Zé Love declara carinho ao Vitória: 'Acompanho como torcedor'
Foto: Divulgação

Com passagem pelo Vitória no ano de 2016, o atacante Zé Eduardo, mais conhecido como Zé Love, quer retornar ao Leão. O jogador, que está no Pahang, da Malásia, voltou a declarar o seu amor ao Rubro-negro e disse estar acompanhando o momento do clube.

 

“Passei poucos meses no Vitória, mas minha identificação com o clube foi algo inacreditável, inexplicável. Meu sonho é vestir essa camisa de novo. Passei a admirar muito o Vitória. Acompanho tudo do clube, como um torcedor mesmo. E graças a Deus tenho esse reconhecimento da torcida, porque honrei o manto”, disse.

 

O jogador se disse chateado com a situação que o Vitória vive atualmente e disse esperar por uma nova era no clube a partir do novo presidente, que será definido após eleições na próxima quarta-feira (24).

 

“Tenho acompanhado essa situação que o Vitória tem passado. Estou muito triste com tudo isso e na torcida para que as eleições sejam o início de um novo rumo do clube, seja qual for a chapa que vencer. O Vitória precisa de um presidente que conheça o clube e que possa tirá-lo dessa situação ruim que entrou”, indicou.

 

Zé Love também comemorou o momento que vive no futebol da Malásia. Em seis jogos, ele conseguiu marcar seis gols.

 

“Estou passando por um momento muito especial aqui na Malásia. Tem sido uma experiência boa. O futebol aqui está se desenvolvendo ainda. Tem muito a crescer nos próximos anos. Nos seis primeiros jogos fiz seis gols. É uma média boa. Estou feliz”, completou.

Sábado, 20 de Abril de 2019 - 15:30

Lesionado, Fernando Miguel eleva status no Vasco e corre para estar na final

por Bruno Braz | Folhapress

Lesionado, Fernando Miguel eleva status no Vasco e corre para estar na final
Foto: Divulgação

De "reserva imediato" de Martín Silva para "solução" ao time na final do Campeonato Carioca contra o Flamengo. Em um ano, o status de Fernando Miguel mudou no Vasco, a ponto do goleiro receber um tratamento especial para estar em campo neste domingo (21), no Maracanã, quando o Cruzmaltino tentará inverter a derrota por 2 a 0 sofrida no primeiro duelo no Engenhão.

Miguel tem um desconforto na panturrilha direita desde a partida contra o Avaí, em Florianópolis (SC), pela Copa do Brasil. Em seguida, encarou o clube rubro-negro, sentiu o local durante o jogo e quase foi substituído. Na última quarta-feira, diante do Santos, também pela competição nacional, foi vetado pelo departamento médico, algo que aumentou a preocupação dos vascaínos.

Seu substituto Gabriel Félix, 23 anos, não inspira confiança na torcida e, para muitos, não correspondeu no confronto com os paulistas, algo que aumenta o foco na recuperação do goleiro mais que com os outros lesionados, o zagueiro Leandro Castan e o atacante Rossi, que têm chances de jogar.

"Nós vamos avaliar, principalmente, o Fernando e o Rossi. O Rossi já está num período de transição. O Castán acredito que esteja liberado, apto a nos ajudar. Vamos esperar os dois até sábado. Fernando está fazendo a fisioterapia intensa nos três períodos", declarou o técnico Alberto Valentim após a derrota para o Santos por 2 a 0.

No início deste ano, Fernando Miguel recebeu um voto de confiança da diretoria, que decidiu não repor a saída de Martín Silva para o Libertad (PAR), mantendo o goleiro com o status de titular e dando oportunidades dos jovens da base serem os seus substitutos.

Aos poucos o "pé atrás" dos torcedores foi diminuindo conforme o arqueiro passou a ser destaque da equipe em vários jogos deste Campeonato Carioca.

Com boas atuações, a diretoria resolveu estender o contrato de Fernando Miguel até o fim de 2020. O anterior iria até dezembro de 2019.

Atualmente, o gol segue não sendo uma posição prioritária para reforços visando o Campeonato Brasileiro, que se inicia na semana que vem.

Além de Fernando Miguel e Gabriel Félix, o Vasco conta com o jovem Alexsander, que foi vice-campeão da Copa São Paulo de futebol júnior este ano com o clube cruzmaltino.

Sábado, 20 de Abril de 2019 - 14:30

Elton conta com apoio da torcida do Bahia para conquistar o Campeonato Baiano

por Ulisses Gama

Elton conta com apoio da torcida do Bahia para conquistar o Campeonato Baiano
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

Neste domingo (21), às 16h, o Bahia decide contra o Bahia de Feira, na Arena Fonte Nova, o título do Campeonato Baiano. Volante da equipe tricolor, Elton reconhece que o time não jogou bem o primeiro jogo, mas confia em uma evolução no segundo jogo e conta com o apoio da torcida para ficar com a taça. 

 

"A gente sabe que o primeiro jogo na casa deles nós deixamos a desejar. Eles foram melhores, só que o futebol é engraçado, a gente empatou e quase virou. Tenho certeza que aqui a torcida vai encher, vai nos apoiar e vamos erguer mais um título", disse, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Elton também destacou o ganho de confiança do Bahia após a goleada de 4 a 0 sobre o Londrina, pela Copa do Brasil.

 

"O gol não estava saindo, estávamos ganhando apertado. Quando vem um triunfo com gols, a confiança aumenta. Foi muito importante porque domingo temos uma decisão e chegar com a confiança lá em cima é muito bom", indicou.

 

Como a primeira partida terminou empatada em 1 a 1, o Bahia precisa do triunfo para ser campeão estadual pela 48ª vez. Em caso de empate, a decisão vai para os pênaltis. 

Após ofensas, D'Alessandro vai processar dois jogadores da base do Grêmio
Foto: Divulgação

O meia Andrés D'Alessandro, do Inter, vai processar dois jogadores da base do Grêmio por ofensas nas redes sociais durante o Gre-Nal da última quarta-feira (17), pela final do Campeonato Gaúcho. Ao site GloboEsporte.com, o advogado do jogador,  Mateus Marques, afirmou que o argentino dará queixa por difamação.

 

Os jogadores que postaram as mensagens são o goleiro Gabriel Chapecó e o zagueiro Ruan Tressoldi, ambos com 19 anos. Tanto Gabriel como Ruan fazem parte do time de transição do tricolor gaúcho.

 

"Não dá nem conta da mulher, vai dar conta do Rio Grande do Sul", escreveu Chapecó após D'Alessandro ser expulso da partida. Já Ruan postou o seguinte: "Blog para o D'Alessandro. Nem sabe que existem. Depois tão (sic) chorando em casa porque o personal tá deitado na cama com a mulher, ficam fazendo blog para homem". 

 

Gabriel e Ruan excluíram as contas depois da repercussão. Antes disso, Gabriel teria postado uma retratação: "Peço desculpas a todos os torcedores que ficaram ofendidos com meu tweet sobre D'Alessandro. Acabei agindo no impulso e no calor do momento. Reconheço meu erro".

