Quinta, 17 de Outubro de 2019 - 07:45

Mesmo com triunfo, Bahia promete nova representação contra Rodolpho Toski

por Ulisses Gama

Mesmo com triunfo, Bahia promete nova representação contra Rodolpho Toski
Foto: Raul Pereira /Fotoarena/Folhapress

Dentro da Arena do Grêmio na última quarta-feira (16) Bahia venceu o Grêmio por 1 a 0 e ganhou novo fôlego na disputa pelo G-6 do Campeonato Brasileiro. Mesmo com o bom resultado, o clube saiu na bronca com a arbitragem de Rodolpho Toski Marques, do Paraná.

 

As principais reclamações são a não expulsão do zagueiro Kannemann, que fez uma falta em Flávio para interromper o ataque do Bahia, e a não marcação do pênalti em cima de Marco Antônio, que só teve a decisão alterada em virtude do árbitro de vídeo. Com isso, o vice-presidente Vitor Ferraz indicou uma nova representação contra o juiz na Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

 

"Amanhã apresentaremos nova representação à Comissão de Arbitragem da CBF em relação ao árbitro Rodolfo Toski.Não bastasse não ter expulsado o zagueiro Kannemann, não fosse o VAR ele teria nos tirado o triunfo, tal qual em 2018. Nosso bom resultado não pode mascarar mais esses erros", escreveu na rede social Twitter.

 

Rodolpho Toski Marques já havia sido alvo de polêmica em 2018, quando causou controvérsia ao expulsar o zagueiro Jackson e marcar um pênalti inexistente de Gregore em cima de Marinho. Naquele ano, o jogo acabou empatado em 2 a 2.

 

 

Quinta, 17 de Outubro de 2019 - 07:30

'Bahia tem muitos méritos', diz Geromel sobre derrota do Grêmio em casa

por Leandro Aragão

'Bahia tem muitos méritos', diz Geromel sobre derrota do Grêmio em casa
Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias

O zagueiro Pedro Geromel reconheceu os méritos do Bahia que bateu o Grêmio na noite desta quarta-feira (16). A partida, que terminou com o triunfo baiano por 1 a 0, aconteceu em plena Arena do Grêmio, e foi válida pela 26ª rodada do Brasileirão. Ele lamentou as chances de gol desperdiçadas pela equipe gaúcha.

 

"Acho que hoje o Bahia tem muitos méritos, dificultou muito para gente, se defendeu muito bem. Infelizmente não conseguimos fazer o gol e sofremos um ali de pênalti no final do jogo", afirmou em entrevista ao Premiere.

 

Apesar do revés no jogo, Geromel ressaltou a recuperação do Grêmio no campeonato. O time chegou a beirar a zona de rebaixamento, mas atualmente está na briga por uma vaga na próxima edição da Libertadores. "A gente tem um grupo muito qualificados, estamos fazendo um grande segundo turno, estávamos em terceiro no turno. O nosso time quando se propõe a jogar e faz isso muito bem", destacou.

 

Mesmo com a derrota, o Grêmio segue no G-6 neste momento, ocupando a sexta colocação com 41 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo arquirrival Internacional, oitavo colocado com 39, que joga nesta quinta (17), contra o Avaí, na Ressacada, no complemento da rodada. Já o Esquadrão de Aço é o sétimo com 41 e também depende do resultado do Colorado.

 

O Grêmio já volta ao gramado no sábado (19), às 17h, para visitar o Fortaleza, no Castelão, na abertura da 27ª jornada do Brasileirão. Enquanto o Bahia, entrará em campo na segunda (21), às 19h30, em Pituaçu, para receber o Ceará.

Quinta, 17 de Outubro de 2019 - 00:00

TJ-BA desativa Vara do Torcedor na Fonte Nova e transforma em Vara de Violência Doméstica

por Cláudia Cardozo

TJ-BA desativa Vara do Torcedor na Fonte Nova e transforma em Vara de Violência Doméstica
Foto: Divulgação

O Pleno do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) decidiu mudar a competência da Vara do Torcedor para criar mais uma vara de Violência Doméstica em Salvador. De acordo com o desembargador Abelardo da Matta, a Vara do Torcedor, instalada na Arena Fonte Nova, tem um registro a cada cinco plantões, o que demonstra uma subutilização dos recursos e do trabalho do juiz Raimundo Dórea, lotado no local. Abelardo afirma que é desnecessário manter os plantões nos jogos da Fonte Nova, tendo em vista ainda que, durante os jogos realizados em outros estádios de Salvador, não há funcionamento da unidade. As demandas dos torcedores serão atendidas pela 16ª Vara Criminal de Salvador. A decisão foi tomada na sessão desta quarta-feira (16).

 

Segundo a desembargadora Nágila Britto, da Coordenadoria da Mulher do TJ-BA, é preciso criar mais varas de violência doméstica diante da distribuição de processos nas três atualmente existentes em Salvador. A média mensal em cada vara, até agosto, era de 300 processos, mas em setembro cada unidade recebeu mais de 500 processos, o que representa uma preocupação para o tribunal. “Os processos de violência doméstica nunca acabam, os juízes estão assoberbados, e envolvem muitas medidas de proteção à mulher”, explicou a desembargadora. Ela informou aos colegas que o juiz Raimundo já concordou em migrar a titularidade para a Vara de Violência e que já tem estudado a temática da violência doméstica e aprofundado conhecimentos na Lei Maria da Penha.

 

O desembargador Olegário Monção Caldas afirmou que a Vara do Torcedor foi criada por exigência da Fifa durante a Copa do Mundo no Brasil. Para ele, é um desperdício de recursos diante “da situação que vivemos hoje de melhor aparelhar o 1º Grau”. “A demanda é muito inferior ao que se necessita atender nas Varas de Violência Doméstica”, destacou. O presidente do TJ-BA, Gesivaldo Britto, em tom de descontração, afirmou que em breve a Corte deverá criar uma “vara de violência doméstica para ajudar o homem, porque tem homem que apanha também”. Por fim, o desembargador Abelardo lembrou o slogan de uma campanha contra violência doméstica: “Em briga de marido e mulher, ligue 180”.

Quarta, 16 de Outubro de 2019 - 22:13

Douglas valoriza resultado contra o Grêmio: 'O Bahia se mostrou competente'

por Ulisses Gama

Douglas valoriza resultado contra o Grêmio: 'O Bahia se mostrou competente'
Foto: Pablo Nunes/Photo Premium/Folhapress

O goleiro Douglas, do Bahia, destacou a importância do triunfo sobre o Grêmio nesta quarta-feira (16), em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro. Após a partida, o arqueiro citou o fato do Esquadrão se manter perto do grupo dos seis classificados para a Copa Libertadores de 2020.

 

"Resultado importantíssimo nos nossos planos dentro da competição. A gente precisava voltar a vencer por conta da importância da rodada e de se manter próximo. A gente entende que tem condição de se manter próximo. A gente voltou ao nosso nível de atuação, concentração e competência. O Bahia se mostrou competente e competitivo", disse, em entrevista à Rádio Metrópole.

