Terça, 03 de Abril de 2012 - 08:54

Operação Detalhes: Deputado manteria oito funcionários fantasmas, segundo PF

por Patrícia Conceição / Rodrigo Aguiar

Operação Detalhes: Deputado manteria oito funcionários fantasmas, segundo PF
Foto: Divulgação
A Polícia Federal batizou (vejam só) de Detalhes a operação desencadeada na manhã desta terça-feira (3) na Assembleia Legislativa da Bahia e nas cidades de Juazeiro, Uauá e Petrolina (PE). Doze mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 1ª Vara do Tribunal Federal de Brasília e são cumpridos no gabinete do deputado estadual Roberto Carlos (PDT), no SAC de Juazeiro e na casa do pedetista, localizada no mesmo município. A Polícia Federal investiga a suspeita de que o parlamentar mantinha oito funcionários fantasmas, que receberiam entre R$ 3 mil e R$ 8 mil na folha de pagamento e transfeririam parte dos valores para a conta do deputado, de sua mulher e de um dos filhos. Sessenta homens da PF estão envolvidos na operação, que apura sonegação fiscal, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Apesar da movimentação dos agentes na sede do Legislativo baiano, o clima é tranquilo e os funcionários da AL-BA chegam para trabalhar normalmente.

Histórico de Conteúdo