Sábado, 20 de Abril de 2019 - 12:45

Elenco do Bahia finaliza preparação para decisão contra o Bahia de Feira

por Ulisses Gama

Elenco do Bahia finaliza preparação para decisão contra o Bahia de Feira
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O Bahia está pronto para a decisão do Campeonato Baiano. Na manhã deste sábado (20), o grupo tricolor fez a última atividade antes da partida contra o Bahia de Feira, marcada para este domingo (21), às 16h, na Arena Fonte Nova.

 

Os jogadores começaram a atividade de forma descontraída, com diversas partidas de futevôlei e futmesa.Depois, o preparador físico Paulo Paixão, utilizando apenas uma parte do campo, fez um trabalho especial com os atletas. Por fim, o técnico Roger Machado comandou uma movimentação com bola.

 

A equipe também treinou cobranças de pênaltis, que podem ser necessárias em caso de empate. 

 

O goleiro Douglas e o atacante Élber treinaram na sala de musculação e devem seguir fora do jogo. 

 

Ao fim da atividade, os atletas relacionados seguiram para a concentração.

Sábado, 20 de Abril de 2019 - 12:30

CBF divulga tabela detalhada da Série D; veja estreia dos baianos

por Ulisses Gama

CBF divulga tabela detalhada da Série D; veja estreia dos baianos
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou a tabela detalhada da Série D do Campeonato Brasileiro. A competição, que terá os baianos Jacuipense, Fluminense de Feira, Bahia de Feira e Juazeirense, terá início no dia 4 de maio e tem final prevista para o dia 18 de agosto.

 

Na primeira fase da competição, 68 clubes vão formar 17 grupos com quatro clubes. Os 17 líderes e os 15 melhores segundos colocados avançam para a segunda fase. No final, quatro clubes garantem o acesso para a Série C. Confira as datas, horários e locais das estreias dos times baianos (veja a tabela completa):

 

Domingo (05/5), às 16h

 

Jacuipense x ASA - Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe

 

Fluminense de Feira x Salgueiro - Joia da Princesa, em Feira de Santana

 

Interporto-TO x Juazeirense - General Sampaio, em Porto Nacional

 

América-PE x Bahia de Feira - Ademir Cunha, em Paulista 
 

Barcelona do Nordeste contrata Zé Maria, ex-presidente do Colo Colo, para ser dirigente
Foto: Reprodução / Solar Esportes

O Barcelona do Nordeste, de Itabuna, contratou José Maria de Almeida, ex-presidente do Colo Colo, para ser dirigente do clube. Campeão baiano pelo clube de Ilhéus em 2006, Zé Maria vinha atuando na crônica esportiva. 

 

“Quando cheguei ao nome de José Maria, sabia que não precisaria procurar mais. Procurei o contato, conversamos várias vezes por telefone e, finalmente, batemos o martelo", disse Weliton Nascimento, dono do Barcelona, ao site Solar Esportes.

 

"eu só queria voltar se fosse para um projeto sério e encontrei isso no Barcelona Nordeste. Já tinha me informado sobre Weliton e só ouvi elogios sobre ele", declarou Zé Maria.

 

Antigo Grapiúna, o Barcelona do Nordeste tem o objetivo de ganhar projeção nacional e disputar a Série C do Campeonato Brasileiro até 2024. 

Sábado, 20 de Abril de 2019 - 10:30

Jean Mota deve ser primeiro meia artilheiro isolado do Paulistão desde 1999

por Eder Traskini | Folhapress

Jean Mota deve ser primeiro meia artilheiro isolado do Paulistão desde 1999
Foto: Divulgação

O meia Jean Mota, do Santos, está muito perto de confirmar o prêmio de artilheiro do Campeonato Paulista da temporada de 2019. O feito não é para qualquer um: o último jogador não atacante a conquistar a artilharia isolada foi o meia Alex, em 1999, quando atuava pelo Palmeiras, com 12 gols marcados.

Elano até foi artilheiro do estadual em 2011, quando atuava pelo Santos, mas com 11 gols dividiu o prêmio com o atacante Liedson, que jogava pelo Corinthians.

Jean soma sete gols no estadual e provavelmente não será alcançado jogo final entre São Paulo e Corinthians. Quem está mais próximo do meia santista é o atacante Gustavo, com quatro gols. Ele teria de marcar um hat-trick na finalíssima para empatar com o meia santista e o Corinthians não marca um gol sequer há quatro jogos.

Após quase ser emprestado ao Bahia no início do ano, Jean Mota permaneceu no Santos por pedido do técnico Jorge Sampaoli que viu no camisa 41 qualidades que poderiam seriam úteis ao time que pretendia montar. Não deu outra: titular e mais próximo à área, Jean vive sua melhor fase com a camisa santista.

Ele deixou sua marca nos dois primeiros jogos do ano, contra Ferroviária e São Bento, e depois voltou a balançar as redes diante de Bragantino, Ituano, Mirassol e Guarani (duas vezes). Voltou a marcar pela Copa do Brasil diante do América-RN e, depois, viveu um mês de jejum que foi encerrado na última quarta-feira, quando entrou em campo com o neto de Sampaoli, Benício.

Principal destaque da equipe no ano, Jean Mota lidera o Santos em gols, com nove na temporada, e também em assistência, somando seis. Como não poderia ser diferente, o meia credita a boa fase ao técnico Jorge Sampaoli, que lhe deu confiança e colocou o jogador para atuar em sua posição de origem. Vale lembrar que Jean Mota chegou a ser lateral-esquerdo e até segundo volante desde que chegou ao clube alvinegro.

Após sofrer goleada do Bahia, Roberto Fonseca deixa o comando do Londrina
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Roberto Fonseca não é mais o técnico do Londrina. Após a equipe ter voltado ao Paraná depois de ter sofrido uma goleada de 4 a 0 para o Bahia na última quinta-feira (18), pela Copa do Brasil, o profissional decidiu entregar o cargo. 

 

Sem Fonseca, Alemão deve assumir o comando do Tubarão.Ele comandou o Londrina até o fim do Paranaense e nas três primeiras fases da Copa do Brasil.

 

O jogo contra o Bahia foi a reestreia de Fonseca no Londrina. Depois de comandar a equipe na Série B do ano passado, ele disputou o Campeonato Paulista deste ano com o Novorizontino.

Sábado, 20 de Abril de 2019 - 08:30

'Abro mão dos gols por títulos no Bahia', afirma Fernandão

por Ulisses Gama

'Abro mão dos gols por títulos no Bahia', afirma Fernandão
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Xodó da torcida do Bahia, Fernandão está próximo de conseguir o seu primeiro título no clube. Para isso, basta vencer o Bahia de Feira neste domingo (21), às 16h, na Arena Fonte Nova. O jogador, que já foi vice do estadual em 2013, abre mão até dos gols e não pensa em outra coisa a não ser a taça. 

