Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quarta, 16 de Junho de 2021 - 00:00

Covid: 'Bronze' na aplicação, SSA é 3ª capital que menos recebeu doses proporcionalmente

por Jade Coelho / Rebeca Menezes

Covid: 'Bronze' na aplicação, SSA é 3ª capital que menos recebeu doses proporcionalmente
Foto: Rodrigo Nunes / MS

Salvador é a terceira capital de estado que menos recebeu doses da vacina contra a Covid-19 proporcionalmente para a população. Apesar da cidade estar entre as três que mais aplicam o imunizante, ao observar o número total de doses já recebidas desde janeiro, e considerar a população da cidade com mais de 18 anos e apta a ser imunizada, a capital baiana fica no fim da lista. A situação de Salvador é melhor apenas que Maceió (AL) e Palmas (TO).

 

Esse cenário considera todas as doses já recebidas pela capital, sem distinguir 1ª e 2ª dose.

 

Um levantamento feito pelo Bahia Notícias com base em dados da distribuição de doses para as capitais até esta terça-feira (15) identificou que, se Salvador fosse aplicar todas as vacinas que já recebeu apenas como primeira dose, poderia vacinar 68% da população acima de 18 anos.

 

Numa situação completamente diferente e na outra ponta dessa lista está Vitória, capital do Espírito Santo. O número total de doses já enviadas à cidade pelo Plano Nacional de Imunização (PNI) equivale a 114% da população apta à vacinação contra a Covid-19. Ou seja, caso as vacinas exigissem apenas uma dose, Vitória já poderia ter concluído a vacinação de toda sua população e sobrariam doses, enquanto a capital baiana não chegaria a 70%.

 

Imagem: Priscila Melo/Bahia Notícias

 

O levantamento pode explicar, inclusive, a "batalha" das cidades para tentar antecipar faixas etárias menores. A "briga" começou após São Luís (MA) anunciar que iniciaria esta semana a vacinação de jovens entre 24 e 29 anos. Segundo os dados do Ministério, porém, se fossem aplicadas apenas primeiras doses, na capital do Maranhão 98% do público alvo estaria protegido - 30% a mais que a cidade baiana.

 

Os dados apontam ainda outro dado preocupante: Florianópolis (SC) é a capital que menos aplicou as vacinas que recebeu. A imunização não chega a 50% - o que indica que metade das doses enviadas para lá ainda está guardada nas caixas. Ainda assim, a cidade recebeu vacinas equivalentes a 86% da sua população apta, também acima do encaminhado aos soteropolitanos.

 

Maceió, que lidera a lista das capitais que mais aplicaram as vacinas recebidas, teve o segundo pior oferecimento de doses pelo MS: o equivalente a apenas 65% da sua população acima de 18 anos.

 

DE QUEM É A "CULPA"?

Inconformado com a situação, o secretário da Saúde de Salvador, Leo Prates, foi a público reclamar que não está havendo equidade no envio de vacinas contra a Covid-19 para as capitais. O gestor pleiteou num grupo de WhatsApp, com secretários da Saúde de capitais e representantes do Ministério da Saúde (MS), que a pasta mude o critério para envio de remessas e passe a fazer a distribuição proporcional baseada na população. Um dos argumentos usados pelo gestor para defender a mudança é o fato de que 25 capitais já adotaram a vacinação por idade (entenda o caso aqui).

 

O Ministério da Saúde, por sua vez, informou que a distribuição é feita de forma proporcional aos estados, conforme a solicitação dos governos. Sobre a diferença de doses aplicadas em algumas capitais do país, a pasta sinalizou que a distribuição das doses aos municípios cabe aos governos estaduais. Segundo o Ministério, as gestões dos estados têm autonomia para a distribuição de doses e até possibilidade de adoção de critérios próprios.

 

"O cálculo de distribuição de vacinas é baseado na população-alvo da campanha e as doses são enviadas de forma proporcional e igualitária para todos os estados e Distrito Federal. Semanalmente, a pasta coordena reuniões tripartites, entre União, estados e municípios, para definir a estratégia de vacinação e o percentual que deve ser usado como primeira e segunda dose, a partir das entregas feitas pelos laboratórios. Vale ressaltar que a recomendação da pasta é para que os gestores locais do SUS sigam à risca as orientações do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, para completar o esquema vacinal de todos os grupos", diz a pasta em nota enviada ao Bahia Notícias.

 

A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) informou que segue o critério determinado pelo Ministério da Saúde, que é o populacional, de acordo com cada grupo. Além disso, a pasta também considera informações da base de órgãos oficiais, como o IBGE. "Além disso são levados em consideração também dados de campanhas de vacinação anteriores", acrescentou.

Quarta, 16 de Junho de 2021 - 00:00

Previdência de Salvador comunica MP e Civil após 'saques indevidos' em pagamentos

por Mauricio Leiro / Matheus Caldas

Previdência de Salvador comunica MP e Civil após 'saques indevidos' em pagamentos
Foto: Divulgação

A previdência de Salvador comunicou a Polícia Civil e o Ministério Público da Bahia (MP-BA) sobre possíveis saques indevidos em pagamentos feitos pelo Fundo Municipal de Previdência do Servidor (FUMPRES) após o óbito de beneficiários. A portaria 287/2021, que consta no Diário Oficial da capital baiana, na última segunda-feira (15), é assinada pelo secretário de gestão, Tiago Dantas, e pelo diretor geral da previdência, Daniel Ribeiro.

 

Caso seja confirmada a fraude, a prefeitura pede que nos casos de pagamento indevido de benefício após o óbito do beneficiário, confirmado o óbito, o pagamento e o saque indevido, "os dados necessários para a adoção de medidas relacionadas à persecução penal serão coletados para fins de encaminhamento, preferencialmente de forma eletrônica, PC-BA e ao MP-BA".

 

Ao Bahia Notícias, Daniel revelou que o problema estaria no "lapso temporal entre o óbito e o nosso conhecimento para suspensão da folha". "O SISOBI que é o sistema oficial do Governo Federal às vezes tem uma defasagem de dois, três meses. Nesses casos se o familiar não informa até termos conhecimento a folha vai sendo gerada normalmente", comentou. 

 

"Quando temos conhecimento buscamos a restituição junto à instituição bancária (normalmente conseguimos). Às vezes ocorre de os recursos serem sacados porque algum familiar tinha acesso ao cartão e conta, nesses casos ou compensamos em eventual pensão ou cobramos dos familiares. Na maioria dos casos conseguimos ressarcimento. Esse procedimento é para os casos que não conseguimos", disse. 

 

A ciência do óbito de um beneficiário é realizada através da comunicação de familiares que pode ser feita de forma on-line através do site do FUMPRES ou através do cruzamento com informações do SISOBI que é o cadastro nacional oficial de informações sobre óbito. A dificuldade fica por conta do atraso no acesso a tais informações, acarretando manutenção do pagamento do benefício sobre certo lapso temporal, até que o RPPS efetivamente tome ciência do fato.

 

Daniel revelou que, no âmbito da Diretoria de Previdência, são adotadas as providências necessárias a obter o devido ressarcimento dos valores percebidos indevidamente, "com o objetivo de melhorar os procedimentos implantados internamente, entende-se necessário estabelecer um fluxo de comunicação à Polícia Civil do Estado da Bahia ou ao Ministério Público do Estado da Bahia de casos de saques indevidos". 

