Sexta, 11 de Dezembro de 2015 - 11:35

Presidente do Vitória diz que assembleia para a reforma do estatuto é 'extraoficial'

por Glauber Guerra

Presidente do Vitória diz que assembleia para a reforma do estatuto é 'extraoficial'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
A assembleia geral para a reforma do estatuto do Vitória marcado para o próximo dia 20 de dezembro, na Arena Fonte Nova, pode não acontecer.  De acordo com Raimundo Viana, presidente do clube, o evento é considerado “extraoficial”. “Essa reunião ao que consta para nós é extraoficial. Não saiu no nosso site e não tivemos entendimento no setor a programação e realização desse evento. De que modo o assunto não está no nosso domínio”, afirmou o cartola. Viana ainda não descarta acionar a Justiça para impedir a realização da assembleia. “Como advogado e professor de direito por 40 anos, não posso excluir a possibilidade de ir ao judiciário. Esse é o último recurso de qualquer instituição ou pessoa que por ventura se sinta prejudicado. Mas conto com outros instrumentos antes disso”, completou. Em seu pronunciamento, Viana fez duras críticas a José Rocha, presidente do conselho deliberativo por conta da condução no processo de reforma estatutária. “Presenciei absurdos praticados pela presidência do conselho, tanto em desrespeito ao estatuto, como na maneira descortês, hostil e truculenta como eram tratados os conselheiros, ao terem suas manifestações impedidas quando tentavam apenas mostrar discordância com a condução desse processo, inclusive atropelando decisões do próprio conselho", disparou.

Histórico de Conteúdo