Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
/
Tag

Artigos

Gel Varella
Uma Síntese Filosófica da Política Contemporânea: Uma Abordagem Dialética e Crítica
Foto: Divulgação

Uma Síntese Filosófica da Política Contemporânea: Uma Abordagem Dialética e Crítica

A construção de uma filosofia política robusta, democrática e inclusiva exige a integração das ideias mais significativas dos clássicos gregos, dos pensadores modernos e contemporâneos, e das correntes críticas do século XX. Este artigo busca sintetizar as contribuições de Sócrates, Platão, Aristóteles, Thomas Hobbes, John Locke, Jean-Jacques Rousseau, Karl Marx, John Rawls, a Escola de Frankfurt, Michel Foucault e Hannah Arendt, criando uma visão que busca promover uma democracia radical, inclusiva, ética e crítica.

Multimídia

“É uma estratégia do PT”, afirma Luciano Simões sobre a ‘pulverização’ de candidaturas em Salvador

“É uma estratégia do PT”, afirma Luciano Simões sobre a ‘pulverização’ de candidaturas em Salvador
Em entrevista ao Projeto Prisma, nesta segunda-feira (15), o presidente do União Brasil em Salvador e deputado estadual, Luciano Simões Filho, afirma que a redução no número de candidaturas na capital é “uma estratégia do PT”, que há 20 anos busca estratégias para se eleger no município. Este ano, o PT buscou uma articulação da base em torno do vice-governador e candidato emedebista, Geraldo. 

Entrevistas

"É um povo que tem a independência no DNA", diz Pedro Tourinho sobre tema do 2 de Julho em Salvador

"É um povo que tem a independência no DNA", diz Pedro Tourinho sobre tema do 2 de Julho em Salvador
Foto: Reprodução / Instagram / Pedro Tourinho
Salvador se prepara para receber mais uma vez as celebrações do 2 de Julho, data que marca a luta pela independência do Brasil na Bahia, que em 2024 tem como tema "Povo Independente". Na semana passada o Bahia Notícias conversou com o secretário de Cultura e Turismo da capital baiana, Pedro Tourinho, para esquentar o clima dos festejos desta terça-feira. Para o titular da Secult, o povo de Salvador tem a independência forjada em seu DNA.

ed motta

Leci Brandão responde Ed Motta após comentário polêmico: “Quem ataca o Hip Hop é elitista!’
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A cantora Leci Brandão, 79 anos, utilizou suas redes sociais para defender o gênero musical hip-hop nesta sexta-feira (14), após comentário polêmico feito pelo cantor Ed Motta. Na quinta-feira (13), o artista afirmou em uma live em seu perfil no Instagram que quem ouve o gênero é burro.


Em seu Instagram, Leci, que também é deputada estadual de São Paulo, compartilhou fotos segurando cartazes em resposta ao comentário de Motta. “Para repor a verdade: quem ouve Hip Hop não é burro! Ouvir e fazer Hip Hop é resistência! Quem ataca o Hip Hop é elitista!”, afirmou a cantora na sequência de imagens. 


“Quem acha que representa a cultura negra e não reconhece o Hip Hop tá de chapéu atolado! Sem mais. #RespeiteOHipHop”, concluiu. Na legenda da publicação, Leci escreveu: “Entendedores entenderão. E fim de papo”.


Nos comentários, artistas e seguidores apoiaram a atitude da artista. “Vindo de um cara que SEMPRE viveu à sombra do tio, de um cara que só vem na internet polemizar e não pelo talento... Não se deve nem levar em consideração o comentário infeliz dele!”, disse uma internauta. “Rainha faz assim!!! Viva Leci!”, exaltou a cantora Teresa Cristina.

 

 

VÍDEO: Ed Motta polemiza ao dizer que quem ouve hip-hop é burro
Foto: Instagram

O cantor Ed Motta, de 52 anos, gerou polêmica nas redes sociais ao criticar quem ouve hip hop. Em uma live realizada no perfil do Instagram, o artista afirmou que quem ouve o estilo é burro.

