Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
/
Tag

Artigos

Gel Varella
Uma Síntese Filosófica da Política Contemporânea: Uma Abordagem Dialética e Crítica
Foto: Divulgação

Uma Síntese Filosófica da Política Contemporânea: Uma Abordagem Dialética e Crítica

A construção de uma filosofia política robusta, democrática e inclusiva exige a integração das ideias mais significativas dos clássicos gregos, dos pensadores modernos e contemporâneos, e das correntes críticas do século XX. Este artigo busca sintetizar as contribuições de Sócrates, Platão, Aristóteles, Thomas Hobbes, John Locke, Jean-Jacques Rousseau, Karl Marx, John Rawls, a Escola de Frankfurt, Michel Foucault e Hannah Arendt, criando uma visão que busca promover uma democracia radical, inclusiva, ética e crítica.

Multimídia

“É uma estratégia do PT”, afirma Luciano Simões sobre a ‘pulverização’ de candidaturas em Salvador

“É uma estratégia do PT”, afirma Luciano Simões sobre a ‘pulverização’ de candidaturas em Salvador
Em entrevista ao Projeto Prisma, nesta segunda-feira (15), o presidente do União Brasil em Salvador e deputado estadual, Luciano Simões Filho, afirma que a redução no número de candidaturas na capital é “uma estratégia do PT”, que há 20 anos busca estratégias para se eleger no município. Este ano, o PT buscou uma articulação da base em torno do vice-governador e candidato emedebista, Geraldo. 

Entrevistas

"É um povo que tem a independência no DNA", diz Pedro Tourinho sobre tema do 2 de Julho em Salvador

"É um povo que tem a independência no DNA", diz Pedro Tourinho sobre tema do 2 de Julho em Salvador
Foto: Reprodução / Instagram / Pedro Tourinho
Salvador se prepara para receber mais uma vez as celebrações do 2 de Julho, data que marca a luta pela independência do Brasil na Bahia, que em 2024 tem como tema "Povo Independente". Na semana passada o Bahia Notícias conversou com o secretário de Cultura e Turismo da capital baiana, Pedro Tourinho, para esquentar o clima dos festejos desta terça-feira. Para o titular da Secult, o povo de Salvador tem a independência forjada em seu DNA.

hip hop

Leci Brandão responde Ed Motta após comentário polêmico: “Quem ataca o Hip Hop é elitista!’
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A cantora Leci Brandão, 79 anos, utilizou suas redes sociais para defender o gênero musical hip-hop nesta sexta-feira (14), após comentário polêmico feito pelo cantor Ed Motta. Na quinta-feira (13), o artista afirmou em uma live em seu perfil no Instagram que quem ouve o gênero é burro.


Em seu Instagram, Leci, que também é deputada estadual de São Paulo, compartilhou fotos segurando cartazes em resposta ao comentário de Motta. “Para repor a verdade: quem ouve Hip Hop não é burro! Ouvir e fazer Hip Hop é resistência! Quem ataca o Hip Hop é elitista!”, afirmou a cantora na sequência de imagens. 


“Quem acha que representa a cultura negra e não reconhece o Hip Hop tá de chapéu atolado! Sem mais. #RespeiteOHipHop”, concluiu. Na legenda da publicação, Leci escreveu: “Entendedores entenderão. E fim de papo”.


Nos comentários, artistas e seguidores apoiaram a atitude da artista. “Vindo de um cara que SEMPRE viveu à sombra do tio, de um cara que só vem na internet polemizar e não pelo talento... Não se deve nem levar em consideração o comentário infeliz dele!”, disse uma internauta. “Rainha faz assim!!! Viva Leci!”, exaltou a cantora Teresa Cristina.

 

 

Luiz Caldas lança 'Pedrada!', disco  de hip hop com críticas ao racismo, LGBTfobia e corrupção
Foto: Divulgação

O cantor, compositor e multi instrumentista Luiz Caldas acaba de lançar o 107º disco de seu projeto de lançamentos mensais. Desta vez, o artista gravou o álbum de hip hop “Pedrada!”, com dez faixas, sendo nove autorais.

 

O disco tem ainda duas participações: na faixa “Em nome de Tupã”, ele divide os vocais com André Abujamra, que interpreta o Pajé Abú. Já o baiano Felupz canta com Luiz a música “O Mundo é de Todo Mundo”, um manifesto LGBTQIA+, que pede mais consciência, liberdade, amor e paz. O álbum está disponível no site www.luizcaldas.com.br e nas plataformas de streaming.