 

A conduta praticada por terceiros, de permanecer recebendo os benefícios previdenciários pagos aos beneficiários após a ocorrência do óbito dos mesmos, além de indevida, configura crime de estelionato e gera significativos prejuízos ao erário. 

 

CRIMES ANTERIORES DETECTADOS

Os crimes já teriam sido iniciados anteriormente e a prefeitura identificou uma fraude e conseguiu prender a pessoa. No caso específico, a criminosa conseguiu emitir uma certidão de nascimento falsa e emitir um RG com foto de terceira pessoa e permaneceu recebendo o benefício. A previdência revelou também ao Bahia Notícias que, recentemente, recuperou o benefício de um familiar em função da atuação da Polícia Civil.

 

"Tivemos uma recuperação grande feita em 2017 que conseguimos diretamente das instituições financeiras, conseguimos recuperar aproximadamente R$ 800 mil em pagamentos feitos após óbito por falta de informações", disse Daniel. 

Quarta, 16 de Junho de 2021 - 00:00

Gerido por IBDAH, Manoel Vitorino tem falta de medicamentos; Sesab evita tema

por Matheus Caldas

Gerido por IBDAH, Manoel Vitorino tem falta de medicamentos; Sesab evita tema
Foto: Google Street View

Referência no atendimento de ortopedia, o Hospital Manoel Victorino, gerido pelo Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar (IBDAH), vem enfrentando falta de medicamentos há cerca de um mês.

 

A denúncia foi feita ao Bahia Notícias por funcionários da unidade hospitalar, em condição de anonimato. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), por outro lado, nega. “Não há qualquer desassistência aos pacientes”, respondeu, em nota enviada à reportagem, sem confirmar e nem negar a informação.

 

Apesar da resumida resposta, da Sesab, funcionários apontam que a falta de cerca de 50 medicamentos vem prejudicando o tratamento de pacientes (veja abaixo uma suposta lista obtida pela reportagem).

 

Clique para ampliar

 

ATRASO NO PAGAMENTO
Ainda segundo as denúncias, os funcionários não receberam neste mês a remuneração referente ao mês de maio. De acordo com a Sesab, “a questão está sendo apurada” com o IBDAH. 

 

Não é a primeira vez que os atrasos acontecem. Os relatos apontam que em abril também houve demora no pagamento. Em outros meses também já teria ocorrido a mesma situação.

 

O IBDAH, por sua vez, está em processo de saída da administração do hospital. A partir de 2 julho, o Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde (INTS) fará a gestão - por conta disto, os funcionários estão sob aviso prévio.

 

“No tocante ao aproveitamento dos profissionais que hoje trabalham na unidade, não há interferência do poder público, entretanto, não é incomum que os novos gestores absorvam a maior parte do quadro”, esclareceu a pasta, em trecho da nota.

 

POLÊMICAS
O IBDAH vem colecionando polêmicas na Bahia. Além do Manoel Victorino, os atrasos salariais vêm sendo registrados no Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, no Litoral Sul. Na manhã desta terça, funcionários protestaram em frente à unidade de saúde por conta do não pagamento dos vencimentos (leia mais aqui).

 

Além disto, a empresa é investigada no âmbito da Operação Metástase por suspeita de integrar esquema de desvio de recursos públicos do Hospital Regional de Juazeiro, assunto que eclodiu no noticiário em novembro do ano passado (entenda aquiaquiaqui e aqui). 

 

 

No dia 4 de janeiro deste ano, o Bahia Notícias trouxe à tona a informação de que o instituto teria comprado uma decisão judicial nas mãos da desembargadora Lígia Ramos, presa por supostamente comercializar sentenças no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). A informação está na denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF) contra a magistrada e outras cinco pessoas, pelo crime de organização criminosa, no âmbito da Operação Faroeste (veja aqui e aqui), que investiga esquema de venda de decisões com participação de desembargadores e juízes da Corte.
 

 

Segundo os procuradores do MPF, o processo do IBDAH está entre os quatro sob relatoria de Lígia que foram negociados pela organização. Delator na Faroeste, o advogado Júlio César Cavalcanti Ferreira relatou que a instituição comprou um mandado de segurança por R$ 150 mil.

 

Conforme a denúncia, o valor seria recebido pelo advogado Rafael Júnior, em um mecanismo de lavagem de dinheiro idealizado pelo também advogado Rui Barata Lima Filho, filho de Lígia e considerado operador financeiro da mãe no esquema.

 

INÍCIO DE TUDO
O esquema ganhou notoriedade quando, no dia 25 de novembro, o BN obteve acesso a sentenças em sigilo de Justiça. A investigação liga o IBDAH à Associação de Proteção a Maternidade e Infância de Castro Alves (APMI). Ambas seriam controladas por Alex Oliveira de Carvalho, conhecido como “chefe” e “patrão” no esquema ilícito.

 

Conversas conseguidas por meio de interceptações telefônicas o apontam como “centralizador de todas as decisões, especialmente as financeiras” na organização que é suspeita de fraude em licitações e desvio de recursos públicos destinados à gestão do Hospital Regional de Juazeiro.

 

A força-tarefa da Metástase apurou que a organização criminosa investigada passou a dominar a gestão de inúmeras unidades da rede estadual de saúde sob gestão indireta. Com fraudes nas licitações públicas, eles usavam diferentes Organizações Sociais de Saúde, que, na verdade, são controladas pelo mesmo grupo empresarial. Ou seja, eram registradas em nome de "laranjas".

 

No processo, Alex Oliveira teria “grande proximidade” com Viviane Chicourel, ex-diretora da Rede Própria Sob Gestão Indireta (DIRP-GI) da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) (leia mais aqui). Em janeiro, ela teve a prisão domiciliar decretada e usa tornozeleira eletrônica (leia mais aqui). Antes, ela já estava detida após pedido de prisão preventiva do juiz federal Pablo Baldivieso, da comarca de Eunápolis, substituto na comarca de Juazeiro (leia mais aqui).

 

ESPAÇO ABERTO
A equipe do BN tentou contato com o IBDAH para repercutir sobre o assunto. Contudo, até a publicação desta matéria, o e-mail não foi respondido. O espaço segue à disposição da empresa para comentar acerca dos pontos tratados nesta reportagem.

Quarta, 16 de Junho de 2021 - 00:00

Com Tinoco presidente, composição do Conselho de Ética da CMS é divulgada

por Matheus Caldas

Com Tinoco presidente, composição do Conselho de Ética da CMS é divulgada
Foto: Priscila Melo / Bahia Notícias

A Câmara de Salvador divulgou nesta terça-feira (15) a composição do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar para os próximos dois anos. O documento, assinado pelo presidente Geraldo Jr. (MDB), foi publicado no Diário Oficial do Legislativo.

 

O presidente do colegiado é Claudio Tinoco (DEM), que, por ser corregedor da Casa, automaticamente assume o cargo. O vice escolhido foi Luiz Carlos Suíca (PT). Já o secretário é Edvaldo Brito (PSD).

