Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sábado, 18 de Junho de 2022 - 10:05

CBF fará reunião presencial com os 64 clubes da Série D no Rio de Janeiro

por Glauber Guerra

CBF fará reunião presencial com os 64 clubes da Série D no Rio de Janeiro
Foto: Glauber Guerra/ Bahia Notícias

Pela primeira vez em sua história, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) fará uma reunião presencial com os 64 clubes da Série D na sede da entidade, no Rio de Janeiro (RJ). A expectativa é que o encontro aconteça em julho. A ideia partiu de Ednaldo Rodrigues, presidente da instituição. Esse tipo de plenária tem sido características da gestão do dirigente. Até então, as discussões na CBF ocorriam por meio da Comissão Nacional dos Clubes formada por nove membros.

 

Reuniões semelhantes já ocorreram na CBF na gestão de Ednaldo Rodrigues. Os presidentes de clubes das Séries A, B e C participaram de encontros na sede da entidade (relembre aqui).

 

“A reunião será a exemplo do que fizemos com os clubes da Série C, ouvir os clubes sobre a competição, arbitragem, registros de atletas, situação dos estádios, logística, violência e racismo, entre outros assuntos pertinentes a competição”, disse Ednaldo Rodrigues, em rápido contato com o Bahia Notícias.

 

Presidente da Juazeirense, Roberto Carlos recebeu a informação com entusiasmo e enalteceu a atitude da CBF.

 

“Essa notícia recebi com muita alegria, pois a comunicação com a CBF antes de Ednaldo era muito burocrática. Não tínhamos a comunicação presencial, antes era de formal por meio de ofícios e documentos. E esse contato físico que Ednaldo iniciou é muito salutar para os clubes, principalmente nós, que somos os menores. Somos membros da Confederação Brasileira de Futebol e precisamos de ter uma aproximação com ela. Esse momento é diferente e quero parabenizar Ednaldo por se comunicar com os clubes menos. Estou muito feliz, pois essa aproximação é um salto primordial para o fortalecimento do futebol brasileiro”, destacou.


Roberto Carlos preside a Juazeirense | Foto: Glauber Guerra/ Bahia Notícias

Histórico de Conteúdo