Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Grêmio terá quatro desfalques importantes para encarar Vitória; Geromel volta
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

O Grêmio vem a Salvador, nesta terça-feira (27), para encarar o Vitória, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, recheado de desfalques importantes. Após saírem da partida contra o América-MG com dores, os atacantes Douglas Costa e Diego Souza não ficarão à disposição do técnico Luiz Felipe Scolari, o Felipão.

 

Além deles, o lateral direito Rafinha, com uma lesão na coxa direita, segundo o site ge.globo, e o zagueiro Kanneman, que deixou o gramado com dores após a eliminação para a LDU na Copa Libertadores, na semana passada, também ficam em Porto Alegre. 

 

Por outro lado, o Tricolor Gaúcho terá a volta do zagueiro Geromel. O capitão da equipe está recuperado de um desconforto no quadril. 

 

A provável escalação é a seguinte: Gabriel Chapecó; Vanderson, Paulo Miranda, Ruan, Geromel (Rodrigues) e Guilherme Guedes; Fernando Henrique, Bobsin e Jean Pyerre; Alisson e Ricardinho.

 

Confira a lista de relacionados: 

 

Após estrear com goleada pelo Baianão sub-20, técnico do UNIRB exalta atletas
Foto: Divulgação / UNIRB

Estreando com goleada de 4 a 0 para cima do Vitória da Conquista, o novo técnico da equipe sub-20 do UNIRB, Josmar Huspel exaltou os atletas após a partida. “É sempre bom uma vitória. Nós tivemos um tempo curto para preparar a equipe, mas as propostas que passamos para os atletas, eles abraçaram, entenderam e aplicaram dentro de campo. O resultado repercutiu com uma grande vitória por 4 a 0, toda equipe e comissão está de parabéns”, analisou.

 

O jogos marcou a sexta rodada da primeira fase do Campeonato Baiano Sub-20. Josmar é estudante do curso de Educação física da UNIRB. Com passagens pela categoria de base do Vasco e Botafogo, ele foi contratado após observação do Comitê Gestor de futebol.

 

Segundo Jader Botelho, supervisor do Comitê UNIRB FC, antes do anuncio como novo técnico do time, o profissional passou pelo processo de análise curricular, avaliação teórica e prática junto ao setor, e mediante o resultado foi contratado.

 

Em busca da classificação para a próxima fase do Baiano Sub-20, o UNIRB FC enfrenta no dia 11 de agosto a Jacuipense, no Fazendão.

Com lesão no ligamento do 'tendão de Aquiles', Kieza, do Náutico, está fora da Série B
Foto: Tiago Caldas / CNC

Artilheiro do Náutico na temporada, o atacante Kieza está fora da Série B do Campeonato Brasileiro. No último sábado (24), durante o empate em 1 a 1 com o Brusque, pela 14ª rodada da competição, o camisa 9 saiu de campo chorando, sentindo o "tendão de Aquiles". Nesta segunda (26), o médico do Timbu, Múcio Vaz, informou que foi uma "lesão completa" no ligamento do tendão do tornozelo esquerdo. 

 

Segundo o site ge.globo, Kieza passará por cirurgia e deve demorar de quatro a seis meses para se recuperar. "Infelizmente o exame identificou uma lesão completa do tendão de Aquiles do tornozelo esquerdo e ele será submetido ao tratamento cirúrgico. Muito provavelmente a cirurgia será feita ainda esta semana para que ele possa voltar o mais rápido possível", afirmou Vaz. 

 

O Náutico lidera a Segundona com folga, neste momento. O clube pernambucano tem 30 pontos, contra 25 do Coritiba, segundo colocado. Contudo, o Coxa tem um jogo a menos. 

 

Kieza, que tem passagens por Bahia e Vitória, atuou em 22 partidas nesta temporada, marcando 12 gols. O gol do empate contra o Brusque marcou o fim de uma seca de seis jogos. 

Judô em Tóquio: Adversária não bate peso e Ketleyn Quadros avança para segunda fase
Foto: Divulgação / CBJ

Após sua adversária, a hondurenha Cergia David, não bater o peso, a brasileira Ketleyn Quadros avançou automaticamente para a segunda fase da categoria até 63 quilos do judô feminino. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (26), pela organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio. 

 

Dessa forma, a medalhista de bronze na Olimpíada de Pequim vai enfrentar quem vencer a luta entre Prisca Awiti Alcaraz, do México, e Gankhaich Bold, da Mongólia.

 

Caso avance de fase, a judoca terá real chance de brigar pela medalha, já que mesmo os eliminados nas quartas de final podem passar por uma repescagem - que pode te levar à disputa do bronze.

Segunda, 26 de Julho de 2021 - 17:45

Bahia inicia preparação para jogo da Copa do Brasil contra o Atlético-MG

por Ulisses Gama

Bahia inicia preparação para jogo da Copa do Brasil contra o Atlético-MG
Foto: Felipe Oliveira/ Divulgação /EC Bahia

Após levar 3 a 0 do Atlético-MG no último domingo (25), o Bahia permaneceu em Belo Horizonte e iniciou a preparação para mais um encontro contra o Galo, dessa vez pelas oitavas de final da Copa do Brasil. A partida será nesta quarta-feira (28), às 21h30, novamente no Mineirão.

 

Os atletas que atuaram mais de 45 minutos permaneceram no hotel e fizeram um treino físico na academia, além do trabalho de recuperação com gelo, piscina aquecida e massagem.

 

Já os demais atletas foram ao CT do América Mineiro e fizeram um treino técnico. Inicialmente, o foco foi a posse de bola, sem a presença dos goleiros. Depois Danilo Fernandes, Mateus Claus e Matheus Teixeira entraram em ação para que os demais pudessem finalizar ao gol.

 

Após cumprir suspensão, o volante Edson se juntou ao grupo tricolor. Existe a expectativa sobre o retorno de Daniel, que segue suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e aguarda por uma conversão de pena solicitada pelo jurídico tricolor. 

 

Por outro lado, o atacante Maycon Douglas, que jogou a Copa do Brasil pelo ABC, retornou para Salvador.

 

A equipe termina a preparação para o duelo na tarde desta terça (27), no CT do Cruzeiro.

FBF anuncia Baianão Feminino 2021 para agosto; confira participantes
Foto: Divulgação / FBF

A Federação Bahiana de Futebol (FBF) confirmou, nesta segunda-feira (26), a realização do Campeonato Baiano Feminino no mês de agosto. Em Reunião do Conselho Técnico, a entidade estabeleceu a fórmula da competição e a apresentou aos clubes participantes. Bahia, Doce Mel, Fluminense de Feira, Juventude, Lusaca e Vitória disputarão o estadual.

 

O certame não foi disputado no ano passado, em razão da pandemia de Covid-19. Em 2019, o Bahia ficou com a taça, após vencer o Juventude nos dois jogos da final, por 3 a 1 e 5 a 1. 

 

Segundo a FBF, a competição terá fórmula semelhante à da Série B do Baianão. A única diferença será o acréscimo do jogo de volta na semifinal. Assim, os clubes firarão em um mesmo grupo e se enfrentarão em jogos apenas de ida na primeira fase.

 

Os quatro primeiros colocados avançam para a semifinal, e a grande decisão também será disputada em duas partidas. O campeão do estadual terá direito a uma vaga na Série A3 do Brasileirão Feminino 2022. Caso este já esteja inserido no certame nacional em qualquer série, a vaga passa para o próximo clube melhor colocado.

 

O prazo para inscrição no Baianão Feminino se encerrava no dia 29 de junho (lembre aqui). O regulamento e a tabela de jogos devem ser divulgados em breve.

Eleição de Caboclo na CBF é anulada por Justiça; presidente do Fla e FPF assumem
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

A eleição de Rogério Caboclo para a presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) foi anulada, nesta segunda-feira (26), pela Justiça do Rio de Janeiro. Segundo o site ge.globo, a sentença, do juiz Mario Cunha Olinto Filho, da 2ª Vara Cível da Barra da Tijuca do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, determinou que a Assembleia Geral da entidade que alterou a forma de votação não é válida.

