Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
/
Tag

Artigos

Joel Meireles Duarte
Escritórios de advocacia na cidade do Salvador: Simples Nacional x ISS fixo, incompatibilidade ou justiça tributária?
Foto: Divulgação

Escritórios de advocacia na cidade do Salvador: Simples Nacional x ISS fixo, incompatibilidade ou justiça tributária?

Atualmente, as sociedades advocatícias, que tenham optado pelo simples nacional -, isto é, uma modalidade de arrecadação unificada e, portanto, facilitada para fins de recolhimento de tributos e contribuições - aplicável às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, previsto na Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006 -, estão, de forma equivocada, impossibilitadas de aderir à alíquota fixa do Imposto sobre Serviço (ISS).

Multimídia

Paulo Azi confirma que foi cotado por Lula para assumir Ministério das Comunicações: “Tomei um susto”

Paulo Azi confirma que foi cotado por Lula para assumir Ministério das Comunicações: “Tomei um susto”
O deputado federal Paulo Azi (União) confirmou que teve o nome cotado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para assumir o Ministério das Comunicações no início do governo, antes mesmo do seu colega de partido, Juscelino Filho, chefiar a pasta. O parlamentar afirmou que estava de férias em Praia do Forte, no município de Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), quando recebeu duas ligações: Um do líder do União Brasil na Câmara dos Deputados, Elmar Nascimento, e outra do senador Davi Alcolumbre (União) informando que Lula iria convidá-lo. A declaração foi dada durante entrevista ao Podcast Projeto Prisma, do Bahia Notícias, nesta segunda-feira (22).

Entrevistas

Geraldo Galindo projeta a eleição de seis vereadores pela Federação Brasil da Esperança em Salvador: "Cálculo realista”

Geraldo Galindo projeta a eleição de seis vereadores pela Federação Brasil da Esperança em Salvador: "Cálculo realista”
Foto: Uíse Epitácio / Divulgação PCdoB
Presidente estadual do PCdoB desde novembro de 2023, Geraldo Galindo tem 62 anos de idade e 40 anos dedicados à militância no partido. Também à frente da Federação Brasil da Esperança, formada pelo PCdoB, PV e PT, desde janeiro deste ano, Galindo avalia como positiva a experiência da Federação, que tem prazo de funcionamento de quatro anos e segue até 2026.

ze neto

Zé Ronaldo e Zé Neto aparecem em empate técnico em pesquisa para prefeitura de Feira
Foto: Reprodução / Acorda Cidade

Uma pesquisa da AtlasIntel/A TARDE aponta cenários de empate técnico nas eleições deste ano em Feira de Santana entre o ex-prefeito José Ronaldo (União Brasil) e o deputado federal Zé Neto (PT). Perguntados sobre em quem votariam no primeiro turno, os entrevistados apontam preferência de 39,3% para José Ronaldo, e 36,5% para Zé Neto. A diferença, de 2,8 pontos percentuais, deixaria a disputa dentro da margem de erro.

 

Em terceiro, o deputado estadual Pablo Roberto (PSDB) vem com 10,3%, e em quarto aparece Capitão Alden (PL) com  5,1%. Brancos e nulos são 4,6%, José de Arimateia tem 0,1%. O percentual de quem não sabe é de 4,1%.  

 

Em caso de 2º turno, José Ronaldo levaria vantagem sobre Zé Neto, com 46,6% dos votos contra 40,8% do petista. O fato ficaria ainda no limite da margem de erro, de três pontos percentuais.

 

Realizada entre os dias 12 e 17 deste mês, a pesquisa coletou respostas de 817 pessoas em 48 bairros de Feira de Santana. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, e a margem de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada no TSE sob o número BA 00586/2024.

Zé Neto projeta o apoio de 11 partidos a sua candidatura a prefeito de Feira
Foto: Sérgio Pedreira / Bahia Notícias

Durante sua passagem no primeiro dia da Micareta de Feira de Santana, o pré-candidato a prefeito do município, deputado federal Zé Neto (PT), reforçou que a festa é um evento econômico, social e também político. 

 

Disputando pela quinta vez o comando da Princesa do Sertão, segundo maior colégio eleitoral da Bahia, Zé Neto admitiu que até o domingo irá aproveitar o evento como folião. “Tem a parte política [da festa], mas, sinceramente, eu estou como folião esses dias. Eu nasci aqui, me criei aqui, sempre gostei da micareta, sempre gostei dessa coisa alegre que é a micareta de Feira. E o governador trazendo essa energia boa, a gente conseguiu inclusive fazer uma coisa que nunca aconteceu na cidade, que foi as micaretas nos distritos de São José e de Humildes”, afirmou. 


 

Em entrevista ao Bahia Notícias, o pré-candidato revelou otimismo com a possibilidade de chegar ao segundo turno no pleito de outubro, mas admitiu, no entanto, que para alcançar esse feito “não poderá errar”. O petista pontuou que, em 2020, contava com o apoio de quatro partidos na disputa. “Ganhamos no primeiro turno, com um vereador. Nós já temos sete, vamos para o oitavo vereador conosco”. A quantidade de pré-candidatos que pleiteiam uma vaga na Câmara Municipal saltou, segundo ele, de 120 para 150. Já sobre o quantitativo de partidos envolvidos no projeto, na eleição anterior, eram quatro e, hoje, nove “podendo chegar a onze”, projetou. 

 

Perguntando sobre o nome que irá compor a vice na chapa, Zé Neto frisou que “essa não pode ser uma escolha de uma só cabeça”, dando o indicativo de que a escolha segue indefinida. “Governar Feira não é para uma cabeça sozinha, não precisamos de um imperador. A escolha [do nome] é um trabalho que tem que ser feito com todos os partidos. Já estamos criando, na próxima semana, essa coordenação partidária, que quem está à frente é o nosso governador”, cravou. 

“Se não fui convidado não preciso ir”, diz Colbert após ausência em lançamento de pré-candidatura de Zé Ronaldo
Foto: Sérgio Pedreira / Bahia Notícias

Ausência sentida no lançamento da pré-candidatura de José Ronaldo (União) para a prefeitura de Feira de Santana, o chefe do Executivo da Princesa do Sertão, Colbert Martins (MDB), revelou que não foi convidado para o evento. 


Em entrevista ao Bahia Notícias durante a abertura da Micareta de Feira nesta quinta-feira (18), o gestor não demonstrou mágoas em relação à falta de convite do aliado. 


“Eu estive com Zé Ronaldo na véspera e ele me disse que não tinha convidado nem sequer ACM Neto nem eu. Se eu não fui convidado eu não preciso ir. Com todo o respeito, eu disse a ele que na hora que você me convidar eu estarei pronto para ir para lá, mas só vou se me convidar”, disse. 


Apesar do incômodo, Colbert acredita que em uma nova vitória de Zé Ronaldo e ainda aproveitou a oportunidade para alfinetar Zé Neto, pré-candidato do PT na disputa. “Nós temos muita tranquilidade de nosso grupo que vai ganhar a eleição de novo. O PT em Feira perde mais uma vez”, provocou. 


ÚLTIMA MICARETA

A edição de 2024 da Micareta de Feira será a última de Colbert Martins no comando da prefeitura.  Em sua despedida da festa, o gestor falou sobre os benefícios que o evento traz para o município e projetou um crescimento da folia. 


“Continuo querendo que essa festa fique cada vez mais profissional, cada vez melhor e mais organizada e que ela promova um grande giro econômico. Depois de Salvador, o maior carnaval é o de Feira. A nossa estimativa é entre R$ 80 e 100 milhões de giro, que gera trabalho, economia, com os hotéis e pousadas cheias. Portanto estamos investindo no emprego e na melhora de vida das pessoas”, pontuou.

"O que os outros têm de ruim Feira já conhece" afirma Jaques Wagner
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

O senador pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Jaques Wagner presente na manhã deste domingo (14) no lançamento da pré-candidatura para prefeito do deputado federal José Neto (PT), afirmou que o partido fará uma campanha de alto nível, sem desrespeitar os adversários, em sua fala do senador afirmou “o que os outros candidatos têm de ruim a cidade de Feira de Santana já conhece”.

 

“Para ele ser prefeito de Feira de Santana a gente não precisa falar mal de ninguém independentemente do que esteja acontecendo em Feira de Santana, eu acho que a gente tem que falar bem de Zé Neto, a gente não precisa falar mal porque o que os outros têm de ruim, vocês sabem. O que cada um precisa espalhar é o que tem de bom e de melhor para oferecer para Feira de Santana”, concluiu. As informações são do Acorda Cidade, parceiro do Bahia Notícias. 

"Agora vai ser gol e Zé Neto vai ser prefeito de Feira de Santana", diz Éden no lançamento da pré-candidatura
Foto: João Valadares

Presente no lançamento da pré-candidatura do deputado federal Zé Neto à prefeitura de Feira de Santana, neste domingo (14), o presidente do Partido dos Trabalhadores da Bahia, Éden Valadares, afirmou que o segundo maior município da Bahia quer mudança e que Zé Neto reúne todas as condições para ser eleito o prefeito nas eleições deste ano. 

 

"Agora é outra história. Eleição passada a gente bateu na trave e agora vai ser gol e Zé Neto vai ser prefeito de Feira de Santana. Na eleição passada, o presidente era outro, hoje é o presidente Lula, na eleição passada apesar de todo apoio do governador Rui Costa nos deu, agora o governador é Jerônimo, que é filho de Feira de Santana, que ama essa terra como Zé Neto também ama", afirmou Éden. 

 

O presidente do PT disse ainda que nessa eleição o partido e a base partidária de apoio farão uma grande mobilização nas ruas. "Ano passado, a gente vivia uma pandemia, então agora a gente vai poder fazer campanha como a gente faz: campanha alegre, pra cima, aglomerando, reunindo nossa militância. Então tenho certeza que agora é outra história e que a estrela do PT vai brilhar em Feira de Santana. Pela energia que a gente tá sentindo na cidade, tenho certeza que a sociedade de Feira de Santana quer mudança, que a sociedade de Feira de Santana quer mudar e o nome dessa mudança é Zé Neto".

 

Éden disse ainda que o grupo da atual gestão de Feira não consegue apresentar novos nomes. "Eu vejo o grupo de lá dó prefeito e do ex-prefeito com muita incapacidade de se renovar. Essa incapacidade de renovação gerou um racha lá. Não à toa, o deputado Pablo racha com o grupo e bota candidatura, e vejo muito esperança no povo de Feira de Santana de a gente mudar Feira", disse Éden.

 

O dirigente estadual do PT afirmou que também que o município perde muita oportunidade de crescimento e de desenvolvimento na parceria com Lula e Jerônimo. "Porque o atual grupo político ao invés de fazer parceria com o presidente e o governador, e com Zé Neto essas oportunidades não serão mais perdidas e Feira vai viver um período de grande desenvolvimento".

 

Éden disse ainda que Zé Ronaldo é inteiramente responsável pela administração de Colbert Martins. "Eles são irmão siameses nessa má notícia que foi para Feita de Santana nós últimos oito anos. Insisto: o sentimento em Feira de Santana é de mudança, e não de uma mudança para o passado, para o antigo, para o que já foi experimentado, Feira de Santana quer o novo, o novo mesmo, novas ideias, novas soluções e muito desenvolvimento, e o nome dessa mudança é Zé Neto", concluiu.

Eleições em Feira: Jerônimo Rodrigues diz que sentará para conversar com Pablo Roberto
Foto: Reprodução / Divulgação

Durante lançamento da pré-candidatura do deputado federal Zé Neto, à prefeitura de Feira de Santana, Jerônimo Rodrigues (PT), foi questionado sobre a pré-candidatura também do deputado estadual Pablo Roberto (PSDB), considerado como terceira via na política da cidade. De acordo com informações do Acorda Cidade, parceiro do Bahia Notícias, o governador deverá procurar o parlamentar para uma conversa, em busca de apoio em um eventual segundo turno na cidade. 

