Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 22:50

Enderson lamenta desclassificação do Bahia: 'Nem sempre quem joga melhor vence'

por Leandro Aragão

Enderson lamenta desclassificação do Bahia: 'Nem sempre quem joga melhor vence'
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O técnico Enderson Moreira lamentou a eliminação do Bahia diante do Liverpool, na primeira fase da Copa Sul-Americana. O Tricolor deu adeus ao torneio continental nesta quinta-feira (21), após empatar em 0 a 0 no Estádio Luis Franzini, pelo jogo de volta do confronto. Para o treinador, o time baiano foi superior à equipe uruguaia nos dois jogos.

 

"Não concordo em os dois mais importantes para o Bahia. Todo jogo para o Bahia é importante. Esse era importante, porque era o próximo. Assim como o do Fortaleza vai ser o mais importante. Sempre os jogos mais importantes são todos os jogos. A gente não tem a capacidade de poder entrar numa competição e para qualquer competição podendo não fazer o nosso melhor. Nós temos que vencer tudo, é a cultura do futebol brasileiro. Nós precisamos disso. Então, não tem nenhum tipo de importância maior ou menor, todos são muito importantes. A gente lamenta muito essa eliminação, porque acho que fomos melhores nos dois jogos. Futebol nem sempre quem joga melhor vence, é por isso que é tão apaixonante. A gente tem que dá mérito para uma equipe que soube marcar bem, teve humildade de jogar em casa hoje e, principalmente no segundo tempo, todo lá atrás esperando só um erro nosso. Isso faz parte. A gente criou situações tanto no jogo de hoje quanto no jogo em casa", afirmou na entrevista coletiva.

 

Enderson ainda disse que o time do Bahia ainda não está pronto. Segundo o comandante a equipe ainda precisa de alguns ajustes e mais entrosamento dos jogadores dentro de campo.

 

"O torcedor pode ficar muito chateado, mas tenho certeza absoluta que talvez seja tanto quanto a gente. Eu não vejo que um possa sentir mais do que o outro não. Você entra no vestiário, os jogadores todos estão cabisbaixos, sentidos, porque nós empenhamos. Eu tenho reconhecimento com eles. Eu falei com eles foi justamente isso. Infelizmente a gente sai de forma prematura de uma competição que é muito importante para o Bahia, mas nós fizemos o nosso melhor. Nós nos entregamos, nos dedicamos, fizemos aquilo que pode ser feito, lidando com quatro competições ao mesmo tempo. Para muita gente isso é quase impossível, mas para a gente é como se fosse trocar chip mesmo. Estamos muito chateados, muito tristes, mas temos boas competições pela frente. A gente tem uma equipe que não está pronta ainda. A gente não tem nem tempo de treinar. Temos muito pouco tempo para fazer os ajustes finos que precisamos fazer. A ideia do Bahia jogando está boa. O que está faltando é um pouco do detalhe. O detalhe é que faz toda a diferença, que é o último passe, a finalização, é a gente saber como é que o companheiro se comporta dentro de campo. Esse entrosamento e melhora do ajuste só acontece com o tempo", comentou.

 

O Bahia volta ao gramado no próximo domingo (24), para visitar o Fortaleza, no Castelão, pela quarta rodada da Copa do Nordeste. A bola vai rolar a partir das 19h.

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 22:23

Após eliminação do Bahia, Gilberto revela que pediu para ser substituído

por Leandro Aragão

Após eliminação do Bahia, Gilberto revela que pediu para ser substituído
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Aos 31 minutos do segundo tempo, o artilheiro do Bahia na temporada, Gilberto, foi substituído por Guilherme. O Tricolor precisava fazer gols e perdia o seu matador. O resultado de 0 a 0 contra o Liverpool, nesta quinta-feira (21), no Estádio Luis Franzini, causou a eliminação da equipe baiana na primeira fase da Copa Sul-Americana. Na entrevista coletiva, o camisa 9 revelou que pediu para sair.

 

"Sim, eu pedi para sair do jogo. Eu falei com Enderson. Na semana eu estava com duas tendinites nos dois joelhos e no jogo, depois de uma câimbra, começou a doer um pouco mais forte. Consequentemente eu virei para ele e pedi para me substituir", afirmou. "Acho que nosso elenco tem jogadores muito capazes de substituir à altura e com o meu cansaço, acho que se a gente desse um gás a mais ali poderíamos conseguir fazer um gol e levar a disputa para os pênaltis", completou.

 

O Bahia volta ao gramado no próximo domingo (24), às 19h, para encarar o Fortaleza, no Castelão, pela quarta rodada da Copa do Nordeste.

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 21:54

'A gente não foi eficiente', diz Artur sobre eliminação do Bahia na Sul-Americana

por Leandro Aragão

'A gente não foi eficiente', diz Artur sobre eliminação do Bahia na Sul-Americana
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O atacante Artur atribuiu a ineficiência do Bahia pela eliminação na primeira fase da Copa Sul-Americana, nesta quinta-feira (21), em Montevidéu, no Uruguai. Precisando vencer por dois gols de diferença, o Tricolor não conseguiu balançar as redes diante do Liverpool, no Estádio Luis Franzini.
 

"A gente não foi eficiente. Fizemos dois bons jogos, mas pecamos num detalhe que eles fizeram o gol. A gente chegou muito na frente, mas faltou sermos eficientes para balançar as redes", afirmou em entrevista à Rádio Metrópole FM.

 

Para Artur, o Bahia fez boas partidas no confronto tanto em Montevidéu, quanto na Arena Fonte Nova, no duelo de ida. Porém, ele ressaltou a ineficiência da equipe para transformar as jogadas em gols.

 

"Eles saíram, mas também dificultou para a gente, às vezes não tem como com a bola no chão. Mas o principal erro da gente foi não sermos eficientes. Chegamos, chegamos, mas faltou aquele último passe para a finalização. Pecamos nisso, mas agora é levantar a cabeça, porque domingo temos um jogo muito importante em Fortaleza", disse.

 

O próximo compromisso do Tricolor será no domingo (24), às 19h, contra o Fortaleza, no Castelão, pela quarta rodada da Copa do Nordeste. Artur falou do aprendizado que o Bahia leva com essa queda na Sul-Americana.

 

"Serviu como aprendizado. Não podemos dar bobeira nenhum segundo do jogo. Então, vamos tirar como aprendizado e seguir em frente", falou.

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 21:09

Bahia fica no empate com Liverpool e está eliminado da Copa Sul-Americana

por Leandro Aragão

Bahia fica no empate com Liverpool e está eliminado da Copa Sul-Americana
Foto: Divulgação / EC Bahia

O Bahia não conseguiu reverter a situação e está eliminado da Copa Sul-Americana. O Tricolor ficou no empate sem gols com o Liverpool, nesta quinta-feira (21), no Estádio Luis Franzini, pelo jogo de volta da primeira fase do torneio continental. O time baiano havia perdido o duelo de ida por 1 a 0, em plena Arena Fonte Nova.

