Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 21 de Junho de 2021 - 21:01

Faroeste: Desembargadora Lígia Ramos deixa presídio após decisão do STJ

por Cláudia Cardozo

Faroeste: Desembargadora Lígia Ramos deixa presídio após decisão do STJ
Foto: Divulgação

A desembargadora Lígia Ramos, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), deixará a prisão por determinação do ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A desembargadora foi presa na 7ª fase da Operação Faroeste, realizada em dezembro de 2020 (veja aqui).


Informações obtidas pelo Bahia Notícias sinalizam que a soltura é em decorrência de uma colaboração premiada que pode ter sido firmada pela desembargadora com o Ministério Público Federal (MPF). O advogado da desembargadora, João Daniel Jacobina, explicou que ocorreu a revogação da prisão preventiva decretada anteriormente, e que a revogação "não decorreu, em hipótese alguma, de delação premiada". (Atualizada às 21h17 para acréscimo de informações da defesa da desembargadora).

Histórico de Conteúdo