Ginecologia natural e tratamentos alternativos são opções para manter a saúde da vagina
Na contracorrente do consumo desenfreado e sem consciência e do desperdício de resíduos no planeta, surgem práticas e alternativas mais sustentáveis, como a ginecologia natural, que vêm retornando ao meio urbano e se popularizando no Brasil. Esse movimento vem com a proposta de resgatar práticas ancestrais das mulheres no cuidado com o próprio corpo. Entre os principais hábitos dessa prática estão o uso de plantas e produtos naturais em tratamentos contra fungos, bactérias, alergias e até mesmo no alívio dos sintomas da TPM e menopausa. A ginecologia natural é muito recomendada para mulheres que sofrem de infecções recorrentes, como a candidíase, por exemplo, ou para quem busca reduzir o uso de algum medicamento. 

Leia mais

Quinta, 30 de Abril de 2020 - 11:08

Coronavírus e o momento para engravidar

por Joaquim Lopes

Coronavírus e o momento para engravidar
A enfermidade causada pelo coronavírus tornou-se um flagelo mundial e, por isso, foi caracterizada pela OMS como uma pandemia. Independente do perigo para a saúde e a vida humana e dos aspectos financeiros que acometeram todos os países, essa virose tem trazido, também, preocupações do ponto de vista reprodutivo para homens e mulheres.

Leia mais

Quarta, 29 de Abril de 2020 - 17:54

Como cuidar da saúde bucal em tempos de isolamento

por José Medeiros Filho

Como cuidar da saúde bucal em tempos de isolamento
Em meio à crise da COVID-19, que mudou a rotina do Brasil e do mundo, a higiene pessoal precisa ser redobrada, o que inclui também a higiene bucal como elemento essencial à saúde. A higiene não pode ser deixada de lado por ser fundamental para a manutenção da saúde como um todo, além de ser necessária na prevenção de problemas de saúde gerais e orais mais graves, evitando uma visita de urgência ao consultório odontológico. 

Leia mais

Quarta, 22 de Abril de 2020 - 16:43

O que aprender com um vírus?

por Ubiraci Pataxó

O que aprender com um vírus?
Constam em meu currículo minhas graduações, cursos, experiências profissionais e jamais deixo de incluir que sou “aprendiz de pajé”. Em minha cultura Pataxó, no auge dos 60 anos é uma imensa realização ser escolhido Pajé. Não sei se terei o privilégio de ocupar essa função, mas sonho chegar lá. É também aos 60 anos que ganhamos o título de “livro sagrado”, pois na altura de seis décadas, teremos vivido o bastante para ensinar por meio de nossas próprias histórias. Muito provavelmente, uma das experiências que contarei às minhas filhas, netos e jovens da comunidade terá como principal personagem uma “criatura” transmutada nos últimos 60 anos…

Leia mais

Quinta, 16 de Abril de 2020 - 16:40

Coisas que você pode fazer pela sua vagina em tempos de isolamento social

por Ticiana Cabral

Coisas que você pode fazer pela sua vagina em tempos de isolamento social
Estamos passando muito mais tempo em casa do que era de costume. Diante do isolamento social decorrente da pandemia do coronavírus, as pessoas estão adaptando seus hábitos, atividades e cuidados diários e, em meio à essas alterações na rotina, por que não olhar com mais atenção para a própria vagina?

Leia mais

Quinta, 09 de Abril de 2020 - 16:35

Mediação de crianças e adolescentes na internet no período do distanciamento social

por Telma Brito Rocha

Mediação de crianças e adolescentes na internet no período do distanciamento social
Vivemos cada dia mais a  cultura de exposição de si e observação de outro. As  características das sociedades do século XIX e XX, marcada pela solidão do seu lar e de seu quarto privado, passamos para o século XXI, não mais assinalada pela privacidade das subjetividades na modernidade, voltadas para dentro de “si”, mas para “fora”, acompanhadas pelos olhares alheios, em um mundo marcado pelos estímulos visuais da televisão e internet.

Leia mais

Sexta, 03 de Abril de 2020 - 14:00

Coronavírus: qual a relação entre a Covid-19 e o diabetes?

por Nathale Prates

Coronavírus: qual a relação entre a Covid-19 e o diabetes?
O Brasil é o quarto país com maior número de diabéticos no mundo, com cerca de 13 milhões de pacientes com a doença. Quem tem diabetes integra o grupo de risco do novo coronavírus e precisa ter cuidado redobrado: o sistema imunológico comprometido dos diabéticos, sobretudo os mal controlados, pode mascarar ou agravar o aparecimento dos sintomas da infecção pelo coronavírus. Também é importante lembrar que o excesso de glicose no sangue e a disfunção imunológica desses pacientes (que vai da redução da imunidade até os estágios de inflamação desordenada e exagerada) afetam o tratamento da doença. 

Leia mais

Segunda, 16 de Março de 2020 - 17:20

Prevenção e vigilância é melhor forma de evitar propagação do coronavírus

por Larissa Voss Sadigursky

Prevenção e vigilância é melhor forma de evitar propagação do coronavírus
O surto de pessoas infectadas pelo Coronavírus na China (na cidade de Wuhan), posteriormente propagado pelo mundo, chamou a atenção dos agentes de saúde e órgãos como a Organização Mundial da Saúde pela intensidade da pneumonia provocada pelo vírus. Chamado pela OMS de doença respiratória aguda COVID-19, o vírus já chegou ao Brasil e está na fase de transmissão comunitária, registrando, até o fechamento deste artigo (15/03/2020), 200 casos confirmados por balanços das secretarias estaduais de Saúde, conforme dados divulgados pelo Ministério da Saúde neste domingo. Na Bahia, foram contabilizados nove casos até o momento. A OMS classificou a atual epidemia como emergência de saúde pública de interesse internacional. Na prática, a decisão tem um peso político e envia um sinal aos países membros da entidade, como o Brasil, que adotem ações coordenadas, o que inclui vacinas e tratamentos, além de práticas de precauções como verificação de viajantes em portos, aeroportos, medição de temperatura e monitoramento de quem chegou de viagem, mesmo que sem sintomas. Neste momento, a recomendação é evitar viagens, aglomerações e passagens por aeroportos ou rodoviárias.

Leia mais

Rendimento escolar e menor qualidade de vida podem estar relacionados à qualidade do sono
Quem nunca ficou acordado até altas horas mexendo no celular ou assistindo à televisão? Essas são algumas práticas comuns consideradas prejudiciais, principalmente entre jovens brasileiros, e que podem afetar o desempenho escolar, uma vez que uma noite mal dormida reflete, sobretudo, na atenção, concentração, humor e disposição no dia seguinte. O estímulo visual, ou seja, assistir TV, usar o computador, tablet ou celular antes de deitar para dormir, inibe a liberação do hormônio do sono (melatonina) e atrasa o seu início.

Leia mais

Sexta, 14 de Fevereiro de 2020 - 11:30

Carnaval: Idosos com artrose também podem curtir de forma saudável

por Jozélio Freire de Carvalho

Carnaval: Idosos com artrose também podem curtir de forma saudável
O baiano raiz já começou a contagem regressiva para o Carnaval de Salvador. Mas, além da diversão, é preciso ficar atento aos cuidados prévios à folia, sobretudo quem sofre com dores crônicas, a exemplo da artrose. O problema, que não tem cura, é considerado um processo natural da idade, atingindo quase 15 milhões de brasileiros, principalmente idosos (+60 anos), segundo o Ministério da Saúde. Mas, apesar das dores e limitações motoras impostas pelo problema, é possível aproveitar a folia de forma saudável.

Leia mais

Histórico de Conteúdo