Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

'Marcação sem critério': Bellintani alega que data de semifinal do Baiano prejudica o Bahia
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

O Bahia está tentando adiar a semifinal do Campeonato Baiano para o próximo domingo (9). Reconhecendo os prejuízos do jogo estadual no mesmo dia da final da Copa do Nordeste contra o Ceará, em Fortaleza, o presidente Guilherme Bellintani explicou em entrevista ao programa Bn na Bola, da rádio Salvador FM 92.3, apresentado por Emídio Pinto, Glauber Guerra e Ulisses Gama, a motivação para que os jogos aconteçam em dias diferentes. 

 

“Houve, no nosso entendimento, um tratamento inadequado ao Bahia. Não que a gente queria um tratamento diferenciado, mas a gente entendeu que o alongamento do Campeonato Baiano e adiamento da última rodada por mais de uma semana veio a prejudicar o Bahia porque essa semana seguinte ao planejamento original de encerramento da fase classificatória, foi uma semana muito dura, como está sendo”, relatou o dirigente do Tricolor.

 

"São quatro jogos na última semana e esse jogo do Campeonato Baiano não estava programado originalmente, foi adiado para essa semana, para que o Vitória conseguisse fazer seus jogos num intervalo maior e o Bahia jogando praticamente dia sim e dia não no Baiano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Sul-Americana", ressaltou o presidente, considerando injusto que que a Federação Bahiana de Futebol (FBF) não tenha considerado o calendário da sua agremiação. 

 

Criticando a decisão da FBF, Bellintani pontuou que os desentendimentos com a entidade vêm acontecendo desde a negociação de transmissão com a TVE para a exibição dos jogos do estadual nesta temporada sem acordar a decisão com o Bahia. Ele completou que a situação atual fez com que os atritos fossem escancarados “com essa atitude da Federação de prorrogar o final do Campeonato Baiano na fase classificatória sem ouvir o Bahia, no sentido de ajustar a competição para o Vitória ao invés de mantê-la na forma original”. 

 

Com a semifinal do Baianão marcada para sábado (7), o dirigente detalhou todos os problemas que motivaram o clube a solicitar o adiamento do duelo contra o Bahia de Feira para o dia seguinte. 

 

“Um desafio enorme montar um time de transição, mas esse time de transição não pode ajudar o Bahia e tem que ajudar. (...) A Federação ao invés de lembrar disso, alongou o final da fase classificatória do Baiano, (...) e a gente consequentemente está impedido de usar jogadores do time de transição em três jogos do time profissional”, alegou.

 

“Para o torcedor é melhor ver um jogo no sábado e um no domingo; em questões de logística e estrutura do clube, é limitada para fazer dois jogos no mesmo dia sendo que uma parte dessa estrutura está em Fortaleza; terceiro pela questão de jogador. Um exemplo é o Ignácio, zagueiro titular do time de transição, e precisou viajar para Fortaleza porque Luiz Otávio está suspenso. Essa marcação de jogo no mesmo dia prejudica o clube”, reforçou Bellintani. Ele destacou ainda que, como presidente do clube, irá assistir a final da Copa do Nordeste e não estará disponível para acompanhar o jogo do Baiano. 

 

Segundo o presidente, a justificativa da FBF para marcar o jogo no sábado foi com base no regulamento da competição. Entretanto, ele defende que o artigo usado pela entidade para defender a data não existe. 

 

“Quando a gente foi ler o regulamento, na verdade o que ele [Manfredo Lessa, vice-presidente da FBF] disse que está escrito, não está escrito. (...) A gente está aguardando que regulamento é esse”, declarou o presidente do Bahia, reforçando que a data foi uma "marcação sem critério”. 

 

O Bahia solicitou que a FBF reconsidere o calendário do Bahia ao longo da semana e transfira a semifinal do Baianão para o domingo. O pedido está em avaliação. 

