Domingo, 21 de Abril de 2019 - 23:00

Veja o gol de Bahia 1 x 0 Bahia de Feira

Veja o gol de Bahia 1 x 0 Bahia de Feira
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação/ Bahia

Domingo, 21 de Abril de 2019 - 20:42

Flávio festeja título e exalta superioridade do Bahia: 'A gente mandou no jogo'

por Ulisses Gama/ Glauber Guerra

 Flávio festeja título e exalta superioridade do Bahia: 'A gente mandou no jogo'
Foto: Ulisses Gama/ Bahia Notícias

O volante Flávio, do Bahia, exaltou o desempenho de sua equipe no triunfo por 1 a 0 sobre o Bahia de Feira, que culminou com o título estadual, neste domingo (21), na Arena Fonte Nova.

 

“A gente mandou no jogo os 90 minutos. Claro que o Bahia de Feira teve mérito por ter chegado na final e também pelas chances criadas. Nos impomos em casa”, disse em entrevista ao Bahia Notícias.

 

O jogador do Bahia ainda elogiou o adversário.  “Temos que parabenizar o Bahia de Feira pois vendeu esse título caro para a gente. Preenchemos os espaços e fizemos o melhor”, finalizou.

 

Sem muito tempo para comemorar, o Bahia volta a campo na próxima quinta-feira (25), às 19h15, contra o Londrina, no estádio do Café, pelo segundo jogo da quarta fase da Copa do Brasil. O Tricolor venceu o primeiro duelo por 4 a 0 e agora pode perder por até três gols de diferença que mesmo assim garante vaga nas oitavas de final do torneio nacional.

Domingo, 21 de Abril de 2019 - 20:12

Gregore celebra retorno aos gramados e título na Fonte Nova: 'Quintal de casa'

por Ulisses Gama / Gabriel Rios

Gregore celebra retorno aos gramados e título na Fonte Nova: 'Quintal de casa'
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

O volante Gregore retornou de lesão neste domingo (21), no triunfo do Bahia por 1 a 0 diante do Bahia de Feira, que deu o 48º título estadual para o Esquadrão de Aço. Primeira conquista do jogador na Arena Fonte Nova, o atleta espera conquistar mais campeonatos na praça esportiva.

 

“O time do Bahia de Feira tentou dificultar, mas fomos bicampeões. A primeira vez aqui no quintal de casa e quero ter mais aqui. Essa energia poucos podem sentir”, vibrou em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Gregore também destacou o momento vivido no Bahia. Ele que chegou no início de 2018, lembrou que a equipe foi criticada durante o Campeonato Baiano: “Estou vivendo coisas nesse clube que nunca achei que ia viver na vida. Pouco esperava jogar e um ano passado muito bom. Começamos o ano daquele jeito, sendo contestado, o amor dessa torcida sempre apoiando e criticando, a gente sabe como é”.

 

O Esquadrão volta a campo na quinta-feira (25). O Tricolor de Aço encara o Londrina, no Estádio do Café, às 19h15, pelo jogo de volta da 4ª fase da Copa do Brasil. O Bahia venceu a primeira partida por 4 a 0 e encaminhou a classificação para as oitavas de final do certame nacional.

Domingo, 21 de Abril de 2019 - 20:01

'Muito feliz de ter voltado e conquistar o 1° título pelo Bahia', diz Fernandão

por Ulisses Gama / Leandro Aragão

'Muito feliz de ter voltado e conquistar o 1° título pelo Bahia', diz Fernandão
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

Grande contratação do ano, o atacante Fernandão vibrou com o seu primeiro título conquistado pelo Bahia. O Tricolor bateu o Bahia de Feira por 1 a 0, neste domingo (21), pelo segundo jogo da final do Campeonato Baiano e sagrou-se bicampeão consecutivo da competição. Este foi o 48° troféu estadual da história do clube. 

 

"Estou muito feliz de ter voltado e conquistar o primeiro título pelo Bahia. Só tenho que agradecer ao Bahia, à essa torcida que me abraçou na minha volta e pode ter certeza que vou dar o meu melhor sempre", declarou em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Identificado com o Bahia, Fernandão também destacou o fato de jogar no clube que gosta.

