Mesmo desfalcado de centroavantes, Inter descarta estreia de Guerrero contra Bahia
Foto: Ricardo Duarte / Internacional

O Internacional viajará para Salvador sem ter um centroavante de ofício na sua delegação para encarar o Bahia pelo Campeonato Brasileiro. Mesmo sem poder contar com Leandro Damião, que sofre de dores na coluna cervical, e nem com o suspenso Jonatan Alvez, o Colorado não cogita apressar a estreia de Paolo Guerrero para quarta-feira (22). O técnico Odair Hellmann garantiu que o peruano não será relacionado.

 

"O Guerrero não vai nem viajar. O Guerrero precisa de preparação, não vamos colocar ele em campo por colocar. Vamos colocar ele quando tiver condições de devolver aquilo que ele pode fazer, que é jogar um grande futebol. Não adianta nos apressarmos para ele vir a campo e não conseguir dar o seu melhor. A gente nunca fez isso e não vai fazer. Vamos deixar ele durante essa semana toda aqui para buscar o melhor nível técnico e físico. Assim que acharmos que ele está com a melhor forma, a gente vai relacionar ele para o jogo", afirmou.

 

Apresentado na última quarta-feira (15), Guerrero se recupera de um problema na coxa esquerda. Antes de fazer sua estreia com a camisa do Colorado, o atacante passará por um período de recondicionamento físico. A ideia é que ele entre em campo no próximo domingo (26) contra o Palmeiras, no Beira-Rio. Para o compromisso diante do Bahia, William Pottker é a opção mais provável para ser o homem de referência do ataque gaúcho.

 

Além de Alvez, o comandante do Inter ainda perdeu Nico López e Fabiano. O trio recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Paraná, por 1 a 0, no último domingo (19). Porém, existe a possibilidade do retorno do lateral Zeca. Ele não atua desde a partida contra o Botafogo, quando sofreu uma pancada no pé direito. Caso, não continue sem condições de jogo, Dudu deverá ocupar a vaga na lateral-direita.

 

Bahia e Inter se enfrentam a partir das 19h30 desta quarta, na Arena Fonte Nova, pela 20ª rodada do Brasileirão. O Colorado é o vice-líder com 38 pontos na tabela de classificação. O Tricolor é o 11º com 22.

Segunda, 20 de Agosto de 2018 - 12:55

Carpegiani lamenta falta de volantes no Vitória: 'O único que tenho está no DM'

por Glauber Guerra

Carpegiani lamenta falta de volantes no Vitória: 'O único que tenho está no DM'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

Após o revés por 3 a 0 para o Palmeiras (relembre aqui), o técnico Paulo Cézar Carpegiani lamentou o fato de não ter um primeiro volante à disposição na equipe. Willian Farias, que desempenha essa função, se recupera de lesão no departamento médico.

 

“Na realidade, o Ramon não é volante, é zagueiro. Volante, volante mesmo, não tem. Rodrigo não é volante, é segundo homem, teve dificuldade de posicionamento no primeiro tempo. Ele tem que se aperfeiçoar nisso. Muito bom jogador, de força, mas que precisa ter noção melhor do posicionamento. Iniciou o jogo perdido. Você não tinha escolha. Queria ter um volante. O único que tenho está no departamento médico. O volante, volante que nós temos. Tem que ter paciência”, afirmou.

 

Carpegiani ainda falou que sua equipe deixou a desejar no revés para o Palmeiras.

 

“Acredito que todo mundo viu. Realmente deixamos muito a desejar, sob todos os aspectos. Não temos muito o que dizer, todo mundo viu o que ocorreu. Não podemos desmerecer uma equipe que é outro patamar, outro tipo de investimento, que é candidata a meu ver. Acredito que o Palmeiras, se fixar, passa a ser o grande candidato. Já uma diferença, mas a diferença foi muito grande. Encontramos uma equipe apática, sem a compostura que tínhamos que ter. Encontramos dificuldades normais de três dias de treinamento”, destacou.

 

O Vitória a ocupa a 17ª posição no Campeonato Brasileiro com 19 pontos. A equipe comandada por Paulo Cézar Carpegiani volta a campo na próxima quinta-feira (23) contra o Flamengo, às 19h30, no Maracanã.

Segunda, 20 de Agosto de 2018 - 11:30

Thiago Neves se surpreende com postura ofensiva do Bahia

Thiago Neves se surpreende com postura ofensiva do Bahia
Foto: Vinnícius Silva / Cruzeiro E.C.

O Bahia chegou a sair na frente do Cruzeiro em pleno Mineirão, mas acabou sofrendo o empate, no último domingo (19), pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. A postura ofensiva do Tricolor surpreendeu um dos principais jogadores do time mineiro, Thiago Neves. O atleta, que marcou o gol da Raposa, acreditava que a equipe baiana entraria desgastada devido à decisão contra o Palmeiras, na última quinta-feira (16), pela Copa do Brasil.

 

"O Bahia jogou na quinta e a gente achou que eles iam entrar cansados, mas o Bahia também tentou jogar, tentou o gol. Mas se a gente faz o segundo gol estava tudo perfeito. A gente tentou de todas as formas, pelos lados, pelo meio, mas hoje o segundo gol não a gente não conseguiu caprichar", disse após o duelo terminar em 1 a 1.

 

Além do Brasileiro, o Cruzeiro está envolvido nas disputas da Copa do Brasil e da Copa Libertadores da América. Após encarar três partidas de mata-mata pelos dois torneios, Thiago Neves admitiu certo relaxamento com a competição de pontos corridos.

 

"Você gasta toda sua preparação para um mata-mata, que você vai a 200%, na adrenalina. E nos jogos que você pode buscar os pontos depois (em outras partidas), você acaba relaxando um pouco. E acho que nosso primeiro tempo foi assim. Melhoramos muito no segundo tempo, mas não deu para ganhar. E quando não dá para ganhar, pelo menos não pode perder", afirmou.

 

Com o empate, o Cruzeiro segue na oitava posição com 26 pontos. Com quatro a menos, o Bahia aparece na 11ª. Na próxima rodada, a Raposa visita o Grêmio, na Arena do Grêmio, na quarta (22), às 21h45. No mesmo dia, mas um pouco mais cedo, às 19h30, o Esquadrão de Aço recebe o Internacional, na Arena Fonte Nova.

Segunda, 20 de Agosto de 2018 - 11:00

Alonso é desqualificado e tem vitória anulada nas 6h de Silverstone

por Folhapress

Alonso é desqualificado e tem vitória anulada nas 6h de Silverstone
Alonso (E) | Foto: Reprodução / Twitter

A vitória do espanhol Fernando Alonso nas Seis Horas de Silverstone foi anulada por decisão dos organizadores da prova disputada neste domingo (19) no famoso autódromo inglês e válida pelo Campeonato Mundial de Endurance (WCE).

De acordo com o jornal espanhol "As", a desqualificação dos dois carros da equipe Toyota ocorreu em virtude de uma irregularidade técnica no fundo plano dos veículos, que controla que estes não circulem com uma altura inferior à estabelecida no regulamento.

As verificações técnicas mediram um desgaste de 9 milímetros no carro que Alonso pilota ao lado do japonês Kazuki Nakajima e do suíço Sebastien Buemi e de 8 milímetros no Toyota do trio do japonês Kamui Kobayashi, do argentino Jose Maria Lopez e do inglês Mike Conway, que havia cruzado a linha de chegada em segundo.

