Domingo, 24 de Março de 2019 - 20:56

Enderson Moreira enaltece atuação contra Salgueiro e defende Moisés após vaias

por Gabriel Rios

Enderson Moreira enaltece atuação contra Salgueiro e defende Moisés após vaias
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

Sem dificuldades, o Bahia venceu o Salgueiro por 3 a 0 neste domingo (24), na Fonte Nova, pela 7ª rodada da Copa do Nordeste. Após a partida, o técnico Enderson Moreira enalteceu a atuação do time e destacou a efetividade nas conclusões das jogadas.

 

“Nossa equipe tem criado muitas oportunidades, confesso que hoje até menos do que contra o Sergipe, mas fomos efetivos. Fizemos um primeiro tempo muito bom e o gol no início ajudou muito. Enaltecer o trabalho de todos. Tivemos um jogo difícil na quinta-feira, uma decisão, então temos que enaltecer o poder de competitividade da nossa equipe. É sempre bom vencer e, claro, dentro de casa tem um gosto especial”, comemorou.

 

O comandante também foi questionado sobre o lance envolvendo o lateral-esquerdo Moisés. Após preferir segurar a bola ao invés de lançar o atacante Fernandão, parte da torcida vaiou o atleta, que respondeu. Enderson minimizou o episódio e disse que as decisões dos jogadores dentro de campo devem ser respeitadas.

 

“É um jogador extremamente dedicado. Às vezes participa do jogo ofensivo e defensivo de maneira muito forte. Transita os dois lados com muita energia. Participa de gols, de tiradas de bola lá atrás, nós confiamos muito nele. Nem sempre o jogador irá tomar a decisão que nós de fora acha que é a melhor. Às vezes um jogador não dá um passe para frente, e eu também na beira do campo falo que era para ter dado. Mas temos que respeitar a decisão do jogador dentro do campo, é ele que treina a semana toda. Se ele, em determinado momento, tomou uma decisão diferente do que a torcida e o treinador quer, temos que respeitar. Claro que isso pode mexer com o atleta. Temos que enaltecer o apoio que o torcedor deu depois do episódio. A nossa chance numa temporada tão difícil é estarmos todos juntos e apoiando. Nossa força vem do torcedor. Essa torcida é fantástica e ela tem reconhecido todo esse trabalho”, salientou.

 

Sempre utilizando o rodízio no elenco, o Bahia enfim parece ter deslanchado. Foram três triunfos convincentes nos últimos três jogos. Enderson voltou a explicar a opção de fazer alterações e salientou que precisa preservar os atletas desgastados com a sequência de jogos do time no ano.

 

“Eu não faço o trabalho para mim. Eu quero ter sempre os melhores atletas com condições, sem rodar elenco, quero é vencer. Toda vez que tomamos essas atitudes sabíamos dos riscos. Mas temos que tomar decisões, o Bahia é o clube que mais jogou. Não é desculpa, é constatação. Tivemos jogadores que não conseguiram se recuperar para esse jogo. Durante o jogo, Arthur Kaíke e Fernandão pediram para sair. Tudo isso nós vamos medindo. Não estou poupando jogador, a questão é que não temos condições de colocar atletas desgastados. Esse trabalho que fizemos foi para o Bahia, assumindo todas as responsabilidades. Foi uma decisão minha, juntamente com a direção. Precisávamos ter um pouco mais de tempo de pré-temporada”, explicou o treinador.

 

Apesar do triunfo, o Bahia segue fora do G-4 do Grupo B. Com isso, o Tricolor de Aço precisará vencer o Sampaio Corrêa, no sábado (30), às 16h, no Castelão, e torcer para que CSA, Náutico ou Ceará não vença. Antes disso, o Esquadrão entra em campo na quarta-feira (27), pelo jogo da volta da semifinal do Campeonato Baiano. Os comandados de Enderson Moreira encaram o Atlético de Alagoinhas, às 21h30, no Carneirão.

'Iremos conversar com Moisés', diz Gilberto após episódio entre atleta e parte da torcida
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

Um dos líderes do grupo, o atacante Gilberto comentou o episódio envolvendo o lateral Moisés e parte da torcida (veja aqui), no triunfo do Bahia por 3 a 0, neste domingo (24), na Fonte Nova, pela 6ª rodada da Copa do Nordeste. O artilheiro do Brasil, que marcou um golaço na partida, afirmou que irá conversar com o camisa 6 do Esquadrão.

 

“Eu não vi [o lance], estava do lado de fora. Torcedor fica chateado, estamos em processo de reconquistar o torcedor. Peço desculpas em nome do grupo. Iremos conversar com o Moisés. Somos os líderes do grupo e a gente tem que amenizar essas situações, pois temos que ter o apoio da nossa torcida”, lamentou o camisa 9 em entrevista ao LiveFC.

 

Com o triunfo, o Esquadrão entrou no G-4 do Grupo B com 12 pontos conquistados. A última rodada acontece no sábado (30). O Tricolor de Aço encara o Sampaio Corrêa, às 16h, no Castelão. 

Domingo, 24 de Março de 2019 - 20:25

Artur destaca gol e assistência contra Salgueiro e comemora: 'Noite especial'

por Gabriel Rios

Artur destaca gol e assistência contra Salgueiro e comemora: 'Noite especial'
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

Autor do primeiro gol do Bahia no triunfo por 3 a 0 sobre o Salgueiro, neste domingo (24), pela Copa do Nordeste, o atacante Artur comemorou duplamente. Além do tento marcado, o camisa 97 do Esquadrão revelou que irá ser papai.

 

“Noite especial, ainda mais sabendo que vou ser papai, fui premiado com um gol e uma assistência. A briga maior é para classificarmos”, comemorou em entrevista à rádio Sociedade.

 

Questionado sobre o episódio envolvendo Moisés e parte da torcida (veja aqui), o atacante amenizou a situação e mirou o confronto de quarta-feira (27), contra o Atlético de Alagoinhas, às 21h30, no Carneirão, pela semifinal do Baianão.