 

"É bom estar no clube que a gente tem um carinho e um respeito. Hoje eu sou um torcedor do Bahia, já deixei isso bem claro. Só tenho que agradecer, só gratidão por esse clube, por essa torcida, por essa cidade que eu e minha família amamos demais. Agora é comemorar, porque a gente merece", afirmou.

 

O atacante dedicou o título de bicampeão baiano à torcida Tricolor que compareceu em grande número, mais de 41 mil pessoas, na Fonte Nova para a decisão em pleno feriadão de Semana Santa.

 

"Essa conquista é para eles [torcida] também. Eles merecem bastante. Estão vindo nos jogos, estão nos apoiando, então a gente dedica esse título também para eles", exaltou.

 

O Bahia volta ao gramado na próxima quinta-feira (25), às 19h15, para enfrentar o Londrina, no estádio do Café, pelo segundo jogo da quarta fase da Copa do Brasil. O Tricolor venceu o primeiro duelo por 4 a 0 e agora pode perder por até três gols de diferença que mesmo assim garante vaga nas oitavas de final do torneio nacional.

Domingo, 21 de Abril de 2019 - 19:18

Roger atribui título do Bahia a Enderson Moreira: 'Peguei o trabalho bem estruturado'

por Ulisses Gama / Leandro Aragão

Roger atribui título do Bahia a Enderson Moreira: 'Peguei o trabalho bem estruturado'
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

Em meio a festa da conquista do bicampeonato baiano do Bahia, o técnico Roger Machado atribuiu o título ao seu antecessor no cargo Enderson Moreira. O atual comandante do Tricolor destacou o trabalho deixado pelo antigo treinador. Neste domingo (21), o Bahia venceu o Bahia de Feira por 1 a 0, na Arena Fonte Nova, pelo segundo jogo da final do Baianão e levantou o troféu pela 48ª vez.

 

"Fazem quinze dias que estou no clube e nesses quinze dias eu vivi as emoções de uma temporada inteira com jogos decisivos, jogos duros como foi o de hoje, um adversário que valorizou muito a nossa conquista, tanto que saiu aplaudido pelo nosso torcedor. Chegar num clube e iniciar vencendo é importante, porque gera confiança do torcedor no trabalho que está iniciando. Mas é importante pontuar que eu peguei um trabalho muito bem estruturado pelo Enderson [Moreira] e que por vez das urgências do futebol, faz com que nós façamos um trabalho a muitas mãos. Esse título é muito mais do Enderson do que meu, que cheguei na parte final da competição e pude terminá-la com a conquista importante", reconheceu em entrevista ao Bahia Notícias.

 

O jogo foi recheado de emoções com boas chances criadas por ambas equipes. Inclusive, o gol do título do Bahia saiu de uma jogada em que o árbitro Luiz Flávio de Oliveira recorreu ao árbitro de vídeo (VAR, na sigla em inglês) para rever o lance e assinalar o pênalti. Roger destacou a principal virtude do seu time para vencer a o duelo decisivo.  

 

"Ser um time que soube jogar quando foi preciso, mas é preciso saber sofrer o jogo também e foi essa característica que adquirimos no final da partida", resumiu.

 

Roger Machado ainda elogiou o Bahia de Feira. Para o treinador, a atuação do time de Feira de Santana valorizou a conquista do Tricolor da capital.

 

"O adversário é um belo de um time que chegou na final pelos seus méritos e está de parabéns pela campanha que fez, por ter feito uma final digna de um time grande e valorizou muito a nossa conquista. Como eu disse anteriormente, não tenha dúvida que vai ficar marcada na minha cabeça por muito tempo, porque foram dois times que se propuseram jogar futebol", elogiou.

 

O próximo compromisso do Bahia será na quinta-feira (25), às 19h15, contra o Londrina, no estádio do Café, pelo segundo jogo da quarta fase da Copa do Brasil. Depois, no domingo (28), o Tricolor estreia no Brasileirão contra o Corinthians. Perguntado se já está pensando nos jogos seguintes, Roger foi enfático.

