Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Polícia apreende porções de maconha e cocaína em ponto de tráfico em Simões Filho
Foto: Reprodução / SSP-BA

Porções de cocaína e maconha, além de um carregador para pistola 9mm foram apreendidos, na última sexta-feira (21), por investigadores da 22a Delegacia Territorial (DT), de Simões Filho, durante uma incursão no bairro Simões Filho I.

 

Os policiais entregavam intimações na região quando foram recebidos a tiros por um grupo armado. Equipes da 22a Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) deram apoio na ação.

 

A droga foi encontrada num imóvel utilizado como ponto de tráfico pela quadrilha. O delegado Leandro Acácio, titular da 22a DT/Simões Filho, informou que a droga foi encaminhada para perícia.

Fiocruz finaliza análise de vacinas; Bahia receberá 119,5 mil doses neste domingo
Foto: Reprodução / G1

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) liberou neste sábado (23), as doses da vacina Oxford/AstraZeneca para serem entregues ao Ministério da Saúde e, em seguida, distribuídas no Brasil. A Bahia receberá 119 mil e 500 doses, neste domingo (24), e o avião deve pousar às 10h45, de acordo com o secretário de saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

 

O estado da Bahia só receberá menos que São Paulo, Rio de Janeiro Belo Horizonte e Amazonas. A carga vinda da Índia passou por um processo de análise de segurança desde a madrugada. O procedimento é uma exigência da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

 

O carregamento com dois milhões de doses da vacina, produzidas no Instituto Serum, na Índia, chegou ao Rio por volta das 22h ao Rio de Janeiro, depois que o governo indiano autorizou as exportações comerciais do imunizantes.

Pelo quinto dia seguido, Bahia registra mais de 30 mortes por conta da Covid-19
Foto: Reprodução / Sesab

Pelo quinto dia seguido a Bahia registrou mais de 30 mortes por conta do novo coronavírus. Neste sábado foram 33 óbitos em razão da doença, de acordo com boletim emitido pela secretaria de saúde do estado.

 

Nas últimas 24 horas, foram registrados 4.566 casos de Covid-19. Entre os infectados, 3.695 já estão recuperados. Dos 562.466 casos confirmados desde o início da pandemia, 541.416 já são considerados recuperados e 11.223 encontram-se ativos.

 

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,04%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (11.461,60), Itororó (9.464,23), Muniz Ferreira (8.879,01), Itabuna (8.797,36), Conceição do Coité (8.785,20).

Sábado, 23 de Janeiro de 2021 - 18:40

Na América Latina, só Venezuela tem tarifas de importações mais altas que as do Brasil

por Julio Wiziack | Folhapress

Na América Latina, só Venezuela tem tarifas de importações mais altas que as do Brasil
Foto: Reprodução / G1

Motor da abertura prometida pelo ministro Paulo Guedes (Economia), a Camex (Câmara de Comércio Exterior) conduz uma política protecionista. Na América Latina, só a Venezuela supera o Brasil em tarifas médias de importação.

O Brasil tem tarifas mais elevadas do que países como China, Cuba, Argentina e Bolívia.

De acordo com o Banco Mundial, 12 países são mais fechados do que o Brasil. São eles: Chade, Camarões, Etiópia, Nepal, Bangladesh, Paquistão, Benin, Venezuela, Togo, Senegal, Quênia e Congo.

Os dados mais recentes da OMC (Organização Mundial do Comércio) mostram que a média da tarifa de importação do Brasil foi de 10,2%, em 2019, contra 13,2% da Venezuela.

O país vizinho liderado pelo ditador Nicolás Maduro é usado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e Guedes como exemplo de tudo o que dá errado. A tarifa média de Cuba, regime comunista, foi de 7,2%, em 2019, e a da China, 3,5%.

"Será que alguém vai dizer que os irmãos Castro [Fidel Castro comandou Cuba por décadas e foi sucedido por Raúl], o kirchnerismo [Nestor e Cristina Kirchner, ambos peronistas, presidiram a Argentina] e o bolivarianismo [doutrina política dos presidentes da Venezuela] são regimes ultraliberais e entreguistas, ou que nossas empresas enfrentam agruras maiores que as enfrentadas por empresas argentinas ou bolivarianas?", questionou Roberto Ellery, economista da UnB (Universidade de Brasília), em artigo publicado recentemente sobre o assunto.

Com base nos dados do Banco Mundial, Ellery selecionou tarifas médias de países da América Latina e do Caribe com população maior que 5 milhões de habitantes. Depois, comparou com todos os países.

"É isso mesmo. Temos a maior tarifa média do grupo. Argentina, Venezuela, Bolívia e mesmo Cuba praticam tarifas menores do que as nossas", escreveu.

Guedes assumiu o cargo há dois anos prometendo implementar o ajuste fiscal com reformas estruturantes, privatizações, cortes de subsídios e a abertura comercial --pilares do modelo liberal que levou o empresariado a encampar a candidatura do então presidenciável Jair Bolsonaro.

Até o momento, o governo pouco avançou nessa política e a expectativa era que pelo menos a Camex fosse cumprir a promessa de redução de tarifas de importação. Ela é presidida por Guedes e a maioria de seus integrantes é da equipe econômica.

Isso tornaria insumos para a indústria mais baratos, melhorando até as exportações de médias empresas que hoje são forçadas a comprar de fornecedores nacionais com preços mais elevados e qualidade inferior.

Apesar do discurso em defesa da livre concorrência, a Camex cedeu à pressão política do governo e da indústria, além de acirrar a política antidumping, elevando tarifas de quase 60 categorias de produtos acima da TEC (Tarifa Externa Comum) cujo teto é 35% do valor de uma mercadoria.

No início de dezembro de 2020, a Camex decidiu, por pedido de Bolsonaro, zerar o imposto de importação de armas de fogo. A alíquota era de 20% para revólveres e pistolas.

Bolsonaro e seus filhos defendem a flexibilização do porte de armas. O presidente chegou a comparecer à reunião da Camex, feito inédito na história do órgão.

Seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) chegou a postar em suas redes sociais foto com representante da alemã SIG Sauer, uma das fabricantes que tenta convencer o governo a abrir o mercado para estrangeiros.

Guedes defendeu a isenção do imposto dizendo que se trata de um passo rumo a abertura comercial.

A medida, a única genuinamente liberal da Camex por ameaçar o monopólio da brasileira Taurus, acabou sendo suspensa pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin no final do ano passado.

Naquele momento, tubos de oxigênio hospitalar, fundamentais no tratamento da Covid-19, passaram a ser taxados em 14%. Antes eram isentos.

No final de novembro de 2019, a gigante americana de brinquedos Hasbro enviou uma carta para Guedes pedindo que a Camex reduzisse o imposto de importação de seus produtos.

A Hasbro vende brinquedos das marcas Transformers, Power Rangers, Princesas Disney, Star Wars, Marvel, Beyblade, Trolls, dentre outras.

Em novembro de 2020, a Camex aprovou uma redução em três fases dos atuais 35% para 20%. O corte na tarifa será de 5 pontos percentuais a cada seis meses até o segundo semestre deste ano. Hoje a tarifa está em 30%, ainda comparável a de países como Afeganistão e Zimbábue.

Desde o início do governo Bolsonaro, setores da indústria que dependem de máquinas pesadas e equipamentos (os chamados bens de capital) e o segmento de tecnologia, que utilizam bens de informática, pleiteiam a abertura total desse segmento.

A proposta inicial em discussão na Camex, no entanto, era baixar para 4% ao longo de 15 anos. Hoje, bens de capital são taxados em 14% e os de informática, em 16%.

Os grandes fabricantes locais passaram a pressionar o governo para que essa medida não ocorresse ou fosse feita de forma mais suave para barrar os produtos da China. O assunto não prosperou até hoje.

A Camex baixou alíquotas de diversos outros produtos manufaturados, mas, segundo técnicos envolvidos nos estudos e que pediram anonimato, elas ainda estão acima daquelas praticadas por países da OCDE, grupo no qual o Brasil tenta ingressar.

