Terça, 01 de Dezembro de 2020 - 06:15

Com vantagem, Bahia decide vaga nas quartas da Sul-Americana contra o Unión

por Ulisses Gama

Com vantagem, Bahia decide vaga nas quartas da Sul-Americana contra o Unión
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O dia é de decisão para o Bahia. A partir das 19h15 desta terça-feira (1º), o Esquadrão de Aço decide a vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana contra o Unión Santa Fé no estádio 15 de Abril, em Santa Fé. Como venceu o primeiro jogo por 1 a 0, o Esquadrão de Aço pode até empatar.

 

A equipe chega para a partida após uma derrota para o São Paulo na Arena Fonte Nova e muito afetada pela Covid-19. 

 

Os problemas, no entanto, não tiram o foco de garantir a classificação. Foi o que afirmou o volante Edson em entrevista no CT do Colón na última segunda (30).

 

"A gente acredita que é o momento de superação. A gente sabe que esse jogo contra o São Paulo foi um jogo que a gente não esperava perder, um jogo que a gente procurava dar uma sequência de triunfos, no Campeonato Brasileiro, para buscar coisas maiores. A gente sabe que a gente tem tempo para isso ainda, mas a gente tem que virar a página, focar agora no Unión Santa Fe, que a gente sabe que é um jogo de suma importância para cada um de nós. Vamos procurar sair daqui classificados", disse.

 

Para a partida, o Tricolor não vai ter o goleiro Mateus Claus, os laterais Zeca e Juninho Capixaba, e o volante Ronaldo. Todos estão em isolamento por conta do coronavírus. Outro que segue fora é o técnico Mano Menezes. Com isso, Cláudio Prates segue no comando.

 

FICHA TÉCNICA
Unión Santa Fé x Bahia
Copa Sul-Americana - Oitavas de final (2º jogo)

Local: 15 de Abril, em Santa Fé
Data: 01/12/2020 (terça-feira)
Horário: 19h15
Árbitro: Jhon Ospina (COL)
Auxiliares: Sebastián Vela e Wilmar Navarro (ambos da Colômbia)
VAR: Carlos Betancur

 

Unión Santa Fé: Bonansea; Gerometta, Calderón, Godoy e Corvalán; Elizari, Assis, Zenón e Bucca; Cabrera e Garcia. Técnico: Leonardo Madelón.

 

Bahia: Douglas; Edson, Ernando, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Ramon e Rodriguinho; Fessin, Élber e Gilberto. Técnico: Mano Menezes.
 

Segunda, 30 de Novembro de 2020 - 19:28

Mano Menezes pega quatro jogos de gancho no STJD; Clayson suspenso por 1 jogo

por Ulisses Gama

Mano Menezes pega quatro jogos de gancho no STJD; Clayson suspenso por 1 jogo
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O técnico Mano Menezes, do Bahia, pegou quatro jogos de suspensão no Superior Tribunal de Justiça Desportiva após julgamento por conta da expulsão no jogo contra o Fluminense pelo Campeonato Brasileiro. A 1ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva aplicou a pena por unanimidade. Cabe recurso.

 

Mano Menezes foi enquadrado no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata de ofender alguém em sua honra, por ter xingado o árbitro após o jogo. A pena varia de quatro a seis jogos de suspensão e ainda prevê multa de R$ 100 a R$ 100 mil.

 

Na partida em questão, o árbitro José Mendonça da Silva Júnior, do Paraná, disse ter se sentido ofendido. 

 

"Informo que após o encerramento da partida, já no vestiário do estádio, tomei conhecimento de que o técnico da equipe Esporte Clube Bahia, senhor Luiz Antônio Venker Menezes, adentrou o campo de jogo proferindo as seguintes palavras aos seus atletas se referindo a minha pessoa: "deixa esse vagabundo aí, não quero que reclame com vagabundo não. Deixa roubar! " pude constatar tal ato através de imagens gravadas da transmissão da partida e me senti ofendido em minha honra", escreveu.

 

Infectado pela Covid-19, Mano Menezes vai ficar fora dos jogos contra Ceará, Palmeiras, Flamengo e Internacional.

 

Além de Mano Menezes, o atacante Clayson também foi julgado e punido por não usar máscara no jogo contra o Athletico Paranaense. Com isso, ele ficará de fora do jogo contra o Ceará no próximo sábado (5).

