Quarta, 15 de Janeiro de 2020 - 07:45

Cria do Vitória, Carlos se diz pronto para estrear no profissional: 'Não vejo a hora'

por Glauber Guerra

Cria do Vitória, Carlos se diz pronto para estrear no profissional: 'Não vejo a hora'
Carlos em 2012 e agora em 2020 | Fotos: Glauber Guerra/ Bahia Notícias

O zagueiro Carlos chegou ao Vitória ainda criança em 2010, quando tinha completado 10 anos de idade. De lá para cá passou por todas as categorias do rubro-negro. Agora, o jovem atleta de 19 anos está perto de realizar um sonho de infância: de jogar na equipe principal. Ele se diz preparado para esse desafio.

 

“Passa um filme na cabeça. Passei por dificuldades e agora estou perto de realizar um sonho de criança, que é jogar na equipe principal. Todo jogador sonha em chegar no profissional. Espero retribuir da melhor forma e poder dar o meu melhor para o Vitória. Vou fazer 10 anos aqui no Vitória e por isso digo que o Vitória me fez homem. Sempre trabalhei forte e estou pronto para quando me chamarem. Não vejo a hora disso acontecer”, disse Carlos, em entrevista ao Bahia Notícias.


Carlos recebe troféu de melhor zagueiro da Copa Record em 2012 | Foto: Glauber Guerra/ Bahia Notícias

 

Carlos já chamava atenção desde criança. Em 2012 ele foi um dos destaques da Copa Record Sub-12. Foi neste ano que o defensor concedeu sua primeira entrevista (relembre aqui).

 

“Me lembro como hoje. Você me chamou e eu dei a entrevista. Até hoje eu tenho a foto com a camisa ao contrário guardada em casa. Tem quase sete anos, mas parece que foi ontem”, relembrou.

 

O defensor explicou um pouco do seu estilo. “Eu sou um zagueiro que não gosta de dar chutão, mas quando é preciso chego duro”.

 

De acordo com Carlos, os jogadores mais experientes receberam os jovens oriundos da base de braços abertos.

 

“Eu e os outros colegas que vieram da base fomos recebidos muito pelo grupo. Eles abraçaram a gente. Aqui todo mundo é unido. O entrosamento estamos pegando com os treinos e cada dia mais ganhando confiança”, pontuou.

 

Por pouco, Carlos não teve sua trajetória no Vitória interrompida. Sem acordo para uma renovação, ele deixou o clube pouco antes do então presidente Ricardo David terminar o seu mandato (veja aqui). O defensor assinou com o Jacuipense, mas Paulo Carneiro, atual mandatário conseguiu trazer o atleta de volta alguns dias depois. O zagueiro foi cedido por empréstimo pelo Leão Grená até abril de 2022, justamente quando expira seu vínculo no clube de Riachão do Jacuípe. 

 

A equipe principal do Vitória vai estrear oficialmente na temporada contra o Fortaleza, pela Copa do Nordeste. O jogo acontecerá no dia 25 de janeiro, um sábado, às 16h, no Barradão.


Foto: Glauber Guerra/ Bahia Notícias

Histórico de Conteúdo