 

Agora, as atenções do Tricolor voltam-se para a Copa do Nordeste. O time baiano viaja até o Ceará para enfrentar o Fortaleza no domingo (24), às 19h, no Castelão, pela quarta rodada do torneio regional. Com um jogo a menos, a equipe é a sexta colocada com cinco pontos, dois a menos do G-4, na tabela de classificação do Grupo B.

 

O JOGO

Precisando do resultado, o Bahia já partiu para cima logo nos primeiros segundos de rolando. O Esquadrão de Aço adiantou a sua marcação e procurava o domínio da bola. Já o Liverpool, dono da casa, mas com o resultado a favor, jogava fechado na defesa esperando o erro tricolor. A primeira iniciativa da equipe uruguaia foi numa tentativa de contra-ataque, mas Lucas Fonseca levou a melhor e cortou o lançamento.

 

Mas o primeiro chute perigoso aconteceu aos seis minutos e foi do time uruguaio. Numa cobrança de falta, Guastavino soltou a bomba do meio da rua e Douglas fez boa defesa evitando que o placar fosse aberto. O Bahia respondeu três minutos depois com outra bomba. Douglas Augusto bateu forte da entrada área, a bola quicou e Bava fez difícil defesa espalmando, mas no rebote Gilberto não conseguiu alcançar a redonda.

 

Aos 13 minutos Artur fez bela jogada pela direita. Ele brigou pela bola, ganhou e penetrou na grande área, mas o goleiro Bava cortou o cruzamento.

 

O Bahia chegou bem no ataque mais vez no minuto 21 e novamente com Artur. Ele recebeu a bola pela direita em velocidade, chegou à linha de fundo e fez o cruzamento. A defesa uruguaia cortou, mas ela voltou para o atacante do Tricolor que chutou muito mal para fora.

 

O Liverpool teve boa chance aos 28. Numa cobrança de falta curta, o jogador do time uruguaio recebeu, girou com liberdade e chutou rasteiro. Na confusão no miolo da grande área, a bola ficou com Federico que saiu de cara pro gol e bateu por baixo de Douglas. A bola ia em direção, mas Moisés afastou. Porém, a arbitragem já assinalava posição de impedimento dos donos da casa.

 

Moisés experimentou de fora da área aos 42. O lateral soltou a bomba, a bola desviou num defensor do Liverpool e obrigou Bava a espalmar para fora.

 

Já nos descontos do juiz, Nino se antecipou a marcação, botou na frente e engatou a quinta marcha. O lateral só foi parado com falta na intermediária. Na cobrança, Shaylon acertou a barreira e o árbitro encerrou a primeira etapa.

 

Segundo tempo

Os dois times voltaram dos vestiários com as mesmas formações do início do jogo. O Liverpool quase marcou nos primeiros segundos do recomeço do jogo. Após a saída de bola e ligação direta, Federico recebeu, passou no meio dos zagueiros tricolores, invadiu a área e chutou para o gol. A bola bateu na rede pelo lado de fora dando um susto no time baiano.

 

O Bahia teve uma chance de gol com Gilberto aos seis minutos. Ele aproveitou o cruzamento e cabeceou, mas não pegou em cheio e Bava mandou para escanteio. O Tricolor pressionou, chegando bem na grande área, mas esbarrava na boa marcação uruguaia. Nos poucos espaços que apareciam na entrada da grande área, os jogadores do Tricolor finalizavam sem muito perigo. Mas aos 12, Jackson carimbou a trave esquerda de Bava numa bela cobrança de falta.

 

Apesar de precisar de gols para se classificar, Enderson Moreira tirou o artilheiro do Bahia na temporada, Gilberto, para a entrada de Guilherme.

 

FICHA TÉCNICA
Liverpool-URU 0x0 Bahia
Copa Sul-Americana - 1ª fase (jogo de volta)

Local: Luis Franzini, em Montevidéu
Data: 21/02/2019 (quarta-feira)
Horário: 19h15
Árbitro: Gery Vargas (BOL)
Assistentes: Jose Antelo e Edwar Saavedra (BOL)

Cartões amarelos: Bajter, González, Cáceres, Makuka, Rivas (Liverpool-URU) / Lucas Fonseca, Shaylon (Bahia)


 

Liverpool-URU: Bava; Núñez, Makuka, Cáceres, González e Rivas; Guastavino (Franco), Bajter, Acevedo e Martínez (Caballero); Ramírez (Figueredo). Técnico: Paulo Pezzolano.

 


Bahia:  Douglas; Nino Paraíba, Jackson, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore e Douglas Augusto (Iago); Artur (Élber), Shaylon e Ramires; Gilberto (Guilherme). Técnico: Enderson Moreira.

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 20:45

Recuperado de cirurgia no púbis, Wallison Maia deixa o Vitória e retorna ao Coritiba

por Glauber Guerra

Recuperado de cirurgia no púbis, Wallison Maia deixa o Vitória e retorna ao Coritiba
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O zagueiro Wallison Maia não faz mais parte do elenco do Vitória. O jogador foi cedido por empréstimo pelo Coritiba até dezembro do ano passado. Porém, como precisou passar por uma cirurgia no púbis, o vínculo foi ampliado automaticamente até ele recuperar totalmente, o que aconteceu nesta quinta-feira (21). 

 

O atleta se despediu do plantel rubro-negro e já embarcou para a Curitiba (PR), onde irá se apresentar ao Coxa.
Wallison Maia tem 27 anos e atuou em 13 partidas pelo time principal do Vitória. 

 

TREINO DO VITÓRIA
Com mistério, o Vitória voltou ao batente nesta quinta-feira (21), de olho no confronto contra  Juazeirense, domingo (24), às 16h, no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, pelo Campeonato Baiano.  O treino foi fechado à imprensa.
De acordo com a assessoria do clube, o técnico Marcelo Chamusca comandou um coletivo tático e interrompeu sempre que necessário, para corrigir o posicionamento dos jogadores.

 

O zagueiro Edcarlos ainda se recupera de um edema na coxa e está fora do jogo. Outra ausência será do atacante Cleber, expulso na rodada anterior.

 

O Vitória volta aos treinos na manhã de sexta (22). No início da tarde, o grupo embarca para Juazeiro, local da partida.

Sonho de Tite, Brasil deve realizar amistoso no Maracanã contra o Catar
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Sonho de Tite desde que assumiu a Seleção Brasileira, o Maracanã deverá receber uma partida do time Canarinho antes da Copa América. As confederações de Brasil e Catar estão em negociações para que as seleções disputem um amistoso no dia 5 de junho, na praça esportiva. 

 

A última partida da seleção principal do Brasil aconteceu na final da Copa das Confederações de 2013, quando derrotou a Espanha por 3 a 0. 

