Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
/
Tag

Artigos

André Curvello
Direitos humanos e a Carta de Belém
Foto: Divulgação

Direitos humanos e a Carta de Belém

A proliferação de notícias falsas e desinformativas se configura como uma pandemia da era digital, com potencial destrutivo equivalente ao de um vírus letal. É crucial que combatamos esse mal moderno com a mesma urgência e determinação que dedicamos à saúde pública. Para o secretário geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, a própria existência da humanidade está em risco. Concordo com ele.

Multimídia

Ivana Bastos diz que já passou da hora de uma mulher presidir a AL-BA e coloca nome à disposição

Ivana Bastos diz que já passou da hora de uma mulher presidir a AL-BA e coloca nome à disposição
A deputada estadual Ivana Bastos (PSD) não desistiu do sonho de se tornar a primeira mulher presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). A primeira tentativa não deu certo, quando em 2023 viu seu colega de partido Adolfo Menezes ser reconduzido ao comando da Casa, mesmo ela sendo a parlamentar mais votada nas urnas nas eleições de 2022.  

Entrevistas

Geraldo Galindo projeta a eleição de seis vereadores pela Federação Brasil da Esperança em Salvador: "Cálculo realista”

Geraldo Galindo projeta a eleição de seis vereadores pela Federação Brasil da Esperança em Salvador: "Cálculo realista”
Foto: Uíse Epitácio / Divulgação PCdoB
Presidente estadual do PCdoB desde novembro de 2023, Geraldo Galindo tem 62 anos de idade e 40 anos dedicados à militância no partido. Também à frente da Federação Brasil da Esperança, formada pelo PCdoB, PV e PT, desde janeiro deste ano, Galindo avalia como positiva a experiência da Federação, que tem prazo de funcionamento de quatro anos e segue até 2026.

gal costa

Filho de Gal Costa se une a primas para realizar desejo da cantora com fundação de incentivo à música
Foto: Instagram/ TV Globo

Gabriel Penna Burgos Costa, de 18 anos, herdeiro de Gal Costa, se comprometeu a realizar um dos desejos da mãe deixado em testamento. Ao lado das primas da cantora, Verônica e Priscila Silva, o jovem fez um acordo extrajudicial para colocar em prática o plano de criar a Fundação Gal Costa de Incentivo à Música e Cultura.

 

De acordo com o jornal 'Folha', que divulgou a iniciativa, a fundação sem fins lucrativos estava prevista em um testamento deixado pela cantora em 1997 e que foi revogado em 2019. 

 

No mês passado, as primas da cantora entraram na Justiça de São Paulo para acusar a viúva da cantora, Wilma Petrillo, de tê-la coagido a invalidar o documento, divulgado pelo jornal Correio 24 horas, da Bahia, e confirmado pela Folha.

 

O projeto teria como objeto a formação de músicos e outros artistas ligados à área, promovendo festivais, concursos, concedendo bolsas de estudos de músicas para pessoas carentes dentre diversas outras finalidades de cunho exclusivamente filantrópico. 

 

LEIA TAMBÉM:

 

A ideia é que a fundação seja gerida por Verônica, Priscila e outras três primas da cantora. No acordo, Gabriel afirma que  criará a fundação ao fim do inventário, que decidirá os destinatários da herança de Gal. O processo pela herança segue em disputa na Justiça entre ele e Wilma Petrillo.

 

O filho de Gal ainda pontua que os recursos para a criação da fundação devem vir da parte da herança dele e que ainda não há parcerias públicas ou privadas para a fundação.

 

A defesa de Wilma Petrillo mostrou que a ex-empresária de Gal é contra a criação da fundação.

 

"Segundo informações da minha cliente, Gal sequer convivia com essas primas. Gal anulou o testamento porque quis. Ela era uma mulher forte, com opiniões próprias, sempre fez o que quis. Nunca foi uma mulher fraca para ser coagida por quem quer que seja. Uma acusação de coação é muito séria e precisa ser provada."

Wilma Petrillo diz que filho de Gal Costa corre perigo: "Dominado completamente por uma mulher"
Foto: TV Globo

A ex-empresária e viúva de Gal Costa, Wilma Petrillo, de 74 anos, voltou a falar sobre a situação do filho da artista baiana, Gabriel Costa, de 18 anos, em meio a briga judicial que os dois enfrentam pela herança da cantora.

 

Em entrevista ao jornal 'O Globo', Petrillo afirmou que o afilhado se mudou para um hotel onde tem vivido com a atual namorada, uma mulher 30 anos mais velha que ele identificada como Daniela Tofani.

 

LEIA TAMBÉM
Justiça nega pedido de exumação do corpo de Gal Costa
Defesa de Wilma Petrillo entra com pedido de perícia psicológica para filho de Gal Costa
Defesa do filho de Gal Costa diz que namorada não quer 'herança minguada' da cantora

 

"Ela dizia que tinha pânico, que o marido batia nela. No dia seguinte, ele me ligou para dizer onde estava. Perguntei se ele estava se alimentando. Disse que tinha comido estrogonofe. Ele odeia estrogonofe! Lá não tem restaurante, ele esquenta comida congelada no micro-ondas. Comecei a ligar para a Daniela para saber quando aquilo ia acabar", disse.

 

Wilma conta que foi bloqueada pelo casal de receber informações de Gabriel e acredita que o afilhado está em perigo. "Eles me bloquearam. Ligo para a escola e o Gabriel proibiu que passassem informação. Mas recebi um e-mail informando que ele perdeu várias provas. Meu filho está em perigo. Ele está morando num hotel e é dominado completamente por uma mulher. Isso é, no mínimo, bizarro".

 

A empresária ainda confirmou a história de ter recebido auxílio financeiro de Daniela: "Minhas reservas tinham acabado".

Justiça nega pedido de exumação do corpo de Gal Costa
Foto: Marcos Hermes/Divulgação

A Justiça de São Paulo negou o pedido de exumação do corpo da cantora Gal Costa, morta em novembro de 2022, que foi feito pelo filho da artista, Gabriel Costa, de 18 anos.

 

O pedido, de acordo com a Justiça, extrapola a esfera administrativa e registral da Vara de Registros Públicos, que foi a responsável por analisar o requerimento feito pela defesa do jovem, e foi recomendado que o pedido seja encaminhado à Polícia para apurar os fatos narrados pelo herdeiro da cantora.

 

Quando foi solicitado o pedido de exumação, o filho de Gal questionou a informação que consta no atestado de óbito da mãe e pediu uma perícia judicial para determinar a causa da morte da artista.

 

LEIA TAMBÉM:

 

No documento, é informado que a artista faleceu em decorrência de um infarto agudo no miocárdio, e descreve como causa da morte uma neoplasia maligna de cabeça e pescoço.

 

O representante de Gabriel afirma que Gal teve "morte natural por causa desconhecida" e questiona o documento, já que no momento da morte não havia nenhum médico que pudesse atestar o verdadeiro motivo do óbito.

Defesa de Wilma Petrillo entra com pedido de perícia psicológica para filho de Gal Costa
Foto: TV Globo

A empresária Wilma Petrillo solicitou uma perícia psicológica de Gabriel Costa Penna Burgos, filho de Gal Costa, a Justiça. A informação foi revelada pela defesa de Petrillo ao jornal O Globo.

 

O pedido, que acontece após a entrevista dada pela dupla ao Fantástico, teve como motivação o relacionamento do jovem de 18 anos com uma pessoa 30 anos mais velha. Para Wilma, o filho de Gal estaria sendo influenciado pela companheira.

 

"Ele é um jovem de 18 anos recém-completos que saiu de casa e está vivendo sob a influência absoluta da namorada de 50 anos de idade, o que preocupa muito a Wilma. Conversamos com o psiquiatra dele e entendemos que ele pode estar muito vulnerável", disse.

 

Para a defesa da empresária, Gabriel está em uma situação vulnerável. "Estamos pedindo a perícia psicossocial com base no fato de o Gabriel ter dito e depois desdito o que ele havia afirmado em juízo por livre e espontânea vontade. E também pela possibilidade de ele estar em uma situação de vulnerabilidade".

 

Ao Fantástico, Wilma afirmou que o afilhado foi seduzido pela mãe da ex-namorada. "Gabriel namorava uma menina, bonitinha, e essa mulher, que era mãe da namorada, começou a seduzir o Gabriel (..). É evidente que ela queira que o Gabriel seja o herdeiro, e que ela administre os bens dele".

Defesa do filho de Gal Costa diz que namorada não quer 'herança minguada' da cantora
Foto: TV Globo

A companheira de Gabriel Costa Burgos, filho de Gal Costa, passou a ter o nome citado na briga judicial envolvendo o herdeiro da cantora baiana, morta em 2022, e a ex-empresária Wilma Petrillo, pelos bens deixados por Gal após a morte.

 

Em entrevista ao Fantástico, Petrillo, que busca ser reconhecida como companheira de Gal para ter direito a herança, afirmou que Gabriel estava sendo influenciado pela namorada, que é 30 anos mais velha que ele.

 

Ao Uol, a advogada Luci Vieira Nunes, que atua na defesa de Gabriel, afirmou que namorada do filho de Gal "não precisa da herança minguada" deixada pela cantora.

 

"Ela não quer falar da vida pessoal dela. Conheci a namorada do Gabriel e considero uma pessoa honesta e um apoio inestimável para ele nessa fase de transição. Além disso, é uma pessoa bem-sucedida profissionalmente e com recursos financeiros. Não precisa da herança minguada do Gabriel", disse a advogada.

 

De acordo com o jornal 'Folha de S.Paulo', Wilma Petrillo identificou a namorada de Burgos como sendo a fonoaudióloga Daniela Marcilio Tonani, que é mãe da ex-namorada de Gabriel. A empresária teria contado que a aproximação aconteceu após uma ida de Tonani ao centro espírita, no qual ela relatou ter recebido a informação de que os dois eram amantes na encarnação passada. 