 

O músico conta que escrever as letras foi trabalhoso, uma vez que o rap, como música de protesto, requer uma abordagem de questões profundas, que são como “feridas” da humanidade. As canções em “Pedrada!” tratam de temas como fome, desrespeito aos povos originários, abuso de poder, desigualdade social, corrupção, racismo e a ambição desenfreada do homem.

 

“A pesquisa histo?rica para escrever as músicas foi fascinante e eu mergulhei fundo, amei faze?-la e transforma?-la em hip hop”, comemora Luiz. 

'Mostrou ser um nanico, um bostinha sem senso de humor', diz Barbara Gancia sobre Emicida
Fotos: Divulgação

Depois de ser mencionada por Emicida, durante o programa Roda Viva exibido nesta segunda-feira (27), na TV Cultura, Barbara Gancia fez duras críticas ao rapper. “Esse rapazinho deveria parar de ouvir apenas o som da própria voz. Essa viagem de achar que por ser defensor dos pobres e oprimidos ele tem o direito de sair por aí espinafrando os outros sem procurar se informar provavelmente vai lhe custar alguns dias no purgatório antes de sentar-se à direita de Deus Pai, como ele parece almejar”, escreveu a jornalista e apresentadora em sua conta no Twitter, nesta terça (28).

 

O atrito acontece, porque o artista lembrou de um texto publicado por Barbara em 2007, no qual ela  sugeria que o hip hop estava vinculado ao tráfico de drogas (clique aqui e saiba mais). “De minha parte, eu já expliquei um milhão de vezes, inclusive para ele pessoalmente, que fui uma das tantas pessoas da minha geração que não conseguiam achar graça em ver alguém pegar uma música de sucesso, gravar a própria voz em cima e sair dizendo que se tratava de uma composição sua. Pois é, era assim que a topeira aqui via o rap. Tirei um sarro disso na minha coluna da Folha algumas vezes. Daí tomei tanta porrada que resolvi tomar vergonha na cara e ir estudar a história do rap e do hip-hop pra entender do que se tratava”, alegou a apresentadora, afirmando que depois de “passar dia e noite ouvindo pra aprender” teve como resultado “uma completa conversão”.

 

“Gostaria de convidar a todos para visitar agora mesmo o meu perfil no Spotify (@bgancia ) e conferir as minhas playlists para verificar se há hip-hop, se eu sou essa pessoa escrota que esse moleque está dizendo que sou. Eu era idiota, tomei na cabeça, fui lá, ralei e aprendi”, disse a jornalista, destacando que Emicida não procurou saber quem ela é antes de “esculhambar publicamente”, mesmo sabendo “o custo que um ataque desse tipo pode ter nas redes sociais justiceiras e magnânimas dos dias de hoje”. Segundo Barbara Gancia, Emicida “mostrou ser um nanico, um bostinha sem senso de humor, o mesmo que reagiu feito moleque chorão quando eu tirei sarro dele no Twitter”.

 

A jornalista lamentou o comportamento do músico e defendeu que ele deveria ter aprendido a respeitá-la, já que ambos trabalham no GNT. “Somos colegas de elenco, eu tenho idade pra ser mãe dele, a nossa chefe já falou pra ele que ele estava errado em me julgar tão mal e, na real, eu acho o trabalho social que ele faz admirável. Mas essa parada aqui comigo passou dos limites, melancólica mesmo. Ele continua sendo o mesmo que se recusou a trabalhar comigo na Copa da Rússia, o mesmo que me julga sem nem sequer se questionar porque alguém que ele considera tão desprezível ocuparia espaços em lugares tão próximos aqueles em que ele também está presente. Seriam todos idiotas e só ele enxerga a verdade? Olha só, Emicida: humildade é boa e mandou lembranças, sabichão”, concluiu.

Escola de Dança da Funceb abre inscrições para cursos livres de Street Jazz e Hip Hop
Foto: Divulgação / Ravena Maia

A Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) abriu inscrições para os Cursos Livres 2019, dentre eles os de Street Jazz, iniciante e intermediário, com Hélio Oliveira, e o Hip Hop, com Dave Barros.


Os interessados deve ter mais de 18 anos e se inscrever presencialmente, na Escola de Dança, situada no Pelourinho. O investimento é de R$ 70 (mensal) ou R$ 20 (aula avulsa), para a modalidade escolhida.


Para os Iniciantes em Street Jazz, as aulas serão às terças-feiras, das 18h30 às 20h30, na sala 2. Os encontros com os alunos de nível Intermediário serão às quintas-feiras, das 18h30 às 20h30, no mesmo local. Já no Curso Livre de Hip Hop,  as aulas acontecem às sextas-feiras, das 18h30 às 20h30, também na sala 2. 

