Quinta, 04 de Abril de 2019 - 01:13

Boletim 4x4: Afinal, o que é ser jipeiro?

por Alexandre Reis

Boletim 4x4: Afinal, o que é ser jipeiro?
Hoje é comemorado em todo o mundo o Dia do Jipeiro. Não em função de um acontecimento marcante, mas apenas por conta da coincidência da data: 4 de abril, ou 4/4, em referência à tração nas quatro rodas. A homenagem já se tornou até lei em alguns estados brasileiros, a exemplo de São Paulo. Mas por qual razão o jipeiro, que não é santo ou profissão, merece ter um dia só para ele? O Boletim 4x4 vai tentar responder para você que tem curiosidade ou pretende ingressar nesse universo. 

Leia mais

Quarta, 30 de Janeiro de 2019 - 14:05

De Chapa: Com a Kappa, Vitória vai lançar camisa popular a R$ 100

por Glauber Guerra (glauberguerra@bahianoticias.com.br)

De Chapa: Com a Kappa, Vitória vai lançar camisa popular a R$ 100
Próximo de anunciar a Kappa como sua nova fornecedora esportiva, o Vitória vai lançar uma camisa oficial com um preço mais acessível. A ideia inicial é que a vestimenta custe R$ 100, segundo apuração da Coluna de Chapa, do Bahia Notícias.  Na negociação com a Kappa, Ricardo David, presidente do clube, pediu a inclusão da “linha popular”.

Leia mais

Segunda, 14 de Janeiro de 2019 - 12:52

Boletim 4x4: Fechado o cerco para proteger dunas de Jauá

por Alexandre Reis

Com o objetivo de combater a retirada ilegal de areia e o descarte irregular de lixo e entulho, a Prefeitura de Camaçari decidiu fechar o cerco para proteger as dunas de Jauá. A medida, no entanto, deixa em alerta também os adeptos do 4x4. O Boletim 4x4 explica como será a fiscalização e as medidas adotadas pelo município, que serão intensificadas a partir dessa semana. Entre essas medidas está o fechamento do acesso direto às dunas na Via Parque, após os condomínios particulares. "Nosso alvo são os caçambeiros que cometem crimes ambientais", disse o subprefeito da Orla de Camaçari, Oswaldo Marcolino Filho.

Leia mais

Quarta, 05 de Dezembro de 2018 - 13:55

De Chapa: Unirb se filia à FBF e pretende disputar a Série B do Baiano em 2019

por Glauber Guerra (glauberguerra@bahianoticias.com.br)

De Chapa: Unirb se filia à FBF e pretende disputar a Série B do Baiano em 2019
A Unirb (Faculdade Regional da Bahia) se filiou a Federação Bahiana de Futebol (FBF) e é a mais nova agremiação esportiva do estado. A Coluna De Chapa, do Bahia Notícias, apurou que a entidade pretende disputar a Série B do Campeonato Baiano já em 2019. Além disso, o clube irá montar categorias de divisões de base. A sede da equipe será em Mata de São João.

Leia mais

Terça, 06 de Novembro de 2018 - 07:45

De Chapa: Conmebol aprova Barradão e Pituaçu como CTs para a Copa América

por Glauber Guerra (glauberguerra@bahianoticias.com.br)

De Chapa: Conmebol aprova Barradão e Pituaçu como CTs para a Copa América
O Barradão e o estádio de Pituaçu estão confirmados como centro de treinamento para a Copa América 2019. A Coluna De Chapa apurou que a Conmebol irá anunciar oficialmente todos os CTs nos próximos dias. Na semana passada, membros da entidade visitaram alguns hotéis de Salvador para abrigar as seleções. A escolha será feita até sexta-feira (9).

Leia mais

Quarta, 10 de Outubro de 2018 - 00:37

Boletim 4x4: Vem aí a 2ª edição do Conquista Off Road

por Alexandre Reis

Falta pouco para a segunda edição do Conquista Off Road. O evento acontece em Vitória da Conquista, no Sudoeste do estado, entre os dias 2 e 4 de novembro, dentro do feriadão de Finados. A organização é do Clube do Jeep de Conquista. A programação envolve trilha classificada entre moderada e pesada (vai depender da chuva), pista de aventuras em espaço fechado, música e área reservada para a criançada. 

