Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 15 de Janeiro de 2021 - 16:15

De volta ao Bahia, Gustavo revela 'perrengues' na Coreia: 'Deus nos acuda'

por Ulisses Gama

De volta ao Bahia, Gustavo revela 'perrengues' na Coreia: 'Deus nos acuda'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Um dos principais nomes do time de transição do Bahia, o atacante Gustavo retorna ao Tricolor após uma passagem relâmpago no futebol da Coreia do Sul. No ano passado, o jogador foi vendido ao Incheon United (relembre). A sua estadia, no entanto, foi frustrante. Em entrevista no CT Evaristo de Macedo nesta sexta-feira (15), o jogador revelou que passou por dificuldades na Ásia.

 

"Foi um período meio conturbado, passei uns perrengues na Coreia. Fui contratado lá, vocês lembram, por um valor bom para o clube. O clube estava em dificuldades e eu tava querendo formar minha vida financeiramente, mas não deu certo. O diretor que me pediu foi mandado embora, então foi um Deus nos acuda. O treinador não quis utilizar de nenhum jeito. Eles não sabem se sou ruim ou sou bom (risos). Mas estou feliz em ter voltado, estava em um momento bom quando saí. Voltando posso dar continuidade ao que vinha fazendo", disse.

 

Gustavo teve propostas de outros clubes, mas preferiu retornar o Esquadrão de Aço. Segundo ele, a identificação com o Tricolor pesou para a decisão.

 

"Tive outras coisas, mas preferi ficar aqui porque gosto da cidade, do clube, tenho amigos aqui. O Bahia sem o Gustavo seria o mesmo clube, mas o Gustavo sem o Bahia não seria o que é hoje. Tenho amor e gratidão pelo clube. Me sinto bem aqui. Me sinto em casa", indicou.

 

A comissão técnica da equipe, liderada por Cláudio Prates, foi elogiada por Gustavo, que projetou um bom trabalho para conseguir ter sucesso no Campeonato Baiano.

 

"Trabalho bom. Já conhecia a equipe, só não conhecia o auxiliar, ele também ajuda... A comissão é boa e estão aqui para ajudar. Também vamos agregar com os meninos novos. A gente que tem tempo na casa tem que deixar eles à vontade para conquistar o Baiano".

 

O Bahia estreia no Campeonato Baiano no dia 21 de fevereiro, contra a Juazeirense. 

Histórico de Conteúdo