 

 

Para Motta, o gênero musical não representa sofisticação e a única forma de uma pessoa se mostrar inteligente através da música é ouvindo jazz e música clássica. Na crítica, o artista ainda citou o humorista Rafinha Bastos, que citou o estilo como um dos favoritos. 

 

“Eu não sou branco, p*rra. Eu sou preto, mas represento o que a raça tem de mais sofisticado. Qualquer um que ouve hip hop é burro… Sem exceção. Outro dia, eu vi um trecho de uma entrevista desse bobalhão desse Rafinha Bastos: ‘Ah, porque hip hop é o tipo de música que eu mais gosto de ouvir’. O cara é um imbecil.”

 

A declaração do cantor gerou críticas e Ed Motta foi chamado de elitista pela afirmação. "Essa fala do Ed Motta é uma das coisas mais preconceituosas que já ouvi de um músico, ainda mais sendo negro como ele é", disse um internauta. "Não é novidade que o ele não gosta de rap/hip hop, mas a forma que critica, vem carregada de elitismo e muito, mas muito, preconceito", analisou outra.

 

Esta não é a primeira vez que Ed Motta causa com uma declaração sobre música. Em 2022, o artista polemizou ao detonar o cantor baiano Raul Seixas.  

 

"Raul Seixas tem uma falha de caráter terrível na vida dele. Ele foi funcionário de gravadora, ou seja, ele trabalhou contra os colegas. Não tenho medo nenhum de falar contra Raul Seixas, era um puta de uma merda, ruim para caralh* musicalmente, ruim para caralh* de tudo."

 

Quase um mês depois o cantor voltou atrás e se desculpou pela declaração. "Eu fiquei muito decepcionado comigo, não com as minhas opiniões em si a cerca de como funciona o mercado de música. [...] Peço perdão pela forma agressiva e grosseira que falei do Raul Seixas".

Ed Motta cancela turnê na Europa por problema de saúde e relata medo: "Vou me cuidar legal"
Foto: Instagram

O cantor Ed Motta cancelou a turnê que faria na Europa em junho e julho deste ano após problemas de saúde. Por meio de um comunicado divulgado nas redes sociais oficiais do artista, foi informado que Ed não poderia fazer os shows por ter sido proibido de realizar voos de longa distância.

 

"Aos amigos e fãs de Ed Motta: lamentamos informar que, devido a problemas de saúde do artista, ele não pode realizar voos de longa distância. Como resultado, a turnê europeia prevista para junho e julho deste ano foi cancelada por motivos médicos."

 

Apesar do cancelamento internacional, a agenda nacional está mantida e a próxima apresentação de Ed Motta acontecerá no dia 16 de maio no Sesc Araraquara, em São Paulo.

 

 

"Ed gostaria de expressar sua gratidão pelo amor, apoio e orações que recebeu de seus fãs. Pedimos gentilmente por sua compreensão e respeito durante este momento difícil", informou.

 

Após questionamentos dos internautas, o artista afirmou que não iria detalhar o quadro de saúde, mas garantiu que está se cuidando e que teve medo de algo grave acontecer.

 

"Está tudo bem. Tem peça quebrada dentro da máquina que tem que consertar e eu não vou poder fazer qualquer coisa. Vou me cuidar legal, estou fazendo já. Alimentação, não sei o que... Não se preocupem. Estou bebendo um monte de chá, fazendo dieta e esteira. Eu estou com uma condição, dá maior 'medão'. Tive que cancelar um monte de coisa".

Ed Motta apresenta dois shows em formato intimista em Salvador
Foto: Divulgação

Com o show "Ed Motta Solo", o músico volta a Salvador para dois shows na próxima semana. As apresentações em formato intimista serão nos dias 5 e 6 de outubro, no Café-Teatro Rubi, dentro da programação comemorativa dos cinco anos da casa.

 

Para esse espetáculo, Motta preparou um repertório com canções próprias, como "Colombina" e "Fora da Lei", e clássicos da música internacional, a exemplo de "Ebony Eyes". O couvert artístico para curtir os shows custa R$ 120, à venda na bilheteria do Café-Teatro Rubi e no site Compre Ingressos.