 

“Eu não tenho dúvida que é melhor para todo mundo. (...) “A minha luta é pelo direito do clube. Eu sou presidente do Bahia e enquanto eu for presidente do Bahia vou lutar até o fim pelos direitos do Bahia”, finalizou. 

 

NEGOCIAÇÃO COM GILBERTO E CONTRATAÇÕES

 

Na entrevista, Guilherme Bellintani ainda falou sobre a situação de Gilberto. Sem previsões sobre o futuro do atleta, o dirigente do Bahia explicou que as negociações estão sendo feitas com responsabilidade, na medida do que o clube pode arcar. 

 

“Preciso ser muito presidente e menos torcedor. É difícil. Assim como não empolgo demais para fazer renovação irresponsáveis financeiramente, não deixo de lado quando o jogador está em uma fase menos empolgante. A gente tem conversado com empresário, com Gilberto. Há naturalmente disputa de outros clubes para 2022. Estamos conversando, mas sabendo da dificuldade financeira que é quando outros clubes entram na disputa”, explicou. 

 

“Não vamos fazer esforço além da nossa realidade, mas reconhecendo o esforço do atleta. Ele constitui história no Bahia para a gente querer que ele fique por mais tempo com responsabilidade financeira”, completou. Gilberto, de 31 anos, é o artilheiro do clube na atual temporada. 

 

Sobre os novos nomes para compor o grupo em 2021, Bellintani destacou que, em alguns setores, o clube segue em busca de reforços. Até agora, 11 novos jogadores chegaram ao Bahia e ele explica como está organizando as mudanças e futuras chegadas. 

 

“Entendia que a reformulação seria em duas etapas. Uma no começo da temporada e outra mais no meio do ano. O primeiro ciclo foi mais intenso. Tinha falado que a gente faria seis ou sete contratações. A gente trouxe muito mais. Eu decidi antecipar ainda mais a reestruturação do elenco. A gente conseguiu reforçar muito a defesa, temos meio-campo diferente e ainda continua buscando reforços. Não vou citar posições porque depende do comportamento e disponibilidade do mercado”, pontuou.

 

“Já vi muita gente reclamar da lateral direita, vi muita gente reclamando que a gente renovou com Nino. A gente, hoje, tem um goleiro e primeiro volante originários da nossa base. Futebol é muito dinâmico. Diria que estamos procurando vários setores, principalmente três setores”, completou Bellintani. 

 

Confira a entrevista completa do presidente do Bahia ao BN na Bola:

Quinta, 06 de Maio de 2021 - 16:45

Mesmo suspensos, Nino, Patrick e Luiz Otávio viajam com o Bahia; Douglas retorna

por Ulisses Gama

Mesmo suspensos, Nino, Patrick e Luiz Otávio viajam com o Bahia; Douglas retorna
Foto: Divulgação / EC Bahia

O Bahia seguiu na tarde desta quinta-feira (6) para Fortaleza, onde vai enfrentar o Ceará no próximo sábado (8), às 16h, pela decisão da Copa do Nordeste. A delegação conta com a presença do lateral-direito Nino Paraíba, o zagueiro Luiz Otávio e o volante Patrick, mesmo suspensos por conta de cartões.

 

A equipe tricolor também vai ter o retorno de Douglas, recuperado da Covid-19. Ele volta a compor o grupo após quatro partidas. Apesar da sua volta, a tendência é que Matheus Teixeira permaneça entre os titulares do técnico Dado Cavalcanti.

 

Como perdeu a primeira partida por 1 a 0 para o Vozão, o Esquadrão de Aço precisa vencer por dois gols de diferença. Em caso de triunfo simples do Bahia, a decisão vai aos pênaltis. 