 

“Futebol é feito de momentos. Sabemos que no ano teremos diversidade, mas soubemos reverter e estamos ganhando. Agora é descansar e focar na quarta-feira”, salientou.

 

Pelo Nordestão, o Bahia entrou no G-4 com 12 pontos conquistados. O Esquadrão decide a vaga no sábado (30), às 16h, contra o Sampaio Corrêa, no Castelão, pela última rodada do certame regional.

Domingo, 24 de Março de 2019 - 20:05

Vaiado por parte da torcida, Moisés afirma: 'Alguns torcedores mimados falam demais'

por Gabriel Rios

Vaiado por parte da torcida, Moisés afirma: 'Alguns torcedores mimados falam demais'
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

Apesar do triunfo tranquilo do Bahia por 3 a 0 sobre o Salgueiro, neste domingo (24), na Fonte Nova, pela Copa do Nordeste, o lateral Moisés foi um dos protagonistas da partida, só que negativamente. Logo no início da segunda etapa, o atleta refugou em um passe mais rápido e parte da torcida acabou ficando na bronca. O camisa 6 do Esquadrão virou para a arquibancada e rebateu às vaias. Após o jogo, o jogador explicou a situação.

 

“Às vezes alguns torcedores mimados falam demais. Estou aqui para jogar e respeitar o clube. É o que estou fazendo. Às vezes eles querem um passo à frente e a gente acha melhor não”, falou em entrevista à Rádio Sociedade.

 

Vale destacar que outra parte da torcida começou a aplaudir o lateral tricolor. O atleta também comemorou o resultado positivo do Esquadrão de Aço.

 

“Importante esse triunfo. Fazer o dever de casa. Sabíamos da importância de vencer o jogo, está de parabéns a equipe”, vibrou.

 

Com o resultado, o Bahia entrou no G-4 da competição com 12 pontos. No entanto, a equipe pode perder uma posição caso o CSA vença sua partida. O Esquadrão busca a classificação no próximo sábado (30), às 16h, contra o Sampaio Corrêa, no Castelão.  Antes disso, o Tricolor de Aço pega o Atlético de Alagoinhas, na quarta-feira (27), às 21h30, no Carneirão, pelo jogo da volta da semifinal do Campeonato Baiano. Os comandados de Enderson Moreira podem até perder por dois gols de diferença que avançam à final do certame estadual.

Domingo, 24 de Março de 2019 - 19:57

Veja os gols de Bahia 3 X 0 Salgueiro

Em noite de gol relâmpago e pintura, Bahia vence o Salgueiro na Fonte Nova
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O Bahia dominou o Salgueiro e venceu o clube pernambucano por 3 a 0, neste domingo (24), na Arena Fonte Nova, pela 7ª rodada da Copa do Nordeste. Artur marcou no 1º minuto de jogo, Fernandão ampliou, e Gilberto, com um golaço de cobertura, fechou o placar. Clique aqui e leia a crônica completa da partida na Coluna de Esportes!

Domingo, 24 de Março de 2019 - 19:00

Com tropas, aviões militares russos pousam na Venezuela

por Folhapress

Com tropas, aviões militares russos pousam na Venezuela
Foto: EBC

Em meio a um fortalecimento dos laços entre Caracas e Moscou, dois aviões da Força Aérea russa desembarcaram neste sábado (23) no aeroporto de Maiquetía, nos arredores de Caracas.

As aeronaves estariam levando uma autoridade de defesa russa e quase cem soldados, segundo informações das agências de notícias.

Um dos aviões, com a bandeira russa, estaria sob vigilância da Guarda Nacional.

Um site de rastreamento de voos mostrou que as aeronaves partiram de um aeroporto militar russo para Caracas na sexta (22). Um deles já teria partido de Caracas neste domingo (24).

Acredita-se que estavam a bordo o general Vasily Tonkoshkurov, diretor do alto comando das Forças Armadas russas, além de uma carga de cerca de 35 toneladas de equipamentos pertencentes aos militares.

Não está claro, ainda, o motivo da chegada dos aviões no país. O desembarque ocorre três meses depois de as duas nações realizarem exercícios militares em solo venezuelano, acontecimento classificado por Washington como invasão russa na região.

Contatadas pela agência France Presse, nem as autoridades venezuelanas nem a embaixada da Rússia em Caracas se manifestaram.

Rússia e China, principais credores da dívida externa da Venezuela, foram dois dos maiores aliados do governo do ditador Nicolas Maduro em meio à crescente pressão internacional para que ele abandone o poder.

Os Estados Unidos impuseram sanções financeiras contra a Venezuela e sua estatal petrolífera PDVSA. No próximo dia 28 de abril, um embargo de Washington às exportações venezuelanas de petróleo entrará em vigor.

A administração de Donald Trump é um dos 50 governos que reconhecem o líder da oposição, Juan Guaidó, chefe do Parlamento, como presidente da Venezuela.

A colaboração militar entre Caracas e Moscou foi fortalecida desde o início do chavismo, com a compra de equipamentos e armas militares.

Polícia investiga fraude em concurso com mais de 50 mil inscritos no DF
Foto: Reprodução / G1

Candidatos de um concurso público do Distrito Federal registraram boletim de ocorrência em uma delegacia neste domingo (24) pedindo a anulação das provas. Os inscritos alegam que houve diversos problemas na organização do certame que levaram a confusão e protestos nos locais de prova.

 

De acordo com informações do G1, diversos candidatos abandonaram as salas durante a manhã. O início da prova, aplicada pelo Instituto Brasil de Educação (Ibrae), deveria acontecer às 8h. No entanto, parte dos inscritos não tinham recebido as questões às 9h30.

 

O concurso público da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh) do Distrito Federal tinha mais de 50 mil inscritos. Parte deles chegou a exibir a prova pelas janela de um prédio.