Sarau Fábrica de Rimas chega à 5ª edição em Salvador
Foto: Divulgação

Com o tema “Hip hop na quebrada, onde tudo começou”, o Sarau Fábrica de Rimas chega à sua 5ª edição no dia 24 de novembro, a partir das 9h, na Praça do Loteamento Vila Mar, na região da Estrada Velha do Aeroporto, em Salvador. Com entrada gratuita, o evento reúne música, dança, grafite, poesia, feira de empreendedores independente e oficinas.


Dentre os destaques das atrações musicais estão o grupo Contenção 33, Mr. Armeng, Mana Bella e Os Diamantina. O público poderá conferir também apresentações de MC Ramon, RBF, ODU, Vírus, Estilo Livre, Castele, Jamvibes, Robert Jack e Errejota. A dança fica por conta de Ananias Break e B-boy Tom e a discotecagem é de Dj Bandido. O recital de poesia traz Marina Lima, Deise Fatuna, Valdeck Almeida de Jesus e a Cia Piccola de Teatro Icbie.

 

SERVIÇO
O QUÊ:
Sarau Fábrica de Rimas
QUANDO: Sábado, 24 de novembro, às 9h.
ONDE: Praça do Loteamento Vila Mar - Estrada Velha do Aeroporto – Salvador (BA)
VALOR: Entrada Gratuita

Projeto Heróis da Resistência promove batalhas de MC’s em São Caetano 
Foto: Divulgação

O projeto Heróis da Resistência reunirá artistas locais e das adjacências, a partir de 6 de setembro, na quadra de esportes do bairro de São Caetano, em um evento voltado para a cultura do Hip Hop. O ponto alto do encontro são as batalhas de MC’s. Nesta primeira edição, a programação contará com apresentações do grupos Okaris e A Rua se Conhece, Flávia Gringa, Dj Belle, Dj Berlota, Dj Ivan e Dj Gilson Toots. O público poderá conferir ainda atividades como poesia, rima, break dance e grafite.


O projeto seguirá nos meses de setembro a novembro, sempre as quintas-feiras, das 19h às 22h, com entrada gratuita.

Projeto Afro Hip Hop celebra Revolta dos Búzios nesta sexta no Pelourinho
Foto: Divulgação

O projeto Afro Hip Hop, que nasce com o objetivo de resgatar a memória as lutas e conquistas históricas das camadas populares, celebra a Revolta dos Búzios nesta sexta-feira (17), a partir das 19h, no Largo Tereza Batista, no Pelourinho. Totalmente gratuito, o evento reunirá diversas manifestações artísticas, como dança, música, moda e poesia. Dentre as atrações estãoa banda Zuhri; o grupo de rap Versu2; o grupo de dança Afroragga; o Poeta com P de Preto e a poeta Rool Cerqueira, do coletivo Zeferinas.


SERVIÇO
O QUÊ:
Afro Hip Hop
QUANDO: Sexta-feira, 17 de agosto, às 19h
ONDE: Largo Tereza Batista – Pelourinho – Salvador (BA)
VALOR: Entrada gratuita

Casa Preta e Largo Tereza Batista recebem o projeto Afro Hip Hop
Banda Zuhri se apresenta no Afro Hip Hop | Foto: Divulgação / André Fofano

A Casa Preta, no Dois de Julho, irá receber neste domingo (12), dia em que se comemora a Revolta dos Búzios, o projeto Afro Hip Hop, às 15h. O evento tem o objetivo de reunir diversas manifestações artísticas, como a dança, música, moda e poesia. No primeiro dia do Afro Hip Hop, o público poderá participar do Afro Papo: "Da Diáspora ao Hip Hop", com Fabrício Mota (IFÁ) e Anne Rodrigues (Rumpilezzinho). Com mediação de Jad Venttura (músico), o bate-papo deverá tratar sobre músicas que são produzidas a partir de elementos africanos. Em seguida, será exibido Fresh Dressed, filme que narra a construção da insdústria de moda voltada para o hip hop. O evento ainda irá contar com a apresentação do Dj Jarron, que irá fechar as atividades do primeiro dia. 

O segundo dia do evento que ocorre na sexta-feira (17), será no Largo Tereza Batista, no Pelourinho, a partir das 19h, irá receber um desfile de moda, que mostrará o que tem sido produzido de forma independente na cidade. Além disso, o grupo de dança Afroragga irá se apresentar mostrando através da expressão corporal, as batalhas que aconteciam entre grupos de bairros rivais e demais disputas de poder.Dois shows musicais irão encerrar o último dia do projeto. A primeira banda a se apresentar é a Zuhri, que traz o diálogo do Rap com o Jazz e em seguida o grupo e rap Versu2.  