 

"Ainda não vou virar a chave. A partir de amanhã viro a chave. Agora eu só quero comemorar!", declarou aos risos encerrando a entrevista.

Domingo, 21 de Abril de 2019 - 19:15

Capitão do Bahia, Lucas Fonseca destaca crescimento do clube: 'Objetivo é grande'

por Ulisses Gama / Gabriel Rios

Capitão do Bahia, Lucas Fonseca destaca crescimento do clube: 'Objetivo é grande'
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

O Bahia bateu o Bahia de Feira por 1 a 0 neste domingo (21), na Arena Fonte Nova, e conquistou o bicampeonato baiano. Capitão da equipe, o zagueiro Lucas Fonseca destacou o crescimento do clube desde a sua chegada e afirmou que a agremiação irá buscar títulos ainda maiores.

 

“O mais importante que o título é a crescente do Bahia. Estou aqui desde 2012, saí duas vezes, mas é importante ver que o clube está crescendo e não tem como objetivo mais só o Estadual. O objetivo do Bahia é grande e temos que crescer juntos. Aqui dentro só vai ficar quem tem competência e que quer crescer junto com o clube. No futuro próximo tenho certeza que o Bahia irá conquistar coisas maiores, pois essa torcida merece”, salientou em entrevista ao Bahia Notícias.

 

O zagueiro ainda deixou o gramado durante a segunda etapa com o estiramento na lombar. Tendo que acompanhar a reta final da partida do banco de reservas, Lucas revelou ser mais difícil assistir do que estar jogando.  

 

“Dentro de campo a gente tem mais tranqüilidade. Do lado de fora ficar assistindo é mais difícil. Mas sabemos da experiência de todos do elenco e a qualidade, e quem entra dá conta do recado”, disse.

 

 Após a conquista do 48º título estadual, o Bahia agora roda chave para a Copa do Brasil. O Esquadrão encara o Londrina na quinta-feira (25), às 19h15, no Estádio do Café, pelo jogo de volta da 4ª fase do certame nacional. A equipe pode perder até por 3 gols de diferença, já que venceu o confronto de ida por 4 a 0.

Domingo, 21 de Abril de 2019 - 18:42

Bellintani vibra com conquista do Bahia e parabeniza o Bahia de Feira

por Ulisses Gama / Leandro Aragão

Bellintani vibra com conquista do Bahia e parabeniza o Bahia de Feira
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

O presidente Guilherme Bellintani vibrou com a conquista do 48° título de campeão baiano do Bahia. O Tricolor bateu o Bahia de Feira por 1 a 0, na tarde deste domingo (21), na Arena Fonte Nova, pelo segundo jogo da final e venceu o confronto pelo placar agregado de 2 a 1. O mandatário exaltou a união do clube que, para ele, foi determinante para o sucesso da equipe no certame estadual. 

 

"Não é o trabalho do campeonato em si, é o trabalho do clube. Hoje a gente tem um clube unido e é isso que faz a força do Bahia. A gente tem um clube que não se rende, um clube que está se reconstruindo. O título é importante nesse aspecto. O importante é mostrar que desde 2013 vem passando por uma transformação muito grande e cada passo que a gente dá é importante. Hoje eu sinto mais um tijolinho reconstruindo esse grande castelo que é o Bahia", afirmou em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Bellintani ainda lembrou do difícil começo de temporada do Bahia. O time foi eliminado precocemente da Copa Sul-Americana e da Copa do Nordeste, porém conseguiu se recuperar no Baianão e ainda segue vivo na Copa do Brasil.

 

"É importante a vibração desses atletas, um começo de temporada ruim, mas a união do clube, não só união em campo. A gente hoje tem um clube muito unido, que envolve essa torcida maravilhosa, evolve conselheiros, envolve diretoria, funcionários, os atletas, comissão técnica. Esse triunfo é de um clube muito unido, que não vai ser fácil desunir o Bahia", disse.

