Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Servidor do TRE-BA será investigado pelo MPF por crimes contra administração pública
Foto: Reprodução

O Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA), por meio da Divisão de Combate à Corrupção (Diccor), instaurou nesta segunda-feira (28) um procedimento investigatório criminal para apurar os supostos crimes praticados pelo servidor do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) Joseph Rodrigues Santos. A notícia crime, encaminhada ao MPF pelo deputado estadual Angelo Coronel (PSD), acusa o servidor de negociar valores para aprovar as contas eleitorais do PSD. A denúncia é composta de vídeos que registram momentos da susposta negociação, proposta pelo servidor aos assessores do deputado, em uma sala da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

A Diccor já requereu informações ao TRE e à AL-BA, que avaliará se os atos praticados pelo servidor caracterizam ou não crimes contra a administração pública, para, a partir daí, adotar as medidas judiciais cabíveis. A portaria que instaura a investigação foi assinada pelos procuradores da República José Alfredo de Paula Silva, coordenador do Núcleo Criminal do MPF-BA, e Melina Flores, que atua na Diccor.

Histórico de Conteúdo