 

Além do amistoso no Maraca, a Seleção planeja realizar mais um jogo preparatório para a Copa América. A previsão é que ocorra no Beira-Rio, mas o adversário ainda não foi definido. 

 

Segundo o GloboEsporte.com, o amistoso contra o Catar só será anunciado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) depois que todos os contratos forem assinados. 

 

Vale lembrar que o Catar conquistou recentemente a Copa da Ásia, pela primeira vez. A seleção derrotou o Japão na final, que também estará na Copa América. 

 

Antes disso, o time de Tite fará dois amistosos em março, contra Panamá (23), em Portugal, e República Tcheca (26), em Praga. A convocação acontece na próxima quinta-feira (28), na sede da CBF. 

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 20:25

Famílias de mortos no CT do Flamengo aceitam negociar indenizações judicialmente

por Lucas Vettorazzo | Folhapress

Famílias de mortos no CT do Flamengo aceitam negociar indenizações judicialmente
Foto: Reprodução / Globoesporte.com

Familiares dos atletas do Flamengo vítimas do incêndio no Ninho do Urubu no último dia 8 aceitaram negociar na Justiça o pagamento de indenizações pelo clube.

Parentes de pelo menos 13 jovens (10 mortos e três feridos) aceitaram nesta quinta-feira (21) dar início a um processo de mediação judicial, medida que antecede a abertura de ação na Justiça e tem como objetivo agilizar o pagamento de indenizações.

Os familiares estiveram nesta tarde no prédio do Tribunal de Justiça do Rio onde ocorreu reunião com representantes do Flamengo e da Justiça.

Segundo o desembargador César Cury, presidente do Núcleo de Resolução de Conflitos do Tribunal de Justiça, o processo de negociação deve durar em torno de dois meses, prazo que é inferior ao que se prevê para uma ação judicial, que pode levar anos.

As famílias poderão buscar acordos individuais ou coletivos com o clube. Nas próximas semanas mediadores judiciais, familiares das vítimas e representantes do Flamengo sentarão na mesa de negociação.

Até o momento as partes não chegaram a uma definição. O Flamengo rejeitou a proposta desenhada pela Defensoria Pública do Rio, Ministério Público e Ministério Público do Trabalho.

Segundo os órgãos da Justiça do Rio, o Flamengo teria que pagar para cada família R$ 2 milhões a título de indenização, além de um salário de R$ 10 mil por mês por período de 30 anos.

Já o Flamengo ofereceu valores mais baixos. A contraproposta do clube foi de uma indenização de R$ 300 a R$ 400 mil por família, mais um salário mínimo mensal pelo período de 10 anos.

O próprio desembargador Cury reconheceu a dificuldade de se fazer um cálculo exato do valor que seria razoável para uma indenização que contemple as necessidades de reparação financeira e emocional às famílias.

Sabe-se, desde já, que os jovens entre 15 a 17 anos que morreram no incêndio eram promessas do futebol, mercado em que as contratações rendem cifras milionárias aos clubes. Em geral esses jovens, que obtêm salários altos já no início da carreira, são os principais provedores de suas famílias. No caso das vítimas do Flamengo, os parentes vivem fora do estado do Rio.

De acordo com o desembargador Cury, os mediadores irão observar as características de cada caso no processo de negociação dos valores de indenização.

As famílias não são obrigadas a aceitar os acordos propostos. Uma vez concluído o acordo pelas duas partes, a decisão tem a mesma força de uma sentença judicial. Segundo Cury, o objetivo do processo de mediação é que ambas as partes se sintam contempladas ao final do processo, sem que haja frustração.

"A mediação tem como objetivo uma reparação rápida, efetiva e justa. Sabemos que encontrar um valor único, como se fosse uma tabela, não é o ideal. A negociação é dinâmica e os casos terão que ser individualizados para que cheguemos a um valor que não frustre as famílias", disse.

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 19:45

Negociação avança e Vitória fica próximo de fechar patrocínio com site de apostas

por Glauber Guerra

Negociação avança e Vitória fica próximo de fechar patrocínio com site de apostas
Foto: Paulo Victor Nadal / Bahia Notícias

Faltam pequenos detalhes para o Vitória anunciar o seu primeiro patrocínio para a temporada 2019. De acordo com Ricardo David, presidente do clube, as negociações estão avançadas com a empresa “Sua Lotérica”, site que intermedia apostas em loterias oficiais. A informação já havia sido antecipada pelo Bahia Notícias (relembre aqui).

 

“Tivemos uma reunião muito boa hoje [quinta-feira] em Florianópolis com a diretoria da Sua Lotérica. Falta pouca coisa para a gente fechar. Iremos anunciar oficialmente quando tudo estiver fechado”, disse Ricardo David, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Com a promulgação da Lei nº 13.756, decorrente da Medida Provisória 846/2018, que, entre outras matérias, criou a modalidade de apostas esportivas, a companhia vai investir ainda mais no futebol.

 

Os detalhes do acordo ainda não foram revelados. Porém, de acordo com apuração do BN, o Vitória vai receber uma verba adicional por cada aposta realizada, caso o apostador indique o Leão como o seu time de coração. 

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 19:30

Vitória analisa contratação de Escudero; meia passará por período de avaliação

por Glauber Guerra

Vitória analisa contratação de Escudero; meia passará por período de avaliação
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

O meia argentino Escudero se apresentará ao Vitória no sábado (23) e passará por um período de avaliação. Caso seja aprovado, ele assinará um contrato de produtividade com o Leão até o fim do ano.

 

“Escudero é um jogador que tenho o máximo de respeito. Ele está com vontade de voltar a jogar pelo Vitória. Como tem um ano sem jogar, ele fará uma avaliação. A equipe médica, o departamento de fisiologia, a comissão técnica, e o próprio jogador fará todo o esforço possível. Eu particularmente tenho esperança que ele vai conseguir dar a resposta neste período de 20 a 30 dias de preparação. Tenho certeza que ele vai nos ajudar na Série B”, disse Ricardo David, presidente do clube, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Escudero, de 31 anos, atuou no Vitória entre 2013 e 2015. Ele não atua profissionalmente desde setembro de 2017, quando defendia o Vasco da Gama. O jogador ainda acumula passagens pelo Atlético-MG, Boca Vélez Sarsfield (ARG), Grêmio, Valladolid (ESP), Villarreal (ESP) e Puebla (MEX).
 

Após reunião na CBF, Carlos Amadeu é demitido da seleção brasileira sub-20
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

O técnico Carlos Amadeu não resistiu ao quinto lugar no Sul-Americano e foi demitido da Seleção Brasileira Sub-20. Após reunião, nesta quinta-feira (21), com o presidente eleito da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, e Branco, coordenador da base do Brasil, o treinador foi desligado do cargo. 