 

Fecham o grupo de sete vereadores mais quatro membros titulares: Fábio Souza (SD), Joceval Rodrigues (Cidadania), Sabá (DC) e Ricardo Almeida (PSC).

 

O documento ainda traz os nomes de sete suplentes. São eles: Marta Rodrigues (PT), Hélio Ferreira (PCdoB), Duda Sanches (DEM), Emerson Penalva (Podemos), Sidninho (Podemos), Paulo Magalhães Jr. (DEM), Roberta Caires (Patriota).

 

Segundo o regimento interno da Câmara, os membros do conselho são indicados pelo presidente e apreciados pelo plenário da Casa - o que aconteceu nesta semana. Os partidos costumam indicar ao presidente os vereadores para compor o colegiado.

 

Ainda segundo código do Legislativo, o Conselho de Ética é o órgão da Câmara competente para examinar as condutas puníveis e propor as penalidades aplicáveis aos vereadores submetidos ao processo disciplinar, previsto no Código de Ética e Decoro Parlamentar.

Denúncias contra agressão a idosos crescem 80% em Salvador, diz prefeitura
Foto: Divulgação/MT

Em 2020, Salvador apresentou aumento de 80% de aumento nos relatos de agressões a idosos no comparativo com 2019. A informação foi divulgada pela prefeitura nesta terça-feira (15), Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa.

 

De acordo com o Conselho Municipal do Idoso (CMI), vinculado à Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre), em todo ano de 2020 foram recebidos 1.031 relatos de violação de direitos da pessoa idosa em Salvador. Dessas, 807 foram contra homens, enquanto 224 contra mulheres.

 

"Trabalhamos junto às entidades registradas com controle social, fiscalização e projetos e recebemos muitas denúncias contra a pessoa idosa, em especial relativas à questão financeira, que acaba culminando na violência física dessas pessoas. Mesmo não sendo um órgão punitivo, o conselho tem agido diante destas denúncias fortalecendo a rede de serviços de proteção, como a Delegacia do Idoso, a Defensoria Pública e o Ministério Público, orientando quem procura nossa ajuda a buscar por estes órgãos e, a partir de nossa recomendação, possa atuar diante da demanda. Antes, a violência já estava aí, mas com a pandemia isso se intensificou e as pessoas estão denunciando mais”, avalia a presidente do CMI/Salvador, Daniela Simões.

 

As denúncias de agressão contra o idoso podem ser feitas por qualquer cidadão, na delegacia responsável, no bairro dos Barris, Defensoria Pública e o Ministério Público. Há expectativa de o CMI implantar, junto à Sempre, um Disque Denúncia especializado na temática do idoso em Salvador, com profissionais habilitados, conhecedores da rede, do estatuto e das políticas públicas voltadas para este público. Atualmente, as pessoas que precisam denunciar este tipo de agressão podem recorrer, gratuitamente, ao Disque 100, que tem uma ação mais abrangente, não sendo exclusivamente um canal de proteção à pessoa idosa.

João Roma discute iniciativas com lideranças do Desenvolvimento Social do Mercosul
Foto: Divulgação

O ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), participou de uma reunião com quatro autoridades da área de Desenvolvimento Social do Mercosul nesta terça-feira (15), para apresentar ações do governo federal e discutir iniciativas conjuntas para fortalecimento e aperfeiçoamento das políticas sociais do bloco.

 

Participaram do encontro o ministro do Desenvolvimento Social da Argentina, Daniel Fernando Arroyo; o vice-ministro do Desenvolvimento Social do Paraguai, Cayo Cáceres; a subsecretária de Desenvolvimento Social do Uruguai, Andrea Brugman; e o diretor executivo do Instituto Social do Mercosul, Juan Miguel Bibolini.

 

Roma recebeu de Daniel Arroyo a presidência pro-tempore do Mercosul Social. No próximo semestre, o Ministério da Cidadania será responsável por conduzir os trabalhos no âmbito do Mercosul.

 

Na reunião, Roma destacou que o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), deve encaminhar ao Congresso Nacional, na próxima semana, uma medida legislativa para autorizar a extensão do Auxílio Emergencial por mais alguns meses, enquanto o país tenta avançar na vacinação contra a Covid-19.

 

O ministro afirmou também que há uma sinalização de retomada da atividade econômica do país, inclusive, apontado para cerca de 5% de crescimento do PIB brasileiro, resultado que está acima das projeções.

 

“Até então, o governo tem algumas ferramentas que atuam diretamente com a população em situação de vulnerabilidade, entre elas, o BPC (Benefício de Prestação Continuada) e o Bolsa Família, que hoje atinge cerca de 14,6 milhões de beneficiários. Devemos, portanto, reestruturar estes programas sociais, agregando novas ferramentas, como o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos)”, disse Roma.

 

O ministro ainda salientou que é fundamental a interação entre os países do bloco. “Sobretudo com a cooperação, que nos impõe inclusive no enfrentamento dessa pandemia. Isso é muito salutar, é positivo. A nossa identidade, não só pela proximidade geográfica, mas pelos quesitos culturais, que gera esse pertencimento, faz com que seja impositiva essa cooperação”, destacou.

Guilherme Santos busca aumentar confiança para melhorar desempenho e auxiliar o Vitória
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O atacante Guilherme Santos já se diz adaptado ao Vitória. Porém, ele quer aumentar confiança para melhorar desempenho e assim poder ajudar a equipe.

 

“Já me sinto adaptado. Estou tentando pegar mais um pouco de confiança, pois aqui estou errando algumas coisas que no Atlético eu não errava”, disse o atleta, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Guilherme desembarcou no Vitória no mês passado, disputou cinco jogos e marcou um gol. Três foram sob o comando de Rodrigo Chagas, desligado no último dia 9 de junho e dois com Ramon Menezes, que assumiu o time em seguida. Os dois treinadores foram elogiados pelo atacante.

 

“São grandes treinadores. Rodrigo me deu total confiança quando cheguei e Ramon tem me apoiado do mesmo jeito”, destacou.

 

O Vitória ainda não venceu na Série B. A equipe tem dois pontos e ocupa a 14ª posição com três jogos disputados. Guilherme acredita que esse jejum de triunfos será encerrado diante do Remo, próximo adversário da equipe. O duelo acontece na quarta-feira (16), às 16h, no Baenão, em Belém (PA).

 

“A gente ainda não venceu na Série B, mas temos feitos boas partidas e agora contra o Remo agora vamos dar o máximo para conquistarmos os três pontos. A gente tem que jogar com muita garra e dedicação para conquistarmos o resultado positivo”, finalizou.

Mourão lamenta não ser convidado para reuniões do governo Bolsonaro: 'Sinto falta'
Foto: Guilherme Mazui / G1

 

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), afirmou nesta terça-feira (15) que sente falta de ser convidado para participar das reuniões de trabalho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com os ministros do governo federal. As informações são do portal G1.

 

Bolsonaro se reuniu, na manhã desta terça, com ministros para discutir ações do governo, compromisso que não constava na agenda do presidente. Ao chegar ao seu gabinete, Mourão foi perguntado por jornalistas se havia sido chamado para o encontro. “Não, não fui convidado”, respondeu o vice.

