Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
/
Tag

Artigos

Jorge Khoury
Empreender na indústria: oportunidades para fortalecer a Bahia
Foto: Dario Neto, ASN/BA

Empreender na indústria: oportunidades para fortalecer a Bahia

A produção industrial baiana registrou crescimento de 2,1% em janeiro deste ano, em comparação com dezembro de 2023, demarcando seu papel fundamental para a economia do estado. Este crescimento e cenário expandem horizontes para os diversos pequenos negócio do setor. O percentual indica um caminho positivo que pode se confirmar com o perfil inovador da nossa indústria, além da impulsão a toda a cadeia produtiva com a chegada de empreendimentos como a montadora BYD a Camaçari.    

Multimídia

Adolpho Loyola diz que Rui Costa não deve tentar o governo em 2026: “O ministro está com outras tarefas no Governo Federal”

Adolpho Loyola diz que Rui Costa não deve tentar o governo em 2026: “O ministro está com outras tarefas no Governo Federal”
Sobre o cenário de 2026, Adolpho Loyola repercutiu a informação ventilada nos bastidores de que o ex-governador e atual ministro da Casa Civil, Rui Costa, poderá disputar novamente o governo da Bahia. “É natural que o candidato seja Jerônimo. O ministro está com outras tarefas, com a tarefa de coordenar o governo federal e ele tem feito isso: tem coordenado o PAC, tem puxado para si responsabilidades, ele tem cuidado disso e está limpando a pauta para o presidente Lula”, frisou.

Entrevistas

Grupo de Trabalho estuda drenagem na região da Cidade Baixa durante fortes chuvas e maré alta em Salvador

Grupo de Trabalho estuda drenagem na região da Cidade Baixa durante fortes chuvas e maré alta em Salvador
Foto: Reprodução / TV Bahia
Tendo assumido a Secretaria de Sustentabilidade (Secis), logo no início de abril, Ivan Euller pretende, durante sua gestão, focar na atuação do melhoramento da drenagem da Cidade Baixa, em Salvador, região duramente afetada por alagamentos e inundações nos períodos chuvosos e de maré alta na capital baiana. O então subsecretário assumiu a pasta após a saída da vereadora licenciada Marcelle Moraes (União) que deve disputar, novamente, uma cadeira na Câmara Municipal de Salvador (CMS). 

ana paula matos

Vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos pode ser contemplada com Comenda 2 de Julho na AL-BA
Foto: Divulgação / Ascom SMS

A vice-prefeita de Salvador e secretária municipal de saúde, Ana Paula Matos, pode ser a mais nova agraciada com a Comenda 2 de Julho, maior condecoração da Assembléia Legislativa da Bahia (AL-BA). A proposta de homenagear Ana Paula com a medalha foi apresentada pelo líder da oposição na Casa Legislativa, Alan Sanches (União Brasil). 

 

O parlamentar encaminhou um requerimento com a proposta para a Comissão de Constituição e Justiça. O projeto de n° 3.188/2024, que estabelece o prêmio a Matos, foi publicado nesta quinta-feira (23), no Diário Oficial da AL-BA.  Na justificativa da proposição, o deputado destacou os serviços realizados por Ana para a população do estado, como forma de mostrar o motivo e merecimento da secretária ganhar a honraria. 

 

“Seja pela sua impoluta jornada profissional, pelo desempenho de  serviços de absoluta relevância ao povo baiano ou ainda pela sua representatividade enquanto mulher negra gestora pública exitosa, é indubitável o preenchimento dos requisitos regimentais e legais para fins de concessão de honraria, razão pela qual pugna-se pela aprovação do  conteúdo em epígrafe com o objetivo de concessão da Comenda Dois de Julho à Sra. Ana Paula Andrade Matos Moreira”, diz um trecho do documento. 

 

A proposta ressaltou ainda os feitos sociais da vice-prefeita. 

 

“A trajetória da Ana Paula Andrade Matos Moreira possui vínculo estreito  e indissociável com o social, tendo em seu perfil notória habilidade em servir, apresentando desde a juventude proximidade com organizações sem fins lucrativos voltadas à preservação e promoção dos direitos humanos”, descreve a medida. 

 

Ana Paula Matos nasceu em 11 de novembro de 1977.Advogada, professora, pós-graduada em finanças e com mestrado em administração, Ana Paula tem 45 anos e já foi professora, advogada, administradora e servidora concursada da Petrobras. Pós-graduada em Finanças Corporativas e mestra em Administração pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), iniciou a trajetória na gestão municipal como diretora geral de Educação, em 2013.

 

Ana Paula foi chefe de gabinete da Vice-Prefeitura, presidente do Instituto de Previdência Municipal, secretaria das Prefeituras-Bairro, secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza, e secretária de Governo de Salvador.

 

Em reta final na Saúde, Ana Paula reúne vereadores para apresentar e vistoriar obras que deve entregar na gestão
Foto: Divulgação

Prestes a se desincompatibilizar do cargo de secretária da Saúde de Salvador, por força da legislação eleitoral, a vice-prefeita Ana Paula Matos (PDT) reuniu vereadores da base do prefeito Bruno Reis (União) para apresentar uma relação de obras que devem ser entregues na capital baiana até o dia 5 de junho. A data é considerada o “limite” para que as inaugurações sejam feitas com ela ainda no comando da SMS. 

 

Isso porque, a legislação estabelece que para concorrer a vaga de prefeito ou vice-prefeito, o prazo para os secretários municipais se desligarem do cargo é de quatro meses antes da eleição, que em 2024 tem o dia 6 de outubro estabelecido para o primeiro turno. 

 

Informações chegadas ao Bahia Notícias apontam que o encontro na manhã desta quarta-feira (22) foi iniciado com um café da manhã no Lacen, novo Laboratório Central de Saúde, no bairro de Amaralina. 

 

Na sequência a vice-prefeita e os edis visitaram o Multicentro de Saúde Dr. Adriano Pondé, também em Amaralina, além do Multicentro AME, em Pirajá e do Pronto Atendimento Psiquiátrico ao lado do 5° Centro de Saúde nos Barris.

 

A agenda também incluiu uma passagem pela Maternidade Municipal e Hospital da Criança, na Federação. No entanto, conforme informações da gestão municipal, esta obra só será entregue no final do ano. Ainda segundo apuração do BN, as visitas têm como foco a atenção especializada dentro da estrutura de saúde em Salvador. Mostrando força política, a gestora reuniu quase todos os vereadores da base de apoio ao prefeito Bruno Reis nas vistorias das obras. 

 

Nos bastidores, o nome de Ana Paula Matos é o que apresenta maior força neste momento para concorrer mais uma vez ao lado de Bruno Reis na chapa majoritária em Salvador na condição de vice.

“De jeito nenhum o PSDB vai tentar tirar Ana Paula”, diz vereador Daniel Alves
Foto: Reprodução / Youtube

O PSDB não será pedra no caminho para Ana Paula Matos (PDT) garantir a vice na chapa à reeleição do prefeito Bruno Reis (União) nas eleições de outubro. Quem garantiu foi o vereador Daniel Alves, em entrevista ao programa Bahia Notícias no Ar, da rádio Salvador FM, nesta quarta-feira (8). 


“De jeito nenhum o PSDB vai tentar tirar Ana Paula. Ela é uma gestora competente, uma mulher capacitada que cresceu muito nesses quatro anos. Ela não ficava aparente porque tinha um cargo onde ela realmente carregava o piano, só que agora ela tem toda a visibilidade. Ela tem todas as qualidades para continuar sendo vice-prefeita”, afirmou o edil tucano. 


Apesar da declaração, Daniel Alves não descartou a possibilidade do seu partido continuar no páreo para a vaga. “O PSDB não tem a intenção de ir contra a candidatura de Ana Paula, mas a disputa é feita em nome de partidos, de acordo com o prefeito e caso o prefeito entenda que a disputa da vice seja partidária, o PSDB tem total legitimidade para disputar também o espaço de vice”, ponderou. 


Praticamente consolidada, a vaga na vice ainda rende burburinhos. Apesar de afagos a Ana Paula, aliados do prefeito ainda pleiteiam a vaga da pedetista. Um bom exemplo disso é o Republicanos. O presidente do partido na Bahia e deputado federal, Márcio Marinho, afirmou, no último sábado (4), que a legenda “está com a bola da vez” para a indicação à vice.

Salvador não está mais em epidemia de dengue, anuncia Ana Paula Matos
Foto: Divulgação / Ascom SMS

A Prefeitura de Salvador, através da Secretaria Municipal da Saúde, anunciou nesta segunda-feira (06) o fim da epidemia de dengue na cidade. De acordo com dados do novo Informe Epidemiológico Semanal, divulgado pelo Centro de Operações de Emergências de Saúde Pública para a Dengue e outras arboviroses, a queda expressiva de indicadores da doença permitiu reavaliar a classificação epidêmica decretado em fevereiro na capital baiana.

 

A vice-prefeita e secretária da pasta, Ana Paula Matos, destacou os resultados das ações de enfrentamento à doença desencadeadas pela SMS. “O combate às arboviroses sempre foi prioridade da nossa gestão, por isso, desde o ano passado temos investido em melhores condições de trabalho para nossos agentes de endemias e na própria estrutura e logística do Centro de Controle de Zoonoses, para que respondêssemos efetivamente em momentos críticos, como aconteceu quando entramos em epidemia. Lançamos imediatamente a Mobilização Salvador contra a Dengue e diuturnamente levamos uma série de atividades e serviços para prevenção e combate à doença por toda cidade, e o resultado já se mostrou positivo em dois meses de trabalho”, destacou. 

 

A Mobilização Salvador Contra a Dengue promoveu desde o seu lançamento, em 28 de fevereiro, ações coordenadas entre as várias secretarias municipais para conter o avanço do vírus como Limpurb, Defesa Civil (Codesal), Secretaria de Manutenção (Seman), Guarda Civil (GCM), além da parceria com as Forças Armadas (Exército, Aeronáutica e Marinha). Através dela, o CCZ intensificou suas atividades, de domingo a domingo, de inspeção de imóveis, tratamento e eliminação de focos, uso de armadilhas para monitoramento de regiões prioritárias e mutirões de limpeza; controle mecânico, químico e focal, além da abertura de imóveis fechados e ações educativas em escolas e espaços de grande concentração de pessoas. Dentro da Mobilização também foi realizado um simulado de mesa em parceria com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) para avaliar a resposta do município a um cenário de emergência provocado pela doença.

 

Salvador registra hoje redução de mais de 50% no número casos confirmados de dengue em relação ao mesmo período do ano passado. Até a 18ª semana epidemiológica, de 31 de dezembro de 2023 até 04 de maio de 2024, foram 825 registros contra 1.772 no ano passado. “O município fez e está empenhando todos os esforços para proteger sua população. O anúncio do fim da epidemia mostra a redução considerável do número de casos e, consequentemente, reduz o risco da explosão de novos casos e colapso no sistema de saúde. Mas não significa que estamos em situação confortável e não podemos baixar a guarda. Ainda estamos em risco e, por isso, devemos  continuar atentos e atuantes nas nossas tarefas diárias de combate ao mosquito: prefeitura e população, todos juntos nessa missão”, pontuou.

 

REFORÇO NA ASSISTÊNCIA

Durante a Mobilização Salvador contra a Dengue, para garantir o atendimento rápido, eficaz e qualificado da população, foram implantadas 03 UPINHAS (Barris, Itapuã e Periperi), capacitação de unidades da atenção básica para manejo clínico da dengue; bem como instalação de unidades sentinelas com atendimento aos sábados e domingos.

 

As denúncias e solicitações para inspeções e ações contra a dengue seguem sendo realizadas através Salvador 156. 

VÍDEO: Ana Paula Matos sai carregada por apoiadores na sede do PDT em Salvador após reafirmação de apoio a Bruno Reis
Foto: Divulgação / PDT

A vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos (PDT), saiu carregada da sede do PDT, no bairro da Mouraria, em Salvador, na noite desta sexta-feira (26), após sua confirmação à reeleição para o cargo, em apoio a Bruno Reis (União Brasil). De acordo com o ministro da Previdência Social e presidente nacional licenciado do PDT, Carlos Lupi, a indicação de Ana Paula como vice para as eleições municipais deste ano ocorreu de forma natural. 

 

 

 

Ao lado dos presidentes estadual e municipal da sigla, os deputados federais Félix Mendonça e Léo Prates, Lupi avaliou o cenário local. 

 

“Temos a decisão de apoiar o Bruno Reis e reivindicamos a continuidade do partido na vice-prefeitura. A Ana Paula é um nome natural para seguir no cargo”, apontou. “Salvador é prioridade nacional do PDT. Vamos eleger quatro vereadores, com uma chapa plural, e Bruno Reis no primeiro turno”, completou Lupi. 

Lupi chega em Salvador na próxima sexta e deve se reunir com Bruno Reis para falar sobre Ana Paula na vice em 2024
Foto: Reprodução / YouTube / Salvador FM

Presidente nacional do PDT, Carlos Lupi desembarca em Salvador na próxima sexta-feira (26) para uma sequência de reuniões que deverão tratar sobre as eleições municipais de outubro, com foco especial na capital baiana. A informação foi revelada pelo presidente do partido na Bahia, deputado federal Félix Mendonça Júnior, nesta segunda-feira (22).

 

Em entrevista ao programa Bahia Notícias no Ar, na rádio Salvador FM 92,3, o parlamentar indicou que a passagem de Lupi - que também é ministro da Previdência Social - pode render novidades em relação ao posto de vice na chapa que deve ser encabeçada por Bruno Reis (União) na disputa pela reeleição. Félix é um dos defensores da permanência da vice-prefeita Ana Paula Matos (PDT) para o pleito.

 

"Eu vi uma posição de Bruno que ele aguarda uma indicação do partido, tem outros partidos que compõem a aliança dele para ouvir também para tentar uma reeleição que considero bastante viável, e por ser uma reeleição bastante viável a discussão da vice fica mais forte mas eu acho natural que assim como o prefeito está na sua reeleição. a vice-prefeita também está, só teria que mudar se tivesse algum fato que desabonasse o nome dela, ou agregasse maior força para a chapa, e isso ao contrário, Ana Paula é um bom nome, tem sido excelente secretária de saúde e nosso presidente Lupi vem a Bahia na sexta-feira e deve ter reuniões e com certeza ele trará novidades", disse durante o bate-papo com os apresentadores Mauricio Leiro e Rebeca Menezes.

Alan Sanches diz que Bruno será eleito no primeiro turno e defende nome de Ana Paula como vice
Foto: Gabriel Lopes / Bahia Notícias

 

 

Ainda durante entrevista ao Projeto Prisma, do Bahia Notícias, nesta segunda (04), o deputado Alan Sanches (União), comentou sobre a demora do prefeito Bruno Reis (União), em oficializar a sua pré-candidatura à prefeitura de Salvador. Segundo ele, que também é líder da oposição na ALBA, Bruno atrasou o anúncio para focar na gestão e fazer política no momento certo.

 

“Alguém na Bahia, no Brasil, tem dúvidas de que Bruno será candidato à reeleição? Não vejo isso. A partir do momento que ele diz que é candidato, ele confirma publicamente e você já vai querer saber quem é o vice. Aí você já começa a criar atritos com todos os partidos, pois eles acabam tendo a esperança de lançar o seu partido ou da pessoa mesmo ser candidato a vice. Então, acho que tudo isso faz parte de ele querer focar na gestão, senão a imprensa ou a oposição já diz ele está fazendo política, que não está preocupado com a cidade, iria começar a dar discurso para a oposição a Bruno, então eu acho que os momentos vão amadurecendo. [...] Eu acho que Bruno Reis ganha no primeiro turno, ele trabalha por isso, por tudo o que apresentou, pelo conhecimento. É quem mais conhece a cidade, inegavelmente, hoje até mais que ACM Neto e contra o outro lado. [...] Bruno agora no dia do lançamento da posse dos presidentes Francisco Elde e igor Domingues, inclusive falou que já estava avisando à oposição que arregaçou as mangas e que agora começa a fazer política, isso é um recado claro, só que não disse que era o candidato, inclusive essa expectativa, até a nível de marketing é positiva, pois você vai incendiar a sua militância, então acho que não deixa de ser importante para oxigenar”, afirmou. 