 

Dessa forma, o atual presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, e o presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, assumirão a direção da CBF pelo prazo de 30 dias. O objetivo é que eles organizem nova eleição, sem poder concorrer ao cargo máximo. Um dos motivos para a escolha de Landim, segundo o juiz, é porque ele é presidente de um clube com "expressiva torcida".

 

Isso não tira o comando da entidade das mãos de Antonio Carlos Nunes, que o tem de forma interina desde o afastamento de Caboclo, executado por denúncias de assédio sexual e moral efetuadas por uma funcionária da CBF.

 

A incongruência encontrada pela Justiça nas eleições não está no pleito em si, mas sim na Assembleia Geral. Nela, em 2017, as federações optaram por alterar os pesos dos votos sem consultar os clubes da Série A.

 

Ainda cabe recurso, e a entidade deve recorrer, pois alega que a eleição só ocorreu um ano depois, em 2018. Além disso, a CBF também alega que é uma entidade privada, e que por isso a Justiça não pode interferir em seu pleito.

 

Na ocasião, Caboclo venceu as eleições com 135 votos, com apenas três clubes contrários a ele: Flamengo se absteve, Corinthians votou branco e Athletico Paranaense também. 

Segunda, 26 de Julho de 2021 - 16:20

Ketleyn Quadros e baiano Breno Correia marcam dia 4 da Olimpíada; confira agenda

por Nuno Krause

Ketleyn Quadros e baiano Breno Correia marcam dia 4 da Olimpíada; confira agenda
Foto: Divulgação / rededoesporte.gov.br

Aos 33 anos, a judoca Ketleyn Quadros, primeira mulher brasileira a conquistar uma medalha olímpica em esportes individuais, faz sua estreia nesta segunda-feira (26) nos Jogos de Tóquio 2020. Ela, que foi porta-bandeira do Brasil neste ano, ao lado do levantador Bruninho, do vôlei, lutaria contra hondurenha Cergia David às 23h35 (de Brasília), pela categoria até 63 quilos. Contudo, a adversária não conseguiu bater o peso e a brasileira se classificou diretamente para a segunda rodada. 

 

Eduardo Yudi Santos é o outro atleta do judô a entrar em cena, pela categoria até 81 quilos. Ele faz sua estreia contra Sagi Muki, de Israel, a partir de 00h17. Ambos têm chances de medalha nesta madrugada.

 

Na natação, o baiano Breno Correia volta a competir, dessa vez pelo revezamento 4x200 metros livre. A classificatória está marcada para às 8h07. Vale lembrar que a equipe brasileira, formada por Breno, Fernando Scheffer, Luiz Altamir Melo e Leonardo Coelho Santos, é recordista mundial da prova, com o tempo de 6min46s81. Scheffer, inclusive, faz a final dos 200 metros livre. Ele tem o oitavo tempo.

 

Outros três atletas disputam finais ainda nesta madrugada: Luisa Baptista e Vittória Lopes representam o Brasil no Triathlon, e Jaqueline Mourão no ciclismo Mountain Bike, pela categoria Cross-country-feminino.

 

Também teremos a estreia da dupla Martine Grael e Kahena, na classe 49er FX, da vela. Elas levaram o ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, a seleção feminina de futebol em campo, contra a Zâmbia, o vôlei feminino jogando contra a República Tcheca e o handebol feminino contra a Hungria. 

 

Confira a agenda completa do Brasil:

 

Triathlon: 

18h30 - Luisa Baptista e Vittória Lopes (final)

 

Surfe: 

19h36 - Michel Bourez (FRA) x Gabriel Medina (BRA) (quartas de final) 

20h12 - Ítalo Ferreira (BRA) x Hiroto Ohhara (JAP)

22h36 - Silvana Lima (BRA) x Carissa Moore (EUA)

 

Natação:

22h43 - Fernando Scheffer (final dos 200 metros livre)

23h41 - Leonardo de Deus (semifinal dos 200 metros borboleta)

7h14 - Gabriel Santos (classificatória 100 metros livre)

7h19 - Pedro Spajari (classificatória 100 metros livre)

8h07 - Revezamento 4x200 metros livre (classificatória) 

8h55 - Guilherme Costa (classificatória 800 metros livre)

 

Tênis:

23h - Luisa Stefani/Laura Pigossi (BRA) x Karolína Plísková/Markéta Vondrousová (CZE)

 

Tênis de mesa: 

23h - Quadri Aruna (NIG) x Gustavo Tsuboi (BRA)

00h - Hugo Calderano (BRA) x Bojan Tokic (COR)

 

Handebol feminino: 

23h - Brasil x Hungria

 

Vôlei de praia: 

00h - Alisson e Álvaro (BRA) x Lucena e Dalhausser (EUA)

3h - Bruno Schmidt e Evandro (BRA) x Mohammed Abicha x Zouheir Elgraoui (MAR)

10h - Ághata e Duda (BRA) x Wang e X. Y. Xia (CHI)

 

Vela: 

A partir de 00h05 - Martine Grael e Kahena (classe 49er FX)

A partir de 00h15 - Robert Scheidt (classe laser)  

A partir de 1h15 - Jorge Zarif (classe finn) 

A partir de 2h50 - Marco Grael e Gabriel Borges (classe 49er)

 

Judô: 

00h17 - Eduardo Yudi Santos (BRA) x Sagi Muki (ISR) (até 81 kg)

Horário a definir - Ketleyn Quadros (BRA) x Adversária a definir

 

Canoagem Slalom: 

2h - Ana Sátila (semifinal K-1)

 

Ciclismo Mountain Bike: 

3h - Jaqueline Mourão (Cross-country-feminino)

 

Boxe masculino: 

6h18 - Abner Teixeira (BRA) x Cheavon Clarke (GRA) (oitavas de final do peso pesado)

 

Vôlei feminino: 

7h40 - Brasil x República Dominicana

 

Futebol feminino: 

8h30 - Brasil x Zâmbia 

Após Covid-19, atacante chileno Vargas pode reforçar o Atlético-MG contra Bahia
Foto: Pedro Souza / Atlético-MG

Recuperado da Covid-19, o atacante Eduardo Vargas pode ser novidade do Atlético-MG para encarar o Bahia, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O chileno cumpriu todos os protocolos após testar positivo para a doença e foi liberado do isolamento. Ele deve voltar aos treinamentos no início dessa semana e tem chance de ao menos ficar no banco de reservas contra o Tricolor.

 

Vargas testou positivo para Covid-19 antes da partida contra o Corinthians, no dia 17 de julho, pelo Campeonato Brasileiro. O 10º e último dia de isolamento termina nesta terça-feira (27). Para ser relacionado pelo técnico Cuca, Vargas dependerá do condicionamento físico no retorno aos trabalhos com o elenco do Galo. Durante a quarentena protocolar, em que ficou assintomático, ele realizou treinos físicos em casa.

 

Enquanto Vargas pode voltar, o zagueiro Nathan Silva é desfalque contra o Tricolor. Ele já atuou na Copa do Brasil pelo Atlético-GO antes de retornar ao clube mineiro após empréstimo. O defensor tem se firmado no time titular, inclusive participou da vitória do Alvinegro sobre o time baiano por 3 a 0 neste domingo (25), pela 13ª rodada do Brasileirão. O experiente Réver aparece como opção para a vaga no miolo da defesa atleticana.

 

Atlético-MG e Bahia se enfrentam nesta quarta (28), às 21h30, no Mineirão, pela Copa do Brasil.

Segunda, 26 de Julho de 2021 - 14:30

Com melhor marca da carreira, Leonardo de Deus avança nos 200m borboleta

por Folhapress

Com melhor marca da carreira, Leonardo de Deus avança nos 200m borboleta
Foto: Divulgação / CBDA

Com sua melhor marca pessoal, Leonardo de Deus garantiu nesta segunda-feira (26) uma vaga nas semifinais dos 200m borboleta nos Olimpíadas de Tóquio.
 

Com 1min54s83, o nadador brasileiro de 30 anos conseguiu a terceira melhor marca das eliminatórias. Esta foi a melhor marca da carreira do brasileiro, que ficou atrás apenas do húngaro Kristof Milak (1min53s58) e de Wand Kuan-Hung, de Taipei (1min54s44).
 

Após sua bateria, Leo de Deus afirmou que nadou para o melhor tempo de sua vida e sabia que teria que dar seu máximo para conseguir avançar.
 