 

Segundo o GloboEsporte.com, a CBF procura nomes para assumir a seleção da categoria. Outras mudanças deverão ocorrer na comissão técnica e na estrutura.

 

Amadeu foi campeão sul-americano sub-17 e terceiro colocado no Mundial da categoria, em 2017. Após a saída de Micale, o baiano foi promovido para o sub-20. 
 

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 18:35

Em recuperação, zagueiro Edcarlos não encara a Juazeirense

por Glauber Guerra

 Em recuperação, zagueiro Edcarlos não encara a Juazeirense
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

O Vitória não poderá contar com o zagueiro Edcarlos para o confronto contra a Juazeirense, domingo (24), às 16h, no Estádio Adauto Moraes, em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Baiano. O defensor ainda se recupera de um edema na coxa, sofrido durante o empate em 1 a 1 com o Ceará no último sábado (16), no Barradão. 

 

Para a vaga de Edcarlos, o técnico Marcelo Chamusca tem como opções Gabriel, Thales e Bruno Bispo.

 

Com 11 pontos, o Vitória ocupa a segunda colocação no Campeonato Baiano, enquanto a Juazeirense tem cinco e aparece em penúltimo.

Bahia de Feira inicia venda de ingressos para último jogo em casa pela 1ª fase do Baianão
Foto: Divulgação / Bahia de Feira

Após a derrota para o Atlético de Alagoinhas fora de casa – a 1ª no Baianão -, o Bahia de Feira tenta retomar o caminho das vitórias contra o Jequié, no sábado (23), na Arena Cajueiro, pela 7ª rodada do Campeonato Baiano. Nesta quinta-feira (21), o Tremendão iniciou às vendas dos ingressos para o confronto. Os bilhetes custam o valor único de R$ 30.

 

A partida também será a última na praça esportiva na fase de grupos do Campeonato Baiano. Os comandados do Quintino Barbosa só voltam à Arena caso se classifiquem para a semifinal do certame estadual.

 

O Bahia de Feira não vence há três partidas e foi ultrapassado pela dupla Ba-Vi. O Tremendão ocupa a 3ª colocação com 11 pontos conquistados. O Jequié é o 7º, com seis.

Sport tenta contratação de Diego Souza, mas 1ª proposta não agrada São Paulo
Foto: Marcelo Hazan / GloboEsporte.com

Buscando contar com Diego Souza para a temporada, o Sport fez uma proposta ao São Paulo pelo meia-atacante, no entanto, a oferta inicial não agradou ao clube paulista. 

 

Apesar da recusa, o Tricolor Paulista estuda negociar o seu camisa nove. Porém, o modelo do acordo, mantido em sigilo, precisaria ser ajustado. 

 

De acordo com o GloboEsporte.com, o São Paulo entende que precisa mudar parte do elenco e busca fazer duas ou três contratações. Para isso, sabe que precisará abrir mão de alguns jogadores. 

 

Nos bastidores do Sport, a informação é de que o desejo partiu do próprio jogador. Entretanto, o Leão não tem como arcar com o alto salário de Diego Souza. 

 

Diego se destacou no São Paulo em 2018, sendo o artilheiro da equipe na temporada, com 16 gols. No entanto, está em baixa no ano e não tem titularidade garantida. A família do atleta também deseja voltar a viver em Recife. 

Evento de Artes Marciais Mistas acontece em Lauro de Freitas neste sábado
Foto: Divulgação

O Centro Pan-Americano de Judô (CPJ) sediará a 20ª edição do Premier Fight League, no sábado (23), às 18h, em Ipitanga, em Lauro de Freitas. A competição reúne atletas nacionais e internacionais, nas modalidades: boxe, kickboxing, muay thai, capoeira, e MMA. A entrada será mediante doação de 3 kg de alimentos não perecíveis.

 

O evento é organizado pela Federação Bahiana de Karatê (FBK), com apoio da Superitendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), que disponibilizou R$ 230 mil de recursos para infraestrutura, premiação e outros serviços. As competições devem receber cerca de 50 atletas

Bahia forma técnicos em Triathlon que podem de arbitrar competições internacionais
Foto: Divulgação

A Bahia ganhou novos técnicos de Triathlon que podem atuar como árbitros em competições internacionais da modalidade. Oficiais baianos receberam a certificação por concluírem o curso de oficial Técnico Nível I da União Internacional de Triathlon (ITU). Eles fizeram o curso durante todo o ano de 2018. Cleber Castro, diretor de Marketing da Federação Baiana de Triathlon (Febatri), destacou a importância da titulação.

 

"A capacitação e o desenvolvimento técnico dos oficiais de Triathlon baianos, além de projetar a Bahia internacionalmente neste segmento, trará ainda mais qualidade ao esporte local, contribuindo com o projeto de fomento e desenvolvimento da modalidade em nosso estado. Estamos em crescente e a expectativa para os próximos anos é que a Federação consiga aquecer ainda mais o nosso mercado local", explicou.

 

A atual certificação torna a Bahia um estado com grande número de oficiais técnicos com certificação internacional. Além de alunos e profissionais de diversas áreas, foram certificados integrantes do quadro da Febatri. Vale lembrar que quatro oficiais baianos foram certificados para o nível 2 ITU, em 2015 e foram convocados para atuação nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016.

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 14:30

Fittipaldi agrada em teste e chefe abre caminho para retorno semana que vem

por Julianne Cerasoli | Folhapress

Fittipaldi agrada em teste e chefe abre caminho para retorno semana que vem
Foto: Andy Hone / Reprodução / Facebook

A participação de Pietro Fittipaldi no teste da pré-temporada da Fórmula 1 acabou sendo mais curta que o originalmente previsto devido a problemas técnicos, mas foi bem avaliada pela equipe Haas, que inclusive abriu a possibilidade do brasileiro voltar ao carro da equipe na próxima semana, última oportunidade das equipes arrumarem seus carros para o início da temporada, na Austrália, dia 17 de março.

Fittipaldi andou no período da manhã desta quarta-feira no Circuito da Catalunha e deu 69 voltas, ficando a menos de dois décimos do titular Romain Grosjean, que assumiu o cockpit do carro à tarde. Contudo, foi mais um dia conturbado para a Haas, que teve problemas elétricos no carro e causou as únicas três bandeiras vermelhas da sessão. Na terça-feira, Pietro tinha sido chamado às pressas para substituir Kevin Magnussen, por um problema de fabricação de seu encosto de cabeça, o que prejudicava seu posicionamento no carro.

Em entrevista ao UOL Esporte, Fittipaldi disse ter se sentido confortável no carro e ficou satisfeito com seu desempenho. "O importante foi que a gente conseguiu melhorar o acerto do carro enquanto eu estava pilotando. Esse foi o meu trabalho."