 

O Esquadrão de Aço chegou ao seu quarto triunfo fora de casa na competição nacional. Na próxima rodada, o desafio será em Salvador, mais precisamente no estádio de Pituaçu, contra o Ceará. As equipes se encontram na segunda-feira (21), às 19h30.

Roger destaca concentração e exalta atuação do Bahia: 'Uma das melhores que fizemos'
Foto: Wesley Santos/Folhapress

Em plena Arena do Grêmio, o Bahia venceu o Grêmio por 1 a 0 e acabou com um jejum de três partidas sem um bom resultado. A atuação do Esquadrão de Aço foi muito exaltada pelo técnico Roger Machado. Ao fim da partida, o comandante apontou o nível de concentração da equipe e definiu essa como "uma das melhores partidas" da temporada.

 

"Foi uma das melhores partidas que nós fizemos. O nível de concentração não baixa por si só. Ele está ligado ao desgaste. O jogo contra o São Paulo foi jogado em alta intensidade, jogo de desgaste cognitivo. Eu e tu tomamos 2400 tomadas de decisão por dia. O jogador toma 2800 em noventa minutos. Isso faz diferença. Concentração baixou e cobrei dos atletas e foi isso que salientei. Esse é o nosso time. Não o jogo do primeiro tempo contra o Fluminense. Contra o São Paulo e Athletico atuamos bem e o resultado não veio. É a primeira vez que vencemos o jogo em Porto Alegre. Festejo a vitória e a atuação. Atuação segura", declarou.

 

Durante a partida, o Bahia explorou os lados do campo e um dos marcadores era o experiente Léo Moura, de 40 anos de idade. Questionado se foi uma estratégia explorar o jogador, Roger destacou que não era esse o pensamento e elogiou o lateral.

 

"Não tem treino. O calendário não deixa. A gente estrutura conversando. Não tem nada a ver com a idade e sim com o modelo. O Grêmio ataca com os seus laterais e naturalmente os zagueiros ficam no eixo central com espaço quando rouba a bola pelos lados. A estratégia não é montada por idade. Disse a ele que é interminável. Temos que bater palma e reverenciar", apontou.

 

Essa foi o primeiro triunfo do Bahia sobre o Grêmio em Porto Alegre. Com o resultado, a equipe subiu ao sétimo lugar, com 41 pontos conquistados.

Quarta, 16 de Outubro de 2019 - 21:26

Arthur Caíke celebra gol do triunfo do Bahia: 'Pude ser frio'

por Ulisses Gama

Arthur Caíke celebra gol do triunfo do Bahia: 'Pude ser frio'
Foto: Everton Pereira/Ofotográfico/Folhapress

No finalzinho do jogo, Arthur Caíke foi o responsável por bater e converter o pênalti que deu o triunfo do Bahia na noite desta quarta-feira (16), contra o Grêmio, pelo Brasileirão. Ao fim da partida, o camisa 77 comemorou.

 

"Parabenizar toda a equipe pelo resultado de hoje, O Grêmio veio completo, a gente sabia da dificuldade. Tivemos chances e não concluímos. Graças a Deus pude entrar e ser frio na hora do pênalti", declarou.

 

A façanha do Bahia levou a equipe aos 41 pontos, na sétima posição. Na próxima segunda-feira (21), o desafio será contra o Ceará, no estádio de Pituaçu.

Quarta, 16 de Outubro de 2019 - 21:10

No final, Arthur Caíke converte pênalti e Bahia vence o Grêmio

por Ulisses Gama

No final, Arthur Caíke converte pênalti e Bahia vence o Grêmio
Foto: Everton Silveira/Agência F8/Folhapress

Após três partidas, o Bahia voltou a vencer no Campeonato Brasileiro e foi na base da emoção. Aos 44 do segundo tempo, Arthur Caíke marcou de pênalti e o Esquadrão superou o Grêmio por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (16), na Arena do Grêmio, pela 26ª rodada da competição.

 

Com o resultado, o Bahia vai aos 41 pontos e agora ocupa o sétimo lugar do certame. O próximo desafio será na próxima segunda-feira (21), contra o Ceará, em Pituaçu.
 

 

O JOGO

 

O Bahia surpreendeu o Grêmio nos primeiros minutos e pressionou. Logo aos três minutos, Artur cobrou falta e Paulo Victor se complicou para fazer a defesa e mandar para escanteio.

 

Aos dez minutos, o Grêmio respondeu e assustou. Éverton Cebolinha avançou, cruzou, Alisson ajeitou de cabeça e Geromel falhou na hora de finalizar. Um minuto depois, contra-ataque do Esquadrão. Artur invadiu a área, tentou cruzar rasteiro e Paulo Victor bloqueou.

 

A equipe do técnico Roger Machado ficou muito perto de abrir o placar. Aos 20 minutos, Flávio roubou bola e serviu Artur. O atacante cortou para o lado e finalizou muito próximo da meta. Logo depois, o Grêmio respondeu com Luan, que recebeu passe de Alisson e chutou no meio do gol. Douglas fez a defesa.

 

Aos 32, Éverton fez boa jogada pela esquerda, cruzou e a defesa cortou. Na sobra, Luan mandou um chute despretensioso e a bola quase enganou o goleiro Douglas, que espalmou para evitar o gol. Dois minutos depois, Artur bateu falta e Paulo Victor defendeu.

 

Grêmio pressiona

 

Com 38, Alisson bateu forte de fora da área e defendeu em dois tempos. Aos 42, depois de cruzamento na área, Juninho cortou pra trás, a bola bateu no travessão, João Pedro rebateu e a bola parou no escanteio.

 

Segundo tempo

 

Aos cinco minutos, Guerra roubou bola de Matheus Henrique, chutou travado e redonda ficou nos pés de Artur, que chutou mal e a finalização passou por cima da meta do goleiro Paulo Victor.

 

Com maior presença ofensiva no início da segunda etapa, o Grêmio ficou no quase aos oito. De fora da área, Thaciano bateu e a bola passou raspando a trave.

 

Aos 18 minutos, o Bahia teve uma grande oportunidade em contra-ataque. Artur avançou em velocidade e serviu Guerra com liberdade. O venezuelano não aproveitou a chance e foi travado pela defesa adversária.

 

Élber quase marca

 

Aos 33, João Pedro fez grande jogada, avançou em velcoidade e serviu Élber, que bateu firme para grande defesa do goleiro Paulo Victor. A bola ainda resvalou na trave.

 

De pênalti, Arthur Caíke marca para o Bahia

 

Quando o relógio marcava 42 minutos, Marco Antônio recebeu passe e foi derrubado por Léo Moura. Após consulta ao árbitro de vídeo, o árbitro Rodolpho Toski Marques acusou a penalidade. Na cobrança, Arthur Caíke balançou a rede.