Essas reduções, no entanto, foram concedidas com prazo de validade, cerca de dois anos, o que não define uma política efetiva de abertura, ainda segundo os técnicos do governo.

Além disso, em outra frente, a Camex revisou ao menos 58 casos de dumping (venda de produtos muito abaixo do preço justo). Quando isso ocorre, o país passa a usufruir do direito de aplicar tarifas adicionais além da TEC por cinco anos, em média.

As novas tarifas cobrem produtos de diversas categorias, desde produtos químicos até lápis de escrever e colorir.

Outro lado Por meio de sua assessoria, o Ministério da Economia informou que a TEC está em processo de análise para adequá-la às atuais necessidades de inserção dos países do Mercosul na economia mundial.

Também informou que negociações comerciais, como as com a União Europeia e a Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA), permitirão, além da redução tarifária, o acesso a novos mercados.

Chefe do Estado-Maior pede demissão após furar fila de vacina na Espanha
Foto: Divulgação

O Chefe do Estado-Maior da Espanha, Miguel Ángel Villarroya, pediu demissão do cargo depois de ter furado a fila das vacinas no país.

 

O general é o número 1 das Forças Armadas espanholas e foi imunizado contra a Covid-19 junto com outros nomes da cúpula do órgão, furando os protocolos de prioridades estabelecidos pela União Europeia (UE).

 

“Com o objetivo de preservar a imagem das Forças Armadas, o General Villarroya apresentou hoje seu pedido de demissão à ministra da Defesa”, diz nota do Estado Maior. O pedido foi enviado neste sábado (23) à ministra da Defesa, Margarita Robles. O ministério ainda não se manifestou, mas a imprensa local afirma que o pedido foi aceito, de acordo com o G1.

 

Os países da UE começaram no dia 27 de dezembro as suas campanhas de vacinação contra a Covid-19. Moradores de asilos para idosos e profissionais de saúde são os primeiros a receber a injeção. Somados, os 27 países do bloco têm cerca de 450 milhões de habitantes.

 

Nesta semana, surgiu a notícia de que uma lista de políticos espanhóis, de diversos partidos, havia se vacinado sem autorização. Avançando nas investigações, foi descoberto que nomes das Forças Armadas haviam feito o mesmo, incluindo o general Villarroya.

 

Segundo o jornal El Español, a ministra Robles pediu explicações ao Estado-Maior, que afirmou que havia firmado um protocolo de prioridade do agentes médicos, membros de missões internacionais e da cadeia de comando, obedecendo a um critério de idade. Em meio à repercussão negativa, esse protocolo foi cancelado e não poderá ser utilizado mesmo se houver sobra de vacinas.

 

Miguel Ángel Villarroya Vilalta é general de formação aeronáutica, formado na Academia Geral do Ar em 1981. Passou por todos os postos de comando, até chegar, em janeiro de 2020, ao cargo de general e chefe do Estado-Maior da Defesa da Espanha. Seu substituto não foi anunciado.

Foragido por homicídios é capturado com 591 porções de drogas em São Cristóvão
Foto: Reprodução / SSP-BA

Um traficante autor de três homicídios, em Salvador, foi capturado, na madrugada deste sábado (23), pela Rondesp Atlântico. Com o criminoso, que possuía mandado de prisão, foram apreendidas 591 porções de entorpecentes.

 

As guarnições faziam incursões na localidade conhecida como Lessa Ribeiro, no bairro de São Cristóvão, quando avistaram o traficante. Ele tentou fugir, mas acabou cercado e preso.

 

Com ele, intitulado gerente de uma facção, os PMs apreenderam 383 pinos de cocaína, 208 porções de maconha, um celular e 300 reais. O homicida foi apresentado na Central de Flagrantes, onde o mandado foi cumprido. Ele acabou também autuado por tráfico de drogas. 

PM destrói plantação que renderia 148 toneladas de maconha em Curaça
Foto: Reprodução / SSP-BA

Oito plantações ilegais que renderiam aproximadamente 148 toneladas de maconha foram destruídas pela Polícia Militar da Bahia, na sexta-feira (22). Cerca de 450 mil pés da erva foram localizados, na zona rural da cidade de Curaçá.

 

De acordo com a SSP, rurante três dias, equipes da 45ª CIPM (Curaçá) e da Cipe Caatinga realizaram varreduras em uma região denominada Ilha das Araras. Denúncias anônimas e recursos tecnológicos (drones) auxiliaram os policiais militares. Além das viaturas quatro rodas, barcos também foram empregados na missão.

 

Após localizações das oito roças, os 450 mil pés de maconha foram erradicados e destruídos. "Nossa prioridade é combater o tráfico de drogas e isso será feito de forma incessante", enfatizou o comandante-geral da PM, coronel Paulo Coutinho. 

Sábado, 23 de Janeiro de 2021 - 17:20

Thelma diz que torce por maior representatividade no BBB e fala em quebrar estereótipos

por Beatriz Vilanova | Folhapress

Thelma diz que torce por maior representatividade no BBB e fala em quebrar estereótipos
Foto: Reprodução / G1

Há um ano, Thelma Assis, 36, estava confinada em um quarto de hotel, com um empréstimo feito no banco e ansiosa para iniciar um dos maiores sonhos de sua vida: participar do Big Brother Brasil. A médica estava prestes a entrar em uma emocionante montanha-russa, como ela mesma descreve, e viver um dos três principais momentos de sua vida, junto aos dias de sua formatura e de casamento.

Nascida em São Paulo, Thelminha --apelido pelo qual é conhecida entre amigos-- viu sua vida transformar-se completamente após vencer a 20ª edição do reality da Globo, que lhe garantiu o maior prêmio de R$ 1,5 milhão. Além do dinheiro, ela foi designada para apresentar um quadro no programa É de Casa (Globo) aos sábados, lançou seu próprio programa de entrevistas no YouTube, o Triangulando, e virou garota-propaganda de marcas de beleza e até da Prefeitura de São Paulo.

"Do ponto de vista de milionária, é muito bom poder deitar a cabeça no travesseiro e ficar tranquila em relação ao dinheiro. Mas, na prática, minha vida continua muito parecida com o que era antes. Eu continuo morando no mesmo lugar, tendo as mesmas ideias e sendo muito 'pé no chão'", diz a médica em entrevista ao F5.

Ela conta que atualmente investe o dinheiro do prêmio para poder, após alguns meses, realizar outro sonho: comprar um imóvel próprio. "Para quem já viveu com R$ 300 por mês, como eu já vivi, quando se tem R$ 1,5 milhão, não quer que acabe. Sempre me planejo muito em relação aos meus sonhos, e o financeiro não podia ser diferente", diz.

Um ano após a entrada no reality, e a poucos dias da estreia do BBB 21, Thelma sente-se novamente ansiosa, mas desta vez para assistir ao programa sob outra perspectiva, de saudosismo e mais empatia pelos novos participantes. Antes de conhecer os nomes, ela já torcia pela entrada de um participante da comunidade LGBTQI+ e uma maior representatividade.

O desejo da última campeã já foi em parte realizado, já que entre os 20 competidores anunciados na última terça-feira (19), nove são negros, um número recorde para o reality, que tem tudo para ser um BBBlack neste ano.

"Como mulher negra, digo que essa comunidade tem opressões que acabam muitas vezes se interseccionando com as nossas", diz. "Torço por ver mais mulheres negras ou da comunidade LGBTQI mostrando seu poder, porque o público acaba transportando isso para fora do reality e criando a esperança de uma sociedade mais justa e igual. Que continuemos quebrando os padrões e estereótipos, e levantando bandeiras, mudando um pouco essa sociedade tão machista e preconceituosa que temos".

Como prova desse preconceito, a médica precisou ir a uma delegacia de São Paulo, nesta semana, para denunciar ataques racistas que vem sofrendo pelas redes sociais. "Eu sempre disse que internet não era terra de ninguém. Grande dia. Fogo nos racistas", afirmou ela, que tem sofrido injúrias raciais desde que deixou o reality e já chegou a dizer que sofreu preconceito até dentro do programa.