Além de testar configurações diferentes, outra parte importante dos testes é o retorno técnico que o piloto dá aos engenheiros. E a atuação de Pietro nesse sentido foi elogiada pelo chefe Guenther Steiner. "Pietro fez um bom trabalho. Não é fácil entrar no carro e ele fez isso às pressas ontem e hoje voltou e, mesmo com a pista fria, ele foi muito maduro e a performance dele foi muito boa. Ele fez exatamente o que precisávamos que ele fizesse. Então foi um bom trabalho", disse Steiner.

"O retorno dele foi muito bom. Ele sabe o que está fazendo e, para a idade que tem, ele é muito maduro porque já pilotou vários tipos de carro e isso o torna um piloto diferente. Ele não é daqueles que só pilotou carros de fórmula. Ele tem uma boa compreensão e sabe o que os engenheiros querem saber".

Steiner confirmou à reportagem que Fittipaldi fez um programa semelhante ao dos titulares Kevin Magnussen e Romain Grosjean, o que torna seus tempos comparáveis à dupla, ainda que a pista estivesse mais fria na parte da manhã, quando Pietro estava no carro, do que na parte da tarde, quando Grosjean fez o melhor tempo da Haas até agora: a melhor volta de Pietro foi 1min19s249, enquanto o francês andou em 1min19s060. Na terça-feira, o melhor tempo da Haas foi de Kevin Magnussen, com 1min19s206.

Steiner adiantou ainda que, se a Haas recuperar o tempo perdido com as três paradas que tiveram hoje, além do problema da terça-feira com o dinamarquês, é possível que Fittipaldi volte ao carro na semana que vem.

"Ele não vai entrar para pilotar porque perdemos tempo hoje e tivemos que colocar Romain. Na semana que vem, depende do que acontecer. Vamos decidir de última hora. Se as coisas correrem bem e não perdemos mais tempo, ele vai voltar ao carro, mas não posso prometer nada."

Pietro não escondia a decepção por acabar tendo um período a menos de teste em relação ao que estava combinado inicialmente, apesar de entender a situação da equipe, mas disse que aprendeu algo com a experiência relâmpago da quarta-feira: "A partir de agora, toda vez que eu for para a pista, vou levar meu capacete!".

O terceiro dia de testes da Fórmula 1 foi liderado pelo russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso, que bateu o tempo de Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo, na última meia hora de testes. A equipe mais forte da pré-temporada até aqui, no entanto, é a Ferrari, que liderou os dois primeiros dias. A última sessão da semana será realizada nesta quinta-feira, e os carros voltam à pista na semana que vem, por quatro dias, a partir da terça-feira.

Palmeiras pode ser rebaixado no Brasileirão por causa de Del Nero, diz Fifa
Foto: Alex Ferreira / Câmara dos Deputados

O Palmeiras corre o risco de novo rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Mas não seria por uma peça pregada pela caixinha de surpresas chamada futebol, diante do enorme investimento do clube no elenco. A queda seria por uma punição da Fifa devido ao fato do ex-presidente da CBF Marco Polo Del Nero ser integrante do Conselho Deliberativo do Verdão.

 

Del Nero foi banido do futebol pela Fifa desde o dia 27 de abril do ano passado por decisão do Comitê de Ética da entidade. Ele foi considerado culpado, pelos Estados Unidos, das acusações de suborno e corrupção, conflito de interesse e desvio de conduta quando esteve à frente da CBF e levou multa de 1 milhão de francos suíços, que na cotação atual gira em torno dos 3,5 milhões de reais.

 

De acordo com a Fifa, o caso do Palmeiras se enquadra no artigo  64 do Código Disciplinar da entidade. De acordo com comunicado da entidade enviado ao jornal "O Estado de S. Paulo", o clube que não respeitar decisões de órgãos internos "será avisado e notificado que, no caso de inadimplência ou não cumprimento de uma decisão dentro do prazo estipulado, pontos serão deduzidos ou será ordenado o rebaixamento para uma divisão inferior".

 

O presidente do Conselho Deliberativo do Palmeiras, Seraphim Del Grande, disse que, depois da punição aplicada pela Fifa, Del Nero se afastou. “Ele nos entregou um pedido de licença. Enquanto o caso com a Fifa ainda estiver com a possibilidade de recursos, iremos aguardar”, afirmou Del Grande.

 

Del Nero não frequenta os encontros do Conselho Deliberativo do clube e não participou da reunião do último mês, quando o seu filho, Marco Polo Del Nero Filho, foi eleito conselheiro vitalício. Logo após o banimento do ex-presidente da CBF pela Fifa, um grupo de conselheiros do Verdão protocolou no Conselho um pedido para ele fosse expulso do órgão.

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 12:30

Nino Guerreiro vibra com triunfo da Juazeirense e projeta duelo com Vitória

por Leandro Aragão

Nino Guerreiro vibra com triunfo da Juazeirense e projeta duelo com Vitória
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

A vitória sobre o Fluminense de Feira na última quarta-feira (20) tirou um peso das costas do time da Juazeirense, como diz o atacante Nino Guerreiro. O Cancão de Fogo bateu o Touro do Sertão por 1 a 0 e conquistou o primeiro triunfo no Campeonato Baiano. Para o camisa 9 da equipe de Juazeiro, o resultado traz confiança para a sequência do estadual.

 

"Tiramos um peso. Estávamos nessa situação incômoda sem vencer, mas foi uma vitória que nos deu uma moral para o campeonato até porque o Fluminense estava invicto. Foi um jogo difícil, muito pegado, mas conseguimos a primeira vitória o que nos dá a confiança para a sequência do campeonato", disse em entrevista ao Bahia Notícias.

 

O triunfo aconteceu em boa hora. O próximo jogo do Cancão de Fogo será diante do Vitória. A partida está marcada para domingo (24), no Estádio Adauto Moraes, pela sexta rodada do Baianão. Apesar de encarar um dos favoritos ao título, Nino espera que o time do interior se imponha por jogar nos seus domínios.

 

"Será um grande jogo, estamos vindo de uma vitória importante. Sabemos da dificuldade que vamos encontrar. É um gigante, um dos favoritos, mas precisamos nos impor dentro de casa, jogar com sabedoria e inteligência para que a gente possa sair com um grande resultado, buscar mais uma vitória e subir na tabela da competição", projetou.

 

A Juazeirense tem cinco pontos e ocupa a nona posição na tabela de classificação. Enquanto o Vitória aparece na segunda colocação com 11. Os dois times possuem um jogo a menos no Baianâo.

Amanda Nunes descarta luta em maio no UFC 237: 'Não teria tempo para me preparar direito'
Foto: Reprodução / Instagram

Única brasileira dona de dois cinturões do UFC, a baiana Amanda Nunes descartou lutar na edição 237, que será realizada no Rio de Janeiro, no dia 11 de maio. A atual campeã dos pesos-galo e dos penas revelou, ao site "Combate.com", que o tempo não seria suficiente para se preparar para o desafio. A Leoa estava cotada para encarar a ex-campeã dos galos Holly Holm.