A Toyota alegou ao final da prova que as imperfeições nos carros eram resultado dos próprios incidentes ou eventos da corrida, como eventuais escapadas da pista, mas os organizadores não aceitaram a explicação e anunciaram a desqualificação.

O triunfo das Seis Horas de Silverstone, assim, foi herdado pelo trio da Rebellion R13, formado pelo norte-americano Gustavo Menezes, o suíço Thomas Beche e o francês Thomas Laurent. Apesar da desqualificação, o trio de Alonso segue na liderança do WCE após a disputa de três etapas.

O espanhol, vale lembrar, anunciou na última terça-feira que vai deixar a Fórmula 1 ao final da atual temporada. O destino do bicampeão mundial da principal categoria do automobilismo a partir de 2019 ainda é incerto.

Segunda, 20 de Agosto de 2018 - 10:45

Aderllan pede desculpas à torcida após derrota e afirma: 'Tem que mudar muita coisa'

por Glauber Guerra

Aderllan pede desculpas à torcida após derrota e afirma: 'Tem que mudar muita coisa'
Foto: Romildo de Jesus/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

 

O Vitória perdeu por 3 a 0 para o Palmeiras, no último domingo (19), no Barradão. O zagueiro Aderllan pediu desculpas à torcida do Leão e afirmou que “é preciso mudar muita coisa”.


“Tem que mudar muita coisa. Segundo turno vai começar. A gente já vai começar na zona de rebaixamento. Sabemos que tem que mudar muita coisa. Peço desculpa a todos que vieram aqui nesse jogo. Infelizmente, mais uma vez, saímos derrotados, goleados, orgulho ferido, mas com a sensação que devemos melhorar. A situação, a cada dia que passa, se complica mais ainda. Já fez o ciclo, já mudou diretor, já mudou treinador, jogador já foi embora, vira-se de novo para nós. Temos que mudar”, disse em entrevista para a TV Bahia.

 

O Vitória é o dono da defesa mais vazada do Campeonato Brasileiro com 39 gols sofridos em 19 jogos. O time rubro-negro tem 19 pontos e ocupa a 17ª posição no certame.

 

O próximo duelo do Vitória é contra o Flamengo, quinta-feira (23), às 19h30, no Maracanã, válido pela 20ª rodada. 

Segunda, 20 de Agosto de 2018 - 10:30

Deyverson comenta bronca recebida do capitão Bruno Henrique

Deyverson comenta bronca recebida do capitão Bruno Henrique
Foto: Romildo de Jesus / Ag. Haack / Bahia Notícias

O atacante Deyverson foi o principal destaque do Palmeiras no triunfo sobre o Vitória, por 3 a 0, no último domingo (19), no Barradão, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. No entanto, o camisa 16 do Verdão comentou a levou uma bronca do capitão do time, Bruno Henrique.

 

"É normal (risos), capitão sempre tem que chamar nossa atenção, tanto a favor quanto contra. Ele chamou minha atenção, isso foi bastante importante para eu fazer o segundo gol", disse o atleta autor de dois tentos do jogo.

 

A irritação de Bruno Henrique aconteceu aos 18 minutos do primeiro tempo. Após abrir o placar, Deyverson fez uma firula e na sequência o Palmeiras perdeu a bola. O volante precisou matar a jogada e recebeu o cartão amarelo por ter cometido a falta.

 

"Joga sério, c... Vai tomar no c...", gritou.

 

Depois, Deyverson marcou o segundo gol. O centroavante ainda falou das oportunidades dada pelo técnico palmeirense Felipão e elogiou a atuação da equipe.

 

"Todos os treinadores que passaram pelo Palmeiras me deram oportunidade de jogar, só que o Felipão veio com outra característica e me deu mais oportunidades de estar jogando, de poder mostrar o meu futebol, minha vontade de vencer. Hoje a vitória foi totalmente do Palmeiras, não foi de Deyverson, não foi do Dudu, acho que foi o grupo todo que está de parabéns por essa vitória. Eu fico muito feliz por estar voltando a marcar gols e meus companheiros estão me dando todo o apoio", afirmou.

 

O Palmeiras segue na sexta posição com 33 pontos na tabela de classificação. O Vitória é o 17º colocado com 19. Na 20ª rodada, o Verdão encara o Botafogo, no Allianz Parque, em São Paulo, na quarta-feira (22), às 21h. No dia seguinte, às 19h30, o Leão enfrenta o Flamengo, no Maracanã.

Segunda, 20 de Agosto de 2018 - 10:15

Técnico do Bahia pede apoio da torcida para duelo contra o Inter

por Ulisses Gama

Técnico do Bahia pede apoio da torcida para duelo contra o Inter
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Depois de empatar com o Cruzeiro no último domingo (19), o Bahia volta a jogar pelo Brasileirão na próxima quarta-feira (22), contra o Internacional, na Arena Fonte Nova. Para conseguir um bom resultado contra um dos candidatos ao título nacional, o técnico Enderson Moreira quer o apoio da torcida em uma partida que ele considera complicada.

 

"Jogo difícil. Espero que nosso torcedor possa entender esse momento de sequência de jogos, muitas viagens. A gente conta muito com o apoio deles. Quarta, torcedor do Bahia, precisamos encher a Fonte, para que possamos buscar esse triunfo, com muito empenho", declarou.

 

Satisfeito com o desempenho do Bahia, o comandante tricolor destacou a consistência da defesa do Esquadrão de Aço.

 

"A equipe como um todo tem dado consistência na defesa, eles têm executado, jogador com as linhas mais próximas. Isso tem ajudado para que possa dar consistência à equipe", explicou.

 

Com uma invencibilidade de oito jogos na Série A, o Bahia é o décimo-primeiro colocado da competição nacional, com 22 pontos.
 

Defensoria Pública faz inspeção no Barradão após denúncias de falta de acessibilidade
Foto: DP-BA

O Estádio Manoel Barradas – Barradão foi inspecionado pela Defensoria Pública do Estado após recebimento de denúncias de torcedores do Bahia sobre descumprimento de normas de acessibilidade. A inspeção foi realizada na sexta-feira (17) para averiguar as denúncias. A defensora pública Claudia Ferraz foi recebida pelo presidente do Esporte Clube Vitória, Ricardo David. A equipe do clube se comprometeu a atender às normas que a Defensoria Pública identifique como problemáticas.

 

Claudia Ferraz afirma que, após o recebimento da denúncia, oficiou ao Esporte Clube Vitória, que se disponibilizou a receber a Defensoria Pública, permitindo a inspeção in loco. “A partir da inspeção iremos sugerir e apontar as modificações necessárias, e eles se mostraram abertos a acolher e ajustar as irregularidades, que por ventura sejam apontadas no relatório”, pontuou a defensora pública. O Esporte Clube Vitória é um dos poucos times do Norte Nordeste a possuir um estádio próprio, com infraestrutura que atende não só aos jogadores profissionais, mas aos jogadores da base, e também de um projeto social.

Uruçuca humilha Itabuna no Intermunicipal; Porto Seguro e Biritinga também se destacam
Porto Seguro goleou Teixeira de Freitas | Foto: Geovan Santos

A seleção de Uruçuca humilhou o selecionado de Itabuna. Jogando nos seus domínios, o time aplicou uma goleada por 7 a 1 no adversário, no último domingo (19), pela segunda rodada do Campeonato Intermunicipal 2018. Porto Seguro e Biritinga também se destacaram na jornada que teve um total de 86 gols. A equipe porto-segurense ganhou por 4 a 0 de Teixeira de Freitas, enquanto os biritinguenses fizeram o mesmo placar em cima de Ichu. Ambos jogaram em suas casas.