 

“Na política a gente não pode ficar escondendo, nós temos que conversar, nós temos que dialogar. Pablo é um jovem da política, a votação que ele teve aqui em Feira de Santana mostra que ele teve um carinho e a gente é do grupo, é do time que trabalha valorizando as pessoas, então nós não jogamos ninguém para fora do carro nem do barco, nós não empurramos ninguém. As pessoas às vezes que saem por seus motivos, então nós vamos conversar com todos e com todas, nós vamos conversar em cima de uma plataforma, porque o que é que nós queremos para Feira de Santana é isso, que nos unirá, eu tenho certeza que a maturidade nossa nos favorece neste momento para poder sentar com todas as esferas”, afirmou. 

PP declara apoio a Zé Neto em Feira de Santana

PP declara apoio a Zé Neto em Feira de Santana
Foto: Divulgação

A Executiva Estadual dos Progressistas definiu, nesta quarta-feira (10), o apoio ao deputado federal Zé Neto (PT) na disputa pela prefeitura de Feira de Santana.


“Ele é nosso amigo e acreditamos que agora é a vez dele. O presidente do partido em Feira, Yuri Guimarães, organizou bem o nosso grupo e estamos prontos para fortalecer a pré-candidatura a prefeito de Zé Neto. Vamos com tudo para vencer as eleições”, afirmou o presidente do PP na Bahia, Mário Negromonte Jr..


Também nesta quarta, o PT anunciou o lançamento da pré-candidatura de Zé Neto. O evento será neste domingo (14), às 9 horas, no Prime Music, na Avenida Maria Quitéria, com a presença do governador, Jerônimo Rodrigues. O ato vai reunir lideranças políticas, o presidente do PT Estadual, Éden Valadares, o presidente do PT Municipal, Gerinaldo Costa, e a expectativa é que cerca de oito partidos estejam presentes no lançamento do nome de Zé Neto para disputar e vencer as eleições na segunda maior cidade da Bahia.


Esta é a quarta vez que o petista tenta vencer as eleições para o Executivo da Princesa do Sertão. Ele vai enfrentar seu algoz nos pleitos de 2012 e 2016, o ex-prefeito da cidade, Zé Ronaldo (União).

BN/Séculus: José Ronaldo lidera em Feira, mas cidade pode ter segundo turno com Zé Neto; entenda
Foto: Montagem / Bahia Notícias

A disputa pelo cargo à prefeitura no segundo maior colégio eleitoral da Bahia, o município de Feira de Santana, será protagonizada pelo ex-prefeito de Feira de Santana por quatro mandatos, José Ronaldo (União), e o deputado federal, Zé Neto (PT). É o que aponta o levantamento contratado pelo Bahia Notícias junto a empresa Séculus Análise e Pesquisa. 

 

A pesquisa ouviu 1.066 eleitores entre os dias 21 e 23 de março de 2024 e tem margem de erro de 3% para mais ou para menos e 95% de intervalo de confiança. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob n° BA-07858/2024.

 

 

Em cenário espontâneo, quando não são apresentados os nomes dos candidatos, o ex-prefeito José Ronaldo aparece com 20,17% das intenções de votos, enquanto o deputado federal petista surge com 13,60%. O deputado estadual Pablo Roberto (PSDB) apareceu em 2,81% das respostas e o atual prefeito, Colbert Martins, que está inapto a reeleição em outubro, aparece com 1,31%. Outros candidatos acumularam 1,31% das intenções de voto. 7,22% dos feirenses não votariam em nenhum candidato e 53,75% não souberam responder. 

 

 

Em entrevista estimulada, quando são apresentados os nomes dos candidatos, José Ronaldo apareceu em 43,06% das respostas e Zé Neto com 26,92%. Pablo Roberto apareceu com 10,98% das intenções de votos. Outros 9,01% dos eleitores não votariam em nenhum candidato e 10,04% não souberam ou não opinaram. Nesse cenário, há a chance de um eventual segundo turno entre José Ronaldo e Zé Neto, já que a soma dos demais adversários fica empatada tecnicamente com o líder da pesquisa.

 

 

Quando perguntados em quem eles não votariam de jeito nenhum, dentre as opções apresentadas, 37,52% dos feirenses responderam o nome de Zé Neto. Pablo Roberto veio em sequência com 25,52% das respostas e 24,20% responderam Zé Ronaldo. 7,41% responderam “nenhum” e 5,35% não souberam ou não opinaram. 

 

 

Em uma pergunta sobre as previsões de vitória dos candidatos, 55,35% do eleitorado respondeu que, independentemente das intenções de voto, o candidato do União Brasil deve ganhar a eleição à prefeitura. 24,86% dos feirenses responderam Zé Neto e 8,16% responderam Pablo Roberto. 11,63% não souberam ou não responderam. 

 

AVALIAÇÃO DA GESTÃO

Com relação à administração pública, o atual prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), foi desaprovado por 71,29% dos munícipes. A gestão aprovada por 21,58% dos entrevistados e 7,13% não souberam ou não opinaram. 

 

 

 

 

Em seu segundo mandato, a gestão foi classificada como “ótima” por 6,10% dos feirenses e 9,38% como “boa”. 29,08% definiram o segundo mandato do emedebista como “regular” e 15,95% como “ruim”; outros 37,99% como “péssimo" e 1,50% não opinaram.

Pablo Roberto confirma pré-candidatura e diz que Feira está cansada: "Apenas dois nomes há 25 anos"
Foto: Reprodução

O deputado estadual Pablo Roberto (PSDB), que também é presidente da Comissão de Segurança Pública na AL-BA, foi o convidado do programa Bahia Notícias no Ar, na Rádio Salvador FM 92,3, apresentado por Mauricio Leiro e Rebeca Menezes, e além dos trabalhos realizados na Assembleia Legislativa, ele também detalhou o seu futuro político nas eleições deste ano. 

 

Pablo faz parte do mesmo campo político do ex-prefeito de Feira, José Ronaldo de Carvalho (União), e mesmo com o desejo de um diálogo da outra parte para uma possível junção nas próximas eleições, Pablo decidiu lançar a sua pré-candidatura à prefeitura da cidade, que tem o segundo maior colégio político da Bahia. 

 

O deputado que foi o mais votado da história de Feira de Santana, com 55.585 votos nas eleições de 2022, afirmou durante a entrevista que no primeiro turno, não existe chances de diálogo com Ronaldo, e confirmou a inauguração do seu comitê de pré-campanha para os próximos dias. 

 

 

“Não existe encontro de nomes. É normal que a cada momento em que se aproxima a eleição, esse jogo comece a se acirrar mais e que a disputa seja muito forte e também no campo de ideias, respeitando todos, nada contra o CPF de ninguém e é isso que estamos fazendo. Claro que eu faço parte do campo político do ex-prefeito, nós não tivemos a oportunidade de convergir para um entendimento único de uma candidatura, o que é absolutamente normal, não é a primeira vez que Feira de Santana terá dois candidatos no mesmo campo, mas eu tô muito entusiasmado, muito motivado a fazer esse debate. O que é que de fato acontece de forma direta e objetiva: Nós temos uma cidade que já vive uma polarização entre dois nomes há 25 anos, então o que eu quero neste momento é fazer um exercício de pensar Feira de Santana com a população”, disse Pablo. 

 

POUCAS ALTERNATIVAS DE VOTO

Segundo o deputado, outros nomes precisam surgir no debate das eleições em Feira de Santana, defendendo que não dá para ficar há mais de 25 anos com apenas duas opções (José Ronaldo e Zé Neto), se colocando assim como essa nova alternativa. 

 

“Eu tenho defendido diariamente que outros nomes precisam aparecer, pois não quero esperar mais 25, 30 anos para que venham surgir novos nomes, então eu acho que a cidade já vem nessa perspectiva de mudar, na eleição de 2020 já existia esse sentimento ali, quando trabalhamos muito para virar no segundo turno, tudo foi reflexo do cansaço destes 25 anos da cidade empurrada a escolher por estes dois nomes. Vou disputar a prefeitura de Feira de Santana, conto o apoio do meu partido no estadual, com o apoio da executiva nacional , tenho conversado muito com o partido com o deputado Adolfo que tem nos orientado nessa articulação nacional e quero muito apresentar para Feira de Santana uma nova alternativa”, afirmou. 

 

POSSÍVEL APOIO A RONALDO NO SEGUNDO TURNO

Pablo não descartou um possível diálogo com o ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho, caso ele vá ao segundo turno das eleições, mas que precisa analisar o momento, as propostas e principalmente o sentimento do grupo. 

 

“A eleição de Feira pelo seu histórico, pelo que a gente conhece, sente, pelas amostragens que estão sendo feitas, é uma eleição de dois turnos, e aí eleição em de dois turnos, quem já participou sabe que se zera tudo e começa de novo. Com quem você vai conversar, com quem você vai dialogar, projetar o futuro, claro, depende muito da forma como a gente venha agora, de como vai ser o primeiro turno, mas depende sobretudo também do sentimento do grupo, daquele que ficar de fora, que tem a capacidade, a sensibilidade de deixar as individualidades, as realizações de desejos pessoais e pensar em Feira de Santana com vista na eleição”, concluiu.   

VÍDEO: Zé Neto escorrega e cai do palco durante gravação de DVD
Foto: Reprodução Redes Sociais

O sertanejo Zé Neto, que faz dupla com Cristiano, escorreu e caiu do palco durante o show de gravação do novo DVD da dupla sertaneja. O tombo de Zé Neto aconteceu na noite deste sábado (9), na cidade de Valinhos, interior de São Paulo. A queda do cantor assustou os fãs que estavam assistindo a apresentação. 

 

 

O escorregão do artista aconteceu quando ele caminhava em direção a plateia, ao chegar na ponta do palco ele caiu em uma vala do espaço. Logo após o momento, o show foi paralisado e o músico socorrido. 

 

Mesmo com o susto, o artista não teve ferimentos graves. 

 

Além da queda de Zé Neto, o DVD foi marcado por diferentes acontecimentos.  O público presente para a gravação do DVD da dupla ovacionou o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), que marcou presença no evento. Os fãs da dupla ainda protestaram contra o atual presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sob gritos de "ei, Lula, vai tomar no c*".

 

O cantor baiano Léo Santana também participou da gravação do DVD.

Filho de Zé Neto, da dupla com Cristiano, sofre choque anafilático após picada de abelha
Foto: Livia Cardoso/ Instagram

O cantor Zé Neto foi recepcionado com um susto ao chegar no Brasil de viagem das Maldivas com a esposa, a influenciadora Natália Toscano. O sertanejo precisou acompanhar o filho no hospital para um tratamento após sofrer um choque anafilático por picada de abelha. 

 

O artiista não estava no Brasil quando o acidente aconteceu e foi poupado pela família da gravidade do problema. Segundo Natália Toscano, o garoto sofreu o choque anafilático e precisou ser socorrido pelos avós, que estavam cuidado dele durante a ausência dos pais. 

 

"Fui pra uma consulta do José, uma alergista, porque quando a gente estava em viagem, aconteceu um episódio com o meu filho que ele teve uma picada de uma abelha. Graças a Deus a minha sogra é muito antenada, muito ligeira, porque ele teve reação alérgica gravíssima”, contou.

 

O herdeiro do casal, que é asmático, passou por um tratamento com corticoide para cuidar da alergia e a família foi aconselhada a buscar um especialista para diagnosticar o grau da alergia do garoto, que pode ser tratada com um remédio que tem venda nos Estados Unidos.

