar muito especial para as nossas periferias, para aqueles mais necessitados daquilo que compete a gestão municipal", acrescentou.

 

Sobre eventuais negociações sobre espaço e cargos a serem ocupados pelo PL na prefeitura, o deputado reforçou um coro que já vem sendo feito por outros integrantes do partido: ajustes apenas após a eventual reeleição de Bruno.

 

"Com relação à participação do PL, ou dos quadros do PL na gestão, eu acredito que as coisas devem acontecer de uma maneira muito natural. Nunca haverá, por parte do PL, da nossa bancada, do nosso grupo, um toma lá, dá cá, um tipo de negociação. O que nós queremos é que as coisas aconteçam de uma maneira muito natural e naquilo que a gente puder colaborar dentro dessa visão de gestão, conforme eu falei, de ter o protagonismo da cidade, do povo e a melhora da vida do povo soteropolitano é que nós estaremos exatamente participando na medida que, dentro dessa naturalidade, as coisas aconteçam e nós venhamos por meio dessa condução poder ajudar, com toda certeza, após a reeleição que nós acreditamos que ocorrerá do prefeito Bruno Reis", finalizou.

 

APOIO OFICIAL
O presidente do Partido Liberal (PL) na Bahia, João Roma, convocou uma reunião com os membros da executiva estadual do partido para esta terça-feira (30). No convite, o encontro é divulgado como reunião de alinhamento, onde "ações importantes" serão definidas para as eleições de 2024.

 

No entanto, o PL vai vai anunciar oficialmente seu apoio ao prefeito Bruno Reis (União), que deve tentar em outubro a reeleição para a prefeitura de Salvador.

VÍDEO: Ana Paula Matos sai carregada por apoiadores na sede do PDT em Salvador após reafirmação de apoio a Bruno Reis
Foto: Divulgação / PDT

A vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos (PDT), saiu carregada da sede do PDT, no bairro da Mouraria, em Salvador, na noite desta sexta-feira (26), após sua confirmação à reeleição para o cargo, em apoio a Bruno Reis (União Brasil). De acordo com o ministro da Previdência Social e presidente nacional licenciado do PDT, Carlos Lupi, a indicação de Ana Paula como vice para as eleições municipais deste ano ocorreu de forma natural. 

 

 

 

Ao lado dos presidentes estadual e municipal da sigla, os deputados federais Félix Mendonça e Léo Prates, Lupi avaliou o cenário local. 

 

“Temos a decisão de apoiar o Bruno Reis e reivindicamos a continuidade do partido na vice-prefeitura. A Ana Paula é um nome natural para seguir no cargo”, apontou. “Salvador é prioridade nacional do PDT. Vamos eleger quatro vereadores, com uma chapa plural, e Bruno Reis no primeiro turno”, completou Lupi. 

Curtas do Poder

Ilustração de uma cobra verde vestindo um elegante terno azul, gravata escura e língua para fora
A eleição nem começou e já teve chumbo trocado em palanque alheio. Enquanto o edil teve que postar foto se desculpando, do outro lado o deputado defendeu com unhas e dentes mesmo, surpreendendo zero pessoas. A verdade é que nessa eleição vai ser cada um por si. Quem vai sofrer mesmo é o eleitor, com tanta desinteligência artificial. Saiba mais!
Marca Metropoles

Pérolas do Dia

Luiz Inácio Lula da Silva

Luiz Inácio Lula da Silva
Foto: Ricardo Stuckert/Presidência da República

"Não acho crime". 

 

Disse o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao indicar que é favorável ao Projeto de Lei que regulamentar os "Jogos de Azar" no Brasil. 

Podcast

Terceiro Turno: A força da máquina governista se sobrepõe a política partidária e de ideias?

Terceiro Turno: A força da máquina governista se sobrepõe a política partidária e de ideias?
No campo político é comum ouvir expressões como "rolo compressor" e "trator" quando se fala da forma com que a máquina é operada em algumas ocasiões.

Mais Lidas