 

FICHA TÉCNICA
Grêmio 0 x 1 Bahia
Campeonato Brasileiro - 26ª rodada

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Data: 16/10/2019 (quarta-feira)
Horário: 19h15
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Auxiliares: Bruno Boschilia e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
VAR: Adriano Milczvski (PR), com auxílio de Emerson de Almeida Ferreira e Celso Luiz da Silva (ambos de MG)

Cartões amarelos: Matheus Henrique, Kannemann, Léo Moura (Grêmio) / Guerra, Gregore (Bahia)

Gol: Arthur Caíke (Bahia)

 


Grêmio: Paulo Victor; Leo Moura, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon (Thaciano), Matheus Henrique e Luan (Patrick); Alisson (Pepê), Everton e Tardelli. Técnico: Renato Gaúcho.


 

Bahia: Douglas; João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Giovanni; Gregore, Flávio e Guerra (Marco Antônio); Artur, Élber e Gilberto (Arthur Caíke). Técnico: Roger Machado.

Técnico do Londrina espera reforços do DM para confronto contra Vitória
Foto: Gustavo Oliveira / Londrina Esporte Clube

Sem vencer há três partidas, o Londrina começa a se preocupar com o rebaixamento na Série B. Figurando na 16ª colocação, com 32 pontos, o técnico da equipe, Mazola Júnior, espera reforços do departamento médico para o confronto direto diante do Vitória, na sexta-feira (18), às 21h30, no Barradão. 

 

Segundo o GloboEsporte.com, o técnico aguarda se o lateral-esquerdo Breno terá condições de enfrentar o Vitória, pois é o único do time disponível para a posição. Ele deixou o jogo contra o Figueirense por conta de lesão, e Raí Ramos, que é lateral-direito, foi improvisado. 

 

No departamento médico estão o volante Anderson Leite, o meia Higor Leite, além do atacante Léo Passos, o zagueiro Marcondes, o lateral Hélder e o volante Denner, mas o Londrina ainda não informou a previsão de retorno dos jogadores. O técnico pede cautela para evitar que nova lesão aumente a lista de de desfalques. 

 

"Estamos em uma sequência muito complicada e não completamos nem três semanas de trabalho, com jogos a cada três dias. O momento emocional também muito delicado", disse.

 

O único retorno confirmado será Germano (veja aqui). O capitão da equipe cumpriu suspensão pelo terceiro amarelo. 

 

O time paranaense é o 16º colocado com 32 pontos, um a menos do que o Leão ocupante do 15º lugar na tabela de classificação.

Juazeirense recebe atletas de México e EUA, e diretor quer 'consolidar clube como formador'
Foto: Reprodução / Instagram

Com o projeto "Juazeirense cada vez mais forte", o Cancão de Fogo tem reforçado as equipes do profissional e da base. Mais do que isso, a diretoria tenta colocar o nome do clube no cenário internacional. Por meio de um intercâmbio, a agremiação recebeu três atletas vindos do México e dos Estados Unidos. Dois desses jogadores irão atuar na divisão de base, o terceiro fará parte do elenco que disputará o Campeonato Baiano 2020. 

 

De acordo com Randerson Leal, diretor da Juazeirense, a ideia é fechar uma parceria com representantes de fora do país para trazer mais atletas para o clube, e exportar outros: "Estamos conversando com alguns representantes de clubes do exterior como Espanha, Ásia e Estados Unidos pra fecharmos alguma possível parceria e intensificar esse intercâmbio de atletas tanto pra vir quanto para sair também da base do Juazeirense, e nessa linha, iniciamos esse projeto com o ex-atleta Júnior Bahia, que trouxe esses garotos como pontapé inicial. A nossa intenção é realmente concretizar a Juazeirense como exportador de atletas e consolidar o clube como formador", disse em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Em 2020, a Juazeirense terá o Baianão como principal competição da temporada. A equipe tenta retornar às competições nacionais, como nos últimos anos. 

Quarta, 16 de Outubro de 2019 - 17:55

De volta, Artur projeta duelo contra o Grêmio: 'Jogo bom para voltar a vencer'

por Ulisses Gama

De volta, Artur projeta duelo contra o Grêmio: 'Jogo bom para voltar a vencer'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Recuperado de uma virose e liberado após cumprir suspensão, o atacante Artur é novidade do Bahia para enfrentar o Grêmio logo mais, às 19h15, pela 26ª rodada do Brasileirão. Ao chegar na Arena do Grêmio, o atacante destacou a importância da partida para a equipe, que vive uma sequência negativa de três jogos.

 

"Jogo difícil. A gente sabe da dificuldade, não estamos numa sequência boa, mas é um jogo importante para gente. Jogo bom para a gente voltar a vencer", disse, em entrevista ao canal SporTV.

 

Artur é um dos destaques do Esquadrão de Aço na temporada. Em 46 partidas disputadas, o camisa 98 marcou sete gols e efetuou dez assistências para gol. Confira a chegada da equipe:

 

 

Quarta, 16 de Outubro de 2019 - 17:30

Calor deverá colocar maratona da Olimpíada-2020 a 800 km de Tóquio

por Folhapress

Calor deverá colocar maratona da Olimpíada-2020 a 800 km de Tóquio
Foto: Reprodução / Twitter / @JogosOlimpicos

A organização da Olimpíada de Tóquio-2020 anunciou nesta quarta-feira (16) seus planos de transferir as disputas das maratonas e das provas de marcha atlética da capital para a cidade de Sapporo, que fica numa ilha ao norte do país (a cerca de 800 km de distância).

"Em Sapporo, as temperaturas durante a época dos Jogos chegam a ser de cinco a seis graus célsius mais frias durante o dia", diz o comunicado do COI (Comitê Olímpico Internacional). A nota explica que, por enquanto, não estão previstas mudanças nos horários das maratonas, agendadas para o nascer do dia.

Outras provas de atletismo dos Jogos, assim como de ciclismo mountain bike e jogos de rúgbi, já tiveram restrições de horários anunciadas pela organização por conta do calor.

Durante a maratona que serviu como teste para os Jogos, em setembro, a organização da prova aplicou um material de pavimentação especial nas ruas da cidade para amenizar a temperatura.

Nos eventos preparatórios até aqui, existem áreas dedicadas a resfriar a temperatura, como tendas e estruturas com ventiladores e pulverizadores de água.

Há um encontro marcado para os dias 30 de outubro e 1º de novembro, em Tóquio, para reunir federações, emissoras de televisão e membros da organização com o objetivo de debater as mudanças.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio caminham para ser os mais quentes da história. Na outra edição que aconteceu no Japão, a competição foi disputada em outubro por conta do calor. Em 2020, pressionados pelos horários da televisão dos Estados Unidos, o COI e o comitê organizador mantiveram o evento entre julho e agosto.