Filho de Gal Costa reconheceu Wilma Petrillo como segunda mãe na Justiça em processo de 2023
Foto: TV Globo

Gabriel Costa Penna Burgos, de 18 anos, filho da cantora Gal Costa, reconheceu Wilma Petrillo, ex-empresária da baiana, como uma segunda mãe em uma audiência realizada em março de 2023, cerca de quatro meses após a morte de Gal.

 

Em documento obtido com exclusividade pelo jornal 'Folha de S.Paulo', Gabriel, que na época ainda tinha 17 anos, afirmou em vídeo que Gal e Wilma o escolheram juntas no lar de adoção onde ele morava. 

 

"Para mim, [Petrillo] era a minha segunda mãe. Tipo, eu tratava ela como eu tratava a minha mãe [...] Ela que cuida de mim, ela que tem que saber das coisas, ela que resolve as coisas para mim. Questão, por exemplo, pagamento do colégio. Ela que resolve, entendeu? Essas coisas que eu ainda não posso resolver, ela que resolve", diz o rapaz.

 

Na audiência em questão, além do pedido de guarda que foi concedido a Wilma, o jovem falou sobre o pedido de Petrillo para o reconhecimento da união estável que mantinha com a artista. "Desde que me conheço por gente, desde pequeno, se não estava a minha mãe, era a Wiwi", disse ele, usando o apelido com que tratava Petrillo.

 

Em nota, a assessoria de imprensa de Gabriel lamentou "o uso de questões pessoais para sustentar uma narrativa que não condiz com a realidade dos fatos nem tem relevância para o caso em pauta".

 

Em entrevista ao Fantástico, o filho de Gal disse ter sido coagido por Wilma para assinar o documento. "Ela falou para mim que era para cuidar da gente, que ela precisava me ajudar. Ela foi colocando coisa na minha cabeça, dando essa explicação, falando que é coisa boa, coisa boa, coisa boa. Eu falei para ela 'vou pensar', mas ela sempre me apressava, me botava pressão para assinar", afirmou.

 

Siga o Bahia Notícias no Google News e veja os conteúdos de maneira ainda mais rápida e ágil pelo celular ou pelo computador!

Wilma Petrillo diz que filho de Gal Costa é manipulado por namorada 30 anos mais velha
Foto: TV Globo

A empresária Wilma Petrillo, que briga na Justiça com o filho de Gal Costa, Gabriel Costa, pela herança da artista, morta em 2022, afirmou que o afilhado está sendo influenciado pela namorada na disputa judicial.

 

Segundo Petrillo, o rapaz, que completou 18 anos recentemente, estaria tendo a cabeça feita pela companheira, que é 30 anos mais velha que ele.

 

"Ela está a fim de que o Gabriel seja o herdeiro e ela administre os bens dele. Eu não tenho raiva do Gabriel por isso, porque sei que não é ele, é essa mulher", afirmou.

 

A moça, que não teve a identidade revelada, seria a mãe da ex-namorada de Gabriel. Segundo Wilma, ele teria sido seduzido por ela. O filho de Gal rebateu a acusação da madrinha e disse que não teve interferência da companheira no processo.

 

"Eu escolho com quem quero estar. Eu mesmo abri os olhos, aí meus advogados me ajudaram e abriram mais ainda meus olhos. Não precisei de ninguém para me influenciar ou coagir."

 

Gabriel, que foi adotado pela cantora quando era criança, entrou na Justiça contra a empresária, que é tida como viúva de Gal, afirmando que elas não tinham um relacionamento amoroso, e por isso, Wilma Petrillo não seria uma herdeira direta dos bens deixados pela artista.

Corpo de Gal Costa não passou por autópsia: "Ficou na cama dela até ser levada para o sepultamento"
Foto: Julia Rodrigues

A briga na Justiça envolvendo Gabriel Costa e Wilma Petrillo, filho de Gal Costa e ex-empresária da artista, ganhou um novo capítulo com a entrevista exclusiva dada pela dupla ao Fantástico, no último domingo (31).

 

Para a revista eletrônica da Globo, a empresária revelou que o corpo de Gal Costa não passou por autópsia antes de ser enterrado. Gabriel tenta na Justiça exumar o corpo da mãe para descobrir a causa da morte dela.

 

"A médica disse: 'Vocês querem fazer uma autópsia?'. Aí eu lembrei que a gente tinha visto na televisão um programa sobre necropsia, autopsia, e Gal disse: 'Deus me livre se um dia eu tiver que ir embora e tiverem que fazer isso comigo'. Porque era uma coisa bastante agressiva. E falei: 'Não quero autópsia'."

 

Foto: TV Globo

 

O filho da cantora não escondeu o incômodo sobre o fato. Ao Fantástico, Gabriel disse que quer ter certeza de que a mãe morreu da forma como vem sendo contada por Wilma. 

 

"Não teve autópsia, então não tinha como saberem se foi algo mais profundo, algo a mais que a parada cardíaca. [Isso me levou a pedir a exumação] porque eu queria ter certeza se foi realmente isso", disse o jovem que encontrou a mãe já sem vida.

 

Segundo o filho de Gal, o corpo da artista ficou na cama até o dia de ser levado para o sepultamento. Gal foi enterrada em um jazigo da família de Wilma, algo que era contra o desejo da artista, que queria ser enterrada no Rio de Janeiro.

 

Apesar da desconfiança sobre a causa da morte, Gabriel afirma que não acredita que Wilma tenha feito algo de ruim para a mãe. "Não imagino que ela possa ter feito alguma coisa em relação à minha mãe. Não acho que ela chegaria a esse ponto".

Filho de Gal Costa revela que foi último a saber que mãe tinha câncer
Foto: Reprodução/ Redes Sociais

Gabriel Costa, filho da cantora Gal Costa, surpreendeu o público ao revelar que foi o último a saber que a mãe estava enfrentando um câncer. O jovem, desconfiado sobre a causa da morte de sua mãe, pediu a exumação do corpo.

 

“Eu não sabia que ela estava doente, com câncer e com complicações no pulmão. Só fui saber quando saiu a notícia. E fui o último a saber disso”, contou ao jornal O Globo.

 

Atualmente, Gabriel está brigando na justiça contra a viúva de Gal, Wilma Petrillo, em um processo que contesta a união estável do casal. Nos autos, o primogênito pede uma avaliação definitiva da causa da morte e afirma que “a situação se faz de tal modo misteriosa” e “se pergunta como veio a falecer sua mãe”, já que aconteceu “subitamente”, “sem testemunhas que descrevessem como e por que se deu a passagem”. 

 

Gal Costa foi encontrada morta por sua companheira, em novembro de 2022. Na ação, o primogênito relatou que “percebia-se uma espuma” na boca da matriarca, embora estivesse com a saúde.

Filho de Gal Costa diz ter 'dúvida' sobre causa da morte da cantora em petição na Justiça
Foto: TV Globo

O pedido de exumação do corpo de Gal Costa feito pelo filho da artista, Gabriel Costa Penna Burgo, de 18 anos, afirma haver "dúvida razoável" sobre a causa da morte da cantora, uma das maiores vozes da MPB.

 

De acordo o jornal 'O Globo', que obteve o documento exclusividade, no pedido, protocolado na Justiça pela equipe que assiste o herdeiro da cantora, é narrado o momento em que Gabriel encontrou o corpo da mãe no dia da morte dela.

 

Segundo a publicação, Gabriel relatou que por volta das cinco da manhã do dia 9 de novembro de 2022, ele foi chamado para ir ao quarto da mãe por Wilma Petrillo, empresária de Gal que afirma ter vivido uma relação estável com a cantora, e ao chegar no cômodo, encontrou a mãe já sem vida.

 

O documento traz a informação de que Gabriel teria notado uma espuma na boca de Gal. "A situação se faz de tal modo misteriosa", pontua um trecho da petição, que diz ainda que Gabriel questionou como a mãe teria falecido, já que a morte aconteceu de forma súbita "sem testemunhas que descrevessem como e por que se deu a passagem". 

 

A equipe jurídica de Wilma afirmou que não teve acesso à petição e negou as alegações feitas no processo. O filho da artista ainda trava uma batalha na Justiça contra Wilma para ter direito à herança deixada pela cantora desde que completou 18 anos.

 

Gabriel discorda da empresária, que pede reconhecimento de união estável para também reivindicar sua parte nos bens. Segundo o jovem, Wilma era apenas empresária de Gal e madrinha dele --e, por isso, não teria qualquer direito.

Filho de Gal Costa pede exumação do corpo da cantora para investigar causa da morte
Foto: TV Globo/ Instagram

O jovem Gabriel Costa de 18 anos, filho da cantora Gal Costa, entrou com um pedido na Justiça para a exumação do corpo da mãe. As informações são da colunista Mônica Bergamo, do jornal 'Folha de S.Paulo'.

 

De acordo com a publicação, Gabriel pede para que seja realizada uma necrópsia no corpo para que a verdadeira causa da morte da mãe seja estabelecida. Segundo a colunista, a petição foi apresentada na quarta-feira (13).

 

Gal Costa morreu em novembro de 2022 e na época, a causa da morte demorou a ser revelada. Na certidão de óbito da baiana foi informado que ela foi vítima de um infato agudo do miocárdio e que estava com câncer de cabeça e pescoço.

 

O filho da artista trava uma batalha na Justiça contra Wilma Petrillo, ex-empresária de Gal e ex-companheira da artista. O rapaz busca ter direito à herança deixada pela cantora desde que completou 18 anos.

 

Gabriel discorda de Wilma Petrillo, viúva da artista, que pede reconhecimento de união estável para também reivindicar sua parte nos bens. Segundo o jovem, Wilma era apenas empresária de Gal e madrinha dele --e, por isso, não teria qualquer direito.

