Carrefour é condenado a pagar R$ 1 milhão em danos morais por castigar funcionários
Foto: Divulgação

A Rede Carrefour foi condenada pela Justiça do Trabalho em R$ 1 milhão por danos morais coletivos devido ao assédio moral de gestores a funcionários de postos de gasolina da rede em Sorocaba, no interior de São Paulo.

 

De acordo com informações do UOL, frentistas eram humilhados e submetidos a castigos caso não cumprissem suas metas, como arrancar grama com as mãos, se sentar "de castigo" em um banco e limpar caixas coletoras de resíduos.

 

Ainda segundo a publicação, a empresa disse que vai recorrer e que o processo se refere a um caso antigo e isolado, de 2009, "com acusações que de forma alguma compactuam com as práticas da companhia, que preza pelo respeito e bem estar de todos os seus mais de 84 mil colaboradores no país".

Histórico de Conteúdo