 

Indagado se sente falta de participar das reuniões, o que ocorria nos dois primeiros anos do governo, Mourão admitiu que sim. “Sinto falta. A gente fica sem saber o que está acontecendo”, disse. “É importante que a gente saiba o que está acontecendo, né? Paciência, né? C'est la vie [é a vida], como dizem os franceses”, lamentou.

 

Desde o início do ano Mourão tem sido excluído das reuniões de Bolsonaro com ministros. O presidente evita convocar reuniões do chamado conselho de governo, que inclui o vice, e realiza encontros com seu time ministerial, que não são incluídos na previsão de agenda divulgada pelo Palácio do Planalto.

Covid-19: AL-BA prorroga decreto de calamidade pública em Alagoinhas e Ribeira do Amparo
Foto: Divulgação/Prefeitura de Alagoinhas

A Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) aprovou, nesta terça-feira (15),  durante sessão virtual, a renovação do decreto de calamidade publica das cidades de Ribeira do Amparo, no Semiárido Nordeste II,  e Alagoinhas, no Litoral Norte e Agreste Baiano, em virtude da pandemia da Covid-19. A relatoria foi feita pela deputada Fátima Nunes (PT).

Em estado de calamidade pública o município pode, dentre outras coisas, parcelar dívidas, atrasar ou antecipar execução de gastos e não realizar licitações para determinados serviços. 

Terça, 15 de Junho de 2021 - 21:00

Conta de luz deve subir com reajuste acima de 20% na bandeira vermelha

por Thiago Resende | Folhapress

Conta de luz deve subir com reajuste acima de 20% na bandeira vermelha
Foto: Reprodução / TV Bahia

O diretor-geral da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), André Pepitone, disse nesta terça-feira (15) que a bandeira vermelha, a mais cara cobrada sobre a conta de luz, deverá subir mais de 20%.
 

Em meio ao baixo nível dos reservatórios de água, usinas térmicas são acionadas e isso afeta o consumidor por meio da bandeira tarifária cobrada sobre a conta de luz. Em junho, já está vigente a bandeira vermelha nível 2, a mais cara, que cobra R$ 6,24 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos.
 

A agência discutia elevar essa cobrança para R$ 7,57 a cada 100 kWh. “Mas, com certeza, deve superar isso”, declarou Pepitone em audiência pública na comissão de Minas e Energia da Câmara para discutir a crise hídrica.
 

Ele afirmou ainda que a decisão deverá ser comunicada em junho. Pepitone ressaltou que o aumento se deve ao pagamento do uso das usinas térmicas, cuja geração de energia é mais cara.
 

O acionamento das usinas termelétricas deverá gerar um custo adicional de R$ 8,99 bilhões neste ano. Desse total, R$ 4,3 bilhões já foram gastos até abril.
 

"Isso vai ter um impacto na tarifa de 5%", disse Pepitone. Parte desse custo será transferido para 2022, mas os consumidores livres já pagarão em 2021.
 

Durante o debate, o diretor-geral do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), Luiz Carlos Ciocchi, disse que estão sendo adotadas medidas para que não haja risco de racionamento de energia neste ano.
 

“Não teremos nenhum problema de energia ou de potência ao final de novembro de 2021, quando começa a estação chuvosa”, afirmou Ciocchi.
 

Apesar de reconhecer que a situação é preocupante, ele apresentou as ações contra o risco de apagão. Entre elas, a flexibilização de restrições hidráulicas nas bacias dos rios São Francisco e Paraná; aumento da geração térmica e da garantia do suprimento de combustível para essas usinas; aumento da importação de energia da Argentina e do Uruguai, antecipação obras de transmissão, além de campanha de uso consciente da água e da energia.
 

Diante da crise hídrica, o governo prepara uma medida provisória. O plano prevê dar plenos poderes a um grupo interministerial de monitoramento da crise hídrica para que ele decida sobre a vazão de água nos reservatórios das hidrelétricas.
 

Hoje esse papel cabe à ANA (Agência Nacional de Águas) e ao Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).
 

O governo também quer um programa de deslocamento do consumo de energia nos horários de pico. A medida pode começar em julho e incluir consumidores residenciais, além da indústria.
 

 

Contas de 2017 do governo Rui Costa são aprovadas pela AL-BA
Foto: Reprodução/TV AL-BA

A Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) aprovou nesta terça-feira (15) as contas do governador Rui Costa (PT) referente ao exercício de 2017.  A apreciação aconteceu em dois turnos, e a aprovação ocorreu por votação secreta.


Vice-líder da bancada de oposição, o deputado Tiago Correia (PSDB) encaminhou a bancada para o voto contrário, destacando pontos destacado anteriormente pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), a exemplo do gasto com pessoal.  

 

Dos 53 deputados presentes no plenário virtual, 37 deram parecer favorável, 12 contra e 4 se abstiveram. 

 

Outros cinco projetos foram apreciados pelo Legislativo baiano nesta terça-feira (reveja).

Terça, 15 de Junho de 2021 - 20:30

Número de casos de Covid-19 sobe e Copa América já tem 53 infectados

por Natália Cancian | Folhapress

Número de casos de Covid-19 sobe e Copa América já tem 53 infectados
Foto: Divulgação / Conmebol

Dados do Ministério da Saúde mostram que subiu para 53 o total de casos confirmados de Covid-19 entre jogadores, delegações e pessoas contratadas para atuar na Copa América.
 

Para comparação, até esta segunda (14), segundo dia de jogos, eram 41 casos confirmados. 
 

Segundo a pasta, entre os registros com resultado positivo em exames, 27 ocorreram entre jogadores e membros das delegações e 26 entre prestadores de serviços contratados para o evento.
 

Esse grupo fica em Brasília, Goiânia e Rio de Janeiro e inclui funcionários de hotéis, por exemplo. A pasta não deu mais detalhes dos casos.
 

Em nota, o Ministério da Saúde diz que tem feito testes de RT-PCR periódicos em envolvidos no evento--até o momento, foram 3.045 exames realizados. A positividade de casos por Covid-19 é de 1,70%.
 

Os resultados positivos terão amostras encaminhadas para sequenciamento genômico, técnica que verifica se a infecção ocorreu por alguma variante específica do coronavírus. A previsão é que os resultados saiam em até 14 dias.

Mucuri: Pasta base de cocaína avaliada em R$ 1 milhão é encontrada em praia
Foto: Reprodução / SSP - BA

Uma nova apreensão de pasta base de cocaína foi realizada na manhã desta terça-feira (15) na Praia da Barrinha, em Mucuri, Extremo Sul. Os mais de 30 quilos da droga, avaliada em R$ 1 milhão, foram encontrados por equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Mata Atlântica. Outros tabletes da droga já foram apreendidos pela PM no mês de maio (relembre).

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), populares que passavam próximo ao Porto da Tiririca, no distrito de Cruzelandia, estranharam a presença de uma mala com 25 tabletes da droga e acionaram a equipe. “Rapidamente nos deslocamos até o local informado e  apreendemos os entorpecentes”, contou o comandante da Cipe Mata Atlântica, major Anilton Almeida. A droga foi encaminhada para a Delegacia Territorial (DT) de Mucuri e seguiu para a perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT). 