Empresa de Gal Gosta acumula R$ 738 mil de dívida em impostos
Foto: Wilian Aguiar / Facebook Gal Costa

A empresa GMC Produções Artísticas, criada em 2012, que tinha Gal Costa como sócia, além da ex-empresária Wilma Petrillo, acumula uma dívida de R$ 738 mil em impostos. 

 

A dívida foi divulgada pelo site Splash, que teve acesso exclusivo aos detalhes do débito com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, da Prefeitura de São Paulo e do Tribunal de Justiça do estado. 

 

Entre as ações estão débitos de ISS (Imposto Sobre Serviço), Taxa de Fiscalização de Estabelecimentos e previdenciários.

 

  • Débitos com tributos previdenciários: R$ 188.401,79 
  • Débitos com a Prefeitura de São Paulo: R$ 549.861,79
  • Cobrança referente a coleta de lixo: R$ 45 mil
  • Dívida com Imposto Sobre Serviço: R$ 486.633,63


De acordo com uma ex-funcionária da empresa, Gal era dona de 90% do negócio e ela que decidia o que seria pago. Uma reportagem feita pela revista Piauí em 2023 indicou que após Wilma assumir os negócios de Gal, as dívidas cresceram e além dos débitos da empresa, contas pessoais de Gal acabaram entrando no montante. 

 

Wilma Petrillo foi nomeada como inventariante dos bens deixados por Gal Costa no segundo semestre de 2023, já que Gabriel, filho da cantora, ainda não tinha completado 18 anos. 

 

Após atingir a maioridade, o filho da artista reivindica o direito à herança deixada por ela. Gabriel também pede a anulação do documento que reconhecia a união entre Wilma e Gal. O rapaz acusa Wilma de pressioná-lo para assinar um documento na qual ele reconhece uma dívida com a gravadora para receber o adiantamento de royalties de Gal.

Assaltantes em fuga sofrem acidente e ficam feridos na Avenida Gal Costa
Foto: Reprodução / TV Bahia

Dois homens que praticavam assaltos na Avenida Gal Costa sofreram um acidente e ficaram feridos na manhã desta sexta-feira (1º). De acordo com informações obtidas pela TV Bahia, a dupla entrou na contramão e bateu de frente com um veículo na altura da Estação de Metrô de Pituaçu. 


Ainda conforme a emissora, um dos criminosos ficou em estado grave e teve fraturas expostas. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) prestou atendimento aos dois homens que foram encaminhados a uma unidade médica da capital. 

 

Carro ficou bastante danificado após batida. Foto: Reprodução / TV Bahia


Segundo uma das vítimas dos assaltantes, eles roubaram celulares de pessoas que esperam transporte em um ponto de ônibus. Alguns dos celulares já foram devolvidos aos donos.

Filho de Gal Costa sai de casa e defesa diz que viúva não tem direito à herança
Foto: Reprodução / Redes Sociais

O filho da cantora Gal Costa, Gabriel da Costa,  decidiu sair da casa onde morava com a mãe e a viúva da cantora, no Jardim Europa, na zona oeste de São Paulo. O jovem tomou a decisão de morar sozinho há 15 dias, afirmou a defesa do menino.

 

A advogada do filho afirmou à Folha de S. Paulo, que Gal deixou pronto um testamento antes de adotar o filho e que Wilma Petrillo sabia que não estaria entre as herdeiras. No documento, todo o patrimônio da artista deveria ser depositado na Fundação Gal Costa.

 

Quando a cantora morreu, seu filho passou um tempo sob a guarda de Petrillo. Ela está tentando reconhecer, na Justiça, a união estável, fruto do relacionamento que manteve com Gal Costa por quase três décadas.

Viúva de Gal Costa forçou filho da cantora a assinar documento: "A gente vai passar fome"
Foto: TV Globo

A disputa judicial entre Gabriel Burgos, filho de Gal Costa, e a empresário Wilma Petrillo, ganhou um novo capítulo com a descoberta de um áudio no qual a viúva da diva da MPB exige que o herdeiro de Gal assine um documento para receber o adiantamento de royalties das músicas da cantora.

 

Na gravação obtida com exclusividade pelo jornal Folha de S.Paulo, Wilma afirma que os dois passarão fome, caso Gabriel não assine o termo da gravadora Biscoito Fino. 

 

"Nós já tiramos os royalties da sua mãe, os R$ 143 mil, certo? Quanto era? Isso foi para pagar IPTU, que são '5 pau', para comprar comida, para pagar sua escola, pagar contas. 'Assim como as quantias se referem a titulo de empréstimo... declaro ainda que a Biscoito Fino deverá descontar os royalties os valores devidos aos herdeiros de Gal Costa'. Quem são os herdeiros? Se você não assinar, a gente não recebe dinheiro e vai passar fome. Você não pode fazer isso comigo, Gabriel", diz Wilma no trecho que foi divulgado pelo jornal.

 

A reportagem afirma que o áudio teria sido gravado por Gabriel. Em outro trecho, Wilma afirma que a divisão estava "injusta" e buscou tentar igualar a divisão na herança.

 

"Era 75% para mim, 25% para você, mas eu não achei justo e está 50, 50. (...) Pelo amor de deus, vai. Não quer assinar? Não assina. Você não é testemunha. Você é herdeiro. Você não vai fazer isso, Gabriel? Eu não estou mentindo. Estou ficando irritada com você. Veja se entende o que está escrito. Se a gente pegar mais, é seu e meu."

 

Gabriel, que completou 18 anos recentemente, contratou dois advogados para representá-lo, na briga judicial contra Wilma Petrillo. O jovem é contra o pedido de reconhecimento de união estável da empresária com a mãe, que tenta reivindicar parte nos bens da cantora.

“Fizemos para ela, não sobre ela”, diz Sophie Charlotte em lançamento de “Meu Nome é Gal” em Salvador
Fotos: Jana Beltrão / BN Hall

A cinebiografia de Gal Costa foi lançada na noite desta segunda-feira (2) no Cine Glauber Rocha, em Salvador. O tapete vermelho do filme "Meu Nome é Gal" contou com a presença do elenco e de personalidades baianas. A atriz Sophie Charlotte, que interpreta a cantora no filme, contou ao BN Hall como foi retratar uma das grandes vozes brasileiras nas telonas.

 

 

"Do convite inicial até agora, foram cinco anos. Claro que quando você realiza um projeto para um ídolo pessoal, que é o meu caso pela Gal Costa, ganha contornos muito específicos porque eu sou fã dela. Então, como dar vida, como entrar em cena e assumir essa honra máxima, foi muito especial. Fizemos para ela, não sobre ela, acho que esse é o grande diferencial desse filme. É uma alegria poder fazer algo para alguém, e isso se transforma agora. Desde sua partida, demos um novo sentido porque a Gal tem muitos fãs e o Brasil ama essa artista tão relevante, tão eterna", destacou a Sophie na entrevista.

 

 

Conhecida como Gal Costa, Maria da Graça Costa Penna Burgos faleceu em novembro de 2022, aos 77 anos. Entretanto, o filme apresenta um recorte específico da vida da artista. De acordo com Lô Politi, uma das diretoras do longa, mesmo que fosse um desejo da equipe, não haveria tempo hábil para mudanças no roteiro original porque "por tratar-se de um filme de ficção, ele não é passível de modificação, mesmo diante de um fato tão grande quanto esse".

 

 

O filme narra a jornada da cantora antes de sua ascensão como uma figura renomada. Maria, inicialmente uma criança tímida, tomou a decisão de se mudar para o Rio de Janeiro aos 20 anos. Lá, ela encontrou amigos como Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gilberto Gil e Dedé Gadelha, que a apoiaram em seus primeiros passos na carreira musical, no final da década de 1960. 

 

Ao BN Hall, a diretora e atriz Dandara Ferreira relatou que, no início do projeto, não imaginava que viria a interpretar Maria Bethânia no longa.

 

"Veio de forma muito orgânica. Estávamos atrás dessa personagem, estávamos com uma dificuldade enorme de achar, não só por causa da característica física, mas também de ter esse mistério e essa coisa que a Bethânia tem. Na época da filmagem, tínhamos todo o elenco, mas não tínhamos a Bethânia. A Chica Carelli, que é uma grande atriz daqui do Teatro Vila Velha e professora, chegou um dia no ensaio e perguntou pela Bethânia, e eu respondi para ela que não tínhamos. [Na hora] ela disse que tinha sim, apontando para mim [...]. Eu achava que eu não teria esse tempo para se preparar, essa dedicação que um personagem da grandeza da Bethânia precisa. [...] Nos ensaios, eu comecei sendo a Bethânia, aí os dias se passaram e em um momento cheguei em casa e pensei: 'sou eu'", celebrou.

 

Entre as personalidades presentes na noite de pré-estreia de "Meu Nome é Gal", esteve o ator e humorista Luis Bianco, que interpretou o diretor artístico Guilherme Araújo. "Ele foi empresário, batizou Gal Costa, foi um pouco pai, foi amigo da mãe de Gal Costa. Ele foi um dos inventores da Tropicália, um dos inventores, foi quem olhou para aqueles jovens e falou: 'Vocês são internacionais, o talento de vocês é maior que a Bahia, é maior que o Brasil, é maior que o mundo inteiro, é universal'", descreveu.

 

 

 

Siga o @bnhall_ no Instagram e fique de olho nas principais notícias. 

Plano de saúde chega a acordo judicial com empresa de Gal Costa
Foto: Reprodução/Facebook

A empresa de plano de saúde Bradesco Saúde S/A e a GMC Produções Artísticas, empresa que comandava a carreira de Gal Costa, chegaram a um acordo judicial. As informações são do colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

 

Segundo o colunista, a Bradesco brigava para receber mais de R$ 33,2 mil sobre serviços não pagos pela empresa responsável pela carreira de Gal. A cantora morreu em novembro do ano passado, aos 77 anos.