"O segundo passo do objetivo foi feito, a gente classificou para semi. A prova foi bem forte 1:55.9 para entrar na semi, eu sabia que ia ter que fazer força para não ficar de fora. Eu nadei pro meu melhor tempo da vida. Agora é descansar, não tem nada para comemorar e a gente tem que nadar para essa final e chegar nela", disse ao SporTV.
 

Como o brasileiro disse, a prova teve um nível muito elevado. Para conseguir classificação para as semis, os atletas tiveram que nadar na casa de 1m55s — o 16º colocado, inclusive, foi o sul-africano Chad Le Clos, campeão da prova em Londres-2012.
 

No Rio-2016, o tempo de corte para as semifinais foi de 1:56.96 e no Mundial em Gwangju, em 2019, foi de 1:57.14.
 

Depois de fazer a primeira virada em quinto, o brasileiro apertou o ritmo, virando em segundo nas outras duas parciais e terminando justamente na segunda posição da bateria.
 

Em sua terceira participação olímpica, Leonardo alcança as semifinais pela terceira vez nesta prova. Agora o objetivo é enfim conseguir uma vaga inédita na final olímpica. A disputa das semi acontece na noite desta segunda-feira no Brasil.

Segunda, 26 de Julho de 2021 - 14:12

Elias e Élber acionam o Bahia na justiça; clube encaminha acordo com atletas

por Ulisses Gama

Elias e Élber acionam o Bahia na justiça; clube encaminha acordo com atletas
Foto: Felipe Oliveira/ Divulgação /EC Bahia

O Bahia recebeu na semana passada duas notificações judiciais de ações promovidas pelo volante Elias e pelo atacante Élber, ex-jogadores do clube. A cobrança dos atletas é pelo direito de imagem, licença que permite a veiculação da imagem dos jogadores. A informação foi divulgada pelo site Bahiaço e confirmada pelo Bahia Notícias.

 

Em contato com a reportagem do BN, o clube confirmou o processo e indicou que existe um acordo encaminhado com esses atletas. 

 

No ano passado, quando a pandemia do novo coronavírus interrompeu o futebol, o clube chegou a fazer um acordo com todos os jogadores em relação ao pagamento do direito de imagem. Além disso, o salário dos atletas foi reduzido em 25% até a volta das partidas.

 

Hoje no Yokohama Marinos, do Japão, Élber atuou por três anos no Bahia, com 152 partidas e 18 gols. Já Elias teve uma passagem mais apagada, com apenas 16 partidas disputadas em 2020.

Segunda, 26 de Julho de 2021 - 13:30

Em virada emocionante, Brasil vence a Argentina no vôlei masculino

por Leandro Aragão

Em virada emocionante, Brasil vence a Argentina no vôlei masculino
Foto: Julio Cesar Guimarães / COB

O Brasil venceu a Argentina na manhã desta segunda-feira (26), pelo torneio masculino de vôlei dos Jogos Olímpicos de Tóquio. A seleção verde e amarela chegou a estar perdendo por 2 sets a 0, mas virou para 3 a 2, com parciais de 19/25, 21/25, 25/16, 25/21, 16/14.

 

A segunda vitória em Tóquio dá tranquilidade aos brasileiros que estão no grupo mais difícil do torneio olímpico. O Brasil ainda vai encarar outra três favoritos ao pódio na briga pela classificação às quartas de final. Na próxima quarta (28), às 9h45 no horário de Brasília, o time pega a Rússia, depois enfrenta os Estados Unidos e a França. Apenas os quatro melhores de cada chave avançam para a próxima fase.

 

O Brasil tem duas vitórias ao lado da Rússia na tabela do Grupo B, mas está em desvantagem no número de pontos 6 a 5. França e Estados Unidos venceram um jogo cada, enquanto Argentina e Tunísia seguem zeradas nas últimas colocações da chave.

Segunda, 26 de Julho de 2021 - 13:15

Ramon Menezes quer 'minimizar erros' para Vitória superar o Grêmio

por Glauber Guerra

Ramon Menezes quer 'minimizar erros' para Vitória superar o Grêmio
Foto: Pietro Carpi/ Vitória

Minimizar os erros. É o que espera o técnico Ramon Menezes, do Vitória, para o duelo diante do Grêmio, terça-feira (27), às 21h30, no Barradão, válido pelo confronto de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. A equipe vem de derrota para o CSA na Série B por 2 a 1 e ocupa a 15ª posição com 12 pontos. Para o treinador, o momento é de focar exclusivamente no duelo diante do time gaúcho. 

 

“Primeiro que é uma outra competição. Já conversei com os atletas. No Brasileiro, tenho certeza e convicção que vamos reverter a situação. É um jogo de 180 minutos. A primeira decisão é amanhã. Os primeiros 90, 100 minutos. A gente tem que entrar muito concentrado, muito ligado, muito focado. Um jogo muito parecido com aquilo que vivemos em Porto Alegre contra o Inter, parecido com o que o Vitória, antes de minha chegada, enfrentou o Inter aqui também. Copa do Brasil a gente sabe como é. É uma competição que você tem que ter muita inteligência, um jogo de 180 minutos. Vão ser jogados dos primeiros 90, 95 ou 100 minutos amanhã. É lógico que os erros acontecem, mas você tem que minimizar os erros diante de uma grande equipe, que é a equipe do Grêmio”, disse o comandante rubro-negro.

 

Ramon reforçou a importância da equipe ter concentração e equilíbrio.

 

“Grande expectativa, estar vivo em uma competição tão importante como essa, enfrentar um grande adversário como o Grêmio. A gente entra sabendo da dificuldade, mas é um jogo que requer muito equilíbrio, muita concentração. Isso que vou passar para os atletas”, pontuou.

 

TREINO DO VITÓRIA

Sem tempo para treinar, o técnico Ramon Menezes comandou um trabalho leve nesta segunda-feira (26). Os titulares realizaram trabalho regenerativo, enquanto o restante do elenco participou de rondo e joguinhos com duas equipes de cinco cada e coringas. Pela tarde, o grupo irá assitir um vídeo com lances do Grêmio.

Segunda, 26 de Julho de 2021 - 12:45

Eduardo, do Vitória, integra a seleção da 14ª rodada da Série B

por Glauber Guerra

Eduardo, do Vitória, integra a seleção da 14ª rodada da Série B
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O meia Eduardo, do Vitória, está na seleção da 14ª rodada da Série B. O jogador marcou um gol no revés do Leão por 2 a 1 para o CSA, no último sábado (24), no Rei Pelé, em Maceió (AL).

 

Eduardo recebeu 7,8. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) elege a seleção da rodada com base nos dados do aplicativo de estatística SofaScore.

 

Cria do Vitória, Eduardo disputou oito jogos pelo Vitória na Série B e marcou um gol.

 

O próximo jogo do Vitória na Série B é contra o Avaí, sábado (31), às 16h30, no Barradão. Porém, antes a equipe tem um compromisso pela Copa do Brasil. O time rubro-negro pega o Grêmio, terça-feira (27), às 21h30, também dentro de casa, pelo confronto de ida das oitavas de final.


Foto: Divulgação/ Sofascore

Botafogo-BA e Barcelona de Ilhéus farão a final da Série B do Baiano
Foto: Reprodução / FBF

O título da Série B do Baiano 2021 será decidido entre Botafogo-BA e Barcelona de Ilhéus. As finais da competição serão disputadas em dois jogos de ida e volta e somente o campeão conquista o acesso à elite do estado no ano que vem.

 

O primeiro finalista foi o Botafogo-BA que eliminou o Grapiúna no último sábado (24), no Estádio Mário Pessoa. Após empate sem gols no tempo regulamentar, a equipe bonfinense venceu nos pênaltis por 4 a 2. No mesmo local, mas no domingo (25), o Barcelona de Ilhéus bateu o Colo-Colo por 1 a 0, no clássico ilheense, com gol de Ramires, de pênalti, aos 36 minutos do segundo tempo.

 

Por ter a melhor campanha até o momento, o Barcelona de Ilhéus terá a vantagem de jogar em casa no segundo duelo da decisão. A tendência é que a primeira partida da final seja disputada no próximo domingo (1º), enquanto a segunda deve ocorrer no dia 4 ou 8 de agosto. Porém, as datas, horários e locais ainda serão confirmados pela Federação Bahiana de Futebol (FBF).

