Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 06 de Dezembro de 2021 - 21:25

Vitória tenta acordo com Walter Bou, revela Dilson Pereira Júnior

por Nuno Krause

Vitória tenta acordo com Walter Bou, revela Dilson Pereira Júnior
Foto: Reprodução / YouTube / Rádio Salvador FM 92,3

De volta ao Vitória, o advogado Dilson Pereira Júnior, integrante do departamento jurídico do clube afirmou, nesta segunda-feira (6), que a diretoria da agremiação tenta buscar um acordo com o atacante Walter Bou. Em razão de uma dívida trabalhista com o argentino, o Leão foi punido pela Fifa e está impedido de registrar novos jogadores até janeiro de 2023 (confira aqui). 

 

"A dívida que impediu o Vitória de trazer jogadores é relativa ao contrato de trabalho. Nunca se fez um acordo. Tiveram tratativas para se acordar um valor, e acabou não se chegando à conclusão. O Vitória tinha era um acordo com o Boca Juniors [pelo empréstimo]. Parte desse valor já foi pago dessa renegociação. Eu diria que 30% do valor negociado já foi pago pelo Vitória", afirmou, em entrevista ao programa BN Na Bola, da Rádio Salvador FM 92,3, apresentado por Emídio Pinto, Glauber Guerra e Ulisses Gama.  "Venho tratando esse assunto e uma das minhas missões é fazer essa renegociação. Estou em contato direto com o advogado de Walter Bou e também estamos com o apoio do nosso escritório, que nos assessora em casos Fifa, que é o Bichara e Motta, estamos envidando esforços para liquidar a situação, pois ficar sem contratar reflete negativamente no resultado esportivo do Vitória. O Vitória é reconhecido como um clube de Série A. O que houve foi: ajustem os botões, corrijam o estatuto, os problemas de gestão, atuem para destruir a politicagem. Com essas situações, o Vitória voltará ao seu caminho de glória", completou.

 

O atacante argentino Walter Bou teve uma passagem pífia pelo Vitória em 2018. O jogador disputou oito jogos e não marcou nenhum gol. Em janeiro de 2019, ele rescindiu seu contrato e deixou o clube. Porém, a agremiação, na época presidida por Ricardo David, não quitou um débito com o atleta e o caso foi parar na Fifa.

 

Confira a entrevista completa: 

 

Histórico de Conteúdo