 

“Ele foi parar no hospital, eles falam que é o ataque anafilático que ele teve, que é mais de um sintoma e o José é asmático, então acaba fechando tudo a parte respiratória dele, além da alergia externa. Foi uma alergia muito forte. Primeira vez que o José tem algo assim. Minha sogra resolveu na hora. Levou no hospital, fez o tratamento da semana com o corticoide. Ele faz o tratamento que vai criando uma resistência e não vai ter mais essa alergia. Logo, logo, ele está 100%", disse ela.

Zé Neto acusa prefeitura de Feira de não investir R$35 milhões em drenagem pluvial; verba seria contrapartida da Embasa
Foto: Priscila Melo / Bahia Notícias

O deputado federal Zé Neto (PT) cobrou da prefeitura de Feira de Santana os investimentos na drenagem pluvial e fluvial de bairros da cidade. Em discurso no bairro Panorama, neste sábado (24), o parlamentar acusou a gestão de Colbert Martins de não investir os recursos de R$35 milhões destinados pela Embasa após a renovação da concessão de serviços de fornecimento de água e esgotamento sanitário do município. 

 

“Precisamos saber para onde está indo esse dinheiro e saber se existe um relatório sobre a utilização desses recursos na construção de novos equipamentos de drenagem e desobstrução e limpeza dos canais da cidade, que estão nitidamente assoreados e com muito lixo em seus leitos”, cobrou Zé Neto. 

 

Confira o discurso postado nas redes sociais do deputado: 

 

Zé Neto afirma que agendará lançamento oficial da pré-candidatura após ser citado pelo governador
Foto: Reprodução / PT Bahia

Após Jerônimo adiantar que seu nome é o escolhido pelo PT Bahia para entrar na disputa pela prefeitura de Feira de Santana, o deputado federal Zé Neto disse estar "confiante" com o projeto que vem realizando ao lado do Governo do Estado.

 

Em entrevista ao Acorda Cidade, parceiro do Bahia Notícias, o deputado afirmou que o processo de escolha e divulgação é coordenado pelo governador. “Quem coordena o processo é o governador. Inicialmente, o governador chegou chegando aqui na abertura do Campeonato Baiano. Estamos conversando aqui, ele está com um astral bom e a gente tem que pensar em construir com o nosso grupo um projeto para a cidade, não é só um nome. Então, ele como coordenador de todo esse processo na Bahia, principalmente nas grandes cidades como Feira, está fazendo a caminhada correta".

 

“Quem coordena o processo é o governador. Inicialmente, o governador chegou chegando aqui na abertura do Campeonato Baiano. Estamos conversando aqui, ele está com um astral bom e a gente tem que pensar em construir com o nosso grupo um projeto para a cidade, não é só um nome. Então, ele como coordenador de todo esse processo na Bahia, principalmente nas grandes cidades como Feira, está fazendo a caminhada correta", continuou.

 

Em seguida, ele alegou que está em conversa com os partidos de base para fortalecer a aliança. "“O governador está conversando com todo mundo, está conversando com todos os partidos. Nós também estamos conversando com todos os partidos, a ordem aqui é a unidade do nosso grupo, do nosso campo. E é como eu disse, cabe ao governador o momento certo, como fez em Salvador, que esperou o momento certo de anunciar o candidato".

 

E finalizou. "Olha, hoje aqui o governador, a gente vai vendo a necessidade que nós também temos de ampliar o esporte. Antes de chegar aqui no estádio, eu estava hoje no patrimônio histórico da cidade, cultural, religioso, que é a Igreja Senhor dos Passos, e caiu três pinatos nos últimos dias, e a gente tem que resolver aquilo. Então, é cultura, tem que discutir com a cultura, tem que discutir com a saúde, tem que discutir com os professores, têm que discutir com a cidade, com os empresários. Está tudo em paz, vamos aguardar o governador fazer o anúncio, como fez em Salvador, e levando sempre com muita tranquilidade esse processo de diálogo com os partidos, com a política, com o setor de toda a sociedade e da nossa cidade”.

“Não há mais de um nome, é Zé Neto”, afirma governador Jerônimo Rodrigues sobre pré-candidatura do PT em Feira de Santana
Foto: Divulgação

O governador Jerônimo Rodrigues garantiu que o deputado federal Zé Neto será o representante do PT à prefeitura de Feira de Santana. Com alguns nomes já confirmados para ocupar as pré-candidaturas, incluindo o de Geraldo Júnior que irá entrar na disputa pela prefeitura de Salvador. As informações são do site Acorda Cidade, parceiro do Bahia Notícias.

 

Na abertura do campeonato baiano, em Feira de Santana, neste domingo (14), o governador contou que já dialogou com outros partidos no município, a aliança ao deputado. “Em Salvador a gente conseguiu resolver isso com facilidade porque o meu conselho político em uma reunião que fizemos determinou que nós disséssemos o que nós queríamos, que era unidade no grupo e nós conseguimos. Fica uma queixa, aqui ou ali, porque é da política".

 

"Já aqui em Feira, não há mais de um nome, o nome é Zé Neto. A intenção nossa é amadurecer a candidatura porque ainda faltavam alguns partidos a dialogarmos, mas já fizemos isso. Chamamos os partidos para tentar construir. Em Conquista, que é um município importante, tem dois nomes, Lúcia, do MDB e Waldenor, do PT. Temos os grandes municípios e os pequenos, que não abrirei mão de nenhum, todos os municípios nós vamos cuidar com atenção”, finalizou o governador

 Zé Neto diz que a campanha a prefeito de Feira de Santana vai “esquentar o tamborim” a partir de março
Foto: Samuel Freitas / Bahia Notícias

Durante o tradicional cortejo da Lavagem do Bonfim, nesta quinta-feira (11), o deputado federal Zé Neto (PT) fez uma avaliação sobre a sua pré-candidatura a prefeito de Feira de Santana, seu principal reduto eleitoral e segundo maior colégio eleitoral do Estado. 

 

Ao Bahia Notícias, o parlamentar reforçou estar “muito satisfeito com a caminhada de Jerônimo [Rodrigues] e de todo o time [do governo]” que, segundo ele, segue coeso. Sobre a intensificação dos debates na Princesa do Sertão, Zé Neto pontuou que “Feira é um caso à parte porque o único que diz que não é pré-candidato é o que mais faz campanha, porque está com a máquina da prefeitura, 80% da máquina da prefeitura ele controla”, disparou, contra o adversário Zé Ronaldo (União). 

 

Zé Neto também salientou que, hoje, Feira de Santana vive um clima de “terror e fake news” e que, na sua avaliação, o envolvimento da população com a política deve se intensificar a partir do mês de março, quando o “tamborim irá esquentar”. 

 

Na entrevista, o deputado voltou a defender a mudança na legislação de forma que a eleição seja unificada em todo o Brasil. “Eu acho que a gente tem que pensar em lá na frente ter eleição a cada cinco anos, de vereador a presidente da República, para a gente acabar com isso, com essa antecipação do processo eleitoral que é um fenômeno que aconteceu em outras cidades e não é bom”, frisou. 

Apoio de Lula e Jerônimo dá  vantagem a Zé Neto para a prefeitura de Feira de Santana
Foto: reprodução/ PT Bahia

Uma pesquisa realizada pelo instituto Dataqualy, em Feira de  Santana, aponta a liderança do deputado federal Zé Neto (PT) para a disputa  à prefeitura do município. Se as eleições fossem hoje, o petista teria os votos de 45,9% do eleitorado,  quando considerado o apoio do presidente Lula e do governador Jerônimo Rodrigues.

 


O ex-prefeiro, Zé Ronaldo, do União Brasil, outro possível candidato a prefeito, tem 43,2% da preferência, quando seu nome é vinculado ao apoio do ex-prefeito ACM Neto. O instituto ouviu 407 pessoas, no município, entre os dias 2 e 6 de dezembro. O intervalo de confiança é de 95%.

Jerônimo afirma que martelo está batido em Feira de Santana e que trabalhará por unidade em Conquista
Foto: Maurício Leiro/ Bahia Notícias

Durante o anúncio da pré-candidatura de Geraldo Júnior à prefeitura de Salvador, o governador Jerônimo Rodrigues também falou sobre os recentes alinhamentos para as disputas nas duas maiores cidades do interior, Feira de Santana e Vitória da Conquista. Segundo ele, a decisão é para a unidade da base. 

 

 

“Nós hoje priorizamos Salvador, nós temos tendências em alguns lugares, no caso de Feira, o nome de Zé Neto é um nome posto, não tem nenhum nome na base que concorre, mas a gente vai precisar afinar algumas questões, não é nada de discordância não, é de ampliação da possibilidade de diálogo. No caso de Conquista, temos dois bons nomes, temos Lúcia e Waldenor, então a gente não precisa dessa pressa neste momento. Nós vamos construir, vamos fortalecer. Os dois nomes se encontram hoje em posições privilegiadas em relação ao nome da atual gestora, então nós temos tranquilidade. O MDB com PT chegaram na bilateral com esse sentimento, então vamos alimentar essa situação. A orientação minha é para a unidade, vamos trabalhar até o último instante para isso”, afirmou Jerônimo.

“Há erro dos dois lados desde a época de Dilma”, afirma Zé Neto sobre concessões da ViaBahia
Foto: Divulgação / ViaBahia

O imbróglio envolvendo a ViaBahia no âmbito das concessões das BRs-324 e 116, que se arrasta há anos, nunca foi resolvido por haver erros tanto por parte da concessionária, como também do Governo Federal. A afirmação foi dada pelo deputado federal Zé Neto (PT-BA) ao Podcast Projeto Prisma, do Bahia Notícias, nesta segunda-feira (18).

 

Durante a conversa, o parlamentar destacou que diversas ações contra a concessionária ‘caíram por terra’ com o passar do tempo. Além disso, o deputado federal pontuou que os erros que ocorreram desde a gestão de Dilma Rousseff (2011-2016) passam pela não execução dos repasses do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) até a falta da reavaliação quinquenal.

 

“Recebi liminares favoráveis que depois foram cassadas. Deve ter umas dez ações grandes contra eles [ViaBahia] e nunca se resolveu nada porque há erros dos dois lados. O Governo também errou, desde a época de Dilma. Tinham uns repasses do BNDES que não foram feitos. Tinha a reavaliação quinquenal que deveria, a cada cinco anos, pegar o contrato para ver o que é que faltava do governo e da empresa com a comunidade presente, com as prefeituras. Isso nunca foi feito. Todas as liminares foram cassadas porque eles têm o  handicap [vantagem] de ir para Justiça”, destacou Zé Neto que o momento atual está “ruim para todo mundo” já que as ações não andam. Confira o trecho:

 

 

Uma negociação entre o Ministério dos Transportes, a ViaBahia e a ANTT, firmou um acordo entre as partes acerca da definição do cronograma para as obras, os investimentos necessários e os valores de pedágio nas rodovias administradas pela ViaBahia. O acerto, que está sob análise do Tribunal de Contas da União (TCU), prevê a duplicação de 432 km – cerca de 100 km nos primeiros três anos e, depois, uma média anual em torno de 44 km.

 

De acordo com o deputado federal, será formulado também um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado entre o Ministério dos Transportes, TCU, Ministério Público Federal e a Justiça, juntamente com a ViaBahia, com o objetivo de fiscalizar o andamento das obras de reestruturação nas rodovias.

 

“No primeiro ano, a cada três meses vai ser feito uma auditoria para saber se ela [ViaBahia] está cumprindo o cronograma [...]. A gente tá trabalhando para que aconteça esse acordo. Se der errado, em um ano, não tem Justiça, não tem nada e o contrato encerrado”, afirmou Zé Neto, se mostrando otimista quanto uma resolução pacífica do que chamou de “um dos maiores problemas da Bahia”. 