Quinta, 06 de Maio de 2021 - 16:25

Bahia solicita mudança de data da 1ª semifinal contra o Bahia de Feira

por Ulisses Gama

Bahia solicita mudança de data da 1ª semifinal contra o Bahia de Feira
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O Bahia solicitou à Federação Bahiana de Futebol (FBF) nesta quinta-feira (6) a alteração da data da primeira partida da semifinal do Campeonato Baiano contra o Bahia de Feira, atualmente marcada para o próximo sábado (8), às 19h30, em Pituaçu. A data se choca com a decisão da Copa do Nordeste diante do Ceará.

 

O pedido foi anunciado pelo vice-presidente tricolor, Vitor Ferraz. A argumentação do dirigente se baseou no regulamento, que não prevê a necessidade de programar jogos em dias diferentes para equipes que residem em locais diferentes.

 

"Diante deste cenário e considerando que já há uma outra partida nossa no mesmo dia, o Bahia acaba de enviar ofício solicitando a mudança da data, dando oportunidade para a @FBFoficial mostrar se realmente não está interessada em prejudicar o clube", escreveu Ferraz.

 

Bahia e FBF estão travando uma guerra fria nos últimos dias. Na última quarta-feira (5), o jogo do Tricolor contra o Jacuipense precisou de uma decisão judicial para ocorrer.

 

 

Quinta, 06 de Maio de 2021 - 13:55

Na Cidade Tricolor, Bahia faz último treino antes de viajar para Fortaleza

por Ulisses Gama

Na Cidade Tricolor, Bahia faz último treino antes de viajar para Fortaleza
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O Bahia fez na manhã desta quinta-feira (6), no CT Evaristo de Macedo, o seu último treino antes de viajar para Fortaleza, onde vai enfrentar o Ceará no próximo sábado (8), pela decisão da Copa do Nordeste.

 

Sob o comando do técnico Dado Cavalcanti, o grupo tricolor fez um treino técnico. A atividade contou com a presença do goleiro Mateus Claus e Douglas.

 

Em processo de transição, o lateral-direito João Pedro e o zagueiro Anderson Martins continuaram seus trabalhos físicos.

 

O grupo almoçou no refeitório do CT. Pela tarde, o grupo embarca para a capital cearense.

 

Como perdeu o primeiro jogo por 1 a 0, o Esquadrão de Aço precisa vencer por dois gols de diferença para ficar com a taça. Se vencer por um gol de margem, a decisão vai aos pênaltis. 

Daniel fala em levar reação contra o Independiente para decisão diante do Ceará
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Um dos principais jogadores do Bahia, o meia Daniel quer levar a boa atuação do Esquadrão de Aço no segundo tempo contra o Independiente para a decisão contra o Ceará neste sábado (8), no Castelão, pela final da Copa do Nordeste. Para o Tricolor ficar com o título, é preciso vencer por dois gols de diferença, já que o primeiro jogo foi 1 a 0 para o Vozão.

 

"Eles [torcedores] viram, nestes últimos 45 minutos, que a gente tem um elenco aguerrido, que não vai desistir nunca. Sempre vai buscar o jogo até o final. Muitos devem ter pensado, quando a gente tomou 2 a 0, que o jogo já estaria perdido, por causa do campo encharcado. E não foi bem assim. A gente buscou, correu. Quase conseguimos a virada. A gente tem que levar isso tudo para o jogo contra o Ceará, porque a gente já está atrás no placar", disse.

 

Para Daniel, a busca pelo resultado não pode se confundir com pressa. Ele indicou a necessidade de ter paciência e confiar no trabalho do time para superar o adversário.

 

"A gente tem que ter a cabeça bem tranquila, no lugar, focada, confiante no trabalho que a gente vem fazendo. Eles têm uma vantagem, mas é uma vantagem mínima. Então a gente tem que ter consciência de que, com 1 a 0, já está indefinido, vai para os pênaltis. Então a gente tem que entrar bem tranquilo, confiando no que a gente pode fazer, 11 contra 11, que a gente estava jogando muito bem. E sabendo que a gente tem condições de trazer o título para Salvador", pontuou.