 

SERVIÇO
1º DIA

O QUÊ: Afro Hip Hop
QUANDO: Domingo, 12 de agosto, às 15h
ONDE: Casa Preta, Dois de julho, Salvador-BA
VALOR: Gratuito

 

2º DIA
O QUÊ: Afro Hip Hop
QUANDO: Sexta, 17 de agosto, às 19h
ONDE: Largo Tereza Batista, Pelourinho, Salvador-BA
VALOR: Gratuito

Cine Teatro Solar Boa Vista recebe projeto que aborda a cultura do Hip Hop
Foto: Divulgação

O Cine Teatro Solar Boa Vista irá receber a 2ª edição da Liga Baiana de B.Boys e B.Girls (LBBB), neste domingo (22), às 13h. O projeto que foi idealizado pelo Independente de Rua, grupo fundado em 2002 reconhecido pelas suas atividades e ações no movimento Hip Hop, contará com uma mesa de abertura com o tema Dança - empreendedorismo e estruturação de grupos que vai começar às 14h30. Além disso, o grupo CDR Style, primeiro e único em seu estilo no Brasil, irão se apresentar durante a abertura, cantando música que dialogam com a conscientização, retratam a periferia de forma alegre. A programação também conta com customização de camisas, batalhas, pocket shows e apresentações de dança. O evento terá um Workshop Allstyle, que é direcionado para 30 dançarinos e dançarinas, independente do estilo. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas através do formulário online, até esta quinta-feira (19). O workshop será ministrado pelo arte educador Jorge Machado (Tico k.), que é especializado em ritmos e danças urbanas e abordará estilos do hip hop visando o desenvolvimento individual e coletivo.Outra atração do evento é a participação da Companhia de Dança YSÔ que apresentará a sua nova obra artística: Vidas Negras “O Mensageiro de Oxalá”.

 

SERVIÇO
O QUÊ: 2ª edição do Liga Baiana de B.boys e B.girls
QUANDO: Domingo, 22 de abril, às 13h
ONDE: Cine Teatro Solar Boa Vista (Engenho Velho de Brotas,Salvador-BA)
Valor: Gratuito

 

Mv Bill divulga data de próximo show em Salvador
Foto: Reprodução / Macaé Tips

Em julho, o Salvador Music recebe show de MV Bill. A informação foi divulgada no Instagram do próprio artista no início do mês, com a frase: "Avisa para geral!". O rapper e escritor carioca está em turnê para divulgação do single “Vida Longa”, mais uma parceria com a cantora de rap Kamila CDD. Juntos, os artistas protagonizam as canções “Vagabundo” 1,2,3 e 4, sucessos do ritmo. “Vida Longa” foi lançada em fevereiro deste ano através das principais plataformas digitais, juntamente como clipe. Com 8 álbuns na carreira, e participações no cinemas e na TV, Bill acumula passagens na capital baiana, a última delas em novembro do ano passado, antes do lançamento do hit. “Vida Longa” tem beats de Insanee Tracks, direção musical de Beni Ktt e masterização de Johny Monteiro. É provável que ainda em 2017 o artista lance novos singles. Confira o clipe de “Vida Longa”:

Ator australiano morre após ser baleado em gravação de videoclipe
Foto: Reprodução / Facebook
As gravações de um videoclipe do grupo de hip hop australiano Bliss N Eso tiveram um fim trágico, nesta segunda-feira (23). Isto porque Johann Ofner, um ator de cerca de 20 anos, foi baleado no peito e acabou morrendo durante as filmagens, que aconteciam em um bar de Brisbane (Austrália). Segundo a polícia, o dublê estava rodando uma cena na qual eram usadas várias armas de fogo, quando foi atingido. De acordo com informações de O Globo, a produção tentou ressuscitar o artista antes da chegada dos paramédicos, mas ele não resistiu. "Estamos incrivelmente tristes que um trágico incidente tenha acontecido hoje, quando um dublê profissional envolvido nas filmagens do nosso último clipe morreu em Brisbane. Nós não estávamos no set no momento e nossos empresários estão colaborando com a polícia e a produtora responsável para pegar mais detalhes. Nós três estamos extremamente preocupados e mexidos com isso, e nossos corações e preces estão com as famílias da vítima e amigos, bem como o elenco e equipe que estavam envolvidos no clipe", escreveu a banda, em suas redes sociais. 
Centro Cultural Plataforma recebe espetáculo ‘Encantos da Dança’ neste domingo
Foto: Divulgação
O espetáculo “Encantos da Dança”, que envolve ballet clássico, street jazz, hip hop, capoeira, dança afro e do ventre, será apresentado em duas sessões, às 15h e 17h, no próximo domingo (12), no Centro Cultural Plataforma. A montagem encerra as atividades realizadas pelo projeto “Associação Cultural Esperança - Disseminando arte através da dança”, voltado para crianças e jovens do Subúrbio de Salvador.  Os ingressos custam R$ 5 e estarão à venda no local das apresentações.
 