 

Alan Sanches também falou sobre a escolha da vice de Bruno Reis. O deputado falou que não se deve mexer em time que está ganhando, defendendo o nome de Ana Paula Matos para disputar mais uma vez ao lado do atual prefeito. “Acho que é uma construção, a candidata a vice para mim é a Ana Paula. Ela construiu esse caminho, criou densidade política, desde quando foi candidata a vice-presidente, quando assumiu muito bem a secretaria de saúde, fazendo os dois papéis, de vice e secretária, então a minha candidata que eu defendo é Ana Paula. Agora que vamos precisar conversar com todo mundo e essa decisão cabe a Bruno. Time que está ganhando e ela provou isso, ela não dá trabalho, não cria problema para Bruno Reis, que é importante você ter um vice alinhado com você e ela tem mostrado isso”, concluiu. 

Léo Prates admite que Ana Paula é “nome natural” para vice de Bruno, mas não descarta pleito
Foto: Mauricio Leiro/ Bahia Notícias

Filiado ao PDT, que ocupa a cadeira de vice de Bruno Reis com Ana Paula Matos, o deputado federal Leo Prates nunca escondeu a vontade de participar do pleito em 2024 nesse posto. Porém ele adotou uma postura cautelosa ao falar sobre o tema nesta segunda-feira (12). “O nome natural é da Ana. Eu não posso nunca descartar. Não tenho apego a cargos”, assegurou Prates. Antes, todavia, ele brincou: “Como depois de todo o Carnaval vem o São João, eu vou cantar pra vocês ‘se avexe não que amanhã pode acontecer tudo inclusive nada’”, no ritmo do sucesso de Flávio José “A Natureza das Coisas”.

 

Prates lembrou que, em 2020, a vaga de vice foi oferecida a ele, mas, durante a pandemia, ele preferiu permanecer como titular na Secretaria Municipal de Saúde de Salvador. “Fiquei na Secretaria de Saúde, poderia ter sido vice, foi me dada o direito pelo grupo em 2020, eu decidi ficar. Agradeço muito a ACM Neto aquele gesto”, relembrou. Apesar do tom moderado, o parlamentar ressaltou que é “soldado da cidade”. “Estou à disposição do meu grupo político. O que precisarem de mim, inclusive, entregar panfleto e bandeira, estou à disposição”, garantiu.

 

“Sumido” no Carnaval, onde fora figurinha carimbada no passado recente, Prates apareceu no circuito da folia nesta segunda e estava indo “dar um abraço no governador Jerônimo Rodrigues” quando foi interpelado pela imprensa e acabou desistindo - Jerônimo está no Extremo Sul baiano cumprindo agendas. 

 

Mesmo longe dos holofotes, o deputado federal confirmou que seguiu atuando nos últimos dias. “Estamos circulando, conversando com as pessoas, com os movimentos populares, movimentos culturais da cidade. Essa festa é de tanta alegria, de tanta emoção, acho que a prefeitura e o governo acertam em enaltecer a nossa cultura afro, acho que é um momento de união, de celebração da nossa baianidade”, disse.

 

PRATES INDICA APOIO AO CANDIDATO DE ARTHUR LIRA

Assunto que circula nos corredores da Câmara dos Deputados, a sucessão do presidente Arthur Lira (PP-AL) não parece ser um problema para Léo Prates, que revelou ter lado: “o meu candidato é o de Arthur Lira, fui muito bem acolhido na Câmara, já cheguei como vice-líder, relatei matérias importantes como o projeto do controle e combate do câncer, e isso devo muito ao presidente Arthur Lira”.

 

Essa predileção foi dita, inclusive, ao próprio Elmar Nascimento (União), um dos postulantes e aliado de longas datas. “Eu tenho uma relação muito próxima a vários deputados, inclusive que estão cotados como Antônio Brito, como Isnaldo Bulhões, que é um amigo que tenho, mas meu papo é muito reto, é muito claro, a minha preferência é por Elmar, até por convivência, por grupo político, por amizade, por achar que Elmar representa aquilo que nós precisamos, que é a defesa dos deputados, do parlamento brasileiro”.

Bruno Reis diz que Ana Paula está pronta para ser prefeita: "Vai mostrando sua capacidade política"
Foto: Rafa Caribé / Ag. Fred Pontes / Bahia Notícias

O prefeito Bruno Reis (União) rasgou elogios para a vice-prefeita e secretária de Saúda de Salvador, Ana Paula Matos. Neste domingo (11), quarto dia do Carnaval da capital baiana, o chefe do executivo municipal disse que a gestora tem demonstrado cada vez mais sua capacidade política e que está pronta até para alçar novos voos.

 

"Ana é uma grande gestora. Cada dia que passa vai mostrando ainda mais a sua capacidade política. Está preparada até para ser prefeita, quem dirá para ser vice", afirmou em entrevista ao Bahia Notícias. "Ela pode ser candidata agora e não eu", completou.

 

Ana Paula Matos vem sendo apontada como favorita para seguir como vice na chapa encabeçada por Bruno Reis para a disputa da reeleição à Prefeitura de Salvador nas eleições municipais que ocorrerão neste ano. No pleito de 2022, ela concorreu à presidência da República também como vice ao lado de Ciro Gomes (PDT).

Ana Paula aponta queda de 60% nos casos dengue em Salvador; SMS intensifica ações durante carnaval
Foto: Divulgação

A folia carnavalesca não é motivo para deixar os cuidados com as arboviroses de lado. Em meio ao carnaval, a Secretaria de Saúde de Salvador (SMS) tem intensificado as ações de controle e prevenção contra o mosquito Aedes aegypti, através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), causador da dengue, zika e chikungunya. Agentes de endemias seguem realizando atividades de inspeção e aplicação de inseticidas em bairros estratégicos.

 

A titular da SMS, a vice-prefeita Ana Paula Matos, alertou neste domingo (11), em conversa com a imprensa, para a semelhança dos sintomas da dengue com outras doenças, a exemplo das viroses, Covid-19 e até mesmo a leptospirose. 

 

Com as ações, a secretária confirma que Salvador vem apresentando uma queda nos números de casos suspeitos de dengue quando comparado ao ano anterior e com outras cidades brasileiras; com uma redução superior a 60% no boletim da semana epidemiológica de 05 a 11 de fevereiro. Neste período foram 322 casos notificados, contra 872 no mesmo período do ano passado.

 

“Os dados positivos são fruto do investimento em tempo, recursos e ações que dedicamos e executamos intensivamente ao logo do ano. Com esse trabalho, estamos na contramão de algumas capitais do país que decretaram situação de emergência pública por conta da dengue. Porém, continuamos em alerta e empenhados para garantir uma Salvador livre das arboviroses e contamos muito com a vigilância da população, uma vez que 80% dos criadouros do mosquito Aedes aegypti estão dentro das próprias residências”, destaca Ana Paula.

Quedas e uso de drogas entre jovens chamam atenção durante Carnaval, alerta Ana Paula Matos
Foto: Rodrigo Castro / Bahia Notícias

A vice-prefeita e secretária de Saúde de Salvador, Ana Paula Matos, chamou atenção para ocorrências envolvendo jovens no Carnaval de 2024. Em entrevista ao Bahia Notícais no Camarote Ondina na noite deste sábado (10), Ana Paula disse que aumentaram os casos de queda e consumo de drogas neste público. 


"Tem muita gente na rua e isso significa que cresce o mono atendimento de saúde, mas, graças a Deus, não da gravidade. Mas eu queria destacar o fato para chamar a atenção que muitos jovens indicaram episódios de queda. Aumentou o número em 45% de pessoas que precisaram de atendimento ortopédico, chegando inclusive a precisar de cirurgias. O que diminuiu de brigas, aumentou de quedas", inciou a secretária.


"A gente percebeu também alguns episódios de uso abusivo de substâncias psicoativas. Entramos com a equipe de atenção psicossocial, com psiquiatras para fazer a intervenção, e vem dando super certo", comentou.


A vice-prefeita também falou sobre a atuação dos Centro de Acolhimento, Aprendizagem e Convivência (Caac), que teve seu alcance ampliado para a festa momesca em 2024.


"Estamos tendo um trabalho com os filhos dos ambulantes, nos Caacs, que é o que mais aquece o meu coração. Pela primeira vez com a saúde bucal,e com centenas de atendimentos. Um episódio que mais gerou o meu carinho foi um menininho que estava com o dente da frente todo quebrado, de uma queda, a gente reconstruiu com um de resina, e ele disse que a mãe não vai nem me reconhecer e que vai parar de ter apelido na escola. Então a gente aproveita esse momento do Carnaval para estar prontos, preparados para atender quem precisa, mas ao mesmo tempo cuidar dessas crianças, cuidar desses recicladores, mostrar que a saúde não pode parar. A gente montou uma mega operação, com 15 unidades, e pela primeira vez nos bairros, em Cajazeiras e Periperi, com ao todo 157 leitos. A gente quer que fique igual a seguro, que fique lá e não precisa usar, então meu pedido é que bebam com moderação, brinquem com muita alegria, venham na paz, que vai dar tanto certo", orientou. 
 

Carnaval infantil no Campo Grande contou com entrega de água para crianças e familiares
Foto: Bruno Concha / Secom PMS

As famílias que curtiram a programação infantil do Carnaval de Salvador neste sábado (10), no Circuito Osmar (Campo Grande), contaram com pontos de hidratação para amenizar o calor que faz na capital baiana. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), instalou estações para a entrega de garrafinhas de água na Passarela Nelson Maleiro, estrutura montada em frente ao Teatro Castro Alves.

 

Segundo Ana Paula Matos, vice-prefeita e titular da SMS, a iniciativa foi elaborada em parceria com os blocos infantis, ouvindo as suas demandas. “Esse é o Carnaval da saúde, do cuidado e da prevenção. No início da semana, nos reunimos com a Associação de Blocos Infantis e definimos um conjunto de estratégias para o cuidado com a saúde dos nossos pequeninos”, disse.

 

“A gestão municipal trabalha assim, ouvindo as demandas e ampliando as ações visando dar mais conforto, qualidade, proteção e segurança para as crianças. Pude acompanhar de perto a ação no circuito Osmar e vi o quanto ela foi bem aceita por todos. Isso gera também um sentimento de acolhimento e cuidado”, completou Ana Paula.

 

Além da entrega de garrafinhas de água durante a programação infantil, o Carnaval de Salvador conta com pontos de hidratação ao longo de toda a programação. São 11 locais, ao todo: seis no Centro, sendo um na lateral do Teatro Castro Alves, no Garcia; Praça Castro Alves, em frente ao Cine Glauber Rocha; Terreiro de Jesus; Pelourinho, Casa do Benin; Av. Joana Angélica, calçada da New Odonto; e no Largo do Santo Antônio.

 

Já na Barra, há três pontos: um no Morro do Cristo, na Rua Airosa Galvão; no Porto da Barra, na calçada do Hospital Espanhol; e na Rua Marquês de Caravelas, na calçada ao lado da Subway. A Ondina conta com duas áreas, sendo uma delas na Av. Oceânica, ao lado da Pizza Hut, e na Rua Sabino Silva.

 

OUTRAS INICIATIVAS

Além dos pontos de hidratação, a Prefeitura segue distribuindo protetores, tanto em sachês quanto em dispensadores, para que os foliões mantenham os cuidados contra os raios solares. Para facilitar o acesso do público, cerca de 30 promotores estão responsáveis pela distribuição dos materiais das 13h às 17h. Também foram instalados cerca de 30 ventiladores pelos principais circuitos da festa.   

Módulos de saúde atendem casos de ansiedade de síndrome do pânico
Foto: Gabriel Lopes/ Bahia Notícias

“Pessoas que não estão acostumadas, que não sabem o que é esse Carnaval”. A secretária de Saúde de Salvador, Ana Paula Matos, revelou que módulos de atendimento nos circuitos da folia registraram também casos de ansiedade e de síndrome do pânico. “A gente implantou em cinco módulos equipes de atenção psicossocial com psiquiatras. Ontem eu acompanhei um atendimento. A gente implantou naqueles que historicamente têm mais casos de uso abusivo de substâncias psicoativas, mas a gente percebeu que a gente teve esse apoio emocional”, relatou, ao Bahia Notícias, neste sábado (10).

 

Além dessa novidade, a também trouxe dados sobre atendimento em saúde bucal, uma expansão da atuação da pasta durante os dias de Carnaval. “Fizemos ontem quase 250 procedimentos e um menininho deu um depoimento lindo de que a mãe não ia reconhecer. Ele teve uma queda, ele teve os dentes quebrados na frente, e a gente recompôs com resina e ele estava encantado. Isso ajuda a autoestima deles”, completou.

SMS alerta para uso de pomada modeladora de cabelo após casos “de atenção” com córneas
Foto: Gabriel Lopes/ Bahia Notícias

A secretária municipal de Saúde, Ana Paula Matos, fez um alerta sobre o uso de pomadas modeladoras para cabelo que são proibidas pela Anvisa e que foram registradas nos circuitos do Carnaval de Salvador nesta sexta-feira (9). Durante o balanço da pasta neste sábado (10), a também vice-prefeita revelou a preocupação, pois pode haver evolução para perda de visão.

 

“Nós atendemos só em um módulo cinco pessoas com ocorrências de pomadas modeladoras. Eram algumas cordeiras, elas usaram a pomada no cabelo, aí choveu muito, escorreu e essa pomada pode queimar a córnea. Ela é proibida. Existe fiscalização, a vigilância já tem os boletins, mas ainda assim eu quero reforçar porque isso é muito grave. A pessoa pode queimar a córnea, pode perder a sua visão”, reforçou Ana Paula.

 

Além do uso desses produtos, a secretária de Saúde voltou a lembrar do uso de sapatos adequados - sem misturar com bebidas -, pois houve um aumento de 45% dos casos ortopédicos atendidos pela rede de apoio à saúde municipal. “A gente teve uma situação de uma jovem que precisou ir para uma intervenção cirúrgica com um salto muito grande. Então a gente está pedindo que, mais uma vez, cuidado com salto. Use sapato adequado, não misturar com a bebida”, ponderou.

 

O prefeito Bruno Reis comemorou os relatos feitos pela Secretaria de Saúde. “As ocorrências nos postos de saúde foram menos graves do que os anos anteriores Isso confirma também que a gente tá tendo no carnaval mais tranquilo, um carnaval onde as pessoas vão com o clima mais de paz e de harmonia”, celebrou. “Teve um aumento de atendimento, quase 1.100 casos, mas eles não foram de maior gravidade, a gente já esperava, tanto que aumentei a estrutura, porque a gente sabia que Salvador estava mais cheia. Então isso é natural”, completou a secretária.

 

CASOS DE DESIDRATAÇÃO ZERARAM

Ana Paula Matos trouxe ainda uma informação sobre uma preocupação prévia com as altas temperaturas e as eventuais consequências disso para quem curte a Folia de Momo. “A gente não teve casos de desidratação, de insolação, justamente pela lógica da proteção que a gente fez com a hidratação”, confirmou. 

