Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sábado, 14 de Julho de 2018 - 00:00

TJ licita compra de frutas 'in natura' por R$ 72 mil para lanche de desembargadores

por Cláudia Cardozo

TJ licita compra de frutas 'in natura' por R$ 72 mil para lanche de desembargadores
Foto: Angelino de Jesus

Três mil abacaxis, quatro mil cocos verdes, 70 mil laranjas, 15 mil limas, 1.820 quilos de mamão, 1.300 quilos de manga e 3.640 quilos de melancia. Essa lista farta de frutas "in natura" será licitada pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) para atender as necessidades dos 61 desembargadores. O Tribunal poderá fazer essa “feira” por até R$ 72,8 mil, pelo critério de menor preço. O pregão eletrônico para aquisição das frutas foi publicado no Diário da Justiça Eletrônico na última terça-feira (10).

 

As propostas serão abertas no próximo dia 24 de julho. De acordo com o edital de licitação, “a futura e eventual aquisição de frutas in natura faz-se necessária para a continuidade dos serviços da Copa da Presidência, mais especificamente o fornecimento de lanches para as Sessões de Julgamento das Câmaras e Sessões do Tribunal Pleno, ordinárias e extraordinárias”. O edital exige que as frutas sejam de “primeira qualidade”, em “grau máximo de evolução no tamanho, aroma e sabor”. As frutas também deverão ter aspecto “uniforme, sem ferimentos ou defeitos”. Também deverão estar “em grau de maturação que lhe permita suportar manipulação, transporte e conservação em condições adequadas para o consumo”.

Histórico de Conteúdo