 

"Agora a cabeça está voltada para domingo. Pessoalmente fico feliz. Abro mão de fazer gols pelos títulos no Bahia. Vou ter uma oportunidade. É focar para ser campeão", disse, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Mesmo com apenas dois dias de preparação para a grande decisão, Fernandão garante que o grupo irá se recuperar bem para atuar.

 

"O Bahia está bem estruturado. Vamos fazer uma boa recuperação para todo mundo estar 100% para a partida", indicou.

 

Como a primeira partida entre Bahia e Bahia de Feira terminou empatada em 1 a 1, o vencedor fica com o título. Em caso de novo empate, a decisão vai para os pênaltis. 

Eleições do Vitória: Gilson Presídio prioriza conquista de título nacional em 2020
Foto: Paulo Victor Nadal/ Bahia Notícias

Candidato à presidência do Vitória, Gilson Presídio apresentou as suas propostas. Sua principal meta é conquistar um título nacional em 2020 e, para isso, quer aumentar a média de público do Barradão. “Nós temos que desenvolver todos os esforços para que sejamos campeões nacionais em 2020. Tudo que se fizer desde agora é buscando isso. Essa é a meta principal. Já começaria um plano para subir para a primeira divisão ainda este ano para poder concretizar o título nacional. Aí você me pergunta como seria isso. A gente vai atuar com duas linhas de frente: uma que a gente tem mais controle, que é aumentar o público do Barradão, chegando a média de 20 mil por jogo, para dar um diferencial ao Vitória, ter animação para conseguir os resultados; e a outra são os recursos. Vamos buscar voltar ao patamar de 2017”, afirmou.

 

Presídio ainda prometeu fazer mudanças na metodologia das divisões de base do clube. “Nas minhas propostas, tem um item que fala que vamos tratar o sub-20 como a base do profissional. O sub-20 seria um banco de reservas alternativo ao jogo. Por que estou dizendo isso? O sub-20 vai ter que ter no mínimo onze jogadores com condições de jogar no profissional. Teremos, no profissional, jogadores da base. Não vai dar para criar sub-23, sub-24, sub-25. Ou a pessoa nessa faixa de idade galga para ser profissional, ou vai ser emprestado. Se tiver falta de algum desses, vamos ao mercado contratar atleta nessa faixa de idade. Ou seja: a base será a base do profissional”, pontuou. Clique aqui e confira a entrevista completa.

Sexta, 19 de Abril de 2019 - 17:00

'Neymar deveria voltar ao Barça para ser o melhor do mundo', diz Rivaldo

por Folhapress

'Neymar deveria voltar ao Barça para ser o melhor do mundo', diz Rivaldo
Foto: Reprodução / Instagram

Pentacampeão com a seleção brasileira, Rivaldo deu sua opinião sobre alguns jogadores brasileiros que atuam na Europa. E Neymar foi um deles. Para o ex-jogador, o atacante do Paris Saint-Germain precisa retornar ao Barcelona se quiser garantir o título de melhor jogador do mundo.

"O melhor seria que Neymar voltasse ao Barcelona. Tem que ser o melhor do mundo. O Paris Saint-Germain é uma grande equipe, mas se voltar à Espanha, ele terá mais oportunidades para conquistar o prêmio de melhor jogador do mundo", falou Rivaldo à "Ser Catalunya".

Philippe Coutinho também esteve na pauta. Rivaldo falou sobre o gesto do brasileiro na comemoração do golaço contra o Manchester United: ele tapou os ouvidos com os dedos demonstrando estar "surdo" para as vaias ouvidas ao longo da temporada nos jogos do Barça no Camp Nou.

"Eu não gostei, mas eu gosto muito dele. Não quero que ele saia do Barcelona. Espero que ele marque mais gols para ser um ídolo no clube", opinou Rivaldo.

Rivaldo atuou no Barcelona entre os anos de 1997 e 2002.

Sexta, 19 de Abril de 2019 - 16:30

'Meu sonho é fazer o gol do título diante do Bahia', diz meia do Bahia de Feira

por Leandro Aragão

'Meu sonho é fazer o gol do título diante do Bahia', diz meia do Bahia de Feira
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O meio-campista Bruninho, do Bahia de Feira, marcou um belo gol que abriu o placar no empate em 1 a 1 com o Bahia no primeiro jogo da final do Campeonato Baiano. O jogador, que é um dos destaques do time na competição, disse que sonha em marcar o tento do título do Tremendão. A partida decisiva está marcada para o próximo domingo (21), às 16h, na Arena Fonte Nova.

 

"Meu sonho é fazer o gol do título ainda mais diante do Bahia numa final de Campeonato Baiano. Se isso acontecer eu vou ficar muito grato a Deus e à minha família que estão no dia-a-dia me apoiando", afirmou em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Segundo Bruninho, o elenco do Bahia de Feira está confiante de que pode surpreender o Bahia em plena Fonte Nova. A confiança vem da boa atuação do Tremendão no primeiro duelo, disputado no Joia da Princesa. O confronto está aberto e quem vencer o próximo encontro conquista o título do Baianão.

 

"Estamos confiantes de chegar lá na Fonte Nova fazer um bom jogo, surpreender o Bahia e trazer mais um troféu para Feira de Santana. Então, a gente vai em busca disso. Vamos jogar como time grande que nem jogamos contra eles aqui, não se acovardamos do jogo. Tivemos momentos bons na partida que poderíamos ter liquidado fazendo mais gols. Infelizmente, a gente perdeu gols, eles também, mas o jogo está em aberto agora. Vamos trabalhar firme e forte para chegar no domingo diante do Bahia e sair campeão", disse.

 

O Bahia de Feira briga para ser campeão baiano pela segunda vez na sua história. O primeiro título aconteceu em 2011 quando bateu o Vitória, no Barradão, por 2 a 1.

Sexta, 19 de Abril de 2019 - 15:30

Pablo Fernandez projeta jogo difícil do sub-20 do Bahia contra o Poções pelo Baiano

por Ulisses Gama / Leandro Aragão

Pablo Fernandez projeta jogo difícil do sub-20 do Bahia contra o Poções pelo Baiano
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

O time sub-20 do Bahia entra em campo neste sábado (20), a partir das 15h, para enfrentar o Poções, no Heraldão, pelo primeiro jogo do confronto das quartas de final do Campeonato Baiano da categoria. O técnico Pablo Fernandez espera um jogo difícil contra a equipe do interior.

 

"A gente vem evoluindo com a medida dos jogos. Tivemos boas apresentações no primeiro turno da primeira fase, jogos mais competitivos no segundo turno e isso fez com que a equipe amadurecesse um pouco e com esse amadurecimento, as boas atuações vieram. A gente tem uma partida muito difícil contra a equipe do Poções nesse sábado. É uma equipe bastante competitiva, com jogadores de qualidade individual bem elevada, jogadores rápidos na frente, defesa bem forte fisicamente. Então, a gente espera ter bastante dificuldade nessa eliminatória. Claro que a gente tem que buscar vencer o jogo ida, então esse é o nosso objetivo", analisou em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Na primeira fase, os garotos do Tricolor venceram cinco partidas e empataram apenas uma, fechando na liderança do Grupo 4. O time marcou 25 gols e sofreu três. Apesar do bom desempenho na competição, Pablo Fernandez disse que a equipe ainda pode melhorar. 