Serviço
O QUÊ: Espetáculo Encantos da Dança
QUANDO: Domingo, 12 de junho, às 15h e 17h
ONDE: Centro Cultural Plataforma
VALOR: R$ 5
Morre, aos 52 anos, John Berry, um dos fundadores do Beastie Boys
John Berry, o segundo da direita pra esquerda | Foto: Reprodução / The Wrap
Morreu, aos 52 anos, o músico John Berry, um dos fundadores do Beastie Boys. Ex-membro do grupo americano de hip-hop, Berry veio a óbito na manhã dessa quinta-feira (19), em Danvers, no Massachusetts. Foi o pai do músico, John Berry III, quem confirmou sua morte para a revista Rolling Stone. Vítima de demência no lobo frontal, Berry teve seu problema de saúde agravado nos últimos meses.

De acordo com a Rolling Stone Brasil, Berry foi responsável por batizar a banda com o nome de Beastie Boys. O músico permaneceu no grupo apenas até o primeiro disco, "Polly Wog Stew", gravado em novembro de 1982. Nos anos que seguiram, Berry integrou outros grupos, como Even Worse, Highway Stars, Big Fat Love e Bourbon Deluxe.
Com o codinome 'Eduardo Cunha', produtor lança EP 'Desde 1991 Esperando Ser Preso'
Capa do EP | Foto: BandCamp
Em meio a tantos memes sobre os recentes eventos na política brasileira, um produtor musical do interior de São Paulo que preferiu se identificar como "Eduardo Cunha" divulgou o EP "Desde 1991 Esperando Ser Preso". Com a imagem de Cunha – o verdadeiro – na capa, o LP traz quatro faixas de hip hop instrumental com samples de discursos e entrevistas do presidente da Câmara dos Deputados. "Telerj 1991", "Companhia Estadual de Habilitação", "Rich White Guy Trap (Mentira da Receita) e "2016 (E ainda esperando ser preso)" ironizam a posição do deputado peemedebista no governo. "Essa ‘porra’ já tá com mais de 3.000 plays, e meus releases 'oficiais' raramente batem 1000 em algumas semanas. Essa molecada de hoje em dia só quer saber de memes mesmo", comentou o produtor, em entrevista ao site Thump. Assumidamente "mais pro lado vermelho da força", “Cunha” contou que sua motivação partiu do ócio da vida política no Brasil. "Quando a gente tem muito tempo sobrando, principalmente quando se é do meio político nacional, podemos fazer muita coisa. Entre elas lançar um disco de instrumentais. Depois, a gente vai roubar um pouco de grana da máquina pública", afirmou. Diante da abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, no último domingo (17), “Cunha” comentou sobre o panorama político do Brasil. "Tenho esperança ainda, só que pouca. Mas tento fazer minha parte. E a política tem umas coisas tão ridículas que não tem como não fazer piada", ressaltou.
Batalha de Breaking Independente acontece neste domingo no Engenho Velho de Brotas
Foto: Divulgação
No mês da dança, o hip hop não poderia ficar de fora das comemorações. Neste domingo (10), a partir das 13h, acontece a 6° Batalha de Breaking Independente no Cine Teatro Solar Boa Vista, no Engenho Velho de Brotas. A disputa terá participação de dançarinos e dançarinas (chamados de B.boys e B.Girls) de Salvador, Dias D`Avila, Simões Filho, Valença, Feira de Santana, São Gonçalo dos Campos, Lauro de Freitas,  Alagoinhas e outros municípios.
 
A comissão julgadora da Batalha é composta por três jurados de diferentes estados brasileiros. A “B.girl” Branca, de (DF) Brasília, “B.Boy” Okado, de Recife (PE) e “B.boy” Zote de Salvador (BA). Trinta e duas duplas disputarão a premiação no total de 4.500,00.  O acesso para o público será por meio de ingressos com valores entre R$ 2,5 e R$ 5 - sujeito a lotação do espaço. A bilheteria abrirá uma hora antes para compras do ingresso.
 
A competição integra a programação do projeto “Cultura, Hip Hop e Informação” que acontece de fevereiro a junho de 2016, e é uma proposta do  Grupo Independente de Rua.  “O grupo tem o intuito de garantir autonomia e valorização social. Desde 2002 viemos realizando atividades culturais reconhecendo que a rua é o espaço para estimular os novos adeptos, criar, produzir,  transformando a rua em um ponto de encontro” afirma Ananias Break, integrante do Grupo.
 
