Vitória não aceita equiparação ao contrato do Bahia para uso da Fonte Nova, diz consórcio
Foto: Tiago Caldas / Bahia Notícias

Em nota enviada à imprensa nesta quarta-feira (21), a Fonte Nova Negócios e Participações S.A, responsável pela administração da Arena Fonte Nova, afirmou que o Vitória não aceita as condições similares às do Bahia para fechar contrato para jogar no estádio a longo prazo.

“Com base no seu Contrato de Concessão, a Arena Fonte Nova só pode fechar um novo contrato, respeitando a isonomia dos que já estão em vigor. Contudo, o Esporte Clube Vitória não aceita todas as condições previstas no contrato de longo prazo que a Arena dispõe hoje com o Esporte Clube Bahia”, diz trecho da nota.

Contudo, o consórcio reforça que “o Vitória não está limitado apenas a formalização de contratos a longo prazo, podendo, sim, realizar jogos esporádicos na Arena, como aconteceu entre os anos de 2013 a 2017”.

Na última segunda-feira (19), em comunicado divulgado em seu site oficial, o Vitória afirmou que havia ingressado com um requerimento pedindo um posicionamento formal da Arena.

No início deste mês, o presidente do clube, Paulo Carneiro, reclamou do tratamento do dado pelo governo do estado à agremiação. Na visão dele, a administração estadual adotou o Bahia como seu único clube na Bahia, e indicou que aguardava o “chamado para anunciar a chegada do Vitória na Fonte Nova, gozando dos mesmos direitos e privilégios do Bahia” (leia mais aqui).

Histórico de Conteúdo