Segunda, 30 de Novembro de 2020 - 19:05

No CT do Colón, Bahia finaliza preparação para decisão contra o Unión

por Ulisses Gama

No CT do Colón, Bahia finaliza preparação para decisão contra o Unión
Foto: Divulgação / EC Bahia

O elenco do Bahia terminou na tarde desta segunda-feira (30), a preparação para o jogo contra o Unión Santa Fé, marcado para esta terça-feira (1) no CT do Colón, na Argentina.

 

Inicialmente, os atletas tricolores tiveram um minuto de conversa com os auxiliares James Freitas e Sidnei Lobo.

 

Na sequência, o auxiliar técnico Cláudio Prates comandou um trabalho de bolas paradas com a provável equipe que começa o jogo. Por fim, os atletas fizeram um trabalho de dois toques em campo reduzido.

 

Por fim, todos os atletas tricolores fizeram um trabalho de cobranças de pênaltis.

 

Como venceu o primeiro jogo por 1 a 0, o Tricolor pode até perder o segundo jogo pelo mesmo placar, que mesmo assim segue adiante. Em caso de repetição do placar para o Unión, a decisão vai para os pênaltis.

Segunda, 30 de Novembro de 2020 - 14:45

Edson prega foco para decisão contra o Unión: 'Errar o mínimo possível'

por Ulisses Gama

Edson prega foco para decisão contra o Unión: 'Errar o mínimo possível'
Foto: Divulgação / EC Bahia

O Bahia entra em campo nesta terça-feira (1) para enfrentar o Unión Santa Fé no segundo jogo das oitavas de final da Sul-Americana. Com vantagem na decisão, a equipe precisa apenas de um empate para ir às quartas de final.

 

Para garantir a classificação, o volante Edson pregou foco para a partida. O jogador destacou o confronto como um dos mais importantes da história do Esquadrão de Aço.

 

"A gente sabe que é uma partida importante para a história do clube. A gente sabe que é uma das partidas mais importantes, se não for mais importante, do ano. Então a gente está focado, preparado, para que a gente possa sair daqui com a classificação", disse.

 

Polivalente, o jogador também joga como lateral. Foi assim contra o São Paulo no último sábado (28). Ele diz não ver problemas em jogar nas duas.

 

"Antes mesmo de vir para o Bahia, eu estava atuando de lateral. Mas porque a sabe que, antes de ir para a lateral, no Globo, eu era mesmo volante. Mas já estou bem adaptado à lateral direita, mas sempre a gente procura evoluir. Onde o professor optar por mim, seja de lateral, volante, na meia... A gente vai procurar dar sempre o melhor para o Bahia, para a gente conseguir nossos triunfos", explicou o jogador, que apontou a necessidade de evitar erros no estádio 15 de Abril.

 

"A gente vai procurar dar nossas vidas dentro de campo. Procurar dar nosso máximo, errar o mínimo possível neste jogo. Mata-mata, a gente sabe que não pode errar. A qualquer erro, a gente pode perder a classificação. Então a gente está bem concentrado e bem ciente da importância do jogo. Tenho certeza que, se a gente fizer o que tem para fazer mesmo, a gente vai sair de lá classificado", indicou.

Segunda, 30 de Novembro de 2020 - 11:15

Feminino: Técnico do Bahia ressalta importância do trabalho com bolas aéreas

por Ulisses Gama

Feminino: Técnico do Bahia ressalta importância do trabalho com bolas aéreas
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Com um gol de bola parada marcado pela zagueira Anny, o time feminino do Bahia venceu o Athletico Paranaense por 1 a 0 e se garantiu nas quartas de final do Brasileiro A-2. A importância do atributo foi destacada pelo técnico Igor Morena após a partida no estádio de Pituaçu.

 

"Nosso time trabalha bastante essa bola, até por ter atletas que batem bem na bola. Anny, como ja tínhamos visto no vídeo, atacou o espaço que o Athletico costumava deixar. Ela foi feliz, subiu bem e marcou o gol", explicou o treinador.

 

Garantido na próxima fase, o comandante explicou as mudanças feitas na equipe para enfrentar o adversário e segurar a vantagem conquistada no primeiro jogo com o placar de 3 a 1.