"O principal fator é a televisão dos Estados Unidos", disse Dick Pound, membro veterano do COI e antigo presidente de sua comissão de negociações televisivas, sobre o que determina as datas e horários das provas.

Quase três quartos da receita do COI vêm dos direitos televisivos, e cerca de metade desses direitos são pagos pela rede de TV americana NBC.

A última vez que os Jogos Olímpicos de verão aconteceram fora do período julho-agosto foi em 2000, quando a Olimpíada de Sydney aconteceu no final de setembro. E essa foi a Olimpíada menos assistida nos Estados Unidos em décadas.

As Olimpíadas seguintes foram todas realizadas entre 15 de julho e 31 de agosto, e o mesmo acontecerá nos Jogos de Paris, em 2024, e Los Angeles, em 2028.

O presidente do COI, Thomas Bach, disse recentemente ao jornal The New York Times que a data é definida "simplesmente [pela] questão de não termos eventos conflitantes".

Em 2014, a NBC fechou um contrato no valor de US$ 7,75 bilhões para garantir os direitos de transmissão das Olimpíadas de verão e de inverno entre 2022 e 2032. Três anos antes, a rede havia desembolsado US$ 4,38 bilhões para transmitir os quatro Jogos Olímpicos realizados entre 2014 e 2020.

"Por conta da mudança no clima, podemos ter de reconsiderar todo o calendário e decidir se deve haver mudança", completou Bach.

Quarta, 16 de Outubro de 2019 - 16:45

Vitória x Londrina: ingressos à venda para o duelo no Barradão

por Glauber Guerra

Vitória x Londrina: ingressos à venda para o duelo no Barradão
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

Os ingressos para o confronto entre Vitória e Londrina já estão à venda. O duelo acontece no Barradão, sexta-feira (18) às 21h30, válido pela 30ª rodada da Série B.

 

O bilhete é vendido a partir de R$ 10, para o setor popular, limitado a 3 mil ingressos, somente para torcedores do Vitória. A arquibancada custa R$ 30 e a cadeira R$ 50.

 

O torcedor poderá adquirir os ingressos por meio do site do Futebol Card e nos pontos físicos.

 

O Vitória tem 33 pontos e ocupa a 15ª posição na Série B, enquanto o Londrina possui 32 e aparece em 16º.

 

PONTOS DE VENDA:

 

Loja Oficial no Barradão
Quarta até às 18h
Quinta: das 9h às 18h
Sexta: das 9h às 17h

 

Shopping Capemi
Quarta até às 18h
Quinta: das 10h às 18h
Sexta: das 10h às 17h30

 

Shopping Center Lapa
Quarta até às 18h
Quinta: das 9h às 18h
Sexta: das 9h às 17h30

 

Bilheterias do Barradão
Sexta: das 17h às 22h30.

Tensão na Catalunha pode mudar jogo entre Barcelona e Real Madrid de local
Clássico pode não acontecer no Camp Nou | Foto: Divulgação / FC Barcelona

Devido às tensões políticas na Catalunha, o clássico espanhol entre Barcelona e Real Madrid poderá ser transferido para a capital espanhola. A Liga espanhol (LaLiga) solicitou à federação de futebol (RFEF) a inversão do mando de campo. Ao invés de acontecer no Camp Nou, caso do Barça, o jogo marcado para o próximo dia 26, um sábado, pela 10ª rodada do Campeonato Espanhol, seria realizado no Santiago Bernabéu, que pertence ao Real.

 

Nesta semana, as ruas de Barcelona foram tomadas por protestos depois que o Supremo Tribunal da Espanha anunciou as sentenças que condenaram à prisão líderes de um processo separatista liderado em 2017, que visava, enfim, tornar a Catalunha independente da Espanha. Parte dos catalães viram as condenações como arbitrárias. Inclusive, o clube de Messi e Suárez também se manifestou oficialmente.

 

De acordo com o jornal "AS", o Real Madrid não vê com bons olhos a mudança de local do clássico com o Barcelona. Por causa das semanas sem jogos, o clube merengue tem realizado pequenas reformas no estádio. A diretoria prefere que a data do jogo é que seja alterada.

Perto de completar 41 anos, Léo Moura revela desejo de encerrar carreira em 2020
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Perto de completar 41 anos, Léo Moura já projeta aposentadoria. No entanto, engana-se quem pensa que será neste ano. O experiente lateral do Grêmio revelou que pretende pendurar as chuteiras em 2020 no Tricolor Gaúcho. Com contrato até dezembro deste ano, Léo afirmou que deseja renovar por mais um ano e, por isso, torce para que o técnico Renato Gaúcho também permaneça na agremiação. 

 

"O comandante sabe que a vontade é permanecer. Vivo um momento especial. Se puder jogar em 2020 aqui, acredito que seja meu último ano. Se for para encerrar aqui, estarei feliz da vida. Um clube que me acolheu. Torço para que ele (Renato) fique. Se Deus permitir, que fiquemos para ter mais um ano de alegria", revelou ao GloboEsporte.com. 

 

Por conta da idade, Léo Moura tem sido poupado de grande parte dos jogos e soma apenas 14 partidas na atual temporada. "Passa o tempo, chega a uma idade e você se cuida mais, se previne. Não mudei a rotina, mas os cuidados aumentam. Estou feliz de estar com 40 anos e jogar em alto nível, espero jogar mais um ano. É o que está em minha cabeça. Aí sim a missão estará bem cumprida", salientou. 

 

No Grêmio desde 2017, o lateral acumula alguns títulos. Incansável, o experiente jogador terá o jogo de volta da semifinal da Libertadores diante do Flamengo, na próxima quarta-feira (23), no Maracanã. Antes disso, ele entra em campo nesta quarta (16), diante do Bahia, às 19h15, na Arena do Grêmio, pela 26ª rodada do Brasileirão. 

Quarta, 16 de Outubro de 2019 - 14:30

Messi recebe Chuteira de Ouro e diz que prioridade do Barcelona é o Espanhol

por Folhapress

Messi recebe Chuteira de Ouro e diz que prioridade do Barcelona é o Espanhol
Foto: Reprodução / Twitter

Pela sexta vez, Lionel Messi recebeu a Chuteira de Ouro, prêmio anual concedido ao artilheiro das principais ligas da Europa. Durante o evento, que aconteceu nesta quarta-feira (16), o argentino aproveitou para falar sobre a temporada do Barcelona.

Uma das declarações de Messi sobre a "prioridade" de competições chamou a atenção dos jornalistas presentes no evento, realizado na própria cidade catalã.

"Obviamente, a Liga dos Campeões é algo especial e todos os anos queremos vencê-la, mas sabemos que a La Liga [Campeonato Espanhol] é a coisa mais importante e que faz você entrar bem na Liga dos Campeões e na Copa", disse o camisa dez ao jornal espanhol Mundo Deportivo.

O desafio de "ganhar tudo", que domina a filosofia do Barcelona há anos, também foi lembrado pelo argentino como justificativa para dar este peso ao torneio nacional. "Nunca esquecemos a La Liga e a Copa porque estamos no Barça e sempre buscamos tudo".

