Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 21 de Janeiro de 2022 - 08:15

Após negociação frustrada com o Metalist, David se ausenta de treino do Vitória

por Glauber Guerra

Após negociação frustrada com o Metalist, David se ausenta de treino do Vitória
Foto: Pietro Carpi/ Vitória

O atacante David se ausentou do treino do Vitória na última quinta-feira (20). O motivo? Segundo André Cury, empresário do atleta, é pelo fato da diretoria do clube não cumprir um suposto acordo feito na gestão de Paulo Carneiro para ceder 10% dos direitos econômicos do atleta. O agente exige a solução desse problema e garantiu que o jogador não irá mais treinar enquanto isso não for sanado. O caso veio a público após a diretoria do Leão recusar uma proposta do Metalist, da Ucrânia, pelo atleta.

 

“O jogador notificou o clube ontem e quer os 10% dele. Temos como provar por áudios, e-mails e pela testemunha do próprio Manoel Tanajura Neto [gerente de futebol do Vitória]. Diante disso, o jogador não vai mais treinar enquanto não resolver a situação dos 10%. Se o Vitória insistir nisso, ele irá entrar na Justiça para pedir a liberação do vínculo, pois o clube não está cumprindo com ele o combinado”, disse André Cury, em entrevista à Rádio Itapoan FM.

 

O Metalist ofereceu cerca de R$ 8 milhões por 100% dos direitos econômicos de David. A proposta foi recusada pelo Vitória, que queria ficar 20% de uma futura venda.

 

“Quanto a proposta, quase R$ 8 milhões, nunca um clube da Série C vendeu um jogador com mais de 20 anos por esse valor. Eu desafio a diretoria de apresentar uma proposta maior que essa para o clube não ficar no prejuízo. O jogador quer ir embora e não tem mais cabeça para ficar”, pontuou André Cury.

 

Também em entrevista à Rádio Itapoan, Fábio Mota, presidente interino do Vitória, se posicionou. De acordo com ele, o percentual exigido por David não consta no contrato.

 

“Para ter 10% tem que estar escrito no contrato. O contrato que o Esporte Clube Vitória tem com o jogador David não consta lá que o jogador David tem direito aos 10%. Se alguém prometeu a ele de dar 10%, não formalizou. O que ele colocou é que quando foi feito a renovação, foi dito que o David teria 10%, mas isso não está no contrato. O contrato que o Esporte Clube Vitória tem, o Vitória tem 83% do jogador. Sete é do empresário André Cury e 10% é do Jacuipense, alguma coisa assim.  Com relação a ele treinar ou não, é decisão dele, do empresário dele. A gente vai aguardar para ver o que é que vai acontecer. O que eu não posso, como presidente do clube é dar 10% de uma coisa que não está escrita em lugar nenhum”.

Histórico de Conteúdo