 

Com boas atuações, principalmente pelos passes, Daniel ainda não marcou pelo Bahia neste ano. Sem preocupações quanto a isso, ele afirmou que  bola n rede vi chegar na hora certa.

 

"Fico feliz de estar podendo ajudar o time dentro de campo. Infelizmente, não marquei ainda. Todo mundo gosta de fazer gol. O principal é sempre ajudar o time. A gente conseguir sair com o triunfo. Mas, lógico, se sair esse gol agora na final, eu vou ficar muito feliz. O gol vai ter saído na hora certa. Eu sempre digo que o importante é o gol sair na hora certa. Nada melhor do que se sair nesta final. Mas, se não sair, o importante é o título", projetou.

 

O elenco tricolor embarca para Fortaleza nesta quinta-feira (6).

Dênis da Silva Serafim apita decisão da Copa do Nordeste entre Ceará e Bahia
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O jogo na Arena Castelão entre Ceará e Bahia neste sábado (8), às 16h, pela decisão da Copa do Nordeste, terá o apito de Dênis da Silva Ribeiro Serafim, de Alagoas. Ele foi designado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

 

O juiz vai ser auxiliado por Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Brigida Cirilo Ferreira, também de Alagoas. No árbitro de vídeo, o comando será de Pablo Ramon Goncalves Pinheiro, do Rio Grande do Norte, com auxílio de Thayslane de Melo Costa e Cleriston Clay Barreto Rios, de Sergipe.

 

A primeira partida entre as equipes aconteceu no último sábado (1º), em Pituaçu, e o Vozão levou a melhor por 1 a 0. Para ser campeão, o Esquadrão de Aço precisa vencer por dois gols de diferença. Em caso de um gol de margem, a decisão vai para os pênaltis. 

Quinta, 06 de Maio de 2021 - 09:45

Júnior celebra classificação do Bahia: 'Sabemos do quanto a gente luta'

por Ulisses Gama

Júnior celebra classificação do Bahia: 'Sabemos do quanto a gente luta'
Foto: Enaldo Pinto / Ag. Haack / Bahia Notícias

Substituto de Matheus Teixeira no time de transição do Bahia, o goleiro Dênis Júnior comemorou a classificação tricolor no Campeonato Baiano após o triunfo por 1 a 0 sobre o Jacuipense na última quarta-feira (5), em Pituaçu. O arqueiro destacou o trabalho realizado pela equipe.

 

"Muito importante a nossa classificação. Sabemos do nosso trabalho e do quanto a gente luta. Muito feliz pela partida, por ajudar a equipe e por dar mais um passo na competição", disse, em entrevista à TVE Bahia.

 

Nas semifinais, o Bahia vai enfrentar o Bahia de Feira. A primeira partida vai acontecer no próximo sábado (8), às 19h30, no estádio de Pituaçu.

Após triunfo do Bahia, Prates admite problemas ofensivos e mira evolução nas semifinais
Foto: Enaldo Pinto / Ag. Haack / Bahia Notícias

O Bahia venceu o Jacuipense por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (5), em Pituaçu, e se garantiu nas semifinais do Campeonato Baiano. Após o jogo, o técnico Cláudio Prates reconheceu que o time ainda está devendo, mas apontou a busca para evoluir na sequência do estadual.

 

"A ideia é sempre evolução. Nem sempre se consegue de um jogo para outro, de uma fase para outra. A gente sabe que tem algumas dificuldades, principalmente ofensivas. Não podemos deixar de ressaltar que esse time tem a melhor defesa do campeonato. Com certeza, a gente gostaria de ter uma classificação mais tranquila", disse.

 

Questionado se algo o preocupava em relação ao time, Prates preferiu não expor os pontos fracos e destacou a importância do jovem elenco conseguir passar de fase. Ele voltou a bater na tecla sobre a competência ofensiva.