Segunda, 26 de Julho de 2021 - 11:30

Bahia cumprirá perda de mando de campo contra o Atlético-MG; jogo deve ser em Feira

por Ulisses Gama / Leandro Aragão

Bahia cumprirá perda de mando de campo contra o Atlético-MG; jogo deve ser em Feira
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por causa de uma briga generalizada com o Ceará na final da Copa do Nordeste, o Bahia cumprirá a perda do mando de campo contra o Atlético-MG, no duelo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. De acordo com a apuração do Bahia Notícias, o jogo, marcada para 4 de agosto, deve acontecer em Feira de Santana.

 

O Tricolor foi julgado no último dia 15. Na ocasião, o STJD aumentou as penas aplicadas aos jogadores das duas equipes, como o lateral Nino, o zagueiro Juninho e o meia Daniel no lado baiano, enquanto o lateral Gabriel Dias e os atacantes Jael e Mendoza pelo Vozão. Já o clube da Boa Terra perdeu o mando de uma partida.

 

Bahia e Atlético-MG iniciam o confronto das oitavas de final da Copa do Brasil na próxima quarta-feira (28), às 21h30, no Mineirão. Neste domingo (25), o Galo venceu o Tricolor por 3 a 0, também no estádio mineiro, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Jogos Olímpicos de Tóquio registram mais de 150 casos de Covid-19
Foto: Leandro Aragão / Bahia Notícias

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 divulgou o relatório de casos de Covid19 na manhã desta segunda-feira (26). Foram detectados 16 novos infectados, sendo três atletas. O número total de testes positivos para o vírus é 153, contados desde o dia 1º de julho.

 

A segunda-feira foi o segundo dia com mais casos registrados, igualando a marca do último sábado (24). O pico de Covid-19 foi na sexta (23), dia da abertura dos Jogos, quando foram detectados 19 infectados.

 

Por outro lado, o número de casos entre atletas foi o maior nesta segunda com três. A quantidade é a mesma registradas nos dois dias anteriores. Dentre os competidores infectados, está o tenista holandês Jean-Julien Rojer. A federação internacional de tênis confirmou o resultado positivo. Além de Rojer, Wesley Koolhof, que fariam dupla na disputa do torneio olímpico da modalidade, também foi colocado em isolamento. Os dois estão fora das Olimpíadas. Seus adversários australianos, Marcus Daniell e Micheal Venus, avançaram automaticamente à terceira rodada.

 

A cerimônia de encerramentos dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 está marcada para o dia 8 de agosto, um domingo.

Segunda, 26 de Julho de 2021 - 09:40

Com a prata de Rayssa Leal no skate, Nordeste chega a 50 medalhas olímpicas

por Ulisses Gama / Leandro Aragão

Com a prata de Rayssa Leal no skate, Nordeste chega a 50 medalhas olímpicas
Foto: Wander Roberto / COB

Com a prata de Rayssa Leal no skate street na madrugada desta segunda-feira (26) nos Jogos de Tóquio 2020 (confira aqui), o Nordeste contabiliza 50 medalhas olímpicas conquistadas por atletas da região. Nascida no Maranhão, a Fadinha, como a skatista é apelidada, é a 43ª nordestina a subir no pódio olímpico.

 

Além de ter feito história por se tratar de uma modalidade estreante no programa olímpico, Rayssa Leal ainda se tornou a atleta brasileira mais jovem a conquistar uma medalha em Olimpíadas. Ela subiu no pódio aos 13 anos, seis meses e 21 dias superando Rosângela Santos que foi bronze aos 17 anos no revezamento 4x100m do atletismo em Pequim 2008.

 

Já na história das Olimpíadas, a Fadinha é superada por outros atletas. O mais jovem medalhista é Dimitrios Loundras, que foi bronze na ginástica por equipes na primeira edição em 1896 aos 10 anos e 218 dias. Entre as mulheres, a italiana Luigina Giavotti ficou com a prata também na ginástica por equipes aos 11 anos e 301 dias, nos Jogos de 1928 em Amsterdã, na Holanda.

 

Além disso, devido aos poucos registros das primeiras edições do evento esportivo, o título olímpico no remo do francês Marcel Depaillé aos sete anos em 1900 não foi oficializado. Já a nadadora Elizabeth Verona, com 13 anos e 129 dias, foi campeã do revezamento 4x100m livre em Roma 1960. Porém, ela não teve a marca registrada, já que nadou apenas as eliminatórias e, na época, apenas as titulares aparecem como vencedoras no relatório oficial. Com isso, Marjorie Gestring, dos Estados Unidos, é a campeã olímpica mais nova da história ao ficar com o ouro nos saltos ornamentais em Berlim 1936. Se tivesse subido no lugar mais alto do pódio, a marca seria de Rayssa Leal.

Segunda, 26 de Julho de 2021 - 09:30

Milena Titoneli perde medalha de bronze para marfinense no taekwondo

por Carlos Petrocilo | Folhapress

Milena Titoneli perde medalha de bronze para marfinense no taekwondo
Foto: Divulgação / Time Brasil

A brasileira Milena Titoneli, 22, foi derrotada pela marfinense Ruth Gbagbi, 27, na manhã desta segunda-feira (26), na decisão pelo bronze da categoria até 67 quilos do taekwondo, nas Olimpíadas de Tóquio. O placar terminou em 12 a 8.
 

Esperança de medalha, Milena chegou à decisão pela repescagem. Nas quartas de final, ela perdeu para croata Matea Jelic, 23, por 30 a 9.
 

Milena precisou torcer para que a sua algoz, a croata, se garantisse na final. Assim, como diz o regulamento, a brasileira entraria na repescagem. Deu certo.
 

Matea despachou a norte-americana Paige McPherson, 30, e recolocou a brasileira no páreo em Tóquio. Pela repescagem, Milena superou a haitiana Lauren Lee, 17, por 26 a 5.

Previsão de tufão antecipa final do surfe; Medina, Ítalo e Silvana seguem na briga
Foto: Miriam Jeske / COB

Com a possibilidade de um tufão atingir o Japão, a organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 antecipou a final do surfe. A disputa por medalhas nas ondas japonesas foi antecipada para a madrugada desta terça-feira (27) no horário de Brasília. E o Brasil segue com três representantes, sendo Gabriel Medina e Ítalo Ferreira no masculino e Silvana Lima no feminino. Tatiana Weston-Webb foi eliminada nas oitavas de final.

 

Enquanto o potiguar Ítalo Ferreira passou de forma tranquila pelo neozelandês Billy Stairmand por 14.54 a 9.67, Gabriel Medina teve disputa acirrada com o antigo rival Julian Wilson, da Austrália, vencendo por 14.33 a 13.00. Já a cearense Silvana Lima se classificou às quartas de final vencendo a portuguesa Teresa Bonvalot por 12.74 a 7.50. Enquanto Tatiana Weston-Webb caiu diante da japonesa Amuro Tsuzuki por 10.33 a 9.00.

 

Nas quartas de final, Medina encara o taitiano Michel Bourez, que representa a França nos Jogos Olímpicos. Enquanto Ítalo pega o japonês Hiroto Ohhara. Já Silvana enfrenta a americana Carissa Moore, tetracampeã mundial.

 

Com a antecipação, as quartas de final masculina começam nesta segunda (26) às 19h no horário de Brasília, enquanto a feminina entra no mar às 21h24. A semifinal dos homens será às 23h48 e as mulheres às 1h de terça. A disputa pelo bronze está marcada para 2h16 no masculino e 3h01 no feminino. Enquanto as finais serão 3h46 para o masculino e 4h31 o feminino.

Árbitro Fifa, Flávio Rodrigues apita Vitória x Grêmio; Marcio Henrique de Gois é o VAR
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

Árbitro do quadro da Fifa, o paulista Flávio Rodrigues será o dono do apito no confronto entre Vitória e Grêmio, terça-feira (27), às 21h30, no Barradão, válido pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

 

Flávio terá Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Paulo Ziolli como assistentes, ambos de São Paulo.