Única mulher negra da 20ª edição, Thelma protagonizou a única prova de resistência da temporada, que durou mais de 26 horas, momento que ela define como o mais emocionante dentro do programa. Foi nesta prova, diz Thelma, que ela deixou de ser subestimada e mostrou seu potencial.

"Eu não via a hora de ter uma prova de resistência no reality, porque foi o momento que eu escolhi para mostrar minha força. Já passei por diversos momentos da vida que me exigiram força física e mental, que é justamente o que se precisa em uma prova de resistência. Só sairia desta prova desmaiada", lembra.

Com essa trajetória, ela conquistou a torcida de famosos como Anitta, Ludmilla, Bruno Gagliasso, Taís Araújo e Preta Gil --com esses três últimos, a paulista chegou a criar uma amizade à distância após o programa. Desta forma, com 44,1% dos votos, ela foi a única participante "anônima" (do grupo Pipoca) a chegar ao pódio da edição, ao lado das influenciadoras digitais Rafa Kalimann e Manu Gavassi.

As três finalistas, por sinal, mantiveram a amizade criada no programa. A campeã diz que troca mensagens quase diariamente com as duas amigas, com quem divide suas inseguranças desse "novo mundo de mídia".

"Às vezes parece que já faz mais de um ano [que venci o BBB], de tanta coisa que vivi. Mas parando para pensar, foi tudo muito rápido", conta a médica, que "maratonou" a sua edição em casa, durante a quarentena, enquanto unia seu trabalho ao de seu marido e "braço direito" na comunicação com a imprensa, o fotógrafo Denis Santos.

"De repente, me vi em capas de grandes revistas, dando entrevistas para grandes mídias, representando grandes marcas e fazendo apresentações ao lado de pessoas que admiro, como a Maju Coutinho. Foi um ano de superação de todas as minhas expectativas."

Thelminha também avalia que o confinamento do reality foi muito mais penoso do que o que vive hoje com a pandemia, pois nele não há a possibilidade de falar com amigos e parentes, mesmo que por videochamada. Por causa do sofrimento da família durante a sua participação, especialmente da mãe --que ganhou olheiras e perdeu peso neste período--, ela diz que dificilmente participaria novamente de um reality como esse. "Mas se o Boninho me chamasse para uma festa, com certeza iria", brinca. "As festas são o que o BBB tem de melhor; são sinal de bandeira branca, pelo menos para mim."

A médica garante que tudo o que fez na 20ª edição do Big Brother Brasil foi de forma genuína, e que o clichê "ser você mesmo" foi a sua receita para a vitória. Para ela, é muito mais fácil ser julgado pelo que se é, do que pelo que se finge ser. "Ter inteligência emocional, saber e se agarrar a quem você é e saber a hora certa de se posicionar. É esse o segredo. Sou muito impulsiva e podia ter explodido um milhão de vezes lá, mas temos que escolher as nossas batalhas e dar chances às pessoas, apesar do processo de julgamento diário que parte de nós e dos outros", conclui.

Às vésperas de jogo decisivo, Van quer vitória contra o Botafogo-SP: 'Estamos confiantes'
Foto: Letícia Martins/ Vitória

O Vitória está perto de garantir sua permanência na Série B. Para isso, o time rubro-negro precisa apenas de um empate contra o Botafogo-SP, terça-feira (26), às 21h30, no Barradão, pela penúltima rodada da Série B. O lateral Van ressaltou a importância do jogo e garantiu que o time entrará focado em busca dos três pontos.

 

“A zona de rebaixamento é um lugar que ninguém quer ficar e graças a Deus estamos fora. Temos um jogo muito importante na terça-feira contra o Botafogo. Vamos buscar a vitória e estamos confiantes. Queremos garantir logo a nossa permanência na Série B. Sabemos que um em empate já é suficiente, mas vamos entrar em campo com o pensamento de conquistarmos os três pontos”, disse Van, em entrevista ao programa BN na Bola, na Rádio Salvador FM 92,3.

 

Para o jogo, o técnico Rodrigo Chagas não poderá contar com Matheus Frizzo e Vico, ambos diagnosticados com Covid-19. O meia-atacante Thiago Lopes segue de fora em razão de um problema muscular. 

 

O Botafogo-SP já está rebaixado para a Série C. O time de Ribeirão Preto tem apenas 34 pontos e ocupa a penúltima posição. Já o Vitória possui 42 e aparece em 16º.

OAB-BA solicita participação na ação do governo no STF para obter vacina russa
Foto: Divulgação

A Ordem dos Advogados do Brasil seção Bahia (OAB-BA) solicitou o ingresso na ação do governo da Bahia no Supremo Tribunal Federal que busca a liberação para a vacina russa Sputnik V. A solitação foi fundamentada pela recomendação de sua Comissão Especial de Direito Médico e da Saúde.

 

"Na ADI 6661, a Bahia pleiteia a permissão a todos os estados da Federação para importar e distribuir vacinas contra o novo coronavírus sem registro na à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), desde que registradas perante uma agência reguladora regional de referência, e também de iniciar a vacinação em seu território, independentemente do início da vacinação nacional", disse a instituição.

 

Em sua decisão, a OAB da Bahia considera o contexto de emergência em saúde pública de importância internacional, "assim como de calamidade pública e julga existentes balizas legais e segurança internacional suficiente para suprir, no momento, as etapas burocráticas impostas à Anvisa, no que tange à aprovação da vacina Sputnik V, tomando como parâmetro sua aprovação por outras nações".
 

Pendências com o Simples atingem quase dois terços das empresas
Foto: Reprodução / Agência Brasil

Quase dois terços das micro e pequenas empresas precisam regularizar pendências com o Simples Nacional para permanecerem ou aderir ao regime especial. De um total de 178.741 pedidos de opção, 54.789 (34,5%) foram deferidos e 117.088 (65,5%) dependem de o contribuinte quitar os pagamentos em atraso ou cadastrar informações corretas.

 

O levantamento foi divulgado pela Receita Federal e refere-se até o dia 20. A regularização deve ser feita até sexta-feira (29), para que a micro ou pequena empresa não seja excluída do programa, que tem alíquotas diferenciadas e unifica o pagamento de tributos federais, estaduais e municipais, de acordo com a Agência Brasil. 

 

Para a regularização de pendências com a Receita Federal ou com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), caso o contribuinte esteja inscrito na dívida ativa, o micro ou pequeno empresário pode gerar as guias de pagamento pela internet. É possível pagar à vista ou parcelar os débitos em até 60 meses (cinco anos), com pagamento de multa e de juros. Em alguns casos, pode ser pedida a compensação, quando o contribuinte abate do débito tributos pagos a mais anteriormente.

 

As orientações para a regularização em nível federal estão disponíveis na internet. O procedimento pode ser feito inteiramente pela internet, sem a necessidade de deslocamento a alguma unidade de atendimento da Receita Federal.

Sábado, 23 de Janeiro de 2021 - 16:20

Detran suspende empresas estampadoras de placas por 90 dias

por Mauricio Leiro

Detran suspende empresas estampadoras de placas por 90 dias
Foto: Reprodução / G1

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) suspendeu por 90 dias as atividades de duas empresas estampadoras de placas veiculares. A medida foi publicada no diário oficial deste sábado (23), após portaria da última sexta-feira (22).

 

A medida foi tomada baseada no Art. 183, da Lei nº 12.209/2011. "São admitidas medidas cautelares inominadas, não positivadas em lei, em caso de risco iminente da ocorrência de fatos que possam comprometer o resultado final do processo administrativo, trazer prejuízo ao erário ou lesão ao interesse público de difícil ou impossível reparação", diz a lei.

 

Entre as empresas suspensas está a SOL Placas Ltda. localizada em Salvador. A outra é a JT Placas, localizada no município de Feira de Santana.

Sábado, 23 de Janeiro de 2021 - 16:00

Secretários de Fazenda apelam ao Congresso pela prorrogação do auxílio emergencial

por Marcelo Rocha | Folhapress

Secretários de Fazenda apelam ao Congresso pela prorrogação do auxílio emergencial
Foto: Bahia Notícias

Em carta dirigida ao Congresso nesta sexta-feira (22), secretários de Fazenda, Finanças ou Tributação de 18 estados pediram a ajuda dos parlamentares para que o governo federal estenda o auxílio emergencial pago em 2020 em virtude da pandemia da Covid-19.