 

A dívida fez com que o plano de saúde encerrasse as apólices vinculadas à empresa de Gal e Wilma Petrillo, viúva da artista.

 

Em agosto, a Bradesco afirmou que o acordo foi feito com a GMC, mas não apresentou detalhes à Justiça.

 

Um dos maiores nomes da música popular brasileira, Gal Costa enfrentou uma série de problemas financeiros ao final de sua vida. De acordo com familiares, ex-funcionários e amigos de Gal, o patrimônio da cantora foi dilapidado por Wilma Petrillo, companheira da cantora por quase três décadas.

VÍDEO: Sophie Charlotte se emociona ao assistir trailer da cinebiografia de Gal Costa
Foto: Reprodução / Redes Sociais

Sophie Charlotte foi surpreendida com a exibição do trailer do filme “Meu nome é Gal”, no cinema. Acompanhada do marido, Daniel de Oliveira, o casal foi à sala assistir ao filme “Retratos Fantasmas”, de Kleber Mendonça. 

 

 

A atriz, que dá vida a Gal Costa no longa que estreia no dia 19 de outubro nos cinemas, compartilhou seus sentimentos em seu perfil no Instagram. 

 

"Pensei uns dias se esses vídeos eram muito pessoais ou se tudo bem expor assim a emoção e a surpresa de ver o trailer do nosso filme “Meu nome é Gal” quando fui ao cinema assistir Retratos Fantasmas do Kleber Mendonça. Não sabia que ia passar o trailer. Só estávamos eu e [Daniel de Oliveira] amor nessa sessão, precisamos falar sobre isso!”

 

Sophie aproveitou o momento para pedir valorização ao cinema nacional  e indicar filmes aos seus seguidores. 

 

“Precisamos de público! E cota de Telas! Vá ao cinema ver filmes brasileiros! Retratos Fantasmas é tão bonito! Tão emocionante! Um filme sobre o amor pelo cinema, que me arrebatou! Cinema é muito emocionante! E ver esse sonho chegando cada vez mais perto da estreia mexeu comigo!", escreveu a atriz.

 

Assista o trailer:

 

VÍDEO: Preta Gil presta homenagem a Gal Costa e é consolada por Ivete Sangalo
Foto: Reprodução/TV Globo

A noite de exibição do Criança Esperança 2023 reservou um momento emocionante para os telespectadores ligados na TV Globo nesta segunda-feira (7). Preta Gil prestou uma homenagem à madrinha Gal Costa, que morreu em novembro de 2022. 

 

Ao som de “Força Estranha”, de Caetano Veloso, Preta emocionou a plateia e os artistas presentes na celebração enquanto uma foto de Gal era exibida no telão do evento. 

 


Foto: Reprodução/TV Globo

 

Ao fim da apresentação, Ivete Sangalo entrou no palco e cantou com Preta, levando a artista às lágrimas. “Viva Gal Costa, sua voz nunca vai se calar! Obrigada irmã Ivete Sangalo pela surpresa no final! A homenagem ficou mais linda com você ao meu lado! Te amo demais!”, escreveu Preta.

 


Foto: Reprodução/TV Globo

 

Nas redes sociais, famosos elogiaram a apresentação. 

 

“Por isso você canta e não pode parar! Salve sua força”, comentou a atriz Carolinie Figueiredo. “Lindo demais! Emocionante”, escreveu Sophie Charlotte, que dará vida a Gal no filme “Meu Nome É Gal”.

 

Viúva de Gal Costa é acusada de barrar direitos de obra da artista
Foto: Reprodução/ Redes Sociais

A viúva de Gal Costa, Wilma Petrillo, está sendo acusada por produtores culturais e ex-funcionários de tentar barrar a cessão de direitos da obra da cantora, que estão entre os bens deixados por ela.

 

Segundo os ex-funcionários, os pedidos para cessão dos direitos de Gal eram quase sempre ignorados pela empresária, o que dificultava o uso da obra em produções culturais.

 

"Tentamos de tudo, mas os nossos contatos nunca foram respondidos, então não pude incluir essa foto", afirmou.

 

O contato foi realizado através de email em 3 de novembro de 2022, uma semana antes da morte da cantora.

Com câncer na cabeça e no pescoço, Gal Costa morreu de infarto fulminante, diz certidão de óbito
Foto: Divulgação

A cantora Gal Costa morreu em 9 de novembro de 2022, aos 77 anos, vítima de um infarto agudo no miocárdio. Segundo a certidão de óbito, divulgada nesta quinta-feira (27), a morte foi derivada de um câncer de cabeça e pescoço.

 

Um tempo antes de morrer, a cantora havia dado uma pausa em shows, após passar por uma cirurgia para retirar um nódulo na fossa nasal direita.

 

Gal Costa foi uma das maiores intérpretes da história da música brasileira, ela foi uma das expoentes do movimento tropicalista, que sacudiu a MPB no final dos anos 1960, com sua voz aguda, com seus cabelos revoltos e com seu cantar revolucionário.

Viúva de Gal Costa pede metade da herança deixada ao filho à Justiça
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Wilma Petrillo, viúva de Gal Costa, entrou na Justiça com um pedido de reconhecimento de união estável em março deste ano para poder ficar com metade do que sobrou do patrimônio de Gal. A informação é do jornal Extra. 

 

De acordo com a publicação, Gal Costa deixou todos os seus bens ao seu único filho, Gabriel, de 18 anos, criado com Wilma Petrillo, em um testamento.

 

Apesar de ter vivido quase 30 anos com Wilma, até mesmo a casa no Jardim Europa, em São Paulo, avaliada em R$ 5 milhões, onde elas moravam juntas, deve ficar para Gabriel.

 

Caso a Justiça reconheça o pedido de Wilma Petrillo, Gabriel pode ficar apenas com 50% do patrimônio da mãe, que já teria sido bastante lapidado por Wilma. Caso o jovem concorde, a empresária também pode assumir o papel de inventariante para que os dois tratem do espólio de Gal longe de audiências judiciais e da imprensa.

 

Somente neste mês, Wilma foi acusada de calote por não pagar contas de gás e luz de um imóvel no Jardim Europa, em São Paulo e uma reportagem da Revista Piauí revelou acusações de golpe e assédio por parte de Wilma. Amigos, familiares e ex-funcionários de Gal foram ouvidos. 

Em meio a polêmicas, certidão de óbito de Gal Costa é divulgada
Foto: Divulgação

Em meio a polêmicas e acusações contra Wilma Petrillo, a viúva de Gal Costa, a certidão de óbito da cantora foi divulgada neste domingo (16), pelo Domingo Espetacular, da Record TV.

 

Segundo a certidão, a cantora morreu em casa, após um infarto agudo do miocárdio, ou seja, um ataque cardíaco e neoplasia maligna de cabeça e pescoço. 

 

De acordo com o Inca (Instituto Nacional do Câncer), neoplasia é um tumor que ocorre pelo crescimento anormal do número de células. Esse crescimento celular foge do controle do organismo e é capaz de desencadear consequências graves ao corpo.

 

 

A reportagem do Domingo Espetacular tentou falar com Petrillo sobre o assunto e segundo o repórter, ela se recusou a atendê-lo. Ana Cristina, irmã e sócia de Wilma em uma das empresas, negou qualquer denúncia. 

 

Nos últimos dias, Wilma foi acusada de calote por não pagar contas de gás e luz de um imóvel no Jardim Europa, em São Paulo.

Viúva de Gal Costa é processada por não pagar contas de gás e luz de imóvel
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A artista plástica Daniela Cutait está processando Wilma Petrillo, viúva da cantora Gal Costa, por não pagar contas de gás e luz de um imóvel. A artista vendeu uma casa no Jardim Europa, em São Paulo, para Gal e Wilma. As informações são do O Globo. 

 

De acordo com a publicação, a defesa de Daniela alega que a titularidade das contas de gás e luz não foram transferidas e as contas atrasaram.

 

"[Daniela] passou a receber diversas mensagens de cobrança dos débitos de luz e gás atrasados, sempre com a observação de que, não havendo o pagamento, seu CPF seria 'negativado nos próximos dias'", dizem os advogados.

 

Segundo a defesa, a artista plástica ainda foi obrigada a pagar o débito de R$ 2.999 para conseguir o desligamento da energia elétrica da casa. Daniela alegou que Wilma a bloqueou no WhatsApp e ignorou todas as solicitações.

 

Cutait pediu à Justiça que Wilma troque a titularidade da conta de gás e a indenize em R$ 20 mil por danos morais, além de ressarci-la pelo valor pago à Enel, empresa de energia elétrica.

 

Na última semana, uma reportagem da Revista Piauí revelou acusações de golpe e assédio por parte de Wilma. Amigos, familiares e ex-funcionários de Gal foram ouvidos pela reportagem. 

Viúva de Gal Costa aplicou golpes em nome da cantora, diz revista
Foto: Reprodução/Instagram

A empresária Wilma Petrillo, viúva de Gal Costa, é tema da reportagem de Thallys Braga na edição de julho da revista Piauí. Nos depoimentos ouvidos pela repórter, Wilma é acusada de assédio moral contra ex-funcionários, ameaças e golpes financeiros, além de ser acusada de ter levado Gal à falência.

 

De acordo com a Piauí, no círculo cultural de Salvador,  circulavam histórias de que Wilma teria aplicado golpes em outras pessoas e que amigos de Gal até preferiam manter distância da empresária e esposa da cantora.

 

Treze pessoas foram entrevistadas na reportagem: seis ex-funcionários de Gal, seis amigos e um parente.

 

Compartilhe essa notícia pelo WhatsApp!

 

O médico Bruno Prado diz que a empresária chegou a pedir emprestado cerca de R$ 15 mil para uma cirurgia nos olhos e que não pagou a dívida no prazo combinado. Wilma ainda usou a orientação sexual do médico para ameaçá-lo. 