 

A maior atenção nesses casos foi voltada para os bloquinhos infantis, que já tinham apontado que desidratação era a ocorrência mais comum nos pontos de atendimento das próprias agremiações. “A gente combinou em pontos estratégicos distribuir mesmo uma garrafinha e um copinho diferente do adulto, que tem lá o bebedouro. A gente fez isso na Barra e fez isso aqui no Campo Grande, porque aqui não tem ponto de hidratação nosso e está sendo o maior sucesso, porque o tempo que a gente distribui a gente acolhe e orienta”, indicou a vice-prefeita.

Ana Paula Matos revela não ser tão foliã quanto Bruno Reis, mas que pretende se divertir “um pouquinho” no Carnaval

Curtindo o último dia de pré-carnaval no circuito Sérgio Bezerra (Barra-Ondina), na noite desta quarta-feira (7), a vice-prefeita de Salvador, Ana Paulo Matos, falou ao Bahia Notícias sobre suas expectativas para o Carnaval 2024, que começa oficialmente amanhã. 

 

De acordo com a gestora, que também é titular da secretaria da Saúde do município (SMS), todos os dias pela manhã são feitas reuniões para estudar os turnos do dia anterior e “ter inteligência para levar informações para outras áreas”. Ela também citou que essas reuniões dão subsídios para tomada de decisões importantes. “Por exemplo, se a gente observa alguns acontecimentos com objetos perfurocortantes, arma branca, a gente aciona a polícia ou a guarda [municipal] e faz uma varredura policial”, explicou. 

 

Curtindo a festa no bloquinho ‘37,5 não é febre’, Ana Paula Matos falou da satisfação de prestigiar os profissionais da saúde. “Eu estou aqui para mostrar que eles trabalham, mas têm esse abre alas de se divertirem também”, pontuou. 

 

Foto: Sérgio Di Salles / Bahia Notícias 

 

Durante a entrevista, a vice-prefeita confidenciou não ter certeza se conseguirá curtir o Carnaval de Salvador com a mesma empolgação do prefeito Bruno Reis, pois não é “tão foliã quanto ele”. “Alguns passinhos, eu dou”, revelou Ana Paula. Ela citou que somente na tarde de hoje, a SMS atendeu 14 ambulantes no período da tarde e que está atenta às demandas da pasta desde antes do início do pré-carnaval. 

 

Mesmo com o intenso trabalho que terá pela frente, Ana Paula deixou escapar que o prefeito Bruno Reis deu uma espécie de “vale night” para que ela aproveite a folia. ”Eu vou curtir um pouquinho porque como o prefeito orientou, é Carnaval cidade”, disse, entre risos.  

 

Confira: 

 

Cotada para continuar na vice de Bruno Reis, Ana Paula terá prazo estendido para ficar na Secretaria de Saúde
Foto: Adam Vidal

Por força da legislação eleitoral, o prefeito de Salvador Bruno Reis (União) vai promover novas trocas em seu secretariado a partir do mês de abril. Isso porque o gestor tem quadros na estrutura municipal que precisam deixar os cargos dentro do chamado "prazo de desincompatibilização". De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os secretários municipais que quiserem concorrer a uma vaga de vereador devem se afastar seis meses antes do pleito, que em 2024 tem o dia 6 de outubro estabelecido para o primeiro turno.

 

É o caso de vereadores licenciados que vão disputar a reeleição: Luiz Carlos Souza (Republicanos) da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e Marcelle Moraes (União) da Secretaria Sustentabilidade (Secis). Para ambos, o prazo limite é o dia 5 de abril. Ainda no campo das saídas, também há a perspectiva para que a própria vice-prefeita, Ana Paula Matos (PDT), deixe o posto de secretária de Saúde da capital baiana.

 

A situação de Ana Paula, no entanto, é diferente dos demais secretários que vão concorrer na eleição de outubro. Caso seja a escolhida para disputar na condição de vice novamente, ela pode deixar a SMS até o dia 5 de junho, já que a legislação estabelece que para a vaga de prefeito ou vice-prefeito, o prazo para os secretários municipais (incluídos aqui também os secretários estaduais) se desligarem do cargo é de quatro meses.

 

A data "alongada" possibilita que o prefeito Bruno Reis (União) avalie por mais tempo e chegue a uma decisão sobre o nome que vai ocupar a vaga de vice ao seu lado na disputa pela reeleição em Salvador. Apesar de ainda não ter lançado sua pré-candidatura de forma oficial, o atual gestor deve disputar a preferência do eleitorado soteropolitano mais uma vez.

 

QUAL A EQUAÇÃO DA VAGA DE VICE EM SALVADOR?

Ao longo da semana o Bahia Notícias revelou que a definição do nome para a vice pode passar por um diálogo entre Ana Paula e o deputado federal Leo Prates, também do PDT, ainda em 2022. Interlocutores próximos aos políticos confirmaram ao Bahia Notícias que Leo teria pedido para que Ana não disputasse uma vaga na Câmara dos Deputados, por conta do "conflito" de votos que os dois teriam no PDT. Após os ajustes internos no partido, Ana teve a candidatura como vice-presidente confirmada, na chapa de Ciro Gomes, não disputando uma cadeira de deputada federal.

 

Recentemente, o "pedido reverso" também teria sido feito, desta vez, com Ana sinalizando para Leo o desejo de permanecer no posto, apontando para o pedido feito em 2022. Bastidores da legenda indicaram ao Bahia Notícias que a atual vice-prefeita da capital baiana, Ana Paula Matos, e o deputado federal Leo Prates seguem demonstrando vontade de estar na chapa.

 

MAIS SAÍDAS

Além dos vereadores já citados, o segundo escalão da prefeitura tem outros gestores que devem sair dos cargos em busca de uma cadeira na Câmara de Vereadores. Entre eles Omar Gordilho (PDT), atual responsável pela Limpurb e Zilton Kruger (PDT), diretor geral da Codecon, órgão municipal ligado à defesa dos consumidores.

Hospital do homem deve passar por nova licitação durante funcionamento e prestará atendimento vascular
Foto: Reprodução Sagrada Família

Novo equipamento de saúde na cidade de Salvador, o Hospital do Homem, que funcionará nas dependências do Hospital Sagrada Família, na Cidade Baixa, deve passar por novo processo licitatório para escolher quem vai administrar o novo formato do lugar. Atualmente, o Sagrada Família é gerido pelas Obras Sociais Irmã Dulce (Osid). 

 

Hoje, a unidade funciona como referência e perfil de síndromes gripais, iniciada desde a pandemia, onde prestou atendimentos de Covid-19. Segundo a secretária da Saúde, Ana Paula Matos, o novo contrato deve ser firmado quando o equipamento passar pela reformulação e ter o novo perfil e formato de Hospital de Homem. 

 

“O Hospital do Homem, a gente tem hoje a Osid operando lá [no Sagrada Família] que começou com um perfil das síndromes gripais. Então a gente está transformando esse contrato temporariamente no contrato que vai manter essas síndromes gripais virtuais e quando ainda tiver nesse pós-covid-19 acrescendo os serviços vasculares e do homem”, explicou Matos em entrevista ao Bahia Notícias.  

 

“Então, por enquanto, mantém a mesma instituição que já está operando. Aí depois, quando tiver consolidado o perfil só do homem. Aí sim, a gente faz uma nova licitação”, indicou a secretária. 

 

A titular da SMS informou também que o hospital está passando por adaptação, reforma interna para receber o novo formato e os equipamentos estão passando pelo o processo de modernização (retrofit). Ela afirmou também que a prefeitura já realizou o pagamento das requisições administrativas feitas no hospital anteriormente. 

 

“Inclusive eu estive lá e a parte interna já está mudando. O centro cirúrgico que era obstétrico já está sendo reformado pro do homem. Vamos fazer um retrofit na fachada, mas estamos priorizando as obras internas para depois verificar como vai ficar isso aí. Então está tudo muito bem organizado. Fizemos um pagamento na Justiça do período que foi feita a requisição administrativa e agora a gente está fazendo a parte do aluguel das mudanças [...]”, contou Ana Paula. 

 

Outra novidade, apontada pela secretária à reportagem do Bahia Notícias, é de que o equipamento vai prestar atendimentos de serviços vasculares, além de ala de cirurgias eletivas para o homem. 

 

“A gente fala muito do Hospital do Homem, mas ele é vascular e do homem. Será para ver muitas pessoas que têm doenças crônicas, que acabaram não fazendo a prevenção adequadamente na época da pandemia. Terão todo cuidado lá, a gente já está com hemodinâmica, estamos reformando a área da câmara hiperbárica, vai ter exames de imagem, além das cirurgias relativas do homem”, comentou a também vice-prefeita de Salvador.

Bruno Reis deve "segurar" troca de secretários que irão disputar eleições em 2024 até prazo limite da legislação
Foto: Reprodução / Prefeitura de Salvador

Desde o dia 16 de janeiro de 2023, quando o prefeito de Salvador, Bruno Reis (União) anunciou algumas mudanças no secretariado, o "plantel" dos chefes das pastas segue praticamente intacto. Apesar de, tradicionalmente, as trocas ocorrerem no início do ano, em 2024, ano eleitoral, Bruno deve realizar mudanças seguindo os prazos para o próximo pleito. 

 

Com apenas uma troca desde a última reforma, a saída de Luciano Ribeiro da Secretaria de Ordem Pública, culminando na chegada de Alexandre Tinôco, todos os outros nomes seguem na prefeitura. Apesar disso, alguns deles devem ter que se desligar dos cargos para concorrer às eleições. Informações obtidas pelo Bahia Notícias com interlocutores da prefeitura apontam que Bruno deve deixar para o limite do prazo para as trocas. 

 

Entre os nomes estão o de Marcelle Moraes (União), que tem mandato como vereadora de Salvador e deve buscar a reeleição, atualmente ocupando a secretaria de Sustentabilidade e Resiliência. Outro vereador de mandato que irá deixar o posto é Luiz Carlos (Republicanos), atualmente na Secretaria de Infraestrutura e irá buscar mais uma eleição. Com as saídas, os suplentes Palhinha (União) e Alberto Braga (Republicanos) perdem as cadeiras na Câmara. 

 

No “segundo escalão" outros gestores devem sair dos cargos, como Omar Gordilho, que também buscará uma cadeira na Câmara de Vereadores, sendo hoje o responsável pela Limpurb. Assim como, Zilton Kruger, diretor geral da Codecon, órgão municipal ligado à defesa dos consumidores, que também irá disputar uma cadeira na Câmara. Além deles, a própria vice-prefeita, Ana Paula Matos, que ainda tem garantia de reeleição sem confirmação, deve deixar o posto no limite previsto pela legislação. 

Pedido de Leo Prates em 2022 pode ser "carta na manga" para manter Ana Paula na vice; entenda
Foto: Divulgação

As arrumações no PDT para a definição do nome para a vice na chapa do prefeito Bruno Reis (União) podem ter um final em breve. A definição também pode receber a interferência das eleições de 2022, quando o deputado federal Leo Prates e a atual vice-prefeita, Ana Paula Matos dialogaram. 

 

Interlocutores próximos aos políticos confirmaram ao Bahia Notícias que Leo teria pedido para que Ana não disputasse uma vaga na Câmara dos Deputados, por conta do "conflito" de votos que os dois teriam no PDT. Após os ajustes internos no partido, Ana teve a candidatura como vice-presidente confirmada, na chapa de Ciro Gomes, não disputando uma cadeira de deputada federal. 

 

Recentemente, o "pedido reverso" também teria sido feito, desta vez, com Ana sinalizando para Leo o desejo de permanecer no posto, apontando para o pedido feito em 2022. Bastidores da legenda indicaram ao Bahia Notícias que a atual vice-prefeita da capital baiana, Ana Paula Matos, e o deputado federal Leo Prates seguem demonstrando vontade de estar na chapa. 

 

Compartilhe esse conteúdo pelo WhatsApp!

 

Prates defendeu que o partido tenha lugar garantido na chapa do prefeito Bruno Reis (União) nas eleições municipais deste ano e endossou a continuidade de Ana Paula Matos, durante a Lavagem do Bonfim. "Nós fizemos uma reunião em dezembro e entendemos que devido às circunstâncias, nós vamos no cronograma de Bruno Reis, que é o nosso candidato. O que posso lhe dizer é que o PDT vai defender a permanência da vice e o nome natural é de Ana Paula, porém a gente entende que temos que ter a melhor composição para Bruno e ACM Neto. O que for melhor para ganhar a eleição a gente estará no projeto defendendo que a vice permaneça com o PDT", disse à época. 

 

Ana Paula também estaria se articulando para a manutenção do cargo. Percebendo o movimento do correligionário, a atual vice-prefeita tem "reforçado" o lado político, já que também é a atual secretária de Saúde da capital. Informações obtidas pelo Bahia Notícias com interlocutores da pasta dão conta que Ana "mudou" o perfil nas conversas com vereadores da base. Apesar do estilo voltado ao diálogo, algumas ações de Ana frente à pasta estariam incomodando edis. 

 

O movimento teria surtido efeito. Um levantamento feito pelo Bahia Notícias aponta que 21 vereadores já utilizaram as redes sociais, fizeram manifestação em Plenário ou deram declarações na imprensa reforçando a continuidade de Ana Paula na vice-prefeitura. Na base que dá sustentação ao governo Bruno Reis na Câmara de Salvador a opinião é quase unânime. Segundo apuração do BN junto a fontes do Palácio Thomé de Souza, até mesmo o presidente do Legislativo soteropolitano, Carlos Muniz (PSDB), indicou a portas fechadas o desejo de permanência dela. 

 

Até o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, defendeu a manutenção de Ana Paula Matos como vice de Bruno Reis (União) na chapa de reeleição em 2024. No final de 2023, ele se encontrou com os dois, numa reunião que também contou com a presença do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União).

 

DESFECHO PRÓXIMO

Um dos principais postulantes para indicar o nome para vice do atual prefeito Bruno Reis (União), que irá disputar a reeleição em Salvador, o Republicanos pode não ter o seu desejo atendido. Informações obtidas pelo Bahia Notícias nos bastidores da prefeitura apontam que a legenda seria "carta fora do baralho" para colocar um quadro do partido no posto. 

 

E o principal motivo para o "veto" ao Republicanos seria a sucessão de indicações do partido em eleições anteriores. Lideranças próximas a Bruno Reis têm sinalizado que o prefeito não conseguiria "justificar" a outros aliados mais uma vice entregue ao Republicanos, tendo em vista o passado recente da aliança do grupo.

Embate no PDT ainda movimenta escolha pela vice de Bruno Reis para reeleição e contrapõe "desejos diferentes"
Foto: Reprodução / Facebook

A definição para indicar o espaço de vice na chapa à reeleição do prefeito Bruno Reis (União), nas eleições deste ano, ainda movimenta as legendas. O PDT, em especial, passou por algumas turbulências por conta do desejo de dois quadros em ocupar ou se manter no posto, em Salvador. 

 

Bastidores da legenda indicaram ao Bahia Notícias que a atual vice-prefeita da capital baiana, Ana Paula Matos, e o deputado federal Leo Prates seguem demonstrando vontade de estar na chapa. Apesar do prefeito de Salvador ainda não bater o martelo sobre a própria candidatura, ambos buscam, por "desejos diferentes", a vaga. 

 

Prates, que é parlamentar em Brasília, já teria externado o seu desejo de ser vice ao prefeito, apontando para um "ajuste político" que poderia ocorrer em 2026, quando, com a confirmação da reeleição de Reis, o prefeito poderia se lançar para uma das vagas ao Senado. Recentemente, ambos teriam debatido o cenário, com aliados próximos indicando ao BN que Bruno teria garantido a permanência na prefeitura até o final do mandato, impossibilitando que Prates assumisse antes de 2028. A chegada para vice "garantiria" a candidatura de Prates na eleição seguinte. 