 

A Copa do Brasil passa a contar com o VAR a partir das oitavas de final. E o escalado foi Marcio Henrique de Gois (SP). Já Vitor Carmona Metestaine (SP) será o assistente do árbitro de vídeo, enquanto Hilton Moutinho Rodrigues (RJ) atuará como observador de VAR.

 

FICHA TÉCNICA
Vitória x Grêmio
Copa do Brasil – oitavas de final (jogo de ida)
Local:
Barradão, em Salvador (BA)
Data: 27/07/2021 (terça-feira)
Horário: 21h30
Árbitro:  Flávio Rodrigues (Fifa/SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
VAR: Marcio Henrique de Gois (SP)
Assistente do VAR: Vitor Carmona Metestaine (SP)
Observador de VAR: Hilton Moutinho Rodrigues (RJ)
Quarto árbitro: Ilbert Estevam da Silva (SP)
Quinto árbitro: Marcos Welb Rocha de Amorim (BA)

Natação: Brasil decepciona e fica em último no revezamento 4x100m livre; EUA é ouro
Foto: Divulgação / COB

O Brasil decepcionou no revezamento 4x100m livre da natação nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Na madrugada desta segunda-feira (26), a equipe formada pelo baiano Breno Correia, Gabriel Santos, Pedro Spajari e Marcelo Chierighini, ficou na oitava e última colocação com o tempo de 3min13s41. A medalha de ouro ficou com os Estados Unidos que fecharam a disputa em 3min08s97. A Itália ficou em segundo com 3min10s11, enquanto a Austrália completou o pódio em 3min10s22.

 

"O resultado ficou abaixo do que esperávamos ou sonhávamos. Esperávamos brigar por pódio ou até mesmo ganhar a prova. Vamos analisar o que melhorar na prova e no ciclo como um todo", lamentou Breno.

 

O time brasileiro tinha chances de brigar por medalha. Inclusive, Breno Correia abriu mão da prova dos 200m livre para poupar energias apenas para o revezamento (lembre aqui).

 

"Foi um ciclo atípico de cinco anos, com uma pandemia no meio e conseguimos ajustar, passar por cima bem. Tinha os 200m livre, estava inscrito e resolvi abdicar por conta do revezamento ser uma chance real de medalha. Ficar entre os oito melhores do mundo é um resultado considerável, é bom para o currículo", completou.

 

Esta foi a 10ª conquista dos Estados Unidos no revezamento 4x100m livre. A primeira medalha de ouro americana na prova foi em 1964 justamente em Tóquio. Depois eles repetiram a cena em México-1968, Munique-1972, Los Angeles-1984, Seul-1988, Atlanta-1996, Pequim-2008 e no Rio-2016.

Segunda, 26 de Julho de 2021 - 07:15

Dependência? Após suspensão de Daniel, Bahia fica em jejum no Brasileirão

por Ulisses Gama

Dependência? Após suspensão de Daniel, Bahia fica em jejum no Brasileirão
Foto: Felipe Oliveira/ Divulgação /EC Bahia

A derrota de 3 a 0 do Bahia contra o Atlético-MG no último domingo (25) marcou a terceira derrota seguida do Bahia no Brasileirão. A sequência negativa coincidentemente bate com o período em que o meia Daniel está desfalcando o time, inicialmente por conta dos cartões amarelos e depois pela suspensão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta da briga na final da Copa do Nordeste.

 

No período, o Tricolor perdeu para o São Paulo, foi goleado pelo Flamengo e caiu diante do Galo. Foram nove gols sofridos e nenhum gol marcado. Considerado uma referência técnica, Daniel tem 29 partidas e efetuou cinco assistências para gol nesta temporada.

 

A equipe volta a enfrentar o mesmo Atlético-MG nesta quarta-feira (28), às 21h30, no Mineirão, pela primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil. O Bahia aguarda por uma conversão da pena do jogador, que já cumpriu quatro das oito partidas de gancho impostar pelo tribunal.

 

Os comandados do técnico Dado Cavalcanti retomam o trabalho na tarde desta segunda-feira (26), às 15h, no centro de treinamento do Cruzeiro, em Belo Horizonte. 

Segunda, 26 de Julho de 2021 - 05:56

Rayssa Leal faz história e ganha a medalha de prata no skate street

por Ulisses Gama

Rayssa Leal faz história e ganha a medalha de prata no skate street
Foto: Richard Callis /Fotoarena/Folhapress

Aos 13 anos de idade, a maranhense Rayssa Leal quis ir além de ser a brasileira mais jovem em Jogos Olímpicos. E conseguiu. Com estratégia e tranquilidade, a "Fadinha" brilhou na madrugada desta segunda-feira (26) e ganhou a medalha de prata no skate street. Ela só foi superada pela japonesa Momiji Nishiya, também de 13 anos. O pódio foi completado pela também japonesa Funa Nakayama.

 

Com boas manobras, Rayssa não teve problemas em passar pela fase classificatória, diferente das compatriotas - e favoritas - Letícia Bufoni e Pamela Rosa. A menina de Imperatriz, então, ficou com a responsabilidade de um país inteiro nas costas. A leveza e o carisma da jovem prevaleceram. 

 

Na final, Nomiji Nishya somou 15,26 pontos e Rayssa poderia ter uma nota maior, mas acabou caindo na saída do slide. Com 14,64, a brasileira contou com um erro de Nakayama, que caiu na última manobra e ficou com 14,49, o que definiu a prata para o Brasil. 

 

"Eu estou muito feliz, porque pude representar todas as meninas, a Pamela e a Leticia, que não se classificaram, todas as meninas do skate e do Brasil. Poder realizar meu sonho de estar aqui e ganhar uma medalha é muito gratificante. Meu sonho e sonho dos meus pais", disse.

 

Viral nas redes sociais, Rayssa Leal começou a andar de skate aos 7 anos de idade. Ainda muito pequena, a atleta ficou conhecida por mostrar a sua habilidade vestida como uma fada. Agora, o conto se tornou realidade. Rayssa Leal fez história.

 

Foto: Richard Callis /Fotoarena/Folhapress

Domingo, 25 de Julho de 2021 - 18:20

Celeiro do boxe olímpico, Bahia pode trazer segundo ouro da modalidade ao Brasil

por Júlia Belas | Folhapress

Celeiro do boxe olímpico, Bahia pode trazer segundo ouro da modalidade ao Brasil
Fotos: Reprodução / Instagram

A seleção de boxe do Brasil tem grandes chances de trazer uma medalha de ouro para o país. Beatriz Ferreira, 28, é a campeã mundial da categoria até 60 kg e favorita na disputa. Caso confirme o favoritismo, Bia se tornará a segunda brasileira a conquistar um ouro olímpico na modalidade, após o título de Robson Conceição, em 2016.
 

Além da categoria, existe outra similaridade entre os dois atletas: ambos são nascidos em Salvador. Tanto Robson quanto Bia são boxeadores baianos que chegaram ao maior palco do esporte mundial. E não são os únicos.
 

Só na Olimpíada de Tóquio, serão três representantes do estado na seleção titular: além de Bia, Hebert Conceição (também nascido em Salvador), 23, e Keno Marley (de Sapeaçu, no interior), 21, também fazem parte da delegação deste ano.
 

Completam a "seleção baiana" dois dos sparrings, Isaías Filho e Joel Silva, e um treinador, Amônio Lima.
 

"A Bahia é, para mim, o coração do boxe no Brasil", afirma o ex-campeão mundial Luiz Dórea, fundador da Academia Champions e treinador de Hebert. Ele acredita que os baianos têm uma aptidão às artes marciais e que, por isso, o boxe eleva o nome do estado nos Jogos.
 

A Champions, localizada no bairro de Cidade Nova, na capital, é a principal formadora desses boxeadores.
 

Comandada por Dórea, a academia funciona também como projeto social e já atendeu mais de 8 mil crianças em 31 anos de atividade. Foi de lá, inclusive, que saiu Hebert.
 

"Hebert foi para a academia Champions com 15 anos, e hoje é uma das nossas grandes revelações do boxe. Quando ele nos procurou, na verdade, tinha um sonho de lutar MMA. Eu falei que era para ele primeiro se especializar no boxe e só depois, quando ficasse maior de idade, decidiria se iria para o MMA ou não", contou Dórea, em entrevista à Folha.
 

