Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Léo Ceará é 'rebaixado' para o time sub-23 do Vitória por não aceitar renovar contrato
Foto: Glauber Guerra/ Bahia Notícias

O atacante Léo Ceará não integra mais a equipe principal do Vitória. O jogador foi rebaixado nesta terça-feira (28) para o time de aspirantes sub-23. O motivo? Não ter aceito uma proposta de renovação contratual, de acordo com a diretoria do clube.

 

“Apesar dos esforços, a diretoria do Vitória vem encontrando resistência por parte dos agentes para a renovação do contrato de Léo Ceará. Desde o retorno do atleta ao clube, alguns encontros foram realizados, e as exigências foram absurdas feitas pelos representantes de Léo”, diz o Vitória, em um trecho da nota. “Apesar dos esforços, a diretoria do Vitória vem encontrando resistência por parte dos agentes para a renovação do contrato de Léo Ceará. Desde o retorno do atleta ao clube, alguns encontros foram realizados, e as exigências foram absurdas feitas pelos representantes de Léo”, aponta outra parte.

 

Léo Ceará tem vínculo com o Vitória até dezembro de 2020. Em junho, ele já pode assinar um pré-contrato com qualquer agremiação.

 

CONFIRA A NOTA NA ÍNTEGRA

 

"Apesar dos esforços, a diretoria do Vitória vem encontrando resistência por parte dos agentes para a renovação do contrato de Léo Ceará. Desde o retorno do atleta ao clube, alguns encontros foram realizados, e as exigências foram absurdas feitas pelos representantes de Léo.

 

A diretoria continuará insistindo com as negociações, pois a intenção é renovar o vínculo do atleta e proteger o seu ativo. Porém, dentro das condições do clube e seu orçamento financeiro para a temporada. 

 

Assim, contra a nossa vontade, até que o contrato seja renovado, o atleta ficará à disposição da equipe de Aspirantes.

 

Essa medida visa evitar a repetição de casos anteriores, em que o clube perdeu ativos importantes, com prejuízos milionários à instituição".

Histórico de Conteúdo