 

O "alerta" teria sido entendido por Partes que o deixou o assunto na geladeira. A avaliação passaria pela "força do mandato de federal" para conseguir viabilizar a candidatura em 2028, desejo já demonstrado por Leo, evitando a disputa do posto sem mandato. Reis endossou o desejo do deputado e garantiu empenho em eleger o aliado. “Todos nós temos nossos sonhos, são legítimos. Eu nunca escondi de ninguém o sonho de ser prefeito de Salvador e graças a Deus pude realizar. Léo tem esse sonho e se puder ajudar, irei ajudar muito”, afirmou o gestor.

 

Já Ana Paula também estaria se articulando para a manutenção do cargo. Percebendo o movimento do correligionário, a atual vice-prefeita tem "reforçado" o lado político, já que também é a atual secretária de Saúde da capital. Informações obtidas pelo Bahia Notícias com interlocutores da pasta dão conta que Ana "mudou" o perfil nas conversas com vereadores da base. Apesar do estilo voltado ao diálogo, algumas ações de Ana frente à pasta estariam incomodando edis. 

 

O movimento teria surtido efeito. Um levantamento feito pelo Bahia Notícias aponta que 21 vereadores já utilizaram as redes sociais, fizeram manifestação em Plenário ou deram declarações na imprensa reforçando a continuidade de Ana Paula na vice-prefeitura. Na base que dá sustentação ao governo Bruno Reis na Câmara de Salvador a opinião é quase unânime. Segundo apuração do BN junto a fontes do Palácio Thomé de Souza, até mesmo o presidente do Legislativo soteropolitano, Carlos Muniz (PSDB), indicou a portas fechadas o desejo de permanência dela. 

 

Até o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, defendeu a manutenção de Ana Paula Matos como vice de Bruno Reis (União) na chapa de reeleição em 2024. No final de 2023, ele se encontrou com os dois, numa reunião que também contou com a presença do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União).

 

O BN também divulgou que o Republicanos pode ser "carta fora do baralho" para a indicação da vice. O principal motivo para o "veto" ao Republicanos seria a sucessão de indicações do partido em eleições anteriores. Lideranças próximas a Bruno Reis têm sinalizado que o prefeito não conseguiria "justificar" a outros aliados mais uma vice entregue ao Republicanos, tendo em vista o passado recente da aliança do grupo.

Após êxito das ações no Bonfim, Ana Paula Matos confirma que medidas serão adotadas em festas populares
Foto: Ascom SMS

A vice-prefeita e secretária da Saúde de Salvador, Ana Paula Matos (PDT) avaliou de forma positiva as ações para conter o calor na maior festa popular antes do Carnaval, a Lavagem do Bonfim. A gestora afirmou que por orientação do prefeito Bruno Reis (União), as  medidas serão replicadas no Carnaval de Salvador, além de outras festas populares como Iemanjá. 

 

Para garantir hidratação e bem-estar aos fiéis, a Prefeitura de Salvador, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) em parcerias com órgãos integrados da gestão, instalou bebedouros em pontos estratégicos do cortejo, protetor solar em totens e sachês; distribuição de abanadores, com caráter informativo contendo orientações sobre os cuidados com a saúde na alta estação; carros pipas para reduzir o impacto do calor, microaspersores e umidificadores de ar nos pórticos entre a Igreja da Conceição e o Bonfim. 

 

“As medidas para amenizar o calor garantiram que os baianos e turistas vivenciassem uma experiência cultural e espiritual com todos os cuidados à saúde. Foram ações articuladas e integradas com diversos órgãos da prefeitura democratizando o acesso a água, protetores solares, abanadores, além dos ventiladores, umidificadores de ar e carros pipa. A nossa avaliação técnica é que funcionou muito bem e não só foi importante para prevenção à saúde, mas também gerou nas pessoas um sentimento de gratidão e de responsabilização. Se não fossem as ações, poderíamos ter tido casos graves por causa do sol forte. Vamos replicar as medidas nos grandes eventos de Salvador tendo como parâmetro o plano de contingência para enfrentamento de altas temperaturas”, afirmou Ana Paula Matos. 

 

A iniciativa inédita, promovida pelas Secretarias da Saúde, Desenvolvimento Urbano (Sedur), Gestão (Semge), Sustentabilidade (Secis), Cultura e Turismo,  Defesa Civil (Codesal), Diretoria de Iluminação, é mais um esforço para oferecer saúde integral aos soteropolitanos.

"PDT vai defender a permanência da vice", afirma Leo Prates
Foto: Gabriel Lopes / Bahia Notícias

O deputado federal e presidente do PDT de Salvador, Leo Prates, defendeu que o partido tenha lugar garantido na chapa do prefeito Bruno Reis (União) nas eleições municipais deste ano e endossou a continuidade de Ana Paula Matos como vice-prefeita. 

 

"Nós fizemos uma reunião em dezembro e entendemos que devido às circunstâncias, nós vamos no cronograma de Bruno Reis, que é o nosso candidato. O que posso lhe dizer é que o PDT vai defender a permanência da vice e o nome natural é de Ana Paula, porém a gente entende que temos que ter a melhor composição para Bruno e ACM Neto. O que for melhor para ganhar a eleição a gente estará no projeto defendendo que a vice permaneça com o PDT", disse Prates durante sua participação na Lavagem do Bonfim. 

 

A vice de Bruno Reis é alvo de cobiça de aliados do gestor. Republicanos e PP já demonstraram publicamente interesse no posto. 

Vice-prefeita Ana Paula enaltece Bruno Reis, mas evita cravar favoritismo: "Favorito é quem estiver no coração do povo"
Foto: Enaldo Pinto / Bahia Notícias

A vice-prefeita Ana Paula Matos seguiu o discurso cauteloso do grupo sobre o favoritismo de Bruno Reis na tentativa de reeleição para a prefeitura de Salvador. Questionada durante sua passagem pela Lavagem do Bonfim, nesta quinta-feira (11), a secretária de Saúde da cidade disse que a gestão "não está levando isso em consideração". 

 

"O que a gente tá levando em consideração? Fomos forjados, Bruno e eu, o nosso grupo, pelo estudo e pelo trabalho, então só vai se discutir isso depois de abril. Favorito é quem estiver no coração do povo. Que o povo tenha a capacidade de reconhecer o que estamos fazendo. Que Deus nos abençoe e que a gente, independente do que digam as pesquisas ou essas palavras, a gente possa chegar lá pelo bem do povo. Nós temos escuta, nós conhecemos a cidade, nós estamos no coração das pessoas e na casa delas, com o Morar Melhor, com todos os programas. Que Deus abençoe Bruno, e que também abençoe a nossa cidade", defendeu.

Antes prevista para aniversário da cidade, Maternidade de Salvador deve ser entregue até junho de 2024
Hospital Salvador, no bairro da Federação | Foto: Divulgação / Secom / PMS

As obras do Hospital Maternidade e da Criança, na Federação, iniciaram oficialmente nesta quarta-feira (29), com a assinatura da ordem de serviço do prefeito Bruno Reis. Antes prevista para o aniversário de Salvador, em 29 de março, a inauguração do equipamento foi postergada para até o final do primeiro semestre de 2024. 


“Pela complexidade, vai ser uma entrega faseada.  A nossa ideia é que entre junho e julho a gente possa inaugurar a primeira fase, que é a maternidade em si, que as pessoas tanto anseiam, e aí a gente vai testando os produtos, vai melhorando e inaugurar por etapa o pronto atendimento pediátrico, a cirurgia eletiva da criança e da mulher, como foi no Hospital  Municipal, onde a gente fez a inauguração, testou todo o trabalho e aos poucos foi implantando novos serviços. Então, até o final do ano que vem vai estar tudo inaugurado, mas é o prazo da maternidade em si, é no final do primeiro semestre”, informou a secretária Municipal de Saúde, Ana Paula Matos. 


O equipamento que terá 12 mil m²  e 10 andares. A prefeitura fez a desapropriação do terreno e retrofit do antigo Hospital Salvador, em março passado. A nova estrutura terá 200 leitos, entre clínicos, de UTI e Hospital Dia. O investimento é de R$ 84 milhões.


HOSPITAL DO HOMEM

A titular da SMS também detalhou o andamento da implantação do Hospital do Homem, que será inaugurado nas dependências do Hospital Sagrada Família, localizado no bairro de Monte Serrat. 


A secretária informou que o processo de adaptação está em andamento e que a previsão de inauguração em março do ano que vem está mantida.

 

“Nós estamos terminando na Justiça a nossa negociação para pagar a requisição administrativa para fazer o aluguel. Enquanto isso, ele continua funcionando com cirurgias eletivas e com um hospital de referência para síndromes respiratórios e de Covid. A nossa previsão é entregar até março, mas como a gente está mudando toda uma ala, dependemos de quando começar de fato a obra, mas em março a gente inaugura a primeira etapa, se não for lá, inaugura tudo logo em breve, inaugura o hospital todo”, afirmou. 

Juventude do PDT promove encontro em Salvador e defende renovação em chapa de candidatos a vereador
Foto: Divulgação

A Juventude Socialista (JS) do PDT da Bahia realizou neste sábado (25), na Faculdade de Direito da Ufba, em Salvador, um congresso municipal que defendeu a participação dos jovens pedetistas na política, inclusive no pleito municipal de 2024. O evento contou com a presença das principais lideranças baianas da sigla: os deputados federais Félix Mendonça e Leo Prates, presidentes estadual e municipal, respectivamente, e a vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos.

 

Também estiveram presentes o presidente da Limpub, Omar Gordilho, e o comandante da Diretoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon) da Prefeitura de Salvador; Zilton Kruger, que são pré-candidatos a vereador e representam a juventude e a renovação que o PDT planeja implementar na chapa para a Câmara Municipal da cidade em 2024.  

 

"A juventude, com seu potencial de renovação, é importante para o PDT não ser um partido que só reverencia o eu legado, mas também sabe construir novas lideranças. Isso é importante para o futuro. Por isso, precisamos, inclusive, avaliar bem se devemos ou não receber vereadores de mandato para disputar as eleições de 2024 na capital", declarou o presidente da JS na Bahia, Carlos Brasileiro. 

 

Questionado sobre a chapa proporcional na capital, Félix afirmou que as executivas estadual e municipal devem se reunir para tratar do assunto em breve. "Vamos analisar, inclusive, se iremos receber ou não vereadores de mandato e temos total independência para isso. Uma coisa é certa: só serão candidatos pelo PDT aqueles que estão de acordo com os ideais pedetistas, a exemplo da defesa do trabalhismo, da educação e da democracia. E iremos avaliar isso caso a caso", ressaltou o parlamentar.

 

Atualmente, o PDT tem dois vereadores na Câmara Municipal de Salvador: Anderson Ninho e Randerson Leal. A situação de ambos será debatida nas executivas estadual e municipal da legenda. O partido está na base do prefeito Bruno Reis (União) e deseja manter Ana Paula como vice em 2024. 

 

Em seu discurso, a vice-prefeita destacou a importância da juventude para o PDT. "Esses movimentos, como o da JS, são importantes porque fortalecem o partido de baixo para cima. Defendemos que os jovens estejam na política porque isso é fundamental para transformar a vida das pessoas", frisou. 

 

Leo Prates também ressaltou a força da juventude pedetista e lembrou que atuou no movimento estudantil antes de ingressar na vida pública. "Queremos, cada dia mais, que os jovens busquem conquistar seus espaços. Eu sou um dos exemplos de que isso é possível".

Termo para atendimento às crianças e adolescentes em vulnerabilidade é assinado pela Prefeitura e Santa Casa da Bahia

Um Termo de Fomento foi assinado entre a Prefeitura Municipal de Salvador, por meio da Secretaria de Políticas para Mulheres Infância e Juventude (SPMJ), e a Santa Casa de Misericórdia da Bahia, com o objetivo de oferecer atividades educativas, artísticas e suporte psicossocial para crianças e adolescentes vítimas de abuso, violência sexual ou situação de vulnerabilidade e risco.

 

O documento foi assinado nesta quarta-feira (22) pela vice-prefeita e secretária de Saúde do Município de Salvador, Ana Paula Matos, a secretária de Políticas para Mulheres Infância e Juventude, Fernanda Lordelo, e o provedor da Santa Casa da Bahia, José Antônio Rodrigues Alves.

 

A Santa Casa da Bahia foi selecionada, através de edital, e receberá investimentos do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA) para realizar o projeto “Sementes do Amanhã”, que irá atender, durante 12 meses, mais 200 crianças e adolescentes com faixa etária entre 7 e 17 anos, no período de contraturno escolar.

 

Os atendimentos serão realizados no Programa Avançar - Centro de Referência em Promoção Social da SCMBA, situado no Bairro da Paz, em Salvador.

 

A vice-prefeita e secretária de Saúde do Município de Salvador, Ana Paula Matos, destacou a importância da parceria. “A causa é nobre e cada dinheiro investido da Prefeitura vai gerar frutos, é a efetivação de uma política pública em prol do cuidado com as nossas crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade”, pontuou. 

 

“Esse é um trabalho que já vem sendo realizado na Santa Casa da Bahia, através de psicólogos voluntários. Agora teremos a possibilidade da contratação de profissionais especializados para prestar esse atendimento no Bairro da Paz, ampliando a assistência às crianças e adolescentes vítimas de abuso e violência sexual”, afirmou provedor da Santa Casa da Bahia, José Antônio Rodrigues Alves.

 

Fernanda Lordelo, secretária de Políticas para Mulheres Infância e Juventude (SPMJ) pontuou que o projeto chega para cuidar das crianças e fortalecer as famílias.

 

“O projeto será aplicado no contraturno escolar fazendo toda diferença na vida dessas famílias que pode, através dele, ter a identificação das necessidades dessas crianças, nos aspectos relacionados à saúde, violação de direitos, dentre outros. É um projeto que vem para cuidar das crianças e fortalecer as famílias”. 

 

Participaram também do evento, a mordoma diretora da Assistência Social da Santa Casa da Bahia, Celia Pitangueira, mordoma diretora de Captação de Recursos da Santa Casa da Bahia, Risalva Telles, gerente de Captação de Recursos da Santa Casa da Bahia, Soraia Palmeira, gestor do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA), Marlos Matos Carvalho, presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) Salvador, Leu Brasil.

Quase unânime na base de Bruno Reis, Ana Paula já tem apoio público de 50% dos vereadores de Salvador para seguir na vice
Foto: Valter Pontes / Secom / PMS

Com nome defendido pelo presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, para disputar a reeleição de 2024 na chapa de Bruno Reis, a vice-prefeita de Salvador Ana Paula Matos está em alta. Além da manifestação do cacique pedetista, Ana já conta com apoio de pelo menos 23 vereadores da Câmara Municipal para manutenção no posto. A pouco menos de um ano do pleito, interlocutores da prefeitura indicam que pesa a favor da atual vice e secretária de Saúde a lealdade ao gestor municipal e a confiança da dupla Bruno Reis e ACM Neto sobre seu nome.

 

Um levantamento feito pelo Bahia Notícias aponta que 21 vereadores já utilizaram as redes sociais, fizeram manifestação em Plenário ou deram declarações na imprensa reforçando a continuidade de Ana Paula na vice-prefeitura. Na base que dá sustentação ao governo Bruno Reis na Câmara de Salvador a opinião é quase unânime. Segundo apuração do BN junto a fontes do Palácio Thomé de Souza, até mesmo o presidente do Legislativo soteropolitano, Carlos Muniz (PSDB), indicou a portas fechadas o desejo de permanência dela. Um outro edil, que preferiu permanecer no anonimato por receio de ficar em "maus lençóis" em seu partido, também concorda com a manutenção de Ana na vice.

