Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Amab e Ampeb querem fazer mobilização por reajuste salarial de juízes e promotores
Foto: Divulgação

A Associação dos Magistrados da Bahia (Amab) e Associação dos Membros do Ministério Público (Ampeb) querem fazer uma mobilização e atuar conjuntamente para reajustar o salário das duas categorias. De acordo com as entidades, as perdas salariais de magistrados e de membros do MP já somam 45% nos últimos anos. A mobilização para recomposição salarial foi discutida em uma reunião realizada nesta quinta-feira (20) entre a presidente da Amab, Nartir Weber e o presidente da Ampeb, Adriano Assis.
 

Nartir Weber e Adriano Assis também discutiram outros assuntos de interesse dos juízes e promotores, como os projetos em tramitação na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), que tratam, por exemplo, do auxílio-saúde e da diferença entre entrâncias. “Vamos unir forças e nos mobilizar cada vez mais para defender os direitos comuns das duas categorias”, afirmaram os presidentes.

Histórico de Conteúdo