Domingo, 24 de Março de 2019 - 18:20

Apesar de resistência na Câmara, Semur confia que vereadores vão aprovar conselho LGBT

por Guilherme Ferreira

Apesar de resistência na Câmara, Semur confia que vereadores vão aprovar conselho LGBT
Foto: Antonio Queirós / Divulgação

A titular da Secretaria Municipal da Reparação, Ivete Sacramento, confia que a Câmara vai aprovar a criação de um conselho em defesa da população LGBT na estrutura da prefeitura de Salvador. A proposta encontra resistência em parte dos vereadores, mas a secretária confia que eles vão compreender a "extensão" do projeto.

 

A criação do conselho faz parte de um conjunto de mudanças na estrutura organizacional da prefeitura de Salvador, que encaminhou o projeto de lei à Câmara há pouco menos de duas semanas. Segundo Sacramento, já existem planos para a criação do órgão desde 2016.

 

"A Câmara de Vereadores de Salvador é uma Câmara qualificada e com certeza vai debater e entender que essa não é uma invenção nossa. A política LGBT é uma convenção internacional", comentou a secretária em entrevista ao Bahia Notícias. "A gente tem que separar religião de cidadania", alertou. No próximo dia 2 de abril, ela deve ir ao Legislativo para falar presenciamente sobre a proposta aos vereadores (veja mais).

 

Atualmente, o projeto está na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. Uma frente parlamentar formada por vereadores ligados a religiões cristãs já encaminhou ao colegiado uma proposta de emenda para excluir do texto a criação do conselho LGBT. O grupo alega que a proposta não deveria fazer parte de uma matéria que trata da estrutura organizacional da prefeitura (veja mais).

 

A ex-vereadora de Salvador, Leo Kret, criticou a ideia da frente parlamentar. Segundo ela, a emenda apenas estimula a violência. "Os vereadores deveriam seguir as questões legais e constitucionais, especialmente a que trata que o Estado é laico. Poderiam apresentar proposta de proteção a pessoas que sofrem violência e não estimular violência contra o segmento LGBTQI+", comentou ao Bahia Notícias.

 

Sacramento explicou que a Semur surgiu com a finalidade de atender a questões raciais da cidade e a defesa de pautas da população LGBT representa um "segundo eixo" de trabalho da secretaria. "Para essa estrutura da secretaria, precisaria de um órgão de controle de supervisão, de formulação das políticas, que é o conselho", justificou.

CEO da Unicasa, Frank Zietolie morre após acidente aéreo no Rio Grande do Sul
Foto: Reprodução / Brazil Journal

O empresário Frank Zietolie morreu na tarde deste sábado (23) após um acidente aéreo na cidade de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul. Segundo informações da GaúchaZH, o CEO da Unicasa pilotava uma aeronave quando perdeu altitude e bateu contra um condomínio em construção.

 

De acordo com o diretor técnico do Aeroclube de Bento Gonçalves, Luciano Gasperin, o acidente aconteceu cinco minutos após a aeronave decolar. "Era voo de treinamento normal. Decolou normalmente do aeroclube. Era uma aeronave particular. A gente não sabe bem o que aconteceu. Ele perdeu altitude", comentou. Zietolie tinha 48 anos, era casado e pai de três filhas.

Ciclone ganha velocidade e se aproxima da Bahia; efeitos podem ser sentidos até terça
Foto: Reprodução / Correio

O ciclone que se aproxima do litoral sul do estado da Bahia e do Espírito Santo pode chegar à costa com ventos de até 61 km/h. Os efeitos da tempestade tropical podem ser sentidos até a próxima terça-feira (26) (veja mais).

 

Neste sábado (23), o ciclone ainda era uma depressão tropical. No entanto, os ventos ganharam velocidade e ele passou a ser classificado como tempestade tropical. Ela foi batizada de Iba, que significa “ruim” em tupi-guarani.

 

As informações foram divulgadas neste domingo em um aviso emitido pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/Inpe), em colaboração com o Centro de Hidrografia da Marinha (CHM) e com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

 

"São esperados ventos fortes nas proximidades do litoral sul do estado da Bahia e do Espírito Santo, podendo atingir 87 km/h (47 nós) em alto-mar, no setor Leste do ciclone, e 61 km/h (33 nós) junto à costa, durante todo o período de atuação do ciclone", relata o texto.

 

Segundo os institutos meteorológicos, também há a expectativa de mar grosso a muito grosso, com alturas de ondas entre 3,0 e 5,0 metros em alto-mar. Além disso, existe a possibilidade de de ocorrência de ressaca atingindo a costa entre Vitória, no Espírito Santo, e Caravelas, na Bahia, com ondas de até 2,5 metros, até a noite de segunda (25).

Anatel inicia bloqueio de celulares irregulares na Bahia e em mais 14 estados
Foto: Marcos Santos / USP Imagens

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deu início neste domingo (24) ao bloqueio de telefones celulares sem certificação junto ao órgão. A medida começou a ser aplicada na Bahia e em outros 14 estados.

 

Vão deixar de funcionar os aparelhos que não têm o selo de certificação da Anatel, que garante a compatibilidade com as redes de telefonia no Brasil. A agência enviou 531 mil mensagens de aviso de desligamento a celulares irregulares.

 

O selo de certificação da Anatel é colado atrás da bateria do aparelho ou no manual do telefone. Segundo a agência, “o celular sem certificação não passou pelos testes necessários” e “pode aquecer, dar choques elétricos, emitir radiação, explodir e causar incêndio”.

Idoso de 63 anos é capturado com carabina e revólver em Chorrochó
Foto: Divulgação / SSP-BA

Um idoso de 63 anos foi preso em flagrante na cidade de Chorrochó com uma carabina e um revólver. João Lopes da Conceição, foi detido enquanto policiais faziam patrulhamento rural na localidade de Tabuleiro.

 

Guarnições da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Caatinga encontraram as armas dentro da casa do idoso. O caso foi registrado na Delegacia Territorial de Paulo Afonso. 