Leia mais

Quarta, 03 de Outubro de 2018 - 16:45

De Chapa: Barradão e Pituaçu passarão por vistoria da Conmebol para a Copa América

por Glauber Guerra (glauberguerra@bahianoticias.com.br)

De Chapa: Barradão e Pituaçu passarão por vistoria da Conmebol para a Copa América
Indicados pela FBF para serem CT’s das seleções na Copa América de 2019, o Barradão e Pituaçu, passarão por uma vistoria da Conmebol nos próximos dias. Caso as praças esportivas precisem de alguma adequação, a entidade fará uma notificação. Se tiver tudo ok, os estádios serão confirmados. Vale lembrar que Pituaçu e Barradão foram CT’s na Copa do Mundo de 2014 e Olímpiada de 2016.

Leia mais

Quarta, 03 de Outubro de 2018 - 00:34

Boletim 4x4: Dois dias de 4x4 na Chapada

por Alexandre Reis

Você tem um veículo off road e ainda não sabe o que fazer no próximo feriadão? É só se ligar nas dicas do Boletim 4x4 desta semana. Destacamos nesta edição um rally em plena Chapada Diamantina, pedida ideal para quem deseja participar de uma competição do tipo pela primeira vez. Se você prefere uma trilha, tem a opção do Jeep Sol, evento que acontece em Jequié também no feriadão. A coluna aborda ainda a comemoração pelos 5 anos do Arena Off Road, nesta sexta-feira (05), e mostra o último capítulo da resenha sobre a Expedição Etílica da Independência (finalmente a parte do vinho). Mas não é só isso. O Boletim 4x4 está imperdível!

COMPETIÇÃO – Chapada sedia evento do Território Amarok


Rally vai passar pelos municípios de Lençóis, Andaraí, Palmeiras e Iraquara. Foto: Carlos Martinatti
 
Haverá dois dias de rally de regularidade na Chapada Diamantina no próximo feriadão. Serão 11 horas de prova, em 12 e 13 de outubro, num evento organizado pelo Território Amarok, com o apoio do Club Amarok Bahia. Embora haja espaço para os graduados, o rally na Chapada tem como público alvo o competidor iniciante, tanto proprietários da marca quanto de qualquer outro veículo 4x4. As inscrições custam R$300 e ainda estão abertas. 
 
A base será a cidade de Lençóis, com recepção no dia 11, a partir das 17h, na Casa de Cultura Afrânio Peixoto, onde vai acontecer a vistoria dos carros, apresentação do briefing do evento e aula de navegação. Serão três categorias: Turismo Light – Amarok (para proprietários do modelo), Turismo Light – Amigos (para donos de outros carros) e Graduado (para pilotos e/ou navegadores filiados a uma federação estadual de automobilismo).
 

Cartões postais da Chapada Diamantina estarão no visual de competidores. Foto: Carlos Martinatti
 
A largada vai acontecer no dia 12, a partir das 9h, com 5 horas de rally passando por locais da zona rural de Lençóis e Andaraí. Dá para ir de viatura original, segundo a organização. No dia seguinte, serão 6 horas de competição, com largada no mesmo horário, passando por trechos em Lençóis, Palmeiras e Iraquara. 
 
“Apesar de termos uma categoria para graduados, todo o rally está voltada para aquela dupla iniciante em rally, inclusive as médias de velocidade. O foco do evento é este público. Além da competição em si, reservamos um tempo para conhecer alguns cartões postais da Chapada Diamantina, como o Poço Azul e a Gruta da Lapa Doce”, conta Carlos Martinatti, diretor da prova. 
 
Há ainda 30 vagas para proprietários de Amarok e 15 para donos de outros modelos de viatura. A hospedagem e a alimentação fica por conta da dupla competidora (piloto e navegador). Clique aqui para saber todas as informações a respeito do evento. 