 

SERVIÇO

O QUÊ: Show 'Ed Motta Solo'

QUEM: Ed Motta

QUANDO: 05 e 06/10, às 20h30

ONDE: Café-Teatro Rubi - Sheraton da Bahia Hotel - Av. Sete de Setembro, 1537 - Salvador - BA

QUANTO: R$ 120

Em sua 3ª edição, ‘Candyall e Tal’ reúne Brown, IZA, Ed Motta e Baco Exu do Blues 
Foto: Divulgação

Com uma programação que contempla manifestações artísticas variadas e gastronomia, o “Candyall e Tal – Festival de Arte Urbana de Salvador” chega à sua terceira edição desta sexta-feira (23) até o domingo (25). Dentre as atrações musicais, estão Ed Motta, Targino Godim, Lazzo Matumbi, João Donato, Margareth Menezes, Gerônimo, Carlinhos Brown e IZA. Alguns shows acontecem no Guetho Square, com ingressos a  R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), enquanto as demais atividades serão realizadas gratuitamente nas ruas do Candeal. As entradas estão à venda na Associação Pracatum. 

 

Confira a programação (clique na imagem para ampliar):

'Tem meu respeito': Ed Motta diz ter se emocionado ao escutar Pabllo Vittar cantando
Foto: Reprodução / Facebook

Após a drag queen Pabllo Vittar surpreender cantando a música “I Have Nothing” da cantora Whitney Houston, durante o Programa “Altas Horas”, o músico Ed Motta utilizou uma das suas redes sociais para fazer diversos elogios à apresentação. “Essa semana tive uma surpresa imensa assistindo o vídeo da Pabllo Vittar cantando um grande sucesso da Whitney Houston. Eu chorei de verdade vendo porque não imaginava essa musicalidade, timbre lindo nas notas graves e quando atingiu as notas altas foi com propriedade. Depois conferi pelo YouTube que faz tempo que o talento dela é verdadeiro e genuíno” contou Ed. Além disso, o cantor falou que por “preconceito” ele duvida artisticamente do que se torna muito popular. “Muita gente denominada/inventada pelo mercado como “artista” com grandes vendagens, premiações simuladas, não tem um terço da capacidade vocal de Pablo Vittar”, elogia. Ed Motta termina o texto da sua publicação afirmando: “Pabllo Vittar tem meu respeito”. 

 

 

‘Essa coisa da dificuldade financeira foi distorcida’, afirma Ed Motta
Foto: Reprodução / Facebook

Em participação nesta segunda-feira (9) no programa No Ar, apresentado por Otaviano Costa na nova Rádio Globo, Ed Motta negou que tenha passado dificuldades financeiras após se envolver em uma polêmica com fãs brasileiros em 2015. Em uma entrevista recente a um programa de rádio, Ed teria dito que ficou um ano passando necessidade por seus comentários no Facebook, que considera terem sido mal interpretados pelos fãs e pela mídia. “Olha o ano que aconteceu aquilo, foi um ano difícil para mim no Brasil, mas graças a deus e acho que não só por sorte, acho que, sendo cabotino, pela minha competência, eu tive um abraço na Europa ao meu trabalho absurda, eu ganhei um visto alemão de cinco anos, um visto de trabalho especial (...) O mercado europeu me sustentou durante esse período e eu vou ser grato a esses caras eternamente, e me sustentou não me obrigando a ter que fazer isso ou aquilo, fazendo exatamente um tipo de música que era o que eu podia oferecer, era o que eu queria oferecer”, disse Ed.

 

A polêmica envolvendo o cantor havia começado quando ele criticou em seu Facebook “uma turma simplória” de brasileiros que iam a seus shows internacionais e começavam a gritar nomes de time e pedir que tocasse ‘Manuel’, afirmando que a língua oficial de seus shows era o inglês. “Na verdade, entenderam isso bastante errado. No período que eu fiz umas declarações e as pessoas ficaram magoadas, eu fui encarado de uma forma muito errada assim porque eu escrevi uma coisa muito clara e foi viralizado isso como outra coisa, como se ‘Ah, o Ed Motta não gosta de brasileiro’”, explicou o cantor.