 

"A gente precisa ser melhor a cada jogo. A gente precisa render mais. O nosso rendimento precisa ser melhor a cada jogo, não só o resultado, que precisa vir acompanhado do rendimento, da performance dos atletas. Isso a gente vem cobrando e eles estão correspondendo", afirmou.

 

A partida de volta do confronto será no dia 27, um sábado, às 15h, no CT do Fazendão. O empate no placar agregado leva a decisão da vaga na semifinal para os pênaltis.

Renato Gaúcho diz que vai pagar R$ 50 mil a Paulo Victor do próprio bolso
Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O técnico Renato Gaúcho disse que vai pagar os R$ 50 mil de presente a Paulo Victor do próprio bolso. Na conquista do título do Gauchão pelo Grêmio, na última quarta-feira (17), o treinador prometeu a quantia ao goleiro por ter feito três defesas durante a disputa de pênaltis contra o Internacional (veja aqui). As duas equipes ficaram no empate sem gols no tempo normal da final.

 

"Não tem nada de brincadeira. Mas nem dormi ainda. Calma, gente. Amanhã, o Paulo me dá a conta dele. Sem problema nenhum. Da minha conta, vai para a dele. Palavra de homem. Ele é merecedor. Não que os outros não sejam. Mas ele foi muito decisivo. Ele pegou três pênaltis. E não foram três defesas quaisquer. Se não fosse por ele, o Grêmio não teria sido campeão. Por isso, dei o prêmio. É merecedor", disse na última quinta (18) na festa dos Melhores do Gauchão.

 

Minutos após Renato ter feito a promessa a Paulo Victor, o presidente do clube Romildo Bolzan, qu estava ao lado do treinador, disse que o pagamento era "problema dele". O mandatário ainda brincou dizendo que gostaria de ter a conta do ídolo gremista.

Entidades de esporte apresentam propostas ao governo Bolsonaro
Foto: EBC / Reprodução

A Rede Esporte pela Mudança Social (Rems) e pela organização Atletas pelo Brasil apresentaram propostas ao ministro da Cidadania, Osmar Terra, e ao secretário especial do Esporte, Marco Aurélio Vieira, em um encontro esta semana em São Paulo.

 

Segundo a Folha de S. Paulo, cerca de 20 pessoas participaram da reunião e foram apresentados trabalhos que abordavam a importância da prática esportiva.

 

A Rems reúne 116 instituições e que proporciona, por ano, o acesso regular à atividade física a mais de 400 mil pessoas.

 

Entre os temas debatidos na reunião, de acordo com a Folha, estão a importância da Lei de Incentivo ao Esporte e a necessidade de um Sistema Nacional do Esporte foram debatidos.

Sexta, 19 de Abril de 2019 - 12:30

Após boas atuações, Nino revela que ganhou mais liberdade com mudança tática de Roger

por Ulisses Gama / Leandro Aragão

Após boas atuações, Nino revela que ganhou mais liberdade com mudança tática de Roger
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

O lateral-direito Nino Paraíba atribuiu sua recente subida de produção à chegada do técnico Roger Machado. Bastante criticado pela torcida anteriormente, o jogador foi o destaque do Tricolor nas duas últimas partidas, principalmente na goleada por 4 a 0 sobre o Londrina, nesta quinta-feira (18), em que marcou um gol e deu o passe para outro.

 

"O Roger chegou e deu mais liberdade para a gente lateral. Conseguimos chegar mais na frente. Na outra, eu ficava um pouco na linha de três e o Moisés apoiava um pouco mais. Mas agora o nosso time todo deu o melhor dentro de campo. O Roger falou que se cada um se dedicasse mais do que o jogo passado, a gente sabia que podia fazer um bom resultado", afirmou em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Nino destacou a importância da boa sequência que tem emplacado, principalmente na visão do torcedor. Ele teve o nome cantado nas arquibancadas da Fonte Nova contra o Londrina. 

 

"Para mim é muito importante. A gente sabe que é difícil, desde janeiro sendo cobrado por uma coisa que eu sei que posso dar mais. Mas está tudo encaminhando, dando certo, meus companheiros estão me dando força em cada jogo. Graças a Deus agora começaram a sair os gols e dar passe", disse.

 

Após a eliminação na Copa do Nordeste, na derrota para o Sampaio Corrêa, o Bahia emplacou quatro jogos sem perder, sendo dois triunfos, ambos pela Copa do Brasil. No próximo domingo (21), o time decide o título do Campeonato Baiano com o Bahia de Feira, na Fonte Nova. Depois, faz o segundo jogo da quarta fase da Copa do Brasil com o Londrina. Em seguida, o Tricolor estreia no Brasileirão diante do Corinthians, em casa, no dia 28 de abril. Nino vibrou com a boa sequência da equipe baiana que parece entrar nos trilhos, após um primeiro semestre irregular.

 

"Para a gente é muito bom. Conseguimos fazer uns bons jogos para quando chegar no Brasileiro a gente começar bem. Sabemos que vai ser difícil, mas dentro de casa temos que fazer o dever de casa. Agora é pensar no Bahia de Feira domingo e esperar sair com o título", falou.

 

Na decisão do Baiano, o confronto entre Bahia e Bahia de Feira está aberto e quem vencer conquista o título. Enquanto o empate leva a disputa para os pênaltis. Já na Copa do Brasil, a situação é bem mais confortável, o Tricolor pode perder por até três gols de diferença para avançar de fase.

Sexta, 19 de Abril de 2019 - 11:30

Após goleada na Fonte, técnico do Londrina fala em rever 'diretrizes' para jogo de volta

por Ulisses Gama / Leandro Aragão

Após goleada na Fonte, técnico do Londrina fala em rever 'diretrizes' para jogo de volta
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

A goleada sofrida para o Bahia por 4 a 0, na noite da última quinta-feira (18), na Arena Fonte Nova, deixou o Londrina em situação bastante complicada no confronto da quarta fase da Copa do Brasil. Para se classificar, o time precisa golear o Tricolor por 5 a 0, no duelo de volta marcado para a outra quinta (25), às 19h15, no estádio do Café. Três dias depois, o time paranaense vai estrear na Série B do Brasileiro para buscar o acesso, seu principal objetivo na temporada. O Tubarão do Paraná encara o CRB, no Rei Pelé, na primeira rodada. Com este cenário, Roberto Fonseca pôs em cheque a ambição da equipe em sobreviver no torneio nacional ao falar em rever diretrizes para esses dois jogos. 