 

Deputado federal Zé Neto durante entrevista ao Projeto Prisma | Foto: Gabriel Lopes / Bahia Notícias

 

ACORDO

No início de dezembro, o Bahia Notícias publicou que, além da duplicação, estão previstos investimentos em um novo Anel Viário em torno de Feira de Santana, nas proximidades do aeroporto de Vitória da Conquista e investimentos em trechos na altura dos municípios de Milagres, Amélia Rodrigues, Jequié e Terra Nova (reveja aqui). 

 

Se iniciadas em julho de 2024, as obras ao longo de 27 cidades terminarão em 2034, prazo final da concessão. Estão previstas outras intervenções na BR-116, desde o contorno em Feira de Santana até a divisa com Minas Gerais. Os valores de pedágio serão corrigidos conforme a conclusão dos trechos duplicados e das adaptações na estrada.

 

Agora caberá ao TCU avaliar o resultado da negociação, levando em conta os conflitos entre as partes. Já foi aberto um procedimento para admissibilidade do acordo. Não há data para a homologação, mas a expectativa é que haja um desfecho do imbróglio ainda em 2024, tendo em vista que o tribunal deverá julgar a questão em até 120 dias.

Zé Neto não acredita em “constrangimento” após encontro com Geddel: “Pagou o que tinha de pagar”
Foto: Reprodução / Redes Sociais

Angariando apoio político em Feira de Santana, no Centro-norte baiano, durante sua 5ª “cruzada” na tentativa de assumir a prefeitura da cidade, o deputado federal Zé Neto (PT-BA) não vê constrangimento após o encontro, desta segunda-feira (18), com o presidente de honra do MDB baiano, Lúcio Vieira Lima, e Geddel Vieira Lima, correligionários do atual prefeito de Feira, Colbert Martins.

 

Após o encontro, Zé Neto postou uma foto nas redes sociais com os irmãos, com a legenda: "Com Geddel e Lúcio Vieira Lima, direção do MDB Baiano, construindo uma aliança política para 2024, para alavancar um novo projeto de desenvolvimento para nossa Princesa do Sertão". Confira:

 

Em 2019, o Supremo Tribunal Federal (STF) condenou Geddel e Lúcio Vieira Lima por lavagem de dinheiro e associação criminosa, no caso do “Bunker” com R$ 51 milhões encontrados em um apartamento de Salvador, em 2017.

 

Durante entrevista ao Podcast Projeto Prisma, do Bahia Notícias, nesta segunda-feira (18), Zé Neto afirmou que Geddel respondeu na justiça e que os irmãos, quer queira quer não, têm relevância na política baiana.

 

LEIA TAMBÉM

 

“Geddel pagou o preço que tinha de pagar. Respondeu na justiça. A gente não pode polemizar a política e tem que lembrar que, na semana passada, quem estava lá era meu adversário [Zé Ronaldo] e toda a imprensa publicou. Eles [os irmãos Vieira Lima] têm importância política na Bahia. Se teve alguma coisa errada, já teve o processo penal, mas ninguém pode dizer que o MDB e que a família Vieira Lima não teve nenhuma importância no processo político desse Estado e que não foi importante, inclusive, para nossa vitória”, afirmou o deputado federal destacando que ambos se colocaram à disposição para participar do projeto político em Feira. Confira o trecho:

 

Ainda de acordo com Zé Neto, as articulações em Feira de Santana junto ao MDB vêm sendo capitaneadas pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT).

“Nossa diferença é a persistência”, afirma Zé Neto sobre 5ª candidatura à prefeitura de Feira
Foto: Gabriel Lopes / Bahia Notícias

Pré-candidato pela 5ª vez à prefeitura de Feira de Santana, no Centro-norte baiano, o deputado federal Zé Neto (PT-BA) não acredita que essa “persistência” em assumir o executivo feirense seja negativa, mas sim "uma vitude". Durante entrevista ao Podcast Projeto Prisma, do Bahia Notícias, nesta segunda-feira (18), o parlamentar afirmou que o cenário atual é diferente em relação aos escândalos que ocorreram no PT, principalmente em 2016, e justificou que além dele, não surgiu nenhuma outra liderança para comandar a 2ª maior cidade da Bahia.

 

LEIA TAMBÉM

 

“O ano de 2016 foi ruim, não foi? Quando chegou em 2020, a gente ganhou o primeiro turno. O que a gente tem de diferente é a persistência, que eu acho uma virtude. Não apareceu outra liderança porque o próprio ambiente de 2016 e 2012 não gerou”, afirmou Zé Neto.

 

O deputado também destacou que as articulações em Feira de Santana junto ao MDB, partido do atual prefeito Colbert Martins, vem sendo capitaneadas pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT), junto ao presidente de honra do MDB na Bahia, Lúcio Vieira Lima, e Geddel Vieria Lima. Zé Neto comentou sobre a reunião que teve com os líderes emedebistas nesta segunda-feira, classificando o encontro como positivo.

 

“O MDB foi muitíssimo importante para a vitória de Jerônimo e do nosso projeto na Bahia. Hoje a conversa com eles [Lúcio e Geddel] foi muito boa. Fiquei muito feliz. Eu acho que tem tudo para a gente ampliar, e muito, não só com o MDB”, afirmou o parlamentar.

 

PERSISTÊNCIA
O deputado federal disputou a eleição para prefeito na Princesa do Sertão em 2004, 2012, 2016 e 2020, mas não obteve sucesso. Para 2024, a expectativa é que o parlamentar se lance mais uma vez como candidato em Feira de Santana, com possibilidade de travar um embate histórico contra o ex-prefeito Zé Ronaldo (União) e com o deputado estadual Paulo Roberto (PSDB) correndo por fora.  Apesar disso, Zé Neto acredita que a candidatura do tucano não é uma ameaça já que “se ele sair, afeta mais o lado de lá que o nosso” (reveja aqui).

 

Em sua última tentativa em assumir o executivo feirense, em 2020, Zé Neto foi derrotado nas urnas por Colbert Martins (MDB), que recebeu 164.831 votos (54,42%). Já o petista teve a preferência de 138.073 eleitores (45,58%)

Deputado federal pelo PT, Zé Neto é o entrevistado do Projeto Prisma nesta segunda-feira

O deputado federal Zé Neto (PT) é o entrevistado do Projeto Prisma desta segunda-feira (18). O programa é exibido ao vivo no YouTube do Bahia Notícias a partir das 16h.

 

Natural de Feira de Santana, José Cerqueira de Santana Neto possui longa trajetória na política. Iniciou na vida pública com um mandato na Câmara de Vereadores da cidade natal, onde atuou entre 2001 e 2003. Alçou novos voos pouco tempo depois e se tornou deputado estadual. O petista ficou na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) entre 2003 e 2019, ano em que foi eleito para a Câmara dos Deputados. Em 2022, foi reeleito deputado federal como segundo candidato mais bem votado da Federação Brasil da Esperança com 128.439 votos.

 

Zé Neto também possui um histórico de tentativas de chegar ao Executivo. Em quatro ocasiões o feirense disputou a eleição para prefeito na Princesa do Sertão (2004, 2012, 2016 e 2020), mas não obteve sucesso. Para 2024, a expectativa é que o parlamentar se lance mais uma vez como candidato em Feira de Santana, com possibilidade de travar um embate histórico contra o ex-prefeito Zé Ronaldo (União).

 

Acompanhe a entrevista ao vivo:

 

Zé Neto anuncia retorno aos palcos com Cristiano após grave acidente de carro
Foto: Divulgação

A dupla Zé Neto e Cristiano já tem data definida para retornar aos palcos após o acidente de carro sofrido pela primeira voz da dupla sertaneja na última terça-feira (5) em Minas Gerais.

 

Por meio de comunicado enviado a imprensa, a assessoria dos artistas anunciou o retorno aos shows para o fim do mês, no dia 28 de dezembro na cidade de Xangri-lá, no Rio Grande do Sul. "Contando com a pronta recuperação do artista, a agenda de shows de Zé Neto & Cristiano será tomada a partir de 28/12/2023", informou.

 

Zé Neto recebeu alta médica na última segunda-feira (11), após quase uma semana internado no Hospital de Base de São José do Rio Preto, em São Paulo. Apesar da alta, o cantor segue em tratamento em casa e foi orientado a ficar de repouso para a recuperação das fraturas nas costelas. 

 

“O Hospital de Base de São José do Rio Preto informa que o cantor Zé Neto teve alta hospitalar após seis dias internado na instituição. A equipe médica prescreveu repouso ao paciente e a continuidade dos exercícios de fisioterapia respiratória, sob a orientação de especialista”.

 

Por conta do acidente, 10 shows da dupla foram cancelados no mês de dezembro. A equipe não comunicou como será feita a reposição das datas nas cidades afetadas. 

Em busca da vitória em Feira de Santana, Zé Neto indica que arco de apoio pode ser maior que o de 2020: "Dá para ampliar"
Foto: Priscila Melo / Bahia Notícias

Com a pré-candidatura à prefeitura de Feira de Santana "na rua" e aprovada pelo PT (veja mais), o deputado federal Zé Neto (PT) também tem articulado a construção do arco de aliança. Ao Bahia Notícias, o parlamentar sinalizou que busca a organização de cinturão de apoio ainda maior do que teve no pleito de 2020.

 

"Dá para ampliar, tivemos 5 na última eleição, estamos conversando com PSD, com o Avante, PCdoB, PV, com o PSB, que tem dado uma força grande aqui, que não esteve conosco, tem o Agir também. Isso também depende da coordenação de Jerônimo", apontou o deputado ao BN. 

 

Indicando que o “caminho da vitória" passa pelo debate partidário, Zé Neto acredita que a unidade será formada na busca do "apoio estadual e federal". "Vamos mostrar que a cidade estará integrada na mudança do país", completou. 

 

"Em 2020 teve uma coisa muito positiva, alinhar quatro partidos: o Avante, PCdoB, PT e PP. Na época, foi um alinhamento importante, com bastante antecedência, até porque tinha a pandemia, que nos tirou o fator de mais força, o contato com as pessoas, o dia a dia da construção política, fomos construídos dentro dos movimentos sociais. Montamos a frente, a coordenação e o grupo funcionou. Temos como ampliar. No final ainda chegou o PDT. Nesse ano dá para ter mais partidos", acrescentou. 

 

Ainda na base, Zé também tem lidado com a possibilidade de, caso a secretária de Saúde do Estado (Sesab), Roberta Santana, seja candidata apoiada pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT), conforme o Bahia Notícias publicou nesta sexta-feira (10). Mesmo com a hipótese, o deputado federal preferiu "aguardar a decisão da base" para as definições da cidade. 

 

Em 2020, Zé Neto disputou a prefeitura de Feira e foi derrotado nas urnas por Colbert Martins (MDB), que recebeu 164.831 votos (54,42%). Já o petista teve a preferência de 138.073 eleitores (45,58%).

 

CENÁRIO NA CIDADE

Com a disputa iminente com Zé Ronaldo (União), o petista ainda busca angariar outros apoios, incluindo o do deputado estadual Pablo Roberto (PSDB). Apesar disso, Zé Neto acredita que a candidatura do tucano não é uma ameaça já que “se ele sair, afeta mais o lado de lá que o nosso” (reveja aqui).

 

O embate dos "Zés" também tem sido presenciado pelos feirensesO rascunho da disputa eleitoral tem apontado a reedição de um antigo duelo: Zé Ronaldo (União) e Zé Neto (PT). Com isso, o deputado federal petista não tem poupado críticas sobre a atuação do ex-prefeito da cidade atualmente. 

