Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 17 de Junho de 2021 - 10:00

Faroeste: PF prende operador acusado de movimentar mais de R$ 1,5 mi para juiz preso

por Cláudia Cardozo

Faroeste: PF prende operador acusado de movimentar mais de R$ 1,5 mi para juiz preso
Operador atuava para juiz Sérgio Humberto | Foto: Divulgação

Um homem apontado como um dos operadores do juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio, réu na Operação Faroeste, foi preso na manhã desta quinta-feira (17), em Barreiras, no oeste da Bahia, por determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A prisão foi realizada pela Polícia Federal.


Segundo informações obtidas pelo Bahia Notícias, as investigações apontam que Luiz São Mateus recebeu mais de R$ 1,5 milhão durante o período da Operação Faroeste, com a realização de sete fases. A Faroeste foi deflagrada em novembro de 2019 para investigar um esquema de compra e vendas de sentenças, corrupção e tráfico de influências no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). 


O juiz Sérgio Humberto está preso desde a realização da primeira fase da operação acusado de vender decisões para o grupo do “quase-cônsul” da Guiné Bissau, Adailton Maturino, na disputa de mais de 300 mil hectares de terras na região de Formosa do Rio Preto.

Histórico de Conteúdo