 

"Nós sempre somos fortes lá. Claro que a gente tem que traçar diretrizes. A gente joga na quinta e já temos um jogo no próprio domingo. A gente tem que ver quais serão as diretrizes e quais seriam as ações que deveríamos tomar para esses dois jogos", afirmou em entrevista ao Bahia Notícias. "Não foi aquilo que a gente esperava. Nós sabíamos que seria um jogo extremamente difícil, é um time de Série A, um time fortíssimo e o torcedor do lado também. Mas acabamos sentindo, a grande realidade foi essa e a gente tem que levar como avaliação o aprendizado, porque nós temos uma competição dificílima durante o ano e nós temos que saber qual é o nosso foco, a nossa direção e as nossas necessidades", completou.

 

Além da pressão, Roberto Fonseca disse que a expulsão do meio-campista Paulinho Moccelin aos 39 minutos do primeiro tempo, complicou ainda mais a vida do Londrina. Naquela altura, o time já perdia por 2 a 0. 

 

"Imagina que você está jogando numa adversidade e essa adversidade acabou aumentando muito, principalmente no horário que foi, praticamente no começo. Aí você fica um tempo inteiro exposto. A gente até temia coisa pior no segundo tempo. Um a menos aqui dentro, você já perdendo o jogo de 2 a 0 fica totalmente exposto para o adversário", comentou.

 

Se a expulsão de Paulinho teve influência direta no resultado final, Fonseca não viu falta de entrosamento dos reforços. Dos quatro que foram relacionados, o zagueiro Wallace, o lateral-esquerdo Neuton e o próprio Paulinho, que voltou de empréstimo, entraram em campo. Apenas Diego Gonçalves, ficou no banco de reservas durante os 90 minutos.

 

"Entrosamento não, mesmo porque foram praticamente pontuais e praticamente, vamos dizer, distintas. Eu acho que o Bahia conseguiu ser superior a nós. Nós tivemos as nossas falhas e nas nossas falhas o Bahia acabou decidindo conseguindo fazer aquilo que a gente sempre fala: Contra time grande você não pode errar. Se você erra, você tem um adversário de qualidade para frente", finalizou.

Sexta, 19 de Abril de 2019 - 10:30

Autora de três gols, Verena celebra goleada do Vitória: 'Nos deixa mais tranquilas'

por Glauber Guerra / Leandro Aragão

Autora de três gols, Verena celebra goleada do Vitória: 'Nos deixa mais tranquilas'
Foto: Kadu Brandão / EC Vitória

A estrela da atacante Verena brilhou intensamente ao balançar as redes três vezes na goleada do Vitória sobre o Sport por 5 a 0, na última quinta-feira (18), pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. As meninas do Leão conquistaram a primeira vitória na competição. Para a artilheira do dia, o resultado dará mais tranquilidade ao time que vivia momento difícil no certame.

 

"Jogamos bem, criamos bastante e conseguimos fazer esses cinco gols para nos deixar mais tranquilas para o próximo jogo. Espero que a gente possa continuar ganhando, fazer bons resultados e sair do rebaixamento. Vamos lá cada jogo com os pés no chão e buscar mais uma vitória", afirmou em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Verena também comemorou sua boa atuação individual. Ela dedicou os gols marcados à família, principalmente ao seu avô.

 

"Me sinto muito aliviada por ter marcado e ter ajudado o meu time a sair com a vitória. Estou muito feliz", disse. "Eu dedico os gols para a minha família, principalmente para o meu avô, à todos da torcida rubro-negra e às jogadoras também", completou.

 

Com o resultado, o Vitória conquistou os primeiros três pontos e ocupa a 13ª posição na tabela. A equipe, comandada pelo técnico Lucas Grillo, volta ao gramado na próxima sexta-feira (26) para encarar o Minas Icesp, a partir das 15h, no Barradão.

Sexta, 19 de Abril de 2019 - 09:30

'Entramos focados e querendo competir', diz Flávio sobre goleada do Bahia

por Ulisses Gama / Leandro Aragão

'Entramos focados e querendo competir', diz Flávio sobre goleada do Bahia
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

Para o volante Flávio, a vontade de competir do time do Bahia fez a diferença na goleada aplicada sobre o Londrina por 4 a 0, na última quinta-feira (18), pelo primeiro jogo da quarta fase da Copa do Brasil. O Tricolor não deu vez ao adversário e abriu 2 a 0 logo no primeiro tempo. O time paranaense ainda perdeu um jogador expulso e os donos da casa aproveitaram para balançar as redes mais duas vezes na etapa final.

 

"Diferente do nosso último jogo contra o Bahia de Feira, a gente entrou focado e querendo competir desde o começo do jogo. A gente sabia que se a entrássemos focados e com esse espírito de guerra, de querer vencer mesmo, nossa qualidade ia sobressair. Graças a Deus, a gente teve o jogo na mão, com a expulsão do jogador deles facilitou nosso jogo mais ainda, então a gente soube explorar bem os espaços que eles deixaram para a gente e aplicamos essa bela vantagem", disse em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Com o resultado, o Tricolor encaminhou a classificação as oitavas de final da Copa do Brasil. O time baiano pode perder por até três gols de diferença para seguir no torneio nacional. A derrota por quatro gols leva a decisão para os pênaltis, enquanto o Londrina precisa ganhar por cinco tentos para ficar com a vaga. O próximo encontro será na quinta (25), às 19h15, no estádio do Café.

 

Flávio ainda elogiou o lateral-direito Nino Paraíba, que foi o grande destaque da partida. Antes criticado pela torcida, o jogador, de 33 anos, teve seu nome cantado nas arquibancadas. 

 

"A gente estava até comentando no banco ali. Futebol é muito... Virou assim, né? Ele vinha numa sequência muito boa, mas a gente sabe do potencial dele e em nenhum momento duvidamos da capacidade do Nino. Lá em Feira, ele já tinha feito uma excelente partida e hoje, meus Deus, um monstro em campo! Marcando, atacando, fez gol, deu assistência, então é só coroar. A gente fica feliz por ele, porque teve um momento difícil, foi bastante criticado e ver a torcida cantando o nome dele a gente, que é companheiro, fica muito feliz por ele", falou.

 

O elenco do Bahia não terá muito tempo para comemorar o grande resultado. No próximo domingo (21), às 16h, novamente na Fonte Nova, a equipe volta ao gramado para decidir o título do Campeonato Baiano, contra o Bahia de Feira. Após empate em 1 a 1 no primeiro jogo, o confronto está aberto e quem vencer este novo encontro levanta o troféu. Uma nova igualdade no placar leva a decisão para os pênaltis. Flávio pregou respeito ao adversário, mas revelou que está com o grito de campeão preso na garganta desde o ano passado quando o Esquadrão perdeu a final da Copa do Nordeste.

 

"Eu estou nessa expectativa desde o ano passado da Copa do Nordeste, que eu queria ser campeão, mas batemos na trave. Virar a chavinha da Copa do Brasil e quero muito ser campeão, quero muito levantar a taça, mas a gente tem que respeitar o Bahia de Feira que é uma grande equipe também. Mas a gente vai estar jogando em casa e temos que ir para cima fazer o nosso resultado para sacramentar esse título que é muito importante para a gente", afirmou.