Domingo, 24 de Março de 2019 - 17:00

Refutada por Bretas, atuação eleitoral de amigo de Temer foi destacada pela Lava Jato

por Ana Luiza Albuquerque | Folhapress

Refutada por Bretas, atuação eleitoral de amigo de Temer foi destacada pela Lava Jato
Foto: Beto Barata/PR

Na ordem de prisão do ex-presidente Michel Temer, expedida no dia 19 de março, o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, fez questão de defender a competência da Justiça Federal para tratar do caso. Segundo ele, não há elementos que indiquem a existência de crimes eleitorais, o que afastaria a hipótese de que a Justiça Eleitoral deveria ser responsável por julgar os envolvidos.

O ex-presidente é acusado de ter chefiado por 40 anos uma organização criminosa com o objetivo de obter vantagens indevidas sobre contratos públicos. O coronel João Baptista Lima, por sua vez, atuaria como seu operador financeiro, recolhendo a propina por meio de suas empresas.

O objeto da investigação que levou às prisões da última quinta (21) é um contrato firmado pela Eletronuclear para a construção da usina de Angra 3. Segundo a força-tarefa, Temer recebeu propina da Engevix, subcontratada para a obra.

A decisão de Bretas foi assinada cinco dias após o Supremo Tribunal Federal (STF) definir que processos que envolvem caixa dois associado a delitos como corrupção e lavagem de dinheiro são de competência da Justiça Eleitoral.

Ainda que Bretas sustente que não há indícios de que Lima tenha arrecadado recursos eleitorais, a força-tarefa da Lava Jato ressaltou, na representação que pediu a prisão do ex-presidente, um depoimento que sugere o contrário. Em meio às 383 páginas da peça, a fala pode passar despercebida.

A força-tarefa destaca em negrito que o executivo Gonçalo Torrealba, sócio do grupo Libra e alvo da Operação Skala, disse em depoimento à Polícia Federal que Lima se apresentou a ele como coordenador da campanha de Michel Temer, então candidato a deputado federal, e que solicitou sua colaboração financeira naquelas eleições.

O Ministério Público Federal dedicou um tópico de três páginas para discorrer sobre a atuação do coronel João Baptista Lima como coordenador de campanhas eleitorais do emedebista. O tópico faz parte de um contexto maior de fundamentação, por parte dos procuradores, de que Lima e Temer tinham uma relação bastante próxima.

A fala de Torrealba é ignorada por Bretas, que incluiu em sua decisão que Temer já havia negado qualquer auxílio do coronel na arrecadação de recursos para campanhas eleitorais. "O senhor João Batista me auxiliou em campanhas eleitorais, mas nunca atuou como arrecadador de recursos", disse o ex-presidente à polícia, por escrito, em janeiro de 2018.

O magistrado também defendeu que deve haver elementos sólidos que provem a existência de crimes eleitorais, "e não simples alegações de interessados em uma determinada decisão", para que os autos sejam remetidos à Justiça Eleitoral.

O ex-ministro Moreira Franco, preso sob suspeita de integrar a suposta organização criminosa indicada pela Procuradoria, entrou com um pedido de soltura no STF. Seus advogados alegaram que a ordem de prisão de Bretas deveria ser suspensa, e a investigação, remetida para a Justiça Eleitoral.

O ministro Marco Aurélio Mello decidiu que não apreciaria o pedido, porque a eventual admissão do habeas corpus representaria uma queima de etapas. Na próxima quarta-feira (27), o Tribunal Regional Federal da 2ª Região decidirá se acolhe os pedidos de soltura dos envolvidos, entre eles o de Temer.

MP pede bloqueio de R$ 3 bilhões da Vale após ameaça em barragem de Barão de Cocais
Foto: Reprodução / TV Globo

O Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG) pediu à Justiça o bloqueio de até R$ 3 bilhões da Vale para cobrir eventuais reparações para a população da cidade de Barão dos Cocais. Uma barragem da mineradora entrou em alerta máximo para o risco de rompimento na noite desta sexta-feira (22) (veja mais).

 

O pedido de bloqueio de valores faz parte de uma série de medidas consideradas urgentes pelo MP-MG em quatro eixos: assistência e segurança dos moradores de área que pode ser atingida em caso de colapso com a Barragem Sul Superior; garantia de recursos em caso de necessidade de reparação; segurança de toda a estrutura do complexo minerário e prestação de informações pela mineradora em curto prazo e de forma periódica.

 

De acordo com o Ministério Público, decisões judiciais já bloquearam R$ 11 bilhões da Vale após a tragédia de Brumadinho, em janeiro. No caso de Barão de Cocais, já há um bloqueio no valor de R$ 50 milhões.

Atriz Cláudia Rodrigues é levada do Rio de Janeiro para hospital em São Paulo
Foto: Reprodução / Instagram

A atriz Claudia Rodrigues, de 47 anos, foi transferida na noite deste sábado (23) para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Ela estava internada desde a última quarta-feira (20) no Centro de Terapia Intensiva (CTI) da Clínica São Vicente, no Rio de Janeiro (veja mais).

 

De acordo com a assessoria do Albert Einstein, o estado de saúde dela não será divulgado "em respeito ao silêncio da família". Cláudia Rodrigues foi diagnosticada em 2000 com esclerose múltipla, doença autoimune que atinge o sistema nervoso central. ela interrompeu a carreira profissional em 2013.

 

Pouco antes de ser internada, a atriz esteve em Salvador, onde participou um congresso que abordava o uso medicinal do canabidiol, substância que tem propriedades importantes para o tratamento de quem possui esclerose. Durante sua passagem pela cidade, ela encontrou a cantora Ivete Sangalo (veja mais)

Domingo, 24 de Março de 2019 - 16:00

Acidente com viatura deixa três policiais feridos na BR-324

Acidente com viatura deixa três policiais feridos na BR-324
Foto: Divulgação

Uma viatura da Polícia Militar que seguia para a cidade de Santo Antônio de Jesus sofreu um acidente neste domingo (24) enquanto passava pela BR-324. O veículo aquaplanou na pista e capotou, deixando três policiais feridos.

 

De acordo com informações da Polícia Militar, chovia no momento do acidente. Os policias viajavam para participar de uma operação com o Inema. Após o acidente, eles entraram em contato com a Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa), que prestou auxílio aos feridos.