 

"Não tenho nada a reclamar. Internamente resolvemos nossos problemas. Teve comemoração pela classificação pelo merecimento dos meninos. Time jovem. Temos que melhorar na parte ofensiva, mais um pouco de jogo e saber matar os jogos. Eles nos empurraram para trás. Precisamos sair e matar. Precisamos estar mais conscientes disso", indicou.

 

Prates disse que não esperava sofrer a pressão exercida pelo Jacuipense e ressaltou a entrega do elenco tricolor. Para ele, a equipe está forte na briga pelo tetracampeonato.

 

"Adversário, a gente sabia que teria dificuldade, pelos anos que trabalham juntos, pela experiência dos jogadores. Não esperávamos sofrer tanto, mas queríamos aproveitar alguns detalhes que eles deixam. Não conseguimos mais por falta de capricho. Os jogadores têm se entregado. Estamos dentro da briga para conseguir esse título", finalizou.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 23:10

Bellintani se manifesta sobre polêmica entre Bahia e FBF: 'Não há diálogo'

por Ulisses Gama

Bellintani se manifesta sobre polêmica entre Bahia e FBF: 'Não há diálogo'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, se manifestou na noite desta quarta-feira (5) sobre todo o imbróglio envolvendo a realização do jogo contra o Jacuipense pelo Campeonato Baiano. Entrevistado pela Rádio Sociedade da Bahia, o mandatário tricolor afirmou que o vice-presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Manfredo Lessa, não contou toda a história sobre o ocorrido. Segundo ele, houve um acordo feito em 2019 para que Bahia e Vitória jogassem o estadual com times de transição para que a FBF pudesse marcar datas simultâneas com a Copa do Nordeste.

 

"O vice-presidente Manfredo não falou mentiras, mas esqueceu de contar a história toda e o reflexo disso acaba se tornando uma inverdade. Tivemos uma reunião em 2019: eu e Vitor Ferraz representando o Bahia, o presidente Paulo Carneiro representando o Vitória, o presidente Ricardo e, salvo engano, o vice-presidente Manfredo estava. Bahia e Vitória se comprometeram em jogar os Campeonatos Baianos, a partir de 2020, com os times de transição, e a Federação Bahiana marcaria jogos concomitantes com as outras competições que Bahia e Vitória estivessem jogando. Por quê? Porque a Copa do Nordeste precisava ganhar mais datas. Ela estava saindo de um modelo e indo para outro. Com isso, o Baiano seria estrangulado ou os times teriam que jogar com os times alternativos...", explicou.

 

Apesar do acordo, Bellintani afirmou que se viu surpreendido com o fato do Vitória não usar um elenco alternativo em 2021 e disse não ter sido informado pela FBF e citou que o Rubro-negro teve "todo espaçamento necessário" para jogar as suas partidas. Vale lembrar que dois jogos do Vitória foram remarcados por conta de surtos de Covid-19 no Jacuipense e no Vitória da Conquista.

 

"Em 2020, Bahia e Vitória jogaram o Baiano com o time de transição até a pandemia. Em 2021, fomos surpreendidos porque o Vitória anunciou que jogaria com o time principal. O Vitória tem o direito, mas nós não fomos informados de que nosso acordo estava caindo. Não precisa me dar satisfação, ele [Paulo Carneiro] não me deve satisfação. Mas eu queria entender da Federação se as datas continuariam sendo marcadas de forma concomitantes ou se não haveria mais isso. No começo do Campeonato Baiano desse ano, a Federação nos perguntou se a gente jogaria com o time sub-23. Eu disse que seguiríamos e continuou sem nos falar nada. Inclusive, o início do Baiano foi antecipado para o Vitória ter mais datas para não chocar com outras competições. Qual foi a reclamação do Bahia? Zero. Nenhuma. Nunca nos dirigimos para reclamar. Começou a marcar datas concomitantes do Bahia e o Vitória com todo o espaçamento necessário. O Bahia nunca reclamou disso. Nos sentimos prejudicados? Sim. Perdemos um pouco de flexibilidade", disse.

