Terça, 13 de Novembro de 2018 - 09:20

BN/Dataqualy: Fabrício Castro amplia vantagem em corrida eleitoral da OAB-BA

por Cláudia Cardozo

BN/Dataqualy: Fabrício Castro amplia vantagem em corrida eleitoral da OAB-BA
Foto: Divulgação

O conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Fabrício Castro, ampliou a vantagem frente ao seu concorrente na corrida eleitoral pela presidência da seção Bahia da entidade. De acordo com o levantamento contratado pelo Bahia Notícias junto ao Instituto Dataqualy, Castro cresceu de 38,8% das intenções de voto, em outubro (relembre aqui), para 47,6% neste mês. A pesquisa ouviu 500 advogados entre os dias 6 e 9 de novembro de 2018, na capital e no interior do estado.A margem de erro é de 4,4 pontos para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95%. A eleição está marcada para o próximo dia 21 de novembro.


Liderando a chapa “Renova OAB”, Gamil Föppel teve uma queda nas intenções de voto: passou de 31,8% no primeiro levantamento do Dataqualy para 27,8% na nova pesquisa. Com isso, Fabrício Castro, da chapa "Avança OAB", mais do que dobrou sua vantagem: está 19,8% à frente de Gamil de acordo com os ouvidos em novembro. Em outubro, eram apenas 7 pontos de diferença.

Clique para ampliar

De acordo com o levantamento, o número daqueles que não souberam responder caiu de 24,8% para 20,4%, enquanto os que votariam nulo ou branco permaneceram praticamente com a mesma porcentagem: de 4,6% para 4,2%.

 

A pesquisa Dataqualy aponta ainda que a vantagem da chapa "Avança OAB" é ainda maior nos municípios do interior do estado. Na capital, Fabrício aparece com 41,3% das intenções de voto, enquanto Gamil tem 31,3%. Já nas outras cidades baianas, Castro chega a 57%, enquanto Föppel vai a 22,5%.

Clique para ampliar

Quando se questiona ao advogado quem ele acha que vai ganhar a eleição, independente de sua preferência, 55% disseram que o atual conselheiro da Ordem deve chegar à presidência, enquanto o líder da "Renova OAB" ganharia o pleito para 21% dos entrevistados. Entre os ouvidos, 24% não sabem quem será o próximo presidente da Seccional.


GAMIL TEM "REJEIÇÃO" MAIOR
Ao apresentar os nomes dos dois candidatos à presidência da OAB-BA, o Dataqualy questionou em quem o advogado "certamente não vai votar" ou "provavelmente não vai votar" (o que representaria uma rejeição) ou em quem "provavelmente vai votar" ou "certamente vai votar" (ou que demonstra apoio). Nesse caso, a "rejeição" ao nome de Gamil fica em 54%, enquanto a "rejeição" a Fabrício está em 32,2%. Já em relação aos números que indicam provável apoio, Fabrício aparece com 53,2% das respostas positivas, enquanto Gamil tem 31,6%.

Clique para ampliar


APOIO DE LUIZ VIANA
No levantamento feito em outubro, a aprovação da gestão do atual presidente da Seccional, Luiz Viana, chegou a 91,2%. Com isso, seu apoio continua aparecendo como um trunfo durante o pleito deste ano. De acordo com a pesquisa, com o apoio de Viana, Fabrício aparece com 51% das intenções de voto. Já Gamil, que é oposição à atual administração, tem 27,6%. Neste caso, o porcentual entre os que não sabem chega a 17,6%, enquanto brancos e nulos tem 3,8%.

Clique para ampliar

Histórico de Conteúdo