Eles pedem ainda ao Legislativo a prorrogação do estado de calamidade pública por mais seis meses e, como consequência, a continuidade da emenda à Constituição Federal que permitiu a suspensão temporária de bloqueios fiscais como o teto de gastos.

O fim do auxílio, mostrou a Folha de S,Paulo, mexe, de uma só vez, com a vida das pessoais e com a economia do país ao tirar R$ 32 bilhões da população de baixa renda. O último crédito foi pago no dia 29 de dezembro.

De acordo com o grupo de secretários, a ajuda foi fundamental para "preservar a vida, o emprego e a renda" e contribuiu para a continuidade e aumento da oferta de serviços públicos em áreas prioritárias, principalmente saúde e assistência social.

"A continuidade de tal medida é essencial para não colocar milhares de famílias em situação de fome e desamparo social", afirmaram.

"[O auxílio emergencial] garantiu renda à população mais necessitada e foi fundamental para, além de garantir o sustento básico das famílias, impulsionar o consumo e a atividade econômica."

O auxílio foi fundamental para a arrecadação dos tributos, principalmente do ICMS, principal imposto estadual, disseram ainda os autores da carta ao Congresso.

Ao lamentar que a pandemia "ainda não chegou ao fim", os secretários disseram no documento que a situação se apresenta ainda mais preocupante porque o país não tem um calendário nacional de vacinação e os dados de evolução de mortes e da taxa de contágio estão em níveis alarmantes.

Além das vítimas fatais e dos impactos causados tanto na saúde pública quanto na saúde física e mental dos infectados e de seus círculos de relacionamentos, argumentaram os secretários, milhões de famílias estão sofrendo com os outros efeitos socioeconômicos da pandemia como o desemprego e a recessão.

O documento reforça que o distanciamento social é a principal forma de reduzir a taxa de contágio da doença e salvar vidas, segundo os principais expoentes da área de infectologia, microbiologia, medicina preventiva e cuidados sanitários.

Como consequência dessa nova dinâmica social, a atividade econômica foi significativamente impactada.

"Em nosso país, vimos o aumento explosivo do desemprego e da pobreza, de modo que o auxílio renda emergencial foi essencial para garantir que milhões de brasileiros não passassem fome e tivessem condições básicas de sobrevivência", afirmaram.

A transferência direta de renda às famílias mais pobres, com maior propensão a consumir, segundo eles, impulsionou o comércio, possibilitando uma gradual retomada da atividade econômica e mitigando os impactos na arrecadação de impostos.

Os secretários propõem ainda a suspensão, por 12 meses a contar de 1º de janeiro, do pagamento de precatórios e de amortização e juros de dívidas com União, bancos públicos e instituições financeiras internacionais, assim como das operações de crédito com aval da União.

Para eles, medidas como essas são fundamentais para garantir os recursos necessários ao atendimento aos infectados pela Covid-19, com ampliação de leitos, construção de hospitais de campanha e contratação de profissionais de saúde.

Filha de Flordelis confessa ter pagado R$ 5 mil pela morte do pastor Anderson do Carmo
Foto: Reprodução / G1

A filha da deputada federal Flordelis (PSD) confessou ter pagado R$ 5 mil para matarem o pastor Anderson do Carmo. Simoni dos Santos Rodrigues disse que a quantia foi entregue à sua irmã Marzy Teixeira.

 

A motivação do crime seriam as constantes investidas sexuais do pastor. Anderson foi morto a tiros na garagem de casa, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, em junho de 2019, de acordo com o G1.

 

O depoimento foi dado durante um novo interrogatório com os réus acusados do assassinato do pastor.

 

Simoni Rodrigues disse ainda que jogou três celulares no mar: o da mãe, o do pastor e o do irmão Flávio, acusado de ter atirado em Anderson do Carmo.

 

A segunda parte do interrogatório dos acusados de envolvimento na morte do Pastor Anderson do Carmo aconteceu na sexta-feira (22). A viúva, deputada federal Flordelis (PSD), é apontada como a mandante.

 

Essa sessão foi a continuação das oitivas iniciadas no dia 18, quando Flordelis admitiu pela primeira vez que sabia da existência de um plano dentro da própria casa para matá-lo.

Sábado, 23 de Janeiro de 2021 - 15:20

Fernando Neto e Wallace são poupados em treino do Vitória

por Glauber Guerra

Fernando Neto e Wallace são poupados em treino do Vitória
Fotos: Pietro Carpi/ Vitória

O zagueiro Wallace e o meia Fernando Neto foram poupados do treino do Vitória, realizado neste sábado (23), no CT Manoel Pontes Tanajura. Os dois jogadores apresentaram cansaço muscular e correram apenas em torno do gramado. A princípio, a dupla não preocupa para o jogo contra o Botafogo-SP.

 

O treino foi marcado por trabalhos táticos fracionados. Na primeira etapa, o técnico Rodrigo Chagas priorizou a saída de bola e marcação. Na sequência, os atletas exercitaram a parte ofensiva. Essas atividades foram realizadas em espaço reduzido. Já com o campo ampliado, o comandante rubro-negro dividiu dois times e a bola rolou. 

 

O meia Thiago Lopes segue em tratamento no departamento médico em razão de um problema muscular. Já o volante Matheus Frizzo e o atacante Vico, ambos com Covid-19, estão em isolamento. 

 

A partida entre Vitória e Botafogo-SP acontece na terça-feira (26), às 21h30, no Barradão, válido pela penúltima rodada da Série B.

 

O Vitória tem 42 pontos e ocupa a 16ª posição, enquanto o Botafogo-SP possui 34 e já está rebaixado para a Série C.

Mata de São João diz que não recebeu denúncias do MP por 'fura-filas' de vacina
Foto: Reprodução / Sesab

Após o Ministério Público divulgar que recebeu denúncias em 17 cidades baianas de supostas  tentativas de burlar a fila prioritária da vacinação contra a Covid-19 (reveja aqui), a prefeitura de Mata de São João disse que que até o momento o "não recebeu nenhuma denúncia da população nem notificação do Ministério Público".

 

"Mas, de imediato, vai apurar com máximo rigor e responsabilidade, se de fato houve beneficiamentos de qualquer natureza a pessoas que não se enquadram no público alvo da imunização, nesta primeira fase (idosos acima de 75 anos e profissionais de saúde na ativa)", pontuou a adminsitração.

 

Segundo a cidade, o Ministério da Saúde enviou 360 vacinas no primeiro lote à Mata de São João. A distribuição foi organizada pessoalmente pela secretária de Saúde Tatiane Rebouças, de forma criteriosamente e proporcional à quantidade de idosos com idades acima de 75 anos e profissionais de saúde da linha de frente do Covid-19, para cada unidade de saúde. 

 

"Em Mata de São João, houve vacinação nas 15 Unidades de Saúde da Família, no Hospital Municipal e na de Pronto Atendimento (PA) do Litoral, que fica na Praia do Forte.A lisura e a justa aplicação das vacinas aos grupos prioritários, determinados pelo Ministério da Saúde, são rigorosamente defendidos pelo prefeito João Gualberto e pela secretária Tatiane Rebouças. Na definição da logística de distribuição, houve uma rígida recomendação de responsabilidade e justiça a todos os responsáveis", acrescentou.

 

A prefeitura reafirmou que fará uma investigação "rigorosa e imediata destes fatos". "Se as denúncias forem procedentes, tomaremos as providências cabíveis e puniremos rigorosamente os responsáveis", finalizou.

Sábado, 23 de Janeiro de 2021 - 14:40

Milhares protestam contra prisão de opositor de Putin na Rússia; veja vídeos

por Igor Gielow | Folhapress

Milhares protestam contra prisão de opositor de Putin na Rússia; veja vídeos
Foto: Reprodução / Twitter

Numa impressionante demonstração de força contra o presidente Vladimir Putin, milhares de russos enfrentaram temperaturas congelantes e foram às ruas neste sábado para protestar contra a prisão do líder opositor Alexei Navalni.

