Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias Holofote
Você está em:
/
/
Esporte

Notícia

VÍDEO: Atletas de Cachoeira denunciam violência por parte da torcida de Ipiaú: "Tivemos que facilitar o jogo"

Por Redação

VÍDEO: Atletas de Cachoeira denunciam violência por parte da torcida de Ipiaú: "Tivemos que facilitar o jogo"
Foto: Reprodução

A seleção de Cachoeira foi eliminada nas oitavas de final do Intermunicipal após sofrer goleada para Ipiaú por 4 a 0, no Estádio Pedro Caetano, casa do adversário, pelo jogo de volta do confronto. Os jogadores do selecionado divulgaram um vídeo nas redes sociais, gravado nesta segunda-feira (16), no dia seguinte a partida denunciando atos de violência por parte da torcida local. Segundo eles, o fato abalou o elenco atrapalhando o desempenho em campo.

 

"Viemos passar uma mensagem hoje, dia 16, segunda-feira, após as cenas lamentáveis na cidade de Ipiaú. Viemos aqui falar o que ocorreu. Recebemos áudio de ameaças, mas não acreditamos e fomos para o jogo. Fomos recebidos a pedras pela torcida e também de parte da delegação de Ipiaú que armaram emboscada. Pararam o carro na frente do nosso ônibus e começaram a jogar pedra, coco e a gente ficou acuado, não tínhamos o que fazer. Arremessaram objetos, bombas dentro do ônibus. Tivemos que facilitar o jogo, porque sabíamos que se saíssemos com a classificação, ninguém saberia se a a gente sairia vivo daquele estádio. Pedras foram arremessadas no campo contra a gente. Infelizmente nos afetou. Todo mundo jogou, mas sabia que tínhamos que facilitar o jogo para eles", afirmou.

 

O selecionado de Cachoeira havia vencido a partida de ida por 2 a 0. Com isso, poderia até perder no duelo de volta por um gol de diferença para garantir vaga nas quartas de final. No entanto, com a goleada sofrida, o time acabou perdendo o confronto por 4 a 2, no placar agregado.

 

"Não estamos aqui dando desculpas, mas somos seres humanos e a nossa integridade física também é importante. A gente tem que chegar em casa vivo, temos que levar o pão de cada dia. É isso que viemos aqui com nosso ato de repúdio contra qualquer ato de violência", finalizou.

 

Nas quartas de final, a seleção de Ipiaú vai enfrentar Itamaraju. O primeiro jogo terá mando de campo dos ipiauenses.