 

Bellintani também parabenizou o Bahia de Feira pela campanha. O Tremendão vendeu caro o título do Baianão ao Bahia, fazendo dois bons jogos sem se intimidar com o adversário.

 

"O Bahia de Feira fez duas finais espetaculares, é melhor assim. Nada na história do Bahia é simples, nada na história do Bahia é fácil. Parabéns demais a Jodilton, a Tiago, ao Bahia de Feira que faz um trabalho excelente. É muito difícil fazer futebol no interior, a gente sabe disso e o Bahia de Feira montou um time extremamente competitivo, vendeu caro o nosso título. Está de parabéns também!", finalizou.

 

O Bahia volta ao gramado na próxima quinta-feira (25), às 19h15, para encarar o Londrina, no estádio do Café, pelo segundo jogo da quarta fase da Copa do Brasil. Após vencer o primeiro encontro por 4 a 0, o Tricolor pode perder por até três gols de diferença para seguir no torneio.

Domingo, 21 de Abril de 2019 - 18:27

'Sensação única', destaca Gilberto ao marcar gol do título do Bahia

por Ulisses Gama / Gabriel Rios

'Sensação única', destaca Gilberto ao marcar gol do título do Bahia
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

Autor do gol do bicampeonato baiano, o 48º título estadual do Bahia, no triunfo por 1 a 0 sobre o Bahia de Feira, neste domingo (21), na Arena Fonte Nova, pelo jogo de volta do certame estadual, o atacante Gilberto valorizou o título conquistado. Bastante emocionado, o camisa 9 destacou a sensação em marcar de pênalti.

 

“Sensação única. É difícil bater pênalti, mas Deus me capacitou pelo momento que estava vivendo. Pude converter e agora estamos comemorando esse campeonato”, disse em entrevista ao Bahia Notícias.

 

O goleador Tricolor ainda comentou o fim do jejum de gols. Ele revelou o apoio do elenco na saída para o intervalo, quando o jogo ainda estava empatado em 0 a 0: “Agradecer aos meus companheiros que me deram muita força. Na saída para o intervalo me apoiaram, disseram que eu faria o gol e fui até o final e pude honrar esse manto sagrado que é o do Bahia”.

 

O Esquadrão volta a campo na quinta-feira (25). O Tricolor de Aço encara o Londrina, no Estádio do Café, às 19h15, pelo jogo de volta da 4ª fase da Copa do Brasil. O Bahia venceu a primeira partida por 4 a 0 e encaminhou a classificação para as oitavas de final do certame nacional.

Com pênalti marcado com auxílio do VAR, Bahia bate Bahia de Feira e é bicampeão baiano
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Pela 48ª vez o Bahia conquista o título de campeão baiano. O Esquadrão de Aço também levantou o troféu no ano passado. O time da capital baiana bateu o xará Bahia de Feira por 1 a 0, na tarde deste domingo (21), na Arena Fonte Nova, pelo segundo jogo da final do Campeonato Baiano. No segundo tempo, em cobrança de pênalti marcado com o auxílio do árbitro de vídeo (VAR), Gilberto marcou para o Tricolor. A equipe do técnico Roger Machado venceu o confronto pelo placar agregado de 2 a 1.

 

Com a faixa de campeão no peito, o Bahia volta ao gramado na próxima quinta-feira (25), às 19h15, para o segundo jogo da quarta fase da Copa do Brasil contra o Londrina, no estádio do Café. O Esquadrão de Aço venceu o primeiro duelo por 4 a 0 e agora pode perder por até três gols de diferença para se classificar. Já o Bahia de Feira vai se preparar para a disputa da Série D do Brasileiro. Integrante do Grupo A6, a estreia do Tremendão será no dia 5 de maio, às 16h, diante do América de Pernambuco, no Ademir Cunha, pela primeira rodada. Além da equipe pernambucana, o time de Feira encara o América-RN e o Serrano-PB na primeira fase da competição.

