Coronavírus: MP-BA quer nome e residência de funcionários de resort presentes em casamento
Foto: Reprodução / Instagram

O Ministério Público estadual (MP-BA) solicitou que o hotel Txai Resort, localizado em Itacaré, informe o nome e o local de residência de todos os funcionários que trabalharam em um evento que ocorreu no estabelecimento no dia 7 de março. 

 

O evento citado foi o casamento de Marcelo Bezerra de Menezes e Marcella Minelli. Alguns convidados testaram positivo para coronavírus, entre eles a blogueira fitness baiana Gabriela Pugliesi, que é irmã da noiva, e a cantora Preta Gil (veja aqui, aqui e aqui). 

 

O MP-BA ainda solicita que o hotel informe se os trabalhadores foram submetidos a exames para saber se foram ou não contaminados. O hotel terá cinco dias para apresentar as informações pedidas. 

 

O promotor de Justiça, Thomás Raimundo Brito, também encaminhou ofício à Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) para que informe, dentro de cinco dias, se existe alguma medida prevista para controle de temperatura e verificação dos sintomas, nas rodoviárias e rodovias dos municípios de Itacaré e Maraú, em relação às pessoas provenientes de áreas onde já houve a disseminação comunitária da Covid-19. O ofício foi encaminhado nesta quarta-feira (18). 

 

Já à Secretaria Municipal de Saúde de Itacaré, o promotor solicitou, em ofício expedido nesta quinta (19), que informe em 72 horas se algum dos presentes no evento do Txai Resort reside na cidade e, caso seja residente, se foi testado, como também seus familiares, para coronavírus. O promotor também solicitou à Secretaria, à Prefeitura de Maraú e ao Núcleo Regional de Saúde Sul, ligado à Sesab, que enviem em 72 horas os respectivos Planos de Contingência para enfrentamento do coronavírus. 

Histórico de Conteúdo