Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 23 de Maio de 2022 - 12:45

Davó comemora gols contra a Ponte e reforça foco do Bahia: 'Juntos no objetivo'

por Ulisses Gama

Davó comemora gols contra a Ponte e reforça foco do Bahia: 'Juntos no objetivo'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Após muitos jogos de cobrança, o atacante Matheus Davó finalmente desencantou pelo Bahia com dois gols contra a Ponte Preta na última sexta (20), pela oitava rodada da Série B. Feliz com o momento positivo, ele destacou, em entrevista coletiva nesta segunda-feira (23), a importância de marcar diante de mais de 20 mil torcedores na Arena Fonte Nova.

 

"Não imaginava que seria tão especial. Da forma que foi, da vontade que foi, foram gols especiais, principalmente na lotação máxima que pude jogar na Arena. Foi muito especial e estou muito feliz", disse.

 

Questionado sobre deslanchar no Esquadrão após os gols, o atacante reafirmou a importância de ajudar a equipe. Para ele, o principal foco é garantir o acesso no fim da temporada.

 

"É importante os gols saírem, mas o mais importante é ajudar o Bahia. Um dia vou fazer dois gols, outro atacante vai marcar, mas o importante é todos juntos no mesmo objetivo", destacou.

 

O rival da próxima rodada é o Tombense e a bola vai rolar na próxima sexta-feira (27), às 19h, em Muriaé. Davó reiterou a necessidade do foco e afirmou que o jogo será "uma guerra".

 

"Um adversário que não conseguiu muitos pontos, mas é nesses jogos que temos que entrar focados. É o jogo da vida deles. Quando enfrentam equipes como o Bahia, é um jogo visado. É uma viagem cansativa, vai ser uma guerra. Vamos chegar lá preparados para buscar o triunfo", pontuou.

 

O Bahia é o vice-líder da Série B, com 16 pontos conquistados.

Segunda, 23 de Maio de 2022 - 12:15

Bahia segue preparação para enfrentar o Tombense com físico e tático

por Ulisses Gama

Bahia segue preparação para enfrentar o Tombense com físico e tático
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Mais uma manhã de trabalho para o Bahia nesta segunda-feira (23), no CT Evaristo de Macedo. A equipe de Guto Ferreira deu continuidade aos treinamentos com foco no jogo contra o Tombense, marcado para a próxima sexta-feira (27), às 19h, em Muriaé, pela nona rodada da Série B.

 

Antes do campo, o comandante tricolor reuniu os atletas para o acompanhamento de vídeos sobre o adversário e as últimas partidas do Tricolor.

 

Na sequência, todos passaram por um circuito de força e potência sob a orientação da preparação física.

 

Para começar a atividade com bola, um treino tático setorizado. Laterais e atacantes trabalharam cruzamentos e finalizações com os auxiliares Alexandre Faganello e Bruno Lopes. Na outra parte, jogadores de defesa fizeram atividades específicas com Guto e o auxiliar André Luís. Por fim, o treinador comandou um coletivo.

 

O meia Lucas Mugni treinou normalmente mais uma vez e pode aparecer na lista de relacionados.

 

Por outro lado, a atividade não contou com o lateral-esquerdo Luiz Henrique o atacante Rildo, poupados por desgaste muscular. Os atacantes Raí e Rodallega, participaram da primeira parte dos trabalhos físicos e depois fizeram atividades específicas. Já o atacante Marcelo Ryan continuou tratamento na fisioterapia.


Vale lembrar que o time não terá o volante Rezende, suspenso. Por outro lado, Daniel fica à disposição após cumprir uma partida.

 

A equipe volta a treinar nesta terça-feira (24), pela manhã, novamente no CT.

Domingo, 22 de Maio de 2022 - 15:30

Possível substituto de Rezende, Emerson Santos ressalta força do banco do Bahia

por Ulisses Gama / Nuno Krause

Possível substituto de Rezende, Emerson Santos ressalta força do banco do Bahia
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

Possível substituto de Rezende, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, para o confronto contra a Tombense, o volante Emerson Santos destacou, neste domingo (22), a força do banco do Bahia. No jogo contra a Ponte Preta, por exemplo, Gregory e Jacaré construíram a jogada do segundo gol de Davó após entrarem no segundo tempo. 