 

"Feira de Santana vive um caos. O ex-prefeito vive dia e noite fazendo campanha. Ele vive usando a máquina da prefeitura, mas deveria ser secretário de Administração. Ajudaria ao menos a cidade a sair do caos. A cidade não merece sofrer tanto. Ele deveria aproveitar o espaço que tem, para não deixar piorar o caos que está na cidade", indicou Zé Neto ao Bahia Notícias. 

VÍDEO: Após seis dias internado, cantor Zé Neto recebe alta hospitalar
Foto: Reprodução / Instagram

O cantor Zé Neto recebeu alta hospitalar na tarde desta segunda-feira (11), após passar seis dias internado no Hospital de Base de São José do Rio Preto. O artista, que sofreu um acidente em Icém, Minas Gerais, na última terça-feira (5), usou suas redes sociais para agradecer a todos que torceram por sua recuperação.

 

“Depois de todo esse susto que eu passei, todo esse trauma, queria do fundo do meu coração agradecer a cada oração que eu li nos comentários. Que Deus dê em dobro para vocês tudo o que me desejaram”, declarou ele.

 

O cantor prosseguiu declarando que está muito feliz em voltar para casa e ver os filhos dele. “Primeiramente, Obrigado Meu Deus! Bora ali pra casa, graças aos cuidados e carinho de todo corpo médico e enfermaria do Hospital de Base, que mais uma vez mostrou porque é referência no Brasil. Muito obrigado mesmo”, escreveu ele na legenda.

 

 

Em nota, o Hospital declarou que mesmo de alta o cantor precisará de repouso. “O Hospital de Base de São José do Rio Preto informa que o cantor Zé Neto teve alta hospitalar após seis dias internado na instituição. A equipe médica prescreveu repouso ao paciente e a continuidade dos exercícios de fisioterapia respiratória, sob a orientação de especialista”.

 

“O paciente irá retornar posteriormente para consulta médica e realização de exames para avaliação da sua evolução clínica. Neste período, a equipe médica manterá contato contínuo com Zé Neto e seus familiares, procedimento padrão em casos de pacientes envolvidos em acidentes graves”, prosseguiu.

Em recuperação, Zé Neto se emociona e relembra acidente: "Vou morrer queimado"
Foto: TV Globo

O cantor Zé Neto falou publicamente pela primeira vez desde o acidente sofrido na última terça-feira (5) na BR-153, na cidade de Fronteira, em Minas Gerais.

 

Em entrevista ao 'Fantástico' no último domingo, o sertanejo, que está com dificuldades na fala e ainda faz fisioterapia e reabilitação no Hospital da Base de São José do Rio Preto, em São Paulo, falou sobre o medo de morrer na colisão.

 

Segundo o artista, o carro começou a pegar fogo após bater e ele não conseguia sair do veículo. “E eu tentava abrir a porta e não conseguia. Aquela fumaça foi entrando, aquele cheiro. Falei, meu carro vai pegar fogo e eu vou morrer queimado aqui dentro”, disse.

 

Zé Neto foi socorrido pela esposa, Natália Toscano, que vinha pela mesma estrada em um outro carro com os filhos do casal. “Eu não cheguei a ver a colisão em si porque já era uma descida. Só a bagunça ali mesmo, mas na hora já me deu, é meu marido”, contou a inluenciadora.

 

O último boletim médico divulgado pelo Hospital da Base de São José do Rio Preto informou que o artista se recupera bem do acidente e segue em observação. É previsto que Zé Neto receba alta médica nesta semana.

 

Durante o bate-papo, Zé Neto ainda relembrou outros dramas vividos nos últimos anos, entre eles a forte depressão e o problema com o álcool que quase levou o fim da dupla.

 

Há seis meses sem beber, o sertanejo afirma que o filho de Cristiano foi o responsável por tirar ele desse caminho. "Fiz uma promessa pelo filho do Cris. Eu costumo dizer que aquele pinguinho de gente é responsável pela minha cura".

Zé Neto faz primeira aparição após acidente e segue sem previsão de alta
Foto: Instagram

O cantor Zé Neto, da dupla com Cristiano, fez a primeira aparição pública após o acidente de carro sofrido na última terça-feira (5), em Minas Gerais.

 

Ao lado da dupla de palco, Cristiano, o sertanejo já aparece no quarto da enfermaria do Hospital de Base de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, para onde foi levado após o acidente.

 

 

O registro mostra Zé Neto sorridente com a esposa, Natália Toscano, que agradece pela recuperação do companheiro. "Está inteiro, nosso milagre, nosso livramento. Já está dando trabalho [risos], mas a gente quer agradecer", diz ela.

 

O sertanejo também falou algumas palavras para os fãs: "Graças a Deus, gente. Obrigado pelas orações, pelo carinho de todos vocês. Estou aqui".

 

O último boletim divulgado pela equipe do cantor, na manhã deste sábado (9), informa que Zé Neto segue em observação médica e sem previsão de alta. O cantor passa por um tratamento conservador para se recuperar da fratura nas três costelas.

 

"O Hospital de Base de São José do Rio Preto informa que o cantor Zé Neto (José Toscano Martins Neto) permanece internado no quarto de enfermaria sob cuidados e observação da equipe médica. O quadro clínico do paciente é considerado positivo, com evolução bastante satisfatória, no entanto, recomenda-se o acompanhamento médico em ambiente hospitalar. O paciente continua realizando exercícios de fisioterapia respiratória. Não há previsão de alta hospitalar."

 

A agenda da dupla segue suspensa até que o cantor, que é a primeira voz, se recupere 100% para voltar aos palcos ao lado de Cristiano.

Zé Neto apresenta melhora em quadro, mas segue sem previsão de alta
Foto: Instagram

O cantor Zé Neto, da dupla com Cristiano, permanece internado no Hospital de Base de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, após o acidente de carro sofrido na terça-feira (5), em Minas Gerais.

 

De acordo com o boletim divulgado pela unidade nesta sexta-feira (8) pela equipe do cantor, o quadro é estável e o artista tem apresentado evolução positiva, no entanto, não há previsão de alta médica.

 

"O quadro clínico do paciente vem evoluindo positivamente, estando ele consciente e orientado. Não há previsão de alta hospitalar.
É preconizada, segundo os protocolos médicos, a permanência de paciente em ambiente hospitalar quando envolvido em acidente automobilístico de alto impacto", informa.

 

Zé Neto sofreu fraturas em três costelas e tem realizado exercícios de fisioterapia respiratória para contribuir com o bem-estar. Segundo a equipe, o tratamento para as fraturas é conservador, isto é, processo não operatório, tratado com medicamento, fisioterapia, entre outros.

 

A agenda da dupla segue suspensa até que Zé Neto se recupere do acidente.

Zé Neto tem agenda de shows suspensa após acidente e será transferido da UTI
Foto: Divulgação

O cantor Zé Neto, da dupla com Cristiano, terá alta da UTI do Hospital de Base de São José do Rio Preto, em São Paulo, na tarde desta quinta-feira (7) e será transferido para o quarto de enfermaria da unidade. 

 

De acordo com o boletim médico divulgado nesta quinta, a equipe que acompanha o sertanejo optou pela transferência após avaliação clínica criteriosa, com auxílio de exames de imagem e laboratoriais, constatando a evolução positiva do quadro clínico e demais parâmetros. 

 

"Diante da gravidade do acidente automobilístico, os médicos consideram a evolução clínica de Zé Neto bastante positiva, tendo o paciente colaborado de forma importante com a equipe multidisciplinar que o assistiu nos dois dias de internação na UTI. Durante este período, 10 profissionais atuaram: médicos clínicos, cirurgiões e intensivistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeuta, cirurgiã dentista e nutricionista."

 

Apesar da transferência, a equipe de Zé Neto não informou sobre a previsão de alta médica. O artista teria um show a ser realizado nesta quinta na cidade de Dourados, no Mato Grosso do Sul, que foi cancelado, já que Zé Neto é a primeira voz da dupla sertaneja e não há registros de apresentações apenas com Cristiano. 

 

Por meio de nota, a organização do evento informou sobre o reembolso para os clientes que adquiriram os ingressos.

 

“A agenda de shows dupla Zé Neto & Cristiano foi suspensa temporariamente conforme informado pela assessoria da dupla. Em respeito aos clientes que adquiriram os ingressos, a partir do dia 13/12 divulgaremos em nossas redes sociais informações referentes ao reembolso dos ingressos. A Agiliza Eventos e Produções informa e ressalta que o Evento Último Show do Ano não será cancelado, seguindo com a demais apresentações. Desejamos saúde e pronta recuperação ao Zé Neto”.

Novo boletim indica quadro estável de Zé Neto após grave acidente
Foto: Instagram

O Hospital Base de São José do Rio Preto, em São Paulo, divulgou um novo boletim médico sobre o quadro do cantor Zé Neto, da dupla com Cristiano, que sofreu um grave acidente de carro na noite da última terça-feira (5), em Minas Gerais.

 

De acordo com a equipe médica responsável pelo artista, o quadro é estável, no entanto, devido à gravidade do acidente, ele permanecerá internado na UTI, sob observação médica até a quinta-feira (7), quando será reavaliado.

 

O sertanejo está consciente, orientado, alimentando-se normalmente e sob monitorização hemodinâmica, em que são acompanhadas a pressão arterial, frequência cardíaca, respiração e saturação de oxigênio.

 

Zé Neto, que teve escoriações e fratura em três costelas e foi submetido a procedimento cirúrgico para sutura de corte no braço esquerdo, passou por novos exames na manhã desta quarta (6).

 

Questionada pelo Bahia Notícias a respeito da agenda de shows da dupla, que tem uma apresentação agendada para a quinta-feira (7) na cidade de Dourados, em Mato Grosso do Sul, a assessoria dos artistas informou que não há uma definição da equipe.

 

Vale lembrar que em outras ocasiões, Zé Neto já se apresentou sem Cristiano, no entanto, da forma contrária, não há registros de shows sem Zé Neto.

Carro de Zé Neto invadiu pista contrária e provocou acidente em Minas Gerais
Foto: Instagram

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o acidente envolvendo cantor Zé Neto, da dupla com Cristiano, foi causado após o carro invadir a pista contrária e colidir com uma carreta em Minas Gerais. De acordo com a PRF, o carro do sertanejo, uma trailblazer, capotou após a batida com a carreta, que estava carregada com caixas vazias na altura do km 246 da BR-153, em Fronteira, em Minas.

 

O carro do cantor seguia pela BR-153, sentido Minas Gerais a São Paulo, quando invadiu a pista contrária e colidiu com a carreta. Segundo a assessoria de Zé Neto, o cantor tinha como destino a cidade de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo.

 

A concessionária responsável pela estrada informou que as causas do acidente estão sendo investigadas e que não há registros de buracos na região.

 

"A Concessionária esclarece que o trecho apresenta condições favoráveis de pavimentação, incluindo a sinalização. Não há registros de buracos naquela área. Reforçamos também que, diariamente, equipes de inspeção de tráfego percorrem o trecho para identificar e remediar eventuais locais com buracos", completou.

 

O acidente causado por Zé Neto deixou três pessoas feridas, entre elas uma mulher, de 28 anos, e uma criança, de 5, que estavam em um Fox.

 

O casal de idosos, que estava em um Creta, e o caminhoneiro não se feriram. Todos os envolvidos no acidente foram socorridos e encaminhados para o pronto socorro de Fronteira-MG, enquanto Zé Neto foi transferido para o Hospital de Base de São José do Rio Preto.