 

A elástica goleada alçou Uruçuca ao posto de ataque mais positivo da competição com oito, seguida por Biritinga que tem sete. Porto Seguro soma cinco tentos. Apesar do placar avassalador, Uruçuca ocupa a segunda colocação do Grupo 10 com quatro pontos, dois a menos do que Itajuípe que é o líder isolado. Porto Seguro também aparece na vice-liderança do Grupo 16 com quatro, atrás de Itamaraju que acumula seis. Enquanto Biritinga, ocupa o topo do Grupo 3, por causa do saldo de gols, já que tem a mesma pontuação do Retirolândia, ambos com quatro pontos, mas 4 a 2 no saldo.

 

Confira os demais resultados da rodada:

 

Valente 2x1 Campo Formoso
Paratinga 4x1 São Desidério
Vitória da Conquista 2x0 Barra do Choça
Camacan 0x1 Arataca
Una 0x0 Canavieiras
Itapé 2x0 Floresta Azul
Ibicaraí 1x1 Itaju do Colônia
Maracani 1x1 Pau Brasil
Itapetinga 1x2 Eunápolis
Itamaraju 2x0 Prado
Riachão do Jacuípe 1x1 Pé de Serra
Itambé 4x1 Itororó
Luís Eduardo Magalhães 0x1 Brumado
Itajuípe 1x0 Ubatã
Ubaitaba 1x0 Ituberá
Euclides da Cunha 1x0 Canudos
Senhor do Bonfim 0x1 São Domingos
Conceição do Coité 1x3 Retirolândia
Feira de Santana 1x1 Morro do Chapéu
Itaberaba 0x0 João Dourado
Santa Bárbara 1x3 Conceição de Feira
Lauro de Freitas 4x2 Camaçari
Santo Amaro 2x1 Terra Nova
Saubara 3x2 Sapeaçu
Cachoeira 3x0 Maragojipe
Ubaíra 1x1 Jaguaquara
Ipiaú 2x1 Ibirapitanga
Valença 0x1 Santo Antônio de Jesus
Cipó 2x1 Paulo Afonso

Segunda, 20 de Agosto de 2018 - 09:15

Técnico do Vitória admite dificuldades e espera encontrar soluções

por Glauber Guerra

Técnico do Vitória admite dificuldades e espera encontrar soluções
Foto: Romildo de Jesus/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O técnico do Vitória, Paulo Cézar Carpegiani, enxerga que sua equipe está com a confiança abalada. Ele espera encontrar soluções para o time voltar a trilhar no caminho dos triunfos e ser mais “aguerrida e competitiva”. No último domingo (19), o rubro-negro baiano perdeu por 3 a 0 para o Palmeiras, no Barradão. 

 

“ Futebol é uma psicologia total. Você tem curvas que vivem de bons momentos, algumas descidas, e tem que contornar isso. É uma psicologia total. Depende do momento. O momento é difícil e isso mina a confiança. Mas temos que superar isso. Não existe outra situação. Temos que enfrentar isso e encontrar soluções. Oxalá tenha o retorno de um ou outro jogador e que a gente possa formar uma equipe mais competitiva, mais aguerrida, sem essa dificuldade. Não tenho ainda a colocação de como essa equipe reage dentro de casa, se fora encontra as mesmas dificuldades. Vamos tratar de recompor as forçar. Não há muito o que dizer”, afirmou.

 

O Vitória já sofreu 39 gols no Campeonato Brasileiro e tem a defesa mais vazada. Carpegiani admitiu preocupação.

 

“Quando não tem uma equipe compacta, estoura tudo em cima da zaga. Se analisar os gols, mérito do adversário, mas tiveram um, dois erros nossos de posicionamento. Mas eles tiveram outras oportunidades. É uma preocupação nossa. Vamos ver o que a gente tem. Amanhã vou ter o coletivo com a base, vamos ver. Fazer uma equipe um pouco mais competitiva para que a gente possa enfrentar o outro adversário com mais ou menos igualdade de condições”, pontuou.

 

O Vitória ocupa a 17ª posição no Campeonato Brasileiro com apenas 19 pontos. O próximo duelo é diante do Flamengo, quinta-feira (23), às 19h30, no Maracanã, válido pelo início do segundo turno. 

Segunda, 20 de Agosto de 2018 - 08:45

Torcedores do Bahia protestam contra preço do estacionamento na Arena Fonte Nova

por Ulisses Gama

Torcedores do Bahia protestam contra preço do estacionamento na Arena Fonte Nova
Foto: Divulgação

Através das redes sociais, um grupo de torcedores do Bahia vem protestando contra o preço cobrado pelo estacionamento da Arena Fonte Nova. O estopim para os tricolores foi a descoberta que uma festa para advogados no estádio cobrou R$ 10 para os carros, enquanto em dias de jogos do Tricolor os preços ficam entre R$ 25 e R$ 35, para os setores N2 E N3, respectivamente.

 

Principalmente no Twitter, a torcida tem usado a hashtag #NãoEstacioneNaFonte para reclamar da desigualdade nos preços praticados pela empresa Estapar, que cuida do serviço dentro da Arena.

 

"A torcida do Bahia está muito chateada com a cobrança dos estacionamentos pela Estapar, empresa que presta o serviço. O que acontece constantemente é que eventos na Arena que não são jogos do Bahia tem preços menores. No último sábado, foi realizado um evento para advogados no Lounge da Arena Fonte Nova, e o estacionamento foi de dez reais. Já fui para outros eventos e eles cobraram 20 reais", afirmou o sócio do clube, Alexandre Jatobá, ao Bahia Notícias.

 

"A ideia é boicotar na próxima quarta-feira e o movimento tem crescido muito. A tendência é de fazer um protesto também", completou o torcedor.

 

O BN também procurou a Arena Fonte Nova. Segundo nota enviada pela assessoria da praça esportiva, "a Estapar, empresa responsável pelo estacionamento, foi um dos patrocinadores da Festa da Advocacia, realizada neste sábado (18). Por isso, a empresa cobrou um preço diferenciado no evento, já que subsidiou parte do custo da operação".

 

O próximo evento da Arena Fonte Nova será o jogo do Bahia contra o Internacional, na próxima quarta-feira (22), válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Segunda, 20 de Agosto de 2018 - 08:30

Mano Menezes considera justo empate entre Cruzeiro e Bahia

Mano Menezes considera justo empate entre Cruzeiro e Bahia
Foto: Vinnícius Silva / Cruzeiro E.C.

O técnico Mano Menezes considerou justo o empate de 1 a 1 do Cruzeiro com o Bahia em pleno Mineirão, no último domingo (19), pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. O comandante criticou alguns erros cometidos pela equipe mineira.

 

"Diferentemente de outros jogos, acho que a gente não jogou bem. No primeiro tempo, um jogo arrastado, numa velocidade um tanto abaixo do que você precisa. No segundo tempo, voltamos um pouquinho melhor, mas sofremos o gol, que criou algo mais difícil, mas, felizmente, empatamos rápido. Acho que a equipe teve um predomínio territorial, empurrou o Bahia para trás, mas, ao meu ver, precisava ter chances mais claras e trabalhar um pouquinho mais a jogada. (O time) se precipitou demais, perdemos duas ou três chances claras, mas acho que (o resultado) foi justo pelo o que jogaram as duas equipes", analisou.