SERVIÇO:
Projeto Cultura Hip-Hop e InformAÇÃO.
O quê: Batalha de Break Independente de Rua
Quando: 10 de abril de 2016 (domingo), às 13h.
Onde: Cine Teatro Solar Boa Vista, Eng. Velho de Brotas, Salvador.
Intervenções artísticas: Apresentações de Dança, Djs Salluz  /Feira de Santana,  Dj Ivan / Salvador , Rap Militância poética, SG ( Só Gastando)  e Graffiti com Thito Lama e Kbça
Ingresso: R$ 5 e R$ 2,50
Inscrições abertas para oficinas de Dança Urbanas até dia 11 de Abril de 2016.
Dias de realização: 13, 14 e 15  das 14h ás 18h
Local: Cine Teatro Solar Boa Vista, Eng. Velho de Brotas, Salvador.
Nova série do Netflix vai retratar ascensão do hip-hop em Nova York
Foto: Divulgação
Com previsão de estreia para o segundo semestre de 2016, a nova série do Netflix vai contar a história de um grupo de jovens músicos, grafiteiros e dançarinos do Bronx, Estados Unidos, no final da década de 1970. Produzida pela Sony, The Get Down é dirigida por Baz Luhrmann (Moulin Rouge) e acompanha a época de ascensão simultânea do hip-hop, disco e punk na cena artísitica de Nova York. No trailer divulgado pelo Netflix, aparecem atores, como Jimmy Smits, Justice Smith, Herizen Guardiola, Shameik Moore e Jaden Smith, que participa de quatro episódios da série. Assim como a maior parte das produções originais Netflix, a série terá todos os seus 13 episódios disponibilizados no serviço de uma vez. Confira o trailer:
Coletivo de Salvador promove batalha de dança de rua no Pelourinho
Foto:Divulgação
Acontece no próximo sábado (28), o projeto 'Boom Break - Circuito de Dança de Rua'. O evento será lançado pelo Coletivo Boom Clap para celebrar o Break e a cultura Hip Hop na praça Tereza batista, no Pelourinho, às 19h. O convite é para que os B.boys e B.girls de Salvador se divirtam nas rodas de Cypher e também possam se enfrentar nas batalhas das modalidades "Seven Two Smoke (B.girls)" e "Breaking 2x2". O som ficará por conta do DJ Jarrão. Também haverá um pocket show do grupo de rap DNX, entre uma batalha e outra. 
 
"A ideia do 'Boom Break' é termos um circuito onde possamos fomentar a dança de rua dentro do estado e com uma expressão nacional. Temos muitos B.Boys e B.Girls que vem ganhando destaque no Brasil  e criar uma vitrine para esses artistas é nosso desafio agora", explica André Coscarque, integrante do coletivo Boom Clap. Os interessados em participar das batalhas devem fazer a inscrição através da fanpage do Boom Clap. A confirmação acontecerá no dia do evento, após o pagamento da taxa de R$ 20. A premiação dos vencedores será na mesma noite. Já o público terá acesso ao evento com ingresso a R$ 3 ou R$ 5 (casadinha), comprados no local no dia do evento. 
Coletivo Ugangue celebra segundo aniversário com show gratuito no Pelourinho
Foto: Divulgação / Fernando Gomes
O coletivo Ugangue – União do Gueto e Cultura Hip Hop vai celebrar o segundo aniversário do grupo neste sábado, dia 06 de setembro, às 20h, na Praça Tereza Batista (Pelourinho). A festa intitulada “Ugangue Invande” também vai contar com apresentações dos grupos de rap Versu2 e Saca Só, do rapper paulista Nocivo Shomon e da Família Ugange, com apresentações dos artistas que fazem parte do coletivo Ugangue que agrega artistas como Daganja, Rap Nova Era, Galf UG, CDoze, dentre outros.  
 
Serviço
O QUÊ: Festa "Ugangue Invande"
QUANDO: 06 de setembro (sábado), às 20h
ONDE: Praça Tereza Batista (Pelourinho)
QUANTO: Gratuito
Snoop Dogg diz que adoraria ensinar filhos a fumar maconha
O cantor Snoop Dogg, famoso defensor da legalização da maconha, disse em entrevista à revista americana GQ, que adoraria ensinar seus três filhos a fumar a erva ."Eu não obrigaria meus filhos a fumarem maconha, mas, se eles quisessem, eu adoraria mostrar como fazer, o jeito certo, para que eles não peguem erva ruim, ou tenham overdose, ou usem alguma coisa que não é limpa", disse Snoop Dogg.