2023: 'Ir para a roça e cuidar da saúde mental', revela Rui como plano pós-governo
Foto: Papo Correria/Youtube

Questionado por um espectador se o planejamento para 2023, após finalizar sua segundo mandato como governador, era “ser senador ou ministro de Lula”, o governador Rui Costa (PT) deu uma resposta inesperada. Ele considerou trocar o ritmo “correria” da política por uma vida mais tranquila, no interior, cultivando a vida de “agricultor” que iniciou no Palácio de Ondina, residência oficial onde vive atualmente com a família. 

 

“O meu projeto primeiro é concluir o governo e ter orgulho de inaugurar tantas obras que nós estamos licitando e iniciando agora esse ano. Sobre 2023, eu não sei ainda. Eu gostei tanto da experiência de agricultor que eu fiz lá em Ondina, plantando meu aipim, criando minhas galinhas que eu estou pensando seriamente em arrumar um pedacinho de terra e ir criar os bichinhos, fazer umas plantações e viver também cuidando da terra e trabalhando. Penso aí em ir para o interior, ir para a roça trabalhar e cuidar um pouco da saúde mental”, revelou o governador durante o programa Papo Correria, na noite desta terça-feira (15). 

 

Acrescentou que não transforma “a política e nem vida pública em sobrevivência”, pois vive do trabalho. Ponderou, no entanto, que irá trabalhar para “Bahia continuar assim, com muitos investimentos”, ponderou”. 

 

Rui já havia citado a disposição para uma candidatura à presidência da República em 2022, porém, afirmou ter mudado de opinião após a absolvição do ex-presidente Lula (reveja). 

Aneel prorroga proibição de corte de luz por inadimplência
Foto: Reprodução / Agência Brasil

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu nesta terça-feira (15) que vai prorrogar por mais três meses a proibição de corte de energia por inadimplência para os consumidores de baixa renda. A informação foi repassada pelo diretor-geral da Aneel, André Pepitone, durante audiência na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados para tratar da crise hídrica no país.

 

Em março, a Aneel havia decidido suspender o corte de energia por inadimplência para esta faixa de consumidores até 30 de junho. Com a prorrogação aprovada nesta terça-feira, a proibição vai valer até o fim de setembro.

 

De acordo com a Agência Brasil, a medida não isenta os consumidores do pagamento pelo serviço de energia elétrica, mas tem como objetivo garantir a continuidade do fornecimento para os que, em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19), não têm condições de pagar a sua conta.

 

A iniciativa, segundo a Aneel, deve beneficiar aproximadamente 12 milhões de famílias, que estão inscritas no Cadastro Único, com renda mensal menor ou igual a meio salário mínimo por pessoa. Também terão direito ao benefício famílias com portador de doença que precise de aparelho elétrico para o tratamento, com renda de até três salários mínimos, assim como famílias com integrante que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

 

“Essas ações vêm permitindo resguardar o consumidor de energia elétrica mais carente, sem que haja o comprometimento econômico e financeiro das concessionárias dos serviços de distribuição”, disse Pepitone.

Nunes Marques concede a Wilson Witzel direito de não comparecer à CPI da Covid
Foto: Reprodução / Senadoleg

O ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu nesta terça-feira (15) ao ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel o direito de não comparecer à CPI da Covid.

 

A convocação de Witzel foi aprovada em 26 de maio, e o depoimento do ex-governador está marcado para esta quarta-feira (16). Pela decisão de Nunes Marques, se Wilson Witzel comparecer à CPI: poderá ficar calado; não precisa assumir compromisso de dizer a verdade; pode ser acompanhado por um advogado, de acordo com o G1.

 

A defesa de Witzel acionou o Supremo na segunda (14). Argumentou que a convocação configura "subterfúgio ilegal", uma vez que obrigou o ex-governador a comparecer à CPI para falar sobre fatos sobre os quais já é investigado ou processado.

 

Eles ainda destacaram que o Regimento Interno do Senado impede que comissões da Casa Legislativa investiguem fatos relacionados aos estados. Por isso, não é cabível que Witzel seja chamado a prestar esclarecimentos sobre questões relativas à pandemia no Rio

 

A convocação do ex-governador foi aprovada pela comissão no dia 26 de maio. Além de Witzel, no mesmo dia a comissão também aprovou a convocação de outros 8 governadores, um ex-governador e uma vice-governadora para prestarem depoimento.
 

Terça, 15 de Junho de 2021 - 19:40

Doria sofre derrota no PSDB, e prévias presidenciais terão menos peso para filiados

por Carolina Linhares | Folhapress

Doria sofre derrota no PSDB, e prévias presidenciais terão menos peso para filiados
Foto: Reprodução / Twitter

O PSDB decidiu, em nova reunião da executiva nacional, nesta terça-feira (15), por 20 votos a 11, que as prévias presidenciais do partido serão por eleição indireta, com 25% de peso para filiados e 75% para mandatários.
 

A medida foi uma derrota para João Doria (PSDB). O governador de São Paulo defendia que a proporção fosse de 50% para filiados e 50% para mandatários. Seus aliados sugeriram 35% a 65%, proposta que perdeu na votação.
 

As regras das prévias presidenciais deveriam ter sido resolvidas na última terça (8), mas, diante de impasse entre propostas apresentadas, tucanos votaram por adiar a decisão em uma semana. Nesse período, a ideia era que Doria e seus adversários internos -Tasso Jereissati (CE), Eduardo Leite (RS) e Arthur Vírgilio (AM)- chegassem a um consenso.
 

Na última terça, a cúpula do PSDB aprovou por unanimidade somente a votação indireta com pesos entre filiados e mandatários, mas sem estabelecer os percentuais, o que abriu uma brecha para que Doria tentasse emplacar sua tese.
 

Apesar de terem mantido conversas ao longo da semana, os quatro tucanos chegaram à reunião sem convergência. Como mostrou o jornal Folha de S.Paulo, Doria sinalizou que aceitaria qualquer regra, num ato de boa vontade que seria recompensado com um aumento da participação dos filiados.
 

Aliados de Doria pressionavam por maior peso dos filiados porque São Paulo concentra a maior fatia deles -cerca de 22% de 1,36 milhão, segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).
 

Os paulistas chegaram a propor, na reunião, que o peso dos filiados subisse para 35%, mas encontraram oposição de Minas Gerais e Rio Grande do Sul.
 

Na reunião, Tasso e Leite defenderam a manutenção dos 25%, conforme foi desenhado por uma comissão tucana liderada pelo ex-senador José Aníbal (SP). O ex-presidente Fernando Henrque Cardoso também votou a favor da comissão.
 

A comissão estabeleceu, no dia 31 de maio, a votação indireta em quatro grupos, com peso de 25% para cada. A proposta precisaria ser aprovada pela executiva nacional, o que ocorreu nesta terça.
 

Os grupos são: um de filiados; um de prefeitos e vice-prefeitos; outro de vereadores, deputados estaduais e distritais; e o quarto grupo reúne governadores, vice-governadores, senadores, deputados federais, ex-presidentes e presidente do PSDB.
 

Por exemplo: no grupo um, o candidato A tem 60% dos votos e o B, 20%. Na conta final, o A soma 15% e o B, 5%.
 