 

"Sabíamos das dificuldades que íamos enfrentar em casa. Nós mudanos um pouco nosso time, colocando atleta com característica um pouco maior, deixando a equipe mais alta. Baixamos a linha, sabíamos que poderíamos sofrer, mas nossa ideia de jogo correu bem", celebrou. 

 

O Bahia irá enfrentar o Fortaleza nas quartas de final. Caso elimine o Tricolor do Pici, as Meninas de Aço garantem o acesso à elite do futebol nacional.

Segunda, 30 de Novembro de 2020 - 09:45

Elenco do Bahia desembarca na Argentina para decisão contra o Unión Santa Fé

por Ulisses Gama

Elenco do Bahia desembarca na Argentina para decisão contra o Unión Santa Fé
Foto: Divulgação / EC Bahia

Após a derrota para o São Paulo por 3 a 1 no Brasileirão, o Bahia agora foca na Copa Sul-Americana. Nesta terça-feira (1º), a equipe tricolor enfrenta o Unión Santa Fé em jogo decisivo das oitavas da competição. O elenco do Esquadrão de Aço já está na Argentina.

 

Em meio a um surto de Covid-19, o Esquadrão ainda não vai ter o técnico Mano Menezes, além do goleiro Matheus Claus, os laterais Juninho Capixaba e Zeca, e o volante Ronaldo. Os auxiliares Sidnei Lobo e James Freitas também estão contaminados.

 

Por outro lado, os zagueiros Anderson Martins e Lucas Fonseca, e os atacantes Gilberto e Gabriel Novaes estão à disposição após ficarem fora contra o São Paulo.

 

Sob o comando do auxiliar técnico Cláudio Prates, o grupo finaliza a preparação para a partida na tarde desta segunda-feira (30), no CT do Colón.

 

Como venceu a primeira partida por 1 a 0, o Tricolor pode até empatar, que mesmo assim avança. A repetição no placar favorável ao time da casa leva a decisão para os pênaltis. 

Domingo, 29 de Novembro de 2020 - 16:30

Vitória estreia contra CRB na Copa do Nordeste Sub-20; Bahia pega o Fortaleza

por Glauber Guerra

Vitória estreia contra CRB na Copa do Nordeste Sub-20; Bahia pega o Fortaleza
Foto: João Moretzsohn / CBF

Atual campeão da Copa do Nordeste Sub-20, o Vitória vai estrear na competição contra o CRB, no dia 12 de dezembro, um sábado , às 15h, em Recife (PE). Já o Bahia irá encarar o Fortaleza, um dia antes, também na capital pernambucana, às 15h. Os estádios ainda serão definidos pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

 

A Copa do Nordeste Sub-20 contará com 16 time divididos em quatro chaves na segunda fase. Recife (PE) será a sede única da competição. A primeira etapa é preliminar. Náutico enfrenta o Ferroviário-CE e o Globo-RN encara o América-RN, no dia 8 de dezembro, em confronto único. Os vencedores avançarão para a fase de grupos. 

 

Para as quartas de final, se classificarão os dois primeiros colocados de cada grupo. Até a final, os confrontos serão únicos.

 

O Bahia integra o Grupo C, ao lado de ABC, Fortaleza e Perilima-PB, enquanto o Vitória está na Chave E, juntamente com Moto Club, CRB e o vencedor de Náutico x Ferroviário-CE.

Sábado, 28 de Novembro de 2020 - 22:12

Prates admite queda do Bahia no 2º tempo e relata 'semana difícil' por conta da Covid

por Ulisses Gama

Prates admite queda do Bahia no 2º tempo e relata 'semana difícil' por conta da Covid
Foto: Enaldo Pinto / Ag. Haack / Bahia Notícias

Substituto de Mano Menezes, o auxiliar técnico Cláudio Prates reconheceu que o Bahia teve uma queda de rendimento no segundo tempo do jogo contra o São Paulo neste sábado (28), na Arena Fonte Nova. Após a partida, vencida pelo tricolor paulista por 3 a 1, o comandante lamentou a má atuação e indicou a necessidade de correção para os próximos jogos.