 

"Se você continuar me cobrando, eu vou fazer uma coisa muito bonitinha: conto pro teu pai que você é viado", relembrou ele. Ao contar a situação para Gal, a artista prometeu que o pagamento da dívida seria feito por Wilma. O pagamento foi feito, mas Wilma seguiu com as ameaças. 

 

O produtor Ricardo Frugoli diz que acumula más lembranças do tempo em que trabalhou com Wilma e que Gal, teria perdido oportunidades de shows no Brasil e na Europa por causa do comportamento da mulher.

 

Acusações de furto, intrigas e ex-funcionários com episódios de depressão causados por humilhações rodeavam os bastidores.

 

Ricardo contou que abriu o jogo com Gal, mas que a cantora ficou furiosa ao supor que poderia estar sendo roubada e ambos nunca mais tocaram no assunto. 

 

“Durante muito tempo, fui o cara que não deixou a bomba explodir. Continuar ali era importante para protegê-la do que vinha acontecendo na carreira e dentro de casa”. Ele chegou a fazer um boletim de ocorrência contra Wilma por ameaças e foi demitido quatro dias depois da denúncia.

 

Segundo a reportagem, entre os bens de Gal deixados para o único filho, Gabriel, o item de maior valor é um imóvel, comprado por R$ 5 milhões em 2020, no bairro dos Jardins. Um ex-funcionário que trabalhou com Gal até sua morte diz que a conta da cantora era “um buraco negro”.

 

Todos os entrevistados pela Piauí concordam que as finanças de Gal foram minadas no período em que Wilma e Gal estiveram juntas. As dívidas iam de restaurantes, a mensalidades da escola de Gabriel, pagamentos de empregados e até à Receita Federal dos Estados Unidos.

 

Wilma teria barrado até mesmo um show de Gal no Carnegie Hall, a casa de concertos mais famosa de Nova York. "Na próxima vez que ligarem, diga que a Gal não gosta de se apresentar nos Estados Unidos", disse Wilma. Segundo Gal a amigos, ela não retornava aos EUA por medo de ser presa, já que Wilma vendeu um imóvel dela em Nova York e não pagou os impostos devidos.

 

Um dos dois funcionários que trabalharam com demandas pessoais de Gal e Wilma diz que chegou a testemunhar uma discussão das duas em 2015. "O dinheiro entra e some, as dívidas não param de chegar. Que tipo de empresária é você?", questionou Gal. "Você é uma velha, as pessoas não querem mais te contratar", rebateu Wilma. O funcionário disse que o atrito entre elas teria chegado a ser físico.

 

Gal teria dito que se largasse Wilma, “ela leva metade de tudo que eu tenho, sem nunca ter trabalhado de verdade para conseguir alguma coisa”.

 

Guto Burgos, irmão de Gal, diz que foi afastado da irmã por Wilma em 1997. “Por favor, eu não quero mais falar disso. É um assunto que me dói muito”, disse ele.

 

Burgos conta ainda que Gal teve oito salas comerciais no Rio de Janeiro, que lhe rendiam aluguéis, uma cobertura e um apartamento na Praia Guinle, um condomínio de luxo na Praia de São Conrado, no Rio de Janeiro. “Também tinha imóveis em Salvador, Trancoso e Nova York. Como dói saber que ela morreu sem nada disso. Parece que todo o trabalho dela foi em vão”, lamenta ele.

 

Já o produtor Rodrigo Bruggermann, responsável pela organização dos shows de Recanto das cidades do sul do Brasil, categoriza Wilma como “a pior pessoa com quem lidei nesse meio”. "Além de ser grosseira, ela fazia mudanças de última hora e aplicava taxas surpresa". Ele conta ainda que Gal não fazia participação especial nos shows de ninguém, ao contrário de outros cantores da MPB, porque Wilma não teria permitido.

 

Outro prejudicado teria sido o empresário Maurício Pessoa que conta que, em 2013, sofreu um tombo financeiro com Gal que também envolveria Wilma. 

 

Ele conseguiu um patrocínio de R$ 700 mil da Natura Musical com seis shows e gravação de um álbum ao vivo em que Gal interpretaria canções de Lupicínio Rodrigues. Wilma, porém, teria dito que só daria continuidade se recebesse de imediato 80% do valor, ou seja, R$ 560 mil. Ele aceitou e os primeiros shows aconteceram só em 2015, aos trancos e barrancos.

 

Na hora de gravar o disco, Wilma parou de responder às mensagens dele e, quando finalmente conseguiu, ela alegou que Gal não tinha mais tempo para continuar no projeto. A gravação foi marcada para 2017 mas, na data combinada, ninguém apareceu. A Natura não pagou os R$ 140 mil restantes e Maurício estima que ficou com um prejuízo de mais de R$ 1 milhão.

 

Em janeiro deste ano, os fãs de Gal não gostaram de ver uma foto incomum no perfil oficial da cantora. A viúva da cantora publicou no Instagram da artista uma foto ao lado de um cachorro. 

 

Em maio, o túmulo em que Gal Costa foi sepultada foi alvo de uma intervenção em protesto pela não identificação da cantora no jazigo. O túmulo pertence à família de Wilma Petrillo.

VÍDEO: Cinebiografia de Gal Costa ganha primeiro trailer
Foto: Divulgação

A cinebiografia da cantora Gal Costa, que morreu em novembro do ano passado, teve o seu primeiro trailer divulgado nesta quarta-feira (29).


A cinebiografia, que estava prevista para ser lançada no dia 21 de setembro, teve sua estreia adiada para o dia 19 de outubro.


Nomeado "Meu Nome é Gal", o longa é protagonizado pela atriz Sophie Charlotte, que interpreta a cantora. Em nota, a distribuidora do filme, Paris Filmes, não explicou o motivo do adiamento.


Contendo um pouco mais de dois minutos, o vídeo tem "Baby" como trilha sonora, uma das canções mais emblemáticas do repertório de Gal.


O filme é dirigido por Dandara Ferreira e Lô Politi, que também assina o roteiro. Além de Sophie, o filme traz no elenco nomes como Rodrigo Lelis, no papel de Caetano Veloso, e Dan Ferreira, que interpreta Gilberto Gil.
 

30º edição da Expo de Moda homenageia Gal Costa; veja programação
Foto: Reprodução/Instagram

A mais esperada feira de pronta entrega de moda focada no outono/inverno, que apresenta os lançamentos para a temporada do São João, acontecerá entre os dias 30 de maio e 4 de junho, no Salão Otero do Clube Espanhol, no bairro da Barra. Sendo referência nacional no mundo fashion, a 30º edição da Expo Moda terá como tema “Simplesmente Gal”.

 

Idealizada pela produtora de moda Vera Pontes, a exposição deste ano traz na programação a homenagem à cantora Gal Costa, que foi uma das principais figuras da tropicália na cena brasileira. O público poderá conferir as tendências em moda feminina, masculina e infantil, calçados, bolsas, acessórios, itens de decoração, moda praia e fitness nas dezenas de estandes de expositores de vários estados do Brasil.

 

“Estamos com muitas novidades na programação deste ano. A nossa 30º edição, além de ser uma homenagem à grande artista que Gal Costa foi, vai contemplar os mais diversos estilos com peças a preço de fábrica para todos os públicos, com inovação e criatividade - marcas registradas da Expo de Moda há 30 anos”, destaca Vera.

 

O espaço climatizado conta com praça de alimentação e estacionamento gratuito. A feira acontece de terça a sábado das 13h às 21h, e das 10h às 20h aos domingos. O ingresso custa R$10; crianças de até 12 anos e idosos a partir de 60 anos possuem gratuidade.

 

Programação

No primeiro dia, 30 de maio, o tradicional desfile dos estilistas irá movimentar as passarelas com as criações de Jhon Pereira, Levite Bahia, Rey Vilas Boas, Marcelo Henrique, Marcelo Moura, Guida Maria, Rosy Ribeiro, Lu Samarato e Wagner Lacerda.

 

Já no dia 31 de maio, às 16h, Wagner Lacerda volta aos holofotes para apresentar sua coleção, seguida, às 18h, pela marca de moda autoral Levite Bahia. Na quinta (01/06), às 16h, Cami Bronze levará para a feira uma coleção moda praia. No mesmo dia, às 19h, o estilista Jhon Pereira irá expor suas peças. 


 
Na sexta-feira (02/06), às 16h, Rafiky tomará as passarelas para colocar em evidência as suas criações. Depois dele, entrará em cena Rey Vilas Boas, às 18h. No sábado (03/06), as apresentações ficarão por conta de Marcelo Henrique, Rosy Ribeiro e Marcelo Moura. No domingo (04/06), último dia do evento, a programação se encerrará com o desfile kids e o desfile da Maturidade.

 

Siga o @bnhall_ no Instagram e fique de olho nas principais notícias.

Adriana Calcanhotto apresenta hoje show em homenagem a Gal Costa na Concha
Foto: Giordano Toldo

Intitulada de ‘Coisas sagradas permanecem’, verso extraído de canção escrita por Caetano Veloso para Gal Costa, a cantora Adriana Calcanhotto traz para a Concha Acústica do Teatro Castro Alves (TCA) a turnê em homenagem à artista baiana. O show é neste domingo (14), às 19h.

 

O espetáculo nasceu a partir de uma ideia de Marcus Preto, produtor e diretor artístico de álbuns e shows de Gal nos últimos nove anos. Adriana e Marcus assinam juntos a direção do espetáculo, que tem cenário concebido por Omar Salomão, filho de Waly. A banda traz músicos que tocaram com Gal em seus trabalhos mais recentes. Limma (teclados), Fabio Sá (baixo) e Vitor Cabral (bateria e percussões) integram o trio que acompanhou a cantora em sua última turnê, “As várias pontas de uma estrela”. Completa a formação Pedro Sá (guitarra e violão), que esteve com Gal na turnê “A pele do futuro”.