Pelas contas de organizadores e da mídia regional, os atos atingiram dezenas de grandes cidades várias regiões russas.

Como eles não tinham autorização para acontecer, foram dispersados pela polícia com maior ou menor violência --até as 15h30 (9h30 em Brasília), havia 863 presos segundo a ONG de direitos humanos OVD-Info.

"Nem eu esperava tanta gente. E tanta polícia", disse Ivan Stepanov, ativista do Fundo Anticorrupção de Navalni que falava com a reportagem por aplicativo de mensagem de Moscou até parar de responder --não se sabe se ele foi preso.

Vídeos mostraram policiais da temida Omon, a tropa de choque russa, prendendo um garoto de 14 anos que concedia tranquilamente uma entrevista na praça Púchkin, tradicional ponto de encontro no centro moscovita. O grupo começou a marchar pela capital, e a noiva de Navalni, Iulia, foi uma das detidas.

Por causa dos 11 fusos do maior país do mundo, um aperitivo da onda de protestos começou a ser visto primeiro em Vladivostok, no extremo oriente russo. A repressão, a julgar por vídeos de redes sociais, foi especialmente brutal na cidade, que sedia a Frota do Pacífico do Kremlin.

Vindo para o oeste, em Khabarovsk (Sibéria), cidade que convive com protestos contra o Kremlin desde 2020 devido à remoção do governador local, cerca de 2.000 pessoas foram dispersadas por tropas de choque.

Um detalhe que chama a atenção é que a Rússia vive um duro inverno. Em Iakutsk, conhecida pelo apelido de cidade mais fria do mundo, ao menos 1.500 pessoas foram às ruas, e dezenas detidas, sob uma temperatura de 52 graus Celsius negativos.

O mesmo se viu em lugares como Iekaterinburgo (Urais, centro do país), onde 10 mil pessoas protestaram com 30 graus Celsius negativos. Em Ufa, também nos Urais, manifestantes enfrentaram a polícia com bolas de neve.

Houve repressão, assim como em Novosibirsk, Tcheliabinsk e Krasnoiarsk, cidades siberianas. Em Irkustk (Sibéria), a praça central ficou cheia, mas foi esvaziada sem violência.

O protesto é um alerta para o Kremlin. Navalni voltou ao país no domingo passado (17), 150 dias depois de ser envenenado na cidade siberiana de Tomsk, onde ajudava a fazer dossiês contra o líder local do partido do Kremlin que disputaria as eleições de setembro. Lá, aliás, 2.000 pessoas protestaram neste sábado.

Ele foi tratado em Berlim, onde os médicos afirmaram ter encontrado o famoso veneno dos serviços secretos russos Novitchok (novato) em seu corpo.

Navalni acusou diretamente Putin e, depois, divulgou a gravação de um trote que deu em um dos agentes do FSB (Serviço Federal de Segurança) apontados como autores do ataque --nele, o espião acha que fala com um superior e admite ter colocado veneno na cueca do ativista no quarto de hotel.

O Kremlin nega qualquer envolvimento, e Putin brincou no fim do ano que, se a Rússia quisesse matar Navalni, o teria feito.

Apesar do desprezo, o Kremlin não titubeou em ver Navalni detido assim que chegou ao controle de passaporte em Moscou --não antes de ter seu voo desviado para outro aeroporto, para evitar confusão com apoiadores.

Ele é acusado formalmente de violar os termos de sua liberdade condicional --teve uma sentença de prisão por fraude comutada em 2014, algo que ele chama de perseguição judicial. Embora nominalmente independente, o Judiciário russo é usualmente alinhado ao Kremlin.

Navalni pode agora pegar 3,5 anos de cadeia, e convocou o protesto para este sábado. É uma tática arriscada, dado que ele não é uma figura popular na Rússia.

Pesquisa do Centro Levada, instituto independente de opinião pública, mostrou que em novembro apenas 2% dos russos votariam em Navalni para presidente, e só 4% apoiavam sua causa.

A exemplo de outros opositores de Putin ao longo dos anos, como o enxadrista Garry Kasparov, sua imagem é mais polida no Ocidente do que em seu próprio país.

"Mas ele faz algo que os outros não fizeram, que é saber o que incomoda as pessoas", avalia o diretor de estudos sociais do Levada, Alexei Levinson.

Ele acredita que Navalni é bem-sucedido por falar sobre temas que incomodam os russos nas duas décadas de Putin no poder: a corrupção e a fossilização da política.

A aposta do ativista é essa: canalizar a insatisfação, ainda que obviamente seja uma incógnita o que ele faria se de fato ganhasse mais poder, dado que sua plataforma é única: combater Putin, de quem já foi visto até como peão involuntário, por fazer dossiês contra membros do governo, em intrigas palacianas.

Blogueiro e advogado, Navalni surgiu na cena pública nos protestos contra Putin em 2012. No ano seguinte, candidatou-se a prefeito de Moscou e amealhou enormes 27%.

Mas foi em 2017 que ele apareceu para o mundo, ao comandar via internet a convocação de uma jornada de protestos que uniu milhares nas ruas da Rússia, muitos jovens como o garoto preso neste sábado em Moscou.

Devido a acusações judiciais, foi barrado de concorrer contra Putin em 2018. Passou então a uma tática dentro da política: fomentar qualquer candidatura em nível regional que fosse contrária ao Rússia Unida, o partido do regime.

Logrou sucessos simbólicos importantes nos pleitos locais de 2019 e 2020, e sua volta à Rússia era vista como uma preparação para o embate das eleições parlamentares de setembro.

O Kremlin, por toda sua retórica, não deu espaço para surpresas e também criticou o que chama de interferência estrangeira, já que diversos países pediram a libertação de Navalni. O novo presidente americano, Joe Biden, mordeu e assoprou: aceitou renovar um acordo nuclear com Moscou, mas abriu apuração sobre o caso Navalni.

Além de prender Navalni e aliados como sua porta-voz Kira Iarmich, esses por promover os atos sem autorização neste sábado, o governo russo atacou o coração da operação de Navalni: a internet.

Bloqueou na sexta (22) a divulgação de "conteúdos políticos para menores" do popular aplicativo TikTok e no VKontakte, o Facebook russo.

Além disso, multou em 250 mil rublos (R$ 18 mil) Liubov Sobol, uma das chefes do fundo de Navalni, por causa dos atos de sábado. Ela foi presa no começo da tarde em Moscou, ao lado do popular blogueiro Ilia Varlamov.

Preso, Navalni divulgou um vídeo na sexta afirmando que não tinha intenção de se matar na cela, um recado pouco sutil.

E, para manter a tradição, seu fundo publicou um dossiê no YouTube com as suspeitas de gastos de US$ 1,4 bilhão em uma mansão atribuída a Putin no mar Negro --que teve 50 milhões de visitas no primeiro dia no ar.

A peça promoveu um dos símbolos dos atos deste sábado: uma escova de limpar vaso sanitário, objeto levado por vários manifestantes. Segundo o vídeo, o suposto palácio de Putin tem escovas que custam 62 mil rublos (R$ 4.500) cada.

 

Veja:

 

Sábado, 23 de Janeiro de 2021 - 14:35

Risco de rebaixamento do Vitória cai apenas para 2,7%

por Glauber Guerra

Risco de rebaixamento do Vitória cai apenas para 2,7%
Foto: Enaldo Pinto/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O Vitória tem apenas 2,7% de risco de rebaixamento para a Série C. É o que aponta o estudo realizado pelo Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

 

No levantamento anterior, logo depois da vitória sobre o Guarani por 2 a 1, o Leão aparecia com 10,4% (relembre aqui). A redução foi graças ao triunfo do Juventude sobre o Figueirense, que ajudou o time rubro-negro (saiba mais aqui). A equipe comandada pelo técnico Rodrigo Chagas só precisa de um empate diante do já rebaixado Botafogo-SP para garantir a sua permanência na Segunda Divisão com uma rodada de antecedência. Oeste, lanterna da competição, também “carimbou” sua vaga para a Terceirona. 

