Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Presidente do TJ-BA concede novo prazo para vista e mudança nas regras de eleição é adiada
Foto: Divulgação

A votação para definir se mudará as regras das eleições para mesa diretora, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) (veja aqui e aqui) foi adiada novamente. Durante a sessão plenária realizada nesta quarta-feira (13), o presidente do Tribunal, o desembargador Lourival Trindade, concedeu vista para um grupo de desembargadores. 

 

"O pedido de vista foi deferido anteriormente. Não vislumbro chincana. Aplicarei o princípio da razoabilidade. Apesar do propósito de imprimir celeridade, não se pode negar o exercício desta prerrogativa legal do pedido de vistas", comentou durante seu pronunciamento na sessão. 

 

A presidente da Associação dos Magistrados da Bahia (Amab), a juíza substituta de segundo grau, Nartir Dantas Weber, manifestou sua insatisfação com a sessão. "A minha emoção o senhor vai entender. É um dos piores dias da minha vida na magistratura. Não é esse o Tribunal que conheço. A Amab não faz política. A Amab veio por si só. Se nós podemos votar no nosso presidente, porque não permitir que desembargadores participem desse pleito?", questionou.

 

Contrário aos pedidos de vista, o desembargador Júlio Travessa pontuou que a medida seria para retardar a votação da matéria. "É um pedido de vista procrastinatório. Pedidos dessa natureza violam a Constituição da República", disse. 

Histórico de Conteúdo