Apesar da polêmica em torno da participação de filiados, a realidade é que uma pequena parcela será mobilizada com as prévias. Nas prévias estaduais de 2018, Doria teve 80% dos votos de cerca de 15 mil filiados -o total do estado na época era de aproximadamente 310 mil.
 

Membros do PSDB ouvidos pela reportagem consideraram, de forma geral, que as regras definidas pela comissão eliminam favoritismos e dão chance para que qualquer um dos quatro vença a eleição interna.
 

Uma terceira sugestão, feita pelo deputado federal Paulo Abi-Ackel (MG), de que dirigentes estaduais participassem do grupo 2 e não do 1, foi retirada. Nos bastidores, a proposta mineira era tida como uma medida patrocinada por Aécio Neves (MG) que prejudicaria Doria.
 

O governador paulista trabalhava, na verdade, pela votação universal e direta, proposta que foi enterrada pela comissão e pela executiva nacional.
 

No último teste de força na executiva, em 2019, para deliberar sobre o processo de expulsão de Aécio, a ala de Doria perdeu por 30 a 4.
 

Doria vem buscando se viabilizar dentro do partido, com conversas e jantares, e entre eleitores, com antecipação da vacinação e inaugurações no interior -mas encontra dificuldades. Doria é lembrado pelos seus pares por intervenções, atropelos, falta de articulação e erros políticos.
 

O principal óbice a ser contornado é a imagem de Doria, vista como excessivamente paulista e elitista pelas pesquisas qualitativas do próprio tucanato. A isso se soma a percepção de um político avesso aos códigos da política e com pouco traquejo em Brasília, corrente entre líderes de partidos potencialmente aliados.
 

Entusiastas da candidatura de Doria creem, contudo, que tudo isso é superável e apontam os ativos do governador, sendo a vacina o maior deles. Outro ponto favorável a Doria é a economia, que está em melhor forma em São Paulo, que deve crescer 6% este ano, ante talvez 4% do país.
 

De acordo com a deliberação da executiva, as prévias estão marcadas para 21 de novembro, com possível segundo turno em 28 de novembro. Enquanto Doria preferia a data divulgada pelo partido inicialmente, 17 de outubro, outros pré-candidatos e líderes do partido pressionavam pelo adiamento para o ano que vem.
 

A expectativa de tucanos é de que Doria, caso perca as prévias, saia do partido e busque ser candidato ao Planalto por outra sigla, o que explica sua pressa.
 

Já o motivo apresentado para o adiamento era a questão da pandemia, mas há, nos bastidores, esforços de parte da bancada da Câmara dos Deputados, grupo que incluí Aécio, para que o partido não lance candidato a presidente da República, medida que faria sobrar mais verba do fundo eleitoral para os parlamentares se reelegerem.
 

Por causa da pandemia, os tucanos devem votar por meio de um aplicativo, e estarão aptos todos os filiados até 31 de maio.
 


 

REGRAS DAS PRÉVIAS APROVADAS PELO PSDB
 


 

Colégio eleitoral de quatro grupos, com 25% de peso cada
 

1. filiados
 

2. prefeitos e vice-prefeitos
 

3. vereadores, deputados estaduais e distritais
 

4. governadores, vice-governadores, deputados federais, senadores, ex-presidentes do PSDB e o atual
 


 

Datas
 

20.set - inscrição dos candidatos
 

18.out - início dos debates
 

21.nov - primeiro turno
 

28.nov - segundo turno?
 


 

OS NÚMEROS DO PSDB
 

Prefeitos: 541 (201 em SP)
 

Vereadores: 4.366 (1.209 em SP)
 

Deputados estaduais: 72 (9 em SP)
 

Deputados federais: 33 (7 em SP)
 

Senadores: 7 (2 em SP)
 

Filiados: 1,36 milhão (cerca de 300 mil em SP)
 

 

Bahia convoca professores e coordenadores pedagógicos aprovados em concurso de 2017
Foto: Papo Correria/Youtube

O governo da Bahia irá convocar, nesta quarta-feira (16), 306 novos professores e 72 novos coordenadores pedagógicos para o quadro funcional da rede estadual de ensino. A notícia foi divulgada na noite desta terça-feira (15), durante o programa online Papo Correria. O profissionais fora aprovados em concurso realizado no ano de 2017.

 

Presente na transmissão, o secretário estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues, alertou que os convocados terão o prazo de 10 dias para a entrega dos documentos e exames prévios à nomeação. Em Salvador, a entrega será feita diretamente na sede da pasta, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). Os novos profissionais devem iniciar as atividades pedagógicas já no mês de agosto, segundo o secretário. As convocações irão atender demandas de diversas regiões da Bahia.

 

A publicação também integrará a reconvocação de professores e coordenadores que tiveram a nomeação impactada, no início de 2020, por conta da pandemia. 

Morre o produtor rural Ivo Borré, proprietário da Fazenda Progresso na Chapada Diamantina
Foto: Acervo Pessoal / Família Borré

Morreu, nesta terça-feira (15), aos 63 anos de idade, o empresário e produtor rural Ivo Borré. Nascido em Porto Xavier-RS e morador de Mucugê, na Chapada Diamantina, ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

 

Ivo Borré se instalou no interior da Bahia em 1984, onde fundou a Fazenda Progresso, entre os municípios de Mucugê e Ibicoara. Inicialmente, o agricultor apostou em plantações de trigo e soja. Depois, iniciou o cultivo de batatas, que prosperou.

 

Com o sucesso das batatas na Fazenda Progresso, Ivo Borré ampliou o negócio, produzindo também tomate, cebola, café e, mais recentemente, uva para a produção de vinho.

 

Em abril de 2017, devido ao seu destaque internacional no agronegócio da Chapada Diamantina, Borré recebeu da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) o título de cidadão baiano.

 

O ex-secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, lamentou o falecimento do empresário. “Nesta tarde, partiu para brilhar lá no Céu, Seu Ivo Borré. Grande visionário que abraçou a Bahia, ainda na década de 80 e hoje é essa potência da Fazenda Progresso. Meus sentimentos aos familiares”, disse, em suas redes sociais.

 

O funeral do produtor rural está marcado para ocorrer nesta quarta-feira (16), em Mucugê. Ele deixa esposa, filhos e netos.

Com R$ 15,4 bilhões desde 2015, Bahia é o 2º estado que mais faz investimentos públicos
Foto: Reprodução

A Bahia é o segundo estado brasileiro que mais realizou investimentos públicos desde 2015, conforme dados publicados nesta terça-feira (15) pelo secretário estadual da Fazenda, Manoel Vitório. Em audiência pública virtual sobre as finanças do estado, promovida pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o titular da pasta apontou que o governo baiano investiu R$ 15,4 bilhões no período, atrás apenas de São Paulo, com R$ 46,7 bilhões.

 

Se considerado apenas o primeiro quadrimestre deste ano, a Bahia também fica na vice-liderança entre os estados. Foram R$ 587,2 milhões de janeiro a abril, enquanto o líder São Paulo investiu R$ 1,06 bilhão. “É sempre importante ressaltar que investimos proporcionalmente mais, tendo em vista que o orçamento de São Paulo é cinco vezes maior”, afirmou Vitório.