FILHOS ROUBAM A CENA
Messi com certeza está acostumado a faturar premiações e a exibir seus troféus em eventos formais. Mas, desta vez, foi surpreendido.

Isso, porque foram os filhos Thiago e Mateo os responsáveis pela entrega da Chuteira de Ouro ao argentino, que não deixou de homenagear os pequenos.

"Quero agradecer a quem está aqui, minha família, meus colegas, o conselho. Sempre digo que sem meus companheiros eu nunca seria capaz de conseguir um prêmio. Isso faz parte de todos e é um reconhecimento de todo o conjunto", afirmou.

Daniel Alves critica Paris e seus moradores: 'Eles são racistas para c*'
Foto: Tiago Caldas / Bahia Notícias

De volta ao Brasil após 17 anos jogando na Europa, o lateral-direito Daniel Alves comparou a cidade de São Paulo com Paris em entrevista à Revista GQ, para a edição deste mês de outubro. O jogador baiano, que foi contratado pelo São Paulo em agosto, criticou a capital francesa e seus moradores.

 

"Paris também é uma cidade estressante, não gosto muito", declarou. "Se você for a Paris por uma semana, vai ser a viagem da vida. Mais que isso, já vai cansar. Nisso lembra um pouco São Paulo. Mas lá eles são racistas para c*. Muito mesmo. Comigo não faziam nada, até porque eu mandaria todo mundo tomar no c*, mas via com meus amigos”, completou.

 

Além de Paris, Daniel Alves morou em Turim quando jogava pela Juventus, mas boa parte da sua carreira no futebol europeu foi na Espanha. Ele chegou ao Velho Continente contratado pelo Sevilla junto ao Bahia em 2002. Depois, na temporada de 2008/2009 foi transferido ao Barcelona, onde ficou até 2016. Ele achou os espanhóis parecidos com os brasileiros. "O pessoal lá parece brasileiro, vive na rua, tem uma energia legal. São muito entrões, se der ousadia f*. Mas eu prefiro que as pessoas sejam assim do que o contrário", falou.

 

O atleta baiano também da readaptação ao Brasil. "É um choque cultural bem interessante. Aqui tem muito convite. Pessoal parece que acumula energia pela falta de opções de natureza e chama para sair todo dia. Preciso lembrar os amigos que eu tenho jogo no dia seguinte", falou.

 

Após disputar dois jogos amistosos com a Seleção Brasileira em Singapura, Daniel Alves deverá reforçar o São Paulo na partida contra o Cruzeiro. As duas equipes se enfrentam nesta quarta-feira (16), logo mais às 21h, no Mineirão, pela 26ª rodada do Brasileirão.

'Só a vitória nos interessa', diz Anselmo Ramon sobre partida contra o Londrina
Foto: Glauber Guerra/ Bahia Notícias

O Vitória encara o Londrina, sexta-feira (18), às 21h30, no Barradão, pela 30ª rodada da Série B. O atacante Anselmo Ramon espera um jogo difícil, mas não abre mão dos três pontos

 

“Vamos ter um adversário muito difícil pela frente, que é o Londrina, mas temos que vencer. Só a vitória nos interessa. Temos que fazer um jogo de muita intensidade para sairmos com esse triunfo dentro de casa. Precisamos impor nosso ritmo de jogo para que isso aconteça”, afirmou.

 

O time comandado pelo técnico Geninho não perde há quatro jogos (dois empates e dois triunfos). Anselmo Ramon acredita que a equipe irá evoluir ainda mais nesta reta final da Série B.

 

“Estamos em uma sequência boa na competição. Isso tem sido importante. O grupo vem ganhando confiança no dia a dia e tem tudo para crescer ainda mais nesta reta final de temporada”, concluiu.

 

Com 33 pontos, o Vitória ocupa a 15ª posição na Série B.

Organizadores americanos anunciam acordo para realizar GP de Miami em 2021
Foto: Divulgação / F1mia.com

Organizadores americanos anunciaram nesta terça-feira (15) ter acordo para a realização de um Grande Prêmio de Fórmula 1 na Flórida em 2021. A divulgação foi feita em conjunto com um dirigente da principal categoria do automobilismo mundial. A prova seria disputada nas ruas de Miami, passando pelo Hard Rock Stadium, casa do Miami Dolphins, time de futebol americano. No entanto, a Liberty, que controla o circo, não se manifestou sobre o assunto. Além disso, será necessária uma aprovação do governo local.

 

"Estamos ansiosos para trazer o maior espetáculo de corrida do planeta pela primeira vez a uma das regiões mais icônicas e glamourosas do mundo", afirmou o vice-presidente e CEO do Hard Rock Stadium, Tom Garfinkel, em declaração assinada em conjunto com o diretor administrativo de operações comerciais da F1, Sean Bratches.

 

A Fórmula 1 já havia tentado chegar à Flórida em 2018, com uma corrida no centro de Miami. Porém, moradores do local rejeitaram a ideia inicial do circuito, além de impactar no comércio com o fechamento das vias para a realização do evento. No anúncio desta terça, os organizadores destacaram o retorno econômico com a prova.  "Estimamos um impacto anual de mais de 400 milhões de dólares e 35.000 vagas em hotéis da região, com o GP de Miami representando um gigantesco evento econômico para o sul da Flórida", continuou.

 

Os Estados Unidos já recebem uma prova na temporada de Fórmula, no Texas. As outras provas do continente são no Brasil, Canadá e México. "Somos profundamente gratos aos nossos fãs, autoridades eleitas e à indústria do turismo local por sua paciência e apoio durante todo esse processo", finalizou o comunicado.

Foto: Divulgação / F1mia.com

Quarta, 16 de Outubro de 2019 - 11:30

Volante Germano reforça o Londrina para o compromisso diante do Vitória

por Leandro Aragão

Volante Germano reforça o Londrina para o compromisso diante do Vitória
Foto: Gustavo Oliveira / Londrina Esporte Clube

O Londrina terá o reforço do volante e capitão Germano para o compromisso diante do Vitória marcado para a próxima sexta-feira (18), no Barradão, pela 30ª rodada da Série B. O jogador cumpriu suspensão automática no último jogo do Tubarão que foi o empate sem gols com o Figueirense, nesta terça (15), no estádio do Café, pela 29ª jornada.

 

Vitória e Londrina se enfrentam na sexta a partir das 21h30. O time paranaense é o 16º colocado com 32 pontos, um a menos do que o Leão ocupante do 15º lugar na tabela de classificação.