 

Ainda segundo fontes ouvidas pela reportagem, o comando da Saúde também ajudou a vice-prefeita a ajustar as demandas dos vereadores. De acordo com a avaliação, o carro-chefe é o projeto "Saúde nos Bairros" que leva atendimento médico gratuito e realização de exames a diversas comunidades da capital baiana de forma itinerante. O programa consegue chegar em comunidades onde os vereadores têm votos e já são 26 bairros com mais de 500 mil atendimentos promovidos.

 

Ana Paula também ganhou maior "recall" político depois de ter disputado a presidência da República em 2022 na condição de vice ao lado de Ciro Gomes (PDT) e nos bastidores já tem admitido a vontade de continuar no cargo.

 

Atualmente Ana Paula Matos conta com apoio público dos seguintes vereadores:

  • Paulo Magalhães Jr (União Brasil)
  • Kiki (União Brasil)
  • Palhinha (União Brasil)
  • Duda Sanches (União Brasil)
  • Cris Correia (PSDB)
  • Teo Senna (PSDB)
  • Maurício Trindade (PP)
  • Leandro Guerrilha (PP)
  • Gordinho da Favela (PP)
  • Roberta Caires (PP)
  • Sandro Banheinse (PP)
  • Sabá (PP)
  • Carolino (Podemos)
  • Sidninho (Podemos)
  • Átila do Congo (Patriota)
  • Anderson Ninho (PDT)
  • Ireuda Silva (Republicanos)
  • Fábio Souza (Solidariedade)
  • Débora Santana (Avante)
  • José Antônio (PTB)
  • André Fraga (PV)

 

CLIMA NO PDT

Na última quinta-feira (9), o ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, esteve em Salvador para receber o título de cidadão soteropolitano na Câmara de Vereadores. Horas antes, Lupi encontrou Bruno Reis, ACM Neto e Félix Mendonça Jr, presidente estadual do PDT. Na ocasião, ele rasgou elogios a Ana Paula Matos ao dizer que ela é "um nome que casa como uma luva com o nome de Bruno Reis".

 

"A vice-prefeita Ana Paula está dando uma grande contribuição ao prefeito Bruno e a cidade de Salvador. É uma pessoa competente e honrada. Uma mulher que honraria qualquer chapa no Brasil inteiro", disse.

 

Apesar do partido ser apoiador do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a ideia é seguir apoiando o União Brasil contra os petistas em Salvador. Conforme o presidente do partido, não há regras para coligações e deve-se avaliar "cada realidade local".

 

O deputado federal Félix Mendonça Jr. seguiu o mesmo tom de Lupi. "O PDT já fechou questão sobre a indicação para manter Ana Paula na chapa em 2024. A nossa vice-prefeita tem sido uma parceira leal e uma colaboradora fundamental, uma das peças chaves no sucesso da gestão do prefeito Bruno Reis", disse Félix Jr.

 

Apesar da garantia de Félix sobre o PDT ter fechado questão para a indicação da vice, quem parece não ter sido avisado foi o deputado federal Leo Prates. Ainda na quinta-feira, quando também esteve na Câmara de Salvador para receber a medalha Thomé de Souza, Prates negou que tenha martelo batido em seu partido para a vice. Em conversa com a imprensa, ele chegou a dizer que participou da reunião, mas não presenciou discussão nesse sentido. No entanto conforme apuração do Bahia Notícias, o deputado só chegou na reunião 30 minutos após o seu início, período em que o assunto foi tratado.

 

PONTO A SER PACIFICADO

Apesar do clima positivo na base de Bruno Reis, quem ainda mostra resistência ao endosso por Ana Paula é o Republicanos, partido que segue defendendo publicamente o desejo de ter o posto. A leitura é que potencializado pelo alcance Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), o partido costuma adotar a estratégia de "pedir mais" para angariar espaços nas futuras gestões.

 

Quem também tentou esticar a corda pedindo mais espaço foi o Progressistas, na figura do presidente estadual Mário Negromonte Jr. Ele pediu que Bruno Reis tenha "um olhar especial" ao PP como tem direcionado a outros partidos e chegou a sugerir Cacá Leão para a vice na chapa em Salvador.

 

A resposta, no entanto, partiu do próprio secretário de Governo de Bruno. Cacá já afastou uma possibilidade de cavalo de pau caso o desejo de Negromonte não seja atendido e o PP deve mesmo ser atendido de outras formas dentro da gestão. "Em time que está ganhando não se mexe. A vice-prefeita Ana Paula tem conhecimento da cidade, ela tem uma parceria que está dando certo. Meu nome não está a disposição, Cacá Leão está de bandeirinha em punho para Bruno Reis a Ana Paula Matos", disse ao BN na semana passada.

 

Atualmente o calo a ser enfrentado é o PL. Tratado com cautela pelo que pode agregar com seu tempo de televisão e rádio, o partido capitaneado por João Roma ainda deve tensionar pela vice.

Presidente nacional do PDT defende que Ana Paula fique como vice de Bruno Reis: "Casa como uma luva"
Foto: divulgação

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, defende a manutenção de Ana Paula Matos como vice de Bruno Reis (União) na chapa de reeleição em 2024. Ele se encontrou com os dois nesta quinta-feira (9), numa reunião que também contou com a presença do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União).

 

“A vice-prefeita Ana Paula está dando uma grande contribuição ao prefeito Bruno e a cidade de Salvador. É uma pessoa competente e honrada. Uma mulher que honraria qualquer chapa no Brasil inteiro. Nós do PDT queremos muito que ela continue como vice, achamos que ela é um nome que casa como uma luva com o nome de Bruno Reis”, reforçou Lupi.

 

Dirigente do PDT na Bahia, o deputado federal Félix Mendonça Jr. seguiu o mesmo tom de Lupi. "O PDT já fechou questão sobre a indicação para manter Ana Paula na chapa em 2024. A nossa vice-prefeita tem sido uma parceira leal e uma colaboradora fundamental, uma das peças chaves no sucesso da gestão do prefeito Bruno Reis", disse Félix Jr..

 

Apesar do partido ser apoiador do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o próprio Lupi ser ministro do Trabalho e Emprego, a ideia é seguir apoiando o União Brasil contra os petistas. Conforme o presidente do partido, não há regras para coligações e deve-se avaliar “cada realidade local”.

 

“Nós não podemos traçar uma régua nacional pras eleições municipais porque aí aniquila a autonomia de cada partido em seu município. Então temos que ter clareza e tranquilidade para avaliar cada realidade local. Cada diretor estadual, conjuntamente com o municipio, vão avaliar as viabilidades eleitorais e as alianças”, respondeu.

 

Na combinação em Salvador para 2024, o ministro está confiante: “Tenho certeza que essa dobradinha que foi vitoriosa vai ser vitoriosa outra vez”, reforçou.

Ana Paula afirma que SMS já iniciou repasses do Piso da Enfermagem: “Tudo que chegar, vamos repassar”
Foto: Rebeca Menezes / Bahia Notícias

A vice-prefeita e secretária Municipal de Saúde, Ana Paula Matos (PDT), afirmou que a prefeitura de Salvador já iniciou os pagamentos do Piso da Enfermagem, com “adiantamento”. Mas, em entrevista na Assembleia Legislativa  da Bahia (31), nesta quinta-feira (31), a pedetista afirmou que será preciso um “ajuste” do Ministério da Saúde com os repasses por conta de um erro na planilha disponibilizada pela pasta.

 

“O ministério nos encaminhou, por CPF, com quanto a gente teria que repassar para cada profissional. A gente fez uma rubrica chamada adiantamento de repasse. A gente entende que as pessoas que não receberam hoje, naturalmente, podem receber quando essa nova planilha vier. Como o ministério nos enviou tudo direitinho, com CPF, nós já repassamos para nossos profissionais”, disse Ana Paula. 

 

A vice-prefeita também falou sobre a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, que incluiu as gratificações comuns e a remuneração básica contariam para o repasse do piso. Segundo ela, o ministério enviou as planilhas antes da decisão do STF, separando as gratificações, o que pode ser corrigido na próxima sexta-feira (1º).

 

“Quando o ministro tomou a decisão sobre o piso, ele estabeleceu que a remuneração básica e as gratificações comuns a todos contariam para o piso. O ministério não sabia dessa decisão e quando liberou a planilha para o nosso preenchimento ele colocou todas as gratificações em uma única coluna. Sabendo dessa decisão, o próprio ministério já informou que dia 1º irá fazer um ajuste para a gente poder fazer os questionamentos”, explicou Ana Paula.

 

“Com isso, após o dia 1º nós vamos poder fazer os questionamentos dos profissionais que não receberam, por isso que tivemos o cuidado de fazer o adiantamento. É importante dizer à categoria que, tudo que chegar, a gente vai repassar”, completou.

Com Leo Prates e Ana Paula, PDT de Salvador se reúne para debater organização do partido junto a movimentos sociais
Foto: Divulgação

Os membros da Comissão Provisória da Executiva Municipal do PDT de Salvador se reuniram nesta quinta-feira (10) para discutir a organização municipal do partido e início da escolha de representantes dos movimentos partidários.

 

Participaram da reunião o presidente municipal do PDT, o deputado federal Leo Prates, a vice-prefeita da capital baiana, Ana Paula Matos, o diretor de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon), Zilton Kruger, e outros quadros da sigla.

 

Procurada pelo Bahia Notícias na manhã desta sexta (11), Ana Paula Matos reforçou que um dos principais pontos discutidos foi a estruturação e escuta junto aos movimentos sociais que fazem parte do dia a dia do PDT. Além disso, ela sinalizou que uma nova reunião deve acontecer no próximo dia 14 com objetivo de continuar as tratativas.

 

Nos bastidores, fontes próximas ao partido têm indicado que a relação entre Leo Prates e Ana Paula estaria estremecida por conta de uma eventual composição na chapa do prefeito Bruno Reis (União) para 2024, quando o gestor deve tentar a reeleição. 

 

Prates não esconde o desejo de disputar a prefeitura da capital baiana, mas teria "adiado" o sonho para 2028 e reforçar o apoio a candidatura de Bruno no ano que vem. Com as declarações do presidente municipal, Ana Paula chegou a dizer em entrevista a uma rádio de Salvador que a alteração política para o próximo pleito precisa "ser construída" e que não será "empurrada da cadeira" que ocupa atualmente.

 

Apesar disso, o encontro de ontem também é apontado como um sinal de pacificação entre os dois, ainda que o cenário de composição de chapa não tenha sido tratado com maior afinco durante a reunião.

Prefeitura debate novos projetos para fortalecer rede municipal de Saúde
Fotos: Betto Jr./ Secom

Gestores da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) se reuniram nesta quarta-feira (12), com o prefeito Bruno Reis e a vice-prefeita Ana Paula Matos, para a divulgação do balanço das ações da pasta neste ano. No encontro foi apresentado ainda os novos projetos para ampliar os atendimentos na rede. Foram debatidas iniciativas como reforma de todas as unidades básicas de saúde da cidade, implantações do multicentro Pirajá e da Escola Pública de Saúde, entre outras instalações.

 

Na reunião, o prefeito reafirmou o compromisso em atingir, até o final de 2024, a meta de 70% de cobertura de atenção básica na capital baiana, índice que hoje ultrapassa os 60%. “Nunca se investiu tanto na área de Saúde. Estamos colocando a Saúde com a prioridade que ela tem que ter”, destacou o chefe do Executivo municipal. “Salvador tem mais PAs e multicentros do que há 10 anos. Agora, um dos grandes desafios é que os serviços funcionem bem, com equipes completas, postos com medicamentos. Quanto mais eficientes formos, melhor teremos resultados na aplicação dos recursos públicos como também na satisfação do cidadão, que é o objetivo maior do nosso trabalho”, acrescentou Bruno Reis.

 

INICIATIVAS PREVISTAS 

 

A Prefeitura ampliará as instalações do multicentro Adriano Pondé, no bairro do Nordeste de Amaralina, e construirá o novo Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Pirajá, que oferecerá serviços com linhas de cuidados integrais em hipertensão, diabetes e saúde da mulher, atendendo o distrito de Valéria/Cajazeiras.

 

Outra estrutura a ser implantada na cidade é a Unidade de Saúde da Família (USF) Vila Dois de Julho (em Pau da Lima), enquanto que já estão em andamento obras do PA Ilha de Maré e da USF Polêmica. A administração municipal também deu início a estudos para implantação de um Centro Especializado em Reabilitação (CER) e de uma UPA em Cajazeiras.

 

A Escola de Saúde Pública, por sua vez, funcionará na antiga sede da Faculdade Dom Pedro II, no Comércio. De acordo com a SMS, a instalação ofertará uma educação avançada de tecnologia, com museu interativo, biblioteca, salas multiuso e laboratórios equipados para formação de profissionais.

 

POSTOS REFORMADOS 

 

De acordo com a vice-prefeita e titular da SMS, Ana Paula Matos, apenas no primeiro semestre 42 unidades municipais de saúde foram reformadas e mais 14 serão alcançadas até o final do ano. “Criamos uma equipe exclusiva de manutenção predial porque sem estrutura física mínima não conseguiríamos garantir a qualidade de atendimento”, pontuou. Até 2024, todas as 113 Unidades de Saúde da Família (USF) e 47 Unidades Básicas de Saúde (UBS) que existem hoje em Salvador serão beneficiadas.

 

Além dessas intervenções estruturais, explicou Ana Paula, foram destinados investimentos para aquisição de mobiliários e atualização do parque tecnológico da SMS, além de melhorias no sistema Vida – plataforma que gerencia as ações da pasta de forma integrada, facilitando o processo de planejamento e avaliação dos indicadores de saúde do município.

 

ATENÇÃO PRIMÁRIA 

 

Outro foco da SMS foi diagnosticar melhorias para a principal porta de entrada do SUS: a atenção primária à saúde (contempla prevenção de agravos, diagnóstico, tratamento, reabilitação, redução de danos).

 

O órgão está discutindo adoção de protocolo de regulação das vagas e planeja disponibilizar para a população toda a carteira de serviço das unidades de saúde, bem como seus horários de atendimento, para facilitar processo de comunicação com os usuários. Também está estudo um aplicativo de gestão do SUS para monitorar o funcionamento dos postos em operação

 

ATENÇÃO ESPECIALIZADA 

 

Ana Paula Matos pontuou a necessidade de a atenção especializada – que compreende ações mais complexas, incluindo procedimentos ambulatoriais e hospitalares – esteja articulada com a atenção primária.

 

“Encontramos a fila de regulação com elevado número de exames especializados (mais de 240 mil). Já realizamos mais de 170 mil atendimentos pelo programa Saúde nos Bairros e estamos estudando o processo de gestão de filas, a fim de garantir maior agilidade na marcação. Inclusive, isso vai passar por capacitar os atendentes das prefeituras-bairros. Metade dos atendimentos feitos nelas são demandas da área de saúde. Criamos também o Saúde dos Olhos que capta pacientes da fila da regulação para consultas e exames oftalmológicos”, revelou.

 

OUTRAS MEDIDAS 

 

As melhorias empregadas nos últimos seis meses ainda envolveram também a qualificação da rede de atenção psicossocial. Já foram convocados 20 psicólogos e 90 enfermeiros.

 

A Secretaria Municipal da Saúde também irá fortalecer o programa Saúde na Escola. A Prefeitura ofertará para 140 mil crianças que estudam na rede municipal de Educação óculos, imunização e tratamento odontológico. Será lançado ainda um mutirão para oferta de 4 mil cirurgias para mulheres e criada uma nova central de serviço de hemodinâmica.

Grupo Gay da Bahia anuncia padrinho e madrinhas da 20ª Parada do Orgulho LGBT+
Fotos: Reprodução / Instagram

A 20ª Parada do Orgulho LGBT+ da Bahia está de volta. Após quatro anos de ausência, o Grupo Gay da Bahia (GGB) definiu os homenageados da edição 2023. A parada acontecerá em Salvador no dia 10 de setembro, no Campo Grande, a partir das 15h.