 

"Vai ficar difícil. Estou pensando em lutar mais para o fim do ano, lá para novembro ou dezembro. Agora estou aqui no Brasil, organizando algumas coisas de família, não teria tempo para me preparar direito para maio", afirmou. 

 

Apesar de descartar a luta por causa do tempo de preparação, Amanda vê Holly Holm como uma adversária interessante. A americana é a única ex-campeã que a baiana ainda não enfrentou. A Leoa já encarou Miesha Tate, Ronda Rousey, Germaine de Randamie e Cris Cyborg.

 

"Quero defender meu cinturão primeiro porque quando subi eu deixei a categoria parada. Acho que faz sentido que seja uma luta contra a Holly Holm, a única ex-campeã que não enfrentei. Depois, acho que seria legal uma revanche contra a Cyborg. E aí vou parar. Nem sei quantas lutas eu tenho, depois da próxima luta vamos renegociar. Eu acho que devo fazer mais duas e me aposentar. E se der vontade de lutar, eu volto", disse.

 

Antes de derrotar Cris Cyborg no UFC 232 em dezembro do ano passado e conquistar o título dos pesos-penas, Amanda Nunes defendeu o cinturão dos galos em três ocasiões. No momento, a Leoa curte férias na Bahia.

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 10:45

Yago minimiza gramado irregular do Adautão e prevê 'grande jogo' contra Juazeirense

por Glauber Guerra

Yago minimiza gramado irregular do Adautão e prevê 'grande jogo' contra Juazeirense
Foto: Maurícia da Matta/ Divulgação / Vitória

O Vitória encara a Juazeirense, domingo (24), às 16h, no Estádio Adauto Moraes, válido pela sexta rodada do Campeonato Baiano. O gramado irregular é uma das características da praça esportiva. O meia Yago minimizou esse fato e espera um “grande jogo”.

 

“Apesar de não vir bem no campeonato, é uma equipe muito forte. Conheço do ano passado, sei da força do Juazeirense, sei que é um time bastante qualificado. As condições do campo não ajudam, mas, se está ruim para a gente, está ruim para eles também. Tenho certeza que será um grande jogo”, declarou.

 

Com 11 pontos, o Vitória ocupa o segundo lugar no Campeonato Baiano, enquanto a Juazeirense tem cinco e aparece em penúltimo. Se bater o Cancão, o time rubro-negro alcançará a liderança. Ciente disso, Yago destacou a importância do confronto.

 

“A gente encara como uma oportunidade única. Como foi dito, com um empate a gente assume a liderança. O grupo está focado. Vamos para vencer o jogo. Até porque o Vitória tem que jogar para ganhar. É uma partida importante para a sequência do campeonato”, afirmou.

Comitê Organizador propõe incluir o breakdance para os Jogos de Paris 2024
Tony Estanguet, presidente do Comitê, fez a proposta| Foto: Reprodução/ Facebook

O Comitê Organizador apresentou uma proposta para incluir breakdance nos Jogos Olímpicos de Paris em 2024. O anúncio foi feito durante a entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (21), na capital francesa. Apesar de confirmada, a atrações ainda necessita da decisão do Comitê Olímpico Internacional (COI) para fazer parte do evento esportivo. Bicampeão olímpico de canoagem e presidente do Comitê francês, Tony Estanguet justificou a ideia.

 

"Conecta-se aos melhores esportes do mundo para levar aos Jogos uma dimensão mais urbana, mais esportiva da natureza, mais artística", afirmou.

 

Ainda na coletiva, o Comitê Organizador lembrou que o breakdance foi novidade nos Jogos da Juventude do ano passado em Buenos Aires. Além de destacar que o número de praticantes da modalidade na França perde apenas para os Estados Unidos. Outros esportes como squash, sinuca e xadrez também são vistos como possibilidades, mas ficaram fora da proposta. A próxima edição dos Jogos Olímpicos, que será realizada em Tóquio 2020, terá as estreias do surfe, skate e escalada esportiva na programação do evento.

'Uma sequência que não dá para entender', diz Enderson sobre jogos do Bahia fora de Salvador
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O jogo contra o Liverpool do Uruguai na noite desta quinta-feira (21) será o terceiro de sete fora de Salvador em sequência. A equipe só vai voltar a jogar em casa no dia 10 de março, quando encontrará o rival Vitória na Arena Fonte Nova, pelo Campeonato Baiano.

 

Questionado sobre o desgaste que as viagens pode causar ao elenco, o técnico Enderson Moreira reclamou do calendário e da forma que o mesmo foi organizado para o Bahia.

 

"Falar sobre calendário parece que a gente está em discurso repetitivo de anos. A gente não tem cuidado de pensar no clube, no ser humano... É uma sequência que não dá para entender. Não é que queremos privilégio, mas que pudessem pensar nessas possibilidades. Queremos passar desse período com os melhores resultados e que a gente possa utilizar desse momento para fortalecer mais", declarou.

 

Enderson Moreira reiterou a importância de passar pelo Liverpool e projetou uma grande atuação da equipe. A classificação só será possível se o Esquadrão de Aço vencer por dois gols de diferença. 

 

"É uma partida muito importante, uma classificação que é esperada por todos nós. Queremos muito classificar. A gente sabe da dificuldade e espero que a gente faça um grande jogo. Temos preparado essa equipe para isso. Que a gente possa transformar as boas atuaçoes em resultados", explicou.

 

Na primeira partida, realizada na Fonte Nova, os uruguaios bateram o Tricolor por 1 a 0. 
 

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 09:30

Promotoria pede bloqueio de R$ 57,5 milhões das contas do Flamengo

por Nicola Pamplona | Folhapress

Promotoria pede bloqueio de R$ 57,5 milhões das contas do Flamengo
Incêndio no Ninho do Urubu matou 10 atletas | Foto: Agif / Folhapress

O Ministério Público e a Defensoria Pública do Rio pediram nesta quarta-feira (20) bloqueio de R$ 57,5 milhões das contas do Flamengo. O valor equivale ao montante pedido pelas autoridades para ressarcimento às vítimas do incêndio no centro de treinamento do clube que deixou dez mortos no último dia 9.

Eles pedem ainda a interdição do centro de treinamento. Apesar da falta de alvará da prefeitura de certificado do Corpo de Bombeiros, o local continua sendo usado para treinos da equipe profissional do clube. A concentração dos jogadores, porém, vem sendo feita em hotéis.

O valor das indenizações é motivo de divergências entre as autoridades e o clube. O Flamengo propôs pagar até R$ 150 mil para cada um dos pais dos jogadores mortos, mais R$ 50 mil para cada irmão e R$ 25 mil para os avós.

Como pensão, propôs o pagamento de um salário mínimo por mês durante dez anos para cada família de vítima fatal.

