MP-SP pede abertura de inquérito policial para apurar denúncias contra Prior
Foto: Reprodução / Instagram

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) pediu nesta sexta-feira (3) a abertura de inquérito policial para apurar as denúncias contra o ex-participante do Big Brother Brasil 20, Felipe Prior (leia mais aqui).

 

"O MP-SP requisitou instauração de inquérito policial para apuração dos fatos. O caso está sob sigilo", disse o MP, segundo o jornal o Globo. 

 

A investigação vai acontecer após reportagem da revista Marie Claire ter publicado relatos de três mulheres que declararam ter sido vítimas de estrupro e de tentativa de estupro pelo ex-participante do principal reality show do Brasil. 

 

Os crimes teriam acontecido em festas universitárias de São Paulo, em 2014, 2016 e 2018. Segundo a reportagem, os depoimentos delas estão na notitia criminis protocolada no Departamento de Inquéritos do Fórum Central Criminal em 17 de março de 2020, pelas advogadas Maira Pinheiro e Juliana de Almeida Valente.

 

Prior se notabilizou pela participação no BBB deste ano. Ele foi eliminado no paredão da última terça-feira (31), contra a baiana Mari Gonzalez e a cantora Manu Gavassi, com um recorde histórico de cerca de 1.5 bilhão de votos. 

Histórico de Conteúdo