Segunda, 13 de Maio de 2019 - 11:10

Adolfo Viana

por João Brandão

Adolfo Viana
O presidente estadual do PSDB na Bahia, Adolfo Viana, afirmou ao Bahia Notícias que o partido vai trabalhar para ter candidatura própria à prefeitura de Salvador em 2020, apesar de ter feito elogios ao vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), candidato natural à sucessão de ACM Neto. “Bruno é muito meu amigo. A gente iniciou junto na Assembleia Legislativa. Quadro muito qualificado, trabalhador e tem todas as condições de ser candidato do DEM a prefeito de Salvador. Muito meu amigo, mas o PSDB vai buscar ter a sua candidatura. Lá na frente estaremos prontos para conversar. Momento é o PSDB construir seu nome, a sua caminhada. Para que no momento oportuno tome a sua decisão”, enfatizou ele. Viana fez uma autocrítica sobre a sua sigla. “[O PSDB] Cometeu alguns erros, naturalmente. Se desconectou das ruas, e esse é momento que precisamos ficar reconectados com a população”, disse. Para ele, o governo de Bolsonaro “está amadurecendo”. “Está precisando encontrar o seu melhor modelo. Tenho certeza que logo em breve eles vão ajustar os ponteiros”, completou.

Leia mais

Segunda, 06 de Maio de 2019 - 11:10

Paulo Azi

por João Brandão / Rodrigo Daniel Silva

Paulo Azi
Presidente do DEM na Bahia, o deputado federal Paulo Azi afirmou, em entrevista ao Bahia Notícias, que o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), é hoje o candidatura natural do grupo à sucessão de ACM Neto (DEM). Para ele, o número 2 do Palácio Thomé de Souza tem "todas as qualificações" para ser o postulante governista no próximo ano.  "O Democratas em Salvador tem muitas lideranças jovens, como Leo Prates, Alexandre Aleluia, Cláudio Tinoco, Duda Sanches. É legitimo almejarem um dia administrarem a nossa capital. Agora, repito a candidatura hoje colocada como natural é do vice-prefeito Bruno Reis", afirmou Azi. Ainda na entrevista, o deputado federal disse que o seu partido vai buscar candidaturas próprias na grande maioria dos municípios. "E investir em novos atores, que não estão na política e desejam entrar. E, claro, tendo uma olhar muito especial para os 50 maiores municípios do estado", acrescentou.  Azi reclamou do "assédio brutal" que os prefeitos do seu grupo sofre do governador Rui Costa (PT) e aliados. Segundo ele, a oposição não perdeu tantos gestores municipais com a desistência de ACM Neto de não ser candidato ao governo em 2018. “Muitos poucos saíram. Tenho conversado com muitas lideranças do interior. E a gente tem sido objeto de muita solicitação, de prefeitos de outros partidos, inclusive", pontuou.

Leia mais

Segunda, 29 de Abril de 2019 - 11:10

Nelson Leal

por Lucas Arraz / João Brandão

Nelson Leal
Presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) no biênio 2019-2020, Nelson Leal (PP) declarou que agiria com “tranquilidade”, caso recebesse um pedido de instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). “No dia em que um pedido de CPI tiver 21 assinaturas, o meu papel como presidente vai ser de mandar instalar. Nos casos que dependerem da presidência, vamos tocar com muita serenidade”, relatou o presidente em entrevista exclusiva ao Bahia Notícias.  A não instalação de investigações em casos como a da Fonte Nova (saiba mais aqui), Barra e do deputado Targino Machado (DEM), que aparece em vídeos pedindo votos em troca de cirurgias (lembre aqui), ficaram para trás no último biênio, comandado por Angelo Coronel. A gestão levantou críticas por isso. Sobre os fatos, Leal também pregou serenidade nos processos.   “Acho que nesse momento tão exaltado. O que precisamos ter é serenidade, tranquilidade. Para tocar as instituições com muito respeito. Precisamos que esse país volte a crescer”, disse.  O deputado também comentou a operação da Polícia Federal que investiga o correligionário Zé Cocá (PP). Leal defendeu o colega que usou a AL-BA para dizer que a classe política está sendo criminalizada. “Em algumas situações, acredito que poderia se aprofundar mais na investigação antes de tomar uma atitude com uma busca e apreensão”, argumentou.