COMPETIÇÃO – Confira os vencedores do Rally Salvador


 
O Rally Salvador aconteceu pela primeira vez no último domingo (30) e deve continuar nas próximas edições do Festival da Primavera, promovida pela Prefeitura. Isso porque o evento, organizado pelo campeão de rally 4x4 de velocidade Roberto Cunha, foi considerado um sucesso por todos os envolvidos e participantes. 
 
Na categoria Graduado, o vencedor foi Alessandro Moura, com o tempo de 3h37. Os outros melhores tempos foram de Rafael Souza e Helton Rosa. Na categoria iniciante, o primeiro colocado foi Raimundo de Azevedo, com o tempo de 2h54. A segunda e terceira colocações ficaram com Geisiane Magalhães e Rafael Montes, respectivamente. 
 

Competidores percorreram cerca de 100km dentro de Slavador e cumpriram vários desafios
 
Houve ainda uma categoria 4x2, que teve como melhor tempo aquele cravado por Jade França e Silva (2h20). A largada aconteceu na Boca do Rio e o percurso, que exigiu estratégia e perícia (o rally foi de regularidade, e não de velocidade), envolveu passagens por atrações turísticas de Salvador e entrega de cestas básicas, com chegada no Shopping Bela Vista. 
 
O Rally Salvador contou com o apoio das concessionárias Miwah Mitsubishi e Ritto Suzuki e da equipe Rally Bahia, com supervisão da Federação de Automobilismo da Bahia (FAB). 

NA TRILHA – Vinho e navegação até a Ilha da Fantasia 
 

 
No feriadão do dia 7 de setembro, um grupo de expedicionários de Salvador passou três dias na região do Vale do São Francisco e em Campo Formoso, no interior baiano, onde fez trilhas a cachoeiras, grutas, cavernas e praia de água doce, além de visitar uma vinícola e participar de um passeio de barco até uma Ilha da Fantasia. Essa foi a Expedição Etílica da Independência, promovida pelo Expedição 4x4. Clique aqui para ver todas as fotos. 
 

Ilha da Fantasia, em pleno Rio São Francisco
 
O Boletim 4x4 começou a contar a resenha dessa viagem na coluna do dia 18 de setembro, com foco na trilha até paraísos localizados na divisa entre Juazeiro e Campo Formoso, a exemplo da Cachoeira do Salitre e Toca da Barriga (clique aqui para ler ou relembrar). No dia 21 de setembro, a segunda parte da resenha contou como foi o passeio até as Dunas do Rio São Francisco, no município de Casa Nova (clique aqui para ler ou relembrar). 
 

A degustação é o melhor momento do passeio até a vinícola
 
Hoje, último capítulo desta história, destaque para o dia em que não houve off road na expedição, e por isso contou com muita degustação de vinho e passeio de barco (dê play no vídeo que abre esta matéria). Esse roteiro enólogo é organizado pela empresa Barca Vapor do São Francisco em parceria com a Vinícola Terranova (Miolo Wine Group).
 
Turismo enólogo e navegação
 
O passeio, que dura aproximadamente 9 horas, com saída pela manhã logo após o café, custa R$160 por pessoa, incluindo transporte pegando no hotel em Juazeiro ou Petrolina, guia, visita com degustação à vinícola, navegação no maior lago artificial da América Latina, música ao vivo e almoço com buffet livre. 
 
O dia começa com uma viagem de ônibus turístico de aproximadamente uma hora até a Vinícola Terranova, onde se conhece todas as etapas da produção de vários tipos de vinho, desde o plantio da uva até o armazenamento da bebida já pronta. Tudo acompanhado por um guia da vinícola. A melhor parte é a degustação, que inclui também alguns tipos de espumantes. Mas o vinho mais premiado do lugar, o Testardi (R$170 a garrafa), não é oferecido aos visitantes. Pode ser encontrado na loja do lugar. 
 
 
Da Terranova, o passeio segue até a Usina Hidrelétrica de Sobradinho, no município de mesmo nome, de onde parte o passeio do Vapor do Vinho. Claro que o barco não é mais a vapor, como era antigamente, mas a navegação, com direito a almoço a bordo e música ao vivo no melhor estilo nordestino,  leva até um lugar chamado Ilha da Fantasia. Trata-se de um enorme banco de areia em pleno Rio São Francisco, com um visual que rende várias fotografias lindas e um bom banho de água doce. 