O Ministério Público e a Defensoria, por outro lado, falaram em R$ 2 milhões de indenização e salário de R$ 10 mil até o ano em que cada jogador morto completaria 45 anos - todos tinham entre 14 e 16 anos.

Os primeiros encontros para discutir o tema acabaram sem consenso e o Flamengo deu por encerradas as negociações com o grupo, apesar de representantes do clube terem se comprometido na semana seguinte ao incêndio a buscar uma solução rápida.

"O Flamengo apresentou uma proposta de indenização às vítimas em valores considerados pelos referidos órgãos como insuficientes e inadequados à satisfação dos direitos individuais e coletivos ocorridos", diz a petição.

As autoridades pedem também a imediata interdição do centro de treinamento, até que as instalações estejam "completamente seguras e regularizadas junto ao Corpo de Bombeiros e ao município do Rio", sob pena de multa de R$ 10 milhões.

"Pelas informações até a presente data obtidas, o Clube de Regatas do Flamengo tinha ciência das condições precárias a que estava submetendo os jovens. A omissão do clube, aliada ao grave acidente ocorrido, demonstra um desrespeito reiterado às determinações de interdição das referidas instalações", diz a petição.

A Promotoria e a Defensoria querem também acesso a documentos relativos à operação do centro de treinamento, como a escala dos monitores que deveriam ficar com os jovens e cópias de projetos de construção.

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 08:40

PFC-Cajazeiras 'muda de casa' e vai mandar jogos em Cachoeira na Série B do Baiano

por Glauber Guerra / Leandro Aragão

PFC-Cajazeiras 'muda de casa' e vai mandar jogos em Cachoeira na Série B do Baiano
Manassés é presidente do PFC-Cajazeiras | Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

Com raízes no bairro de Cajazeiras em Salvador, o PFC-Cajazeiras sempre mandou seus jogos em Pituaçu. Porém, para a próxima edição da Série B do Campeonato Baiano, previsto para começar no próximo dia 10, o Lobo-Guará vai receber seus adversários na cidade de Cachoeira, no Recôncavo Baiano, no estádio 25 de Junho. Segundo o presidente do clube, o ex-deputado estadual Marcos Manassés, o prefeito Fernando Antônio da Silva Pereira (PSDB), conhecido como Tato, colocou a estrutura da cidade às ordens do time da capital.   


"Vamos mandar nossos jogos em Cachoeira. O prefeito Tato é fanático por futebol, assim como a população. O munícipio nos ofereceu uma estrutura muito boa. O prefeito fez a proposta para jogar em Cachoeira e nós optamos. O estádio suporta cinco mil pessoas. Também vamos usufruir de um centro de treinamento. Em Pituaçu colocamos em média duas mil pessoas, mas o estádio é grande. Indo duas mil pessoas no estádio de Cachoeira, vai virar um caldeirão e isso influencia diretamente no desempenho dos nossos atletas. É uma motivação a mais", disse em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Depois de bater na trave duas vezes consecutivas, Manassés acredita que mais uma vez no time vai brigar pelo título e pelo acesso neste ano. 

 

"Zé Carijó, que é do Intermunicipal será o nosso técnico. Acredito que ele vai desenvolver um bom trabalho. Já temos um grupo, que é competitivo. O PFC só entra para brigar pelo título", afirmou.

 

O PFC-Cajazeiras vai estrear na Série B do Baiano 2019 diante do UNIRB, no Carneirão, no dia 10, um domingo, às 15h. O Lobo-Guará será o mandante no seu segundo compromisso na competição recebendo a visita do Canaã, no dia 17, outro domingo.

Estádio 25 de Junho vai abrigar os jogos do PFC-Cajazeiras | Foto: Divulgação / Prefeitura de Cachoeira

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 08:15

Bahia anuncia parceria com loja esportiva

Bahia anuncia parceria com loja esportiva
Foto: Divulgação / EC Bahia

O Bahia anunciou na última quarta-feira (20) que terá mais um parceiro. Dessa vez, o clube fechou com a loja esportiva Sport.com. O acerto entre as partes feza que a empresa fornecerá tênis para todas as comissões técnicas do clube.

 

Por outro lado, o clube vai fazer a divulgação da marca na placa de campo do Fazendão e nas redes sociais. A loja Sport.com está nos shoppings da Bahia, Bela Vista, Piedade e Salvador Norte, além da internet. 

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 08:05

Vitória assina contrato e vai vestir Kappa por três anos

por Glauber Guerra

Vitória assina contrato e vai vestir Kappa por três anos
Arte: Paulo Victor Nadal/ Bahia Notícias

O Vitória acertou na última quarta-feira (20), em São Paulo (SP), um contrato com a  Kappa como nova fornecedora de material esportivo do clube. O Bahia Notícias apurou que o vínculo é válido por três anos.

 

Para fechar o contrato, o Vitória precisou rescindir o compromisso com a Topper. A empresa ainda estampará sua marca até o início de maio, quando será lançado o novo enxoval da Kappa. 

 

Uma das novidades será o lançamento da linha popular com preço de R$ 100. A informação já havia sido adiantada pela Coluna De Chapa no mês passado (relembre aqui).

 

A expectativa é que o Vitória faça o anúncio oficial nos próximos dias.

 

Italiana, a Kappa tem a sua matriz em Turim. Na sua lista de clientes, a empresa conta com o Napoli e Torino, da Itália, Bétis, da Espanha, e os argentinos Vélez Sarsfield e Racing, entre outros.

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 07:30

Juazeirense deixa a zona de rebaixamento após bater Flu de Feira

por Leandro Aragão

Juazeirense deixa a zona de rebaixamento após bater Flu de Feira
Foto: Reprodução / Facebook

Com gol de Ewerton, a Juazeirense fez as pazes com a vitória ao bater o Fluminense de Feira na noite desta quarta-feira (20), no Estádio Adauto Moraes. O Cancão de Fogo venceu por 1 a 0 em duelo que complementou a quarta rodada do Campeonato Baiano. Com os três pontos, o time de Juazeiro deixou a zona de rebaixamento e subiu para a nona colocação.

 

A Juazeirense chegou aos cinco pontos, um a mais do que o Jacuipense. Porém, o Cancão de Fogo ainda tem um jogo a menos no estadual, que será contra o Vitória no domingo (24), às 17h, novamente no Adautão, pela sexta rodada.

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 07:05

Bahia e mais 5 brasileiros da Sul-Americana fizeram inscrições fora do prazo, diz site

por Ulisses Gama

Bahia e mais 5 brasileiros da Sul-Americana fizeram inscrições fora do prazo, diz site
Foto: Romildo de Jesus / Ag. Haack / Bahia Notícias

O Bahia, que enfrenta o Liverpool do Uruguai na noite desta quinta-feira pela Copa Sul-Americana, tem um problema além da busca pelo resultado em campo para se preocupar. De acordo com o site globoesporte.com, o Tricolor e mais 5 brasileiros inscreveram atletas fora do prazo para a competição internacional. 

