Terça, 01 de Setembro de 2020 - 09:30

Ildazio Jr.: O futuro do entretenimento na Bahia, como é isso?

por Ildazio Jr.

Ildazio Jr.: O futuro do entretenimento na Bahia, como é isso?
Esse chavão de “Novo Normal”, pertinente por mais que meio chatinho, virou uma onda que invadiu as mentes do mundo todo, em uma grande dose de inconsciente coletivo e vem dando uma espécie de reformatada na cabeça de muita gente!  Mas será que os setores do entretenimento e da cultura na Bahia perderão ou deixarão para trás os velhos vícios que tanto ajudaram a desmontar toda uma engrenagem fantástica chamada axé music? Temos um Carnaval que, se tivesse uma fantasia, seria de Frankstein, ou um São João com seu figurino cheio de remendos, além de movimentos musicais que não conseguem perpetuar a tradição baiana de referência musical no Brasil. Esses mercados se permitirão a essa necessária e fundamental mudança? 

Leia mais

Terça, 11 de Agosto de 2020 - 18:50

Luis Ganem: Drive-in - o novo normal da Cultura

por Luis Ganem

Luis Ganem: Drive-in - o novo normal da Cultura
Falar de musica é algo maravilhoso que ficou um pouco menor nesta pandemia. Não menor no sentido de desprezo, mas no sentido de relevância diante de tudo que está acontecendo no mundo desde março. Mesmo assim, as reflexões sobre o que poderia vir a acontecer com a nossa música e seus personagens, fossem eles coadjuvantes ou principais, era e é uma forma de poder entender os caminhos que nossa história vai tomar. Creio que minhas considerações a respeito desses caminhos, desde que comecei a fazê-las, infelizmente, estão meio que corretas.

Leia mais

Quarta, 15 de Julho de 2020 - 09:00

Ildazio Jr.: Carnaval e pandemia

por Ildazio Jr.

Ildazio Jr.: Carnaval e pandemia
Essa semana, creio que por pressão de parte da imprensa, empresários e todos os envolvidos no universo do Carnaval, o prefeito ACM Neto – que sem dúvida sempre teve a festa em alta conta no seu mandato – colocou uma luz no fim do túnel. Um alento, porém os empresários, em resposta, foram à mídia e se colocaram cautelosos, preferindo deixar tudo em fevereiro mesmo, dando tempo ao tempo! Penso que a colocação do prefeito serve mais para aliviar tanta carga diária que sofre junto com o Governador devido à pandemia e todos os seus prejuízos. 

Leia mais

Terça, 02 de Junho de 2020 - 11:30

Luis Ganem: A idade da pedra

por Luis Ganem

Luis Ganem: A idade da pedra
A pergunta que mais tem sido feita nesses tempos é: quando teremos novamente shows? Quando o entretenimento vai voltar? Dizendo isso, estou me referindo, em princípio, aos grandes eventos da música, os chamados festivais – eventos que têm mais de uma banda tocando, que normalmente levam um dia todo com milhares de pessoas. Lógico, a reboque disso coloque também, dentro desse universo, os shows individuais – turnês, apresentações especiais e etc... nas diversas esferas culturais – e nisso incluem-se os diversos elementos da cultura em geral.

Leia mais

Segunda, 25 de Maio de 2020 - 13:30

Ildazio Jr.: Cultura e sua importância para o Novo Normal!

por Ildazio Jr.

Ildazio Jr.: Cultura e sua importância para o Novo Normal!
A cada dia que converso com um amigo, conhecido ou até nas entrevistas diárias que faço pela Radio Excelsior FM em meu programa, o “Conectados”, ouço o seguinte: “já li alguns livros nessa pandemia e minha filha também”; “ fiz uma playlist para faxinar com vários sons que não ouvia há séculos”; “revi pelo menos 5 filmes e mais 10 novos nas madrugadas”; “amigo, fiz um tour virtual no Louvre maravilhoso nesse fim de semana com as crianças”; “cara, que live maravilhosa a de fulana e da banda tal na sexta, foi balada em casa”; “ minha mãe se emocionou assistindo comigo o ‘Lago do Cisnes’ com o Balé de Bolshoi”; “comprei pela internet a coleção inteira em quadrinhos do Batman”... enfim. E daí, quando você vai atrás dos números, se depara com a informação de que as compras de livros na Inglaterra cresceram 33%, que o entretenimento online ente 09 e 22 de março de 2020 cresceu em 22,8%, que milhões de pessoas se cadastraram na Netflix, Deezer, Amazon, Disney, Globo Play, entre outras, e que as lives se multiplicaram com palestras, debates e shows  arrecadando milhões e ajudando os mais necessitados!