“Eu nunca falei isso, mas nunca mesmo. Posso morrer tranquilo com isso.  Então, o que eu falei era claro, eu estava reclamando de pessoas que iam no meu show, que não faziam parte do meu público, e iam no meu show fazer bagunça, e que eu falei, era o cara que ia no show de sertanejo, no show de pagode, sei lá, enfim, não importa. Era um tipo de música diferente do meu e essas pessoas iam no meu show fazer bagunça e eu estava reclamando disso. Isso foi viralizado para o país como ‘Ed Motta não quer brasileiro no seu show’. É uma mentira, mas aí que que eu vou fazer?”, disse. De volta ao Brasil, Ed falou também sobre seu novo projeto, o Baile do FlashBack.

Ed Motta traz novo show a Salvador em fevereiro de 2017
Foto: Divulgação
O cantor e compositor carioca Ed Motta traz a Salvador o seu mais novo show, “Solo”, que ficará em cartaz nos dias 3 e 4 de fevereiro, no Café-Teatro Rubi, sempre às 20h30. O artista fará uma apresentação intimista, apenas com guitarra e piano, na qual interpretará um repertório de canções autorais, como “Colombina”, “Fora da Lei” e “Daqui pro Méier”, além de clássicos internacionais. O couvert artístico custa R$ 100.
 
Serviço
O QUÊ: Ed Motta - Solo
QUANDO: 3 e 4 de fevereiro, às 20h30
ONDE: Café-Teatro Rubi – Sheraton Bahia
VALOR: R$ 100
Ed Motta canta em norueguês e ironiza a si mesmo em comercial
Foto: Divulgação
Depois das polêmicas causadas quando Ed Motta chamou o público brasileiro de "ignorantália" e "simplório", por falar português durante turnê na Europa, o músico gravou um comercial em que ironiza sua aversão ao idioma e a preferência pelos europeus. "Só vou cantar em norueguês agora. Mais primeiro mundo, né?", brinca o cantor no vídeo publicitário.
 