Vice-presidente do Bahia critica escalação de Rodolpho Toski: 'Falta de preocupação'
Foto: Joilson César/Ag Haack / Bahia Notícias

A escalação do árbitro Rodolpho Toski Marques para a partida entre Bahia e Grêmio nesta quarta-feira (16) foi alvo de críticas por parte do vice-presidente do Esquadrão de Aço, Vitor Ferraz. Em uma postagem no Twitter, o dirigente afirmou que a escolha do juiz "evidencia uma falta de preocupação" por parte da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

 

"Lamentável a escalação pela @CBF_Futebol  de Rodolfo Toski para arbitrar a partida de hoje. Evidencia uma falta de preocupação e cuidado inaceitáveis. Esse mesmo árbitro cometeu erros absurdos no confronto entre os Clubes em 2018, o que motivou uma representação oficial à época", declarou.

 

De acordo com Ferraz, a insatisfação com a escala de arbitragem foi manifestada para a CBF logo após a divulgação.

 

"Tão logo foi divulgada a escala da arbitragem de hoje registramos a nossa inconformidade para a Diretoria da CBF, que deve exigir da Comissão de Arbitragem mais atenção com questões sensíveis como essas", completou.

 

Em 2018, Rodolpho Toski Marques foi protagonista negativo de um jogo entre Bahia e Grêmio, na Arena do Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro. Alguns lances geraram controvérsia e deixaram o clube baiano insatisfeito, o que gerou uma representação contra o árbitro. Na ocasião, a partida terminou empatada em 2 a 2.

Quarta, 16 de Outubro de 2019 - 10:30

Circuito Baiano de Baleado será realizado neste domingo em Salvador

por Leandro Aragão

Circuito Baiano de Baleado será realizado neste domingo em Salvador
Foto: Divulgação

No próximo domingo (20) acontece o Circuito Baiano de Baleado. A competição está marcada para começar a partir das 8h, na Associação Atlética do Banco do Brasil, localizada no bairro de Piatã, em Salvador. Uma das organizadoras da competição, Josy Sant'Ana, falou da expectativa para esta terceira edição.

 

"Esse ano o evento cresceu tanto em estrutura quanto em número de equipes. Estamos trabalhando com 341 atletas inscritos", afirmou em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Neste ano, o Circuito Baiano de Baleado deverá contar com 20 equipes femininas e seis masculinas. Os três primeiros colocados ganharão prêmios em dinheiro, troféus e medalhas nas duas categorias. "Abrimos a inscrição numa segunda e na sexta não tinha mais vaga. Inicialmente eram 16 vagas femininas e tivemos que abrir mais quatro, tamanha foi a procura", disse. "Muitas equipes esperam o ano inteiro para se inscreverem. Para ter uma ideia, já temos fila de inscrição para 2020", completou. As inscrições foram feitas através do site oficial da competição (clique aqui).

 

Além do sucesso na quadra, Josy Sant'Ana também espera um público nas arquibancadas. Para acompanhar as partidas 'in loco', será cobrado 2kg de alimentos não perecíveis, que vão ser doados ao Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC). "Esperamos também um público maior de expectador. Acreditamos que o volume de doações também será maior", comentou.

 

O baleado, antiga brincadeira da infância, vem registrando aumento de praticantes, que encontraram nessa modalidade, uma forma de aliar exercício físico à terapia. A primeira edição do Circuito Baiano aconteceu em 2017 e foi considerada um sucesso. Para este ano, a novidade fica por conta da parceria da organização do torneio com a Hemoba que vai incentivar doação de sangue e medula óssea entre os atletas, além de uma feira de adoção de animais que será realizada paralelamente no dia e local do evento.

Quarta, 16 de Outubro de 2019 - 10:05

Tido como promessa, Marco Antônio não joga desde janeiro e amarga banco de reservas

por Ulisses Gama

Tido como promessa, Marco Antônio não joga desde janeiro e amarga banco de reservas
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O início de 2018 foi promissor para o jovem Marco Antônio. Contratado depois de brilhar contra o Bahia pela Desportiva Paraense na Copa São Paulo de Futebol Júnior, o rápido atacante foi um dos destaques do título baiano daquele ano, inclusive participando do gol de Elton, que sacramentou a conquista sobre o Vitória em pleno Barradão.

 

As boas atuações renderam a compra do jogador e mais três anos de contrato. Depois disso, o jovem do Pará começou a sofrer com as lesões e não jogou mais.

 

A chegada de 2019 era a promessa de uma virada para ele. "Sem dor" e com a expectativa de voltar a ser destaque, Marco iniciou a temporada participando do time B que jogou algumas partidas no Campeonato Baiano. Sua última partida disputada foi no dia 30 de janeiro, contra o Bahia de Feira, na Arena Fonte Nova.

 

Na sequência, mais uma lesão assombrou o atleta no mês. A tristeza da vez foi uma fratura no pé. Marco sofreu com a consequência de mais uma vez perder espaço.

 

Nos últimos meses, ele parece ter se livrado das lesões. Com pouco espaço na equipe, não foi emprestado para outro clube e segue treinando na equipe principal. No entanto, nenhum minuto lhe foi dado pelo técnico Roger Machado. Em agosto, após optar por Clayton - um jogador que à época estava de saída - , Roger citou uma ressalva para não escalar o jogador, mas prometeu uma chance.

 

"Tenho muito carinho pelo Marco, converso com ele. Marco, jogando pelo lado, é um meia com vitória pessoal pela habilidade do que pela velocidade, com uma boa batida de fora. Estou animado de poder dar uma chance para ele. O que Marco precisa evoluir, assim como a maioria dos jogadores brasileiros que jogam do meio para frente, é participar dos processos defensivos. Com bola, tenho certeza de que ele vai fazer, ir para cima, ter vitória pessoal, ser intenso. Mas o jogo tem duas fases, e a gente não pode abrir mão da segunda também. A gente acredita muito no que ele pode oferecer para o clube", projetou.

 

Após o Bahia vencer o Botafogo no último dia 25 de setembro, Marco Antônio foi assunto mais uma vez. A ressalva defensiva voltou a ser defendida pelo comandante.

 

“Eu pensei [em colocar Marco Antônio]. Mas hoje fiz parte da gestão do grupo, era colocar o Pedro no campo, que também vinha treinando bem. Eu quero muito colocar o Marco, é o único jogador que talvez não tenha atuado ainda comigo. Essa semana eu ainda peguei o Marco para mostrar pelos números onde ele precisa evoluir. Ofensivamente, sei o que pode me dar, uma característica parecida com a do Dudu, com quem trabalhei, tem vitória pessoal com a bola perto do pé, mas precisa evoluir defensivamente. Ele concorda com isso. A partir dessa semana, mudei método com ele. Disse que vou 'cagar ele a grito' para ele fazer o que é preciso. Mas logo vou dar oportunidade, porque ele está merecendo”, projetou.

 

Apesar da expectativa por uma oportunidade, Marco ainda segue sem entrar em campo. No jogo contra o Fluminense realizado no final de semana, ele era uma das opções para substituir Artur, suspenso. A escolha, no entanto, foi pelo meio-campista Guerra.

 

Na noite desta quarta-feira (16), às 19h15, o desafio será contra o Grêmio. Será esse o dia da volta?