 

Um dos policiais foi encaminhado para o Hospital do Subúrbio, outro foi para o Hospital da Bahia e o terceiro seguiu para o Hospital Ouro Negro. O material da viatura acidentada foi recolhido do local.

Número de mortes por ciclone que atingiu Moçambique, Zimbábue e Malaui chega a 761
Foto: Reprodução / Twitter

O número de mortos pela passagem do ciclone Idai subiu para 761. A tempestade atingiu Moçambique, Zimbábue e Malaui, deixando milhares de pessoas desabrigadas. Autoridades temem o surgimento de epidemias de doenças que podem ser transmitidas pela água, como cólera e malária.

 

Entre o total de vítimas, 446 são de Moçambique, segundo o ministro de meio ambiente do país, Celso Correia. Ele estima ainda que 531 mil pessoas foram afetadas pelo ciclone no país. Outros 259 mortes foram registradas no Zimbábue e 56 no Malaui.

 

"O balanço pode subir porque algumas regiões estavam isoladas até agora e começam a ficar acessíveis", apontou o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA).

 

O ciclone atingiu a cidade da Beira, segunda maior de Moçambique, com ventos de até 170 km/h na semana passada. Em seguida, a tempestade seguiu para o interior do continente africano, passando pelo Zimbábue e Malaui.

Justiça homologa delação de Fernando Cavendish e ex-diretores da Delta
Foto: Reprodução / GloboNews

A Justiça homologou a delação premiada do empresário Fernando Cavendish e de mais sete ex-diretores da empreiteira Delta. De acordo com informações do jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o processo de homologação durou três anos.

 

Dono da Delta, Cavendish foi preso em julho de 2016. A empresa é acusada de abastecer com propina as campanhas eleitorais de políticos do Rio de Janeiro. Segundo Lauro Jardim, a delação dele e dos outros executivos pode ajudar nas investigações contra o ex-governador Sérgio Cabral.

Domingo, 24 de Março de 2019 - 15:00

Reforma do governo Bolsonaro tira 'proteção à gestante' das regras previdenciárias

por Cristiane Gercina, Clayton Castelani e William Castanho | Folhapress

Reforma do governo Bolsonaro tira 'proteção à gestante' das regras previdenciárias
Foto: Ana Nascimento / MDS / Portal Brasil

A reforma da Previdência do governo Jair Bolsonaro (PSL) retira da Constituição trecho que garante proteção à maternidade e à gestante nas regras previdenciárias.

Hoje, o inciso II do artigo 201 da Constituição, que trata das normas aplicadas ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), estabelece "proteção à maternidade, especialmente à gestante".

Na Proposta de Emenda à Constituição (PEC), o trecho é modificado e garante apenas o salário-maternidade como um dos direitos previdenciários.

Parte de especialistas em direito constitucional e previdenciário ouvidos pela Folha vê com preocupação a mudança. Há quem discorde do fim de proteção, porque o novo inciso garantiria a assistência às mulheres.

"Maternidade e gestante deixam de ser fatores geradores para a hipótese de cobertura previdenciária. No lugar, entra um benefício definido", critica Érica Barcha Correia, doutora em direito social pela PUC-SP e professora universitária.

Para ela, o texto pode dificultar a ampliação da concessão administrativa de benefícios do INSS no futuro. "A intenção também é acabar com discussões judiciais, limitar a judicialização", diz.

A opinião da professora é compartilhada pelo advogado Roberto de Carvalho Santos, presidente do Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários). "Quando há na Constituição uma proteção à gestante, há uma abertura maior [a direitos]", afirma.

Ele cita decisões judiciais que têm concedido ampliação da licença-maternidade quando há o nascimento de um bebê prematuro. Por lei, o prazo é de 120 dias.

"Na minha opinião, o objetivo da PEC é, cada vez mais, tentar evitar que o Judiciário venha estabelecer ou conceder benefícios além daquilo que está taxativamente previsto na lei", diz Santos.

Uma decisão da 17ª Vara Federal de Porto Alegre, por exemplo, garante que todas as seguradas do país com gravidez de risco recebam o auxílio-doença, mesmo que não tenham contribuído por 12 meses ao INSS.

"A Constituição Federal previu, no capítulo destinado à Previdência Social, a proteção à maternidade, especialmente à gestante, como um dos pilares a serem respeitados pelo legislador e pelos aplicadores da lei", escreveu o juiz Bruno Risch Fagundes de Oliveira na decisão.

A ação civil pública foi ajuizada pela Defensoria Pública da União. O INSS recorre.

Para o professor de direito constitucional da FGV Direito SP Roberto Dias, a mudança para as gestantes representa um retrocesso.

"O Brasil está vinculado a tratados internacionais, entre eles o Pacto de San José da Costa Risca [Convenção Americana de Direitos Humanos], que apontam que os direitos humanos sejam implementados de forma progressiva", afirma Dias.

Em nota, a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho afirma que "a mudança não retira nenhum direito da gestante, apenas especifica que a proteção a ser oferecida pela Previdência Social é o salário-maternidade".

"A seguridade social continuará ofertando outros serviços e programas de proteção à maternidade por meio da assistência social, conforme previsto expressamente no inciso I do artigo 203", diz.

O trecho citado da Constituição afirma que a assistência social é prestada a quem necessitar e tem por objetivos: "A proteção à família, à maternidade, à infância, à adolescência e à velhice".

Na opinião da advogada Adriane Bramante, presidente do IBDP (Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário), não haverá prejuízo à gestante porque a garantia previdenciária de afastamento na gestação em caso de doença ou incapacidade ainda consta do inciso I do próprio artigo 201 da PEC.

"Quando se olha a gestante, qual seria o benefício previdenciário que a protegeria? Seria a incapacidade temporária ou permanente, que está no inciso I", afirma Bramante.

"Então, se a gestante tem algum problema de saúde durante a gestação, ela teria direito ao benefício por incapacidade. Não vejo como um prejuízo nesse sentido", diz.

