Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sábado, 24 de Agosto de 2013 - 20:25

Santos quebra jejum e vence o Vitória na Vila Belmiro

por Felipe Santana

Santos quebra jejum e vence o Vitória na Vila Belmiro
Foto: Maurício de Souza / Estadão
Foram seis partidas consecutivas sem perder. Mas, na noite deste sábado (24), diante de um Vitória apagado, o Santos conseguiu a reabilitação no Campeonato Brasileiro da Série A e derrotou o rubro-negro baiano por 2 a 0, na Vila Belmiro. Foi a segunda derrota consecutiva do leão na competição nacional.


O Vitória terá pouco tempo para lamentar ou pensar nas justificativas. Nesta terça-feira (27), pela Copa Sul-Americana, o rubro-negro enfrenta o Coritiba, no Couto Pereira. Já pelo Brasileirão, no próximo domingo (1º), o adversário será o Criciúma, no Barradão. 


Wilson falha e o Santos faz o gol
Wilson foi desfalque na última partida. Voltou neste sábado (24), contra o Santos, e falhou feio logo no início do jogo. Um retorno indesejado por qualquer rubro-negro. Aos 8 minutos, após passe do atacante Thiago Ribeiro, o meia Cícero fez o corta-luz e a bola parou nos pés de Leandrinho, que rolou para Gabriel. A revelação santista chutou muito fraco. No entanto, na tentativa de encaixar, o arqueiro rubro-negro não encaixou e colocou para dentro. Santos 1 a 0.
 
Vitória tímido
Depois minutos depois, de muito longe, Thiago Ribeiro tentou testar o goleiro Wilson, de novo. A finalização, apesar de muito forte, saiu pela linha de fundo e pouco assustou. O time paulista, em duas oportunidades, assustou. Primeiro, aos 22 minutos, Gabriel entrou na área e finalizou, exigindo boa defesa de Wilson. No minuto seguinte, na cobrança do escanteio, a defesa cortou mal e presenteou o jovem zagueiro Gustavo. O defensor chutou forte, mas bola desviou em Fabrício e saiu. 
 
A partida era equilibrada. Apesar da posse de bola, o Vitória não conseguia criar uma grande oportunidade. Maxi Biancucchi e Dinei, até então, eram figuras apagadas. Timidamente, aos 26 minutos,  Vander finalizou e Aranha encaixou com tranquilamente.
 
Aos 33, outra vez pelo lado direito, Montillo foi até a linha de fundo e cruzou. Quando Thiago Ribeiro se preparava para finalizar, no segundo pau, o lateral-direito Ayrton atuou como 'Salvador da Pátria' e afastou o perigo. O lance não acordou o Vitória. Um primeiro tempo muito fraco do time baiano. E, aos 44, a situação por muito pouco não ficou pior. Montillo fez o arremate no canto esquerdo e Wilson espalmou.

Santos marca o segundo
No intervalo, o treinador Caio Júnior mudou a equipe. Colocou o jovem Felipe no lugar de Renato Cajá. Trocou o tradicional camisa 10, homem de criação, por um jogador mais rápido. Características semelhantes de Vander. O Vitória apresentou uma leve melhora no início da segunda etapa. Duas faltas próximas da área, duas finalizações, mas não o suficiente para empolgar.

E aos 10 minutos, no primeiro lance de ataque do Santos, o meia Cícero ampliou o placar. Gabriel tabelou com Cícero, recebeu o passe na grande área e foi derrubado. O árbitro de forma arriscada deu sequência na jogada e bola sobrou para Cícero. O meia bateu de perna e marcou. Santos 2 a 0.

A primeira grande oportunidade rubro-negra aconteceu aos 14 minutos. Após escanteio, Dinei subiu sem marcação e cabeceou para fora. Grande chance do rubro-negro baiano. E parou por aí nos primeiros vinte e cinco minutos. Aos 17, Thiago Ribeiro aproveitou o cochilo da defesa, entrou na área e tocou na saída de Wilson. O zagueiro Renié chegou e afastou o perigo.

Chances para os dois lados

Aos 25 minutos, de novo pelo lado direito, Leandrinho teve espaço e fez o arremate. Wilson defendeu. Dez minutos depois, o argentino Montillo arriscou de longe e assustou. A finalização saiu pela linha de fundo. Em dois lances, aos 36 e 38, o centroavante Dinei teve duas oportunidades. Após cruzamento, o meia Marquinhos aproveitou o vacilo do lateral Mena e tocou para trás. O camisa 9 chutou e o goleiro Aranha, apesar do desvio, fez bela defesa. No lance seguinte, Dinei completou o cruzamento e mandou para fora.

 
FICHA TÉCNICA
Série A
Santos x Vitória
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 24/08/2013
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (Asp.Fifa/ES)
Auxiliares: Cristhian Passos Sorence (GO) e Rafael da Silva Alves (RS)

Gols: Gabriel e Cícero (Santos)
 
Santos: Aranha, Galhardo (Bruno Peres), Edu Dracena, Gustavo Henrique e Mena; Alison (Alan Santos), Cícero, Leandrinho e Montillo; Thiago Ribeiro e Gabriel (Everton Costa). Técnico: Claudinei Oliveira.
 
Vitória: Wilson; Ayrton, Fabrício, Reniê e Euler; Luís Alberto, Cáceres, Vander (Marquinhos) e Renato Cajá (Felipe); Maxi (Pedro Oldoni) e Dinei. Técnico: Caio Júnior.


Histórico de Conteúdo