 

A Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA) avalia que a Bahia segue com as contas em dia, além de possuir um baixo endividamento, possibilitando o ritmo dos investimentos públicos. Para Vitório, a chave para esta performance é o equilíbrio fiscal obtido via controle rigoroso dos gastos e melhoria do desempenho da arrecadação.

 

A Bahia obteve recentemente a nota B na Capag (Capacidade de Pagamento), indicador produzido pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) para avaliar a saúde fiscal dos estados e municípios. A classificação torna o estado apto a contar com o aval da União na contratação de operações de crédito destinadas a novos investimentos.

 

O secretário lembrou ainda que priorizar os investimentos é uma diretriz do governador Rui Costa para enfrentamento da  crise. “Investimentos são recursos aplicados diretamente em obras e ações que ampliam a infraestrutura e a prestação de serviços à população e ajudam a impulsionar a economia, por isso temos feito um grande esforço, ao longo de todos estes anos de sucessivas crises econômicas no Brasil, para manter o ritmo de desembolsos com este gasto qualificado”, disse Vitório.

 

Endividamento

Manoel Vitório observou ainda que o governo baiano iniciou 2021 com a dívida consolidada líquida equivalente a 50% da receita corrente líquida, muito abaixo do limite máximo estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que é de 200%. “Significa que a Bahia poderia hipoteticamente pagar sua dívida com metade da receita, enquanto a lei considera aceitável que os estados se endividem até o limite de duas vezes a receita”, comemorou o secretário.

 

A situação da Bahia é bem mais confortável que a dos maiores estados do país: o Rio de Janeiro tem uma dívida que equivale a 281% da receita; no Rio Grande do Sul, a relação é de 206%; em Minas Gerais, de 176%; e, em São Paulo, de 149%.

Rui usa gráficos de mortes por Covid-19 e apela para que população evite aglomeração no SJ
Foto: Papo Correria / Youtube

O governador Rui Costa (PT) iniciou o programa online Papo Correria fazendo um novo alerta a população sobre possíveis aglomerações nos municípios do interior durante o feriado de São João. Para exemplificar o atual comportamento da Covid-19, Rui apresentou gráficos das mortes registradas desde o mês de janeiro deste ano, comprovando o aumento de óbitos na faixa etária de 30 a 59 anos. “São as pessoas que mais se expuseram”. 

 

“Estamos fazendo apelo pela imprensa para conscientizar a população de que não é possível gerar aglomeração. Março foi o pior mês da pandemia. Julho pode ser pior. O São João é um evento cultural muito forte para os baianos. Não queremos questionar, mas nesse momento da pandemia não podemos vacilar”, enfatizou o governador. 

 

O gestor ainda relembrou as medidas restritivas de suspensão do transporte intermunicipal (veja aqui), toque de recolher e proibição de vendas de bebidas durante o período (veja aqui), já anunciados com antecedência pelo governo estadual. “Esperamos a contribuição de todos nesse período”, apelou o governador. 

Terça, 15 de Junho de 2021 - 19:10

Olimpíada RBN: Basquete brasileiro já esteve entre os quatro principais do mundo

por Nuno Krause / Leandro Aragão

Olimpíada RBN: Basquete brasileiro já esteve entre os quatro principais do mundo
Arte: Paulo Victor Nadal / Divulgação / Bahia Notícias

O basquete masculino do Brasil já esteve entre os quatro principais do mundo. Depois do bronze conquistado na Olimpíada de Londres-1948, a equipe voltou ao terceiro lugar em duas oportunidades: Roma-1960 e Tóquio-1964.

 

Porém, o esporte teve uma visível queda técnica desde o final da década de 80. Em 2021, o Brasil briga para se classificar para os Jogos Olímpicos de Tóquio. O Olimpíada RBN desta terça-feira (15) contou um pouco dessa história. 

 

O programa vai ao ar às terças e quintas-feiras, sempre às 19h, na RBN Digital. Você também pode ouvir no Castbox e no Spotify, na hora que quiser. 

Cliente quebra braço de funcionária após pedido de uso de máscara
Foto: Reprodução/TV TEM

A funcionária de uma padaria teve o braço quebrado após solicitar que um cliente usasse máscara no estabelecimento. O caso ocorreu na última sexta-feira (11), na cidade de Palmares Paulista (SP).

 

Adriana Araújo da Silva contou que o cliente, de 45 anos, entrou no local com a máscara no queixo e se recusou a colocar a na posição adequada.

 

O agressor, então, invadiu a área dos funcionários e a agrediu com uma rasteira e um chute no braço. As informações são do G1.

 

Adriana havia fugido para outro estabelecimento, mas o homem a seguiu e desferiu uma joelhada no rosto e agrediu o dono do local. Moradores que presenciaram a violência agrediram o suspeito e acionaram a Polícia Militar. Ele foi liberado e não prestou depoimento.

 

A funcionária foi submetida a uma cirurgia pela fratura no braço e recebeu alta no último domingo (13).

Cantor ex-dupla de Cristiano Araújo é encontrado morto em Goiânia
Foto: Reprodução / Instagram

O corpo do cantor Luizmar de Oliveira Damasceno, de 45 anos, foi encontrado em uma área de mata no Morro de Mendanha, em Goiânia, nesta terça-feria (15). O artista é ex-dupla do sertanejo Cristiano Araújo, que morreu há seis anos (relembre aqui). 

De acordo com o G1, a Polícia Civil informou que o corpo do sertanejo será encaminhado ao Instituo Médico Legal (IML) para realização dos exames periciais, que devem apontar a causa da morte.

Luizmar estava desaparecido desde a última secta-feria (11) (veja aqui). Ele morava com os pais e uma tia, no Residencial Serra Azul, em Goiânia. Ele tinha um show marcado para o sábado (12), mas não compareceu.

Um vídeo de uma câmera de segurança, registrado no último sábado, mostra Damasceno comprando uma corda em um estabelecimento ferragista no Bairro Goiá, na mesma região que o corpo foi encontrado. 

Carga de amido de milho roubada em Sergipe é recuperada em Nova Soure
Foto: Reprodução / SSP - BA

Uma carga de amido de milho avaliada em R$ 20 mil foi recuperada na segunda-feira (14), após trabalho de investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos em Rodovias (Decarga). O material tinha sido roubado em maio na BR 110 em Sergipe e foi localizada em um galpão na cidade de Nova Soure, no Semiárido Nordeste II.

O delegado titular da Decarga, Gustavo Coutinho disse que já há informações  sobre a quadrilha. "Já identificamos essa quadrilha especializada em roubo de carga que atua nos dois estados. Estamos realizando diligências para a recuperação de outras cargas e a prisão dos envolvidos”, disse.

Ainda de acordo com o delegado, e conforme divulgou a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a carga é desviada através de um golpe. “Eles utilizam o nome de uma empresa legal solicitando a compra, quando o material sai pra entrega, o motorista desvia a rota e se apropriam da carga sem efetuar o pagamento”, explicou. 

Ex-prefeita de Porto Seguro chega a presídio em Teixeira de Freitas; veja fotos
Foto: Wesley Morau

Após a Justiça Federal manter as prisões preventivas dos acusados na "Operação Fraternos" (relembre aqui), a ex-prefeita de Porto Seguro, Claudia Oliveira, que foi direcionada para a unidade prisional de Teixeira de Freitas, chegou ao local para cumprir a prisão preventiva.