Tonia Galleti, do Sindnapi (Sindicato Nacional dos Aposentados), diz acreditar que a mudança, na prática, possa fazer com que a proteção seja ampliada, garantindo direitos a homens cujas mulheres morrem e, até mesmo, a casais homossexuais.

Ela diz que a PEC está desconstitucionalizando boa parte da proteção social, mas a mudança do termo proteção à gestante para salário-maternidade garante o pagamento desse benefício.

"É até mais abrangente que especialmente à gestante, porque hoje não se protege apenas com salário-maternidade a mulher, mas também o homem em caso de morte da mulher", diz ela.

Ondina foi o bairro mais atingido pelas chuvas nas últimas 72 horas, aponta Codesal
Foto: Leitor BN / Whatsapp

Um boletim divulgado pela Defesa Civil de Salvador (Codesal) no fim da manhã deste domingo (24) aponta que o bairro de Ondina foi o mais atingido pelas chuvas desde 12h de quinta-feira (21). Nas últimas 72 horas, caiu o equivalente a 149 mm de chuva no local.

 

O total acumulado corresponde a 98,3% do total esperado para o mês, que é de 151,6 mm. De acordo com informações da Codesal, a chuva que vem atingindo a cidade nos últimos dias é provocada por "instabilidades causadas pela formação de uma Zona de Convergência de Umidade sobre a capital baiana".

 

Veja abaixo os bairros mais atingidos pela chuva nas últimas 72 horas:

 

Ondina: 149 mm

Federação: 134,7 mm

Cabula: 83,5 mm

Pernambués: 77,4 mm

Cosme de Farias: 62,9 mm

Campina de Pirajá: 55,2 mm

Bom Juá/Marotinho: 53,6 mm

Pituaçu: 50,4 mm

CAB: 50,2 mm

Baixa de Santa Rita: 49,6 mm

FBDA anuncia homenagem a nadador que morreu durante Campeonato em Salvador
Nadador morreu em competição de Maratonas Aquáticas | Foto: Fábio Marconi

Durante a realização da 2ª Etapa do Campeonato Baiano de Maratonas Aquáticas (veja aqui), a Federação Baiana de Desportos Aquáticos (FBDA) anunciou que irá homenagear Walter Stamford Jr, que dará nome à 8ª etapa da competição da modalidade. 

 

O nadador morreu durante a disputa da 1ª etapa do Campeonato de Maratonas Aquáticas em Salvador, no último dia 17 de fevereiro (relembre aqui). 

 

A entidade ainda não deu maiores informações sobre o evento. 

Após desgaste entre Maia e Bolsonaro, líder do governo diz que clima vai 'arrefecer'
Foto: Michel Jesus / Câmara dos Deputados

O líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), afirmou neste domingo (24) que o clima entre Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia deve "arrefecer". Os dois tiveram um desgaste nos últimos dias por conta de declarações relacionadas à tramitação da reforma da Previdência.

 

"O clima vai arrefecer agora. Existe disposição, a gente vê disposição dos dois poderes aí de aproximar. A semana passada foi uma semana muito tensa e agora a gente vai caminhar pra uma aproximação", disse Vitor Hugo, de acordo com o G1.

 

O líder do governo se encontrou com Bolsonaro neste domingo na residência oficial do Palácio da Alvorada, em Brasília. Segundo o deputado, o tratou da articulação política. "Sobre a próxima semana agora, como retomar os trabalhos para aprovação da nova Previdência, a questão dos votos na CCJ", afirmou.

Filha de acusado de morte do jogador Daniel Freitas, Allana Brittes tem HC negado pelo STJ
Foto: Reprodução / RPC TV

Allana Brittes, filha de Edison Brittes, acusado de matar do jogador Daniel Corrêa Freitas, teve o pedido de habeas corpus negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) na última sexta-feira (22). O pedido enviado pelos advogados de Allana foi analisado pelo ministro Sebastião Reis Júnior.

 

De acordo com o portal G1, o ministro indeferiu a liminar ao entender que não existe "constrangimento ilegal” e complementou ao citar a decisão que culminou na prisão de Allana, que na época influenciou testemunhas-chave no caso, induzindo elas a darem "uma versão diversa dos fatos a ser apresentada caso fossem chamadas para prestar esclarecimentos".

 

Presa na Penitenciária Estadual de Piraquara, no Paraná, Allana foi destacada como responsável por sempre fazer o primeiro contato com as testemunhas, segundo o que também consta na decisão. A mãe da ré, Cristiana Brittes também está presa no mesmo local. 

 

Allana Brittes está atrás das grades desde o dia 1º de novembro de 2018 e segundo o portal Consultor Jurídico, ela responde presa por fraude processual, corrupção de menores e coação no curso do processo que cuida do caso do jogador que foi assassinado em outubro de 2018 (relembre aqui). 

Domingo, 24 de Março de 2019 - 13:20

Com risco em barragem, Barão de Cocais, em Minas, terá treinamento para fuga

por Fernanda Canofre | Folhapress

Com risco em barragem, Barão de Cocais, em Minas, terá treinamento para fuga
Foto: Reprodução / TV Globo

A partir de segunda-feira (25), parte da população de Barão de Cocais (a 100 km de Belo Horizonte) irá passar por um simulado de evacuação de emergência para caso de rompimento de uma barragem na mina Gongo Soco, da Vale. A estrutura teve o nível de alerta elevado para 3 nesta sexta, o que significa ruptura iminente ou já ocorrendo. 

De acordo com a Defesa Civil, na zona de segurança secundária (ZSS), onde a inundação chegaria em 1 hora e 12 minutos, há 3 mil residências e cerca de 9 mil pessoas. O cálculo é feito em cima da estimativa de que cada casa tenha 3 moradores. O município tem população de 32.319, segundo o IBGE. 

"Toda uma estrutura de polícia militar foi instalada na cidade para fazer esse socorro, caso seja necessário. Neste momento, as equipes estão melhorando, qualificando o plano de contingência, para que toda a população de Barão de Cocais saiba, numa eventual evacuação, para qual local ela deve correr", explica o tenente-coronel Flávio Godinho, da Defesa Civil de Minas Gerais. 