 

Apesar das críticas, Mano Menezes atribuiu os erros do Cruzeiro à maratona de jogos enfrentada pela equipe. O time mineiro divide as atenções ao Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Libertadores da América.

 

"Acho que o nosso índice de erro hoje foi o maior de todos os jogos. Oscilamos entre recuperações incríveis de bola, que Romero recuperou e até o torcedor se empolgou, recuperação do Dedé em vários lances, mas ao mesmo tempo entregamos bolas incríveis sem estar com a marcação pressionada sobre os nossos jogadores, que são de alta qualidade e técnica, que não erram esse tipo de jogada. Tem a ver com a semana também, com a pressão que você sofre que leva até os pênaltis na quarta-feira, e que três dias depois você tem que entrar em outra situação. E por isso, às vezes, você recorre a outro tipo de formação, praticamente na íntegra, para não ter essa queda que, ao meu ver, foi determinante para não fazermos um bom jogo", disse.

 

Durante o jogo, a torcida mineira pediu a entrada do atacante Raniel. No entanto, o atleta sequer havia sido relacionado para a partida, poupado devido ao desgaste muscular. Ao ouvir os gritos vindos das arquibancadas, Mano gesticulou para dizendo que o atleta não estava no banco de reservas. Após o apito final, ele comentou a situação.

 

"Todo mundo fica um pouquinho distante depois de um jogo decisivo, como foi o de quarta-feira, até o torcedor, por não saber que o Raniel não estava no banco e pediu o Raniel. Eu tenho até uns defeitinhos, mas pode ter certeza que, se ele estivesse (no banco), ele tinha entrado", falou.

 

Ele ainda adiantou que Raniel seguirá fora do time no próximo compromisso na quarta-feira (22), contra o Grêmio, em Porto Alegre. Ele só deve retornar na partida contra o Fluminense, sábado (25).

 

"Não teremos Raniel também em Porto Alegre, teremos o Raniel a partir do jogo com o Fluminense. Vamos pensar jogo a jogo, vamos a Porto Alegre para pontuar, lugar difícil, mas é pra eles também. São duas grandes equipes. Perdemos no primeiro turno, logo no primeiro jogo, na estreia, para o Grêmio, e vamos tentar recuperar esses pontos, que deixamos eles levar no primeiro turno", adiantou.

 

O Cruzeiro segue na oitava posição com 26 pontos na tabela de classificação do Brasileirão. O Bahia também não saiu do lugar permanecendo na 11ª colocação com 22. O Tricolor encara o Internacional, na Arena Fonte Nova, na quarta, às 19h30. Depois visita o Santos, na Vila Belmiro, também no sábado, mas às 16h.

Bahia x Internacional: ingressos para a partida estão à venda
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O Bahia volta a jogar na Arena Fonte Nova na próxima quarta-feira (22), contra o Internacional, em jogo que abre o returno do Campeonato Brasileiro. Os ingressos para a partida estão à venda desde o último domingo (19) no site oficial da Arena Fonte Nova (clique aqui).

 

Além da venda pela internet, as entradas vão estar à disposição no Balcão de Ingressos dos Shoppings Salvador (funciona de 9h às 22h) e da Bahia (funciona de 9h às 22h), nas lojas oficiais do clube nos Shoppings Estrada do Coco (funciona de 10h às 20h)  e Salvador Norte (funciona de 10h às 21h), e nas bilheterias da Arena Fonte Nova.

 

O preço dos ingressos varia entre R$ 25 e R$ 140. Vale lembrar que crianças de até onze anos de idade não pagam, com exceção para o Lounge, onde o limite é de seis anos. No dia do jogo, os guichês da Arena só aceitam pagamento em dinheiro e existe o limite de quatro entradas por pessoa.

 

Confira a tabela de preços:

 


 

Após alcançar marca, Felipão mira em novo recorde no Palmeiras e elogia Deyverson
Foto: Cesar Greco / Ag Palmeiras / Divulgação

Com o triunfo sobre o Vitória, o Palmeiras chegou ao sétimo jogo sem sofrer gol, sendo cinco sob o comando de Luiz Felipe Scolari. A marca não era alcançada desde 1992. Após vencer o Leão por 3 a 0, no último domingo (19), no Barradão, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, o treinador do Verdão disse que agora mira no estabelecimento de um novo recorde.

 

"Não tinha essa estatística, me passaram agora que há 25 anos não acontecia isso. Vamos ver se tem algum outro recorde que pode continuar quebrando. Temos jogo agora contra o Botafogo, vamos tentar não tomar gol, quem sabe passe outro número", afirmou.

 

Sobre a partida, Felipão ficou satisfeito com a atuação da sua equipe. Ele também elogiou o atacante Deyverson, autor de dois dos três gols do triunfo paulista.

 

"O ataque trabalhou bem, tivemos umas quatro chances vivas de gol. A gente corrige pouca coisa no treino, porque temos pouco tempo, mas corrige. Hoje saiu gol de pé direito do Deyverson. A gente vai fazendo isso à medida que ele precise de auxílio e aceite o que a gente fala", disse. "O Deyverson precisava de confiança. Confiança, uma vez que a gente dá, se a pessoa assume, cresce e passa a fazer algumas coisas com mais qualidade. Aí ela mesma se desenvolve. Isso que aconteceu com o Deyverson", completou.

 

Com os três pontos, o Palmeiras chegou aos 33 e segue na sexta colocação na tabela do Brasileiro. Já o Vitória, fechou o primeiro turno na zona de rebaixamento, na 17ª posição com 19. Na próxima rodada, o Verdão recebe o Botafogo no Allianz Parque, na quarta-feira (22), às 21h. No dia seguinte, às 19h30, o Leão visita o Flamengo, no Maracanã.

Íbis provoca Vitória após revés para o Palmeiras: ‘Só leva lapada’
Vitória perdeu por 3 a 0 | Foto: Romildo de Jesus / Ag. Haack/ Bahia Notícias

O Íbis, conhecido por ser o "pior time do mundo", provocou o Vitória por conta do revés por 3 a 0 para o Palmeiras, no último domingo (19), no Barradão. 

 

“Estou pensando em copiar esse estilo de jogo do @ECVitoria. Só leva lapada”, postou de forma irônica no Twitter.

 

O Vitória tem 19 pontos e ocupa a 17ª posição no Campeonato Brasileiro. O Leão volta a campo na quinta-feira (23) para encarar o Flamengo, às 19h30, no Maracanã.


 

Domingo, 19 de Agosto de 2018 - 21:09

São Paulo vence a Chape e termina primeiro turno do Brasileiro como líder

por Folhapress

São Paulo vence a Chape e termina primeiro turno do Brasileiro como líder
Foto: Divulgação

Com a vitória por 2 a 0 sobre a Chapecoense, neste sábado (19), no Morumbi, o São Paulo conseguiu garantir a liderança do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

A última vez que o clube terminou a primeira metade da competição na liderança foi em 2007, quando ficou com o título, o segundo de um tricampeonato em sequência sob o comando de Muricy Ramalho.

A vitória do Internacional sobre o Paraná, na manhã deste domingo, havia colocado o clube gaúcho temporariamente na primeira colocação. O Inter, apesar dos mesmos 38 pontos que o São Paulo tinha antes de entrar em campo, era dono de melhor saldo de gols: 15 contra 14.

