Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Geninho esconde o jogo, mas indica mudanças no Vitória: 'Torcedor verá um time diferente'
Foto: Victor Ferreira / EC Vitória

"O torcedor pode ficar tranquilo que vai ver um time diferente". Essa é a promessa feita pelo técnico Geninho. O treinador concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira (22), véspera da decisão do Vitória contra o Glória-RS, pelo jogo único da segunda fase da Copa do Brasil. Apesar de indicar mudanças na equipe, o comandante escondeu o jogo para não municiar o adversário com informações.

 

"Realmente, na coletiva, eu disse que faríamos mudanças e vamos fazer. Não adiataria nada eu chegar aqui e continuar a mesma situação, jogando da mesma maneira que o Vitória vinha se apresentando. Alguma coisa tinha que ser mudada e com certeza, nós faremos isso. Apenas peço desculpas por não estender mais sobre o que eu pretendo fazer, principalmente para esse jogo, porque nós conhecemos muito pouco o adversário, enquanto eles tem muito mais chance de conhecerem a gente a fundo num jogo de mata-mata. Então, qualquer informação que eu passar para o pessoal do Glória nos seria prejudicial. O torcedor pode ficar tranquilo que ele vai ver mudanças, vai ver um time diferente, mas vamos deixar para que as coisas aconteçam no decorrer do jogo", afirmou.

 

Apesar de esconder o jogo, Geninho deu pistas sobre o que torcedor do Leão verá de novo no time.

 

"Quero ver pelo menos um time focado na vitória, que acredita na vitória, principalmente um time que busque essa vitória. Não adianta querer, acreditar na vitória se não buscar a vitória. Você tem que lutar pela vitória já que o jogo é uma disputa. Tem que se impor em cima do adversário, procurar neutralizar as qualidades do adversário, procurar jogar no erro do adversário. Isso nós estamos tentando fazer com que o Vitória adquira. Existe a expectativa de que um pouco disso que trabalhamos nesses quatro dias, movimentações técnicas, táticas e a expectativa de aproveitamento é a mesma. Não acredito que nós vamos fazer de maneira perfeita tudo aquilo que trabalhamos. Mas espero que o grupo já tente fazer alguma coisa diferente do que vinha fazendo. Então, a expectativa é que possamos conseguir um bom resultado", comentou.

 

Geninho assumiu o comando do Leão na última sexta (18). A partir de então, o foco foi na preparação da equipe para o compromisso pela Copa do Brasil. O treinador fez uma avaliação positiva dos poucos dias de treinamento que teve.

 

"Boa, conversamos muito com o grupo. O período de trabalho é curto. Chegamos na sexta-feira e trabalhamos praticamente no sábado e domingo. Tivemos quatro dias, é muito pouca coisa. Mas procuramos trabalhar de maneira intensiva, vimos muito do clube, assisti todos os jogos anteriores do Vitória, procurei conversar com os jogadores. Os treinamentos foram feitos em cima daquelas dificuldades que acabamos detectando durante as observações, para que houvessem as correções e o time evoluíssem um pouco melhor. Colocamos algumas coisas que pensamos ser importantes dentro de um time, movimentações dentro daquilo que eu quero que o time faça. Dentro desse curto espaço houve um empenho muito grande do grupo em tentar acertar, assimilar. Temos consciência de que a assimilação é não perfeita até pelo curto espaço. Mas acredito que vamos fazer um bom jogo. O torcedor do Vitória verá um time um pouco diferente daquele que vinha jogando", disse.

 

Vitória e Glória se enfrentam a partir das 21h30, no Barradão. Desta vez, o empate no tempo normal leva a decisão do confronto para os pênaltis.

Histórico de Conteúdo