O plano para a evacuação, diz ele, já existe. Porém, a Defesa Civil, junto ao Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e a prefeitura de Barão de Cocais, ainda discute pontos onde ele pode ser aperfeiçoado. A ideia é que isso seja definido durante o fim de semana, para que o treinamento com a população comece na segunda.

No dia 8 de fevereiro, foram retiradas 454 pessoas que vivem na zona de autossalvamento (ZAS), como é chamada a primeira área a ser atingida em caso de rompimento -situada até 10 km da barragem, onde a lama chegaria em 30 minutos. 

Desde então, pontos de bloqueio impedem o acesso ao local. Segundo a Vale, 442 pessoas da região ainda estão em moradias provisórias, hotéis, pousadas ou casa de amigos e parentes, por causa da situação. 

A barragem que apresenta risco, a Sul Superior, é uma das estruturas com construção a montante que fará parte do plano de descomissionamento/descaracterização anunciado pela Vale. Um registro da Agência Nacional de Mineração (ANM) diz que ela tem 85 m de altura e volume de 6,01 milhões de metros cúbicos. 

O tenente coronel afirma que, mesmo que o rompimento aconteça antes do treinamento, as pessoas ainda poderão ser retiradas a tempo. O plano que está sendo trabalhado serviria para fazer isso de forma mais organizada, dando tempo hábil para que possam ser retirados documentos e outros pertences que os moradores consideram importantes. 

Áreas próximas ao leito do rio Santa Bárbara foram dividas em quadrantes, com sete pontos de encontro, para onde os moradores devem proceder em casa de emergência. Godinho afirma que, caso isso tivesse sido feito em Brumadinho, não haveria hoje 212 mortos e 93 desaparecidos. 

"Pelos cálculos, pela expertise que a gente já tem, a gente consegue fazer isso com segurança. O plano é para que isso aconteça de forma muito mais coordenada do que se fosse necessário fazer agora", diz ele. 

No início da tarde, foi realizada uma reunião com a comunidade para explicar o que está sendo feito e esclarecer sobre a situação. 

Em nota, a Vale diz que resolveu elevar a nível de alerta para 3 como prevenção, depois que auditoria independente constatou divergências de dados nos dois sistemas de monitoramento da barragem na quarta-feira (20). 

A mineradora ressalta que "continua adotando uma série de medidas preventivas para aumentar a condição de segurança de suas barragens". Um posto de informações será instalado na Secretaria Municipal de Educação de Barão de Cocais para atender a população local.

Por ano, brasileiro joga no lixo mais de 40 quilos de alimentos
Foto: Couleur / Pixabay

Os itens que compõem um dos mais tradicionais pratos nacionais, o arroz e feijão, estão entre os alimentos que são mais desperdiçados no país. Somado a todo e qualquer tipo de alimento, o brasileiro joga fora por ano cerca de 41,6 quilos em média de comida no lixo.

 

De acordo com o portal Extra, segundo a pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas em parceria com a Embrapa, MindMiners e o programa Sem Desperdício da União Europeia, o arroz e o feijão representam juntos 38% do volume. Em seguida aparecem as carnes bovina e de frango com 35%, leite e derivados com 4% e hortaliças e frutas também com 4%. Além dos itens anteriores, a pesquisa contabilizou massas, grãos e peixes. 

 

O levantamento foi feito com brasileiros de todas as regiões do país de diferentes idades e classes sociais. No total, entre questionários presenciais e online, foram entrevistados cerca de 1764 pessoas. 

 

Para Rodrigo Patah, analista de marketing da MindMiners, o fato do Brasil estar entre os 10 países que mais desperdiçam comida no mundo é justificado pelo comportamento cultural. Ele confirma sua tese ao afirmar que o brasileiro tem o costume de comprar sempre mais do que deveria em nome da fartura. 

Codesal registra oito deslizamentos de terra e dois desabamentos parciais neste domingo
Foto: Rafahel Brito / Leitor BN

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) registrou oito deslizamentos de terra, dois desabamentos parciais, dois desabamentos de muro, uma árvore caída e outra com ameaça de queda, três alagamentos de imóveis, cinco ameaças de desabamento e três ameaças de deslizamento neste domingo (24).

No total, foram registradas 35 ocorrências ligadas à chuva da meia-noite até as 10h.

Domingo, 24 de Março de 2019 - 12:20

Alckmin ressurge como professor com 'aulas-discurso' em universidade de SP

por Joelmir Tavares | Folhapress

Alckmin ressurge como professor com 'aulas-discurso' em universidade de SP
Foto: Agência Brasil

A função pode até ser nova, mas é o Geraldo Alckmin de sempre quem dá as caras nas salas de aula de uma faculdade de São Paulo desde o início deste ano.

Derrotado na eleição presidencial de 2018 (terminou em quarto lugar, com 4,76% dos votos válidos), o ex-governador de São Paulo e presidente nacional do PSDB virou, aos 66 anos, professor da Uninove, universidade privada que tem 170 mil alunos no estado.

Em duas aulas dele acompanhadas pela reportagem, foi tudo bem ex-pli-ca-di-nho, à moda dos discursos pausados que o tucano, médico de formação, fazia durante as quatro vezes em que foi governador.

Alckmin iniciou o ano indo aos campi da Uninove que oferecem o curso de medicina para proferir aulas magnas que se parecem com palestras: ele entra, fala, os calouros escutam e no fim fazem fila para tirar selfies. Não há momento para tirarem dúvidas.

Na unidade de Osasco, numa sexta-feira de fevereiro, 150 aspirantes a médico lotaram um auditório para ouvir o roteiro que o ex-governador tem repetido no giro pelo estado -antes ele havia passado pelos campi de Bauru, Mauá e São Bernardo do Campo.

Começou indicando o livro "O Físico - A Epopeia de um Médico Medieval", ficção do escritor americano Noah Gordon que combina drama e aventura em uma narrativa sobre a medicina no século 11. "É fascinante", valorizou.