 

"A gente gostaria de que mantivesse a performance do primeiro tempo. A comissão traçou uma estratégia, foi bem cumprida, tem que parabenizar os meninos que entraram. A gente sabe hoje que temos três ou quatro treinadores, que é o teste de Covid, o teste de fisiologia. Não gosto de dar desculpas, mas a cobrança foi feita para manter. Por alguns fatores, essa performance não foi e sabemos da qualidade do São Paulo. Quand o não tem uma pegada forte, eles têm jogadores que conseguem jogar. É corrigir, mentalizar no primeiro tempo que fizemos e seguir adiante", disse.

 

A partida foi marcada por falhas defensivas do Esquadrão de Aço, principalmente no primeiro e no segundo gol. O auxiliar voltou a reconhecer a falha e citou que há uma cobrança por melhora.

 

"Precisamos e estamos treinando. Imagino o quanto vocês da imprensa batem isso, imagina a gente. O primeiro tempo foi bom em todos os sentidos, mas no segundo tempo deixamos espaços. O que foi mais alertado foi o lateral do Reinaldo. Tomar um gol de lateral... São situações que mudam a cara do jogo. Um time que propõe sai na frente, é um facilitador. Assim como seria se o pênalti no Ernando fosse dado", acrescentou.

 

Questionado sobre os casos de Covid-19 que assolam o grupo, Prates relatou que foi uma "semana difícil", marcada pela tensão em volta dos resultados dos exames. Até o momento, são sete infectados: o técnico Mano, os auxiliares Sidnei Lobo e James Freitas, e os atletas Mateus Claus, Ronaldo, Juninho Capixaba e Zeca.

 

"Essa semana foi muito difícil. A gente está sem o comandante, sem três pessoas da comissão e a cada exame é muito tenso. Isso é humano. Estamos lidando com seres humanos e a gente teve que esperar até o último minuto. Isso tá mexendo não só aqui, como em todo futebol brasileiro. Mas são coisas que a gente tenta superar com a força do grupo", explicou.

 

Agora, o foco do Bahia é a Sul-Americana. Na próxima terça-feira (1º), a equipe enfrenta o Unión Santa Fé na Argentina, pelo segundo jogo das oitavas de final da competição. Para avançar, basta um empate, já que o primeiro jogo foi vencido pelo Tricolor por 1 a 0.

Sábado, 28 de Novembro de 2020 - 21:22

Após derrota do Bahia, Juninho fala em trabalho para diminuir falhas

por Ulisses Gama

Após derrota do Bahia, Juninho fala em trabalho para diminuir falhas
Foto: Enaldo Pinto / Ag. Haack / Bahia Notícias

O Bahia perdeu para o São Paulo por 3 a 1 na noite deste sábado (28) na Arena Fonte Nova, pelo Brasileirão. Após o revés, o zagueiro Juninho reconheceu que o time não vem bem e precisa trabalhar para errar menos nos próximos jogos.

 

"A gente tem que corrigir, trabalhar o máximo no dia a dia para minimizar os erros", resumiu, em entrevista ao canal Premiere.

 

Com o resultado, o Esquadrão de Aço segue com 28 pontos e caiu para o 12º lugar. Na competição nacional, o próximo adversário será o Ceará, no próximo sábado (5), na Arena Fonte Nova.

 

Antes, a equipe vai até a Argentina para enfrentar o Unión Santa Fé nesta terça-feira (1º), às 19h15, pelo segundo jogo das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Sábado, 28 de Novembro de 2020 - 21:01

Bahia perde para o São Paulo e interrompe sequência positiva na Fonte Nova

por Ulisses Gama

Bahia perde para o São Paulo e interrompe sequência positiva na Fonte Nova
Foto: Enaldo Pinto / Ag. Haack / Bahia Notícias

O Bahia foi derrotado pelo São Paulo por 3 a 1 na noite deste sábado (28), na Arena Fonte Nova, em jogo válido pela 23ª rodada do Brasileirão. Desfigurado por causa de desfalques contaminados pela Covid-19, o Esquadrão não teve uma boa atuação e viu Luciano (duas vezes) e Arboleda marcarem. Clayson fez o gol do time da casa. Esse foi o primeiro revés no estádio desde o retorno da equipe neste ano.

 

Com o resultado, o Bahia caiu para o 12º lugar, com 28 pontos conquistados. O próximo desafio da equipe será na próxima terça-feira (1º), contra o Unión Santa Fé, pelo jogo decisivo das oitavas de final da Copa Sul-Americana. 