 

Segundo a publicação, a Conmebol aceitou as inscrições da mesma forma. No entanto, todos os casos foram passados para o Tribunal de Disciplina da entidade, que vai abrir investigações sobre cada situação. A tendência é que os casos resultem em multas, e não em perda de pontos ou eliminação.

 

Procurado pela reportagem do Bahia Notícias, o Esquadrão de Aço garantiu que fez as inscrições de seus jogadores dentro do prazo estipulado pela entidade máxima do futebol continental. 

 

O regulamento da Copa Sul-Americana afirma que "a lista de até 30 jogadores precisa ser enviada até 72 horas antes do início da competição. Todos os clubes estreiam na mesma fase. Como o primeiro jogo da competição foi no dia 5 de fevereiro, entre La Calera e Chapecoense, a lista deveria ter sido enviada pelos clubes até o dia 2 de fevereiro".
 

Quinta, 21 de Fevereiro de 2019 - 06:00

No Uruguai, Bahia busca 'remontada' diante do Liverpool para avançar na Sul-Americana

por Ulisses Gama

No Uruguai, Bahia busca 'remontada' diante do Liverpool para avançar na Sul-Americana
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Depois de Vitória da Conquista, Montevidéu. A capital uruguaia é o local que recebe o Bahia na noite desta quinta-feira (21), a partir das 19h15. Diante do Liverpool, o Esquadrão de Aço busca o primeiro triunfo da sua história no exterior e a classificação para segunda fase da Copa Sul-Americana. Para isso, serão precisos dois gols de diferença.

 

Na primeira partida, o Esquadrão de Aço teve várias chances na Arena Fonte Nova, mas acabou sofrendo um gol na parte final do segundo tempo. Para a decisão, o técnico Enderson Moreira espera por um time concentrado e eficiente para conseguir o objetivo no fim dos 90 minutos.

 

"A gente sabe que é um jogo difícil, uma equipe competitiva. Além de nos ter trazido dificuldade, jogou agora com o Nacional e fez um ótimo jogo. É uma equipe que dá poucas oportunidades. A gente chega confiante, preparado, sabendo que é um jogo complicado. Precisamos ter concentração, qualquer lance pode ser decisivo, mas a gente vem para buscar o triunfo e a classificação", destacou.

 

O técnico Enderson Moreira deve promover mudanças na equipe. No meio de campo, Guilherme sai para dar lugar a Shaylon. Além disso, Élber cede o seu espaço para Ramires, que volta ao time após um período na Seleção Brasileira sub-20, no lado esquerdo do ataque.

 

FICHA TÉCNICA
Liverpool-URU x Bahia
Copa Sul-Americana - 1ª fase (jogo de volta)

Local: Luis Franzini, em Montevidéu
Data: 21/02/2019 (quarta-feira)
Horário: 19h15
Árbitro: Gery Vargas (BOL)
Assistentes: Jose Antelo e Edwar Saavedra (BOL)


 

Liverpool-URU: Bava, Nunez, Cáceres, Makuka, Gonzalez e Rivas; Guastavino, Bajter, Figueredo e Martínez; Franco. Técnico: Paulo Pezzolano.

 


Bahia:  Douglas; Nino Paraíba, Jackson, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore e Douglas Augusto; Artur, Shaylon e Ramires; Gilberto. Técnico: Enderson Moreira.

Quarta, 20 de Fevereiro de 2019 - 22:00

Proposta de indenização do Flamengo era de até R$ 400 mil por família

por Rodrigo Mattos | Folhapress

Proposta de indenização do Flamengo era de até R$ 400 mil por família
Foto: Reprodução / GloboEsporte.com

A proposta do Flamengo para as vítimas do incêndio no Ninho do Urubu, rejeitada na terça (19) pelo Ministério Público (veja aqui), previa o pagamento de até R$ 400 mil reais para cada família dos jogadores mortos na tragédia ocorrida no fim do mês passado. As autoridades, em contrapartida, exigiam um pagamento inicial de R$ 2 milhões para costurar um acordo.

Os dados foram revelados nesta quarta (20), durante uma reunião entre familiares de oito vítimas e Defensoria Pública, que aconteceu no Rio de Janeiro.

Na proposta de indenização rejeitada, o Flamengo oferecera, além dos R$ 400 mil de entrada por vítima, o pagamento de um salário-mínimo por mês durante 10 anos para cada família. A exigência do MP unia os R$ 2 milhões iniciais e R$ 10 mil por mês para até quando cada garoto morto no incêndio completasse 45 anos. O próprio Ministério Público admite, em uma nova negociação, rever o período para 35 anos.

Em valores totais, o pedido do MP dá aproximadamente R$ 56 milhões. Enquanto isso, o do Fla totalizaria R$ 5,2 milhões.

Agora, o clube vai negociar individualmente com as famílias. A defensoria pode continuar a acompanhar e orientar as famílias, mas algumas já têm advogados.

"O ideal é que se busque uma solução rápida e consensual. É melhor que um processo longo na Justiça", disse a defensora pública Pamela Iamego.

O clube planejou entrar rapidamente em acordo com o Ministério Público para iniciar o pagamento às famílias. A falta de acordo faz MP, Ministério Público do Trabalho e Defensoria Pública discutirem na Justiça a reparação os mortos no incêndio no Ninho do Urubu.

Em nota publicada depois de o Flamengo rejeitar a contraproposta feita pelo MP, os organismos públicos disseram que o clube "recusou-se a celebrar um acordo de reparação às vítimas".

"Os valores apresentados pelo clube estão aquém da daquilo que as instituições entendem como minimamente razoável diante da enorme perda das famílias e demais envolvidos", completa a nota.

Posteriormente, o Flamengo também emitiu uma nota para dar a sua posição sobre o acordo com as vítimas e reiterou o objetivo de ter uma composição amistosa com as autoridades para chegar a um valor comum de indenização.

"Nesta terça-feira (19), após reunião com autoridades daqueles órgãos, o Flamengo - independentemente de processo judicial - ofereceu, por fim, um valor que está acima dos padrões que são adotados pela Justiça brasileira, como forma de atender com brevidade as famílias de seus jovens atletas", afirmou o Flamengo.

"O Flamengo teve o cuidado de oferecer valores maiores dos que estão sendo estipulados em casos similares, como, por exemplo, o incêndio da boate Kiss, ocorrido em 2013. Até hoje, vale lembrar, famílias não receberam a indenização", concluiu o clube, relembrando da tragédia em uma casa noturna na cidade de Santa Maria, Rio Grande do Sul. Já a procuradora do Trabalho, Danielle Cramer, acredita que o caso é diferente do que aconteceu na boate.

"É um caso bem diferente da boate Kiss. Eles estavam sob responsabilidade do clube" afirmou.

Histórico de Conteúdo