 

O secretário de Cultura da Bahia, Bruno Monteiro, a promotora de Justiça de Defesa dos Direitos das Pessoas LGBTQIA+ e de Combate à LGBTfobia do Ministério Público da Bahia, Márcia Teixeira; e a vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos (PDT), serão o padrinho e madrinhas, respectivamente, do evento. 

 

De acordo com a entidade, a indicação dessas pessoas, consideradas essenciais, se deu pelos seus méritos e a grande representação social de seus trabalhos individuais que reverberam e transformam as vidas das pessoas para melhora na cultura, justiça humanizada e poder público municipal.

 

  

 

O título de padrinho e madrinha é uma honraria instituída pelo GGB e tem a finalidade de agregar valor social ao evento. 

 

Ele ressaltou: “Já homenageamos muitas personalidades, mas é a primeira vez que uma representante do Poder Executivo Municipal sobe no trio com a gente, isso é sinal dos novos tempos”, afirmou o presidente do GGB, Marcelo Cerqueira.

 

A última edição da Parada do Orgulho LGBT+ foi em 2019 e ocorreu de forma virtual. Passados três anos sem ocupar as ruas do Centro de Salvador, a expectativa é grande por esse momento de festa e também de pedir respeito e inclusão.

 

Essa edição vem acompanhada da Semana da Diversidade, prevista para acontecer em Salvador de 4 a 9 de setembro, em diversos locais da cidade. A Semana contará com uma programação diversa, com mais de 20 eventos, culturais, seminários, debates, artes plásticas, saúde, cinema e um desfile de cães.

 

O tema escolhido é “Diversidade e Inclusão no Mundo Corporativo”, por uma cultura organizacional distante dos padrões de gênero. Conforme Marcelo Cerqueira, ainda tem muitas empresas que não aderiram à política, especialmente na área de recursos humanos. “É preciso falar desse assunto no pós-pandemia e promover um ambiente de trabalho mais inclusivo”, defende.

 

A 20ª Parada do Orgulho LGBT da Bahia é executada pelo GGB, com produção do Grupo Quimbanda Dudu e demais entidades da sociedade civil. É um evento calendarizado pela Prefeitura de Salvador, programado para o segundo domingo de setembro.

Secretaria de Saúde adquire novos equipamentos de Raio X para UPAs de Salvador
Foto: Divulgação / SMS

A Secretaria Municipal da Saúde de Salvador iniciou a substituição de aparelhos de Raio X das unidades de pronto atendimento 24h. A entrega do primeiro novo equipamento com tecnologia aconteceu nesta quarta-feira (21), na UPA Adroaldo Albergaria, em Periperi, Subúrbio Ferroviário.

 

“A falta de equipamentos compromete o acesso igualitário à saúde e a efetividade dos cuidados prestados. Por isso, a compra, modernização e substituição são necessárias para acompanhar o progresso tecnológico e científico, bem como atender às demandas crescentes da população. Começamos pela UPA Adroaldo Albergaria, pela simbologia de ser a primeira unidade de pronto atendimento 24 horas de Salvador e também pela urgência já que o equipamento da unidade estava quebrado, destacou a vice-prefeita e secretária municipal da Saúde, Ana Paula Matos.

 

Ao todo, foram adquiridos pela SMS com recursos próprios estimados em R$ 2,4 milhões de reais, 10 novos aparelhos de Raio X que substituirão, gradativamente, os equipamentos atuais. Até o final do mês, mais 03 UPAs serão beneficiadas, localizadas nos bairros de São Marcos, Bairro da Paz e Itapuã. No segundo semestre consta na programação outras seis unidades da rede. A UPA Santo Antônio, a maior do Norte-Nordeste e localizada no Largo de Roma já conta com o equipamento.

 

“A modernização dos equipamentos no SUS desempenha papel fundamental na melhoria da qualidade dos serviços e no atendimento eficiente às necessidades da população. O investimento na atualização tecnológica fortalece a infraestrutura, contribuindo para o tratamento eficaz das doenças. Embora o investimento inicial seja significativo, a substituição de equipamentos leva a uma diminuição dos gastos com manutenção e reparos constantes. Além disso, equipamentos modernos tendem a ser mais eficientes em termos de consumo de energia, contribuindo para a sustentabilidade ambiental”, finalizou a gestora da capital baiana.

 

A Secretária Municipal da Saúde destaca ainda que a modernização também desempenha um papel crucial na capacitação dos profissionais. Isso porque, através do uso de equipamentos atualizados, os colaboradores têm a oportunidade de aprimorar suas habilidades e conhecimentos, além de se manterem atualizados com as mais recentes técnicas e práticas diagnósticas, resultando em um melhor desempenho e na prestação de cuidados de saúde mais seguros e eficazes.

Ana Paula participa de Assembleia ONU-HABITAT e fortalece relação de Salvador com continente africano
Foto: Divulgação

A vice-prefeita e secretária de Saúde, Ana Paula Matos liderou a missão de Salvador na Assembleia do ONU-HABITAT em Nairóbi, Quênia. A convite da Diretora Executiva da instituição, Maimunah Sharif, a gestora participou de discussões sobre o desenvolvimento de políticas globais para melhoria de vida das populações nas cidades e também foi convidada pelo Embaixador do Brasil no local e presidente da junta Executiva da Organização, Silvio Albuquerque, para trazer a visão acerca dos desafios ligados a assentamentos humanos e possíveis melhorias que possam agregar ao fórum. Durante o evento, também foi assinado um Memorando de Entendimento com a ONU-HABITAT, estreitando as cooperações e apoio para o desenvolvimento de projetos voltados a urbanização sustentável, capacitação dos funcionários públicos em relação à pauta das ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis) e inserções em Fóruns internacionais.

 

O ONU-HABITAT é uma agência da Organização das Nações Unidas responsável pela promoção de políticas e planejamento urbano, oferecendo conhecimento técnico sobre o desenvolvimento urbano sustentável para governos locais, regionais e nacionais. A Assembleia ONU-HABITAT acontece a cada quatro anos reunindo líderes globais, organizações intergovernamentais, sociedade civil, autoridades locais, setor privado, instituições acadêmicas, além de 80 ministros e vice-ministros de diversos países. A Assembleia é o maior encontro sobre tendências e políticas urbanas e nesta edição mais de 5 mil pessoas de 130 países estão participaram do evento, sendo a primeira vez que Salvador participa como delegação oficial. “Uma honra representar Salvador e participar da delegação do Brasil na África, na Assembleia Mundial do ONU-HABITAT. Oportunidade de fomentar as discussões na área de resiliência, ocupação dos espações, participação comunitária, e sobretudo, mostrar para o mundo que a gente busca reconhecer a capacidade de cada cidadão construir uma cidade realmente acessível para os moradores”, disse Ana Paula Matos, que participou do evento como delegada oficial brasileira.

 

O evento ocorrido na África teve como tema “Um futuro urbano sustentável por meio do multilateralismo inclusivo e eficaz: alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável em tempos de crise global”. Dentre os assuntos tratados estão, a ação climática urbana, acesso universal à moradia econômica, recuperação de crises urbanas, localização das ODSs e finanças locais. Também participou e articulou as agendas, o chefe do Escritório de Cooperação Internacional de Salvador, João Victor Queiroz e a secretária de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude, Fernanda Lordelo.

 

Ainda na perspectiva de fortalecer Salvador nas agendas internacionais e discussões sobre gênero, a vice-prefeita integrou à Mesa de Mulheres Líderes Globais para a pauta sustentável, no Fórum Waves of Change, em Biarritz. “Compartilhamos experiências e perspectivas sobre a liderança feminina em diversos setores, continentes e gerações, debatendo os desafios enfrentados sob a perspectiva da mulher”, pontuou a gestora. A secretária da SPMJ, Fernanda Lordelo, destacou a importância das discussões de gênero visando um mundo mais igualitário. “Discutimos as crises globais, focadas também na questão de gênero e o futuro da juventude, onde pude conhecer uma série de projetos e programas para a melhoria da vida dessas pessoas, além de buscar soluções para garantir o acesso de todos à habitação segura e acessível, com maior equidade e desenvolvimento sustentável”.

Vacinação contra poliomielite será retomada nesta segunda-feira em Salvador
Foto: Bruno Concha / Secom

Nesta segunda-feira (12), a Secretaria Municipal da Saúde de Salvador (SMS) retomará a oferta da vacinação contra poliomielite nas 160 salas de imunização da rede básica, das 8h às 17h. 

 

Conforme a SMS, no mês de maio a pasta precisou estabelecer unidades de referência para aplicação do imunizante, diante do fornecimento irregular e para otimizar o uso de doses por frasco, evitando perdas. Agora, a ação será retomada porque o fornecimento foi regularizado. 

 

“Estamos contentes com a retomada da vacina contra a pólio em 100% das nossas salas de vacina; é garantia integral da imunização para as nossas crianças soteropolitanas, pois a vacina assegura a proteção contra a doença por toda a vida”, afirma a vice-prefeita e secretária de saúde Ana Paula Matos .

 

Doiane Lemos, coordenadora de imunização de Salvador, reforça que é essencial manter em dia a atualização da caderneta com a vacinação de rotina. “Destacamos a importância da vacinação infantil para a prevenção da poliomielite, por isso convidamos pais e responsáveis a comparecerem às unidades de saúde para manter a caderneta de vacinação das crianças atualizada”, orienta Doiane.

 

A Vacina Poliomielite Oral (VOP) faz parte do calendário básico de vacinação das crianças, sendo administradas como dose de reforço aos 15 meses e 4 anos. O esquema primário é feito nas crianças menores de 1 ano, com a Vacina Poliomielite inativada, aos 2, 4 e 6 meses, por via intramuscular.

 

A poliomielite, ou paralisia infantil, é uma doença infectocontagiosa viral aguda que atinge principalmente crianças de até 5 anos. Também conhecida como pólio ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus, que pode infectar crianças e adultos por meio do contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas doentes e provocar ou não paralisia.

 

TRÍPLICE VIRAL 

A vacinação tríplice viral segue ainda sendo ofertada - exclusivamente e em caráter temporário - nas seguintes unidades:

 

USF Curralinho; USF Pituaçu; USF Cajazeiras IV; USF Yolanda Pires;UBS Nelson Piauí Dourado; UBS Pires Da Veiga; USF Vale Do Cambonas; UBS Cecy Andrade; UBS José Mariane; UBS Orlando Imbassahy; UBS São Cristóvão; UBS Frei Benjamin; UBS Marechal Rondon; UBS Péricles Laranjeira; UBS Clementino Fraga; USF Lealdina Barros; Multicentro Adriano Pondé; USF Santa Luzia; Ubs Mário Andréa; UBS Cosme De Farias; USF Gambo; UBS Barbalho; UBS Ramiro De Azevedo; UBS José Maria Conceição Santiago Imbassahy; Multicentro Liberdade; USF Plataforma; USF Teotônio Vilela II; USF Ilha Amarela; UBS Periperi; UBS Sérgio Arouca; UBS Ministro Alkimin; USF Joanes Leste; USF Mata Escura; UBS Rodrigo Argolo; UBS Engomadeira; USF Calabetão; UBS Edson Teixeira.

 

O imunizante previne contra sarampo, caxumba e rubéola. No Calendário Nacional de Vacinação, está disponível para pessoas de 12 meses a 59 anos de idade, sendo recomendadas duas doses até 29 anos e uma dose.

Félix diz que papel de Ana Paula é decisivo para avaliação de Bruno: "Um excelente time da primeira divisão da política"
Foto: Divulgação

O presidente do PDT da Bahia, deputado Félix Mendonça Júnior, parabenizou o prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), e toda a equipe do Executivo municipal pelo desempenho no levantamento divulgado nesta quarta-feira (7) pelo Instituto Paraná Pesquisas.

 

A pesquisa coloca o gestor como o mais bem avaliado entre as dez maiores capitais do país. O parlamentar destacou o papel da vice-prefeita Ana Paula Matos (PDT), que também é secretária municipal de Saúde, para o resultado, e emendou: "É um excelente time da primeira divisão da política".

 

"Bruno Reis tem feito uma gestão de resultados, beneficiando principalmente a população mais pobre de Salvador. Por isso, já é apontado como o melhor prefeito do Brasil. A Prefeitura inteira está de parabéns, desde o agente de limpeza até o mais graduado servidor da área da saúde. E, ao lado de um grande prefeito há uma mulher excepcional, com vocação para servir, que tem sido fundamental para o governo de Bruno e vai ajudar ainda mais como secretária de Saúde. Uma dupla de dar inveja a outras capitais", declarou Félix.

 

Para o presidente do PDT, o trabalho de Ana Paula a credencia para continuar ao lado de Bruno Reis após as eleições de 2024. "Sou da seguinte opinião: em time que está ganhando não se mexe. Ana Paula tem todas as credenciais para continuar ao lado de Bruno porque ela apresenta resultados. Está fazendo um trabalho forte na Saúde da capital e conhece profundamente Salvador, inclusive os problemas da cidade. É uma pessoa querida por todos, elogiada até pelos adversários", frisou o deputado.

 

"O PDT tem orgulho de fazer parte da gestão de Bruno e Ana porque Salvador está avançando. É uma gestão de resultados. Veja que até a questão da insegurança no Pelourinho o prefeito entrou para ajudar o Estado a resolver. Esse é um espírito de quem trabalha com foco nos resultados", concluiu Félix.

Sobre 2024, Prates enaltece nome de Ana Paula como vice, mas lembra que "mandato é de quatro anos"
Foto: Camila São José / Bahia Notícias

O debate para a disputa das eleições em Salvador segue se aquecendo. O deputado federal Leo Prates (PDT) sinalizou que o mandato de Bruno Reis (União) e Ana Paula Matos (PDT) é de quatro anos e o foco das discussões é debater a melhor estrutura da chapa. 

 

"Queria enaltecer Ana Paula Matos, um grande quadro do PDT. Não acredito que exista intenção de chutá-la da cadeira, ela é uma mulher muito respeitada. Chegou por indicação do nosso partido, pelo aceite das forças políticas do entorno de Bruno Reis. Agora, é preciso compreender que o mandato é de quatro anos. Há um desejo legítimo do Republicanos de indicar a vice", comentou ao BN.

 

"Eu defendo que o prefeito tenha a liberdade para escolher o vice para ganhar as eleições. Como Bruno Reis, o mandato é de quatro anos. Vão se colocar outros candidatos. Torço e trabalharei para ele ganhar as eleições", completou. 

 

Leo indicou também que está "muito feliz" sendo deputado federal. "O povo da Bahia e de Salvador foi muito generoso comigo. Estou feliz em Brasília e cumprindo meu papel. Não há da minha parte para tirar ninguém da cadeira, existe vontade para Bruno ganhar as eleições", disse.

 

"O PDT faz parte de um projeto político do projeto de Bruno Reis, iniciado por ACM Neto. Não temos apego a cargos. Defendo que Bruno tem a liberdade de escolher. Acho que o PDT tem os melhores quadros e o nome de Ana Paula é um bom nome. Quero continuar meu trabalho em Brasília, não tenho apego a cargo", finalizou. 

Ana Paula Matos se reúne com Secretário de Estado dos EUA para pautar guerra na Ucrânia
Foto: Divulgação

A vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos (PDT), se reuniu com o Secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, e cinco prefeitos ucranianos e outros cinco das Américas. Na pauta, a guerra na Ucrânia. O ato ocorreu nos Estados Unidos e foi promovido pelo Departamento de Estado Americano, que reuniu representantes de cidades importantes em prol de uma conscientização e a criação de uma rede de solidariedade ao povo ucraniano. A gestora foi a única brasileira representante da América do Sul no evento e também a única mulher.