 

O JOGO

O jogo começou bem disputado com as duas equipes bem postadas sem dar espaço para o adversário criar. Porém, o Tricolor da capital carimbou logo a trave do xará de Feira de Santana aos sete minutos de partida. Arthur Caíke cobrou falta direto no gol e a bola bateu na trave de Jair. Aos 14 minutos, o Bahia de Feira chegou com perigo na grande área dos donos da casa. Van fez bela jogada pela direita, deu um corte em Artur e cruzou na área, mas a bola passou por todo mundo e saiu pela lateral.

 

Arthur Caíke criou outra boa oportunidade para o Bahia. Aos 18 minutos, ele recebeu lançamento do zagueiro Lucas Fonseca e cruzou para a área. Nino chegou um pouco atrasado, chutou e mandou por cima do gol de Jair. Quatro minutos depois, o mesmo camisa 77 do Esquadrão de Aço teve boa chance. Elton avançou pelo lado direito, Gilberto dividiu com Paulo Paraíba e a bola sobrou para Arthur Caíke, que bateu rasteiro, passando perto do gol de Jair. Aos 24 minutos, foi a vez de Elton desperdiçar ótima oportunidade. Após cobrança de escanteio, Moisés ficou com a sobra e levantou na área. Livre de marcação, o volante do Bahia finalizou por cima da meta do Bahia de Feira.

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

 

O Tremendão assustou o Tricolor aos 27 minutos. Deon fez belo passe de calcanhar para Jarbas na ponta esquerda que cruzou para a área. Alex Cazumba dominou no peito e chutou forte, mas a bola desviou na marcação.

 

Aos 38 minutos, Jarbas experimentou de longe e Anderson espalmou para escanteio. A resposta do Bahia veio três minutos depois. Nino Paraíba fez bela jogada pela direita e cruzou para trás para Gilberto. O camisa 9 bateu de primeira e isolou.

 

Segundo tempo

As duas equipes retornaram do vestiário sem alterações. E o Bahia por muito pouco não abriu o placar antes do segundo minuto. Na verdade numa chance inacreditavelmente desperdiçada por Arthur Caíke. Após cobrança de lateral de Moisés na área do Bahia de Feira, Ernando desviou para o meio, Cazumba não conseguiu afastar. Gilberto ajeitou para Arthur Caíke, mas o atacante, dentro da pequena área, furou e não conseguiu finalizar.

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

 

Pênalti assinalado com auxílio do VAR
Aos três minutos, no cruzamento para a área, Eric Ramires engatilhou o chute, mas foi travado pelo zagueiro Vitor e caiu no chão. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira recorreu ao VAR para analisar uma jogada e assinalou a penalidade máxima aos seis minutos. Gilberto cobrou no canto de Jair e abriu o placar na Fonte Nova. Bahia 1x0 Bahia de Feira

 

Aos 17 minutos, Douglas Augusto deu um carrinho em Bruninho e os dois se estranharam no círculo central. O árbitro amarelou os dois jogadores.


Aos 20, Vitinho cobrou uma falta frontal que desviou no braço de Gilberto. Mais uma vez o árbitro recorreu ao VAR. Após analisar o lance, ele assinalou o pênalti a favor do Bahia de Feira. O mesmo Vitinho fez a cobrança e Anderson fez uma grande defesa. No rebote, Vitor encheu o pé para outra belíssima defesa do goleiro do Bahia. No contra-ataque, Eric Ramires recebeu dentro da área do adversário e chutou para o gol, mas Jair fez boa intervenção. Depois, na cobrança de escanteio de Eric Ramires, Elton subiu mais do que todo mundo, mas Vitor salvou o Tremendão tirando a bola que ia entrando no gol.

 

A pressão do Bahia continuou. Artur se esforçou, impediu a saída de bola e cruzou rasteiro para Gilberto que tocou e Jair fez outra boa defesa aos 27. Dois minutos depois, Gilberto cortou para o meio e soltou a bomba para a defesa de Jair.

 

A resposta do Bahia de Feira veio aos 32. Alex Cazumba cobrou a falta e acertou o travessão. No rebote, o volante Capone mandou por cima da meta de Anderson.