Porém, bastaram apenas dois minutos de jogo no Morumbi para que o time de Diego Aguirre recuperasse a liderança.

Após boa tabela pela esquerda entre Edimar e Everton, o lateral foi à linha de fundo e cruzou forte, rasteiro, para o meio da área. Shaylon entrou bem entre os zagueiros e completou para o gol.

O São Paulo entrou com algumas mudanças para o duelo diante da Chape e, com isso, teve certa dificuldade para criar boas oportunidades. Anderson Martins, Nenê, Rojas e Hudson, titulares da equipe, começaram o jogo no banco. Com as mexidas, o técnico aproveitou para promover a estreia do meia Everton Felipe.

No fim da partida, após outra boa trama de passes são-paulina, Rojas cruzou da direita para Hudson, que entrou em velocidade na área e bateu firme para marcar o segundo e fechar a vitória tricolor.

A assistência do equatoriano foi sua quarta desde que chegou ao Morumbi, durante a última Copa do Mundo. Rojas também tem um gol pelo São Paulo. Foi dele o primeiro na vitória por 2 a 1 sobre o Vasco, na 17ª rodada.


SÃO PAULO

Sidão; Bruno Peres, Bruno Alves, Arboleda e Edimar; Jucilei e Liziero (Hudson); Everton Felipe (Rojas), Shaylon (Nenê) e Everton; Diego Souza. T.: Diego Aguirre



CHAPECOENSE

Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Douglas e Alan Ruschel; Márcio Araújo, Amaral (Osman), Canteros e Diego Torres (Yann Rolim); Bruno Silva (Leandro Pereira) e Wellinton Paulista. T.: Guto Ferreira

 

Estádio: Morumbi, em São Paulo
Público/renda: 41.075 pagantes / R$ 1.348.906,00
Juiz: Rafael Traci (PR)
Cartões amarelos: Bruno Alves e Hudson (S); Welington Paulista (C)
Gols: Shaylon, aos 2min do 1º tempo, e Hudson, aos 37min do 2º tempo

 

Domingo, 19 de Agosto de 2018 - 19:33

Carpegiani vê 'falta de ambição e garra' do Vitória: 'Estou preocupado'

por Glauber Guerra

Carpegiani vê 'falta de ambição e garra' do Vitória: 'Estou preocupado'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

O técnico Paulo Cézar Carpergiani, do Vitória, ficou preocupado com o desempenho de sua equipe no revés por 3 a 0 para o Palmeiras, neste domingo (19), no Barradão. Para ele, faltou ambição e garra.

 

“Esperava de minha equipe muito mais, mas sou obrigado a reconhecer que a falta de tempo também contribuiu, mas principalmente a falta de ambição, falta de garra, de disposição. Temos que agregar tudo isso. Temos que tirar esse time, ter algo mais. Tem muita gente no departamento médico, e o pior é que não vão voltar. Vai demorar um pouco de tempo. Estamos encontrando dificuldade, mas vamos tratar de superar. Vitória é muito grande. Também estou preocupado”, afirmou.

 

Carpegiani ainda afirmou que os jogadores ainda não assimilaram aquilo que foi pedido nos treinos. 

 

“Não gosto de falar muito em nomes, individualmente. Mas começou o jogo e não era aquilo que treinei. Por isso que libero o treinamento para vocês. Desde o princípio já estava frouxo no meio. Segundo tempo melhorou um pouco. Um paradoxo. Por incrível que pareça, tivemos 58% de posse de bola, mas não criamos. O que me preocupa é essa inconstância, essa falta de entrega, de maturidade, que me passou essa equipe. Isso que me preocupa muito mais do que a parte como time, como equipe”, completou.

 

Com o resultado, o rubro-negro baiano terminou a 19ª rodada no Z-4. A equipe tem 19 pontos e aparece na 17ª posição. 

 

O próximo compromisso do Vitória é contra o Flamengo, quinta-feira (23), às 19h30, no Maracanã.

André Lima fica na bronca com revés para o Palmeiras: 'Temos que tomar vergonha na cara'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

O atacante André Lima, do Vitória, expressou sua irritação com o revés por 3 a 0 para o Palmeiras, neste domingo (19), no Barradão. O camisa 99 classificou o resultado como “ridículo” e pediu “vergonha na cara” ao time. 

 

“Resultado ridículo. Meu retorno... Vim de 12 dias sem fazer nada. Vim para ajudar, tentei, mas o resultado é péssimo, vergonhoso. Temos que tomar vergonha na cara. Não tem jeito”, disse em entrevista à Rádio Metrópole FM.

 

Com o resultado, o Vitória termina a rodada na 17ª posição. A equipe tem 19 pontos em 19 jogos disputados. Um aproveitamento de apenas 33,3%. O próximo jogo do Leão é contra o Flamengo, quinta-feira (23), às 19h30, no Maracanã.
 

Domingo, 19 de Agosto de 2018 - 18:33

Após empate, Enderson valoriza postura do Bahia: 'Jogando para vencer'

por Ulisses Gama

Após empate, Enderson valoriza postura do Bahia: 'Jogando para vencer'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O Bahia chegou ao seu oitavo jogo seguido de invencibilidade no Campeonato Brasileiro. Dessa vez, a equipe empatou em 1 a 1 com o Cruzeiro, no Mineirão, e chegou aos 22 pontos na tabela de classificação. Após a partida, o técnico Enderson Moreira afirmou que a sua equipe tem jogado para vencer as partidas.

 

"Acho que não tem coisa de melhor, estamos construindo boas atuações. Quando você perde, a equipe adversária faz três pontos. Não temos jogado para empatar, estamos jogando para vencer. Não colocamos o time para se defender, estmaos buscando e hoje passou perto. Se a gente segura mais o 1 a 0, eles dariam possibilidade de contra-ataque. Tivemos uma oportunidade que se a gente tivesse capricho, teríamos os três pontos", afirmou.

 

Após 18 partidas na competição, o Esquadrão de Aço ainda não conseguiu vencer como visitante. De acordo com o treinador, o resultado fora de casa vai acontecer naturalmente.

 

"É uma coisa que vai acontecer. Estamos trabalhando muito para isso. Os jogadores tem entendido esse processo de jogar com qualidade, de enfrentar os adversários de fora objetiva, sem ficar apenas defendendo. É uma questão de sorte para a gente voltar em um jogo fora com esse triunfo", explicou.

 

O técnico também citou o desgaste físico de alguns jogadores e explicou o motivo da entrada de Élber no lugar de Edigar Junio.

 

"Edigar, com o desgaste, ele e o Zé Rafael tem apresentado, o Gilberto. A gente tinha naquele momento a possibilidade de ter um jogador rápido inteligente para jogar e tentar mais profundidade em cima do Egídio para ter espaço ali", indicou.

 

O Bahia volta a jogar pela competição nacional na próxima quarta-feira (22), contra o Internacional, na Arena Fonte Nova.

Domingo, 19 de Agosto de 2018 - 18:28

Casagrande critica atuação do Vitória: 'Jogadores estão achando que são craques'

por Glauber Guerra

Casagrande critica atuação do Vitória: 'Jogadores estão achando que são craques'
Foto: Reprodução/ TV Globo

O ex-jogador Walter Casagrande, atual comentarista da Rede Globo, não gostou nada da atuação do Vitória no revés para o Palmeiras por 3 a 0, neste domingo (19), no Barradão. Na visão de Casagrande, o time rubro-negro pecou no excesso de “firula”.