Sexta, 19 de Abril de 2019 - 08:30

Roger elogia Nino e conta que jogadores cantaram a música do lateral no vestiário

por Ulisses Gama / Leandro Aragão

Roger elogia Nino e conta que jogadores cantaram a música do lateral no vestiário
Nino é abraçado pelos companheiros | Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

A exibição de gala do lateral-direito Nino Paraíba deixou torcida e jogadores em estado de êxtase. Inclusive as críticas de outrora ao camisa 2 foram esquecidas e transformadas em música nas arquibancadas: "Nino Paraíba, nós gostamos de você". Que continuou sendo cantada no vestiário como contou o técnico Roger Machado. O comandante do Bahia elogiou o atleta que foi o destaque na goleada do Tricolor sobre o Londrina por 4 a 0, na noite desta quinta-feira (18), na Arena Fonte Nova, pelo primeiro jogo da quarta fase da Copa do Brasil.

 

"Repetiram no vestiário o canto do torcedor. Não sei se estou com o registro do vestiário ou do campo. Mas o carinho que os atletas têm pelo Nino é muito grande, principalmente porque eles percebem a doação e a entrega do Nino em cada jogo. Eles se sentem... Dói um pouco quando veem nosso torcedor vaiar qualquer um de nós em campo. Porque, se o torcedor adversário me vaia, é porque, no mínimo me respeita ou tem medo. Mas minha torcida vaiar é muito duro. Tenho gravado na memória emocional as poucas vezes em que fui vaiado em casa pelo meu torcedor. Doeu demais. Muitas vezes, os atletas sentem, querem abraçar e recompensar aquele esforço diário do atleta que está sendo criticado, que recebe vaias em casa, com carinho e reconhecimento. Hoje eu frisei que tivemos 14 Ninos em campo, como tivemos um Nino que fez um grande jogo no primeiro jogo da decisão. Hoje a gente teve muitos que, defensivamente, em duelos individuais, tiveram muita superação", disse Roger durante a entrevista coletiva.

 

Com o resultado, o Bahia encaminhou a classificação as oitavas de final da Copa do Brasil. O Tricolor pode perder por até três gols de diferença para avançar para a próxima fase. O segundo jogo contra o Londrina será na quinta-feira (25), às 19h15, no estádio do Café.

Destaque no Brasil, competição de Mountain Bike cresce na Bahia e pode ajudar turismo
Foto: Divulgação

Chegando à sua 5ª edição, O Suba 100 MTB - Inselberg Challenge movimenta os municípios de Santa Teresinha, Itatim e Castro Alves, na Bahia, desde 2015. Um dos idealizadores do evento, Pietro Baddini contou a história da competição que passou a ser considerada uma das cinco maiores provas de Mountain Bike do país. “Santa Teresinha é a capital baiana do Voo Livre, e naquela região tem uma formação rochosa que é única do mundo, chamada de Inselbergs. Através de um estudo feito pela Ufba [Universidade Federal da Bahia], foi constatado que aquela região tem o maior conjunto de torres de pedra do mundo, chamada de placas tectônicas de Jequié. Essa região era explorada pelo voo e eles viram o potencial de trilhas no local. Resolveram fazer uma prova de Mountain Bike, que é de subida, e o principal intuito é o Challenge”, explicou ao Bahia Notícias.

A prova é uma das mais belas do Brasil | Foto: Divulgação 

A competição, marcada para os dias 26, 27 e 28 de abril, também tem crescido em participação. Segundo Pietro, a 1ª edição contou com 178 atletas de alguns estados do Brasil. No ano seguinte, a competição recebeu 600 ciclistas. No 3º foram 800 e no 4º ano 1.000 competidores. Nesta temporada serão 1.527 participantes. Outro recorde quebrado para esse ano foram as inscrições femininas. Mais de 200 mulheres vão participar.

 

Inicialmente, a prova era disputada em um único dia com um percurso de 100km. Porém, após duas edições, a competição mudou para 100 milhas em dois dias, divididos entre Mata Atlântica e Caatinga nos Inselbergs.

 

“É um Challenge de 100 milhas. Como a região tem uma trilha muito dura, ficaria impossível o atleta fazer em um dia. A prova terminaria de madrugada, caso fizéssemos isso. Resolvemos fazê-la em dois dias, sendo que no primeiro na Mata Atlântica e no segundo dia na Caatinga. Tem uma região que no mesmo lugar existem dois biomas, com a mata Atlântica de um lado e a Caatinga do outro. O primeiro dia é o de maior ascensão, é quando você sobe mais. São quase 2.500m. A prova completa tem um acúmulo de 4.500m de ascensão”, explicou Pietro.

Os ciclistas enfrentam diversos cenários | Foto: Divulgação 

Presidente da Federação Baiana de Ciclismo (FBC), Orlando Schmidt destacou a importância do evento para o município de Santa Teresinha: “O desenvolvimento da cidade e da cultura é um legado que não tem preço. A Federação está muito satisfeita com esse legado. Abrimos as inscrições e em 12h mais de 1.500 ciclistas se inscreveram, o que nos deixou bastante emocionados”, disse o mandatário da entidade.

 

“Santa Teresinha não tinha nem sequer uma pousada, eram apenas estalagens. Atualmente temos sete pousadas e um hotel fazenda. Ela vira um grande dormitório. Esse ano, mais de 220 residências foram alugadas, que é um incremento de mais de R$ 1,5 milhão. Não só para a cidade, mas também em Castro Alves, Itatim, Milagres, todos os locais são ocupados. O evento chega a receber oito mil pessoas, entre turistas e atletas”, completou Pietro.

 

Santa Teresinha é o Centro Esportivo do evento. Toda estrutura da prova é montada na cidade, desde a largada, premiação, logística, entre outros. O cenário do município também é destaque. Ventos, chuva, calor e frio fazem parte da prova em um mesmo dia.

 

Ainda segundo Pietro, os atuais campeões são os baianos Caroline e Kennedy Lago, que é atleta profissional: “Infelizmente ele não poderá participar neste ano por estar em outro evento. Porém, Mário Veríssimo, que é o atual Campeão Brasileiro de Maratonas, irá participar”, disse Pietro.

Um dos idealizadores, Pietro entrega premiações | Foto: Divulgação  

A vinda de Veríssimo foi bastante comemorada por Orlando: “Estar inserido nas melhores provas do Brasil já é de grande importância, e estar em um evento onde os grandes atletas do Brasil inteiro estão participando é uma satisfação imensa”, disse o presidente da FBC e organizador do evento.