Esposa de Zé Neto se pronuncia após grave acidente de carro: "Livramento"
Foto: Instagram

A influenciadora digital Natália Toscano, esposa do cantor Zé Neto, da dupla com Cristiano, se pronunciou nas redes sociais após o susto sofrido pelo artista com um grave acidente de carro na noite da última terça-feira (5), em Minas Gerais.

 

Natália tranquilizou os seguidores quanto ao estado de saúde do sertanejo, que apesar de estável, inspira cuidados. Zé Neto sofreu três fraturas na costela. A influenciadora afirmou que esposo estar vivo foi um livramento. 

 

"Obrigada, Pai, por esse livramento, por me sustentar e cuidar da minha família. Agradeço a todas as orações e mensagens", escreveu.

 

A blogueira e o sertanejo estão juntos desde 2016. O casal é pai de José Filho, de seis anos e Angelina e três.  

   

A equipe do cantor chegou a pedir orações nas redes sociais momentos após o acidente, o que preocupou os fãs. Zé foi socorrido para o  Hospital de Base de São José do Rio Preto, em São Paulo, onde passou por exames e segue em observação.

Zé Neto sofreu fratura em três costelas e quadro inspira cuidados
Foto: Instagram

O cantor Zé Neto, da dupla com Cristiano, está internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital de Base de São José do Rio Preto, em São Paulo, após o acidente de carro sofrido em Icém, interior de Minas Gerais, na noite da última terça-feira (5). 

 

De acordo com a equipe do artista, o sertanejo fraturou três costelas com a colisão, além de um corte no braço esquerdo, e segue em observação após passar por exames diagnósticos de imagem.

 

“O Hospital de Base de São José do Rio Preto informa que o cantor Zé Neto (José Toscano Martins Neto) deu entrada na Emergência do hospital, às 22h30, sendo imediatamente atendido pela equipe médica e realizada avaliação clínica criteriosa e exames diagnósticos de imagem. O paciente teve fratura em três costelas, cujo tratamento será conservador, e foi encaminhado ao centro cirúrgico para sutura de corte no braço esquerdo.”

A assessoria do cantor afirmou que o quadro de Zé Neto é estável, porém, inspira cuidados devido a gravidade do acidente. 

 

“O quadro clínico do paciente é estável, porém, inspira cuidado e avaliação constante. Diante da gravidade do acidente automobilístico, ele ficará internado na UTI (unidade de tratamento intensivo) sob observação. A equipe médica emitirá novo boletim médico com a atualização do quadro clínico do paciente, nesta quarta-feira (6 de dezembro). Horário desta nota: 0h20.”

 

A dupla do artista, Cristiano, informou que a esposa do artista, Natália Toscano, chegou ao hospital para acompanhar o cantor e Zé Neto está assustado com toda situação.

 

“Estou passando aqui pra dar notícias. Estou aqui no hospital com Zé, com a esposa dele. Já o vi, está tudo bem. Ele está nos primeiros atendimentos. Os exames deram tudo ok. Ele está com muita dor, porque o acidente foi um capotamento, foi forte, e ele está muito assustado.”

Cantor Zé Neto, dupla com Cristiano, sofre acidente de carro
Foto: Reprodução/ Instagram

O cantor Zé Neto, da dupla com Cristiano, sofreu um acidente em Icém, interior de Minas Gerais, na noite de terça-feira (5). 
 


De acordo com informações obtidas pelo Bahia Notícias, o cantor teria batido no fundo de um caminhão e está ferido. Ele foi socorrido para o hospital em Rio Preto, para onde sua equipe está se dirigindo.

 

Informações preliminares apontam que o veículo bateu na saída do rancho, na região de Fronteira, em Minas Gerais. O artista teria apresentado lesões no tórax, mas passa bem.

 

 


 

 "Vamos aguardar os fatos e a decisão da base", afirma Zé Neto após pesquisas apontarem nome de Roberta Santana
Zé Neto | Foto: Iasmim Santos/Acorda Cidade

A disputa pela prefeitura de Feira de Santana pode ganhar novos rumos, caso a secretária de Saúde do Estado (Sesab), Roberta Santana, seja candidata apoiada pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT), conforme o Bahia Notícias publicou nesta sexta-feira (10)

 

Roberta que ainda está sem partido, caso ela se candidate, poderá se filiar ao Partido dos Trabalhadores (PT), mesmo sabendo que em Feira de Santana, o partido já tem definida a pré-candidatura do deputado federal Zé Neto.

 

Na manhã desta sexta-feira (10), Zé Neto (PT) participou do Programa Acorda Cidade, parceiro do Bahia Notícias, e comentou sobre a possível candidatura da secretária.

 

“Na verdade, isso tem acontecido nos últimos meses, mas quem fala mais isso, é a oposição tentando criar fatos do lado de cá, porém eu não vi nenhuma pesquisa do governo, já que existe uma polarização muito severa. É necessário ter uma base, por exemplo, o Yuri se apresentou pelo PP, uma parte está dentro do governo e outra parte com ACM Neto, e tem outras candidaturas que podem aparecer dentro da própria base, é necessário ter paciência. Essa questão de candidatura, cada hora aparece uma situação, e eu prefiro esperar um pouco, o coordenador do processo é o governador Jerônimo Rodrigues, tem outros partidos que devem ser ouvidos, ninguém é candidato por conta própria, mas existe a polarização, vamos aguardar os fatos e a decisão da base, pois é uma discussão coletiva”, concluiu.  

Wagner confirma candidaturas do PT em Feira, Conquista e Camaçari
Foto: Ascom PT Bahia

 

 

O senador Jaques Wagner confirmou, na manhã desta sexta-feira (10), que o Partido dos Trabalhadores (PT) terá candidaturas próprias a prefeitos nas cidades de Feira de Santana, Vitória da Conquista e Camaçari, com os nomes dos deputados federais Zé Neto, Waldenor Pereira e do atual secretário de Relações Institucionais, Luiz Caetano, respectivamente, para as eleições municipais de 2024. A declaração foi dada em entrevista à Rádio Metrópole.

 

“Para Vitória da Conquista, o grupo praticamente já bateu o martelo. Praticamente, não, o grupo já bateu o martelo, é Waldenor, que é deputado federal, é um quadro da melhor qualidade, conhece tudo de Vitória da Conquista, o grupo conhece, a gente governou lá por cinco mandatos consecutivos, desde Guilherme, e viemos governando, e acho que Waldenor é um homem extremamente preparado”, afirmou o petista.

 

Wagner falou sobre o fortalecimento de Zé Neto para o pleito de Feira. “Temos a candidatura de Zé Neto, que cresceu na última eleição. Ele cresceu, acumulou, foi para o segundo turno. Bom, perdeu no segundo turno, ok, mas repito: saiu maior do que na eleição anterior. Então, o nome dele agora já tem o acúmulo”, disse o senador, ao acrescentar: “Então a gente já vem crescendo”.

 

Em Camaçari, Wagner acredita que Caetano “tem tudo para ganhar essa eleição”. Para o senador, o petista é “um nome extremamente consolidado”, que elegeu a esposa (Ivoneide, como deputada federal), candidata a prefeita no município em 2020, que “bateu, como se chama, na trave”, comentou. “Então, eu acho que a gente tem chance em muitas cidades, inclusive, nas cidades importantes e nas pequenas cidades”, acrescentou o senador.

Roberta Santana ganha força para eleição em Feira de Santana; entenda cenário
Foto: Reprodução / Facebook - Montagem BN

A disputa pela Prefeitura de Feira de Santana pode ganhar novos contornos. A secretária de Saúde do Estado (Sesab), Roberta Santana, ganha força para ser a candidata apoiada pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT) no pleito.

 

Pesquisas internas do governo estariam apontando que a secretária seria o nome governista com mais chances de desbancar o ex-prefeito Zé Ronaldo (União), que deve concorrer ao cargo novamente. Ele foi gestor da cidade em quatro oportunidades.

 

Caso a candidatura se concretize, Roberta, que está sem partido, se filiaria ao PT. Em Feira, o partido já tem definida a pré-candidatura do deputado federal Zé Neto, mas a escolha de Jerônimo será baseada no desempenho dos levantamentos internos. Informações obtidas pela reportagem apontam que o critério de apoiar o nome que melhor pontua nestas pesquisas será adotado em municípios considerados estratégicos para o governador. 

 

Questionada sobre a possibilidade, a titular da Sesab desconversou. “Não tenho expectativa. O governador está com um processo de definição bom com os prefeitos, é ele quem conduz. Enquanto isso continuo trabalhando firme na Saúde”, disse.

 

Procurado, Zé Neto se limitou a dizer que isso é “novidade” e que não tem conhecimento sobre o assunto. 

 

A definição sobre a chapa no segundo maior município da Bahia deve avançar nas próximas semanas, com uma nova visita de Jerônimo à cidade. 

 Zé Neto apresenta PL em defesa da produção nacional de leite
Foto:Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

O deputado federal Zé Neto (PT) apresentou projeto de lei (PL 5240/2023) que visa manter a alíquota zero do PIS/Pasep e da Cofins incidente na receita bruta da comercialização de produtos lácteos no mercado interno e revoga a alíquota zero do PIS/Pasep e da Cofins incidente na importação de produtos lácteos.

 

A Lei número 10.925, de 23 de julho de 2004, concedeu o benefício de alíquota zero para as contribuições sociais PIS/Cofins incidentes, tanto sobre as receitas auferidas no mercado interno, quanto para a importação de quatro categorias de derivados lácteos. Nestes 19 anos, a cadeia produtiva do leite brasileiro sofreu diversas crises, entretanto, nada comparável ao surto importador vivido atualmente no País.

 

“Este ano, apenas em relação às importações lácteas, a renúncia fiscal concedida pela alíquota zero passará dos USD 100 milhões, valores compatíveis por exemplo com o orçamento de programas fundamentais para a estabilidade da produção familiar no campo, como o PAA – Programa de Aquisição de Alimentos. Além disso, ao se conceder a alíquota diferenciada tanto para as receitas de mercado interno, quanto para as importações, reduz- se o efeito de estímulo da subvenção fiscal à produção nacional, atingindo diretamente a pequena agricultura familiar e as médias propriedades de produção mista”, apontou o parlamentar em sua justificativa.

 

Em 2023, o valor total das importações cresceu mais de 56%, as quais passaram de USD 704 milhões em 2022, para uma estimativa anualizada de USD 1,1 bilhão em 2023. Em toneladas a variação é ainda maior, em 2022 a importação total foi de 170.000 toneladas para uma projeção de 275.000 toneladas em 2023, crescimento de 62%, segundo dados da Comex Stat, Projeção 2023 com dados jan-set, Milkpoint Mercado.

 

De acordo com os números do IBGE, em 2023, o Brasil vai importar o equivalente a, aproximadamente, 10% do leite produzido no país, com volumes superiores, por exemplo, a toda a produção anual do estado de Santa Catarina ou o equivalente à produção de leite conjunta dos três maiores estados produtores no Nordeste: Bahia, Ceará e Pernambuco.

Pablo Roberto nega disputa direta por votos com Zé Ronaldo em Feira: “Não existe voto cristalizado”
Foto: Reprodução / Redes Sociais

O pré-candidato à prefeitura de Feira de Santana, deputado estadual Pablo Roberto (PSDB), não acredita que vai disputar votos com Zé Ronaldo (União), caso o ex-prefeito feirense confirme sua candidatura às eleições municipais de 2024. Na opinião do parlamentar essa possibilidade não se sustenta, pois “não existe voto cristalizado”.

 

Em entrevista ao Bahia Notícias, Pablo Roberto ainda rebateu a declaração que o também pré-candidato em Feira, o deputado federal Zé Neto (PT), deu em setembro, afirmando que a candidatura do tucano “não é um empecilho” pois, “se ele sair, afeta mais o lado de lá que o nosso”.