 

"Jogadores do Vitória estão achando que são craques. Não estou acreditando no que estou vendo. Toquinhos de calcanhar, cai-cai... Com esse jeitinho, não se salvam, não. Carpegiani vai ter que mudar mais do que o futebol da equipe", disse durante a transmissão do jogo na Rede Globo.

 

O Vitória agora ocupa a 17ª posição no Campeonato Brasileiro com 19 pontos. A equipe comandada por Paulo Cézar Carpegiani volta a campo na próxima quinta-feira (23) contra o Flamengo, às 19h30, no Maracanã.

Domingo, 19 de Agosto de 2018 - 18:19

Vinícius destaca equilíbrio nas atuações do Bahia: 'Está visível'

por Ulisses Gama

Vinícius destaca equilíbrio nas atuações do Bahia: 'Está visível'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O Bahia fez um jogo equilibrado com o Cruzeiro e empatou em 1 a 1 na tarde deste domingo (19), no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. A atuação tricolor foi motivo de comemoração para o meia Vinícius, que lamentou a igualdade no placar, mas destacou o equilíbrio nas apresentações do Esquadrão de Aço.

 

"Pois é. Achei que seria um triunfo nosso. Mais uma bela partida contra uma equipe com orçamento superior. Estamos mostrando a força do elenco. Está visível o nosso modo de jogar dentro e fora. Agora é descansar que vai ter o jogo contra o Inter. A gente sabe da dificuldade, mas sabemos quer vai comparecer em bom número para apoiar", disse, em entrevista À Rádio Metrópole FM.

 

Com seis partidas de invencibilidade no Brasileirão, o Bahia volta a jogar pela competição nacional na próxima quarta-feira (22), contra o Internacional, na Arena Fonte Nova. No momento, com 22 pontos, o Esquadrão de Aço ocupa o décimo lugar.
 

Domingo, 19 de Agosto de 2018 - 18:11

Neilton atribui revés para o Palmeiras à falta de confiança

por Glauber Guerra

Neilton atribui revés para o Palmeiras à falta de confiança
Foto: Maurícia da Matta/ Divulgação / Vitória

O Vitória perdeu por 3 a 0 para o Palmeiras, neste domingo (19), no Barradão. O atacante Neilton atribuiu o revés a “falta de confiança” do time.

 

“O que falta em todos os jogos... É ter um pouco mais de confiança em nós. Vamos ver se a gente consegue pegar o que Carpegiani tem para nos passar. Ele passou o esquema dele jogar. Demoramos pra entender no jogo, no treino estava indo bem”, disse em entrevista ao Canal Premiere.

 

Com o resultado, o rubro-negro baiano caiu para a 17ª posição e tem 19 pontos. O próximo duelo é contra o Flamengo, quinta-feira (23), às 19h30, no Maracanã, no início do segundo turno.

Domingo, 19 de Agosto de 2018 - 18:08

'Lance que Enderson sempre cobra', diz Grolli sobre gol marcado

por Ulisses Gama

'Lance que Enderson sempre cobra', diz Grolli sobre gol marcado
Foto: Cristiane Mattos/O Tempo/Folhapress

O gol do zagueiro Douglas Grolli, que abriu o placar do jogo entre Bahia e Cruzeiro neste domingo (19), tem a mão do técnico Enderson Moreira. Foi o que apontou o defensor após o empate em 1 a 1 no Mineirão, em Belo Horizonte. Segundo ele, a jogada ensaiada em cobrança de escanteio curto é muito cobrada pelo comandante.

 

"Lance que o Enderson sempre cobra. Quando tem a chance de fazer o dois contra um, facilita. Ano passado, com a Chape, também fiz um gol. Fico feliz pelo gol e pelo nosso desempenho", disse, em entrevista ao canal Premiere.

 

Grolli, que já foi do Cruzeiro, marcou o seu primeiro tento pelo Esquadrão de Aço em 15 partidas disputadas. Diante do time celeste, o defensor substituiu Tiago, que estava suspenso.

 

Com o empate, o Bahia chega aos 22 pontos e agora ocupa a décima colocação da competição nacional.

Domingo, 19 de Agosto de 2018 - 18:01

Elton se diz satisfeito com empate, mas ressalta: 'Pensamento era o triunfo'

por Ulisses Gama

Elton se diz satisfeito com empate, mas ressalta: 'Pensamento era o triunfo'
Foto: Daniel Oliveira /Fotoarena/Folhapress

O Bahia chegou a estar na frente do placar, mas empatou em 1 a 1 com o Cruzeiro na tarde deste domingo (19), no Mineirão, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de se mostrar satisfeito com o placar igual, o volante Elton afirmou que o pensamento da equipe era de conseguir o primeiro resultado positivo como visitante na competição.

 

"O nosso pensamento era o triunfo. A gente veio, tentou jogar contra uma equipe qualificada. Saímos na frente e não conseguimos segurar. Isso complicou, mas está bom, resultado bom. Se não deu para ganhar, não pode perder", disse, em entrevista à Rádio Metrópole FM.

 

Com uma partida a menos, o Bahia é o décimo colocado da competição nacional, com 22 pontos. Na próxima quarta-feira (22), o desafio será contra o Internacional, na Arena Fonte Nova.

Domingo, 19 de Agosto de 2018 - 17:52

Bahia sai na frente, mas fica no empate com o Cruzeiro no Mineirão

por Ulisses Gama

Bahia sai na frente, mas fica no empate com o Cruzeiro no Mineirão
Foto: Eleven / Folhapress

Ainda não foi dessa vez que o Bahia conseguiu o seu primeiro triunfo como visitante nesta edição do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (19), no Mineirão, o Tricolor abriu vantagem sobre o Cruzeiro com Douglas Grolli, mas Thiago Neves empatou a partida e o placar foi encerrado no 1 a 1.

 

Com o resultado, o Esquadrão de Aço vai aos 22 pontos e sobe para a décima posição da competição nacional. Na próxima quarta-feira (22), a equipe de Enderson Moreira enfrenta o Internacional, às 19h30, na Arena Fonte Nova.
 

O JOGO

 

Mesmo fora de casa e com um retrospecto negativo como visitante no Brasileirão, o Bahia foi o primeiro a tentar o gol. Aos quatro minutos, Elton chutou de fora da área e a bola passou por cima da meta defendida por Fábio.

 

Aos 16 minutos, o Cruzeiro chegou com intensidade e quase marcou o primeiro gol. No lance, Thiago Neves dominou lançamento na grande área, driblou Léo e finalizou em cima do próprio lateral do Tricolor.

 

Quando o relógio marcava 21 minutos, a equipe tricolor reclamou de um pênalti. Após boa troca de passes, a bola foi finalizada por Gilberto e atingiu a mão do lateral Egídio. A arbitragem, no entanto, nada marcou.

 

Com 39, Vinícius recebeu passe na proximidade da área, ajeitou e bateu por cima. Dois minutos depois, Gilberto também arriscou de fora da área e a bola passou muito perto do gol.

 

Segundo tempo

 

A segunda etapa começou com uma grande chance para o time celeste. Após bola levantada na área por Thiago Neves, Lucas Fonseca cabeceou para o alto e depois Grolli tirou parcialmente. Na sobra, Lucas Silva bateu de fora da área e a bola passou muito perto.