NA TRILHA – Jeep Sol é opção para o feriadão


O momento mais difícil da trilha (no tempo sem chuva) é esta subida com erosão sem "aborto"

 
Quem quer encarar uma trilha de leve para mediana no próximo feriadão tem como opção a primeira edição do Jeep Sol, que acontece em Jequié no dia 13 de outubro (sábado). O evento é organizado pelo Jipe Clube de Jequié e as inscrições custam R$120, com direito a duas camisas, adesivo, brinde e buffet de recepção. Para se inscrever, basta entrar em contato pelo telefone (73) 991260060.
 
O único trecho em que não há “aborto” (desvio) é uma subida com erosão, que promete ser o momento mais divertido da trilha. A coisa só fica mais complicada se chover. Ou seja, dá para encarar até com a viatura original, segundo a organização. Até agora, já são 34 inscritos, contando com a presença em bom número de jipeiros locais e da região da Chapada Diamantina, sobretudo Barra da Estiva.
 

A trilha passa por três cachoeiras dentro da zona rural de Jequié
 
A recepção será no dia 12 de outubro, o feriado que cai na sexta-feira, a partir das 17h, na Praça da Bandeira, no Centro. A trilha, que passa por cachoeiras, montanhas com visual panorâmico, trechos de Mata Atlântica e de caatinga, acontece no dia seguinte, um sábado, com saída às 7h30 do Jequiezinho, com direito a jipeata pela cidade. 


ARENA OFF ROAD – Cinco anos celebrados em “Encontrão”


 
O Arena Off Road vem aí. O evento acontece entre 29 de novembro e 2 de dezembro, dentro da Fenagro, no Parque de Exposições de Salvador (clique aqui para se inscrever). Mas o aniversário de 5 anos do Arena será comemorado já nesta sexta-feira (05), durante o tradicional Encontrão Off Road, no estacionamento do antigo Casquinha de Siri, na orla de Piatã, a partir das 19h. 
 
Em homenagem à data, o idealizador do Arena Off Road, conhecido como Bolha, vai distribuir adesivos especiais comemorativos (imagem acima) e contar todas as novidades sobre mais uma edição do evento. Claro que vai rolar também a resenha entre os representantes dos mais diversos clubes de 4x4 de Salvador, além do churrasco no estilo “tudo junto e misturado”. 


RAPIDINHAS
 

 
# A EXTREME OFF ROAD segue atuando a todo vapor em Lauro de Freitas realizando o sonho de quem deseja preparar a viatura para encarar todos os tipos de terreno. Comprometido com o hobby, o dono do negócio, conhecido no meio como Barroca, também aposta em novos projetos para divulgar ainda mais o off road na Bahia, ele que já costuma apoiar todas as iniciativas e eventos nesse sentido. Em breve essas novidades serão anunciadas. Dê play no vídeo acima e confira um pouco mais sobre o trabalho da Extreme. 
 
A TECXAN PRODUÇÕES segue com as inscrições para a 2º edição do Enduro Fantasy 4x4, que ocorrerá no dia 3 de novembro, nas imediações de Lauro de Freitas, Camaçari e Linha Verde. A proposta do evento é promover uma trilha com desafios que precisam ser cumpridos pelos jipeiros fantasiados, em clima familiar voltado para todos os proprietários de veículos 4x4. No final, tem música ao vivo com DJ. A inscrição custa R$128. Mais informações com Detona, no telefone: (71) 99311-9539.

 
SÉRGIO BOMBINHA enviou para o Boletim 4x4 essa foto acima que marca a estreia do filho dele, Felipe Sena, no universo do off road. O passeio foi em Mangue Seco. Assim como o pai, o filho também comprou uma Tracker. Parabéns!
 

 
O JIPEIRO COMICHÃO, um dos caras mais respeitados no universo 4x4 da Bahia, tem postado dicas muito bacanas sobre diversos temas de interesse dessa galera em seu canal no Youtube, chamado CMX Off Road. Acima, um dos vídeos publicados por ele, este sobre como fazer uma revisão básica do carro em casa. Dê o play e confira. 
 

