Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sábado, 23 de Janeiro de 2021 - 14:35

Risco de rebaixamento do Vitória cai apenas para 2,7%

por Glauber Guerra

Risco de rebaixamento do Vitória cai apenas para 2,7%
Foto: Enaldo Pinto/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O Vitória tem apenas 2,7% de risco de rebaixamento para a Série C. É o que aponta o estudo realizado pelo Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

 

No levantamento anterior, logo depois da vitória sobre o Guarani por 2 a 1, o Leão aparecia com 10,4% (relembre aqui). A redução foi graças ao triunfo do Juventude sobre o Figueirense, que ajudou o time rubro-negro (saiba mais aqui). A equipe comandada pelo técnico Rodrigo Chagas só precisa de um empate diante do já rebaixado Botafogo-SP para garantir a sua permanência na Segunda Divisão com uma rodada de antecedência. Oeste, lanterna da competição, também “carimbou” sua vaga para a Terceirona. 

 

Atualmente, o Vitória tem 42 pontos e ocupa a 16ª posição. O Figueirense, que só tem um jogo pela frente, possui 39 e aparece em 17º. O time catarinense só consegue chegar a mesma pontuação do Leão.
Pelo levantamento dos matemáticos da UFMG, o Paraná tem 98,9% de risco de rebaixamento, enquanto o Figueirense aparece com 94,9%, seguido pelo Náutico (3,7%) e o Vitória (2,7%).

 

O estudo tem como base o mando de campo dos jogos e o retrospecto das equipes na competição, bem como a dificuldade dos confrontos em função dos adversários.

 

Vitória e Botafogo-SP se enfrentam na terça-feira (26), às 21h30, no Barradão.

Histórico de Conteúdo