O ex-pugilista também foi o treinador de Raimundo Oliveira, o Sergipe, pai e treinador de Bia Ferreira. Fruto da Champions, ele se mudou para Juiz de Fora (MG), onde a filha cresceu e se tornou uma das melhores lutadoras do mundo.
 

"Sergipe treinava comigo e, desde pequenininha, Bia ia para a Champions acompanhar o pai. Ele sempre treinou ela, sempre cuidou. Quando o pai partia para treinar, ela, pequenininha, ia junto, ficava batendo no saco, acompanhando o pai", relata Dórea.
 

Nos últimos quatro Jogos Olímpicos -Rio-2016, Londres-2012, Pequim-2008 e Atenas-2004-, mais da metade das convocações foi direcionada a atletas baianos. Além da medalha de Robson no Rio, Adriana Araújo conquistou um bronze em Londres, a única outra medalhista do estado.
 

Dórea é considerado um "Midas" por revelar boxeadores olímpicos, sendo o primeiro deles Joílson Santana, seu ex-parceiro de treino que disputou os Jogos de Seul, em 1988. O fundador da Champions ainda treinou a seleção olímpica de boxe nos Jogos de Atenas e Pequim, em 2004 e 2008.
 

O estado também se destaca no boxe profissional. Robson Conceição anunciou na última terça-feira (20) que vai disputar o título mundial do WBC (Conselho Mundial de Boxe, na sigla em inglês) contra o atual campeão Oscar Valdez no dia 10 de setembro, nos Estados Unidos.
 

Caso vença, ele será o terceiro baiano a ter um título mundial no boxe profissional, ao lado de Acelino "Popó" Freitas e Valdemir "Sertão" Pereira.
 

Além do boxe, Dórea também atua como treinador de astros do MMA. Ele trabalha há anos com os gêmeos Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro, de Vitória da Conquista, além de Junior Cigano e Anderson Silva.
 

Por ser celeiro de lutadores e técnicos, Dórea aposta que o estado ainda tem muito a oferecer para o boxe brasileiro. "A seleção brasileira tem atletas muito jovens, porém com uma experiência muito grande, e a gente fica muito feliz que a Bahia continua contribuindo."
 

Keno Marley será o primeiro do trio baiano a estrear em Tóquio. Ele enfrenta o chinês Daxiang Chen às 2h12 da quarta-feira (28). Em seguida, às 5h do dia 29, Hebert enfrenta um adversário que ainda será definido nas preliminares. Por fim, às 5h do dia 30, Bia Ferreira inicia sua caminhada olímpica, também sem adversária definida. Todos os horários são de Brasília.

Domingo, 25 de Julho de 2021 - 16:20

Daniel Alves diz que expulsão não atrapalhou Seleção: 'Circunstância de jogo' 

por Leandro Aragão

Daniel Alves diz que expulsão não atrapalhou Seleção: 'Circunstância de jogo' 
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

O lateral-direito Daniel Alves disse que a expulsão do volante Douglas Luiz, ainda no primeiro tempo, não atrapalhou o Brasil no empate sem gols com Costa do Marfim, na manhã deste domingo (25), em Yokohama, pela segunda rodada do torneio de futebol masculino, nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Para o baiano, a seleção criou as melhores oportunidades com um homem a menos.

 

"Não acredito que a expulsão tenha sido dificultosa no jogo, já que a gente conseguiu colocar as melhores ocasiões de gol, construímos com um homem a menos. São circunstâncias de jogo, onde a gente tem que se sobrepor às circunstâncias", afirmou em entrevista à TV Globo. "Uma jogada que tenho minhas dúvidas se foi ou não para expulsão, mas faz parte do jogo. Estamos aqui para isso, para valorizar isso, simplesmente para valorizar o grande trabalho que fizemos no dia de hoje", finalizou.

 

O Brasil segue como líder do Grupo D com quatro pontos, por levar vantagem no saldo de gols sobre a Costa do Marfim, que é a segunda com a mesma pontuação. Na próxima quarta-feira (28), às 5h no horário de Brasília, o selecionado Canarinho encara a Arábia Saudita, em Saitama, pela terceira rodada.

Rayssa Leal, Pâmela Rosa e Letícia Bufoni são destaques da madrugada; confira agenda
Foto: Divulgação

A grande atração do terceiro dia da Olimpíada de Tóquio para o Brasil é a estreia do skate feminino. As três representantes da categoria street, Rayssa Leal, Letícia Bufoni e Pâmela Rosa, têm grandes chances de conquistar medalha. Rayssa, de 13 anos, virou a sensação do público por conta da pouca idade. É a atleta brasileira mais nova a participar dos Jogos. 

 

As melhores chances de medalha ainda nesta madrugada são do taekwondo.  Prata no mundial da modalidade em 2019, Ícaro Miguel, da categoria até 80 quilos, estreia contra o italiano Simone Alessio, às 22h45. No feminino, Milena Titoneli, bronze no mundial, luta contra Julyana Al Sadeq, da Jordânia. A categoria dela, até 63 quilos, tem final marcada para às 7h. A decisão da categoria de Ícaro começa às 8h45. 

 

O judô também terá representante brasileiro neste domingo (25). Eduardo Katsuhiro, da categoria até 73 quilos, luta contra Guillaume Chaine, da França, às 23h14. 

 

Outros destaques são Robert Scheidt, em seu segundo dia de participação, o handebol feminino, que joga contra a França, às 23h, Hugo Calderano, sétimo colocado do ranking mundial de tênis de mesa e o vôlei masculino, que faz sua segunda partida na competição, contra a Argentina. O surfe, que está nas oitavas final, terá Silvana Lima e Tatiana Weston-Webb no feminino, além de Gabriel Medina e Ítalo Ferreira no masculino.

 

Confira a agenda completa dos brasileiros: 

 

Triatlo: 

18h30 - Manoel Messias (final)

 

Surfe: 

A partir de 19h - Oitavas de final feminino e masculino com Silvana Lima, Tatiana Weston-Webb, Gabriel Medina, Ítalo Ferreira

 

Skate: 

A partir de 21h - Rayssa Leal, Letícia Bufoni e Pâmela Rosa (street feminino)

 

Handebol feminino: 

21h - Brasil x França

 

Esgrima: 

A partir de 21h25 - Guilherme Toldo (florete)

 

Natação: 

A partir de 22h30 - Finais (100m borboleta feminino, 100m peito masculino, 400m livre, 4x100 livre masculino) 

A partir de 22h30 - Semifinais (200m livre masculino, 100m peito feminino, 100m costas masculino, 100m costas feminino)

 

Taekwondo: 

22h15 - Ícaro Miguel (BRA) x Simone Alessio (ITA) (até 80kg) 

23h - Milena Titoneli (BRA) x Julyana Al Sadeq (JOR) (até 67kg) 

7h - Finais até 67kg

8h45 - Finais até 80kg

 

Vôlei de praia: 

23h - Ana Patrícia/Rebecca (BRA) x Guadencia Makokha/Brackides Khadambi (QUE)

 

Judô: 

23h14 - Eduardo Katsuhiro (BRA) x Guillaume Chaine (FRA) (até 73kg) 

5h - Finais até 73kg

 

Tênis de Mesa: 

00h - Hugo Calderano (BRA) x Adversário ainda a confirmar (rodada 3)

 

Vela: 

A partir de 00h05 - Patrícia Freitas (categoria RS:X - corridas 4, 5 e 6)

A partir de 00h05 - Robert Scheidt (categoria Laser - corridas 3 e 4)

 

Badminton: 

00h40 - Fabiana Silva (BRA) x Marija Ulitina (UCR) 

2h - Ygor Coelho (BRA) x Georges Julien Paul (MAU)

 

Ciclismo Mountain Bike (Cross-country masculino): 

3h - Henrique Avancini e Luiz Henrique Cocuzzi (final)

 

Boxe: 

7h39 - Jucielen Romeu (BRA) x Karris Artingstall (GRA) (oitavas de final até 57 kg)

 

Vôlei masculino: 

9h45 - Brasil x Argentina

Dado Cavalcanti aponta erros do Bahia, mas diz que placar do revés de 3 a 0 foi 'mentiroso'
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O técnico Dado Cavalcanti disse que o placar de 3 a 0 favorável ao Atlético-MG foi mentiroso, por não mostrar também o que o Bahia fez em campo. O Tricolor foi derrotado pelo Galo na manhã deste domingo (25), no Mineirão, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O comandante apontou erros individuais e coletivos do time baiano que custaram o resultado negativo.