Confira:
Em show, Ed Motta tira sarro de próprias polêmicas e se apresenta com relógio branco
Foto: Reinaldo Canato/UOL
O cantor Ed Motta se apresentou na noite desta sexta-feira (17), em São Paulo, após as declarações polêmicas que fez no Facebook. O cantor subiu ao palco tirando sarro da polêmica que fez e apareceu usando um relógio branco. "Viram só meu relógio branco? Gente, isso parece mais uma cebola", brincou. "Ganhei de presente, de gozação". Em seguida, abriu o show com uma versão acústica de "Manuel", arrancando risos complacentes e aplausos da plateia. De acordo com a coluna F5, do jornal Folha de São Paulo, a maioria dos fãs compraram o ingresso antes da polêmica. A casa de shows afirmou que depois da postagem, mais alguns ingressos foram vendidos, entretanto, não foi o suficiente para lotar o espaço. Um fã presente defendeu o cantor, e afirmou que Ed Motta apena se expressou mal, e que boa parte do público do artista na Europa não fala português. Ed Motta pediu para as pessoas filmarem o espetáculo, que seria uma espécie de stand-up comedy. Entre uma canção e outra, contava uma história, fazia uma piada, ou interagia com "hecklers" – gíria em inglês usada para definir pessoas inconvenientes que falam alto durante espetáculos, em geral interagindo com o artista. O músico, em outro momento, mostrou seu lado mais humilde, interagindo com um fã, que o elogiou, dizendo que ele era um cara “foda”, e que só comia coisas “foda”. "Quem me dera comer só coisas fodas, às vezes lá em casa só tem peito de frango", disse Ed Motta.
Apesar de 'psicologicamente abalado', Ed Motta confirma show nesta sexta em São Paulo
Foto: Divulgação
Após cancelar o show que faria em Porte Alegre neste sábado (18), com a justificativa de estar "psicologicamente abalado", o cantor Ed Motta confirmou a apresentação que fará em São Paulo, nesta sexta-feira (17). Através de nota, o músico pediu desculpas pelo transtorno, mas disse estar "muito abalado" depois da polêmica que protagonizou no Facebook. Há uma semana, Motta publicou um post em que ofende o público brasileiro e foi hostilizado nas redes sociais. "Realmente depois de todo o acontecido eu me encontro muito abalado e prefiro não me apresentar neste momento. [...] Cumprirei um contrato onde não era possível o adiamento, e, por isso, estou fazendo esse show em São Paulo. Depois embarco para Europa. Na volta, se Deus quiser, me apresentarei em Porto Alegre. Mais uma vez mil desculpas por todo esse transtorno", diz o comunicado. De acordo com a assessoria da casa de shows de Porto Alegre, a apresentação já foi remarcada para o mês de junho.
Dom Paulinho Lima, ex-The Voice, faz comentário sobre declaração de Ed Motta sobre fãs
Foto: Divulgação
Participante do The Voice Brasil em 2014, Dom Paulinho Lima, se pronunciou na tarde desta sexta-feira (10) sobre a declaração polêmica de Ed Motta sobre seu público no facebook. Para Paulinho,  o cantor jamais poderia reclamar que seus fãs solicitem os grandes sucessos nos shows. "Você jura de pé junto que te incomoda o SEU PÚBLICO, comprar seus discos, gostar das suas músicas, pagar ingresso, comparecer aos seus shows e gritar ''toca Manuel, Colombina!!!''? Meu amigo, até morrer "Jobim tocou Garota de Ipanema"; 51 anos de carreira e até hoje Milton Nascimento canta "Travessia"; Fagner, "Canteiros"; Roberto Carlos, "Emoções"; Djavan, "Flor de Liz"; e, se estivesse viva, Elis Regina cantaria "O Bêbado e o Equilibrista", desabafou o paulista, também cantor de soul music. Para terminar o texto, Dom Paulinho ainda agradeceu aos seus fãs, em tom de comparação e ironia ao comentário foito por Ed na última quarta (10). "OBRIGADO a cada um de vocês que vai aos meus shows, compra o meu disco, me aborda nas ruas para tirar uma foto, ou que simplesmente dá um sorriso ao ver qualquer sinal do meu sucesso, por estar feliz por mim. Se eu sou alguma coisa, é graças a VOCÊS, meu público", finalizou. Veja a postagem:



 

Oi Ed Motta, muito prazer!Sou Dom Paulinho Lima, cantor, baterista e... digamos. .. um fã chateado contigo no momento....

Posted by Dom Paulinho Lima on Friday, April 10, 2015
Ed Motta rejeita público 'ignorantália' e diz que nordestinos sofrem de 'coitadismo'
Foto: Reprodução/Facebook
Ed Motta comprou mais uma briga no Facebook nesta quinta-feira (9). Em sua página oficial, o cantor postou uma lista das cidades pelas quais circulará com sua turnê europeia e aproveitou para avisar ao público brasileiro "ignorantália", como chamou os fãs de axé, pagode e sertanejo, que ele não é bem-vindo nos seus shows. Motta ainda disse que não haveria músicas em português no repertório, já que se trata de um show internacional e não um show para "matar a saudade do Brasil". Por isso, ele diz que não irá falar em português durante a apresentação. “Então, pelo amor de Deus, não venha com um grupo de brasuca berrando ‘Manuel’, porque não tem. Não é possível que o imigrante brasileiro não saiba um básico de inglês. O negócio é que vai uma turma mais simplória que nunca me acompanhou no Brasil, público de sertanejo, axé, pagode, que vem beber cerveja barata com camiseta apertada tipo jogador de futebol, com aquele relógio branco, e começa gritar nome de time", escreveu. Mas a polêmica não parou por aí. Uma enxurrada de comentários foram feitos na postagem criticando a postura de Motta, que respondeu a vários deles. Em um dos casos, chegou a dizer que os nordestinos "estão loucos por atenção" e sofrem de "coitadismo". No início do ano, Ed Motta se apresentou em Salvador, dentro da programação do Réveillon da capital baiana.

