Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

PC se pronuncia após ser destituído da presidência do Vitória: 'Conspiração política'
Foto: Ulisses Gama/ Bahia Notícias

Paulo Carneiro foi destituído neste sábado (21) da presidência do Vitória, após assembleia geral extraordinária realizada no Barradão (saiba mais aqui). O agora ex-mandatário rubro-negro utilizou as redes sociais e se pronunciou sobre o seu afastamento definitivo do comando da agremiação.

 

“Hoje me desligo do clube definitivamente. Deixando ele seguir seu destino. Deixo uma obra indelével, única na vida do clube. Os maiores resultados esportivos, a construção do seu patrimônio, com sua preservação e regularização, referência nacional em gestão esportiva, quitação do seu Passivo, e internacionalização de sua marca. Os maiores atletas da sua história. Voltei pra tentar reconstruí-lo, mas não deixaram. A conspiração política grassa no clube. O torcedor abandona o clube e esse é um mal sinal. Hoje tinha 200 sócios na AGE, 10% dos adimplentes. O engajamento acabou. Um sinal grave. O passivo milionário passa ao largo sem nenhuma apuração de responsabilidades. Deixo para aqueles que o endividaram gravemente e o deixaram na maior crise da sua história. O espaço agora está aberto para os oportunistas de plantão”, postou.

 

Acusado de gestão de temerária (saiba mais aqui), Paulo Carneiro estava afastado da presidência do Vitória desde setembro do ano passado. No período em que esteve fora, PC tentou retornar à presidência por meio da Justiça, mas teve seus pedidos indeferidos. Seu mandato, que começou em abril de 2019, iria expirar em dezembro deste ano.

 

Com a destituição de Paulo Carneiro, quem assume o comando do Vitória de forma definitiva é Fábio Mota, que era presidente do Conselho Deliberativo. Na próxima quinta-feira (26), haverá uma reunião do colegiado para definir o nome de quem ficará à frente do CD.


Foto: Reprodução/ Facebook

Histórico de Conteúdo