Terça, 02 de Junho de 2020 - 19:40

Regra que 'proíbe sexo' com quem não mora junto vira piada no Reino Unido

por Folhapress

Regra que 'proíbe sexo' com quem não mora junto vira piada no Reino Unido
Foto: Reprodução/Pixabay

Um pacote de medidas contra a propagação do novo coronavírus anunciado pelo governo do Reino Unido virou motivo de chacota na imprensa local e na internet porque uma das regras -a impossibilidade de encontrar qualquer pessoa que não more na mesma casa em um local fechado- está sendo classificada como uma "proibição ao sexo".

O Reino Unido começou um desconfinamento gradual na segunda-feira (1º), dia em que as novas medidas entraram em vigor.

A partir de agora, reuniões são permitidas ao ar livre em grupos de até seis pessoas, mas é proibido que duas pessoas que não moram na mesma casa se encontrem em um local fechado.

A regra foi classificada por alguns meios de comunicação como uma "proibição do sexo", e a hashtag #sexban virou tendência no Twitter. Muitas pessoas fizeram piadas de que haveria autorização para manter relações ao ar livre, mas não em casa.

Nesta terça (2), o governo se defendeu. O ministro da habitação, Simon Clarke, afirmou à rádio privada LBC que o objetivo das medidas é proteger a saúde pública e reduzir as taxas de infecção. "É de suma importância, claramente, que as pessoas fiquem em suas casas e não tenhamos nenhum risco adicional de transmissão, e este é obviamente um passo fundamental para alcançá-lo", afirmou.

Quando questionado se as regras permitem que casais façam sexo em espaços abertos, Clarke riu e respondeu: "É justo dizer que o risco de transmissão do coronavírus ao ar livre é muito menor do que nos espaços fechados".

Quem for descoberto infringindo as regras terá que pagar uma multa de 100 libras (o equivalente a R$ 660). Houve questionamentos sobre como será a fiscalização da nova medida. O governo disse que a polícia não tem poder para entrar nas residências a não ser que suspeite de uma "atividade criminosa grave".



Histórico de Conteúdo