Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 13 de Abril de 2020 - 07:25

TJ-BA exonera desembargadora Sandra Inês Rusciolelli de cargo de supervisora

por Cláudia Cardozo

TJ-BA exonera desembargadora Sandra Inês Rusciolelli de cargo de supervisora
Foto: Max Haack / Ag Haack / Bahia Notícias

A desembargadora Sandra Inês Rusciolelli foi exonerada do cargo de coordenadora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) por ter sido afastada do Tribuna de Justiça da Bahia (TJ-BA), por determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A exoneração do cargo de supervisora foi assinada pelo presidente do TJ, desembargador Lourival Trindade.  

 

A desembargadora foi presa na 5ª fase da Operação Faroeste por suspeita de venda de sentenças. Na denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF), a procuradora da República Lindora Maria Araújo pede a demissão da desembargadora pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, dentre outros, por vender sentenças para favorecer o grupo Bom Jesus Agropecuária, um dos produtores que disputam mais de 300 mil hectares de terras no oeste baiano com o borracheiro José Valter Dias.  

 

O Nupemec passará a ser supervisionado pelo desembargador João Augusto Pinto por designação de Lourival Trindade.

Histórico de Conteúdo