 

O repertório de “Coisas sagradas permanecem” atravessa diferentes momentos da carreira de Gal, explorando algumas vezes cruzamentos entre sua trajetória e a de Adriana. Um exemplo é “Esquadros”, presente no roteiro. A canção da compositora gaúcha foi registrada pela baiana no disco “Aquele frevo axé”, de 1998. 

 

Os ingressos ainda estão à venda pelo Sympla e variam entre R$ 100 e R$ 250.

Fãs modificam túmulo de Gal Costa em protesto

Fãs modificam túmulo de Gal Costa em protesto
Foto: Bob Wolfenson/Divulgação

O túmulo em que Gal Costa foi sepultada foi alvo de uma intervenção em protesto pela não identificação da cantora no jazigo. Gal morreu em novembro de 2022, aos 77 anos de idade. 

 

Fãs fizeram uma placa em acrílico com a foto de Gal, sinalizando que ali está enterrada a cantora.

 

O túmulo pertence à família da viúva da artista, Wilma Petrillo, que foi muito criticada pelos fãs de Gal pela forma que conduziu o enterro da cantora. De acordo com a revista Quem, apenas nomes dos familiares de Wilma estão no túmulo. 

 

 

POLÊMICAS

 

Em janeiro deste ano, os fãs de Gal não gostaram de ver uma foto incomum no perfil oficial da cantora. A viúva da cantora publicou no Instagram da artista uma foto ao lado de um cachorro. 

 

Na legenda, Wilma Petrillo informou que estava em Salvador e posou ao lado de um rotweiller.

VÍDEO: Adriana Calcanhotto deixa seios à mostra em homenagem a Gal Costa
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A estreia de Adriana Calcanhotto na turnê “Gal: Coisas Sagradas Permanecem”, nesta quinta-feira (27), no Salão de Atos da PUCRS, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, contou com diversas homenagens à cantora baiana. 

 

Durante a apresentação, ao finalizar a música “Dê Um Rolê”, a cantora abriu a camisa e ficou com os seios à mostra. 

 

A turnê desembarca em Salvador no dia 14 de maio e os ingressos já estão à venda.

 

Adriana Calcanhotto traz show em tributo a Gal Costa para Salvador
Foto: Leo Aversa/Divulgação

A turnê “Coisas Sagradas Permanecem”, em que Adriana Calcanhotto presta homenagem a Gal Costa, desembarca em Salvador no dia 14 de maio, mas os ingressos já estão à venda.

 

O show acontece às 19h, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves. A cantora se debruça em um repertório que atravessa diferentes momentos da carreira de Gal, explorando algumas vezes cruzamentos entre a trajetória da baiana e a dela.

 

Os ingressos estarão à venda a partir das 14h, na bilheteria do Teatro Castro Alves e no site da Sympla.

 

No primeiro lote, os preços chegam a R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia) na pista e o camarote fica por R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia). No segundo lote, a pista fica por R$ 200 (inteira) e R$ 100 (meia), já o camarote vai para R$ 250 (inteira) e R$ 125 (meia).

Motociclista morre em acidente na Avenida Gal Costa, em Salvador
Foto: Reprodução / TV Bahia

Um motociclista morreu na manhã desta segunda-feira (27), na Avenida Gal Costa, em Salvador. De acordo com as informações, a vítima se envolveu em um acidente e colidiu no batente da calçada da via no sentido Estação Pirajá.

 

Por causa do ocorrido, o local registra trânsito lento e parte da pista foi interditada. A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) está no local. Segundo a TV Bahia, a vítima ainda não foi identificada.

 

Ainda conforme divulgado, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi acionado, mas quando chegou ao local a vítima já estava sem vida. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi chamado para realizar a perícia e remoção do corpo.

Adriana Calcanhotto anuncia turnê em homenagem a Gal Costa; confira data para Salvador
Foto: Divulgação

A cantora Adriana Calcanhotto anunciou a turnê “Gal: Coisas Sagradas Permanecem”, em homenagem à baiana Gal Costa, que faleceu em novembro do ano passado. As apresentações terão início no próximo dia 27 em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Salvador também receberá o show da artista, previsto para acontecer no dia 14 de maio, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves (TCA). Os ingressos para a capital baiana ainda não estão à venda. 

 

A direção do espetáculo está sendo realizada por Adriana e Marcus Preto, produtor e diretor artístico de álbuns e shows de Gal. O cenário será assinado por Omar Salomão. A banda que acompanha a turnê é a mesma que se apresentou com Gal nos últimos anos. 
 

Siga o @bnhall_ no Instagram e fique de olho nas principais notícias.

Daniela Mercury prepara homenagem a Gal Costa no repertório desta sexta; veja setlist completo
Último encontro entre Gal e Daniela | Foto: Reprodução

Daniela Mercury está preparando uma homenagem à histórica cantora Gal Costa, que faleceu no final de 2022. No desfile que fará nesta sexta-feira (17) no circuito Dodô (Barra-Ondina), em um trio sem cordas, a “Rainha Má” separou um momento para cantar músicas de carnaval imortalizadas na voz bossanovista de Gal.

 

A homenagem a Gal Costa foi reservada para o início do percurso, no Farol da Barra. Daniela cantará “Festa do Interior”, de Moraes Moreira; “Balancê”, de Braguinha; e “Chuva, Suor e Cerveja”, de Caetano Veloso. Todas as canções foram gravadas por Gal em algum momento da carreira, ganhando uma nova referência.

 

Além disso, já no final do circuito, Daniela também cantará “Quando o Carnaval Chegar”, música que compôs em homenagem a Moraes Moreira, outro homenageado da folia baiana em 2023. A gravação original da canção foi feita em conjunto com Gal Costa.

 

“Soteropolitanamente na moral”, música de trabalho de Daniela para o carnaval de 2023, aparece no setlist três vezes e deve ser a mais cantada por ela nesta sexta. Confira abaixo a lista completa:

 

Foto: Bruno Leite / Bahia Notícias

Gal Costa anuncia turnê nacional; Salvador recebe show em janeiro no TCA
Foto: Reprodução / Facebook

Com o maior controle da pandemia e a retomada gradual do setor de entretenimento, Gal Costa é mais uma artista que anuncia a volta aos palcos. A cantora baiana informou, nesta terça-feira (26), que viajará pelo Brasil com uma nova a partir deste fim de semana.

 

“Save the date! Nova turnê chegando: “As várias pontas de uma estrela”, anunciou, em suas redes sociais. A turnê nacional inclui a terra natal de Gal, que sobe ao palco da Sala Principal do Teatro Castro Alves no dia 29 de janeiro de 2022. 

 

A estreia acontece neste fim de semana no Teatro Bradesco, em São Paulo (SP). Gal se apresenta no sábado (30) e domingo (31) no local. Em seguida, a cantora faz show no Viva Rio, no Rio de Janeiro, em 12 de novembro. 

 

A artista baiana passa ainda por Campinas (SP), no dia 27 de novembro; Porto Alegre (RS), em 2 de dezembro; Belo Horizonte (MG), no dia 5 do mesmo mês; Fortaleza (CE), 11 de dezembro; Aracaju (SE), 12 de fevereiro de 2022; Recife (PE), 19 de março de 2022 e Manaus (AM), em 14 de maio do próximo ano.

 

Consta na agenda de Gal ainda Belém do Pará, no dia 9 de dezembro deste ano, mas com a turnê anterior, "A Pele do Futuro". Apesar de divulgadas as demais datas, a produção da artista informou que no momento estão à venda apenas os ingressos para os shows de São Paulo e Rio de Janeiro.

 

Veja a agenda de Gal Costa:

 

Gal Costa viraliza na internet após a transmissão da Olimpíada de Tóquio
Foto: Reprodução / Twitter

A cantora Gal Costa se tornou assunto nas redes sociais nesta terça-feira (27), depois da transmissão da semifinal dos 800m livre masculino. O nadador brasileiro Guilherme Costa, que disputava a prova, foi apresentado ao público como “G.Costa”, o  suficiente para que os internautas espalhassem o meme de que Gal Costa estaria na final da natação.

 

O viral foi tão grande que até a cantora entrou na brincadeira através das redes sociais, em seus perfil do Twitter, ela disse: “Sou prata em Tóquio!!! Obrigada pela torcida!”.

 

O brasileiro Guilherme Costa liderou a primeira metade de sua bateria e terminou em segundo lugar, atrás apenas do austríaco Felix Auboeck. Com o quinto melhor tempo geral, ele estabeleceu o novo recorde sul-americano da prova e agora segue para a final, que acontece nesta quarta-feira (28) a partir das 22h30.

 

 

Gal Costa faz live show gratuito com repertório de sucessos
Foto: Divulgação

Gal Costa sobe ao palco do Teatro Bradesco, em São Paulo, onde apresenta um show gratuito, com transmissão ao vivo no Youtube, no dia 28 de maio, a partir das 20h. 

 

O repertório da cantora baiana, que em 2021 celebra seus 75 anos, inclui canções conhecidas do público, a exemplo de "Meu Bem, Meu Mal", "Negro Amor", "Coração Vagabundo", "Só Louco" e "Baby". Na ocasião, Gal apresentará ainda canções de seu mais novo álbum, “Nenhuma Dor”. 

 

A direção geral do show é de Marcus Preto, o mesmo que assinou os álbuns e shows mais recentes de Gal. A transmissão no Youtube conta com audiodescrição e libras, recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência.

 

“Eu estou muito feliz em retornar aos palcos em uma live. Mesmo não tendo público presente, é uma alegria muito grande poder levar música, diversão e um acalanto para as pessoas nesse momento tão difícil que todos nós estamos passando. A arte é um bálsamo e alivia a dor da gente", declara a artista.