 

LEIA TAMBÉM

 

“Eu enxergo que ele [Zé Neto] está completamente equivocado. Ele também deve estar fazendo pesquisa, assim como eu estou fazendo. E na pesquisa não aparece isso. O que parece é um sentimento muito forte de mudança. E, nessa perspectiva, a nossa pré-candidatura tem ganhado corpo, tem recebido adesões das lideranças na cidade. A cidade tem respirado isso por conta exatamente desse discurso. Eu acredito muito que, por conta desse sentimento de mudar, não tem voto cristalizado, nem dele [Zé Neto], nem de Zé Ronaldo, nem de quem quer que seja”, declarou o parlamentar.

 

Ainda seguindo o discurso da terceira via, o deputado estadual destacou que Feira de Santana vive numa polarização que já dura 25 anos, protagonizada por Zé Neto e Zé Ronaldo e citou sua articulação para ganhar “musculatura” na disputa ao executivo feirense. Ao mesmo tempo, Pablo Roberto criticou a “demora” em Zé Ronaldo oficializar sua pré-candidatura.

 

“O que Zé Ronaldo tem dito desde janeiro deste ano que só vai conversar sobre eleição, se é candidato ou não, a partir do ano que vem, em fevereiro ou março. Eu coloquei de forma muito clara, que não concordo com esse posicionamento. Eu tenho total disposição de começar, até porque sou parte interessada no processo e tenho interesse em disputar [a prefeitura de Feira de Santana]. Então eu preciso criar musculatura, criar viabilidade. Ele [Zé Ronaldo]  e Zé Neto, que já são candidatos há 25 anos, podem aguardar para janeiro, fevereiro, março do ano que vem. Eu não posso. Por conta disso, nós tomamos a decisão de nos antecipar e começar a dialogar com a cidade. A gente está falando de um ano e meio, aproximadamente, mas é um tempo que nós consideramos curto diante dos desafios”, salientou Pablo Roberto destacando a construção do seu projeto político em Feira.

 

REUNIÃO COM JOÃO ROMA

Em entrevista ao podcast Projeto Prisma, do Bahia Notícias, na última segunda-feira (9), o presidente do PL na Bahia e ex-ministro da Cidadania durante o governo Bolsonaro, João Roma, afirmou que se reuniu com os pré-candidatos à prefeitura de Feira de Santana, o deputado estadual Pablo Roberto (PSDB) e o ex-prefeito Zé Ronaldo (União), para fortalecer a sigla na segunda maior cidade da Bahia.

 

Ao Bahia Notícias, Pablo Roberto, que foi o deputado estadual mais votado em Feira de Santana, eleito com 55.585 votos, confirmou a reunião e destacou que o encontro foi articulado pelo deputado federal e presidente estadual do PSDB, Adolfo Viana.

 

“Nós tivemos uma conversa com ex-ministro Roma e participou também a deputada federal Roberta Roma [esposa de João Roma]. Nós conversamos sobre o futuro de Feira de Santana e da importância que a cidade tem. [Falamos] Da grande disputa que nós estamos organizando para fazer no ano que vem. Nós vivemos em um cenário de polarização que já dura 25 anos. Há um sentimento muito forte que começou a ganhar corpo e crescer desde a última eleição de prefeito. A cidade já respira muito isso de mudança”, pontuou o deputado estadual.

 

O parlamentar indicou ver com bons olhos uma aproximação com o PL para uma possível aliança e destacou que João Roma se mostrou receptivo ao diálogo. “Eu disse a ele [João Roma] que agora é um momento importante pois temos toda a condição [de disputar a prefeitura de Feira]. Montamos um grupo, uma aliança muito forte com os partidos fortes. E fiz entender a importância que o PL tem nesse movimento. Ele foi muito receptivo, foi muito atencioso, disse que a parceria que colocou à disposição para a gente continuar dialogando. E nesse momento, ele continua nas tratativas com Adolfo [Viana]”, contou Pablo Roberto.

Zé Ronaldo reage à ‘provocação’ de Zé Neto e afirma: “Há coisas da vida que não se deve responder”
Foto: Fernando Duarte / Bahia Notícias

O ex-prefeito de Feira de Santana, Zé Ronaldo (União), em entrevista ao Projeto Prisma, nesta segunda-feira (25), comentou uma declaração que o deputado federal e possível adversário na disputa à prefeitura de Feira, Zé Neto (PT), deu ao seu respeito quando afirmou que Zé Ronaldo deveria assumir a secretaria de administração de Feira de Santana ao invés de se candidatar a prefeito.

 

Zé Ronaldo disse que reage a esse tipo de ‘provocação’ com total tranquilidade. “Há coisas na vida que você deve responder e há episódios da vida que você não deve responder. Eu aprendi, ao longo da minha vida, que o adversário político eu trato com respeito. Mas não sou obrigado a responder o que vem dele, porque, seguramente, não vem nada de bom para minha pessoa. Sempre virá algo para que eu escorregue, uma casa de banana, coisas dessa natureza”, declarou o político.

 

O ex-prefeito também comentou uma outra declaração de Zé Neto quando, também ao Bahia Noticias, o petista afirmou que a possível candidatura do deputado estadual Pablo Roberto (PSDB), prejudicaria mais o lado de Zé Ronaldo do que o dele.

 

“O que foi dito que prejudica o fato de eu vir a ser candidato, isso não precisa ninguém falar. Isso é claro. Se você tem um grupo político ao invés de sair um candidato, saem três, o grupo se divide. Isso é em qualquer grupo político, qualquer sigla partidária”, declarou Zé Ronaldo.

 

Ele também destacou que deve decidir entre dezembro deste ano e janeiro de 2024 se sairá como candidato, mas que segue conversando com todo mundo e “inteiramente à disposição”.

 

O possível candidato ao Executivo feirense ainda comentou sobre a relação dele com o atual prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), frisando que não interfere na gestão do seu sucessor, apesar de manter amigos no secretariado feirense.

 

“Quando Colbert assumiu, me substituindo, ele manteve a equipe praticamente total do governo, que vinha bem engatilhado. Ele [Colbert] conduziu isso. Eu nunca me envolvi, nunca me meti, nunca pisei na prefeitura para ir atrás tratar desses assuntos”, afirmou Zé Ronaldo destacando que Colbert Martins tem todo o direito, enquanto prefeito, de decidir como gerir Feira de Santana.

"Zé Ronaldo deveria assumir a secretaria de administração de Feira de Santana", dispara Zé Neto
Foto: Bahia Notícias

O embate político em Feira de Santana tem se intensificado nos bastidores. O rascunho da disputa eleitoral tem apontado a reedição de um antigo duelo: Zé Ronaldo (União) e Zé Neto (PT). Com isso, o deputado federal petista não tem poupado críticas sobre a atuação do ex-prefeito da cidade atualmente. 

 

"Feira de Santana vive um caos. O ex-prefeito vive dia e noite fazendo campanha. Ele vive usando a máquina da prefeitura, mas deveria ser secretário de Administração. Ajudaria ao menos a cidade a sair do caos. A cidade não merece sofrer tanto. Ele deveria aproveitar o espaço que tem, para não deixar piorar o caos que está na cidade", indicou Zé Neto ao Bahia Notícias. 

 

Segundo o petista, a antecipação do processo eleitoral deveria ser revertida para a atuação na gestão do atual prefeito Colbert Martins (MDB). "Ele deveria auxiliar na gestão. Já que foi fiador do atual prefeito na eleição e apoiou a candidatura. A cidade precisa de atuação imediata para que a situação não fique pior do que já está”, sinalizou. 

 

Colbert Martins foi vice de Zé Ronaldo entre 2017 e março de 2018, quando o então prefeito renunciou a prefeitura para concorrer ao governo da Bahia naquele ano. Após concluir o mandato, Colbert foi reeleito para a atual gestão.

 

Ainda sobre Feira de Santana, Zé Neto, que também tem relação forte com o esporte local, apontou que a concessão do estádio Joia da Princesa não é "uma ideia ruim". "A ideia de profissionalizar o esporte, o futebol principalmente. Criar condições para que empresas tomem conta acontece no mundo. Mas tem que ter um debate. Precisa ser melhor debatido, mas a ideia é positiva. Não conheço os termos, mas a ideia de tornar os municipais e estaduais em arenas, de forma transparente, é tranquilo", finalizou. 

Com reforço ao nome de Zé Neto, PT Bahia afirma que Feira de Santana será prioridade nas eleições de 2024
Foto: Ascom PT

Neste sábado (20), o diretório estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) promoveu a quinta rodada de Encontros Territoriais no Portal do Sertão, em Feira de Santana, para organizar os diretórios municipais da região, os dirigentes, a militância e preparar a legenda para as eleições municipais de 2024. 

 

No chamado Portal do Sertão, o objetivo é ampliar o número de vereadores, aumentar o número de prefeituras além das três já administradas pelo PT - Irará, Tanquinho e Santo Estêvão - e unificar o partido em torno do nome do deputado federal Zé Neto, escolhido como pré-candidato à Prefeitura de Feira de Santana pelo diretório municipal. 

 

"Vamos organizar nossas chapas de vereadores e vereadoras, eleger uma quantidade significativa de mulheres, nos organizar onde o PT tem vitalidade e força para ampliar o número de prefeitos na Bahia, sobretudo nas maiores cidades. E Feira de Santana é uma das prioridades para o PT da Bahia", afirmou o presidente do PT, Éden Valadares. 

 

Zé Neto é a aposta do PT Bahia para vencer as eleições na Princesinha do Sertão. Ele já disputou a prefeitura de Feira e na eleição de 2022, para a Câmara dos Deputados, teve uma votação expressiva na cidade, com mais de 60 mil votos. 

 

"É a alternativa real de poder em Feira de Santana, é a alternativa a um grupo que já mostra um cansaço. O atual grupo que dirige Feira já demonstra sinais de cansaço, de falta de criatividade. Feira tem perdido em modernidade e a nossa Princesa do Sertão merece ficar na vanguarda da administração pública na Bahia e não com essa cara de atraso", afirmou Éden.

 

No encontro, Zé Neto destacou a importância de fortalecer o diálogo com os partidos e com a população, na cidade, nos distritos e na zona rural para ouvir quais são as principais demandas e prioridades. 

 

"Conversar com mais gente, com mais setores, essa é a orientação, a que deu certo na caminhada. Robinson Almeida disse uma coisa que acho que é fatal, não tem para onde correr: 2024 vai ser o ano do PT. Agora nos cabe uma energia com coragem, com discernimento, com a juventude, com maturidade. Combinar essa caminhada com o que a gente aprendeu no tempo e com o que a gente vai construir para o futuro. Eu não tenho dúvida disso, se tem uma coisa que me dá muita força são minhas companheiras e meus companheiros da história e essa meninada que está chegando entendendo qual é a missão", disse Zé Neto.

 

Participaram da atividade dirigentes dos diretórios estadual e municipais, prefeitos, o deputado estadual Robinson Almdeida, os secretários de Justiça e Direitos Humanos, Felipe Freitas, a secretária de Mulheres, Elisângela Araújo e a membra da Executiva Nacional do PT, Lucinha do MST.

PT de Feira de Santana aprova por unanimidade pré-candidatura de Zé Neto para eleição de 2024
Foto: Reprodução / Instagram

O diretório do Partido dos Trabalhadores (PT) de Feira de Santana definiu por unanimidade que a legenda terá candidatura própria na cidade em 2024. Os petistas aprovaram o nome do deputado Zé Neto como pré-candidato para a disputa durante Encontro Municipal da Militância do PT de Feira neste sábado (6).

