Quinta, 12 de Setembro de 2019 - 11:45

Viver Bem: Os cuidados no consumo e armazenamento das carnes

Viver Bem: Os cuidados no consumo e armazenamento das carnes
A gastronomia baiana é variada e nos últimos dias um prato peculiar foi notícia em veículos locais e nacionais. O “churrasco de baleia”, receita inspirada após o encalhe do animal em uma praia do subúrbio ferroviário, acendeu a preocupação sobre como as pessoas consomem e armazenam alimentos de origem animal.

Leia mais

Quinta, 05 de Setembro de 2019 - 16:10

Viver Bem: Como identificar e prevenir a depressão?

Viver Bem: Como identificar e prevenir a depressão?
Empresas dos setores público e privado pintam, iluminam ou estampam as fachadas dos prédios em amarelo em apoio à campanha do setembro amarelo, voltada para a valorização da vida. Dar visibilidade ao assunto é fundamental para incentivar o diálogo, desmistificar tabus e mudar essa realidade que tem assustado todas as faixas etárias.

Leia mais

Quinta, 29 de Agosto de 2019 - 11:30

Viver Bem: Qual o melhor tipo de escova?

Viver Bem: Qual o melhor tipo de escova?

Dados do estudo Percepções Latino-americanas sobre Perda de Dentes e Autoconfiança, realizado pela Edelman Insights em 2018, mostram que 6 milhões de brasileiros não têm nenhum dente. Além disso, 39 milhões usam próteses dentárias, sendo que uma em cada cinco dessas pessoas estão na faixa etária entre 25 e 44 anos. A minimização deste cenário pode se dar a partir de um cuidado diário com a arcada dentária e a escovação é um dos passos mais importantes para manter a saúde bucal.


Há quem veja o ato de escovar os dentes como uma das mais simples tarefas do dia, mas a prevenção da cárie dentária e infecção das gengivas (periondontite) é feita através desta prática. Entretanto, a eficácia do processo só ocorre se ele for realizado da maneira correta e com a escova adequada, conforme aponta a dentista do Hapvida, Flávia Barbosa. “Há algumas regras quanto à escolha da escova de dente. Primeiro devemos optar pela de cerdas macias e cabeça pequena, para alcançar todos os dentes, ter uma boa apreensão do dedo e que o movimento seja firme”, explica a profissional. Flávia explica ainda que no Brasil é comum encontrar escovas médias disponíveis no mercado. Segundo ela, estas possuem cerdas muito duras, que machucam a mucosa e a gengiva.


Manual ou elétrica?
Além das escovas manuais, há no mercado as escovas elétricas, que são indicadas, sobretudo, para pacientes com problemas na coordenação motora. “Idosos que não têm uma boa apreensão e pessoas que tiveram Acidente Vascular Cerebral (AVC) podem utilizar este modelo, já que não conseguem fazer uma movimentação adequada. O paciente que não tem nenhuma alteração pode usar, mas não é necessário, já que o resultado é igual”, esclarece a dentista. No caso das crianças, esse modelo não é o mais indicado. De acordo com a especialista, o público infantil deve usar um tipo de escova apropriado para sua idade. “A elétrica faz movimentos bruscos e a criança pode se machucar”, destaca.

Leia mais

Viver Bem: Entenda por que nem toda gestação é um 'mar de rosas'
Descobrir ou confirmar uma gravidez provoca na mulher uma série de sentimentos, dúvidas e também incômodos. Muitas passam por vários desconfortos ao longo das semanas de gestação. Tonturas e esquecimento foram os primeiros sintomas que a jornalista Diva Monteiro percebeu ao descobrir que estava grávida. Por volta da oitava semana de gestação o famoso e tão temido enjoo também bateu à porta e, atualmente, com 15 semanas, os incômodos só aumentam.

Leia mais

Viver Bem: Entenda como a comida pode interferir na sua saúde mental
Ansiedade e depressão são desordens mentais que têm apresentado uma crescente entre os brasileiros. De acordo com dados da Organização mundial da saúde (OMS), o Brasil conta com mais de 350 milhões de deprimidos em todo o planeta e alguns hábitos alimentares podem interferir diretamente neste quadro, tanto de maneira positiva quanto negativa. A psicóloga do Hapvida, Daniela Teixeira, explica que a pessoa com depressão tende a não ver sentido na forma como deveria se alimentar, fazendo refeições de qualquer maneira ou até ficando muito tempo sem comer.

Leia mais

Quarta, 07 de Agosto de 2019 - 11:30

Sinta-se bem: Arranje tempo para você

por Lidiane Angelim

Sinta-se bem: Arranje tempo para você
Como achamos difícil “cuidar da gente”. A rotina desenfreada, as demandas que se acumulam...vários são os fatores que nos levam a esquecer de lançar um olhar mais amoroso para as nossas necessidades. Porém, identificar o valor das pausas que precisamos fazer para nutrir nossa mente e nosso corpo traz inúmeros benefícios em prol do nosso bem-estar físico e emocional.

Leia mais

Viver Bem: Em períodos de chuva, é preciso estar atento às doenças infectocontagiosas
Com um clima predominantemente tropical, o inverno na maior parte da Bahia costuma ser acompanhado de um alto índice de precipitação. Embora o período de chuvas já esteja no fim, os cuidados com a saúde não devem diminuir, pois algumas doenças infectocontagiosas podem ser transmitidas pelo contato com a água acumulada de enchentes e alagamentos. "Existem algumas doenças que podem ser transmitidas por água de chuva, a principal é a leptospirose, através da bactéria Leptospira, encontrada em fezes e urina de animais infectados, como ratos", conta o infectologista do Hapvida, Fernando Hernandez Romero.

Leia mais

Sexta, 19 de Julho de 2019 - 11:30

Sinta-se leve: Diminua a ansiedade, cuide do seu intestino

por Lidiane Angelim

Sinta-se leve: Diminua a ansiedade, cuide do seu intestino
Milhares de pessoas sofrem com ansiedade, um dos distúrbios psicológicos mais presentes na atualidade. Pesquisadores de todo o mundo associam a saúde intestinal aos sintomas da doença. As pesquisas apontam que bactérias presentes no aparelho digestivo podem ser de suma importância para o cérebro e para a saúde mental. Elas são capazes de aprimorar a comunicação entre os sistemas nervoso, imunológico e endócrino (intestino-cérebro).

Leia mais

Viver Bem: Consumo inadequado de adoçante pode provocar prejuízos à saúde; conheça tipos
Atualmente é possível encontrar uma infinidade de adoçantes nas prateleiras dos supermercados. Quem busca o produto acabam sendo as pessoas que não podem consumir açúcar, como os diabéticos, ou quem deseja reduzir calorias para controlar o peso. Mas será que o consumo dessa substância é mesmo benéfico à saúde? Qualquer pessoa pode fazer uso ou existe contraindicação?

Leia mais

Histórico de Conteúdo