Desde que trocou o hip hop pelo reggae
, em meados de 2012, o cantor quer ser conhecido como Snoop Lion. Seu próximo disco, "Reincarnated", tem lançamento previsto para fevereiro.
Rappers se reúnem no Pelourinho para prévia do Carnaval
Foto: Divulgação/ Fernando Gomes
Os rappers DaGanja, KL Jay, Coscarque, Fall Clássico, Blequimobiu e Kiko se reúnem nesta sexta-feira (4), a partir das 21 horas, na praça Tereza Batista (Pelourinho), para fazerem uma prévia do que farão no Carnaval de 2013. Durante a folia momesca, os músicos se apresentarão no trio elétrico Rap Bahia, idealizado por Daganja, que já havia feito participações na festa. As experiências anteriores despertaram no rapper a vontade de misturar  a música e a cultura hip hop com o agito e a batida dançante do Carnaval baiano.
Snoop Dogg muda de nome e prepara álbum de reggae
O rapper Snoop Dogg trabalha em um projeto totalmente distinto do que está acostumado a fazer. Dogg anunciou que seu próximo projeto estará bem distante das batidas do hip-hop e das letras de gangster. Ainda este ano, o artista planeja lançar um álbum de reggae. Para isso, até seu nome irá mudar para Snoop Lion. Na manhã da segunda-feira (23), a música “La La La”, produzida em parceria com o DJ Diplo, foi divulgada.
 
Em recente entrevista à MTV News, o rapper declarou que vai “renascer” em seu novo álbum, acrescentando que, apesar de ter em sua história 11 registros do estilo bem sucedidos, seus fãs ainda não o conhecem verdadeiramente. “É especial. É realmente um projeto especial para mim, pois é como uma reencarnação e um nascimento de como realmente sou”, declarou Snoop, em março deste ano. As informações são da Billboard Brasil.

 
5ª Batalha de Break em Salvador abre inscrições
Salvador recebe a primeira etapa eliminatória da 5ª “Batalha de Break - Evolução Hip Hop”, que será realizada no Teatro Vila Velha, às 13h. A batalha conta com três jurados de fora da Bahia e tem premiações para o 1º lugar de R$ 2 mil, 2º lugar de R$ 1,5 mil e 3º lugar de R$ 1 mil, um total de R$ 4,5 mil em dinheiro, além de troféus e medalhas.

A competição será realizada em duplas, seguindo o formato 2×2 no estilo b.boy. Podem se inscrever gratuitamente dançarinos de todo o país. Os interessados têm até a próxima segunda-feira (26) para enviar a ficha de inscrição - disponível no site - preenchida para o email [email protected]. Os dançarinos selecionados na primeira fase participarão da etapa final no dia 8 de abril, às 14h, no Teatro Vila Velha, onde três jurados avaliarão as apresentações de cada dupla. O evento faz parte da ‘Mostra HipHop em Movimento 2012’, que este ano tem uma edição nacional,  e pretende incentivar o fortalecimento da dança de rua como uma linguagem artística e promover intercâmbio de artistas de breakdancing com dançarinos das mais variadas técnicas.

Além da batalha de break, o evento conta com oficinas de break, graffiti e DJ, uma feira com artigos de hip hop, jam session, transmissão ao vivo do programa Evolução HipHop, show com o rapper Rapadura (CE), e uma mesa redonda com o tema “Hip Hop: Comunicação e Desenvolvimento”, onde acontecerá o lançamento da Revista Rap Nacional, que contará com a presença deMandrake (SC), diretor da Revista Rap Nacional, Mia Lopes (BA), coordenadora de projetos da Flores de Dan,  Hot Black (SE), diretor da Rádio Aperipe FM,  Rapadura (CE), rapper e ativista social, e Dj Branco, coordenador da CMA HipHop. Toda a programação faz parte do Festival Internacional VIVADANÇA.

Serviço:
O QUÊ? 5ª Batalha de Break – Evolução HipHop
QUANDO? Primeira etapa 05 de abril, às 13h / Etapa final 08 de abril, às 14h
ONDE? Teatro Vila Velha, Campo grande
QUANTO? Inscrições gratuitas até 26 de março através do site http://www.irdeb.ba.gov.br/evolucaohiphop/

Simples Rap’ortagem lança novo show no Pelourinho
Após o lançamento do álbum ‘Em Primeira Mão’, a Simples Rap´ortagem apresenta o espetáculo Sexto Sentido, nesta sexta-feira (4), às 20h, no Largo Pedro Archanjo (Pelourinho). O show, que terá um caráter cênico, com artistas surpresa em cada apresentação, sob a direção da coreógrafa Jedjane Mirtes, contará com as dançarinas do Balé Sankofa, das B.Girls (Bidy e Pryci) e com a participação especial da banda A Mulherada.
 