Leia mais

Sexta, 21 de Setembro de 2018 - 15:17

Boletim 4x4: Rally em Salvador e dunas do Velho Chico

por Alexandre Reis


O Boletim 4x4 de hoje destaca o Rally Salvador, evento que acontece no dia 30 na capital baiana dentro do Festival da Primavera. Preparado pelo piloto Roberto Cunha, bastante conhecido dos adeptos do 4x4 no estado, o rally vai passar por pontos turísticos da capital, divulgando também o off road no meio urbano. A coluna conta ainda a segunda parte da Expedição Etílica da Independência, que aconteceu no último feriadão na região de Juazeiro. Confira! 


COMPETIÇÃO – Prova 4x4 agira Festival da Primavera em Salvador
 

Roberto Cunha, campeão de rally 4x4, foi convidado pela Prefeitura para preparar evento

Um rally de regularidade em plena capital baiana. O evento, preparado pelo piloto Roberto Cunha, tetracampeão brasileiro de rally 4x4, vai acontecer no próximo dia 30, dentro do Festival da Primavera, organizado pela Prefeitura de Salvador. Clique aqui para fazer sua inscrição. Basta contribuir com a doação de uma cesta básica por veículo. Tudo que for arrecadado será destinado a instituições beneficentes. 
 
O Rally Salvador será uma competição de estratégia e navegação por mapa e bússola. A largada está marcada para às 10h, no estacionamento do Jardim de Alah. “O roteiro do rally será descoberto ao longo do cumprimento das tarefas, voltadas à cultura e gastronomia e que serão realizadas dentro da cidade”, contou Roberto Cunha.
 
O evento conta com três categorias. Uma delas é a “4x4 Graduada”, para as pessoas que já têm o costume de disputar rally. A segunda é a “4x4 Iniciante”. Por fim, há uma categoria para quem possui veículos 4x2.
 
Os três primeiros lugares de cada categoria serão premiados. Cada tarefa tem um tempo e uma pontuação específica, sempre avaliados por postos de controle (PCs) espalhados ao longo do roteiro. A ideia é aliar muita diversão em família e amigos com aventura.
 
Para participar da competição, a quantidade exigida é de, no mínimo, duas e no máximo quatro pessoas por carro. Também é permitida formação de equipes, mas em categorias diferentes e com número limitado de veículos e pessoas. Crianças menores de oito anos não podem participar. Menores de 16 anos só podem participar com autorização ou com a presença dos pais ou responsáveis.
 
O Rally Salvador terá a supervisão da Federação de Automobilismo da Bahia (FAB). Maiores informações através do telefone (71) 99281-0000. 


NA TRILHA – Um passeio até as Dunas do São Francisco
 

Na edição da última segunda-feira, o Boletim 4x4 contou a resenha da primeira parte da Expedição Etílica da Independência, que aconteceu no feriadão passado nas cidades de Juazeiro, Campo Formoso, Casa Nova e Sobradinho, no norte da Bahia, organizada pelo Expedição 4x4. Clique aqui para relembrar. 
 
Hoje, o Boletim 4x4 conta como foi o segundo dia da brincadeira, na sexta-feira (07). No roteiro, um passeio até as Dunas do Rio São Francisco, em Casa Nova. Dê um play no vídeo acima. Clique aqui para ver as fotos da expedição. 
 
 
Os expedicionários ficaram hospedados no Hotel Rapport, em Juazeiro. De lá até as dunas, pela BR-235, são pouco mais de 130 quilômetros, contando um trecho de estrada de barro. Até o município de Casa Nova, onde estão as Dunas do São Francisco, são cerca de 70 quilômetros. A partir daí são mais 30 quilômetros de asfalto até uma casa de cor amarela à esquerda da pista, ao lado de um outdoor velho, onde deve-se pegar a estrada de barro e seguir reto até o destino final.
 