Quinta, 18 de Abril de 2019 - 23:54

Veja os gols de Bahia 4 X 0 Londrina

Veja os gols de Bahia 4 X 0 Londrina
Colaboração de foto: Felipe Oliveira/ECB

Quinta, 18 de Abril de 2019 - 22:55

Após goleada, Roger cita 'jogo inteligente' do Bahia e elogia Ramires

por Ulisses Gama

Após goleada, Roger cita 'jogo inteligente' do Bahia e elogia Ramires
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

O Bahia goleou o Londrina por 4 a 0 na noite desta quinta-feira (18), na Arena Fonte Nova, e abriu uma larga vantagem na quarta fase da Copa do Brasil. Ao falar sobre o desempenho da equipe durante a goleada, o técnico Roger Machado citou o "jogo inteligente" da equipe para administrar o bom resultado diante do adversário.

 

"Acho que não é diminuição do ritmo, é jogo mais inteligente. Porque as trocas, a gente deu duas três ou transições, porque o adversário estava com um jogador a menos, estava fechando o corredor central. A gente estava insistindo por dentro. Tomamos dois contra-ataques com o adversário com um a menos. Com as trocas e as observações, tanto para Fernandão, que estava entrando, como Rogério, para que não aceitassem o jogo interno, porque não era o que deviam fazer. A gente tinha que ter a bola nos dois corredores para que se abrisse e conseguisse fazer o jogo interno. Foi mais jogo inteligente do que diminuir o ritmo. Tem que entender o jogo. O torcedor fica impaciente com passe para trás. Mas é mais importante fazer um jogo inteligente para fazer jogo correto", declarou.

 

Roger Machado também fez elogios ao meia Ramires. Segundo o técnico, o jovem atleta conseguiu cumprir com a sua função tática e teve uma boa movimentação sem a bola. Além disso, o comandante lembrou do fato do camisa 10 não ter tido férias em virtude da disputa do Campeonato Sul-Americano sub-20.

 

"Ramires hoje fez uma bela partida. Aos olhos do treinador, a gente observa outras capacidades, não só virtudes com bola nos pés. Obediente taticamente, deu apoio e permitiu que o jogo fluísse pelo lado. Quando botei Rogério, ele foi para dentro lado a lado com Fernandão. E também com sua movimentação sem a bola. Muitas vezes, a gente costuma analisar apenas o jogo com bola. As movimentações possibilitam que o colega use o espaço criado por ele. Fez um belo jogo. É jovem, não teve férias. A gente, às vezes, acha que o jovem que não precisa descansar, mas não é verdade. Assim Rogério, Nino, vêm recuperando o prestígio com o torcedor. As vitórias nos dão isso. Devagar. O torcedor volta quando a gente representa bem o torcedor em campo. O torcedor é nosso combustível, porém, a energia que a gente joga do campo para arquibancada é que o torcedor devolve. Não é o inverso. Somos nós os responsáveis por trazer nosso torcedor para o nosso lado", pontuou.

 

No próximo domingo (21), o Bahia decide o Campeonato Baiano contra o Bahia de Feira, às 16h, novamente na Arena Fonte Nova.

Quinta, 18 de Abril de 2019 - 22:45

Moisés recebe o terceiro amarelo e fica fora do 2º jogo contra o Londrina

por Ulisses Gama

Moisés recebe o terceiro amarelo e fica fora do 2º jogo contra o Londrina
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O lateral-esquerdo Moisés está fora do segundo jogo contra o Londrina, pela quarta fase da Copa do Brasil. No jogo desta quinta-feira (18), o jogador recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso.

 

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta (25), em Londrina, no estádio do Café. Como venceu o primeiro jogo por 4 a 0, o Esquadrão de Aço pode até perder por três gols de diferença.

Quinta, 18 de Abril de 2019 - 22:03

Mesmo com larga vantagem, Anderson prega respeito ao Londrina: 'Nada resolvido'

por Ulisses Gama

Mesmo com larga vantagem, Anderson prega respeito ao Londrina: 'Nada resolvido'
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O Bahia goleou o Londrina por 4 a 0 na noite desta quinta-feira (18) e deu um passo importante para seguir adiante na Copa do Brasil. Mesmo com a boa vantagem, o goleiro Anderson pregou respeito ao adversário. As duas equipes vão se enfrentar na próxima quinta-feira (25), no estádio do Café, em Londrina. 

 

"Respeitando o Londrina, não tem nada resolvido. Com 20 minutos o garoto foi expulso e complicou eles. Eles são perigosos e precisamos tomar cuidado lá", indicou.

 

Sobre a final do Campeonato Baiano, o experiente arqueiro mirou o título para homenagear Seu Adherbal, funcionário do clube.

 

"Quero ser campeão e quero dedicar o título a seu Adherbal, que está lutando contra um câncer", contou.

 

Bahia e Bahia de Feira se enfrentam no próximo domingo (21), às 16h, na Arena Fonte Nova.

 

Nino Paraíba celebra boa atuação e pazes com a torcida: 'Trabalhar para dar alegria'
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

A noite desta quinta-feira (18) na Arena Fonte Nova foi de Nino Paraíba. Com um gol e uma assistência, ele ajudou o Bahia a aplicar 4 a 0 no Londrina, na primeira partida da quarta fase da Copa do Brasil. Após o jogo, ele comemorou o bom momento que vive.

 

"Só tenho a agradecer a Deus. Meus companheiros sempre acreditaram e confiaram, mesmo com a desconfiança da torcida. Agora é pensar na final [do Campeonato Baiano]. Vamos em busca desse título", declarou.

 

Durante o jogo, Nino teve o seu nome cantado pelos mais de 17 mil torcedores que compareceram. Questionado sobre uma possível idolatria, ele pregou foco no trabalho.

 

"A partir de agora vamos trabalhar para dar alegria para essa torcida", completou.

 

O Bahia volta a jogar no próximo domingo (21), contra o Bahia de Feira, pelo jogo decisivo do Baianão. Na Copa do Brasil, o Tricolor reencontra o Londrina na próxima quinta-feira (25), no estádio do Café.

Quinta, 18 de Abril de 2019 - 21:52

Bahia goleia o Londrina e abre vantagem na 4ª fase da Copa do Brasil

por Ulisses Gama

Bahia goleia o Londrina e abre vantagem na 4ª fase da Copa do Brasil
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O Bahia venceu o Londrina por 4 a 0 na noite desta quinta-feira (18), na Arena Fonte Nova, e saiu em vantagem na quarta fase da Copa do Brasil. Superior ao adversário, o time marcou com Arthur Caíke, Nino Paraíba, Artur e Fernandão. As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta (25), às 19h15, no estádio do Café, em Londrina.

 

A equipe do técnico Roger Machado agora pensa na grande final do Campeonato Baiano. No próximo domingo (21), às 16h, na mesma Arena Fonte Nova, o Esquadrão de Aço enfrenta o Bahia de Feira nos 90 minutos decisivos pela taça.

 

O JOGO

 

Incentivado pelo grito dos torcedores, o Bahia começou o jogo em cima do Londrina, buscando alternativas para chegar ao gol. A primeira boa chance para marcar apareceu aos onze minutos, quando Ramires serviu Gilberto na grande área e o camisa 9 finalizou dividindo com o zagueiro.

 

Aos 20, nova tentativa do Tricolor. Nino conseguiu avançar em velocidade no contra-ataque, invadiu a grande área e finalizou rasteiro, ao lado da meta do Tubarão.