Quarta, 16 de Outubro de 2019 - 09:45

Geninho faz contas e traça meta para livrar o Vitória do rebaixamento

por Glauber Guerra

Geninho faz contas e traça meta para livrar o Vitória do rebaixamento
Foto: Glauber Guerra/ Bahia Notícias

Faltam nove jogos para o término da Série B. O Vitória tem 33 pontos e ocupa a 15ª posição na tabela de classificação. Após o empate em 1 a 1 com o Criciúma, no Estádio Heriberto Hülse, na noite da última terça-feira (15), o técnico Geninho fez as contas e traçou uma meta para livrar o time do rebaixamento: mais 12 pontos até o fim do certame.

 

“Acho que dá, porque temos nove jogos. São 27 pontos. Tenho hoje 33 pontos. Se a cada dois jogos, eu fizer quatro pontos, daqui a pouco chego lá. Preciso aí de mais 12. Se eu fizer, fica bom. Mas sei que é difícil. Não é fácil fazer quatro pontos a cada seis disputados. Porque, quando o campeonato vira.... Já no segundo turno ele fica mais difícil do que no primeiro. Quando ele chega faltando dez rodadas, aí todo mundo entra... Quem está para cair entra na zoa de desespero, quem está brigando lá em cima vem com tudo, o campeonato fica difícil. Não tem mais jogo fácil. Mesmo porque, neste ano, a Série B mostrou uma característica um pouco diferente dos outros anos. Ela está muito embolada. É diferença de um ponto... Você ganha um jogo, de repente, ou dois. Nós tivemos alguns exemplos, como o Guarani. Vinha lá no fundo, ganhou cinco jogos, daqui a pouco estava brigando em cima. O América Mineiro chegou a ser lanterna e está brigando nos quatro. As coisas ficam difíceis. Qualquer equipe que você joga ou está correndo o risco de cair ou brigando para subir. Não tem mais jogo fácil. Você tem que procura somar. Jogo em casa, nem sempre você vai ganhar. Então você se obriga a ir buscar ponto fora para compensar aquele que você perde em casa. Acredito que, nesta performance de somar quatro pontos a cada seis disputados, provavelmente... A gente está conversando na faixa de 45 pontos. Não estou falando mais que isso. Acho que 45, para quem tem, como nós, 33, acho que chega”, afirmou.

 

O Vitória volta a campo na sexta-feira (18), às 21h30, no Barradão, contra o Londrina. Geninho quer fazer valer o mando de campo. O adversário aparece logo atrás do Leão na tabela. O time paranaense tem 32 pontos e ocupa a 16ª posição.

 

“Agora temos outro jogo de seis pontos na sexta-feira, contra o Londrina, outra parada, mas melhor, porque é em casa. Se conseguirmos essa vitória, a gente começa a respirar um pouquinho”, declarou.

Cavalo reconhece esforço do Criciúma, mas diz que elenco saiu abatido com empate
Foto: Douglas Sartor / www.criciuma.com.br

O técnico Roberto Cavalo reconheceu o esforço dos jogadores do Criciúma no empate em 1 a 1 com o Vitória, na noite desta terça-feira (15), no Estádio Heriberto Hülse. O Tigre saiu na frente, mas não conseguiu segurar o triunfo. O comandante da equipe catarinense disse que o elenco saiu abatido com o resultado.

 

"Tem muita coisa pela frente. Os jogadores estão tristes, lamentam muito pela torcida que veio de novo. Estamos com fé, vamos acreditar. No todo, acho que o Criciúma deixa boa impressão, mas o resultado não veio", disse na entrevista coletiva. "A gente comenta no dia a dia que a Série B do Brasileiro desgasta de todas as maneiras, que o resultado teria que ser de vitória, mas não veio. O empate em 1 a 1 não era o nosso objetivo, mas não tenho o que lamentar. Os jogadores se dedicaram, não deixaram de lutar pela vitória desde o primeiro minuto. Começou o jogo tomando um sufoco, depois acertamos a marcação. É um campeonato equilibrado, nivelado. Ninguém foi rebaixado e ninguém ainda está garantido na Série A", completou.

 

O Criciúma segue na 18ª posição com 29 pontos na tabela de classificação. Com quatro a mais, o Vitória aparece na 15ª colocação. Na próxima rodada, o Tigre recebe o CRB, novamente no Heriberto Hülse na sexta (18), às 19h15. No mesmo dia, às 21h30 o Leão enfrenta o Londrina, no Barradão.

Brasileiro Interclubes de Maratonas Aquáticas acontece em Salvador neste sábado
Foto: Divulgação / Sandra Midlej

Salvador sedia o 3º Campeonato Brasileiro Interclubes de Maratonas Aquáticas, a Copa CBC CBDA. A largada será no próximo sábado (19), a partir das 8h (feminino) e 8h20 (masculino), no Terminal Náutico da Bahia e a chegada no Yacht Clube da Bahia, totalizando um percurso de 5km.

 

São esperados 240 atletas com idades entre 13 e 30 anos, vindo de todos os cantos do Brasil.

Quarta, 16 de Outubro de 2019 - 07:45

Rodrigo Nunes de Sá apita partida entre Vitória e Londrina

Rodrigo Nunes de Sá apita partida entre Vitória e Londrina
Foto: Úrsula Nery/Agência FERJ

O árbitro Rodrigo Nunes de Sá, do Rio de Janeiro, vai apitar o jogo entre Vitória e Londrina, sexta-feira (18), às 21h30, no Barradão, válido pela 30ª rodada da Série B.

 

Rodrigo será auxiliado por Conti Viana e Thiago Gomes Magalhães. O trio é filiado à Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj).

 

O Vitória tem 33 pontos e ocupa a 15ª posição na Série B, enquanto o Londrina aparece colado com 32 e na 16ª colocação.

Quarta, 16 de Outubro de 2019 - 07:30

Atacante lamenta empate do Criciúma com o Vitória em casa: 'Não pode acontecer'

por Leandro Aragão

Atacante lamenta empate do Criciúma com o Vitória em casa: 'Não pode acontecer'
Foto: Celso da Luz / www.criciuma.com. br

O atacante Andrew lamentou o empate do Criciúma com o Vitória no Estádio Heriberto Hülse. As duas equipes ficaram no 1 a 1 na noite desta terça-feira (15), pela 29ª rodada da Série B. O resultado mantém o time catarinense em situação complicada, afundado na zona de rebaixamento.

 

"A gente tem que ter forças até o final, temos que acreditar. Infelizmente, mais um empate dentro de casa não pode acontecer. A torcida tem razão em protestar. A gente tem que tirar forças da onde não tem. Continuar buscando e treinar. Tem mais um jogo na sexta para a gente reverter isso aí", disse em entrevista ao canal Premiere o jogador que atuou na lateral direita.