 

"O banco tem ajudado muito. Todo mundo está se preparando, esperando sua oportunidade", afirmou, em entrevista ao Bahia Notícias. Com ele, não é diferente. 

 

"Tenho trabalhado forte. Acredito que cada vez mais estou entendendo o estilo de jogo do professor, me ambientando com o grupo. Cada vez mais tenho para melhorar e ajudar os meus companheiros, e juntos conquistarmos nossos objetivos", pontuou. 

 

O Bahia entra em campo na próxima sexta-feira (27), contra a Tombense, lanterna do campeonato, pela nona rodada da Série B do Brasileirão. O duelo será no estádio Soares de Azevedo, às 19h, em Muriaé (MG). 

 

"É um adversário que está lá embaixo, mas é difícil. Não perdeu dentro de casa ainda. Estamos estudando eles", ressaltou Emerson.  

Domingo, 22 de Maio de 2022 - 14:20

Bellintani projeta contratações para o Bahia em julho: 'Será o momento de reforçar o time'

por Ulisses Gama / Nuno Krause

Bellintani projeta contratações para o Bahia em julho: 'Será o momento de reforçar o time'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, projeta fazer novas contratações para o elenco na abertura da próxima janela de transferências, em julho. De acordo com o mandatário, apesar da situação financeira delicada, "será o momento de reforçar o time", citando o duelo contra a Ponte Preta na última sexta-feira (20).  

 

"Sempre digo que não me ilude uma liderança, uma segunda colocação. O campeonato é muito difícil. O jogo de hoje [sexta-feira] mostrou isso. Um time do meio pra baixo da tabela, como a Ponte, fez um jogo muito difícil, foi superior ao Bahia em grande parte do jogo, mas a competição é isso. Tenho consciência de que estamos em um momento bom, mas que precisamos ficar atentos e não subir no salto", destacou, em entrevista na zona mista da Fonte Nova. 

 

O Bahia está, neste momento, na vice-liderança da Série B, com 16 pontos conquistados em oito rodadas. O Cruzeiro é o primeiro, 19. Atrás do Tricolor, aparecem Sport, com 15, e Vasco, com 14. 

Domingo, 22 de Maio de 2022 - 11:05

Elenco do Bahia volta a treinar de olho em jogo contra o Tombense; saiba detalhes

por Ulisses Gama

Elenco do Bahia volta a treinar de olho em jogo contra o Tombense; saiba detalhes
Foto: Felipe Santana / EC Bahia

O elenco do Bahia voltou a treinar na manhã deste domingo (22) de olho no jogo contra o Tombense, marcado para a próxima sexta-feira (27), às 19h, em Muriaé, pela nona rodada da Série B.

 

A grande novidade da atividade foi a presença do meia Mugni, que está recuperado de uma lesão muscular e treinou normalmente junto com os atletas que jogaram menos de 45 minutos ou não jogaram contra a Ponte Preta.

 

No gramado, os atletas fizeram, inicialmente, uma trabalho em campo reduzido com foco na troca de passes e posse de bola. Logo depois, o técnico Guto Ferreira treinou situações de ataque contra defesa, com um goleiro em uma das equipes.

 

O time de colete laranja jogou com Mateus Claus; Miqueias, Gabriel, Didi e Zé Vitor; Falcão, Warley, Mugni e Ramon.

 

Já a equipe azul formou com Jonathan, Emerson Santos, Djalma; Gregory, Daniel, Everton Jacaré e Ronaldo.

 

Mugni treinou com o elenco do Bahia | Foto: Felipe Santana / EC Bahia

 

Os goleiros Danilo Fernandes, César, Matheus Teixeira e Dênis Júnior fizeram um treino específico com o preparador Rogério Lima.

 

Os titulares de linha, por outro lado, fizeram um treino regenerativo com fisioterapia e academia. Recuperado de uma gripe, o lateral-esquerdo Matheus Bahia treinou a parte física e deu voltas no campo.

