MPT-BA viabiliza distribuição de mais de mil cestas básicas em Candeias
Foto: Divulgação

O Ministério Público do Trabalho na Bahia (MPT-BA) viabilizou a doação de mais de mil cestas básicas contendo alimentos e produtos de higiene e limpeza. Os itens foram distribuídos na manhã desta sexta-feira (29/05) para famílias carentes do município de Candeias, na região metropolitana de Salvador. 

 

O MPT reverteu os valores que deveriam ser pagos pela Proquigel Química S.A. por descumprimento de termo de ajuste de conduta. O local escolhido para a ação foi a Escola Gisella Tygel, situada no distrito industrial de Fazenda Caroba. “Unimos a necessidade de reverter para a comunidade diretamente afetada os recursos decorrentes das ações do MPT com o trabalho social que a empresa já realizava no entorno de sua fábrica. As cestas oferecem a famílias carentes um paliativo à queda de rendimentos decorrente da necessidade de isolamento social para conter a propagação da pandemia”, avaliou o procurador do MPT Rômulo Almeida, responsável pelo acordo.  

 

Ele lembrou que o órgão já destinou mais de R$17 milhões no estado da Bahia, beneficiando prefeituras, governo do estado e unidades filantrópicas de saúde, além de inúmeras ações como esta, de distribuição de alimentos e produtos de higiene a populações vulneráveis. Ao todo, 1.031 kits contêm dois quilos de arroz, feijão, açúcar e farinha, além de um pacote de macarrão, café, biscoito, farelo de milho e leite em pó. Também foram acrescidos à cesta sabonete em barra, água sanitária e detergente líquido. Todas as famílias dos 776 alunos da escola foram atendidas, além dos pais dos alunos de outra unidade de ensino municipal do mesmo bairro, a Escola 14 de Agosto. Para evitar aglomerações, a distribuição foi feita de maneira escalonada, turma a turma, desde as primeiras horas da manhã e entrando pelo início da tarde. 

Histórico de Conteúdo