É possível chegar de 4x2 até uma barraca que fica a alguns metros do Rio São Francisco. Nessa barraca vende comida e bebida. Mas de 4x4 dá para parar na margem do Velho Chico e ainda brincar bastante na areia, que é bem fofa e parece não ter fim de um lado e do outro. A paisagem lembra a de uma praia, só que de água doce e sem ondas, e há espaço para as crianças se banharem a vontade sem risco.    
 
 
A turma do Expedição 4x4 aproveitou esse pedaço de paraíso sossegado para fazer o tradicional churrasco à beira do rio, com todo respeito e preservação ao meio ambiente. Como a praia de água doce é grande, de 4x4 a sugestão é se afastar dos banhistas (neste dia, que era feriado, algumas pessoas estavam no local, inclusive de quadriciclo) para ter total tranquilidade, privacidade e poder brincar com segurança. 
 
RAPIDINHAS
 
# O SERJEEP OFF ROAD, de Aracaju, promove neste sábado (22) mais uma edição da Trilha do Lobisomem. A concentração está marcada para às 19h, no Beach Stop Inácio, com estrutura para recepcionar os jipeiros. No retorno da trilha tem café da manhã. Mais informações: (79) 999685692 e (79) 996488677. 
 
 
# A SEGUNDA EDIÇÃO do Conquista Off Road vai acontecer entre os dias 2 e 4 de novembro em Vitória da Conquista. As inscrições custam R$250, com direito, a duas camisas, dois chaveiros, dois copos e um troféu de participação. É obrigatório que as viaturas possuam guincho, snorkel e pneus lameiros, além de rádio. Clique aqui para se inscrever. A organização é do Clube do Jeep de Conquista. 
 
# O FREE ROAD, clube de off road de Salvador, completou 17 anos no último dia 11. A data será comemorada neste domingo (22) com o Passeio da Primavera, em Camaçari, trilhando pelo roteiro das Poderosas (um dos eventos organizados anualmente pelo Free). Claro que não vai faltar o churrasco no rio ao final da trilha.

Leia mais

Terça, 18 de Setembro de 2018 - 00:45

Boletim 4x4: Uma expedição ao sertão cavernoso

por Alexandre Reis


Uma das galerias monumentais da Toca da Barriguda: ponto alto da expedição

Juazeiro, Campo Formoso, Sobradinho, Casa Nova e, já em Pernambuco, Petrolina. A Expedição Etílica da Independência, que aconteceu no feriado do dia 7 de setembro, passou por essas cinco cidades do Vale do Rio São Francisco em um roteiro que teve brincadeira 4x4 em duna, passeio a cachoeira, grutas e cavernas, navegação no Velho Chico até uma Ilha da Fantasia e degustação de vinho em vinícola. 
 

Dê o play e confira o vìdeo da parte um da Expedição Etílica da Independência
 
A organização da expedição ficou a cargo do grupo Expedição 4x4. O Boletim 4x4 vai resenhar sobre essa aventura em três partes: a primeira, que é a de hoje, destaca as visitas à cachoeira do Salitre, à Gruta do Sumidouro e à Toca da Barriguda; a segunda aborda a esticada até a “praia” do Rio São Francisco, em Casa Nova; e a terceira, a navegação no Vapor do Vinho, partindo da Usina Hidrelétrica de Sobradinho, e a visita à vinícola Terra Nova – Miolo. Dê o play no vídeo acima. Clique aqui para ver as fotos de toda expedição. E leia o restante da coluna, anotando as dicas. 
 
A cachoeira 
 

 
A cachoeira do Salitre, ou da Gameleira, fica a cerca de 65 quilômetros de Juazeiro, já pertinho de Campo Formoso, pela zona rural. Assim como a Gruta do Sumidouro e a Toca da Barriguda, ela foi visitada no primeiro dia de expedição, na quinta (06). Apenas uma parte do caminho é asfaltado. A partir do povoado de Junco, começam trechos de pista de barro (com muita poeira) e de restos de asfalto com buracos. Deve-se considerar a necessidade de baixar a calibragem dos pneus para encarar o terreno e aliviar as trepidações. 
 
Durante este trajeto, é preciso estar atento aos animais na pista. Há, sobretudo, muitos bodes e cabras soltos. É possível contemplar, ao longo do percurso, inúmeras plantações de vários tipos de frutas. A terra, apesar da aridez do clima, é fértil e, em vários trechos, irrigada. Por isso, Juazeiro, no norte da Bahia, é um dos maiores produtores brasileiros de frutas do país.
 