 

Fora da atividade, os atacantes Raí e Rodallega fizeram um treino de transição física sob o comando do preparador físico Vitor Gonçalves. Já o atacante Marcelo Ryan, com uma lesão muscular, fez tratamento na fisioterapia.

 

Rodallega segue em processo de transição física | Foto: Felipe Santana / EC Bahia
 

Domingo, 22 de Maio de 2022 - 09:55

Mugni treina com o grupo e pode ser opção para o Bahia contra o Tombense

por Ulisses Gama

Mugni treina com o grupo e pode ser opção para o Bahia contra o Tombense
Foto: Rafael Machaddo / EC Bahia

O jogo contra o Tombense, na próxima sexta-feira (27), em Muriaé, pode ser marcado pelo retorno do meia Lucas Mugni ao Bahia. Recuperado de lesao, o atleta participou normalmente do treino com o grupo tricolor na manhã deste domingo (22) e tem chances de ser relacionado.

 

Mugni teve uma lesão muscular que o afastou dos jogos do Esquadrão de Aço nos últimos meses. Sua última partida disputada foi no último dia 19 de março, cotnra o Sergipe, pela Copa do Nordeste.

 

Com o objetivo de se firmar cada vez mais entre os quatro primeiros colocados, o Bahia ocupa a primeira posição da Série B, com 16 pontos conquistados. A delegação tricolor segue viagem para o interior mineiro na próxima quarta-feira (25).

 

Mugni participa de treino neste domingo (22) | Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

Bellintani garante que Bahia vai se manifestar 'em breve' sobre liga do futebol brasileiro
Foto: Felipe Oliveira/ Divulgação /EC Bahia

Nos últimos anos, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, vinha sendo figura importante na construção de ideias para a criação de uma liga no futebol brasileiro. No entanto, apesar do recente anúncio e da adesão de clubes à Liga do Brasil (Libra), o Esquadrão ainda não se posicionou sobre o assunto. Questionado sobre o "silêncio" do Tricolor, o mandatário declarou que o clube está em conversas e deve falar oficialmente sobre o assunto "em breve".

 

"A gente passou dois anos no movimento de liderança da liga, eu e outros clubes. O que está acontecendo agora é fruto do trabalho que foi feito em 2020 e 2021. Acontece que os clubes se dividiram. Um grupo que fundou a Libra e outro grupo que é o Forte Futebol, de clubes pequenos e médios, economicamente falando. O Bahia tem procurado conversar com os grupos, provocar união... Tenho falado pouco porque o trabalho que fiz é suficiente. Meu trabalho é mais de bastidor, mas de muita conversa. Falo com os proponentes da Liga, fui à São Paulo. Em breve, o Bahia vai se manifestar", disse, em entrevista coletiva na última sexta-feira (20), na Arena Fonte Nova.

 

Ciente de que não terá uma organização "perfeita", Bellintani reforçou o interesse de buscar o máximo de equilíbrio possível para a organização. Internamente, o Tricolor vem tentando equalizar a questão das cotas, além da representatividade dentro do processo.

 

"A gente entende que não vai ter uma liga perfeita. Não vamos ter uma liga boa para o Flamengo e para a Chapecoense. Estamos buscando uma liga equilibrada. Cada um tem que perder um pouco. Quando tiver um equiliíbrio maior, o Bahia vai estar à disposição. Estamos colaborando com argumento, estudo. Tem uma pessoa no Bahia especificamente estudando os números. Assim que estiver maduro, vamos emitir nosso posicionamento. Tá muito próximo. A conversa que tive em São Paulo foi muito interessante", pontuou.

 

Até o momento, dez clubes fazem parte da Libra: Vasco, Botafogo, Flamengo, Corinthians, Palmeiras, Santos, São Paulo, Cruzeiro, Red Bull Bragantino e Ponte Preta.