 

O Bahia respondeu com um lance perigoso. Após arrancada de Zé Rafael, a bola sobrou com Gilberto na grande área. O atacante finalizou e acabou acertando a defesa do Cruzeiro. Com nove minutos, Barcos ficou livre na grande área depois de um bom passe de Thiago Neves. Na hora de chutar, o atacante pegou mal na bola e chutou por cima.

 

Grolli abre o placar no Mineirão

 

Aos 14 minutos, o Bahia abriu o placar no Mineirão. Após escanteio curto, Vinícius levantou na área com a perna esquerda e o zagueiro Grolli, bem posicionado, cabeceou firme e não deu chance para o goleiro Fábio defender.

 

Thiago Neves empata o jogo

 

A reação do Cruzeiro foi rápida. Três minutos após o gol de Grolli, Egídio ficou livre na grande área e cruzou para Thiago Neves, que cabeceou e encontrou as redes defendidas pelo goleiro Anderson.

 

A virada cruzeirense quase veio aos 20 minutos. De fora da área, Thiago Neves chutou com força e a bola passou raspando a trave. 

 

O Cruzeiro voltou a ter uma grande chance aos 44 minutos. Barcos recebeu na grande área, girou com tranquilidade sobre a defesa tricolor, mas bateu por cima do gol. Aos 47, após cruzamento na área, Dedé cabeceou e a bola passou ao lado.

 

FICHA TÉCNICA
Cruzeiro 1 x 1 Bahia

Campeonato Brasileiro - 19ª rodada
Local: Mineirão, em Belo Horizonte

Data: 19/08/2018
Horário: 16h
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Carlos Henrique Cardoso de Souza
Adicionais: Philip Georg Bennett e  Rodrigo Nunes de Sá

Cartões amarelos: Robinho, Henrique (Cruzeiro) / Gregore (Bahia)

Gols: Grolli (Bahia) / Thiago Neves (Cruzeiro)

 

Cruzeiro: Fábio; Lucas Romero, Léo, Dedé e Egídio; Lucas Silva (Patrick Brey), Henrique, Robinho (Mancuello), Thiago Neves e David (Rafinha); Barcos. Técnico: Mano Menezes.

 

Bahia: Anderson; Bruno, Lucas Fonseca, Grolli e Léo; Elton e Gregore; Zé Rafael, Vinícius (Régis) e Élber (Marco Antônio); Gilberto (Edigar Junio). Técnico: Enderson Moreira.

Domingo, 19 de Agosto de 2018 - 17:49

Na estreia de Carpegiani, Vitória perde para o Palmeiras e termina rodada no Z-4

por Glauber Guerra

 Na estreia de Carpegiani, Vitória perde para o Palmeiras e termina rodada no Z-4
Foto: Maurícia da Matta/ Divulgação / Vitória

Paulo Cézar Carpegiani estreou com revés no Vitória.  Em duelo disputado neste domingo (19), no Barradão, o Leão perdeu por 3 a 0 para o Palmeiras, válido pelo Campeonato Brasileiro. Deyverson marcou duas vezes, enquanto Dudu anotou o último gol do triunfo alviverde. Com o resultado, o rubro-negro baiano termina a 19ª rodada no Z-4. A equipe tem 19 pontos e aparece na 17ª posição. 

 

O próximo compromisso do Vitória é contra o Flamengo, quinta-feira (23), às 19h30, no Maracanã, no início do segundo turno.
 

O JOGO

 

O Vitória iniciou a partida buscando o jogo. Aos nove minutos, Rodrigo Andrade aproveitou a sobra da bola na entrada área, encheu o pé, a bola ainda desviou na zaga palmeirense, mas Weverton conseguiu defender.

 

Porém, quem abriu o placar no Barradão foi o Palmeiras. Aos 10, Marcos Rocha recebeu lançamento pela direita, ajeitou de cabeça para Deyverson, que chutou da entrada da área. Ronaldo se esticou, mas não conseguiu chegar e a bola morreu no fundo das redes.

 

O Vitória teve uma boa chance de empatar aos 19. Livre de marcação, Rodrigo Andrade recebeu a bola e chutou, mas Weverton fez uma grande defesa. Neilton pegou o rebote, mas Marcos Rocha conseguiu fazer o desarme.

 

O Palmeiras jogava pela vertical e explorava bolas longas pelo alto em busca do jogador de referência.

 

Aos 28, Dudu cobrou escanteio, Deyverson subiu mais que todo mundo e marcou o seu segundo gol na partida.

 

O Palmeiras seguiu pressionando e quase fez o terceiro gol aos 38. Bruno Henrique arrematou de longe e Ronaldo fez a defesa. No rebote, Marcos Rocha tentou duas vezes e o arqueiro rubro-negro realizou duas intervenções. Na última a bola bateu no travessão e sobrou para Deyverson, que tentou de cabeça, mas Ruan Renato afastou em cima da linha.

 

Segundo tempo


O Palmeiras iniciou o segundo tempo pressionando os donos da casa. Aos 11, Dudu avançou pela esquerda, passou pelo marcador rubro-negro chutou no gol. A bola passou muito próxima da trave.

 

Aos 13, o Palmeiras ampliou. Dudu pegou a sobra, driblou a marcação e chutou no canto de Ronaldo, sem chance de defesa.

 

O Vitória não conseguia esboçar uma reação e o Palmeiras seguia na pressão. Aos 17, Victor Luís arrematou de longe, mas Ronaldo defendeu.

 

Soberano no jogo, o Palmeiras começou a desperdiçar chances claras. Aos 20,  Dudu enfiou a bola para Marcos Rocha, que acionou Hyoran, mas ele furou. Porém, a redonda sobrou para Victor Luís. Sozinho com Ronaldo, ele conseguiu isolar.


O segundo tempo foi praticamente de ataque contra defesa. O Vitória não conseguiu criar jogadas, enquanto o Palmeiras desperdiçou diversas oportunidades.

 

FICHA TÉCNICA
Vitória 0x 3 Palmeiras

Campeonato Brasileiro – 19ª rodada
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 19/08/2018 (domingo)
Horário: 16h
Árbitros: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: José Reinaldo Nascimento Júnior  (DF) e Luciano Benevides de Souza (DF)
Assistentes adicionais: Rafael Martins Diniz (DF) e Christiano Gayo Nascimento (DF)
Cartões amarelos: Rodrigo Andrade e Neilton (Vitória); Bruno Henrique (Palmeiras)
Gols: Deyverson (Duas vezes) e Dudu (Palmeiras).

 

Vitória:  Ronaldo; Jeferson, Ruan Renato, Aderllan e Benítez; Ramon, Rodrigo Andrade, Yago (André Lima), Erick (Lucas Fernandes) e Neilton; Walter Bou (Wallyson). Técnico: Paulo Cézar Carpegiani.

 

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis; Thiago Santos e Bruno Henrique (Moisés); Hyoran, Lucas Lima e Dudu (Diogo Barbosa); Deyverson. Técnico: Felipão.

Domingo, 19 de Agosto de 2018 - 16:15

Disparado na Série B, Ceni comemora: 'É possível ser feliz fora do eixo'

por Folhapress

Disparado na Série B, Ceni comemora: 'É possível ser feliz fora do eixo'
Foto: Reprodução/ TV Globo

A vitória por 2 a 1 sobre o Boa Esporte no último sábado (18) fez o Fortaleza abrir seis pontos de vantagem na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Disparado na ponta da tabela e com dez pontos à frente do limite de classificação para a elite do futebol nacional, o time nordestino é comandado por um profissional que ganhou forte identificação na região Sudeste: Rogério Ceni, goleiro do São Paulo durante 26 anos e que foi técnico do time no ano passado, de janeiro a julho.

