Quarta, 11 de Abril de 2018 - 10:38

Detalhes: Voto-vista pede arquivamento e rejeição de denúncia contra Roberto Carlos

por Cláudia Cardozo

Detalhes: Voto-vista pede arquivamento e rejeição de denúncia contra Roberto Carlos
Foto: Bahia Notícias

O desembargador Maurício Kertzman, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), em voto vista, pediu o arquivamento e rejeição da denúncia contra o deputado Roberto Carlos (PDT), na Operação Detalhes. A operação foi deflagrada em abril de 2012 pela Polícia Federal, para investigar a suspeita que o deputado mantinha oito funcionários fantasmas, que receberiam entre R$ 3 mil e R$ 8 mil na folha de pagamento e transfeririam parte dos valores para a conta do deputado, de sua mulher e de um dos filhos. Durante as apurações, o parlamentar teve os sigilos bancários e fiscais quebrados e questionou a medida na Justiça (lembre aqui). No entanto, em setembro de 2017 o desembargador Júlio Travessa indeferiu o pedido de defesa e manteve a legalidade do conteúdo das quebras de sigilo (lembre aqui).

Histórico de Conteúdo