Domingo, 22 de Maio de 2022 - 08:20

Árbitro cita invasão de campo na súmula do jogo entre Bahia e Ponte Preta

por Ulisses Gama

Árbitro cita invasão de campo na súmula do jogo entre Bahia e Ponte Preta
Foto: Divulgação / EC Bahia

O árbitro Dênis da Silva Ribeiro Serafim relatou em súmula a invasão de campo após a vitória do Bahia sobre a Ponte Preta por 2 a 1 na última sexta-feira (20), na Fonte Nova, pela Série B. A atitude pode ser denunciada no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

 

"Informo que após o término da partida, alguns torcedores (não identificando a quantidade) da equipe mandante, Esporte Clube Bahia, invadiram o campo de jogo e foram em direção da equipe supracitada. os mesmos foram contidos pelo policiamento", escreveu o juiz.

 

Através de nota oficial publicada no último sábado (21), o Esquadrão de Aço repudiou a atitude e informou que dois dos envolvidos são sócios do clube e podem ser suspensos do quadro.

 

"Todas as pessoas envolvidas foram prontamente contidas pelo efetivo policial presente ao estádio e levadas à delegacia da praça esportiva, onde se lavrou o boletim de ocorrência. Dois dos invasores foram identificados como sócios do clube e a direção encaminhará expediente à Comissão de Ética do Conselho Deliberativo para análise do caso e punições cabíveis. Por fim, conforme já alertado diversas vezes, embora fato isolado que não representa a postura habitual da nossa torcida, reiteramos que atitudes lamentáveis como essas podem resultar em processo disciplinar perante a Justiça Desportiva com possibilidade da aplicação de duras penalidades contra o Esquadrão", explica o comunicado.

 

O Tricolor jogou na Arena Fonte Nova diante de 23.426 pagantes, recorde de público na temporada 2022. A próxima partida da equipe em Salvador será no próximo dia 4 de julho, às 16h30, contra o Criciúma.

 

 Guto reconhece erro durante o jogo, mas diz: 'Não vamos ganhar todas jogando bem'
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

Apesar do triunfo diante da Ponte Preta, nesta sexta-feira (20), o técnico Guto Ferreira reconhece que a atuação do Bahia não foi das melhores. Acuado no campo de defesa durante boa parte do confronto, o Tricolor sofreu seu primeiro gol na Arena Fonte Nova e quase perdeu seus 100% de aproveitamento. 

 

"Uma coisa que tem que ser salientada: não vamos ganhar todas as partidas jogando bem. O importante é triunfar. Jogamos bem contra o Vasco mas não triunfamos. Contra o Ituano, CSA. Hoje nós não jogamos tão bem, tivemos ao todo da partida uns 35 minutos bem, mas triunfamos", ponderou. 

 

Sem poder utilizar o meia Daniel, destaque do time, suspenso, Guto optou por Warley no primeiro tempo. No intervalo, por motivos físicos, ele tirou o atleta e colocou Lucas Falcão no lugar. No entanto, a estratégia não deu certo, e o comandante se viu obrigado a tirar o próprio Falcão aos 37 minutos da etapa final. 

 

"Culpa nenhuma do Falcão. Tem situações do jogo que você muda. Assim como acerto, eu erro. A estratégia não andou. Aí que está o detalhe. Tivemos a coragem e, pedindo desculpas ao menino, de colocar Gregory, que entrou muito bem com Jacaré e Everton. Esses três jogadores, com Davó, conseguiram fazer a marcação que tinha caído de produção. Conseguimos mais uns 10 minutos de efetividade. O grande problema era que estávamos cedendo espaço. Uma das grandes virtudes da equipe é marcar mais alto, não estava conseguindo. Essa situação estava meio frouxa, ao ponto de colocar nossos jogadores de meio em linha. Não conseguíamos sair, nem fazer o passe. Erro nosso. A entrada do Gregory trouxe exatamente o que precisávamos", avaliou. 

 

Como é costume, o técnico ressaltou que os garotos devem passar por um processo antes de ter grandes responsabilidades no elenco profissional. "Sempre a gente tem um receio de colocar. Mas acho que o empate tirou a responsabilidade deles, e eles só cresceram. Saíram por cima. Temos que salientar que a equipe soube sofrer, também. E outra coisa que essa equipe tem, que vem se caracterizando como uma marca registrada: ela não desiste. Busca do primeiro ao último minuto. Pode não conseguir, mas está buscando o tempo todo, e hoje foi premiada", comemorou. 