 

Arthur Caíke marca o primeiro do Bahia

 

Aos 24 minutos, enfim, o Bahia chegou ao seu primeiro gol. Após ficar com a bola na intermediária, Artur avançou em velocidade e serviu para Arthur Caíke, que não titubeou e tocou com a perna esquerda para balançar a rede e fazer a alegria da torcida.

 

Nino Paraíba faz o segundo e ganha música

 

Quatro minutos depois de abrir o placar, o Esquadrão ampliou a vantagem. E foi de forma especial. Nino Paraíba avançou pela direita e serviu Gilberto na grande área. O camisa 9 avançou, furou o chute, permaneceu com a bola e cruzou rasteiro para o mesmo Nino. Na frente do gol, o camisa 2 teve a tranquilidade do mais frio centroavante para escolher o canto certo e explodir a Arena Fonte Nova de felicidade. Após o gol, os torcedores gritavam "Nino Paraíba, nós gostamos de você!".

 

Paulinho Moccelin recebe vermelho

 

Aos 39 minutos, cartão vermelho para Paulinho Moccelin, do Londrina. Após Gilberto roubar a bola no ataque, o jogador do time paranaense o atingiu de forma violenta. O juiz Péricles Bassols não hesitou em expulsá-lo.

 

Segundo tempo

 

Com a vantagem no placar e superior numericamente, o Esquadrão saiu na busca por mais gols. Aos cinco minutos, Artur tocou para Ramires, que ajeitou para Arthur Caíke chutar de primeira. A finalização passou muito próxima do gol.

 

O Londrina, que pouco chegou no ataque, assustou aos 15 minutos. Após cobrança de falta, Augusto cabeceou por cima da meta defendida por Anderson.

 

Artur, de cabeça, faz o terceiro

 

O Esquadrão de Aço conseguiu ampliar ainda mais. Aos 32 minutos, Nino Paraíba cruzou com maestria pelo lado direito e o baixinho Artur cabeceou bonito, sem dar chances para o goleiro. 

 

Fernandão completa a goleada

 

Antes do apito final, o quarto gol veio. Após cobrança de escanteio, Fernandão cabeceou e fechou a conta na Arena Fonte Nova.

 

FICHA TÉCNICA 
Bahia 4 x 0 Londrina
Copa do Brasil - 4ª fase (1º jogo)

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 18/04/2019 (domingo)
Horário: 20h
Árbitro:  Péricles Bassols Cortez (PE)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Ricardo Bezerra Chianca (ambos de PE)

Cartões amarelos: Elton, Flávio (Bahia)

Cartão vermelho: Paulinho Moccelin (Londrina)

Gols: Arthur Caíke, Nino Paraíba, Artur e Fernandão (Bahia)


 

Bahia: Anderson; Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Elton e Gregore (Flávio); Artur, Ramires e Arthur Caíke (Rogério); Gilberto (Fernandão). Técnico: Roger Machado.

 

 

Londrina: Matheus Albino; Raí Ramos, Augusto, Wallace e Neuton (Felipe); Germano, Anderson Leite e Luquinha (Safira); Paulinho Moccelin, Dagoberto (Marcelinho) e Anderson Oliveira. Técnico: Roberto Fonseca.

Quinta, 18 de Abril de 2019 - 20:30

Verstappen rouba a cena no início da temporada e é elogiado por chefe

por Julianne Cesaroli | Folhapress

Verstappen rouba a cena no início da temporada e é elogiado por chefe
Foto: Reprodução / Instagram

Enquanto fala-se muito no duelo entre Mercedes e Ferrari, um piloto está aproveitando para roubar a cena neste início da temporada da Fórmula 1. Max Verstappen está em terceiro no campeonato, à frente das duas Ferrari, e vem impressionando o chefe Christian Horner.

O holandês foi o terceiro colocado no GP da Austrália, conquistando um pódio logo na primeira corrida da parceria da Red Bull com a Honda. Na etapa seguinte, só não repetiu o feito devido a um Safety Car nas últimas voltas, uma vez que tinha ritmo suficiente para superar Charles Leclerc, que sofria com problemas no motor.

Já no último final de semana, na China, Verstappen conseguiu se manter perto o suficiente das Ferrari na parte inicial da prova e, ao antecipar sua parada nos boxes, superou Leclerc e até chegou a ultrapassar Vettel momentaneamente. Mas o alemão conseguiu se manter em terceiro e o holandês cruzou em quarto.

Como a Red Bull ainda não tem a mesma velocidade de reta que Mercedes e principalmente Ferrari, e tem enfrentado dificuldades para acertar o carro, os resultados de Verstappen chamam ainda mais a atenção.

"Max pilotou muito na China, e ainda que ele tenha lutado bastante para passar Vettel e lutar por um pódio, não tínhamos ritmo para passar a Ferrari."

Os resultados de Verstappen são ainda mais impressionantes se comparados aos de seu novo companheiro, Pierre Gasly. Mesmo que o francês diga que não está adaptado à Red Bull, a diferença é grande: Gasly tem até o momento um 11º, um oitavo e um sexto lugares.

Perguntado pela reportagem o que acredita que está faltando para a Red Bull lutar por vitórias, Verstappen disse que são duas as principais áreas: velocidade de reta e aderência do carro.

"Na China, estava ventando muito e acho que nosso carro é mais sensível a isso do que os outros. E é claro que a velocidade máxima não é o que gostaríamos que fosse. Mas as coisas estão em um bom caminho. Só temos de continuar forçando e melhorando o equilíbrio do carro e também do ponto de vista do motor. Não estou desapontado porque sei que tirei o máximo do carro."

Após três etapas disputadas, Verstappen tem 39 pontos. O líder do campeonato é Lewis Hamilton, com 68, seguido pelo companheiro de Mercedes, Valtteri Bottas, que tem 62. As Ferrari vêm em quarto e quinto, com Vettel somando 37 pontos e Leclerc, 36. A próxima etapa da Fórmula 1 será disputada dia 28 de abril, no Azerbaijão.

'Vence ou morre na competição', diz Elias Borges sobre confronto contra PFC-Cajazeiras
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

Após estrear no comando do Doce Mel no empate em 1 a 1 contra o líder Olímpia, o técnico Elias Borges terá outro desafio na Série B do Campeonato Baiano. A equipe vai à Cachoeira enfrentar o PFC-Cajazeiras, atual vice-líder da competição. O treinador destacou a importância do triunfo para continuar sonhando com uma das vagas às finais do certame.

 

“Temos que ganhar o jogo, não podemos pensar em outro resultado. Ou vence ou morre na competição. Serão jogos de seis pontos”, resumiu Elias em entrevista ao Bahia Notícias.

 

A partida acontece neste domingo (21), às 15h, no Estádio 25 de Junho. O Doce Mel figura na 5ª colocação com oito pontos conquistados. O Cajazeiras é o 2º com 12.

Histórico de Conteúdo