 


SERVIÇO
O QUÊ:
Live show de Gal Costa
QUANDO: Sexta-feira, 28 de maio, às 20h
ONDE: YouTube do Teatro Bradesco
VALOR: Grátis

Dueto de Gal Costa com Jorge Drexler, releitura de 'Negro Amor' ganha clipe
Foto: Divulgação

Dueto de Gal Costa com o uruguaio Jorge Drexler, a releitura da música “Negro Amor”, que integra o mais novo ámbum da artista baiana, “Nenhuma Dor”, ganhou um videoclipe. O registro audiovisual marca as comemorações pelo sucesso da canção, que desde fevereiro deste ano, quando o disco foi editado, já soma mais de 1 milhão de execuções no Spotify. 

 

Gravado durante a pandemia, o clipe traz imagens de Gal e Drexler em separado, direto de suas casas, ela de São Paulo e ele de Madri, na Espanha. Os vídeos da cantora e a edição são assinados por Carol Siqueira. 

 

Além do artista uruguaio, o disco “Nenhuma Dor” contou com participação do português António Zambujo e dos brasileiros  Zeca Veloso, Rubel, Criolo, Silva, Tim Bernardes, Rodrigo Amarante, Seu Jorge e Zé Ibarra.

 

A música “Negro Amor” é uma versão de Caetano Veloso e Péricles Cavalcanti para “It's All Over Now, Baby Blue”, de Bob Dylan.

 


Veja o clipe:

Aos 75 anos, Gal Costa é mais uma integrante da Tropicália a ser vacinada
Foto: Reprodução / Instagram

A cantora, compositora e multi-instrumentista Gal Costa, 75, recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta segunda-feira (15), em São Paulo. A artista compartilhou o momento em sua conta no Twitter e disparou: "Vacina sim! Viva o SUS [Sistema Único de Saúde]!".

 

Os seguidores comemoraram o fato. "Esse é um dos momentos mais felizes de toda minha vida. Te ver vacina, protegida, alivia minha alma. Você é luz, é o patrimônio brasileiro!", escreveu uma fã.

 

Na foto, a cantora aparece com o cartão de vacinação em mãos. Ela foi mais uma das integrantes do movimento tropicalista a ser imunizada. Os companheiros de "Doces Bárbaros", Caetano Veloso e Gilberto Gil foram vacinados nas últimas duas semanas (veja aqui e aqui). 

 

O cantor e compositor Chico Buarque, o dramaturgo Zé Celso Martinez e o músico baiano Tom Zé foram outros membros da Tropicália que também receberam pelo menos a primeira dose da vacina contra a doença.

 

Gal Costa lança novos singles em parceria com Silva e o português António Zambujo
Foto: Divulgação

Depois de parcerias com Rodrigo Amarante, Zeca Veloso, Seu Jorge, Zé Ibarra, Rubel, Jorge Drexler, Criolo e Tim Bernardes, Gal Costa lançou, nesta sexta-feira (22), dois singles em duo com Silva e o cantor português António Zambujo.

 

Com Silva, Gal já havia dividido o palco, em fevereiro de 2020, pouco antes da pandemia, durante o show “A Pele do Futuro”, em cartaz na Concha Acústica do TCA, na capital baiana. Com ele, a artista regravou “Só Louco”, lançada originalmente no disco “Gal canta Caymmi”, de 1976.

 

“Se alguém me dissesse que um dia eu cantaria Caymmi com Gal, eu provavelmente não acreditaria. Foi uma honra cantar ‘Só Louco’, uma das canções mais bonitas da música brasileira, com uma das minhas vozes prediletas no mundo”, comentou o artista capixaba.

 

Já com António Zambujo, ela cantou “Pois é”, de Tom Jobim e Chico Buarque, gravada originalmente no álbum “Água viva” (1978). “Cantar com a Gal é cantar com uma lenda! Um sonho tornado agora realidade, cantando uma música de Tom! Melhor impossível!”, declarou o artista português.

 

As músicas são as duas últimas faixas do novo álbum da artista baiana, que tem título provisório de “Gal 75” e tem lançamento previsto para 12 de fevereiro, pela Biscoito Fino. O álbum conta com releituras de canções que marcaram a discografia da cantora e tem direção artística de Marcus Preto. 

 

Ouça as músicas:

 

Gal lança releituras de 'Paula e Bebeto' e 'Baby' em duetos com Criolo e Tim Bernardes
Foto: Divulgação

Depois de divulgar faixas em parceria com Rodrigo Amarante, Zeca Veloso, Seu Jorge, Zé Ibarra, Rubel e Jorge Drexler, Gal Costa lança, nesta sexta-feira (8), novas releituras de sucessos que vão integrar o álbum “Gal 75”, desta vez em duetos com Criolo e Tim Bernardes.

 

Criolo divide com Gal os vocais de “Paula e Bebeto”, música lançada originalmente no álbum “Água viva” (1978), primeira parceria de Milton Nascimento com Caetano Veloso, que compôs a letra inspirado na história de amor de um casal de namorados, amigos de Milton de Três Pontas. Também foi o artista mineiro quem estreitou as relações de Criolo com Gal graças a canção “Dez Anjos”, parceria de Bituca com o rapper paulista gravada pela cantora no álbum “Estratosférica”, de 2015. 

 

"Ter a oportunidade, mais uma vez, de participar de um disco da Gal, é uma honra muito grande para mim. Tive a felicidade de ter uma parceria minha e do Milton, feita sob medida e com muito carinho para a Gal, gravada no álbum ‘Estratosférica’. Eu me sinto muito honrado e agradeço a ela, sempre, e ao Milton, sempre. Ter este segundo momento, poder participar deste álbum interpretando uma canção do Milton, agora eu e ela, é uma honra muito grande, eu só agradeço pelo carinho, pelo aprendizado e pela oportunidade.  Me sinto com o coração transbordando de gratidão por essa oportunidade. E está lindo, viu?", diz Criolo.

 

Já Tim Bernardes regravou com a cantora baiana a canção “Baby”, mais uma composição de Caetano, lançada originalmente no álbum “Gal Costa” (1969). A relação de Gal com a obra do jovem músico, compositor, produtor musical e multi-instrumentista paulistano vem do álbum “A Pele do Futuro” (2018), no qual a artista incluiu o ijexá “Realmente Lindo”, primeira canção de Tim Bernardes gravada por ela. Tim também havia dedicado todo seu episódio no programa “Versões”, do canal Bis, para reinterpretar o repertório da Gal.

 

“Conhecer a Tropicália no pique da minha adolescência, tocando, começando banda, foi um estouro na minha cabeça. Uma quantidade de informação, sonoridade, ideia, musicalidade, liberdade que realmente me mudou e me soltou. E no meio daqueles discos todos, a Gal foi amor à primeira ouvida. A classe e clareza no jeito que ela canta, os contrastes, o berro e o sussurro. A emoção e a energia, uma riqueza, uma exuberância... aquela síntese de tantas coisas que eu identificava no som tropicalista parece que tinham uma super-síntese, uma pérola, na voz da Gal. Você ouve um segundo ela cantando e já bate tudo, no coração, na cabeça, no corpo, na energia, tudo. E a gravação original de Baby é pra mim um retrato mágico desse sentimento todo. Eu fico arrepiado, emocionado. Tem anos que eu ouço essa gravação e ela é cada vez mais gigante. Eu já tinha caído pra trás quando essa ídola minha gravou a minha canção ‘Realmente lindo’. Então, gravando ‘Baby’ juntos eu bati no fundo da terra, na lua e voltei. É uma loucura. Uma alegria e honra que não dá pra explicar. I love you, baiana”, comenta Tim.

 

Confira as releituras:

Após Bethânia, Gal confirma participação no Coala Festival: 'Será divino maravilhoso!!'
Foto: Divulgação/Ana Catarina Duarte

Após a confirmação de Maria Bethânia na grade do Coala Festival (clique aqui), outra baiana também anunciou sua participação no evento: Gal Costa.

 

“Foram me chamar, eu estou aqui! Gal no Coala é real! Eu também estou confirmada no Coala Festival”, revelou a artista, em suas redes sociais, nesta sexta-feira (18). "Tudo será divino maravilhoso!", acrescentou, citando "Divino Maravilhoso", um de seus grandes sucessos, de autoria de Caetano Veloso

 

O evento está programado para acontecer nos dias 11 e 12 de setembro de 2021, no Memorial da América Latina, em São Paulo. Em pré-venda, os ingressos custam entre R$ 100 e R$ 200.

Gal lança versões de Caetano em duetos com Rodrigo Amarante e Zeca Veloso
Fotos: Divulgação

Gal Costa lança, nesta sexta-feira (13), releituras de canções de Caetano Veloso em duetos com Rodrigo Amarante e Zeca Veloso. As faixas abrem o projeto “Gal 75”, que conta com a participação de artistas de diferentes gerações em versões de clássicos gravados pela artista baiana ao longo de seus 55 anos de carreira.

 

Com Amarante, compositor e vocalista da banda Los Hermanos, Gal regrava “Avarandado”. A nova versão tem produção do próprio músico, que também assina o arranjo de base e a execução de todos os instrumentos, exceto cordas. A interpretação de Amarante remete à regravação de “Avarandado” feita por João Gilberto em 1973.

 

Já com Zeca, filho de Caetano, a cantora gravou “Nenhuma Dor”. Para esta gravação, Zeca criou o arranjo de violão e os contracantos. O arranjo de cordas é de Felipe Pacheco Ventura. 

 

As dez canções do projeto que celebra os 75 anos da artista chegarão aos pares nas plataformas digitais até o final de janeiro de 2021. Em seguida, no mês de fevereiro, o disco físico sai pela Biscoito Fino, em LP e CD.

 

Além de Amarante e Zeca, participam do “Gal 75” Criolo, Rubel, Seu Jorge, Silva, Tim Bernardes, Zé Ibarra, o português António Zambujo e o uruguaio Jorge Drexler.

