Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Interferência na PF: Moraes prorroga por 90 dias ação contra Bolsonaro
Foto: Alan Santos/PR

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, prorrogou por 90 dias o inquérito que apura eventual interferência do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na Polícia Federal. A informação foi publicada nesta terça-feira (20) pelo portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias.

 

As investigações foram abertas após acusações do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, que entrou em rota de colisão com Bolsonaro. O ex-juiz da Lava Jato entregou o cargo após a exoneração do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo. Ele apontou interferência do presidente (leia mais aqui).

 

O prazo para a PF concluir as investigações se encerra no dia 27 de julho, mas ainda falta o Supremo definir o modelo do depoimento do presidente – se será presencial ou por escrito. Esse julgamento está programado para setembro.

Histórico de Conteúdo