Leia mais

Segunda, 22 de Abril de 2019 - 11:10

Ana Paula Matos

por Rodrigo Daniel Silva / João Brandão

Ana Paula Matos
A secretária das Prefeituras-bairro de Salvador, Ana Paula Matos, afirmou ao Bahia Notícias que não tem pretensão de disputar cargo eletivo em 2020. “Inclusive é algo que sido falado, de lideranças. Sou técnica, concursada da Petrobras, professora universitária há muitos anos. Sou administradora, advogada. Não faz parte dessa minha história técnica a carreira política. Hoje, agora, não faz parte dos meus planos. Levo isso com muito orgulho. Não tenho nenhuma pretensão. Descarto, sim, hoje”, afirmou. Em 2018, Ana Paula apoiou João Roma (PRB) para deputado federal e Leo Prates (DEM) para estadual. No entanto, ela descartou apoio a algum candidato para a próxima eleição e negou o assédio de políticos para angariar seu apoio. Chefe de gabinete do vice-prefeito Bruno Reis, ela afirmou que o democrata é “meu candidato a qualquer coisa”. “Eu conheço da vida inteira. Lembro que eu estava com ele na faculdade de Direito quando Neto convidou ele. Eu incentivei. Agora, se ACM Neto entender que Bruno Reis é o nosso candidato, ele é o nosso candidato. Se ACM neto entender que não é o momento, Bruno Reis não vai ser candidato”, apontou.

Leia mais

Segunda, 15 de Abril de 2019 - 11:10

Fausto Franco

por João Brandão / Lucas Arraz / Jade Coelho

Fausto Franco
A Secretaria de Turismo da Bahia tem focado em negociações com empresas do setor aéreo a fim de fortalecer e atrair mais voos para o estado e dentro do estado, segundo o titular da pasta, Fausto Franco. “Estive em São Paulo na semana passada na WPM, que é a nova feira da América Latina e tive com todos os diretores das três empresas que operam aqui no Brasil. Ficaram muito sensibilizados e a gente está fazendo uma política mais agressiva de incentivo de ICMS para essas rotas que a Avianca deixou de operar e para a gente criar maior conectividade com outras cidades do Estado”, assegurou.

Leia mais

Segunda, 08 de Abril de 2019 - 11:10

André Fraga

por Rodrigo Daniel Silva / Ailma Teixeira

André Fraga
À frente da Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis) desde 2014, o dirigente nacional do Partido Verde, André Fraga, tem uma promessa ainda não cumprida: a entrega do plano costeiro de Salvador. Sua nova meta é concluí-lo ainda no primeiro semestre deste ano, mas alguns pontos "polêmicos" continuam em discussão interna na pasta, como é o caso do Porto de Salvador. O secretário defende que ele seja completamente desativado. Ele ressalta, no entanto, que a decisão cabe ao prefeito ACM Neto (DEM). Em relação aos projetos já divulgados pela gestão, Fraga destaca o IPTU Amarelo, a Outorga Verde, o Salvador Resiliente, cuja proposta de implantação expira em 2049, e o Plano de Saneamento, que apesar de ser liderado pela Seinfra, é acompanhado pela Secis. Neste último caso, o edital de licitação já foi lançado para que as empresas interessadas façam seus questionamentos.

