Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Domingo, 28 de Novembro de 2021 - 19:59

Wagner Lopes lamenta rebaixamento do Vitória e sinaliza interesse em seguir no clube

por Glauber Guerra

Wagner Lopes lamenta rebaixamento do Vitória e sinaliza interesse em seguir no clube
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O técnico Wagner Lopes, do Vitória, expressou a sua tristeza pelo rebaixamento da equipe para a Série C, após o revés por 1 a 0 para o Vila Nova, neste domingo (28), no Barradão. O comandante rubro-negro indicou o interesse em seguir à frente da equipe na temporada 2022.

 

“Eu acho que o Vitória é grande, independente de qual série ele esteja disputando. O que entra em jogo aqui é o que vai ser feito para voltar à Série B, para a Série A. O que entra em jogo é como vai ser reorganizado o time. É qual o planejamento que a nova diretoria pretende para o clube. Muitas perguntas que a gente sabe, necessárias nesse momento de tristeza, de comoção geral, porque ninguém queria isso para um clube centenário e com o tamanho do Vitória. É com tristeza, mas eu me sinto responsável também. Nunca vou fugir dessa responsabilidade”, afirmou o treinador.  “E é claro que eu quero fazer parte dessa renovação, quero fazer parte dessa reestruturação, caso isso vá acontecer. Mas são muitas perguntas que a gente tem. A gente sabe que muita coisa precisa mudar. Mas a gente respeita qualquer decisão que a diretoria tomar”, completou.

 

Para Wagner Lopes, é necessário realizar uma reformulação para a temporada 2022.

 

“Eu acredito, sim, que é primordial, é urgente. E essa reformulação é muito mais profunda do que a sua pergunta sugere, na minha visão. E eu acredito que o planejamento já foi feito, tanto se ficasse na Série B quanto na Série C. Acredito que isso já tenha sido feito. A nova diretoria que entrou, pessoas capacitadas, inteligentes, que sabem que precisa dessa reformulação. O nível de profundidade vai depender do nível de investimento, então isso é que tem que sentar e conversar, e com muitas reuniões, na minha visão”, destacou.

Histórico de Conteúdo