 

"A estratégia de povoar o meio surtiu efeito. Sabíamos que o Atlético é um time que explora muito o meio e num deslize nosso, justamente num momento em que não preenchemos o espaço do funil do como costume chamar, aconteceu o primeiro gol numa fatalidade nossa coletiva. Um erro nosso, mas uma qualidade do adversário. Os outros dois aconteceram infelizmente em erros que fazem parte, porque os jogadores estão em campo para errar e acertar. É tentar corrigir o máximo dos erros individuais, porque o placar de 1 a 0, no jogo de quarta-feira nos deixa vivos na Copa do Brasil. O placar de três não. São completamente diferentes a condições que a gente entende. Vamos juntar os cacos, vou procurar, obviamente, o melhor do Bahia para quarta-feira, mas não vou jogar tudo no lixo. Acho que o placar de 3 a 0 foi um pouco mentiroso em relação ao que as duas equipes apresentaram e principalmente, ao que o Bahia apresentou de forma defensiva hoje", afirmou na entrevista coletiva.

 

Nos últimos três jogos, o Bahia sofreu nove gols nas derrotas para São Paulo, Flamengo e, agora para o Atlético-MG. Apesar do novo revés, Dado viu pontos positivos na estratégia traçada para o compromisso no Mineirão.

 

"A condição técnica dos adversários que enfrentamos deve ser levada em consideração. A dificuldade com a ausência do Daniel no aspecto de jogar, mas existe principalmente a condição de outro momento do jogo que é quando estamos sem a bola. Hoje, diferente do jogo da semana passada contra o Flamengo, nós entramos com uma proposta muito mais bem definida em relação à contenção, à marcação. Não dá para jogar tudo, que a gente fez hoje, no lixo. Tiveram muitas coisas boas que aconteceram com essa formatação de três jogadores mais de contenção no meio. Óbvio que é o eterno cobertor curto do treinador. Às vezes, quando você quer reforçar sua defesa abre mão um pouco da chegada ofensiva. E quando você quer reforçar o lado ofensivo, às vezes desguarnece a defesa. O placar elástico se deu depois por erros individuais que fazem parte da partida, mas o coletivo, em cima da estratégia, não vou jogar tudo lixo", analisou.

 

Para o comandante, o Tricolor passa por momento de instabilidade, mas acredita na evolução do time para os próximos desafios.

 

"A constância é uma condição de campeonato que dificilmente uma equipe consegue ter. As 20 equipes, incluindo o líder Palmeiras, que por exemplo há umas cinco ou seis rodadas vivia um momento de instabilidade muito grande. Hoje é a gente que vive esse momento de instabilidade. Ninguém aqui está fechando os olhos para esse momento de instabilidade. É momento de ter tranquilidade, foram três jogos pesados, três resultados muito ruins, mas nós teremos aí uma condição de evolução com os próximos adversários no Campeonato Brasileiro lá na frente. Talvez com mais opções de jogadores que estão chegando, estão em treinamento tentando melhorar ainda mais suas performances para que possam contribuir futuramente conosco. É momento de ter um pouco mais de serenidade, reflexão, mas vai passar", disse.

 

O Bahia volta a enfrentar o Atlético-MG, na próxima quarta-feira (28), às 21h30, novamente no Mineirão, mas dessa vez o jogo é válido pela abertura do confronto das oitavas de final da Copa do Brasil. Pelo Brasileirão, o Tricolor, que ocupa a oitava posição com 17 pontos, receberá a visita do Sport, no domingo (1º), às 18h15, em Pituaçu, pela 14ª rodada.

Domingo, 25 de Julho de 2021 - 14:20

Confira resultados da Olimpíada de Tóquio neste domingo

por Folhapress

Confira resultados da Olimpíada de Tóquio neste domingo
Foto: Gaspar Nóbrega/COB

O quinto dia de disputas nos Jogos Olímpicos de Tóquio tiveram encerramento. Neste domingo (25), o Brasil ganhou as suas duas primeiras medalhas com Kelvin Hoefler, prata no skate, e Daniel Cargnin, bronze no judô.

 

Além disso, houve outros destaques: o baiano Breno Correia avançou à final do revezamento 4x100 m livre junto com a equipe brasileira, e a ginasta Rebeca Andrade se superou e foi a três finais. Confira:

 

FUTEBOL
Masculino - primeira fase
 

Grupo A
 

Japão 2x1 México
 

França 4x3 África do Sul
 

Grupo B
 

Nova Zelândia 2x3 Honduras
 

Romênia 0x4 Coreia do Sul
 

Grupo C
 

Egito 0x1 Argentina
 

Austrália 0x1 Espanha
 

Grupo D
 

Brasil 0x0 Costa do Marfim
 

Arábia Saudita 2x3 Alemanha

 

VÔLEI
 

Feminino - primeira fase
 

Grupo A
 

Sérvia 3x0 República Dominicana
 

Japão 3x0 Quênia
 

Brasil 3x0 Coreia do Sul
 

Grupo B
 

Comitê Olímpico da Rússia 0x3 Itália
 

Estados Unidos 3x0 Aargentina
 

China 0x3 Turquia

 

HANDEBOL
 

Feminino - primeira fase
 

Grupo A
 

Holanda 32x21 Japão
 

Montenegro 33x22 Angola
 

Noruega 39x27 Coreia do Sul
 

Grupo B
 

Comitê Olímpico da Rússia 24x24 Brasil
 

Espanha 24x31 Suécia
 

Hungria 29x30 França

 

VÔLEI DE PRAIA
 

Masculino
 

Primeira fase - Grupo E
 

Evandro Bruno Schmidt (BRA) 2x1 Grimalt/Grimalt (CHI)

 

BASQUETE
 

Masculino - primeira fase
 

Grupo A
 

Irã 78x84 República Tcheca
 

França 83x76 Estados Unidos
 

Grupo B
 

Alemanha 82x92 Itália
 

Austrália 84x67 Nigéria

 

JUDÔ
 

Masculino - categoria até 66 kg
 

Primeira rodada
 

Daniel Cargnin (BRA) vence Mohamed Abdelmawgoud (EGO)
 

Segunda rodada
 

Daniel Cragnin (BRA) vence Denis Vieru (MOL)
 

Quartas de final
 

Daniel Cragnin (BRA) vence Manuel Lombardo (ITA)
 

Semifinal
 

Hifumi Abe (JAP) vence Daniel Cragnin (BRA)
 

Disputas do bronze
 

Daniel Cragnin (BRA) vence Baruch Shmailov (ISR)
 

Baul An (COR) vence Manuel Lombardo (ITA)
 

Final
 

Hifumi Abe (JAP) vence Vazha Margvelashvili (GEO)

 

JUDÔ
 

Feminino - categoria até 52 kg
 

Primeira rodada
 

Larissa Pimenta (BRA) vence Agata Perenc (POL)
 

Segunda rodada
 

Uta Abe (JAP) vence Larissa Pimenta (BRA)
 

Disputas do bronze
 

Odette Giuffrida (ITA) vence Reka Pupp (HUN)
 

Chelsie Giles (GBR) vence Fabienne Kocher (SUI)
 

Final
 

Uta Abe (JAP) vence Amandine Buchard (FRA)

 

SKATE
 

Masculino - Street
 

1 - Yuto Horigome (JAP)
 

2 - Kelvin Hoefler (BRA)
 

3 - Jagger Eaton (EUA)

 

SURFE
 

Masculino - etapa classificatória
 

Bateria 1
 

1 - Ítalo Ferreira (BRA) - 13,67*
 

Bateria 5
 

1 - Gabriel Medina (BRA) - 12,23*
 

*classificado para as oitavas de final

 

SURFE
 

Feminino - etapa classificatória
 

Bateria 3
 

2 - Silvana Lima (BRA) - 12,13*
 

Bateria 4
 

1 - Tatiana Weston-Webb (BRA) - 11,33*
 

*classificadas para as oitavas de final
 


 