Veja abaixo o polêmico post de Ed Motta e seu comentário sobre os nordestinos:


ED MOTTA EUROPE AOR TOUR 2015April22 La Boite à Musique, Metz (France)23 La Belle Electrique, Grenoble...

Posted by Ed Motta on Quinta, 9 de abril de 2015


 

'Acho que quebramos um paradigma pela primeira vez' diz Guerreiro sobre Réveillon na Barra
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias
A noite deste domingo (4) foi marcada pelo encerramento do Réveillon Salvador 2015, com um festival de música instrumental e jazz no palco principal do Farol da Barra. Neste último dia, a estimativa de público foi de 20 mil pessoas, o que totaliza 43 mil pessoas contando com os três dias de festa na Barra (sexta, sábado e domingo). Além do cantor e compositor carioca Ed Motta, o evento contou com a presença da orquestra NEOJIBA e Letieres Leite e Orkestra Rumpilezz. A festa começou às 17h e tem previsão para durar até meia noite.


Show do NEOJIBA / Foto: Elias Dantas / Ag. Haack / Bahia Notícias

O presidente da Fundação Gregório de Matos, Fernando Guerreiro, que estava presente nesta noite de encerramento, fez uma avaliação final do Réveillon 2015 na Barra. "Acho que quebramos um paradigma pela primeira vez. Dizem que em Salvador, as pessoas só vão para um tipo de festa", disse Guerreiro. O presidente ainda comentou que o público superou as expectativas e que isso mostra que, de fato, Salvador é uma cidade com uma grande diversidade cultural. "O resultado é muito positivo, e nós cada vez mais ocupamos a cidade com arte e cultura. O indivíduo sai do shopping e do espaço fechado e volta a frequentar a rua". Segundo Guerreiro, os eventos culturais ainda trazem mais segurança para as cidades pois, segundo ele, "a população passa a ocupar e movimentar mais a rua".


Ed Motta Instrumental / Foto: 
Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

'A mídia acaba espremendo a qualidade da cultura' diz Ed Motta sobre Salvador
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias
O cantor e compositor Ed Motta está entre as atrações que estão compondo a última noite do réveillon de Salvador 2015, no palco principal da Barra para um público estimado de 20 mil pessoas. O show de Ed Motta, que durará cerca de uma hora, irá trazer a música instrumental para Salvador. De acordo com o cantor, "essa iniciativa de trazer a música instrumental para a praça pública é muito interessante, e ocorre em vários festivais europeus e ajuda a aumentar o público de jazz e música instrumental". Mas, segundo o músico, a cidade de Salvador está, hoje, 'presa' a uma tendência musical. "Salvador já foi um berço cultural em outros momentos da história, como por exemplo na época do cinema novo, mas a mídia acaba 'espremendo' a qualidade da cultura. É preciso romper essa tendência", opinou o artista.
NEOJIBA, Ed Motta, Letieres Leite e Orkestra Rumpilezz encerram Réveillon Salvador 2015
Foto: Reprodução
A orquestra Neojibá, o cantor Ed Motta, com show Instrumental e o maestro Letieres Leite junto com a Orkestra Rumpilezz se apresentam neste domingo (4), no Festival Salvador Jazz no Farol da Barra. As atrações fazem parte da programação do Réveillon de Salvador 2015, que se encerra após oito dias de festa, consagrado como um dos maiores réveillons do país. Além do palco do Farol da Barra, outros dois palcos, foram montados na Avenida Oceânica e recebem atrações a partir das 10h. Confira a programação abaixo:

PALCO OCEÂNICA
10:00 - Música: Estação do Choro
11:00 - Música: Diogo Rios
12:00 - Música: Banda LOS
14:00 - Música: Arhon Mattos
15:00 - Música: Nova Saga
16:00 - Música: Os Paraíbas do Forró
17:00 - Música: Igor Salify