Vegetação de caatinga predomina durante o passeio
 
As serras em volta também se destacam, como a da Santa Cruz, do Parafuso e do Mulato, algumas com sítios arqueológicos (para visitar basta encarar subidas de pelo menos uma hora de caminhada). Há ainda, no campo visual, o projeto Delfina de energia eólica (o vento é outro ponto forte dessa parte quente da Bahia), com enormes “ventiladores” vistos também no passeio de barco, feito no terceiro dia da expedição.
Antes de chegar à cachoeira, onde não há qualquer estrutura de alimentação, o visitante passa por um pequeno rio de água transparente.

O carro para bem próximo à pequena queda e ao poço do Salitre, que é fundo (crianças ou adultos que não sabem nadar devem usar boias ou coletes). A água é verde e transparente, com temperatura agradável (menos fria do que costuma ser em cachoeiras). Vale a pena passar ao menos uma hora no local. 
 

Projeto Delfina de energia eólica é um dos cenários do passeio
 
 
Guia é necessário?
 
Não é tão complicado chegar à cachoeira usando GPS. Mas o Google, por exemplo, conduz para um acesso antigo. Portanto, é necessário, em caso de não haver guia, indagar a moradores da região sobre o caminho correto quando estiver próximo (há uma placa que aponta a entrada). Mas o guia se torna fundamental se a ideia é estender o passeio até a Gruta do Sumidouro e/ou à Toca da Barriguda, em Campo Formoso. Isso porque ambas não são sinalizadas e, em relação à Barriguda, só é permitido acessar guiado. 
 
Sugestões de guias: Gilcélia (74 988068012), Bruno (74 988565976) e Jerry (74 988373100), este último profundo conhecedor das grutas e cavernas. As diárias do guia saindo de Juazeiro variam de R$200 a R$300, mais R$15 por pessoa para o passeio guiado às grutas e cavernas.
 
Gruta do Sumidouro


Imagem de dentro da Gruta do Sumidouro, em Campo Formoso

A Gruta do Sumidouro fica a cerca de 40 quilômetros da cachoeira do Salitre, já no município de Campo Formoso. Não há asfalto no trecho e o lugar fica escondido, sem placa de sinalização, passando por uma porteira em que, para entrar, é preciso solicitar a chave do cadeado em uma casa próxima. 
 
O Sumidouro é uma gruta com acesso fácil e seguro, com entradas largas e iluminadas. Ou seja, não é como uma caverna escura e cheia de morcegos. Nem é necessário uso da lanterna. É justamente a entrada de luz e a vegetação, além da passagem de um pequeno córrego, que dão uma beleza especial ao lugar, que possuí ainda coloridas formações rochosas e estalactites. Clique aqui para ver mais fotos. 
 

Outra foto da Gruta do Sumidouro, em Campo Formoso: acesso fácil e seguro
 
Ao lado do Sumidouro há uma outra gruta, chamada de Carneiro. Esta necessita de lanterna, pois é escura. Segundo o guia, levou esse nome pelo fato de ter sido “descoberta” por um carneiro, que se perdeu na Gruta do Sumidouro e foi encontrado nesta outra, após encontrar uma passagem entre as duas. 
 
Frio na barriga

 

O acesso à Toca da Barriguda assusta um pouco, mas lá dentro é encantamento
 
Mas o melhor ficou por último: a Toca da Barriguda, a 15 quilômetros do Sumidouro. Esta sim uma caverna subterrânea, onde é obrigatório o uso da lanterna, de preferência presa a um capacete ou à cabeça para que as mãos fiquem livres para se segurar nas rochas. Não há qualquer estrutura turística para facilitar o acesso à Barriguda, a exemplo de corrimões, cordas ou escadas. Ela possuí salões lindíssimos e fica bem próxima à Toca da Boa Vista, a maior caverna da América Latina, porém sem a mesma beleza. 
 