 

O jogo estava lá e cá. Em seguida foi a vez do Bahia perder boa chance. Rogério recebeu na grande área, cortou dois marcadores no mesmo drible, mas não finalizou bem e a bola foi para fora aos 34 minutos.

 

Ebinho por pouco não empatou o jogo. Aos 44, ele ganhou de Ernando na velocidade e chutou na saída de Anderson, mas a bola subiu demais.

 

Aos 48, Artur desperdiçou uma boa chance de matar o jogo. Após cobrança de escanteio de Bruninho, a defesa do Bahia afastou e o camisa 98 pegou a bola e partiu em velocidade para o terreno adversário. Mas ele finalizou para fora.

 

FICHA TÉCNICA 
Bahia 1x0 Bahia de Feira
Campeonato Baiano - Final  (2º jogo)

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 21/04/2019 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro:  Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Paulo de Tarso Bregalda Gussen e José Carlos Oliveira dos Santos (ambos da BA)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ), com auxílio de Elicarlos Franco de Oliveira (BA)

Cartões amarelos: Douglas Augusto, Xandão, Artur, Gregore (Bahia) / Edimar, Bruninho (Bahia de Feira)

Gol: Gilberto (Bahia)

 

Bahia: Anderson; Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca (Xandão) e Moisés; Elton e Douglas Augusto; Artur, Ramires (Gregore) e Arthur Caíke (Rogério); Gilberto. Técnico: Roger Machado.

 

 

Bahia de Feira: Jair; Van, Paulo Paraiba, Vitor e Cazumba; Capone, Edimar (Ebinho), Jarbas e Bruninho; Vitinho (Dionísio) e Deon. Técnico: Quintino Barbosa.

Domingo, 21 de Abril de 2019 - 16:30

Diretor do Bahia, Pedro Henriques é indicado ao prêmio do Conafut

por Ulisses Gama / Leandro Aragão

Diretor do Bahia, Pedro Henriques é indicado ao prêmio do Conafut
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O diretor executivo do Bahia, Pedro Henriques, foi indicado ao prêmio de melhor CEO de 2018 da Conferência Nacional do Futebol (Conafut) que chega à sua terceira edição. O evento que escolherá os ganhadores das diversas categorias disputadas vai acontecer nos próximos dias 16 e 17 de maio. A eleição é feita a partir de três candidatos indicados pelo Conselho, mais Júri Técnico, mais Júri Business da seguinte forma: 70% de poder de voto para os júris dos especialistas; 20% de poder de voto para os participantes CONAFUT; e 10% de poder de voto para júri popular aberto no site (clique aqui).

 

"Fiquei feliz com a indicação. E eu vejo também como um reconhecimento do crescimento do Bahia, porque o Bahia tem evoluído muito desde a democratização nos aspectos de profissionalização, transparência, isso tudo chama muito a atenção. Nos posicionamentos de marketing também arrojados, especialmente o que a gente teve no ano passado com o lançamento da marca própria. Então, eu vejo a indicação como o reconhecimento de todo o trabalho que vem sendo feito, evidentemente não só por mim, mas por toda a equipe que está presente agora e que esteve presente anteriormente que viabilizou", afirmou em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Pedro Henriques ainda explicou um pouco do trabalho que vem desenvolvendo no clube. Ele não aparece mais aos olhos do torcedor como fazia na gestão do ex-presidente Marcelo Sant'Ana, de quem era vice na presidência.

 

"É um trabalho de diretoria executiva que envolve a busca pela execução do planejamento estratégico da presidência. Trabalho direto com os gerentes, por exemplo, trabalho com o gerente da marca Esquadrão, com o gerente administrativo, com o gerente de Relações Institucionais, no desenvolvimento dos projetos para atingir as metas estabelecidas no Plano de Ação. Além disso, tenho alguns projetos meus, tem a Cidade Tricolor que é o principal deles e alguns outros que vão ser novidades ao longo desse ano, que são coisas que ainda tem que se desenvolver desde o começo da gestão. Enfim, é um trabalho bom, silencioso que vai sendo entregue com o passar do tempo", explicou.

Histórico de Conteúdo