PALCO BARRA CENTER
10:00 - Música: Caravana da Arte
11:00 - Música: Nara Couto
12:00 - Música: Samba de Roda Urbano
14:00 - Música: Banda Marana
15:00 - Teatro: Um Passarinho me Contou...
16:00 - Música: Irmão Carlos e O Catado
17:00 - Música: Transcendental

PALCO FAROL
18:00 - Neojibá
18:30 - Ed Motta Instrumental
20:00 - Letieres Leite e Orkestra Rumpilezz
Ed Motta lança décimo disco de estúdio 'AOR'
Um mergulho no "Adult Oriented Rock", termo utilizado por especialistas para definir a música popular nas rádios nos anos 1970 e 1980, é a proposta de Ed Motta com "AOR", décimo álbum de estúdio e primeiro depois de "Piquenique" (2009). “Essa ideia do “AOR” entrou no disco como uma brincadeira estética. Esse não é o formato das grandes rádios, ele atinge o público adulto-contemporâneo. Eu quero tocar na rádio adulta, quero fazer show num lugar adulto, não quero tocar num festival, deixa a garotada fazer isso, que tá legal”, explicou Ed Motta,  em entrevista ao jornal O Globo. "AOR" foi gravado com o próprio selo de Motta, Dwitza Music, e será distribuído pela Lab 344. Para esta terça-feira (16), está marcado o início das vendas digitais pelo iTunes. A versão física chega às lojas no dia 23 de abril.
Ed Motta convida Letieres Leite em show em Salvador
Ed Motta apresenta pela primeira vez em Salvador o show ‘Ed Motta Solo’, em que ele alterna o impacto de sua técnica vocal com performances entre piano e guitarra e sua coleção de pedais dos anos 70. Admirador confesso da Orkestra Rumpilezz, Motta receberá como tem como convidado o maestro Letieres Leite, criador do grupo. O show acontecerá no dia 17 de dezembro, às 20h, no Teatro Sesc Casa do Comércio. No repertório, canções como ‘Do You Have Other Love?’, ‘Parada De Lucas’, ‘My Cherie Amour’, ‘The Coser I Get To You’ e ‘Ikarus On The Stars’, além dos grandes hit’s de sua carreira, como ‘Colombina’, ‘Manuel’ e ‘Fora da Lei’.
 
Serviço:
O QUÊ: Ed Motta Solo
ONDE: Teatro Sesc Casa do Comércio
QUANDO: 17 de dezembro, 20h
QUANTO: R$ 80 (inteira)

Curtas do Poder

Ilustração de uma cobra verde vestindo um elegante terno azul, gravata escura e língua para fora
Descobri que a Ceasa tem dono e que ninguém toma. Mas algo que ainda me surpreende é pesquisa. Imagina perder tanta noite de sono pra não crescer nem mais do que a margem de erro? Mas nem por isso o Ferragamo tem o que comemorar. O que perdeu de cabelo, ganhou de pança. Mas na política tudo que vai, volta. Que o digam os nem-nem de Serrinha: nem amigos, nem inimigos. Saiba mais!
Marca Metropoles

Pérolas do Dia

Luís Cláudio Lula da Silva

Luís Cláudio Lula da Silva
Foto: Ricardo Stuckert / PR

“A p*ta vai estar junto. Oportunista".

 

Disse o empresário Luís Cláudio Lula da Silva, filho de Lula, ao xingar a primeira-dama Janja. 


 

Podcast

Terceiro Turno: Elmar x Brito: Disputa entre baianos esquenta eleição para a Câmara dos Deputados

Terceiro Turno: Elmar x Brito: Disputa entre baianos esquenta eleição para a Câmara dos Deputados
A eleição para a presidência na Câmara dos Deputados só vai acontecer no início de 2025, mas já movimenta os bastidores de Brasília, inclusive com baianos como protagonistas na disputa.

Mais Lidas