 

Confira os duetos com Amarante e Zeca:

 

Gal Costa ganha homenagem de Gilberto Gil por aniversário de 75 anos
Foto: Reprodução / Instagram

O cantor e compositor Gilberto Gil fez uma homenagem para Gal Costa nas redes sociais.  Nas post, Gil divulgou várias fotos dele e Gal juntos e parabenizou a amiga. "Viva a irmã de vida, a moça da Trinca, a Gaúcha de alma sempre jovem. Axé, @galcosta!", diz a postagem.  Além de Gil, diversos artistas a parabenizaram nas redes sociais.

 

A cantora Gal Costa completou 75 anos neste sábado (26). Gal Costa nasceu em Salvador, no dia 26 de setembro de 1945. Para comemorar  o aniversário, a cantora fará uma live que será transmitido pelo canal TNT e pelo Youtube (saiba mais).

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Viva a irmã de vida, a moça da Trinca, a Gaúcha de alma sempre jovem. Axé, @galcosta! #EquipeGil

Uma publicação compartilhada por Gilberto Gil (@gilbertogil) em

Gal Costa prepara live show para celebrar aniversário de 75 anos 
Foto: Divulgação

Assim como os amigos e conterrâneos Gilberto Gil e Caetano Veloso, Gal Costa também vai celebrar seu aniversário com um live show durante a pandemia do novo coronavírus. De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de São Paulo, a apresentação especial pelos 75 anos da artista baiana será no dia 26 de setembro, às 22h, com transmissão ao vivo pelo canal TNT e no Youtube da emissora.

Pesquisador lança site sobre Tropicalismo com área de estudo gratuita
Foto: Divulgação

Após criar uma conta nas redes sociais com o intuito de divulgar conteúdos sobre o movimento tropicalista e ter a atenção de Caetano Veloso e Gal Costa, o pesquisador Felipe Caetano lançou, no último sábado (8), um site para dar seguimento ao seu trabalho, o tropicaliaviva.com, que será voltado para seguidores e pessoas interessadas na Tropicália.

 

Dentro do site colaborativo, há uma galeria virtual para artistas plásticos e ilustradores, um palco virtual para músicos, atores e poetas, além de um blog onde Felipe vai reunir textos, notícias e reflexões sobre a Tropicália.

 

A estreia do palco virtual será com trechos do espetáculo “Tropicália é Preciso”, do cantor curitibano FaBiano Medeiros e a galeria vai ser iniciada com obras de João Salomão, Maria Carolina Marchi, Matheus Miguel (Poesia nas Estrelas), Tayna Ribeiro e Cris Vector (que despontou nas redes sociais com imagens de cunho político).

 

Em homenagem a Tom Zé, o site também terá uma área chamada “Estudando a Tropicália”, 100% gratuita, com aulas e materiais disponibilizados por pesquisadores como Rubens Beghini e Paulo Henrique Moura.

 

“O site veio quando entendi que todo o material que recebia de colaboradores não podia ficar restrito às redes sociais. É um conteúdo vasto que não merece se perder entre tantas postagens. Contei com a ajuda de muita gente legal de todo o Brasil e até de outros países para colocar no ar e ele será extremamente colaborativo, assim como foi o movimento tropicalista”, concluiu Felipe Caetano.

 

O site é o primeiro colaborativo sobre as ressonâncias tropicalistas e recebeu o apoio de Ana de Oliveira, pioneira em divulgar os estudos relacionados a Tropicália na internet. 

Gal Costa lança versão de 'Baby' e clipe em dueto com Rubel; veja o clipe
Foto: Divulgação / Gabriella Ribeiro

Gal Costa lançou, nesta sexta-feira (31), uma versão da música “Baby” - composição de Caetano Veloso - em dueto com Rubel. A faixa foi registrada em uma participação do jovem cantor e compositor em um show da artista baiana realizado em fevereiro, no Rio de Janeiro. Além da música, o encontro foi registrado ainda em um videoclipe. A faixa está disponível nas plataformas digitais (clique aqui).

 

"A gravação captou muito bem o clima amoroso daquela noite na Fundição Progresso, com plateia lotada de gente jovem e animadíssima. Rubel entrou no meu show pra cantar ‘Baby’ comigo. Foi nosso primeiro encontro artístico. Fiquei contente com o resultado do clipe e de poder trabalhar com ele, um compositor novo e jovem, construindo uma carreira muito coerente na música popular brasileira", conta Gal.

 

“Se me contassem há dez anos que isso aconteceria, diria que é mentira. Cantar com a Gal Costa é um sonho maior do que os que tive coragem de sonhar. Pisar naquele palco é como pisar no território sagrado que é a Música Popular Brasileira, amparado pelo bom humor, o carinho, a atenção e a generosidade com que ela me recebeu”, afirma Rubel.

 

Confira o clipe:

Gal Costa lota Concha Acústica do TCA com 'A Pele do Futuro'
Foto: Bruno Leite / Bahia Notícias

A cantora baiana Gal Costa se apresentou, nesta sexta-feira (14), na Concha Acústica do Teatro Castro Alves. O show, que faz parte da turnê do álbum “A Pele do Futuro”, trouxe para o público canções bastante conhecidas e outras compostas por artistas das mais diferentes gerações.

 

Dentre as músicas que fizeram parte do repertório estão “Vaca Profana”, “Sublime” e “Cuidando de Longe”. Do álbum homônimo, apenas “Minha Mãe” ficou de fora.

 

Em um dos momentos do show, uma participação especial animou os espectadores. O cantor e compositor Silva subiu ao palco e apresentou, junto com Gal, “Palavras ao Corpo”.

 

Com a Concha Acústica lotada, Gal fez questão de evidenciar a felicidade em estar de volta a Salvador. 

 

Ao fim do show, em clima de despedida, Gal aproveitou o espaço para dar um tom político para a apresentação, ao som de “Brasil”. 

 

A passagem por Salvador ainda teve direito a um pot-pourri com sucessos animados e marchinhas.

Show de Gal Costa na Concha Acústica terá participação especial de Silva
Foto: Divulgação

Ex-tecladista e violonista da banda da artista e autor de canção gravada por ela, Silva será o convidado especial do show realizado por Gal Costa, no dia 14 de fevereiro, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador. A cantora subirá ao palco a partir das 19h, com a turnê do disco “A Pele do Futuro” (clique aqui e saiba mais).


“Vai ser uma honra tremenda participar desse show da Gal. Ela é uma das minhas vozes preferidas do mundo. E ainda tem o fato de ser na Concha Acústica que é esse palco que tem lugar cativo na história da nossa música. Certeza que vai ser lindo", avalia Silva, que junto com Osmar Salomão, compôs “Palavras no Corpo”, faixa que integra o novo álbum de Gal.


SERVIÇO
O QUÊ:
Gal Costa – A Pele do Futuro
QUANDO: Sexta-feira, 1º de fevereiro, às 21h
ONDE: Sala Principal do Teatro Castro Alves – Salvador (BA)
VALOR: A a W - R$ 200 (inteira) e R$ 100 (meia) | X a Z5 - R$ 150 (inteira) e R$ 75 (meia) | Z6 a Z11 -R$ 100 (inteira) e R$ 50

Venda de ingressos para show de Gal na Concha abre na quarta
Foto: Divulgação / Mila Cordeiro

Começa, nesta quarta-feira (15), a venda de ingressos para o show de Gal Costa realizado no dia 14 de fevereiro, às 19h, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador. Na ocasião, a artista apresenta a turnê de seu mais novo disco, “A Pele do Futuro”, lançado em 2018.


Os ingressos, que custam entre R$ 40 e R$ 160, poderão ser adquiridos na bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs do Shopping Barra e do Shopping Bela Vista, ou no site Ingresso Rápido.


SERVIÇO
O QUÊ:
Gal Costa – “A Pele do Futuro”
QUANDO: Sexta-feira, 14 de fevereiro, às 19h
ONDE: Concha Acústica do Teatro Castro Alves – Salvador (BA)
VALOR: Pista - R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia) | Camarote - R$ 160 (inteira) e R$ 80 (meia)

Curtas do Poder

Ilustração de uma cobra verde vestindo um elegante terno azul, gravata escura e língua para fora
Quem diria que um intervenções no Buracão e no Corretor da Vitória causariam tanto barulho, hein? Faz lembrar a época que a antiga Odebrecht fez uma operação Tabajara em Pituaçu e ficou quase que por isso mesmo. A política da boa vizinhança está abalada na Mansão Wildberger, mas não tem nada a ver com negócios, viu? Afinal, é como diz o ditado: amigos, amigos, negócios à parte. Não é mesmo, Rolando Lero? Quem eu sempre acho que sofre com fogo amigo é o Ferragamo. Enquanto isso, o Cacique criou uma nova categoria profissional, inspirado pela BYD. Saiba mais!
Marca Metropoles

Pérolas do Dia

Félix Mendonça

Félix Mendonça
Foto: Reprodução / Youtube / Salvador FM

"Cinturão 44 está mais para bambolê". 

 

Disse o deputado federal Félix Mendonça Filho (PDT), ao comentar as últimas movimentações políticas envolvendo o União Brasil e a sua sigla, especificamente no caso da vereadora Débora Régis, que deixou o partido para se filiar ao União Brasil e avançar do União na região metropolitana. 

 

 

Podcast

Projeto Prisma entrevista Paulo Azi, deputado federal e presidente do União Brasil na Bahia

Projeto Prisma entrevista Paulo Azi, deputado federal e presidente do União Brasil na Bahia
O deputado federal Paulo Azi (União) é o entrevistado do Projeto Prisma nesta segunda-feira (22). O programa é exibido ao vivo no YouTube do Bahia Notícias a partir das 16h.

Mais Lidas