 

Fora do São Paulo há mais de um ano, o ex-goleiro reencontrou a felicidade no Fortaleza. "Aprendi que é possível ser feliz em um clube fora do eixo Sul-Sudeste do país", disse, em entrevista ao Esporte Espetacular, da TV Globo.

 

Na Série B, o Fortaleza soma 13 vitórias, quatro empates e quatro derrotas, com 33 gols marcados e 16 sofridos. É líder, melhor ataque, segunda melhor defesa e melhor mandante do Brasileiro com boa vantagem. A campanha surpreendente em seu primeiro ano de trabalho no novo clube faz com que o objetivo mais próximo seja o título da Segunda Divisão no fim do ano. Por isso, Ceni evita pensar muito à frente, pois seu contrato é válido somente até dezembro.

 

"Gostaria de concluir meu ano de trabalho aqui", pediu o técnico, que ainda completou: "Não quero chegar trabalhando como técnico até 65, 70 anos, mas quem sabe eu possa passar 10, 12 anos trabalhando como treinador."

 

O Fortaleza volta a jogar na próxima terça-feira, às 20h30, contra o CRB.

Domingo, 19 de Agosto de 2018 - 15:11

Carpegiani escala Benítez como titular para duelo contra o Palmeiras

por Glauber Guerra

Carpegiani escala Benítez como titular para duelo contra o Palmeiras
Foto: Maurícia da Matta/ Divulgação / Vitória

O técnico Paulo Cézar Carpegiani, do Vitória, vai promover a estreia do lateral-esquerdo Marcelo Benítez no time rubro-negro. O jogador foi escalado como titular para o confronto contra o Palmeiras, neste domingo (19), logo mais às 16h, no Barradão, válido pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Outra novidade foi o atacante Erick, que ganhou uma chance entre os 11. A partida também marcará o retorno de Carpegiani, que está em sua terceira passagem no Leão. O Vitória vai a campo com: Ronaldo; Jeferson, Ruan Renato, Aderllan e Benítez; Ramon, Rodrigo Andrade, Yago, Erick e Neilton; Walter Bou.

Domingo, 19 de Agosto de 2018 - 14:30

Futebol americano: Santana Red Bulls disputa título com o Fortaleza no Joia da Princesa

por Glauber Guerra

Futebol americano: Santana Red Bulls disputa título com o Fortaleza no Joia da Princesa
Treino do time feirense | Foto: Leandro Taislan/ Divulgação/ Santana Red Bulls

O Santana Red Bulls, de Feira de Santana (BA), irá disputar o título da Copa do Nordeste de Futebol Americano contra o Fortaleza Tritões-CE, no Joia da Princesa, no próximo domingo (26), às 9h.

 

Quem conquistar o título irá garantir acesso para a Liga Nordeste de Futebol Americano de 2019. 

 

O ingresso custa R$ 10 e pode ser adquirido por meio do site do Sympla (clique aqui) e também no  Balcão Central Mix, no Shopping Boulevard, Academia Movimento, DVD Mania e Fabio Pirez Convites. Todos os pontos físicos de vendas são em Feira de Santana.

 

Programação do jogo:
Abertura dos portões: 08h
Kickoff (início do jogo): 09h
Preço único: R$10
Menores de 12 anos têm entrada gratuita.

Domingo, 19 de Agosto de 2018 - 13:17

Camilo faz golaço no final, Inter bate o Paraná e pressiona São Paulo

por Jeremias Wernek | Folhapress

Camilo faz golaço no final, Inter bate o Paraná e pressiona São Paulo
Foto: Divulgação / Internacional

O Internacional empatava com o Paraná até os 51 minutos do segundo tempo, mas graças a Camilo superou a retranca e venceu por 1 a 0 em jogo válido pela 19ª rodada do Brasileirão. Com a vitória, o Colorado assume provisoriamente a liderança e bota pressão no São Paulo.

A liderança provisória vem pelo saldo. Com 38 pontos, o Inter passa a torcer contra o São Paulo - que recebe a Chapecoense neste domingo (19), às 19h (Brasília), no Morumbi. Em caso de derrota do time de Diego Aguirre, o primeiro lugar é confirmado. O Flamengo, outro candidato ao topo da tabela, perdeu para o Atlético-PR em Curitiba.

O jogo do Inter teve domínio, mas a vitória só veio no final. O Paraná conseguiu amarrar o time gaúcho durante boa parte da partida, porém não levou perigo ao gol de Marcelo Lomba.

Meia fez um golaço de falta quase no último lance do jogo. Lançado a campo na etapa final, Camilo esbanjou técnica na cobrança. Um chute fora do alcance de Richard e para salvar o Inter dentro de casa. Para bater a retranca.

O Internacional fechou o primeiro tempo com 81% da posse de bola, 11 chutes e 10 escanteios. Com laterais espetados, o time gaúcho se jogou para o ataque e chegou a inverter Pottker e Nico López de lado no decorrer da partida. Tudo em busca de repertório para furar a retranca.

Apesar dos números impressionantes, o Inter criou pouco. Patrick, com dois voleios, e Jonatan Alvez livre dentro da área, foram as melhores chances. Em apenas uma delas o goleiro Richard impediu o gol. Nas demais, faltou precisão.

Aos 28 minutos do primeiro tempo, Vilela desviou a bola com o braço dentro da área. O toque foi bem em frente ao auxiliar que atua na linha de fundo, mas a penalidade máxima não foi marcada. A jogada ocorreu na sequência de um escanteio curto cobrado por Nico López.

O Paraná se fechou, perdeu em quase todos os aspectos do jogo e fez isso com uma estratégia. Consciente das dificuldades, o time de Claudinei Oliveira não teve melindre em adotar a retranca e jogar por uma bola. No final do primeiro tempo ela até apareceu, mas faltou qualidade técnica para que os visitantes aproveitassem. Grampola errou.

No segundo tempo o volume do Inter diminuiu, as dificuldades de ficar perto da área aumentaram e Odair Helmmann mexeu pouco depois dos 15 minutos. A primeira troca foi Rossi no lugar de Fabiano, transformando Edenilson em lateral direito. Quase 10 minutos depois, Camilo entrou na vaga de Jonatan Alvez. Essa mudança jogou Nico López para função de centroavante.

Caio Henrique liderou um Paraná mais ofensivo no início da etapa final. O camisa 10 criou duas chances que assustaram o Internacional, mas essa fase mais aguda não durou muito. O que se manteve foi a postura de gastar tempo. O goleiro Richard levou amarelo por cera.


INTERNACIONAL

Marcelo Lomba; Fabiano (Rossi), Rodrigo Moledo, Emerson Santos e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick, Pottker (Lucca) e Nico López; Jonatan Alvez (Camilo). T.: Odair Hellmann

PARANÁ

Richard; Júnior, Renê, Rayan e Igor; Vilela, Jhonny Lucas (Wesley) e Caio Henrique; Rafael Grampola (Rodolfo); Carlos e Silvinho. T.: Claudinei Oliveira

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Auxiliares: Daniel Luís Marques (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
Cartões amarelos: Jonatan Alvez, Fabiano, Nico López (INT); Igor, Rayan (PAR)
Gol: Camilo (INT), aos 51 minutos do segundo tempo

Histórico de Conteúdo