 

Atualmente, o Vitória tem 42 pontos e ocupa a 16ª posição. O Figueirense, que só tem um jogo pela frente, possui 39 e aparece em 17º. O time catarinense só consegue chegar a mesma pontuação do Leão.
Pelo levantamento dos matemáticos da UFMG, o Paraná tem 98,9% de risco de rebaixamento, enquanto o Figueirense aparece com 94,9%, seguido pelo Náutico (3,7%) e o Vitória (2,7%).

 

O estudo tem como base o mando de campo dos jogos e o retrospecto das equipes na competição, bem como a dificuldade dos confrontos em função dos adversários.

 

Vitória e Botafogo-SP se enfrentam na terça-feira (26), às 21h30, no Barradão.

Thiaguinho lamenta morte de parceiro musical: 'Um pedaço de mim se vai'
Foto: Reprodução / Instagram

O cantor Thiaguinho desabafou na manhã deste sábado ao compartilhar a notícia da morte do músico Antenor Marques, que está contigo desde quando iniciou a trajetória musical no Exaltasamba. "Que dor...um pedação de mim se vai", iniciou.

 

"Mas tudo que vivemos desde os meus 19 anos vai ficar guardado aqui no meu coração... Tá doendo tanto, Seu Antenor. Eu nem sei explicar... A gente sentiu que esse era nosso último abraço, né... Só a gente sabe o que a gente sentiu quando se olhou nos olhos esse dia e nos agradecemos", afirmou ao postar uma foto com o amigo.

 

A causa da morte não foi divulgada."Tenho certeza que nesse momento o senhor já está em um ótimo lugar, mas aqui embaixo... Onde eu for, levarei o seu legado... Sua história. Seu neguinho te ama e não sabe como será subir num palco sem sua luz, mas como o senhor sempre dizia... 'o samba na?o pode parar...' Me sinto um dos caras mais privilegiados da história da música brasileira por ter tocado ao seu lado por 18 anos. Que presente de Deus", escreveu. Confira:

 

No final de dezembro do ano passado, o músico tinha feito uma homenagem ao parceiro pelo 75º aniversário dele. "Quando eu entrei no Exalta, ele ja? tocava na banda... Em 2003. Ele seguiu comigo na carreira solo... Eu tenho a honra de tocar ha? 17 anos com o maior músico da história do samba...", declarou-se.

 

O momento foi registrado durante o dia que assistiram juntos o documentário Tardezinha, disponível no Globoplay. "Nessa quarentena, no?s ficamos 8 meses sem se ver... E nosso reencontro, pra assistir o documenta?rio da Tardezinha, foi assim... E eu, que em todos os shows tento demonstrar o amor que sinto por ele, so? consegui dizer obrigado", continuou.

Juíza ordena prisão de primeiro suspeito de conspiração por invadir o Capitólio dos EUA
Foto: Reprodução / G1

Uma juíza federal do estado de Ohio, nos Estados Unidos, ordenou nesta sexta-feira (22) que Donovan Crowl, membro da milícia armada de extrema direita Oath Keepers, fique preso enquanto aguarda julgamento. Ele é acusado de conspirar para o ataque ao Capitólio no início do mês.

 

Na ocasião, cinco pessoas morreram, após um um grupo de extremistas apoiadores do ex-presidente Donald Trump tentar impedir a certificação da vitória eleitoral de Joe Biden, de acordo com o G1.

 

"As acusações contra o réu são muito sérias", disse Sharon Ovington, juíza do distrito sul de Ohio.

 

O suspeito é um carpinteiro autônomo, veterano da Guerra do Golfo e não tem endereço fixo, segundo os procuradores federais. Ele já estava detido pela polícia americana e teve agora sua prisão preventiva decretada.

 

Os advogados de defesa argumentam que Crowl sofre de câncer de pele e não deve receber o tratamento adequado na prisão. Além disso, eles defendem que, por ser um veterano de guerra, o réu merece confiança e obedecerá a quaisquer regras impostas pela Justiça.

 

Crowl e seus companheiros de grupo Thomas Caldwell e Jessica Watkins são os primeiros suspeitos a serem acusados de conspirar para assumir o controle do Congresso dos EUA e impedir a certificação de Joe Biden como presidente.

 

Todos os três são membros da mesma milícia antigoverno.

 

Na denúncia, os investigadores disseram ter descoberto mensagens trocadas entre os três suspeitos mostrando um aparente esforço coordenado para invadir o Capitólio.

Enfermeira vira alvo de investigação após dizer que só tomou vacina para poder viajar
Foto: Reprodução / Instagram

Atuando na linha de frente contra a Covid-19 no Hospital da Santa Casa da Misericórdia de Vitória, no Espírito Santo, a enfermeira Nathanna Faria Ceschim virou alvo de investigação após receber a dose da vacina Coronavac. Isso porque ela debochou do imunizante, dizendo que não acredita na eficácia e que só a tomou para poder viajar.

 

Ela também publicou vídeos em que aparece sem máscara no hospital e foi denunciada ao conselho regional de enfermagem. "Tomei por conta que quero viajar, e não para me sentir mais segura. Uma vacina que dá 50% de segurança para mim não é uma vacina. Tomei foi água", disse.

 

Em nota, o Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitoria afirma que "em hipótese alguma compactua com este tipo de pensamento e que em toda a sua história sempre defendeu e esteve ao lado da ciência, e não seria agora que mudaria sua postura, em um momento tão difícil".

 

A Coronavac não tem 50% de segurança, mas 50,38% de eficácia geral, para todos os casos. Além disso, ela tem 77,96% de eficácia contra manifestação de sintomas e 100% contra casos graves da doença —ainda que nesses casos o Butantan não considere os números ainda significativos para fins estatísticos.

 

"O hospital abriu uma investigação para apurar a conduta da funcionária e irá tomar as medidas que forem necessárias para garantir a segurança de seus pacientes e a manutenção das normas e condutas fundamentais para o bom atendimento assistencial". As informações são da Folha.

Sábado, 23 de Janeiro de 2021 - 13:20

Veja faz reportagem sobre Nordeste e prefeitura de Salvador rebate nas redes sociais

por Mauricio Leiro

Veja faz reportagem sobre Nordeste e prefeitura de Salvador rebate nas redes sociais
Foto: Reprodução / Twitter

Intitulada "A capital do Nordeste", uma matéria da revista Veja, que conta a história dos "novos imigrantes que reinventam o design, a gastronomia, as startups e outras atividades da metrópole", fazendo referencia a nordestino que vivem na cidade de São Paulo, que completa 467 anos na próxima segunda-feira (25), gerou polêmica nas redes sociais.

 

A edição especial em comeração a data, conta a história de nordestinos que migraram para a cidade e tiveram sucesso com seus empreendimentos. Com 6 empreendedores, a revista coloca São Paulo como sendo a capital do Nordeste. 

 

A prefeitura de Salvador republicou a capa da revista e questionou: "Será, amada?!". Além disso, marcou o perfil das outras oito capitais nordestinas e deu início a algumas trocas de mensagens entre os perfis das cidades. Os perfis das cidades de Fortaleza, Aracaju e Natal comentaram a publicação.

 

Veja a revista:
 

Sábado, 23 de Janeiro de 2021 - 13:00

Itália bloqueia TikTok após morte de menina de 10 anos

por Ana Estela de Sousa Pinto | Folhapress

Itália bloqueia TikTok após morte de menina de 10 anos
Foto: Reprodução / Techblog

O governo italiano ordenou o bloqueio do TikTok, depois da morte por asfixia de uma menina de 10 anos. A suspeita é que ela participava de um desafio em que era preciso ficar o maior tempo possível sem respirar, chamado de "Blackout Challege" (desafio do apagão).

Segundo investigadores de Palermo, onde ela vivia, a menina morreu após amarrar um cinto no pescoço, enquanto fazia um vídeo para o aplicativo. A Promotoria da cidade siciliana investiga possível incitação ao suicídio.

O bloqueio na Itália acontece uma semana depois que o aplicativo anunciou novas regras para proteger usuários de 13 a 15 anos, mas, segundo o Fiador (órgão de defesa da privacidade italiano), a rede social precisa demonstrar que é capaz de comprovar a idade dos inscritos e de cumprir a lei italiana (que exige consentimento explícito dos pais para menors de 15 anos) e suas próprias regras, que proíbem acesso a menores de 13 anos.

