Quinta, 18 de Abril de 2019 - 14:05

Tencati elogia Everton Sena e sinaliza que Vitória busca mais reforços

por Glauber Guerra

Tencati elogia Everton Sena e sinaliza que Vitória busca mais reforços
Foto: Glauber Guerra/ Bahia Notícias

O técnico Cláudio Tencati, do Vitória, elogiou o zagueiro Everton Sena, novo contratado do Leão. Os dois já trabalharam juntos no Londrina em 2016. Para o comandante rubro-negro, o defensor vai se encaixar bem no elenco. O atleta estava no Novorizontino-SP e foi cedido por empréstimo até o fim do ano.

 

“Everton Sena, inclusive, era para ter chegado já para a partida contra o Fortaleza. Um problema de ajuste de contrato atrasou um pouco a chegada. Trabalhou comigo, tivemos a felicidade ser a melhor defesa do Campeonato Brasileiro de todas as Séries daquele ano. Ele era o titular naquele momento. Fez um belo campeonato pelo CRB ano passado. Foi efetivo no Campeonato Paulista desse ano, jogou todos os jogos. Conhece bem a competição, viril, de muita capacidade, rápido. Casa bem com Victor Ramos e Edcarlos. Dá para rodar entre os três tranquilamente. Gosto sempre de manter essa estrutura, um atleta mais rápido, mais cadenciado, que se posiciona bem”, afirmou Tencati.

 

O treinador do Vitória ainda revelou que a equipe precisa de reforços em outros setores.

 

“Tem outros setores que precisamos investir. Precisamos de lateral direito, meia-armador. Ruy está indo bem, mas precisamos de reposição. Neto vem melhorando no treinamento, vem evoluindo, Léo Ceará a gente está investindo nele, mas a gente precisa de um camisa 9 para disputar com eles e ter uma competitividade grande. Precisamos de três atacantes de lado. Puxei o Ruan Potó e o Caíque, estou testando, está muito bem, gostando muito do Caíque. Potó está se sentindo à vontade. Espero que siga dessa forma. Daqui a pouco a gente pode utilizar os dois da casa e ao invés de contratar três, se investe um pouco mais em um atleta de ponta e usa os dois da casa. Está começando a clarear coisas importantes. Espero que rapidamente possamos encerrar as contratações. Isso que é o problema nesse momento”, destacou.

Histórico de Conteúdo