 

Estavam presentes, os Prefeitos da Ucrânia, capital Kiev, Vitaliy Klitschko;  Nizhyn, Oleksandr Kodola;, Kharkiv, Ihor Oleksandrovych Terekhov ; Melitopol , Ivan Fedorov e Trostyanets, Yuriy Bova. Além dos prefeitos de Kingston - Jamaica, Delroy H. Williams; Monterrey - México, Luis Donaldo Colosio; Seattle - EUA, Bruce Harrell; Hoboken - Ravi Bhalla; Chicago - EUA, Samir Mayekar.

 

Conforme Ana Paula, os prefeitos tiveram a oportunidade de contar um pouco da experiência que estão vivendo e pediram apoio para minimizar os impactos da guerra. 

 

“Estavam reunidos prefeitos ucranianos que estão sofrendo muito com a guerra, um deles foi até sequestrado (prefeito de Melitopol ) e puderam contar um pouco da história.  Sou uma pessoa que acredita no poder do diálogo, da democracia e das pessoas. Coloquei a tecnologia social de Salvador à disposição e também o meu compromisso em contribuir na reconstrução da comunicação dividindo com o meu país as experiências relatadas”, afirmou. 

 

O Departamento de Estado Americano tem trabalhado para ajudar as cidades atingidas e conscientizar outras das Américas a respeito de solidariedade ao povo ucraniano. O Secretário de Estado é membro do Gabinete Presidencial , mais alta posição no governo norte-americano e lida com assuntos externos.

"Ana Paula seria bem-vinda no Republicanos", diz Samuel Jr ao confirmar reinvindicação pela vice de Bruno Reis
Foto: Bahia Notícias

O início do debate sobre os nomes para a disputa pela prefeitura de Salvador já foi feito. O deputado estadual Samuel Jr. (Republicanos) confirmou o desejo do partido em compor a chapa à reeleição com o prefeito Bruno Reis (União) e convidou a atual vice-prefeita, Ana Paula Matos (PDT) para se filiar ao partido. 

 

"Acho que Ana Paula seria bem-vinda no Republicanos. Não sou membro da Executiva do partido, mas acho que o convite poderia ser feito. Fortaleceria o partido em Salvador", comentou o parlamentar. 

 

Samuel Jr. reforçou que o partido irá reivindicar a vice na chapa de Bruno Reis. "Como já disse Márcio Marinho ao site, somos aliados de primeira hora e temos ajudado o grupo de Bruno Reis, colaborando com a cidade com espaços importantes. Acho que o partido merece. O nome poderia ser o de Ana Paula, se ela estivesse conosco, claro", indicou. 

 

Ao Bahia Notícias, Marinho sinalizou que o movimento é "natural", já que os partidos da base têm "o objetivo de ocupar espaços e vitrine política nas cidades e estados". 

 

"Da mesma forma que o PDT indicou Ana Paula, tem feito um ótimo trabalho, do outro lado tem outros partidos que querem participar da chapa majoritária. No momento certo vamos discutir a composição de chapa, claro que o Republicanos vai apresentar vários nomes para compor com Bruno", disse.

 

Samuel Jr., que foi o estadual mais votado do Republicanos em Salvador, com 16 mil votos, já passou pelo PDT, legenda da atual vice-prefeita. 

Salvador abre vagas para o programa Mais Médicos; inscrições vão até dia 25
Foto: Divulgação

Salvador está com inscrições abertas para 11 vagas do programa Mais Médicos pelo Brasil. Os interessados devem se inscrever até a próxima terça-feira (25), através do site E-Gestor da Atenção Básica. O resultado preliminar será publicado na quarta (26).

 

Aqueles que discordarem do resultado prévio poderão solicitar um recurso entre quarta e sexta-feira (28). Após a etapa de interposição de recursos, o Ministério da Saúde, através da Secretaria de Atenção Primária à Saúde (Saps/MS), analisará as solicitações.

 

Além disso, na capital baiana está ocorrendo a recontratação, por um período de quatro anos, de profissionais que já atuavam no programa nos ciclos 13° e 19°. A consulta aos médicos integrantes dos ciclos mencionados foi efetuada até a quinta-feira (20).

 

Os resultados serão divulgados no dia 5 de maio, através do site do Mais Médicos, onde também estão disponibilizadas mais informações sobre o programa.

 

A intenção do Mais Médicos é melhorar o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), principalmente em localidades com escassez ou ausência de profissionais da medicina.

 

A vice-prefeita e titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Ana Paula Matos (PDT), destaca os esforços da gestão para ampliar e qualificar o quadro de profissionais médicos e a importância do programa federal no âmbito de Salvador. 

 

“Um dos principais gargalos que enfrentamos refere-se à falta de médicos, principalmente em áreas remotas e vulneráveis. Nesse sentido, o Mais Médicos chega como uma importante estratégia de atração dessa mão de obra tão essencial na prestação dos serviços de saúde”, avaliou Ana Paula.

 

“Além da nossa adesão ao programa, estamos atuando em diversas outras frentes, como o credenciamento de Pessoas Jurídicas, que segue aberto, e a construção de um novo concurso público. Também está sendo mantido o diálogo junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público Estadual (MP-BA), universidades e representantes de vários segmentos da categoria, com o objetivo de garantir a todos os cidadãos de Salvador o direito à saúde”, explicou a vice-prefeita.

SMS monta estratégia para áreas inseguras e quer debater câmeras em unidades de saúde
Foto: Bruno Leite / Bahia Notícias

Em meio a onda de violência em Salvador, em especial no bairro de Tancredo Neves, a vice-prefeita e secretária de Saúde, Ana Paula Matos, garante que a pasta já estuda estratégias para evitar ou inibir as ações criminosas nas unidades e postos de saúde. Ao Bahia Notícias, a titular da SMS destacou a importância de ouvir a comunidade local e listou medidas, mas ressaltou: "Não posso intervir na segurança pública".

 

"Eu não posso mudar a questão da segurança pública, isso não me cabe, me cabe a melhor relação possível com o secretário estadual [Marcelo] Werner e com a secretária de Saúde [Roberta Santana] porque cabe essa relação. Em alguns lugares, como a operação Tancredo Neves, eu percebo como aconteceu na quinta-feira da semana santa, eu tinha gente lá em sala vermelha, eu ligo para ela, ela já fez a regulação, já deixou minha unidade vazia para facilitar o atendimento", disse em entrevista ao BN na manhã desta terça-feira (18).

 

"Agora dentro da unidade eu estou com estratégia de colocar câmeras, ouvindo o sindicato, ouvindo os profissionais. Em alguns locais mudando o horário do atendimento, em outros locais a gente além das câmeras está com outras estratégias com a comunidade. Porque tem comunidade que o próprio profissional não quer que coloque a câmera porque ele acha que é melhor a relação com o local do que a sensação que está sendo vigiado", pontuou.

 

"Então isso depende do sentimento do servidor, estamos fazendo isso em conjunto, o secretário da Semge [Thiago Dantas] assim como está havendo essa ronda escolar está com a gente pensando um modelo para fazer algo na saúde, não posso intervir na segurança pública porque a minha estrutura não é essa. Mas nessa questão de segurança local, de uma câmera, de um treinamento, também estamos com a Cruz Vermelha em um processo de capacitação para identificação de riscos, mas eu sei que neste caso a melhor solução é ouvir o servidor e fortalecer o vínculo com a comunidade porque os pequenos casos vão sumindo e são muito poucos se você olhar em relação geral", finalizou.

 

VIOLÊNCIA EM TANCREDO NEVES

Citado pela vice-prefeita, o bairro de Tancredo Neves vive uma onda de violência e nesta segunda (17) foi cenário de dois casos de sequestro, o de uma adolescente feita refém na madrugada e um segundo à noite. Um dos criminosos do segundo episódio já havia sido capturado pela Operação Intensificação, na última quinta (13). O homem, que foi liberado pela justiça, foi flagrado junto aos comparsas na região do Final de Linha de Tancredo Neves, pelas equipes empregadas na Operação Intensificação.

 

Siga a coluna Saúde do Bahia Notícias no Google News e veja os conteúdos de maneira ainda mais rápida e ágil pelo celular ou pelo computador!

Bruno Reis desconversa sobre vice após Republicanos mostrar interesse na vaga: "Muito cedo para falar em 2024"
Foto: Gabriel Lopes / Bahia Notícias

O prefeito Bruno Reis (União) não quis comentar sobre o interesse do Republicanos em ocupar a vice em sua chapa que vai buscar a reeleição nas eleições municipais de 2024.

 

Em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (11), o chefe do Executivo da capital baiana desconversou e disse que o debate em torno do pleito do próximo ano está sendo antecipado de forma equivocada.  

 

"Eu tenho dito e volto a repetir que tá muito cedo pra falar de 2024. Vamos iniciar no momento certo esse debate. Primeiro irei tomar a decisão se serei candidato a reeleição ou não, depois irei conversar com os partidos que compõe hoje a minha aliança e com outros que podem vir para ir decidir todo o fechamento do processo de 2024, mas lá em 24, nós estamos ainda no início de 23 e muitos estão pensando em eleição. Muitos não desceram do palanque ainda", afirmou. 

 

INTERESSE REPUBLICANO

Em conversa com o Bahia Notícias, o deputado federal e presidente do Republicanos na Bahia, Márcio Marinho, revelou que deve buscar a indicação do nome para a majoritária de Bruno Reis, que deve tentar a reeleição em Salvador.

 

O parlamentar indicou que o movimento é "natural", já que os partidos da base têm "o objetivo de ocupar espaços e vitrine política nas cidades e estados". 

 

Marinho, além de apontar para o próprio nome, sinalizou outras possibilidades para ocupar o espaço. "Temos Ireuda [Silva], Luiz Carlos, temos Alberto Braga, o vereador. Tem o deputado Jurailton [Santos] que foi bem votado em Salvador. Sem dividir, é somar forças. Esse é o objetivo", comentou.  

 

A atual vice de Bruno Reis, Ana Paula Matos (PDT), que também é secretária de Saúde do município, já indicou que não pretende disputar cargos no Legislativo. Apesar disso, indicou ao Bahia Notícias que "seria uma honra" concorrer novamente como vice, na disputa junto ao aliado

Secretaria de Saúde irá promover ações preventivas e de planejamento na Operação Chuva
Foto: Divulgação

Integrando pela primeira vez a Operação Chuva, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Salvador deverá atuar na prevenção e no planejamento de ações nos territórios atendidos pela estratégia de mitigação de efeitos adversos da chuva no município. A informação foi confirmada pela vice-prefeita e secretária de Saúde, Ana Paula Matos (PDT), nesta sexta-feira (24).

 

"A Saúde tem ajudado na Operação Chuva, mas de modo não institucional. Agora, pela primeira vez, depois de 14 anos, a gente está estruturalmente nessa operação", elencou a titular da SMS. 

 

De acordo com ela, se antes o trabalho se dava de maneira emergencial, através do trabalho do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) ou de ações decorrentes de surtos ou agravos a exemplo da leptospirose, a "lógica agora é a prevenção". 

 

"Já estamos estudando junto com a Codesal quais as áreas que têm mais alagamento e intercorrências na Operação Chuva, estamos fazendo uma preparação epidemiológica dessas áreas colocando nosso CIEVS, também temos uma subcordenadoria de desastres, que agora vai atuar mais próximo, e outra de agravos", acrescentou.

 

Para além dessas frentes destacadas, a SMS, apontou Ana Paula, também irá promover de forma integrada, no contexto escolar, iniciativas que realizem consultas médicas, odontológias e outros serviços de saúde.

Prefeitura quer entregar Maternidade Municipal para aniversário de Salvador em 2024; veja detalhes
Hospital Salvador, no bairro da Federação | Foto: Divulgação / Secom / PMS

A prefeitura de Salvador planeja entregar a maternidade pública do município no aniversário da cidade em 2024. A projeção foi feita pela vice-prefeita e secretária de Saúde, Ana Paula Matos, após o prefeito Bruno Reis publicar um decreto para a desapropriação da área do Hospital Salvador, atualmente abandonado, com o desejo de instalar o novo equipamento de saúde no local. Apesar do quadro otimista, Ana Paula ressalta que só terá uma dimensão mais realista do prazo quando as equipes de engenharia verificarem de perto a estrutura física do prédio.

 

"Se os estudos técnicos que a gente já começou estiverem certos, a gente pretende entregar no aniversário da cidade do ano que vem, mas depende da engenharia, a Defesa Civil já esteve no local. Tentamos por três vezes acessar o hospital e tivemos dificuldade porque tem segurança privada. Quando conseguimos entrar, entendemos que a estrutura física está boa, mas vamos ter que investir para reconstruir", disse a vice-prefeita na noite desta quarta-feira (22).

 

A publicação do decreto de desapropriação, declarando a utilidade pública do prédio, é o primeiro passo para tirar a Maternidade Municipal do papel. A promessa de entregar a unidade de saúde foi feita por Bruno Reis no início do mês de fevereiro, durante discurso na Câmara de Vereadores. O objetivo inicial é utilizar a estrutura física já existente do prédio do hospital, realizando a recuperação do espaço, o que permitiria maior celeridade nas intervenções para a entrega acontecer já no próximo ano.

Foto: Reprodução / DOM

 

Segundo Ana Paula Matos, o hospital é privado e a gestão municipal vai tentar chegar a um acordo amigável com os donos do local para efetivar a desapropriação. Caso não seja possível, o município não descarta judicializar a questão se entender que a área é importante para a cidade. Ainda de acordo com ela, a prefeitura vai continuar avançando nos estudos de engenharia para verificar se de fato é possível recuperar o prédio e usar a estrutura.

 

INTERVENÇÕES NECESSÁRIAS E ESTRUTURA ATUAL
Já nos estudos preliminares a prefeitura constatou pontos que serão necessários recuperar caso o prédio do Hospital Salvador seja mesmo o escolhido para abrigar a nova maternidade: troca de elevadores, toda a rede de gases e rede elétrica.

 

A gestão municipal também entende que o espaço, que fica na Rua Caetano Moura, no bairro da Federação, é de "boa localização", o que facilitaria avançar no processo de desapropriação. Durante o período em que esteve em funcionamento, o Hospital Salvador contava com 140 leitos de internação, 40 leitos de UTI e seis salas de cirurgia.

 

De acordo com Ana Paula, a existência de um centro cirúrgico com 11 salas com leitos e espaços em andares do prédio vão permitir que o local seja usado, além da maternidade, para um serviço direcionado para as mulheres, crianças e famílias.

 

GESTÃO NA PANDEMIA E ABANDONO
Antes de ser abandonada por completo, a unidade funcionava como ponto exclusivo para atendimento e tratamento da Covid-19 até outubro de 2021. À época, a Secretaria de Saúde de Salvador (SMS) informou que revogou o contrato da requisição do hospital já em novembro do mesmo ano.

 

Com o fim da operação, o hospital foi alvo de vândalos que invadiram o espaço e depredaram a unidade. Além disso, equipamentos e aparelhos chegaram a ser levados pelos suspeitos. Em 2022, dois incêndios também foram registrados no local em menos de um mês (relembre aqui e aqui).

Prefeitura determina desapropriação de área do Hospital Salvador para instalação de Maternidade Municipal
Hospital Salvador, no bairro da Federação | Foto: Divulgação / Secom / PMS

O prefeito Bruno Reis determinou a desapropriação da área onde está instalado o antigo Hospital Salvador. O decreto foi publicado nesta terça-feira (21) e o terreno vai dar espaço à implantação de uma maternidade pública, equipamento prometido pelo gestor municipal no início deste ano.

 

Atualmente, o prédio onde funcionava o Hospital Salvador está abandonado e foi atingido por incêndios nos últimos anos. Antes de encerrar as atividades, a unidade funcionava como ponto exclusivo para tratamento da Covid-19, até outubro de 2021. Desde então, o espaço foi ocupado por pessoas em situação de rua.