O Fiador determinou bloqueio até 15 de fevereiro do acesso de usuários cuja idade não possa ser verificada --o que, na prática, inclui todos os 8 milhões de inscritos no país. A multa é de até 4% do faturamento.

O porta-voz da rede social afirmou que a decisão da agência italiana está sendo analisada. "Privacidade e segurança são prioridades máximas e estamos constantemente trabalhando para fortalecer nossas políticas, processos e tecnologias para proteger toda a nossa comunidade e nossos usuários mais jovens em particular", afirmou em nota por e-mail. De propriedade da chinesa ByteDance, o aplicativo se tornou um dos aplicativos mais populares entre jovens no mundo.

A agência italiana já havia aberto um caso contra o TikTok em dezembro de 2019, por não proteger menores de idade. Pelo mesmo motivo, o aplicativo foi multado há dois anos nos EUA.

Os vídeos marcados com a hashtag #blackoutchallenge tinham até esta sexta (22) 24 milhões de visualizações, mas entre os que estão disponíveis na manhã deste sábado não há sugestões explícitas de sufocamento.

O TikTok diz ter removido 104 milhões de vídeos com conteúdo considerado impróprio no primeiro semestre de 2020, segundo o jornal italiano Corriere dela Sera.

Reforma imigratória de Biden dá esperança a milhares de brasileiros no EUA
Foto: Reprodução / G1

A chegada de Joe Biden encheu de esperança 11 milhões de imigrantes em situação ilegal nos Estados Unidos, dos quais cerca de 40 mil são brasileiros. A reforma imigratória enviada pelo democrata ao Congresso no seu primeiro dia de governo facilita o acesso à regularização dos que já estavam no território americano até o dia 1 de janeiro de 2021.

 

Na cidade de Silver Spring, ao norte de Washington, a notícia é recebida com alívio e entusiasmo. "A gente está contando muito com isso, ficamos 24 horas tentando ter mais notícias, porque não queremos ficar aqui sem documento”, afirma a paulistana Kelly, 27 anos, que aguarda há mais de três anos a mudança do seu visto de turista para o de estudante, um processo que normalmente levaria um ano, de acordo com a revista Época.

 

Silver Spring abriga a maior comunidade brasileira da região da capital, no Estado de Maryland, um dos mais progressistas dos Estados Unidos e onde Biden obteve 62% dos votos na eleição. Em Maryland, os estrangeiros sem documentos podem trabalhar e estar em dia com os tributos, uma vantagem crucial na hora de solicitar um visto de permanência no país.

 

Os anos Trump ficarão marcados como um período em que “tudo estava mais difícil” para conseguir a documentação para os imigrantes latinoamericanos. O projeto de construção de um muro na fronteira com o México dava a sensação de que o cerco estava se fechando para todos.

 

"Conhecemos muitos brasileiros que vieram, ficaram sem visto, mas estabeleceram família, têm filhos americanos, compraram uma casa, mas ainda não têm documentos. Eles estavam apreensivos e não sabiam até onde o governo de Trump poderia chegar, afinal as coisas estavam apertado”, relata Valery Almeida, moradora há quase de 30 anos nos Estados Unidos, em situaçãoregular. A administradora mantém estreito contato com a comunidade brasileira de Silver Springs. "Agora, eles estão aliviados. É uma luz.”

 

A garçonete paulista Elvira concorda. “Está todo mundo falando e esperando que vai ser muito bom. Para quem paga os impostos, vai ser ainda mais tranquilo”, aponta a carioca, que há cinco anos quis mudar para os Estados Unidos para realizar o sonho dos filhos de morarem no país. “Eles já se sentem americanos. Em relação à segurança e à facilidade de se dar bem na vida, é muito melhor aqui do que no Brasil, infelizmente”, justifica.

 

O especialista em imigração nos Estados Unidos Leonardo Freitas, diretor da consultoria de mobilidade global Hayaman-Woodward, em Washington, confirma que há razões para otimismo. Essa pode ser a regularização imigratória mais ambiciosa em 35 anos.

 

“A administração Biden promete uma reforma avassaladora. Por exemplo, os dreamers, os filhos de imigrantes que chegaram aqui e nunca se legalizaram, terão autorização temporária de permanência e poderiam automaticamente conseguir um green card e, três anos depois, obter a cidadania”, explica.
 

Ônibus pegam fogo em garagem próximo a rodoviária de Salvador; veja vídeo
Foto: Leitor BN

Três ônibus pegaram fogo em uma garagem localizada atrás da rodoviária de Salvador, no bairro de Pernambués, neste sábado (23) e deram início a um incêndio. Os veículos estavam estacionados no pátio e fazem a linha intermucipal  da empresa Falcão Real. 


O corpo de Bombeiros já está no local tentando debelar as chamas. Não se tem informações sobre o que causou o incêndio e o fogo teve início em uma área externa.

 

Veja vídeo:

 

Sábado, 23 de Janeiro de 2021 - 12:20

Juazeirense faz alerta contra golpes aplicados por estelionatário

por Glauber Guerra

Juazeirense faz alerta contra golpes aplicados por estelionatário
Rodrigo Góis é supervisor do clube | Foto: Divulgação/ Juazeirense

Um golpe que já não é novo, mas tem fisgado muitas vítimas no futebol brasileiro. Desta vez, o caso foi na Juazeirense. O nome de Rodrigo Góis, supervisor do clube, foi usado para extorquir dinheiro de jogadores que querem uma oportunidade no mundo da bola.

 

O golpista utiliza um telefone com DDD 73, da região Sul da Bahia, se apresenta como supervisor da Juazeirense e no desenrolar da conversa, cobra uma quantia em dinheiro com a justificativa de “acelerar” os trâmites burocráticos como pagamento de taxas. 

 

“Estão se passando por mim para pedir dinheiro a jogadores para fazer avaliações ou ser contratado na Juazeirense. Isso é um golpe. Fiquei preocupado quando eu soube disso. Deixo claro que nunca contratei e não contrato jogadores para a Juazeirense. Sou profissional, tenho ética e quem me conhece sabe que nunca praticaria tal ato”, disse Rodrigo Góis, em entrevista ao Bahia Notícias.


Foto: Reprodução/ WhatsApp

 

Após tomar conhecimento do golpe, Rodrigo Góis registrou queixa na 17ª Coorpin de Juazeiro.

 

A Juazeirense vai disputar o Campeonato Baiano, Copa do Brasil e a Série D em 2021. A estreia do time do interior será no Estadual. A equipe vai pegar o Bahia, no dia 21 de fevereiro, na Arena Fonte Nova.

Anitta diz que já transou com outros para namorado ver e dá dicas de sexo anal; confira
Foto: Reprodução / Instagram

A cantora Anitta foi entrevistada pelo youtuber mexicano Luis Torres e deu detalhes de sua vida sexual. A brasileira iniciou explicando como ela funciona no sexo anal. "Pra mim, se você quer conquistar o meu c**inho tem que vir com beijos, me apaixonar. Tenho dicas para dar o c*, mas não para vendê-lo com presentes, eu compro meus próprios presentes", lembrou.

 

"Em primeiro lugar, o que faço é limpar muito bem. Primeiro temos que fazer uma chuca. Como se diz chuca em espanhol?", perguntou, ao se referir a lavagem do ânus. "Nos certificarmos de que estamos livres de riscos, sem perigo de 'passar cheque', como dizemos no Brasil".

 

Depois, indicou que as mulheres usem lubrificantes com o mesmo aplicador utilizado para os cremes vaginais. "Por quê? Porque quando o amiguinho entrar, vai estar sempre molhado. Pode usar com cheiro, com sabor, de morango, sabe? Algodão doce, eu adoro", admitiu.