 

"A Federação exigiu do Bahia que jogasse sábado e domingo e deu a possibilidade do Vitória jogar quartas e domingos. Por que o Vitória não poderia jogar com o time reserva um jogo só e manter o final da fase classificatória? Por que a Federação não poderia marcar um jogo terça, um jogo quinta e um jogo domingo e ajustar para o Vitória jogar um jogo com reservas?", completou.

 

De acordo com Bellintani, o Bahia tem problemas de diálogo com a FBF e a entidade ignorou um ofício com o pedido de que a última rodada do Campeonato Baiano fosse remarcada. O argumento do clube era o fato de jogar contra o Independiente na terça-feira (4) passada.

 

"Nunca houve diálogo. O Bahia mandou um ofício para a Federação avisando que não poderia jogar na primeira semana de maio com o time de transição. Sabe o que a Federação fez? Ignorou o ofício do Bahia. E o tempo foi passando e a final da Copa do Nordeste virou realidade. Jogo sábado, jogo terça e jogo sábado de novo. Tenho um time de transição para apoiar em jogos importante, um exemplo disso é Guedes e Teixeira que foram para o time principal. Eu não pedi para parar de jogar com o time de transição. Pedi apenas para que a nona rodada não fosse adiada e que o Vitória jogasse três partidas em uma semana. O Vitória virou intocável. É diferença de tratamento. Ter um time de transição ajuda o Campeonato Baiano a ter mais dinâmica, mas não pode ser uma prisão. O Bahia foi prejudicado por ter um time de transição", pontuou.

 

Ainda segundo o presidente, houve um contato com o Sindicato dos Atletas Profissionais da Bahia (Sindap-BA) para informar a necessidade de usar jogadores em jogos com um intervalo menor de 66h. Durante a entrevista com a Sociedade, Guilherme disse ter saudades da relação com Ednaldo Rodrigues, que deixou a FBF para assumir o cargo de vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

 

"Avisei ao sindicato que nós precisaríamos usar jogadores terça e quarta, porque não quero o Sindicato em cima de mim e Ronaldo [Passos, presidente do Sindicato dos Atletas] disse que não autorizava. Aí o Sindicato entrou com a ação. Vão dizer que é estranho o sindicato. Eles estão lutando por um direito do jogador. Quem está errada é a Federação. Esperamos o jogo de ontem e as decisões de Dado [Cavalcanti]. Ao final do jogo, disse para o sindicato que não queria prejudicar o Campeonato Baiano. Nunca imaginei que diria isso, mas eu sinto saudade da forma com que Ednaldo Rodrigues dialogava com o Bahia", finalizou.

 

Classificado para a próxima fase do Campeonato Baiano, o Bahia entra em campo para enfrentar o Bahia de Feira no próximo sábado (8), às 19h30, no estádio de Pituaçu.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 22:34

FBF divulga tabela detalhada das semifinais do Baianão 2021

por Ulisses Gama

FBF divulga tabela detalhada das semifinais do Baianão 2021
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

A Federação Bahiana de Futebol definiu na noite desta quarta-feira (5) a tabela das semifinais do Campeonato Baiano. Atual campeão estadual, o Bahia irá enfrentar o Bahia de Feira no próximo sábado (8), às 19h30, no estádio de Pituaçu. O jogo está marcado para ocorrer pouco depois da decisão do Tricolor na Copa do Nordeste, contra o Ceará.

 

A partida decisiva será na próxima terça (11), também às 19h30, na Arena Cajueiro.

 

Líder da primeira fase com 18 pontos conquistados, a Juazeirense vai fazer o seu primeiro jogos no domingo (9), às 16h, no Carneirão, em Alagoinhas. A decisão da vaga na final ficou para a próxima quarta (12), às 19h30, no Adauto Moraes, em Juazeiro.

 

Todas as partidas desta fase do estadual terão a transmissão da TVE Bahia.

Histórico de Conteúdo