GINÁSTICA ARTÍSTICA
 

Feminino - solo
 

4 - Rebeca Andrade (BRA) - 14.066 pontos - classificada
 

Feminino - salto
 

3 - Rebeca Andrade (BRA) - 15.100 pontos - classificada
 

Feminino - individual geral
 

2 - Rebeca Andrade (BRA) - 57.399 pontos - classificada
 

Feminino - trave
 

9 - Flávia Saraiva (BRA) - 14.966 pontos - classificada

 

NATAÇÃO
 

Masculino
 

100 m peito - semifinal
 

12 - Felipe Lima (BRA) - 59s80 - eliminado
 

200 m livre - eliminatórias
 

Fernando Scheffer (BRA) - 1min46s08 - classificado
 

Murilo Sartori (BRA) - 1m47s11 - eliminado
 

100 m costas - eliminatórias
 

Guilherme Guido (BRA) - 53s65 - classificado
 

Guilherme Basseto (BRA) - 53s84 - eliminado
 

4x100 m livre - eliminatórias
 

5 - Breno Correia, Gabriel Santos, Pedro Spajari, Marcelo Chierighini (BRA) - 3min12s59 - classificado
 

400 m medley - final
 

1 - Chase Kalisz (EUA)
 

2 - Jay Litherland (EUA)
 

3 - Brendon Smith (AUS)

 

400 m livre - final
 

1 - Ahmed Hafnaqui (TUN)
 

2 - Jack McLoughlin (AUS)
 

3 - Kieran Smith (EUA)

 

NATAÇÃO
 

Feminino
 

400 m medley - final
 

1 - Yui Ohashi (JAP)
 

2 - Emma Weyant (EUA)
 

3 - Hali Flickinger (EUA)

 

4x100 m livre - final
 

1 - Austrália
 

2 - Canadá
 

3 - Estados Unidos

 

VELA
 

Classe Laser - após 1ª regata
 

11 - Robert Scheidt (BRA) - 11 pontos
 

Classe RS:X feminino - após 3 regatas
 

11 - Patrícia Freitas (BRA) - 17 pontos

 

BOXE
 

Masculino
 

Primeira rodada - até 63 kg
 

Wanderson de Oliveira (BRA) 5x0 Wessam Salamana (time de refugiados)

 

CANOAGEM
 

Feminino - Slalom
 

Primeira descida
 

5 - Ana Sátila (BRA) - 108s22
 

Segunda descida
 

7 - Ana Sátila (BRA) - 106s82*
 

*classificada para a semifinal

 

REMO
 

Masculino - skiff simples
 

Bateria 4 das quartas de final
 

2 - Lucas Verthein (BRA) - 7min14s26*
 

classificado para as semifinais

 

TÊNIS DE MESA
 

Masculino - segunda rodada
 

Gustavo Tsuboi (BRA) 4x1 Ovidiu Ionescu

 

TÊNIS DE MESA
 

Feminino - segunda rodada
 

Bruna Takahashi (BRA) 0x4 Jia Nan Yuan (FRA)

 

SOFTBOL
 

Primeira fase - 4ª rodada
 

Austrália 1x2 Estados Unidos
 

Canadá 0x1 Japão
 

Itália 0x5 México

 

HÓQUEI
 

Masculino - primeira fase
 

Índia 1x7 Austrália
 

Espanha 3x4 Nova Zelândia
 

Japão 1x2 Argentina
 

África d Sul 3x5 Holanda

 

HÓQUEI
 

Feminino - Primeira fase
 

Grã-Bretanha 1x2 Alemaha
 

Japão 3x4 China
 

Austrália 3x1 Espanha
 

Nova Zelândia 3x0 Argentina

 

PÓLO AQUÁTICO
 

Masculino - primeira fase
 

África do Sul 2x21 Itália
 

Hungria 9x10 Grécia
 

Estados Unidos 15x13 Japão
 

Austrália 10x15 Montenegro
 

Sérvia 12x13 Espanha
 

Croácia 23x7 Cazaquistão

 

BASQUETE 3X3
 

Feminino
 

Japão 19x10 Mongólia
 

Romênias 14x22 Itália
 

Mongólia 5x21 Comitê Olímpico da Rússia
 

China 22x13 Itália
 

Romênia 11x22 Estados Unidos
 

Japão 19x15 França
 

China 20x13 França
 

Comitê Olímpico da Rússia 16x20 Estados Unidos

 

BASQUETE 3X3
 

Masculino
 

Comitê Olímpico da Rússia 16x21 Bélgica
 

Polônia 12x15 Sérvia
 

China 17x18 Letônia
 

Sérvia 21x14 Bélgica
 

Comitê Olímpico da Rússia 16x21 Polônia
 

Japão 20x21 Holanda
 

Holanda 21x18 China
 

Letônia 21x18 Japão

 

TIRO COM ARCO
 

Feminino - equipes
 

Final
 

Coreia do Sul 6x0 Comitê Olímpico da Rússisa
 

Disputa do bronze
 

Belarus 1x5 Alemanha

 

CICLISMO
 

Feminino - estrada
 

1 - Anna Kiesenhofer (AUT)
 

2 - Annemiek van Vleuten (HOL)
 

3 - Elisa Longo Borghini (ITA)

 

SALTOS ORNAMENTAIS
 

Feminino
 

Trampolim de 3 m sincronizado
 

1 - China
 

2 - Canadá
 

3 - Alemanha

 

ESGRIMA
 

Feminino - florete individual
 

Final
 

Lee Kiefer (EUA) 15x13 Inna Deriglazova (ROC)
 

Disputa do bronze
 

Larisa Korobeynikova (ROC) 15x14 Alice Volpi (ITA)
 

Masculino - espada individual
 

Final
 

Romain Cannone (FRA) 15x10 Gergely Siklosi (HUN)
 

Disputa do bronze
 

Igor Reizlin (UCR) 15x12 Andrea Santarelli (ITA)

 

TIRO
 

Feminino - pistola de ar 10 m
 

1 - Vitalina Batsarashkina (ROC)
 

2 - Antoaneta Kostadinova (BUL)
 

3 - Ranxin Jiang (CHN)

 

TIRO
 

Masculino - carabina de ar 10 m
 

1 - William Shaner (EUA)
 

2 - Lihao Sheng (CHN)
 

3 - Haoran Yang (CHN)

 

LEVANTAMENTO DE PESO
 

Masculino - até 61 kg
 

1 - Fabin Li (CHN)
 

2 - Eko Yuli Irawan (INA)
 

3 - Igor Son (CAZ)
 

Masculino - até 67 kg
 

1 - Kijun Chen (CHN)
 

2 - Luis Javier Mosquera (COL)
 

3 - Mirko Zanni (ITA)

'É muito difícil perder jogos tomando bastante gols', diz Galdezani após novo revés do Bahia
Foto: Vitor Tamar / EC Bahia

O meia Matheus Galdezani lamentou os oito gols sofridos pelo Bahia nos últimos dois jogos. Após a goleada para o Flamengo por 5 a 0, o Tricolor perdeu para o Atlético-MG por 3 a 0, na manhã deste domingo (25), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

"É muito difícil perder jogos tomando bastante gols. A gente não queria não, estamos pecando por poucas coisas. O professor Dado tem dado os trabalhos e a gente tem feito muito bem. É detalhe que estamos errando e sofrendo os gols que não podem. Ainda mais contra times como Atlético-MG, Flamengo, os caras vão chegar e vão matar, não pode. Temos que colocar a cabeça no lugar, pensar no próximo jogo aqui, porque a Copa do Brasil é muito importante para a gente. Vamos ver o que o Dado vai fazer nesses dias de treinamento para a gente chegar bem aqui e tentar reverter essa situação", afirmou em entrevista ao canal Premiere.

 

Com a terceira derrota consecutiva, o Bahia segue estacionado nos 17 pontos, ocupando a oitava colocação na tabela, mas pode perder posições com o desenrolar da rodada. O Tricolor volta a encarar o Atlético-MG na próxima quarta-feira (28), às 21h30, novamente no Mineirão, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Pelo Brasileirão, o time baiano receberá a visita do Sport, domingo (1º), às 18h15, pela 14ª jornada.

Histórico de Conteúdo