 

Após o encontro, o deputado usou as redes sociais para agradecer a decisão partidária. "Meu nome foi indicado pelo partido, para ser pré-candidato a prefeito, por unanimidade e aclamação, fato que me honra, mas sabemos que é apenas o início de um processo que será coordenado pelo nosso governador Jerônimo e construído com toda a militância e com todos os partidos da base, buscando harmonia e agregando a nossa história de lutas às reflexões todas, principalmente das vivências da eleição de 2020, para que tenhamos êxito", disse.

 

Em 2020, Zé Neto disputou a prefeitura de Feira e foi derrotado nas urnas por Colbert Martins (MDB), que recebeu 164.831 votos (54,42%). Já o petista teve a preferência de 138.073 eleitores (45,58%).

 

VÍDEO: Em encontro de trios, Luiz Caldas e Jau cantam Legião Urbana; Jerônimo curte no meio da multidão
Foto: Reprodução

O primeiro dia de Micareta já começou com muitas emoções em Feira de Santana. Relembrando os históricos encontros de trios na Praça Castro Alves, em Salvador, os cantores Luiz Caldas e Jau dividiram espaço no Circuito Maneca Ferreira, que atravessa a Av. Presidente Dutra.

 

O momento de sinergia musical foi registrado em vídeo pelo Bahia Notícias. Em seu trio modelo “pranchão”, Jau cantou a música “Pais e Filhos”, da banda de rock Legião Urbana, e foi acompanhado por Luiz Caldas em outro trio elétrico.

 

Enquanto isso, no meio da multidão, o governador Jerônimo Rodrigues (PT) dançava, cantava e interagia com outros foliões da Micareta de Feira, ao lado do vice-governador Geraldo Jr. (MDB) e do deputado federal Zé Neto (PT).

 

Tanto Jerônimo quanto Geraldo foram saudados por Jau durante a apresentação, assim como o prefeito de Feira, Colbert Martins Filho (MDB), que estava acompanhando o show no pranchão.

 

Falsa pesquisa sobre disputa eleitoral em Feira de Santana tem sido espalhada nas redes
Prefeitura de Feira | Foto: Divulgação

Uma falsa pesquisa eleitoral está sendo distribuída em aplicativos de mensagens para moradores de Feira de Santana. Os números mostram o ex-prefeito Zé Ronaldo (União) liderando uma suposta corrida pela prefeitura da cidade contra o deputado federal Zé Neto (PT). Entretanto, de acordo com o Paraná Pesquisas, o levantamento nunca existiu.

 

“O Paraná Pesquisas não realizou nenhum levantamento no município de Feira de Santana neste ano. A pesquisa é completamente falsa. Infelizmente, isso está sendo espalhado por aí, mas não procede, absolutamente. A gente espera que as autoridades judiciais e policiais tomem providências contra isso”, afirmou Murilo Hidalgo, diretor do instituto, ao Bahia Notícias.

 

Os números do falso levantamento não serão publicados pelo Bahia Notícias, para não dar vazão a fake news.

Zé Neto diz que governo Bolsonaro abandonou “Minha Casa Minha Vida” em Feira de Santana
Foto: Francis Juliano / Bahia Notícias

O deputado federal Zé Neto (PT) está acompanhando a retomada do programa “Minha Casa Minha Vida” na Bahia. Durante o evento do governo federal nesta terça-feira (14) em Santo Amaro, no Recôncavo, o parlamentar criticou o abandono das unidades habitacionais durante a administração de Jair Bolsonaro (PL) e previu que, ainda neste semestre, novas casas devem ser entregues em Feira de Santana.

 

De acordo com o parlamentar, o Minha Casa Minha Vida foi abandonado nos últimos seis anos, durante os governos de Michel Temer (MDB) e de Bolsonaro. Em Feira de Santana, seriam 280 unidades habitacionais que estiveram prontas para serem entregues, mas que, com o tempo, acabaram se degradando. 

 

“Lá em Feira, são 280 unidades. Acho que a gente ainda tem uns dois meses, um pouco mais. A situação de lá está muito machucada. As coisas foram abandonadas mesmo. É uma coisa inexplicável. Foram criando problemas, situações, dificuldades, que não foram ultrapassadas. E, quando pensou que não, passaram seis anos, com esses conjuntos sendo empurrados”, comentou o deputado.

 

Zé Neto avaliou ainda que a população mais pobre, alvo do faixa “1” do programa Minha Casa Minha Vida, foi mais atingida do que as outras, com o abandono que teria sido realizado pela gestão bolsonarista.

 

“Na verdade, eles acabaram com o Minha Casa Minha Vida 1, que é aquele para a faixa de pessoas mais pobres, mais carentes. Foram abandonadas de tal forma que até aquelas que deveriam ser entregues não foram”, continuou Zé Neto.

 

Apesar dos problemas, o deputado petista prevê que as unidades do Minha Casa Minha Vida em Feira de Santana devem ser entregues antes do meio do ano. Segundo Zé Neto, o município do Portal do Sertão é um emblema do programa habitacional.

 

“Acho que a gente entrega neste semestre ainda. Depois do Carnaval, eu vou acompanhar mais de perto essa situação e lutar para que Feira de Santana continue sendo, como foi até o governo Dilma, a cidade do Brasil que mais recebeu o Minha Casa Minha Vida. Nós tínhamos lá problemas gravíssimos de habitação – ainda temos – mas já recebemos 52 mil unidades. Foram 26 mil do Minha Casa Minha Vida 1 e 26 mil do Minha Casa Minha Vida 2. Eu espero que a gente possa continuar, tanto em Feira quanto na região, esse projeto que foi uma mudança de paradigma”, concluiu o parlamentar.

 

Além de Zé Neto, o evento em Santo Amaro conta com as presenças do governador Jerônimo Rodrigues (PT), do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e sete ministros da administração federal.

 

Antes da ida ao Recôncavo, parte da comitiva esteve em Feira de Santana, como o ministro dos Transportes, Renan Filho (MDB), que inaugurou dois viadutos e anunciou investimentos para a duplicação de trechos que ligam a BR-116 Norte à BR-324.

Desapropriações para ampliação do aeroporto de Feira de Santana devem avançar neste semestre, diz Zé Neto
Foto: Reprodução / Redes Sociais

O deputado federal Zé Neto (PT) falou nesta segunda-feira (6) sobre o andamento das desapropriações de áreas contíguas ao Aeroporto João Durval Carneiro, em Feira de Santana. De acordo com ele, o processo deve avançar, possibilitando uma ampliação do aeródromo, como previsto no rol de intervenções constantes no plano de concessão.

 

"Nós temos várias ações judiciais discutindo a questão das desapropriações. Acredito, inclusive, que nesse semestre caminhe mais rápido porque algumas delas já tiveram decisão. Já estão sendo encaminhados os pagamentos para que essas áereas possam ser integradas ao aeroporto", revelou o parlamentar.

 

Construído na década de 1980, o aeroporto da segunda maior cidade do estado só passou a receber voos comerciais em 2014, quando o equipamento foi reinaugurado. Desde então, estão previstas, além da ampliação da área, a construção de um novo acesso e outras melhorias na infraestrutura aeroportuária.

 

Atualmente, cinco voos semanais fazem ligação entre Feira de Santana e Recife, capital de Pernambuco. A perspectiva da gestão do local é de que o sistema de balizamento noturno (IFR) seja habilitado para que o terminal possa receber uma frequência maior de aeronaves.

 

"Estávamos com tudo pronto para o IFR autorizar os voos noturnos comerciais e próximo a entrega houve um acidente em Santa Catarina, daí em diante a ANAC e a própria Aeronáutica começaram a exigir que, ao invés de 70 metros do centro da pista para o muro, que é o caso de Feira de Santana, passasse a ter 140 metros", explicou Neto.

 

Segundo o petista, 14 famílias com propriedades localizadas ao lado do Aeroporto João Durval Carneiro devem ser impactadas por ações de desapropriação.

Ipac não foi consultado sobre vinculação de fundo de preservação do patrimônio cultural à Conder
A proposta de vinculação do Fundo Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural à Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), motivo de discordância entre a bancada governista e de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia, continua a causar polêmica. Defendida pelo governo, a ideia de que o fundo cultural seja administrado pela Conder esbarrou na vontade daqueles que preferem vincular a iniciativa ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac). “A Conder está acostumada a fazer obras rústicas e não tem estrutura nem mão de obra qualificada para assumir ações de preservação do patrimônio. Para que vale o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac)?”, questionou o vice-líder da oposição, deputado Carlos Gaban (DEM). Segundo o deputado estadual Zé Neto (PT), líder da maioria, o questionamento é “intriga da oposição”, "a pauta está vencida" e “não há inovação nenhuma em vincular a Conder ao fundo, uma vez que a ideia é captar ainda mais recursos do governo federal para o estado”. Ainda de acordo com o parlamentar, o Ipac e outros órgãos relacionados à preservação patrimonial estarão contemplados dentro do Conselho Curador, que elegerá representantes da Conder e do Ipac, além de mebros da Secretaria do Planejamento (Seplan), Secretaria da Fazenda (Sefaz), do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), do Poder Executivo Municipal e da sociedade civil.

Conforme o projeto de lei 20.504/2013, de autoria do Poder Executivo, os recursos financeiros do fundo serão aplicados, mediante decisão deste conselho, nas ações de preservação do patrimônio cultural a serem realizadas nas áreas protegidas existentes no Estado, e em atividades que contribuam para a preservação do patrimônio cultural. “Todos estes órgãos são parte dentro do Conselho e serão ouvidos antes de qualquer intervenção e sempre que for necessário. O fundo ainda não foi aprovado, estamos em fase de debates e haverá tempo suficiente para discutir, aperfeiçoar e modificar o que for preciso”, afirmou o petista. Segundo a assessoria do Ipac, o órgão só soube das articulações via imprensa, não participou de nenhuma reunião e, mesmo sendo o mais representativo no que diz respeito à preservação do patrimônio no estado, sequer recebeu uma ligação do governo. O Ipac foi fundado em 1967 e é atualmente uma autarquia vinculada à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, que atua de forma integrada e articulada com a sociedade e os poderes públicos municipais e federais, na salvaguarda de bens culturais tangíveis.

Curtas do Poder

Ilustração de uma cobra verde vestindo um elegante terno azul, gravata escura e língua para fora
Pelo que eu tenho visto, a disputa pelo segundo lugar na eleição de Salvador vai ser duríssima. Só não é pior do que a missão de Lupi de levar paz à briga entre o Gato Félix e o União Brasil. Já o Médico da Feira estava todo todo ao lado do Cacique e de Tente Outra Vez. O mundo capota mesmo! Tipo o Pássaro, que botou tanto pra virar que virou outra pessoa e não teve uma polêmica na Micareta. Enquanto isso, tem gente crescendo na campanha, mas não do jeito que esperava... Saiba mais!
Marca Metropoles

Pérolas do Dia

Rosemberg Pinto

Rosemberg Pinto
Foto: Anderson Ramos / Bahia Notícias

"Para as categorias com salário menor, isso tem um impacto significativo porque esse dinheiro entra na folha, esse valor entra na folha". 

 

Disse o líder do governo na AL-BA, deputado estadual Rosemberg Pinto (PT), após encontro com o governador Jerônimo Rodrigues (PT), que apresentou projetos de reajuste salarial dos servidores públicos do estado, no valor de 4% linear e algumas alterações.

Podcast

Projeto Prisma entrevista Paulo Azi, deputado federal e presidente do União Brasil na Bahia

Projeto Prisma entrevista Paulo Azi, deputado federal e presidente do União Brasil na Bahia
O deputado federal Paulo Azi (União) é o entrevistado do Projeto Prisma nesta segunda-feira (22). O programa é exibido ao vivo no YouTube do Bahia Notícias a partir das 16h.

Mais Lidas