 

Em relação aos fetiches, a funkeira disse que já transou com outros homens enquanto era assistida por um ex-namorado. "adorei, porque estava apaixonada pelo meu namorado, mas também podia transar com outras pessoas, e meu namorado adorava. Nossa! Isso foi mara! Foi uma delícia. Eu não estava sozinha, ele estava olhando tudo". Assista:

 

Sábado, 23 de Janeiro de 2021 - 11:40

Saúde inclui trabalhadores da construção civil e indústria nas prioridades de vacinação

por Natália Cancian | Folhapress

Saúde inclui trabalhadores da construção civil e indústria nas prioridades de vacinação
Foto: Reprodução / GP1

Em nova mudança no plano de vacinação contra a Covid-19, o Ministério da Saúde passou a incluir trabalhadores da indústria e construção civil na lista de grupos prioritários para receber as vacinas. Ao todo, esse grupo representa 5,3 milhões de pessoas.

A pasta também oficializou a inclusão de trabalhadores de transporte aéreo e aquaviário-como funcionários de empresas aéreas e de navegação-- e trabalhadores portuários entre os grupos previstos para também receber as doses com prioridade.

A inclusão já era divulgada pelo setor de infraestrutura do governo, mas ainda não constava de plano da Saúde.

Com as mudanças, o total de pessoas previstas para receber as vacinas entre os grupos prioritários passa a ser de 77,2 milhões. Até então, o total era estimado em torno de 65 milhões.

O ministério, porém, não divulgou os cronogramas de aplicação das doses entre esses grupos. O plano prevê que, no momento previsto da vacinação-o qual não foi informado- trabalhadores apresentem um comprovante do vínculo de emprego na área.

Até o momento, informes técnicos da pasta orientam que a vacinação inicie com trabalhadores de saúde da linha de frente contra a Covid, idosos em asilos, pessoas com deficiência em instituições e indígenas em terras aldeadas. Novos calendários ainda não foram divulgados.

As alterações nos grupos prioritários constam no novo plano finalizado pelo ministério nesta sexta (22).

Em nota, a pasta informa que "os cronogramas de distribuição das doses com os grupos prioritários correspondentes serão divulgados por meio de informes técnicos."

"Cabe esclarecer que todos os trabalhadores da saúde serão contemplados com a vacinação, entretanto a ampliação da cobertura desse público será gradativa, assim como os demais públicos prioritários elencados na segunda edição do plano, conforme disponibilidade de vacinas."

Essas não foram as únicas alterações.

A pasta também fez mudanças no trecho de contraindicações à vacina, que até então indicava pessoas menores de 18 anos, gestantes e pessoas com histórico de reações anafiláticas.

Na prática, a pasta manteve o último trecho (com alerta a pessoas com hipersensibilidade e histórico de reações), mas incluiu gestantes em uma lista diferente, tida como de precauções, em conjunto com outros grupos que exigem atenção. As mudanças são voltadas principalmente às mulheres grávidas, mas que fazem parte de grupos prioritários.

O documento lembra que a segurança e eficácia das vacinas não foram avaliadas em gestantes, mas que estudos iniciais em animais não apontaram risco. "Para as mulheres, pertencentes a um dos grupos prioritários, que se apresentem nestas condições (gestantes, lactantes ou puérperas), a vacinação poderá ser realizada após avaliação cautelosa dos riscos e benefícios e com decisão compartilhada, entre a mulher e seu médico prescritor", diz o documento.

A avaliação, aponta, deve considerar o nível de potencial contaminação do vírus na comunidade, a potencial eficácia e potenciais riscos. Aquelas que não quiserem receber as doses devem ser apoiadas e instruídas a "manter medidas de proteção como higiene das mãos, uso de máscaras e distanciamento social", recomenda o plano.

No documento, o ministério aponta ainda ter mais 354 milhões de doses contratadas para vacinação --das quais 212 milhões seriam da AstraZeneca/Fiocruz, 100 milhões do Butantan/Sinovac e 42,5 milhões do consórcio Covax Facility.

Assim como nas versões anteriores, no entanto, a pasta não divulgou os cronogramas previstos de entrega das doses, cuja produção passa por impasses devido à dificuldade para obtenção de insumos da China.

Sábado, 23 de Janeiro de 2021 - 11:20

Hamburgueria de Salvador convoca pessoas a saírem na pandemia: 'Morrer? Todo mundo vai'

por Mauricio Leiro

Hamburgueria de Salvador convoca pessoas a saírem na pandemia: 'Morrer? Todo mundo vai'
Foto: Reprodução / Instagram

Em postagem em suas redes sociais, a hamburgueria "Burguiles", localizada na Pituba, em Salvador, incentivou as pessoas a saírem de casa e questionou: 'Morrer? Todo mundo vai, um dia'. A publicação foi feita na última sexta-feira (22) e pediu a valorização da "comida local" e da "rua, o poder de ir e vir". 

 

"Vamo combinar? Que essa porra de “sextou” já deu né. No início era até legal, mas agora que geral usa de qq jeito e pra qq coisa, não dá mais. E outra: já tem um tempo que não dá uma “Sextada” de verdade. Vamo sair de casa meu povo, vamo pra rua fazer exercício, vamo comer burger por aí", diz a postagem do empreendimento em meio a um aumento de casos da Covid-19 em Salvador. 

 

O perfil pede o fim de comida "fria ou zuada" que chega pelos aplicativos de entrega. "Plataformas bilionárias - que viram sócio do seu negócio- com os piores entregadores da historia. Morrer? Todo mundo vai, um dia; se cuidem e comam bem", acrescenta.

 

"Já deu sextou, já deu covid, já deu ... não aguentamos mais essa realidade, mas sim, vamos continuar respeitando os protocolos dos dias de hoje, usando máscaras distanciando mesas, etc", finaliza a postagem.

 

Após a repercussão da publicação, o dono do estabelecimento, Guilherme Maciel, utilizou as redes sociais do empreendimento para justificar a postagem. 

 

"Algumas pessoas pegaram para questionar. Eu acho importante, só não acho legal a forma que algumas pessoas fizeram. A coisa não vai funcionar dessa forma. Vou esclarecer. Já deu. Todo mundo fala isso na internet. Para mim já deu Covid, uso de máscara e ficar em casa. Simplesmente não aguento mais. Eu não aguento mais o Covid e a vida tem que voltar a normalidade. Algumas pessoas falaram de respeito. A familiares que faleceram de Covid. Eu nem citei essas pessoas. Falei que um dia todo mundo vai morrer. Para morrer basta estar vivo. Respeito? Massa. Para todo mundo. Agora tem o seguinte que é muito calhorda e sem noção. Falta com respeito na minha rede social e xinga. Se quiser conversar eu troco ideia, mas vocês tem que ter respeito", comentou o dono do local.

 

Ainda na  postagem,  foi reforçado que todos os funcionários utilizam máscaras e nenhum dos colaboradores pegou Covid-19. "Não gostou? Deixa de seguir e não vem mais aqui. Ninguém está implorando nada aqui. Na sua vida saiba que o mundo dá voltas", finalizou. 

 

Todos os que criticaram o post foram bloqueados pelo perfil. 

 

Veja:

 

Sábado, 23 de Janeiro de 2021 - 11:00

Guilherme Rend retornará ao time titular do Vitória no confronto contra o Botafogo-SP

por Glauber Guerra

Guilherme Rend retornará ao time titular do Vitória no confronto contra o Botafogo-SP
Foto: Letícia Martins/ Vitória

O volante Guilherme Rend retornará ao time titular do Vitória na partida contra o Botafogo-SP. A revelação foi feita pelo técnico Rodrigo Chagas.

 

“Guilherme Rend já fazia parte do time titular. Ele sofreu uma lesão e por isso ficou de fora. No último jogo [vitória por 2 a 1 sobre o Guarani], ele entrou no segundo tempo, porque vinha de lesão. Mas começa jogando contra o Botafogo-SP”, disse o treinador, em entrevista ao programa BN na Bola, na Rádio Salvador FM 92,3.

 

Quem estava na vaga de Rend era Matheus Frizzo, que foi diagnosticado com Covid-19 e por isso está fora da reta final da Série B (saiba mais aqui).

 

O Vitória pega o Botafogo-SP na terça-feira (26), às 21h30, no Barradão, válido pela penúltima rodada da Série B.

Histórico de Conteúdo