Almiro Sena é acusado de assediar sexualmente servidoras da Secretaria de Justiça da Bahia
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
O secretário estadual da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos da Bahia (SJCDH), Almiro Sena, foi denunciado à Corregedoria do Ministério Público da Bahia (MP-BA) por assédio sexual contra servidoras da pasta. O auxiliar do governo é promotor de Justiça e tentou por algumas vezes ser desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), por meio do Quinto Constitucional. No processo, divulgado pelo site Bocão News, as denunciantes pedem socorro para que o caso não caia no esquecimento. "Assim como se fala por aí que já existem outras denúncias e que o secretário de Justiça e promotor, Almiro Sena, usou de sua 'influência’ para arquivar tais processos”, apontam. As denúncias serão tratadas no âmbito da Comissão de Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa (AL-BA). O Bahia Notícias também recebeu denúncias de servidores que pediram sigilo sobre a suposta prática de assédio moral com servidores comissionados e contratados através do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). Almiro ë Promotor do Ministério Público Estadual licenciado e está no cargo de secretario por indicação do PRB. 

Histórico de Conteúdo