 

O JOGO

 

O começo do jogo foi marcado por boas chances para os dois lados. Aos quatro minutos, Rossi recebeu lançamento em profundidade, avançou e chutou em cima do goleiro Tiago Volpi. Dois minutos depois, o São Paulo respondeu com Brenner, que finalizou da entrada da área para boa defesa de Douglas.

 

Aos 15 minutos, Brenner tabelou com Luciano e ficou de cara para o gol. Na hora de finalizar, o atacante botou a bola por cima da meta. 

 

Quando o relógio marcava 25 minutos, após cobrança de falta na área, Léo afastou a bola, mas Tiago Volpi acabou atingindo o zagueiro Ernando acidentalmente. O lance chegou a ser analisado pelo árbitro de vídeo, mas o juiz Leandro Pedro Vuaden nada marcou.

 

O Bahia teve uma boa oportunidade aos 43. No lance, após um bate e rebate, a bola sobrou com Alesson, que chutou travado com a defesa. Três minutos depois, Alesson fez jogada pelo lado esquerdo e serviu Gregore, que bateu de primeira da entrada da área para grande defesa de Tiago Volpi.

 

Aos 48, Rodriguinho cruzou rasteiro para Alesson, que dividiu com o zagueiro e o goleiro do São Paulo, mas a bola acabou indo para fora. Antes do fim da primeira etapa, Douglas evitou que a cabeçada de Arboleda parasse na rede.

 

Segundo tempo

 

O São Paulo começou pressionando. Aos quatro minutos, Luciano mandou uma bomba de fora da área para grande defesa de Douglas. 

 

Luciano abre o placar de bicicleta

 

A pressão acabou dando certo. Aos seis minutos, Reinaldo cobrou escanteio longo, Ernando cabeceou para trás e a bola sobrou com Luciano, que emendou uma bicicleta antes de Douglas chegar na bola e acertou a rede.

 

Depois de abrir o placar, a equipe de Diniz seguiu em cima. No minuto 14, Daniel Alves cruzou na área e Igor Gomes quase amplia.

 

Arboleda marca o segundo

 

Sem reação dentro de campo, o Esquadrão de Aço sofreu o segundo gol. Eram marcados 20 minutos quando Reinaldo cobrou falta na área e Arboleda, sendo marcado pelo baixinho Elias, cabeceou sem dificuldades.

 

Luciano faz o terceiro

 

Aos 28, Daniel Alves tocou para Reinaldo, que cruzou rasteiro para Luciano, que finalizou firme, sem qualquer chance para Douglas.

 

Depois de sofrer o terceiro, o Bahia voltou a criar com Matheus Bahia, que aproveitou cruzamento e completou para boa defesa de Tiago Volpi aos 30.

 

Bahia diminui com Clayson

 

O Bahia diminuiu aos 35. Nino Paraíba avançou em velocidade pela direita, cruzou rasteiro e Clayson bateu de primeira na entrada da área.

 

FICHA TÉCNICA
Bahia 1 x 3 São Paulo
Campeonato Brasileiro - 23ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 28/11/2020 (sábado)
Horário: 19h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn e Victor Hugo Imazu dos Santos (ambos do PR)
VAR:Heber Roberto Lopes (SC), com auxílio de Tiago Nascimento dos Santos (PE) e Luciano Roggenbaum (PR)

Cartões amarelos: Gabriel Sara, Daniel Alves

Gols: Clayson (Bahia) / Luciano (duas vezes), Arboleda (São Paulo)

 


Bahia: Douglas; Edson, Ernando, Juninho e Matheus Bahia; Gregore, Ramon (Élber) e Elias (Nino Paraíba); Alesson (Saldanha), Rossi (Clayson) e Rodriguinho (Daniel).  Técnico: Cláudio Prates.

 


São Paulo: Tiago Volpi, Juanfran (Vitor Bueno), Arboleda, Léo (Tchê Tchê) e Reinaldo; Luan, Gabriel Sara (Hernanes), Igor Gomes (Rodrigo Nestor) e Daniel Alves; Luciano (Pablo) e Brenner. Técnico: Fernando Diniz.

Histórico de Conteúdo