Serviço:
O QUÊ: Simples Rap´ortagem e convidados
ONDE: Largo Pedro Archanjo
QUANDO: sexta-feira (4), às 20h
QUANTO:Grátis

Black Alien toca em Salvador neste sábado

Black Alien toca em Salvador neste sábado
O rapper Black Alien chega a Salvador para participar do Festival Big Band, que acontece no Sunshine Bar, no Rio Vermelho. O evento será realizado neste final de semana -sábado (29) e domingo (30), e é dedicado ao Hip Hop. Black Alien, embora seja um nome conhecido e respeitado no meio, lançou apenas um disco solo, ‘Babylon by Gus’ (2004). Em 2006, uma música dele, ‘Quem Que Caguetou’, foi remixada pelo DJ Fatboy Slim em seu CD ‘Fala aí’. Além do rapper carioca, o Festival Big Band ainda terá, no sábado, Pedro Vucks (BH), DogaLove (BA) e Dj Jarrão. E no domingo (30) tocam MC Marechal (RJ), MC Rashid (SP), Versus2 (BA) e DJ Jarrão. Os ingressos para sábado custam R$ 30 (mas) e R$ 20 (fem). No domingo R$ 20 (mas) e R$ 10 (fem). O passaporte para os dois dias custa R$ 40 (mas) e R$ 30 (fem).
 
Serviço:
O QUÊ: Festival Big Band Hip Hop
ONDE: Sunshine Bar (Rio Vermelho)
QUANDO: sábado (29), a partir das 22h e domingo (30), a partir das 16h
QUANTO: Sábado - R$ 30 (mas) e R$ 20 (fem); Domingo - R$ 20 (mas) e R$ 10 (fem); Passaporte para os dois dias R$ 40 (mas) e R$ 30 (fem)
Black Alien vem a Salvador para Festival Big Band
O rapper Black Alien estará em Salvador para participar do Festival Big Band, que acontece no Sunshine Bar, no Rio Vermelho. O evento, marcado para os dias, 29 e 30 deste mês, é dedicado ao Hip Hop. Black Alien, embora seja um nome conhecido e respeitado no meio, lançou apenas um disco solo, ‘Babylon by Gus’ (2004). Em 2006, uma música dele, ‘Quem Que Caguetou’, foi remixada pelo DJ Fatboy Slim em seu CD ‘Fala aí’.
 
No dia 29 (sábado), se apresentam Black Alien (SP), Pedro Vucks (BH), DogaLove (BA) e Dj Jarrão. Já no domingo (30) tocam MC Marechal (RJ), MC Rashid (SP), Versus2 (BA) e DJ Jarrão. Os ingressos para sábado custam R$ 30 (mas) e R$ 20 (fem). No domingo R$ 20 (mas) e R$ 10 (fem). O passaporte para os dois dias custa R$ 40 (mas) e R$ 30 (fem).
 
Serviço:
O QUÊ: Festival Big Band Hip Hop
ONDE: Sunshine Bar (Rio Vermelho)
QUANDO: sábado (29), a partir das 22h e domingo (30), a partir das 16h
QUANTO: Sábado - R$ 30 (mas) e R$ 20 (fem); Domingo - R$ 20 (mas) e R$ 10 (fem); Passaporte para os dois dias R$ 40 (mas) e R$ 30 (fem)

Curtas do Poder

Ilustração de uma cobra verde vestindo um elegante terno azul, gravata escura e língua para fora
Descobri que a Ceasa tem dono e que ninguém toma. Mas algo que ainda me surpreende é pesquisa. Imagina perder tanta noite de sono pra não crescer nem mais do que a margem de erro? Mas nem por isso o Ferragamo tem o que comemorar. O que perdeu de cabelo, ganhou de pança. Mas na política tudo que vai, volta. Que o digam os nem-nem de Serrinha: nem amigos, nem inimigos. Saiba mais!
Marca Metropoles

Pérolas do Dia

Luís Cláudio Lula da Silva

Luís Cláudio Lula da Silva
Foto: Ricardo Stuckert / PR

“A p*ta vai estar junto. Oportunista".

 

Disse o empresário Luís Cláudio Lula da Silva, filho de Lula, ao xingar a primeira-dama Janja. 


 

Podcast

Terceiro Turno: Elmar x Brito: Disputa entre baianos esquenta eleição para a Câmara dos Deputados

Terceiro Turno: Elmar x Brito: Disputa entre baianos esquenta eleição para a Câmara dos Deputados
A eleição para a presidência na Câmara dos Deputados só vai acontecer no início de 2025, mas já movimenta os bastidores de Brasília, inclusive com baianos como protagonistas na disputa.

Mais Lidas