 

De acordo com a publicação no Diário Oficial, a desapropriação do terreno totaliza 4.139,00 m² no endereço Rua Caetano Moura, nº 59, no bairro da Federação. "O imóvel objeto deste Decreto destina-se a implantação de Unidade de Saúde Hospitalar, Ambulatorial e Maternidade Municipal, conforme projeto aprovado para o local", diz trecho do decreto.

Foto: Reprodução

 

Ainda de acordo com o documento assinado pelo prefeito, em caso de efetivação da desapropriação por via judicial, "fica autorizada a Procuradoria Geral do Município – PGMS, para em nome do expropriante, mover ação competente, podendo, na petição inicial ou no curso do respectivo processo, solicitar a aplicação do regime de urgência, nos termos da Legislação Federal, que regula para fim de obtenção da imissão na posse do bem declarado de utilidade pública".

 

Por fim, a prefeitura acrescenta que a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) fornecerá, assim que solicitado, os recursos necessários segundos as rubricas orçamentárias próprias.

 

Em fevereiro deste ano, a vice-prefeita e titular da SMS, Ana Paula Matos, já havia sinalizado ao Bahia Notícias que a gestão estudava a viabilidade construir a Maternidade Municipal no espaço do Hospital Salvador. À época, ela chegou a afirmar que realizou visitas junto a engenheiros da Defesa Civil para avaliar as instalações e defendeu a "boa localização e a estrutura que o prédio fornece".

 

Em discurso de abertura na Câmara Municipal (CMS), no início de fevereiro, o prefeito Bruno Reis (União) se comprometeu a realizar a entrega da maternidade ainda neste ano. Além disso, o chefe do Executivo destacou a importância da iniciativa para a ampliação da assistência às gestantes, área em que a prefeitura já atua através do Programa Mãe Salvador (relembre aqui).

Ministério da Saúde faz visita à Salvador para habilitação e qualificação de Unidades de Pronto Atendimento
Foto: Divulgação

A vice-prefeita de Salvador e secretária municipal da saúde, Ana Paula Matos, recebeu representantes do Ministério da Saúde (MS) em visita técnica à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Barris, na manhã desta sexta-feira (17). A visita, liderada pelas técnicas da Coordenação-Geral de Urgência Marisete Dalenogare e Graciete Duran, ocorrem em cumprimento às Portarias de Consolidação nº 3 e nº 6, de setembro de 2017, que preconizam a habilitação e renovação da qualificação das Unidades de Pronto Atendimento UPA 24h - componentes da Rede de Urgência e Emergência. Além da unidade Barris, também foram inspecionadas as unidades de Paripe, Santo Antônio, San Martin e Valéria.

 

A gestora municipal destacou a importância do alinhamento entre Governo Federal, Estadual e Municipal. “Em 2013 a cidade contava com apenas uma UPA. Hoje temos 10 unidades de pronto atendimento 24h realizando, juntas, uma média mensal de 105 mil atendimentos de munícipes de toda a Bahia. Então, essas visitas são de extrema importância para articular e integrar todos os equipamentos de saúde com o objetivo de ampliar e qualificar o acesso humanizado e integral aos usuários em situação de urgência/emergência nos serviços de saúde, de forma ágil e oportuna”, afirmou. 

 

As UPAs foram o centro de discussão do encontro porque são a principal porta de entrada aos serviços hospitalares. “Temos por muitos anos esse padrão estabelecido, o que muitas vezes gera superlotação e, consequentemente, lentidão na regulação de pacientes. Para reverter este cenário tenho buscado desde quando assumi a função de secretária estar muito próxima do Estado com o intuito de qualificar essa rede em geral. O que está sob competência e alçada do município estamos fazendo e, nos próximos dias, lançaremos oficialmente um grupo de trabalho para revisar fluxos e processos. E para avançarmos, precisamos da participação efetiva de todos os entes nesse processo de qualificação da assistência”, destacou Ana Paula Matos.

 

Durante as visitas foram avaliadas a infraestrutura das unidades quanto a ambientes e instalação de equipamentos, fluxos estabelecidos e demais requisitos necessários que comprovem o efetivo funcionamento do serviço. Também foram observados registro de transferências de pacientes para as referências hospitalares, implantação de protocolos de atendimento clínico, enfermagem, de classificação de risco e de procedimentos administrativos instituídos em cada UPA; bem como relatórios de agravos de notificação compulsória, levantamento dos atendimentos realizados nas unidades e escalas dos profissionais atuantes em cada unidade. Considerando que a qualificação da UPA 24h é válida por 03 anos, torna-se necessário um novo processo de avaliação cada período.

 

Além da vice-prefeita de Salvador e secretária da saúde, a equipe do MS foi recepcionada pela Gestão Executiva de Atenção às Urgências do Município, representada por Aline Ribas; pela representante da SESAB, Danielle Canavarro, e demais coordenadores, diretores, médicos e enfermeiros da Fundação José Silveira, Organização Social gestora da UPA Barris. As equipes percorreram todas as dependências do equipamento, realizando vistoria ampliada em cada setor e área técnica.

Judicialização da saúde e melhoria na relação com o SUS é tema de reunião entre Ana Paula Matos e desembargador Albiani Júnior
Foto: Lucas Moura

Reunião entre a vice-prefeita e secretária de saúde de Salvador, Ana Paula Matos (PDT), e o diretor da Universidade Corporativa (Unicorp) do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e coordenador do Comitê de Saúde, desembargador Mário Albiani Júnior, tratou da judicialização da saúde.

 

O encontro, realizado na sede do TJ-BA, também colocou em pauta a proposição de melhorias para a relação dos desembargadores com o Sistema Único de Saúde (SUS) e a construção, em conjunto, de propostas para o Comitê do Fórum Nacional do Judiciário para a Saúde (FONAJUS).

 

Ana Paula Matos destacou a importância de estreitar a relação com o Judiciário, da criação da Universidade Corporativa e reforçou o apoio às ações da Câmara de Conciliação de Saúde, projeto interinstitucional. 

 

“Uma questão importante é melhorar a comunicação com o magistrado. Se a gente se comunica melhor com os juízes, que pode ser a partir de um seminário ou uma reunião, todo mundo ganha, sobretudo a comunidade, pois a gente mostra que pela Câmara vai ter uma legitimidade e legalidade a fim de evitar o tempo da judicialização. Então, sou total entusiasta da Câmara, entendo que para o povo ter acesso ao serviço de saúde, e a gente enquanto gestão pública, poder ter uma segurança jurídica, essa Câmara forte a gente vai ganhar muito, sobretudo na celeridade dos processos, já que quando se trata de vidas das pessoas, o tempo é um fator importante”, afirmou.

 

Após o encontro, ficou acertada uma reunião do Comitê de Saúde com a presença da equipe técnica da SMS e a implantação de um curso para os magistrados do TJ-BA sobre o SUS. “Foi uma visita para nos conhecermos melhor e começarmos este trabalho junto ao comitê, elencando os pontos mais relevantes na área de saúde a serem discutidos no âmbito do comitê estadual. Existe dentro da Câmara o Comitê Deliberativo fundamental para que a gente consiga a inserção de políticas públicas no âmbito municipal e estadual. Muita coisa pode se resolver sem precisar de decisão judicial. Outro fator importante é que os juízes precisam conhecer o SUS e as organizações administrativas para estarem bem informados e tomarem as melhores decisões possíveis”, pontuou o desembargador.

 

A judicialização do direito à saúde se direciona aos serviços públicos e privados, referentes ao fornecimento de medicamentos, a disponibilização de exames e a cobertura de tratamentos para doenças.

 

Segundo o juiz assessor especial da presidência, Sadraque Rios Tognin, “as pessoas que já buscaram a rede e por algum motivo não tiveram êxito, passam, geralmente, pela Câmara de Saúde antes de buscar o Judiciário, é este termômetro que o órgão realiza sobre o que está mais efervescente em busca de procura não obtida na Rede Assistencial Ordinária. É importante que a gente mapeie e com bastante louvor se reconheceu isto no início de 2020 quando o município passou a incorporar alguns medicamentos a partir das discussões e relatórios produzidos pela Câmara de Conciliação em Saúde”.

 

Estiveram presentes também o secretário-geral da Universidade Corporativa do TJ-BA , Marcus dos Santos, e a diretora de Regulação, Controle e Avaliação da Secretaria de Saúde do Município, Daniela Alcântara. 

"O valor não vai vir como a gente esperava", revela Ana Paula sobre recursos para mutirão de cirurgias
Foto: Bahia Notícias

A vice-prefeita e secretária da Saúde de Salvador, Ana Paula Matos (PDT), revelou nesta terça-feira (7) que o recurso garantido pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para a Bahia, através do programa para reduzir filas de cirurgias eletivas, exames e consultas especializadas no Sistema Único de Saúde (SUS), lançado no início do mês passado, foi aquém do necessário.

 

"Teve uma pequena frustração com relação a esse valor. A gente tinha uma expectativa de R$ 500 milhões, mas esse valor foi para o Brasil, não para a Bahia. A Bahia vai receber por volta de R$ 42 milhões para dividir para os 417 municípios e com a co-gestão do estado também. Então o valor não vai vir como a gente esperava", disse ao Bahia Notícias.

 

LEIA TAMBÉM:

 

No entanto, segundo Ana Paula, o montante reservado ao estado é importante, pois permite aos gestores a agilização de atendimentos que ficaram estrangulados durante a pandemia da Covid-19. Um dos avanços da política federal é o aumento do custeio de procedimentos. 

 

"Essa legislação, esse decreto, trouxe a tabela SUS ampliada, que aumenta em 100% o valor, que ainda não é suficiente e tanto o município quanto estado vão ter que complementar um pouquinho mais para fazer essas cirurgias", explicou a titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

 

Dado o contexto de verbas disponíveis, duas estruturas que auxiliam a gestão da saúde no estado, o Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde da Bahia (Cosems Bahia) e a Comissão Intergestores Bipartite (CIB), realizaram reunioões periódicas a fim de deliberar pela divisão de atribuições.

 

"Nessa estrutura a gente fez algumas reuniões, até que na semana passada fizemos algumas divisões", esclareceu a entrevistada. "A mamoplastia, por exemplo, vai ficar sob responsabilidade do estado, que já tem essa contratualização. Nós vamos assumir outros tipos de cirurgias. Tem um plano de trabalho bem detalhado", adicionou em seguida.

 

Segundo a vice-prefeita, um passo que está sendo tomado pela SMS é o diálogo junto a instituições de Salvador e da Bahia, bem outros órgãos, a exemplo do próprio gabinete do prefeito, para que soluções sejam encontradas. 

 

"Se precisar de financiamento internacional, buscaremos. Precisamos fazer com que essa cidade tenha condições de atender seus cidadãos", atribuiu Matos ao afirmar que a rede municipal também tem acolhido pacientes de outras cidades. "O que a gente faz, na verdade, é saber que vivemos em um estado, uma federação, e precisamos estar um apoiando o outro", finalizou.

Vigilância Ambiental não detecta alterações graves na qualidade da água durante o Carnaval
Foto: Divulgação / SMS

A Vigilância Ambiental de Salvador (Visamb), da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), realizou mais de mil análises da qualidade da água de camarotes, módulos assistenciais, hotéis, restaurantes e outros estabelecimentos durante o Carnaval. Segundo o órgão, foi encontrada apenas uma alteração nas vistorias. A Sisamb concluiu que não foram detectadas irregularidades consideradas graves na potabilidade da água nos circuitos da folia.

 

A vice-prefeita e secretária municipal da Saúde, Ana Paula Matos (PDT), destacou a relevância do trabalho preventivo da Vigilância, o que, segundo ela, se reflete em um maior controle de riscos, assegurando a promoção do bem-estar da população.

 

“Esse monitoramento da água para consumo humano, que foi iniciado antes do carnaval, é de extrema importância para evitar a disseminação de doenças e possíveis surtos como de diarreia, cólera e rotavírus, por exemplo. Estamos muito felizes com o resultado do trabalho focado na cultura da prevenção”, afirmou Ana Paula.

 

O coordenador da Visamb, Lourenço Ricardo, comentou que a Visamb tem intensificado as ações preventivas em relação ao controle da qualidade da água consumida, principalmente durante o Carnaval, quando há um aumento do consumo.

 

“Tivemos pouquíssimas intercorrências que foram sanadas de imediato. Isso significa que os foliões puderam aproveitar o carnaval longe dos riscos de serem acometidos por doenças provocadas por conta do consumo de água fora dos padrões”, avaliou.

 

A Visamb também promoveu diversas fiscalizações nas linhas de abastecimento da Embasa que abastecem os principais circuitos da folia e demais bairros, além dos centros de acolhimento da Prefeitura. O órgão também atendeu dezenas de denúncias dos próprios foliões relacionadas à qualidade da água nos circuitos do Carnaval.

Menos de 5% dos testes deram positivo para Covid-19 em tenda montada no Carnaval
Foto: Jefferson Peixoto / Secom-PMS

Durante os seis dias do Carnaval de Salvador, 82 pessoas buscaram voluntariamente a tenda de testagem para a Covid-19, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Barris. Desse total, quatro exames apresentaram resultado positivo para doença, o que representa menos de 5% do total de procedimentos realizados durante a folia.

 

A vice-prefeita e titular da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Ana Paula Matos (PDT), ressaltou a estratégia de vacinação, que, segundo ela, colaborou para que Salvador atingisse uma baixa taxa de positividade nas testagens para Covid-19.

 

“A imunização é importantíssima para vencermos a batalha contra o vírus, por isso peço que aqueles que ainda não completaram o ciclo com todas as doses compareçam aos postos para continuarmos mantendo Salvador livre de casos mais graves da doença.Hoje nossas unidades retomam as atividades normais, com aplicação da vacina”, disse Ana Paula.

 

A vacinação contra a Covid-19 foi retomada nesta quinta-feira (22) nos postos de saúde, das 8h às 16h. Os testes para identificação da doença também voltam a ser oferecidos em cerca de 40 unidades de saúde. A lista dos postos pode ser conferida no site da SMS (veja mais aqui).

Curtas do Poder

Ilustração de uma cobra verde vestindo um elegante terno azul, gravata escura e língua para fora
Enquanto a equipe do Ferragamo se esforça pra deixar a eleição mais acirrada, o Vice ainda busca quem vai ficar na vice. Mas a gente sabe que, no fim, política é quase um esquema de pirâmide. O bom de ano eleitoral é que o povo se anima. O ruim é que o povo se empolga além da conta. Já quem não vai disputar eu tô achando meio fraco. Né, Adolfinho? Saiba mais!
Marca Metropoles

Pérolas do Dia

Jean Paul Prates

Jean Paul Prates
Foto: Ricardo Stuckert / PR

"Muito boa". 

 

Disse o ex-presidente da Petrobras Jean Paul Prates ao avaliar relação e indicar que não brigou com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), após sua saída da Petrobras.

Podcast

Terceiro Turno: De volta ao debate, ACM Neto busca ser rosto da oposição e deve encarar desafios para 2026

Terceiro Turno: De volta ao debate, ACM Neto busca ser rosto da oposição e deve encarar desafios para 2026
Arte: Paulo Vitor Nadal
Superado pela primeira vez em 2006, quando, após longo período governando a Bahia, passou a ser oposição, o grupo até então liderado pelo falecido senador Antônio Carlos Magalhães seguiu buscando “líderes” para retornar ao poder. Alternando entre outros “cabeças brancas” que atuaram no período do Carlismo na Bahia, o grupo se renovou e segue sendo a principal força de oposição ao Partido dos Trabalhadores no estado.

Mais Lidas