Viúva de Gugu recorre à Justiça para se tornar inventariante do apresentador
Foto: Reprodução/Instagram

Passado mais de um mês da morte do apresentador Gugu Liberato (relembre aqui), a viúva do apresentador, Rose Miriam Di Matteo, está no Brasil para recorrer à Justiça sobre o processo de herança, já que ela não foi incluída no testamento feito pelo apresentador em 2011.

 

De acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, após gerar polêmica na família Liberato, por ter deixado os filhos sozinhos nos Estados Unidos (relembre aqui), Di Matteo afirmou que irá buscar os meios jurídicos para ser tornar inventariante do bens de Gugu. Além disso, ela briga pelo reconhecimento da união estável que teve com o famoso falecido (relembre aqui). 

 

Até então, a responsável por ser a inventariante é a irmã do apresentador, Aparecida Liberato, segundo o próprio testamento feito por Gugu. Na época da elaboração do documento, Di Matteo declarou que ficou excluída da possibilidade de usufruir dos bens do companheiro por que os dois passavam por uma “crise na união”.

 

Caso os pedidos de Rose sejam atendidos pela Justiça, ela poderá administrar os bens de Gugu e também, caso tenha a união estável reconhecida, terá direito a 50% da herança do apresentador. 

 

A família de Gugu, no entanto, afirmou por meio da assessoria que Di Matteo está sendo influenciada por “terceiros não contemplados no aludido testamento”. Já pessoas ligadas a parentes do apresentador negaram que Rose tivesse sido mulher do apresentador, mas apenas amiga e mãe dos filhos do falecido. 

Histórico de Conteúdo