Leia mais

Sábado, 25 de Abril de 2020 - 10:30

Luis Ganem: It’s TIME

por Luis Ganem

Luis Ganem: It’s TIME
E aconteceu o estouro das “lives”. Tinha dito anteriormente nos meus escritos que a readequação do mercado aos novos tempos começaria aos poucos, inclusive com os velhos – no sentido de experientes, que fique claro – artistas tendo que se preparar para as novas tecnologias, quisessem ou não. Aqui nas terras Sotero e Politanas alguns laboratórios começaram a ser feitos pelos nossos trovadores locais. Mesmo com alguns arroubos de arrogância por parte de alguns que se acham semideuses – o eterno erro de se achar eterno – chegamos a algumas máximas. Dentre elas existe uma que não quer calar: quem vai fazer “live music” na música baiana? 

Leia mais

Quarta, 22 de Abril de 2020 - 11:55

Ildazio Jr.: 2020 Game Over e um Carnaval na berlinda

por Ildazio Jr.

Ildazio Jr.: 2020 Game Over e um Carnaval na berlinda
Prezados leitores e partícipes do entretenimento baiano. Sinto lhes informar, mas esse ano já foi todo comprometido. Arrisco a dizer que só boto fé em sair do engatinhar para o andar, e mesmo assim em uma festa meeira, lá no São João de 2021. E no mais, nada acontecerá tão cedo sob uma perspectiva comercial média ou grande, e penso que só rolarão alguns eventos de menor porte. Inclusive, o carnaval está na corda bem, mas bem bamba! Se acontecer, vai ser em proporções menores, e explico abaixo o porquê! Estudos já apontam essa recuperação do setor de grandes shows para outubro de 2021, em 18 meses, mas que tipo de “recover”? Como será essa volta em um universo de pouquíssimas divisas para as famílias se sustentarem com víveres, moradia, escolas e todas as contas para pagar? Não esqueçam que o primeiro a ser cortado em tempos ruins é o lazer, imaginem em tempos de pandemia? Puxado, longo, árido e muitos, quase sua grande maioria, fenecerão nesse longo e tenebroso percurso. Porém sempre existe saída!

Leia mais

Sexta, 03 de Abril de 2020 - 11:10

Luis Ganem: O dia depois do amanhã

por Luis Ganem

Luis Ganem: O dia depois do amanhã
Já há alguns anos, o mercado musical e seus modelos no formato como conhecemos vem definhando com o advento das novas tecnologias. Desde a questão fonográfica, que envolve diretamente as gravadoras, passando pela pré-venda de shows – anúncios, métrica social e etc..., chegando à execução musical – o que é feito por uma estação de rádio –, tudo mudou com o passar do tempo. Mudou e vem mudando de forma rápida, mas por ser tão rápida e pela vida tão dinâmica que temos, acaba sendo imperceptível aos olhos, ou ao menos passa despercebido.

Leia mais

Terça, 31 de Março de 2020 - 10:10

Ildazio Jr.: Somos todos digitais ou como o entretenimento mudou de vez

por Ildazio Jr.

Ildazio Jr.: Somos todos digitais ou como o entretenimento mudou de vez
Prezados, tempos difíceis, tempos de mudanças abruptas, de seca e acima de tudo de se repensar, quer seja sua vida, seu mercado de trabalho mas, principalmente, a sua fé! Mas falando em mercado de trabalho, eis que a única saída – espero que temporária – para toda a indústria de entretenimento no mundo é a cena digital, a internet!

Leia mais

Quarta, 11 de Março de 2020 - 11:30

Ildazio Jr.: E o Carnaval 2020? E o de 2021?

por Ildazio Jr.

Ildazio Jr.: E o Carnaval 2020? E o de 2021?
Com o recrudescimento da música de axé, os empresários que comandavam a cena se agrupando e refugiando em camarotes, poucos players para vender pano e alegria, restou aos poderes públicos tomarem conta da festa. Isso é inegável! Coisa engraçada essa alternância de comando forçada, pois, se prestarmos atenção, antes existia uma omissão quase que total dos poderes públicos, com o carnaval sendo entregue nas mãos de um trade (sic!) de empresários, donos de bandas, blocos, trios e camarotes, e hoje se inverteu! No meu humilde entender tem que ser no mínimo 50% para cada, pois assim rende a todos e tende a se perpetuar. Pois enquanto um só ditar as regras, acontecerão excessos aqui, erros acolá, mas sempre prevalecerá ao final de tudo a vontade de um lado só, seus intuitos, fins, quer seja poder ou grana. Oremos!   

Leia mais

Histórico de Conteúdo