 

Líder do campeonato, o Bahia volta a campo na próxima sexta-feira (27), contra o Tombense, fora de casa. Guto terá a volta do meia Daniel, mas perdeu o volante Rezende, que levou o terceiro cartão amarelo nesta sexta. 

Sábado, 21 de Maio de 2022 - 00:55

Bellintani revela acordo com a BWA por dívida de R$ 21 milhões: 'Quitamos completamente'

por Ulisses Gama / Nuno Krause

Bellintani revela acordo com a BWA por dívida de R$ 21 milhões: 'Quitamos completamente'
Foto: Divulgação / EC Bahia

O presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, revelou, nesta sexta-feira (20), que o clube fez um acordo para quitar sua dívida de R$ 21 milhões com a empresa BWA. Desde 2019, por determinação do Tribunal de Justiça de São Paulo, até a semana passada, a agremiação tinha que destinar 10% de todas as suas receitas ao processo. 

 

"[Isso aconteceu] por causa e uma confissão de dívida assinada em 2011, pelo antigo presidente do clube. Resultou em um processo de mais de R$ 20 milhões. Tivemos R$ 21 milhões retidos desde 2019 até a semana passada. Poderia se continuar juntando, mas realizamos um acordo e quitamos completamente a dívida com a BWA", destacou o mandatário, em entrevista na zona mista após o triunfo do Esquadrão sobre a Ponte Preta, pela oitava rodada da Série B. 

 

Prejudicado financeiramente pela pandemia de Covid-19, o Bahia vive um processo de readequação para o pagamento de suas dívidas. A trabalhista, por exemplo, rendeu um bloqueio de R$ 8 milhões ao clube, problema que já foi resolvido. 

 

"Fizemos um acordo em 2020 em que conseguimos cumprir integralmente até setembro de 2021. No final do ano, com a queda do número de sócios, protocolamos um pedido na Justiça do Trabalho, requerendo a ativação de uma das cláusulas. Em caso de queda de receita, o Bahia tem o direito de rever o valor a ser pago, sentar para negociar. Desde outubro, dezembro novamente, fevereiro novamente, e essa audiência não foi marcada. Agora, conseguimos marcar e repactuamos a parcela, justamente como previa o acordo anterior. Saiu de R$ 450 mil para R$ 150 mil, muito mais adequado à realidade do clube. Além disso, deixamos para pagamento do passado até aqui o prêmio pela passagem de fase na Copa do Brasil. Foi um acordo muito bom para o clube, se adapta à realidade da Série B. Não vemos esses credores como adversários. São pessoas que prestaram serviços e devem receber por isso, mas da forma que o clube pode pagar. Já pagamos mais de R$ 40 milhões pré-2013", explicou Bellintani. 

 

O Tricolor vem discutindo, nos últimos meses, a possibilidade de implementar o projeto da Sociedade Anônima do Futebol (SAF). Caso isso aconteça, o presidente garante que "logicamente temos nessa negociação uma forma de resolver e sanar o problema da dívida histórica do Bahia". 

 

Enquanto isso, o Bahia se vira com o que tem. A venda do Fazendão, por exemplo, está avançada. "Estamos na fase de discussão de minuta contratual. Recebemos uma proposta muito boa, foi avaliada pela Assembleia de Sócios, foi aprovada. Depois dessa, recebemos uma proposta ainda melhor, que deve ser efetivada. Está em discussão contratual", revelou Bellintani. 

 

Apesar da situação financeira delicada, o presidente projeta contratações para a janela de transferências de julho. "Entendo que julho será o momento de reforçar o time. Sempre digo que não me ilude uma liderança, uma segunda colocação. O campeonato é muito difícil. O jogo de hoje mostrou isso. Um time do meio pra baixo da tabela, como a Ponte, fez um jogo muito difícil, foi superior ao Bahia em grande parte do jogo, mas a competição é isso. Tenho consciência de que estamos em um momento bom, mas que precisamos ficar atentos e não subir no salto", ponderou.

Histórico de Conteúdo