 

Além de Claudia, foram presos, o marido da ex-prefeita, Robério Oliveira, encaminhado para presidío de Eunápolis. O último preso, que não teve a identidade confirmada, ficará em regime fechado no presídio de Vitória da Conquista. 

 

Veja:

Foto: Wesley Morau

 

Foto: Wesley Morau

Terça, 15 de Junho de 2021 - 18:20

Governo assina acordo para apoiar Nasa que prevê nova missão à Lua em 2024

por Ricardo Della Coletta | Folhapress

Governo assina acordo para apoiar Nasa que prevê nova missão à Lua em 2024
Foto: Reprodução / Flickr Palácio do Planalto

O governo Jair Bolsonaro (sem partido) assinou nesta terça-feira (15) um acordo para apoiar um programa do governo americano que prevê o envio de uma tripulação à Lua em 2024.
 

De acordo com o Ministério da Ciência e Tecnologia, o acordo estabelece princípios e diretrizes de cooperação internacional na exploração do espaço, entre elas fins pacíficos, transparência e divulgação de dados.
 

Ainda segundo a pasta, o Brasil é o único país da América Latina e o 12º a assinar a parceria de adesão ao programa Artemis da Nasa, de retorno à Lua. A lista inclui, além dos EUA, Austrália, Canadá, Itália, Japão, Luxemburgo, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido, Coreia do Sul, Nova Zelândia e Ucrânia.
 

O ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, disse que a adesão do Brasil ao programa Artemis é "um grande salto para o programa espacial brasileiro". "Esse programa retorna com missões tripuladas á Lua e hoje o Brasil se integra a esse esforço", disse o ministro e ex-astronauta.
 

A cerimônia no Palácio do Planalto teve a participação do presidente Bolsonaro, do ministro Carlos França (Relações Exteriores) e do embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman. Enviaram mensagem de vídeo o administrador da Nasa, Bill Nelson, e o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken.
 

Em um primeiro momento, a adesão do Brasil ao programa Artemis não envolve investimentos do país.
 

"Neste momento não tem nenhum recurso envolvido. Na medida que o Brasil vai se integrando nas diversas missões e atividades do programa, podem ser feitos contratos individuais e separados para cada uma dessas fases", disse.
 

Todd Chapman afirmou, por sua vez, que os acordos Artemis "são parte de um esforço amplo dos seus signatários para trabalharem juntos para a exploração civil pacífica do espaço". "Eu espero ver na Lua a bandeira brasileira ao lado da bandeira dos EUA", disse.
 

Ele também afirmou que o plano do governo americano é que, no retorno de missões humanas à Lua, a tripulação seja formada pela primeira mulher e a primeira pessoa negra a aterrissar no satélite.
 

Após a cerimônia, Pontes foi questionado se a tripulação que deve viajar à Lua em 2024 será formada exclusivamente por americanos. Ele disse que sim, mas que, no âmbito do acordo, outros países podem integrar eventuais missões.

BN Na Tela: Ex-prefeitos de Porto e Eunápolis são presos; Sputnik V tem data para chegar

O assunto do dia na Bahia é uma operação da Polícia Federal que prendeu os ex-prefeitos de Eunápolis, Robério Oliveira, e de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, além de ter afastado por 180 dias o gestor de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos. Porém o dia foi marcado também pelo anúncio de uma moto-carreata em defesa do governo de Jair Bolsonaro na Bahia no dia 2 de julho. Na corrida das vacinas, a Pfizer entrega 2,4 milhões de doses ao Brasil e o Fundo Soberano da Rússia confirma a entrega das doses importadas pelo Consórcio Nordeste no mês de julho. O BN Na Tela fala ainda sobre o caso do atropelamento de diversas pessoas que estavam em um bar em Feira de Santana e sobre a criação de uma liga para organizar o Brasileirão. Veja:

Terça, 15 de Junho de 2021 - 17:50

Sesab registra aumento de novos casos e de mortes por Covid-19 na Bahia

por Lula Bonfim

Sesab registra aumento de novos casos e de mortes por Covid-19 na Bahia
Foto: Felipe Iruatã / Zimel Press / Folhapress

A Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) registrou um aumento nas quantidades de novos casos da Covid-19 e de mortes pela doença no estado, conforme boletim epidemiológico publicado no fim da tarde desta terça-feira (15). Foram 5.347 novas contaminações e 102 óbitos confirmados nas últimas 24 horas, números consideravelmente superiores aos apontados na segunda-feira (14) pela pasta (relembre aqui).

 

No total, a Bahia acumula agora 1.071.899 casos confirmados do novo coronavírus e 22.703 mortes em decorrência da infecção, contabilizados desde o início da pandemia, que chegou ao estado no dia 6 de março de 2020, com a identificação da primeira contaminação em Feira de Santana.

 

Os casos ativos apresentaram uma pequena elevação e chegaram a 13.549. Os municípios baianos com mais contaminados são Salvador (1.715), Paulo Afonso (446), Feira de Santana (426), Vitória da Conquista (409), Guanambi (338), Barreiras (300), Itabuna (296), Lauro de Freitas (213), Santo Antônio de Jesus (213), Eunápolis (207) e Porto Seguro (207).

 

A taxa de ocupação dos leitos de UTI para adultos no estado caiu de 83% para 82%. Já no caso das unidades pediátricas de terapia intensiva, o percentual subiu de 60% para 63%. No total, são 1.336 pacientes com casos graves da Covid-19 na Bahia, quatro a mais do que o apontado no dia anterior.

 

FILA DA REGULAÇÃO

A Central Estadual de Regulação registrou, ao meio-dia desta terça-feira (15), 113 pessoas adultas aguardando vaga em unidades de terapia intensiva (UTIs) exclusivas para Covid-19 na Bahia.

 

No mesmo horário, outros 55 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. Segundo a Sesab, esses números são dinâmicos, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

Dois foragidos da 'Fraternos' se apresentam na PF; terceiro se apresentará na quarta em MG
Foto: Divulgação

Dois dos três foragidos na "Operação Fraternos" (relembre aqui) se entregaram na tarde desta terça-feira (15), na sede da superintendência da Polícia Federal (PF). Segundo a PF, o terceiro foragido vai se apresentar na próxima quarta-feira (16), em Belo Horizonte, ao juízo. 

 

O ainda foragido, que deve se apresentar em terras mineiras, seria Humberto Adolfo Gattas Nascif Fonseca Nascimento, ex-vice prefeito de Porto, conhecido como Beto do Axé Moi. O empresário possui residência na capital, Belo Horizonte. 

 

A Justiça também determinou o afastamento imediato, por 180 dias, de Agnelo Santos, irmão de Claudia e prefeito de Santa Cruz Cabrália, e o sequestro de bens e valores de cerca de R$ 11 milhões dos investigados na Operação Fraternos.

 

Além disso, a Justiça Federal já tinha mantido as prisões preventivas dos acusados na "Operação Fraternos, entre eles, o casal de ex-prefeitos preso em Porto Seguro, Robério Oliveira e Claudia Oliveira (veja mais). O terceiro alvo da Fraternos, um homem sem idenditade divulgada pela Polícia Federal permanecerão presos

Histórico de Conteúdo