A aula é uma introdução a conceitos primários da profissão e da área na qual Alckmin é especialista, a anestesiologia. Ele passa por temas como a evolução da ciência, a importância de ouvir o paciente e discussões mais modernas, como consultas e tratamentos feitos a distância (a chamada telemedicina).

Durante as explicações, tem a mania de fazer pausas em tom de interrogação, como quem espera uma resposta.

"Dizia-se que o Egito era um lugar muito saudável, porque tinha clima seco e avanços na área da...? Saúde", explanou, diante de jovens atentos e imóveis. "O médico da medicina indiana tinha que dominar horticultura. Tinha que saber plantar para poder ter acesso às...? Ervas", prosseguiu.

O conteúdo avançou por lições como a de que a pasteurização mata micróbios, que o sistema nervoso é responsável pela sensação de dor e que a hemodiálise filtra o sangue.

"A nossa atividade é essencialmente humana. Acorda e dorme cuidando de reduzir o sofrimento e curar as pessoas", filosofou no fim da aula.

A Uninove fala que o papel do tucano, "com seu notório saber e especialização", é o de inspirar os estudantes.

"Ele compartilha toda a experiência de vida e de gestão pública que possui", afirma Cristiano Gomes, um dos diretores do curso de medicina. Ele também é suplente de vereador do PSDB em São Caetano do Sul, mas afirma que, no partido, nunca teve relação com o agora colega de trabalho.

O plano é que Alckmin retorne para outras participações do tipo ao longo do semestre, à medida que for requisitado. Ele não será titular de uma disciplina específica.

A universidade diz que o tucano está contratado como professor desde novembro e não revela o valor de seu salário. A única informação sobre a remuneração é que ela segue os padrões de mercado.

Alckmin também vai trabalhar em um programa de mestrado da instituição cuja temática é cidades inteligentes e sustentáveis. Será curador de uma série de seminários da grade curricular sobre planejamento urbano e inovações.

Não é sua primeira vez na função, já que ele foi professor de cursinho quando era universitário. "Eu dava aula de química orgânica, a quí-mi-ca do car-bo-no", relembrou.

A função de "inspirador" leva o ex-governador a ser tratado com deferência pelos corredores, embora ele dispense mordomias nas idas ao novo local de trabalho -geralmente está na companhia de um assessor e de um motorista.

Mantém o hábito de procurar um cafezinho ao fim de cada aula, à maneira do que fazia após os compromissos no governo e nos atos de campanha.

Outro costume que o acompanha na fase acadêmica é o de contar casos que remetem às raízes caipiras de sua Pindamonhangaba natal. Alckmin desfia as anedotas tanto para alunos quanto para colegas nas rodinhas do café -e chega a se divertir com as piadas mais do que os ouvintes.

Uma que ele gosta de reproduzir com tom teatral e gestos fartos: a de um homem que sempre ia ao bar tomar três pingas, justificando ser a primeira para ele próprio, a segunda para o irmão mais velho e a terceira para o caçula.

Um dia o dito-cujo chega e pede só dois copos, ao que o dono do botequim o interpela. O bebum então responde: "Sabe o que é? É que eu parei de beber!". Nessa hora o ex-governador abandona a formalidade e dá gargalhadas.

A segunda aula vista pela reportagem foi no prédio da Uninove na Liberdade (região central da capital), na semana seguinte. O tucano falou para uma plateia mista, de quase 500 pessoas, com calouros de medicina e de odontologia.

O conteúdo pouco se alterou em relação à palestra anterior, a não ser por breves referências à carreira dos dentistas. Encaixou uma menção a câncer bucal e afirmou que um profissional da odontologia foi quem introduziu a anestesia no dia a dia da saúde.

"Quando a gente escolhe uma profissão, acaba também, entre aspas, se casando com ela", falou no início, do mesmo jeito que fez em Osasco. A duração das aulas também se assemelhou: 54 minutos em uma e 58 na outra.

Domingo, 24 de Março de 2019 - 12:00

Mesmo com ciclone no mar, Defesa Civil alerta para possível ressaca nas cidades do sul

por Lucas Arraz / João Brandão

Mesmo com ciclone no mar, Defesa Civil alerta para possível ressaca nas cidades do sul
Foto: Divulgação

Mesmo com o ciclone tropical instalado em alto mar, a 150 metros de distância da costa de Porto Seguro, o superintendente da Defesa Civil da Bahia, Paulo Luz, disse que pode ter efeitos, como ressaca, nas cidades do sul baiano.

“Tem vento mais forte, soprando em direção ao mar, mas tem vento em direção à terra. Esse vendaval acaba com queda de árvores, destelhamento de casas, atinge rede elétrica, faltando energia nas cidades. Também tem risco muito alto para qualquer embarcação que esteja navegando no período até segunda-feira (25). Os meteorologistas chamam atenção para o vendaval que provoca uma espécie de ressaca. Seria uma situação muito preocupante”, afirmou Luz.

Ainda de acordo com ele, as cidades do sul da Bahia, como Belmonte, Porto Seguro e Mucuri já sofrem com a erosão marinha. “Mesmo sem ciclone, o mar já tem avançado em muitas ruas dessa cidade”, disse ele.

Domingo, 24 de Março de 2019 - 11:40

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 6 milhões na quarta-feira

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 6 milhões na quarta-feira
Foto: Agência Brasil

O concurso 2136 de Mega-Sena acumulou. Nenhum apostador acertou as seis dezenas, durante sorteio neste sábado (23), na cidade de Cravinhos, no estado de São Paulo.

Os números sorteados foram: 01, 08, 11, 22, 30, 55. A quina (5 números) teve 63 ganhadores, cabendo a cada um deles R$ 25.942,87. E a quadra (4 números) contemplou 4.209 apostadores. Cada um ficou com R$ 554,72.

O próximo sorteio será na próxima quarta-feira, (27), poderá pagar R$ 6 milhões.

Histórico de Conteúdo