O guia também não fornece capacete ou lanterna, é bom que se diga. E é fundamental estar de tênis e levar água, pois o calor e a umidade são fortes lá dentro, a ponto do visitante, ao sair da caverna, ter a sensação de estar em um ambiente de clima temperado, e não no sertão árido e quente. 
 

 
O momento mais difícil é a entrada, pois o acesso parece ser algo tão frágil a ponto de desabar a qualquer instante. Entretanto, ao adentrar no primeiro salão, o visitante percebe logo aquele que era o primeiro acesso à caverna: uma clareira no alto, o que dá um certo alívio diante da hesitação inicial. A partir daí o medo é substituído por encantamento. E pelo calor intenso que faz o corpo transpirar bastante. 
 
A Barriguda possuí incríveis formações rochosas e salões que parecem catedrais góticas, com colunas gigantescas e muitas estalactites e estalagmites. Há ainda fósseis de animais pré-históricos, inclusive um da preguiça igual ao Sid do filme A Era do Gelo, e muitos morcegos vivos no teto (que não incomodam ninguém).  
 

Dentro da caverna, só é possível enxergar um passo à frente com lanterna
 
A visita dura em média duas horas. Entre as galerias estão os salões da Árvore, dos Espelhotemas, do Morcego, dos Discos Voadores, dos Fósseis, do Sorvete e Portal da Sorte. Os nomes fazem referência à formação das rochas, a objetos e animais encontrados nelas e também a lendas da localidade, a exemplo do paredão casamenteiro e a história assombrosa contada ao final do passeio sobre uma criança perdida (momento em que o guia pede a todos que desliguem as lanternas e sintam de fato como é a vida na escuridão dentro da caverna).
 
Dica de almoço 
 
O primeiro dia da Expedição Etílica da Independência, que explorou cachoeira, grutas e cavernas no sertão entre Juazeiro e Campo Formoso, durou o dia inteiro. A turma saiu por volta das 8h no Hotel Rapport, em Juazeiro, e só retornou quase às 20h. Ou seja, é necessário levar água e lanche. 
 

A cozinha de dona Derli fica no povoado de Pacuí
 
O almoço foi no restaurante improvisado que funciona no fundo da casa de dona Derli, no povoado do Pacuí, perto da Toca da Barriguda. Comida típica deliciosa (bode, franco, carne de sol, salada de abóbora, arroz, feijão e pirão), ao preço de R$13 por pessoa, com fartura. 
 
RAPIDINHAS
 
# O JEEP SOL, evento que acontece nos dias 12 e 13 de outubro em Jequié, já conta com cerca de 30 jipeiros inscritos. A trilha, organizada pelo clube local, tem dificuldade de leve a mediana, e só complica mais se chover (nesse caso serão providenciados tratores para auxiliar nos resgates). Trechos com lama contam com “aborto” e há uma subida de erosão. Mais informações: (73) 991260060.
 

#O RALLY DO SISAL 2018, realizado em Valente no feriado da Independência, foi um sucesso de público (dê play no vídeo acima). O evento aconteceu na SR2 Rally Park, a pista montada pelo piloto campeão Roberto Cunha, natural do município da região sisaleira. Foram disputadas etapas do Campeonato Baiano de Rally de Regularidade e do Campeonato Brasileiro de Rally 4x4. Clique aqui para ver os vencedores. 

#ROBERTO CUNHA também está à frente do Rally Salvador, que acontece no próximo dia 30 dentro do Festival da Primavera, organizado pela Prefeitura. Será uma prova de regularidade para veículos 4x4 e 4x2. A largada será Às 10h no estacionamento do Jardim de Alah. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (71) 99281-0000. Basta fazer a doação de uma cesta básica por veículo. O Boletim 4x4 vai destacar o evento na coluna de sexta-feira (21). 
 
# O FREE ROAD, clube de off road de Salvador, completou 17 anos no último dia 11. A data será comemorada no próximo dia 22 com o Passeio da Primavera, em Camaçari, trilhando pelo roteiro das Poderosas (um dos eventos organizados anualmente pelo Free). Claro que não vai faltar o churrasco no rio ao final da trilha. 
 

Leia mais

Histórico de Conteúdo