Leia mais

Segunda, 01 de Abril de 2019 - 11:10

Daniel Almeida

por Lucas Arraz / Fernando Duarte / Rodrigo Daniel Silva

Daniel Almeida
Líder do PCdoB na Câmara dos Deputados, o baiano Daniel Almeida disse que é “não é necessária” a reforma da Previdência, que foi proposta pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Em entrevista ao Bahia Notícias, o comunista defendeu que o déficit nas contas do governo seja resolvido com a tributação das grandes fortunas. “Agora, nos últimos três anos, em função da crise econômica, tem um déficit. E na hora que tem déficit coloca a conta no trabalhador rural? Na pessoa que tem deficiência? Aí não dá”, declarou. O parlamentar criticou o governo Bolsonaro e deixou em dúvida se o presidente da República vai encerrar o mandato em 2022. “O papel dele como dirigente político da nação é cada vez mais questionado. O desejável é que a eleição seja respeitada. As regras do jogo. Não tem condições de cumprir o papel que está. Mas não acho que deve se estimular uma solução fora da Constituição”, salientou.

Leia mais

Segunda, 25 de Março de 2019 - 11:10

Alexandre Aleluia

por Guilherme Ferreira / Lucas Arraz

Alexandre Aleluia
Em seu primeiro mandato como vereador, Alexandre Aleluia (DEM) assumiu, neste biênio, a importante missão de ser presidente da Comissão de Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na Câmara Municipal de Salvador. Logo de cara, o edil enfrentará a responsabilidade de guiar a tramitação do projeto do Executivo que pretende regulamentar o transporte particular na capital por meio de aplicativos, como o Uber e o 99 Pop. "Tenho certeza que nós tendemos a aprovar o projeto mais liberal do Brasil", disse o vereador sobre a proposta que está sendo alterada na CCJ. O vereador é um dos parlamentares que alterou o texto original da lei enviado por ACM Neto. Entre as mudanças, está a queda da ideia inicial de estabelecer um limite de 7 mil motoristas por aplicativo de transporte particular. A medida era vista como protetiva para a categoria dos taxistas. Alexandre ainda se comparou a grandes nomes como Winston Churchill para transmitir a ideia de que não se importou com o resultado eleitoral: "Essa é a diferença do político que pensa em eleições e o político que pensa em história. Eu me enxergo dentro da aventura que se chama história do Brasil e da Bahia".

Leia mais

Segunda, 18 de Março de 2019 - 11:10

Diogo Medrado

por João Brandão / Jade Coelho

Diogo Medrado
O superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado, atribui ao divulgação tardia da grade de atrações do governo do estado no Carnaval de Salvador de 2019 à agenda e à indecisão dos artistas. Ele disse ainda que a Bahiatursa já está planejando o Carnaval de 2020 para que os erros cometidos são sejam repetidos, a grade seja divulgada com antecedência e deste modo atrair um número maior de turistas para o estado. “A ideia é que logo após o São João, as grandes atrações a gente divulgue logo, até para facilitar a captação de novos turistas para o estado”, assegurou Medrado.

Leia mais

Segunda, 11 de Março de 2019 - 11:00

Isaac Edington

por Guilherme Ferreira

Isaac Edington
O presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington, diz ter a intenção de abrir mais espaço para os foliões curtirem a pipoca no Carnaval. Essa pelo menos foi uma das conclusões tiradas a partir de uma análise da festa que aconteceu entre o fim de fevereiro e o início de março. Na avaliação de Isaac, o Campo Grande já foi beneficiado este ano com a retirada de estruturas. O governo não exerceu o direito de ter seu camarote no circuito e a prefeitura também teria diminuído seu espaço. Para o próximo ano, a ideia é fazer ajustes entre a Barra e Ondina. "Começam a ter outros aparatos de infraestrutura em determinadas regiões que começam a atrapalhar um pouco, em especial no circuito Barra-Ondina. Acho que a gente tem que ser um pouco mais duro lá. Acho que a gente pode melhorar alguns locais e a infraestrutura pública de alguns órgãos - sem citar nomes - pra sobrar mais espaço na rua", comentou. Em entrevista ao Bahia Notícias, Isaac também comentou sobre a atração de grandes artistas para o Campo Grande e apontou que o retorno de blocos importantes ao circuito depende muito do desejo dos artistas para não precisar sempre do apoio do poder público.

Leia mais

Histórico de Conteúdo