 

O Criciúma segue na 18ª colocação com 29 pontos, dois a menos do que o Londrina que está fora da degola na 16ª posição. Com 33, o Vitória ocupa o 15º lugar. Na próxima rodada, o Tigre recebe o CRB, novamente no Heriberto Hülse na sexta (18), às 19h15. No mesmo dia, às 21h30 o Leão enfrenta o Londrina, no Barradão.

Quarta, 16 de Outubro de 2019 - 06:00

Sem vencer há três jogos, Bahia visita o Grêmio em Porto Alegre

por Ulisses Gama

Sem vencer há três jogos, Bahia visita o Grêmio em Porto Alegre
Foto: Divulgação

Após perder para o Fluminense no final de semana, o Bahia volta a jogar nesta quarta-feira (16), contra o Grêmio, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. A equipe que não vence há três rodadas quer se recuperar para não deixar os adversários sumirem da vista na tabela de classificação.

 

Em virtude das lesões, a equipe do técnico Roger Machado vai seguir com baixas. Os laterais Moisés e Nino Paraíba não se recuperaram e estão vetados pelo departamento médico. Quem certamente deve voltar é Artur. Ele se integrou ao grupo e treinou normalmente na última terça-feira (15).

 

"Artur é um jogador com características muito peculiares, que tem na vitória pessoal e na velocidade pelo lado do campo as suas características principais. E tê-lo de volta recoloca no campo o sincronismo das peças de um setor. Isso que vai ser importante também, na medida em que a gente não tem o Nino, e o João [Pedro] fez um belo jogo. O sincronismo deste lado já vai ser resgatado parcialmente com a entrada do Artur e a possibilidade de a gente poder ter um time forte para contra-atacar, em cima de uma possibilidade de ter espaço", disse o técnico Roger Machado.

 

O Esquadrão de Aço não carrega boas lembranças em jogos contra o Grêmio no Sul. Em 2018, por exemplo, aconteceu um 2 a 2 marcado por polêmicas da arbitragem de Rodolpho Toski Marques, que será justamente o árbitro da partida desta noite. 

 

GRÊMIO

 

Voando baixo mesmo com a Libertadores em paralelo, o Grêmio está cheio de confiança depois de aplicar uma goleada sonora no Atlético-MG em pleno Independência.

 

A equipe de Renato Gaúcho ficará reforçada com o retorno do meio-campista Matheus Henrique e do atacante Éverton Cebolinha. Por outro lado, os zagueiros Kannemman e Geromel, e o atacante Alisson são dúvidas.


FICHA TÉCNICA
Grêmio x Bahia
Campeonato Brasileiro - 26ª rodada

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Data: 16/10/2019 (quarta-feir)
Horário: 19h15
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Auxiliares: Bruno Boschilia e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
VAR: Adriano Milczvski (PR), com auxílio de Emerson de Almeida Ferreira e Celso Luiz da Silva (ambos de MG)

 


Grêmio: Paulo Victor; Léo Moura, Pedro Geromel (Paulo Miranda), Kannemann (David Braz) e Cortez; Matheus Henrique, Maicon, Alisson (Luciano), Luan e Everton; Diego Tardelli. Técnico: Renato Gaúcho.


 

Bahia: Douglas; João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Giovanni; Gregore, Flávio e Ronaldo; Lucca, Élber e Gilberto. Técnico: Roger Machado.
 

Terça, 15 de Outubro de 2019 - 22:22

'Nosso time jogou bem abaixo do que poderia jogar', diz Geninho

por Glauber Guerra

'Nosso time jogou bem abaixo do que poderia jogar', diz Geninho
Foto: Fernando Ribeiro/Futura Press/Folhapress

O técnico Geninho, do Vitória, admitiu que sua equipe esteve abaixo das expectativas no empate em 1 a 1 com o Criciúma, nesta sexta-feira (15), no Estádio Heriberto Hülse.

 

"Acho que hoje, se for analisar, fizemos um jogo bem abaixo dos dois últimos que tínhamos feito. Vários jogadores... Você começa a jogar terça e sexta, terça e sexta, tem uma hora que o jogador cai um pouco de produção. Isso aconteceu exatamente aqui. Um gramado pesado, contra uma equipe experiente. Na minha opinião, uma boa equipe. O Criciúma tem jogadores de alta qualidade, que, se você der espaço, jogam. Começaram a trabalhar a bola, rodar a bola, e nós tivemos dificuldade. Mudei aquilo que poderia mudar. Talvez, se eu tivesse mais duas substituições, poderia ter feito até mais duas. Porque acho que nosso time jogou bem abaixo do que poderia jogar", disse o comandante rubro-negro.

 

Geninho também se queixou de um lance polêmico. Aos 23 minutos do segundo tempo, Anselmo Ramon caiu na área e pediu pênalti, mas o árbitro Felipe Gomes da Silva não marcou nada.

 

"Eu tive a impressão de que poderia ser pênalti. Vendo a imagem depois, eu tive certeza. Porque é nítido que, quando o Anselmo vira, o jogador puxa ele. É só ver a imagem da televisão, vocês têm essa imagem, vocês vão ver amanhã. Na hora, é aquela reclamação normal, da impressão, porque não tinha por que o Anselmo cair. Ele dominou a bola e virou de frente para o goleiro. Não tinha que ter caído. Só caiu porque foi puxado. Na hora, é aquela reclamação normal. Agora, depois... Hoje você termina o jogo e tem todos os lances. Eu tive a certeza de que foi pênalti. Mas faz parte. Você tem que conviver com isso", destacou.

 

O próximo jogo do Vitória é contra o Londrina, sexta-feira (18), às 21h30, no Barradão. Com 33 pontos, o time rubro-negro ocupa a 15ª posição.

Terça, 15 de Outubro de 2019 - 21:21

Gedoz avalia empate com o Criciúma: 'É de se comemorar, sim'

por Glauber Guerra

Gedoz avalia empate com o Criciúma: 'É de se comemorar, sim'
Foto: Fernando Ribeiro/Futura Press/Folhapress

O Vitória empatou em 1 a 1 com o Criciúma, nesta terça-feira (15), no Estádio Heriberto Hülse. Autor do gol do Leão, o meia Felipe Gedoz saiu satisfeito com o resultado.

 

“A gente sabia da dificuldade que iria encontrar aqui. Time do Criciúma está atrás da gente, mas tem qualidade, sabe jogar. Infelizmente, no futebol, é assim, tem bons e maus momentos. É de se comemorar, sim. É um ponto. A gente começa um jogo com um ponto e não pode entregar. Mais uma vez a equipe está de parabéns. É descansar que o tempo é curto. Vamos comemorar esse ponto que foi importante”, disse em entrevista ao SporTV.

 

Com o empate, o time rubro-negro chegou aos 33 pontos e segue na 15ª posição da Série B. O próximo duelo da equipe comandada pelo técnico Geninho é contra o Londrina, sexta-feira (18), às 21h30, no Barradão, válido pela 30ª rodada.

Histórico de Conteúdo