Funcionários do TRT-BA passam mal após dedetização em fórum do Comércio
Foto: Reprodução

O Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-5) suspendeu o expediente no Fórum Antônio Carlos Araújo de Oliveira, no bairro do Comércio até esta quarta-feira (4), devido a uma dedetização de rotina realizada pela empresa Sanear Saúde Ambiental Ltda. O serviço foi realizado no último sábado (28). Nesta segunda (2) e terça-feira (3), a Coordenadoria de Saúde atendeu funcionários terceirizados e servidores, que tiveram reações associadas aos resíduos dos produtos aplicados na dedetização. Somente na segunda-feira, foram atendidas cinco pessoas. O TRT suspendeu o expediente para preservar a saúde e a integridade física de magistrados, advogados, servidores, funcionários terceirizados, e jurisdicionados. A empresa Sanear Saúde Ambiental Ltda, responsável técnica pela aplicação, foi convocada ainda na segunda-feira pelo tribunal para prestar os devidos esclarecimentos. Em suas explicações, empresa contratada ratificou o seguimento fiel ao projeto e apresentou os produtos predefinidos e utilizados no serviço e confirmou que tais produtos não ofereciam risco à saúde humana em razão de suas características físico-químicas, bem como por já ter transcorrido o prazo máximo de decantação do produto (seis horas), não havendo óbice, portanto, para o funcionamento do Fórum. Como novos casos foram notificados na terça, associados a resíduos dos produtos aplicados, a administração do TRT convocou a empresa para prestar novos esclarecimentos e uma solução técnica para os problemas detectados. O tribunal também acionou a Vigilância Sanitária para vistoria do Fórum e garantir a salubridade de suas instalações para o público interno e externo.

Histórico de Conteúdo